Home » Sociedade

Católicos ainda são maioria, mas evangélicos já representam 35% dos capixabas

Profile photo of Redação Gospel+ Por Redação Gospel+ em 10 de março de 2008

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

A religião católica ainda é predominante no Espírito Santo, embora tenha perdido adeptos para outras denominações. Entre os evangélicos, a igreja que mais se destaca é a Assembléia de Deus. Os dados são de pesquisa realizada pelo Instituto Futura, em parceria com a rádio CBN. Os católicos representam 45% entre os entrevistados.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

As denominações evangélicas reúnem 35% dos fiéis. A pesquisa mostra também que cerca de 60% dos que se disseram evangélicos já pertenceram à igreja Católica.

A Assembléia é seguida por 13% das pessoas consultadas. Em seguida vem a Maranata, com 8%. A igreja Batista vem em terceiro lugar, com 5%. Já a igreja Universal do Reino de Deus, aparece em 11º lugar, com 0,64% de participação entre os entrevistados.

O número de católicos tem diminuído. Em 2004,o percentual dos que diziam pertencer à igreja Católica era de 51%; em 2005 caiu para 49%, índice que manteve em 2006; em 2007 o percentual era de 47%.

Em contrapartida, a Assembléia de Deus foi a que mais cresceu neste quesito. Em 2004 a denominação era a escolhida por 8% dos entrevistados; em 2005 houve uma queda de 2%, mas já em 2006, o percentual subiu para 10%, índice que manteve em 2007.

Independentemente da denominação, para 39% dos entrevistados, a religião é fundamental. Para 55% é importante ou muito importante e 95% acreditam na “existência de um Deus ou alguma força superior”.

Entre os municípios da região metropolitana, a igreja Católica tem maior influência na capital, para 48% dos moradores consultados, enquanto a Assembléia de Deus tem mais fiéis na Serra, com16%.

Participação

A pesquisa Futura ainda questionou os entrevistados, de todas as denominações, sobre a freqüência com que costumam ir à igreja. A maioria, 25%, diz que faz isso uma vez por semana; 28% disseram comparecer aos cultos ou missas. Mas 23% confessaram não participar de nenhum evento ou encontro das denominações a que pertencem.

Além de comparecer aos cultos e missas, os capixabas também disseram se realizam algum trabalho religioso em suas comunidades ou em outras. O percentual dos que não participam de nenhuma atividade é de 70%.

De acordo com a pesquisa os mais esquivos são os moradores de Vitória, com ensino superior, pertencentes às classes A e B e à igreja Católica. Entre os que responderam sim ao questionamento, estão os 5% que realizam visitas a doentes e os 3% que participam de missões.

Destino e milagre

A fé dos capixabas também influencia o posicionamento quanto ao que define os acontecimentos da vida. Para 60% dos entrevistados, a vida é planejada por Deus, pelo destino. Já 33% acreditam no livre-arbítrio.

Para eles, cada um faz suas próprias escolhas. Mas o percentual dos que têm fé na intervenção divina para realizar coisas aparentemente impossíveis é expressivo. 83% dos entrevistados acreditam em milagres.

A pesquisa do Instituto Futura foi realizada nos dias 28 e 29 de fevereiro nos municípios da Grande Vitória, considerando Vitória, Serra, Cariacica e Vila Velha. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos. Para conferir a pesquisa completa, basta acessar o endereço www.futuranet.ws.

Fonte: Gazeta Online



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

8 comentaram, comente você também!

  1. Jesus não mandou fundar uma religião, ele disse em marcos capa. 16, vs. 15 ” E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura”. e os principais mandamentos são Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas. Mateus Cap. 22, ves. 37, 38, 39 e 40. Portanto, devemos pregar a palavra de Deus que é a Bíblia Sagrada, tudo qua não estiver na Biblia, é criação de religião, dógmas e objetos religiosos, que não leva a salvação eterna,. Somente Jesus é o Salvador, não há outro ou outra. Disse Jesus ” Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim”. João cap. 14 ves. 6. Dizem por aí, que todas religiões levam a Deus, sim, somente no juízo final, porém, os justos ficarão a sua direita e outros ficarão a sua esquerda que serão mandados para a condenaçao eterna. Graças a Deus os verdadeiros cristãos estão crescendo em todos mundo.

  2. a gente eu concordo com a flavinha chega disso de ver qual religião tem mais pessoas o importante é que a pessoa acredita em Deus a religião as igrejas é só para a gente aprender mais de Deus e não é a religião que nos leva ao céu é Deus porque se fosse a religião averia muitas pessoas q não estão no céu e Deus AMA TODOS NÓS INDEPENDENTES DE RELIGIÃO E ATÉ PECADORES

    VAMOS ACABAR COM ISSO………………..

  3. Unidade???? Onde???
    Corpo de Cristo? Cadê???

  4. VAI DEMORAR MUITO PRA VCS CHEGAREM LA SOMOS A MAIORIA BLZ CATOLICOS

  5. cada pessoa deve seguir a religiao que lhe faça sentir bem. o importante è servir a Deus com sinceridade.

  6. Um corpo dividido não cresce, ele incha.

    Rezemos pelo crescimento do Evangelho e pela Unidade Cristã.

    A Igreja Católica acolhe os irmãos que siceramente tem esse desejo.

  7. é muito legal servir O SENHOR.

  8. Precisamos usar estratégias e unidade no corpo de Cristo para ganharmos o Brasil para Senhor.Vamos chegar là!!

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 455,308 comentários no Notícias Gospel.