Home » Internacional, Mundo Cristão

4500 línguas ainda não conhecem a Bíblia

Avatar de Redação Gospel+ Por Redação Gospel+ em 15 de outubro de 2008
Tags:

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

4500 línguas ainda não conhecem a Bíblia

A Bíblia já foi traduzida em 2454 línguas diferentes, mas são ainda 4500 as que esperam uma tradução da Sagrada Escritura. Os dados foram revelados esta Terça-feira na sala de imprensa da Santa Sé, durante a apresentação de um inquérito internacional sobre a leitura da Bíblia, realizado numa perspectiva ecuménica.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

A pesquisa foi realizada entre Novembro do ano passado e Julho do presente ano, com a finalidade de averiguar a relação da população adulta com as Escrituras.

A amostra da pesquisa foi feita em doze países: Estados Unidos da América, Inglaterra, Holanda, Alemanha, França, Espanha, Itália, Polónia, Rússia, Hong Kong, Filipinas e Argentina, com pessoas de diferentes confissões cristãs.

Segundo o inquérito, os habitantes dos EUA são os que mais lêem a Bíblia pessoalmente (75%) enquanto que na Espanha e França a frequência é só de 20%. No restante dos países europeus a média é de 30%.

A pesquisa mostra que a maioria das pessoas possuem em sua casa uma cópia da Bíblia, excepto na França (48%) e Hong Kong (só 17%).

Em relação ao tema da interpretação da Palavra de Deus, os EUA e as Filipinas foram os países que mostraram um maior interesse pelas homilias durante as celebrações litúrgicas (47% e 66%, respectivamente) enquanto que Hong Kong e França mostraram menor interesse (2% e 8%).

Ao iniciar o evento, a Sociedade Bíblica Católica e a United Bible Societies (Inglaterra) firmaram um acordo de tradução e difusão da Bíblia.

D. Vicente Paglia, Bispo da diocese italiana de Terni e presidente da Federação Bíblica Católica, um dos intervenientes neste encontro com os jornalistas, salientou que uma primeira reflexão deste inquérito confirma que a Bíblia continua a ser “o lugar mais eficaz para o encontro entre os cristãos”.

Já o Cardeal Walter Kasper, presidente do Consleho Pontifício para a promoção da unidade dos cristãos, referiu-se referiu ao legado ecuménico das Sagradas Escrituras e à necessidade de reconciliar as diferentes tradições e buscar uma linguagem comum compreensível.

Fonte: Agencia Ecclesia



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 440,991 comentários no Notícias Gospel.