Home » Destaque, Internacional, Mundo Cristão, Sociedade

Um ano após atentado, Charlie Hebdo aponta Deus como responsável pelo terrorismo muçulmano

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Um ano após atentado, Charlie Hebdo aponta Deus como responsável pelo terrorismo muçulmano

No dia 07 de janeiro de 2015, a sede do jornal semanal Charlie Hebdo era invadida em Paris por extremistas muçulmanos, que executaram 12 funcionários e deixaram outros feridos.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Agora, o diretor do jornal, divulgou antecipadamente a capa da edição da próxima quarta-feira, 06 de janeiro, mostrando uma charge em que Deus aparece barbudo, portando um fuzil Kalashinikov e com as roupas ensanguentadas.

A manchete da edição “especial” em memória do atentado é “1 ano depois, o assassino ainda corre”. No interior, um editorial assinado pelo cartunista Riss – sobrevivente do ataque e atual diretor do Charlie Hebdo – faz uma forte defesa do ateísmo e do conceito extremista de laicidade.

O editorial faz críticas aos “fanáticos alienados pelo Alcorão” e “devotos de outras religiões” que supostamente queriam o fim do jornal por “ousar rir do religioso”.

“As convicções dos ateus e dos laicos podem mover mais montanhas do que a fé dos crentes”, garante Riss em seu artigo.

De acordo com informações do G1, a edição em memória das vítimas de 07 de janeiro de 2015 terá uma tiragem de quase um milhão de exemplares, e uma quantidade considerável será enviada a diversos países.

Além do ataque generalista às pessoas religiosas, a edição do Charlie Hebdo trará ainda um caderno de charges das vítimas, além de mensagens de apoio de várias personalidades, como a ministra francesa da Cultura, Fleur Pellerin; atrizes, como Isabelle Adjani, Charlotte Gainsbourg e Juliette Binoche; intelectuais como Élisabeth Badinter, a bengalesa Taslima Nasreen e o americano Russell Banks; e o músico Ibrahim Maalouf.

Atualmente, a tiragem normal do Charlie Hebdo é de 100 mil exemplares nas bancas, sendo que 10 mil são enviados ao exterior semanalmente. Além das versões de banca, outr0s 183 mil exemplares são enviados a assinantes de toda a França.

Mais Lidas da Internet

Recomendado para Você - Gospel+

Comentários via Facebook

53 comentaram, comente você também!

  1. Pessoal desde já afirmo que sou a favor da vida ,sou contra todo tipo de violência ,mas infelizmente o homem mata seu semelhante por qualquer coisa desde quando o mundo é mundo no Brasil o ano passado cerca de 18 pessoas morreram numa Chacina em Osasco e Barueri ,outras mortes que acontece em nosso Pais a todo o momento ,acho muito errado o homem querer culpar Deus,Ala ,Buda ,seja lá que for ,por causa do seus erros.Não foi Deus quem brincou com o terrorismo,na moral pô eles sabem que esses terroristas são loucos pela causas deles que eles matam mesmo vai mexer com os caras pra que ,deixa esses caras quietos pra lá ,a vida é uma faca de dois gumes corta lá e cá,acredito que infelizmente essa tragédia sirva de lição para aprendermos respeitar uns aos outros .Paz

  2. Não é porque um bando de idiotas não acredita em DEUS que Ele vai deixar de existir.

    • Nilton Santos, eu estou pouco me lixando se os crentes acreditam nessas besteiras e idiotices, desde que essa crença paranoica não afete a minha dignidade como ser humano. Quer que respeitem a sua crença? pois aprenda a respeitar quem não segue seus princípios bíblicos.

  3. Hilda Furacão, por que a senhora sempre baixa o nível quando não tem argumentia para os meus comentários inteligentes? Eu afirmei e provei que o deus dos judeus, cristãos e muçulmanos é o mesmo. A propósito, Gabriel foi o anjo que se revelou a Maomé para auxiliá-lo na escrita do Corão. Este anjo está presente tanto no judaísmo quanto no cristianismo. Chupa essa manga, crente tapado! Aqui você está lidando com um cara inteligente, por isso eu incomodo tanto.

    • GABRIEL APARECEU PRA MAUME?!

      VC E ELE ESTAO MA MESMA ILUSAO QUERENDO IMITAR MULHER DE VERDADE!

      • Hildete, você tem que dizer isso pros muçulmanos, não pra mim. Não sigo nem escrevi o Alcorão. Por que você acha que continua aquele conflito na Palestina. Estude, Hilda Furacão, estude. Só o estudo liberta as pessoas das amarras da ignorância. Quanto mais ignorante, mais manipulada a pessoa é.

        • HILDETE E APELIDO DE SUA MAE QDO VAI A ZONA?

          E VC NAO INCOMODA, VC DIVERTE PRA CARANBA AQUI N G, SO PERDE PRO MUSSAO!

          TENTA UMA VAGA LA, CE VAI FAZER SUCESSO NO QUADRO AULAS COM ESCROTO, NAO ACHO MELHOR VC IR P QUADRO MULHERES PODRES DE RICA, SO DA PALHACO GAY!

  4. Acho que você não prestou atenção no meu comentário. Eu disse que seu líder protestante Lutero, que deu origem aos atuais evangélicos, também teve sua própria inquisição. Em menor escala, mas teve.

  5. Emanuelle Com todo respeito eu tenho lido os seus comentários e mim pergunto por que tanta hipocrisia!!! eu pastoreio IGREJA ha mais de 21 ANOS e quem sou eu para JULGAR a sua vida ou a vida alheia mas o DEUS que fez CÉU e terra ha de julgar tanto EU, quanto VOCÊ e todos os seres humano do GLOBO terrestre veja o que a BÍBLIA nos diz: 2 CORINTIOS 5.10 Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal. ECLESIASTES. 12.13 De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.
    14 Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.
    APOCALIPSE 20.12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
    14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.
    15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.

  6. Essa atitude demonstra o despeito contra quem não revidará, nesse caso os evangélicos. E o medo de criticarem abertamente os islâmicos. É fácil ofender os cristãos autênticos, pois nós não revidamos as ofensas, antes, oramos pelos que nos perseguem. E só pra constar, a pirâmide com o olho representa o olho de Óros, queiram vocês ou não, uma representação de Satanás e não de Deus. Satanás é o verdadeiro responsável por influenciar as pessoas a praticarem atrocidades como as praticadas contra a sede do mencionado jornal.

  7. Luciano,
    O que é protestantismo

    O protestantismo é filho do Pai da mentira, e tem como sua maior arma não a verdade, mas a mentira.

    E sempre fez vasto uso dela,para denegrir a Igreja Católica vejam o que dizia Lutero o fundador do protestantismo:

    Em carta a Jerônimo Weller, Lutero escreveu:

    “Se o demônio te tentar com bebedeira, bebe, e bebe em nome de Cristo”.

    Lutero defendia a tese da santidade do pecado: quanto mais pecado se cometesse mais santo se seria. Ele insultava Cristo dizendo que Jesus era adúltero e bêbado.

    Que Lutero disse que Cristo era adúltero, está no livro de Lutero, Tischeredden: Conversas à Mesa, n* 1472, edição de Weimar, volume II, p. 107, apud Franz Funck Brentano, Martim Lutero, editora Vecchi, Rio de Janeiro, 1956, p.151.

    Quando discuto com algum protestante, recomendo que leiam os livros e discursos de Lutero, especialmente suas conversas à mesa que são escandalosíssimas.

    De fato, Roma, no tempo do Renascimento, era bem corrupta. Por isso Lutero gostou muito de lá.Lutero jamais quis reformar os vícios do clero corrupto, do qual ele era um exemplar bem típico.

    O que Lutero queria reformar era a lei de Deus, para permitir os pecados, como ele o permitiu com a sua doutrina da santidade do pecado, com o seu axioma:

    “Crê firmemente e peca muitas vezes,pois o perdão e eleição de Deus é irrevogável, portanto, crer firmemente no Senhor Jesus e podes pecar a vontade, pois uma vez salvo, salvo para sempre…”

    E PARA DEFENDER O USO DA MENTIRA DIZIA:

    “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da Igreja (luterana) ?…” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).

    Sábio conselho é o de Jesus, aos difusores dessa mentira diabólica:

    “Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira”. (Jo 8,44).

    Lutero resumiu bem o pensamento protestante:

    “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    Os protestantes, não raro, seguem o conselho de Voltaire: “Menti, menti, porque sempre fica alguma coisa!”

    “Existem pouquíssimas pessoas neste mundo que realmente odeiam CEGAMENTE a Igreja Católica, mas infelizmente há milhões que odeiam o que eles PENSAM ser a Igreja Católica… (Fulton J. Sheen)”
    “Para fundar Igrejas duas coisas são necessárias. A primeira é morrer na cruz e isto eu não quero. E a segunda é retornar do mundo dos mortos. E isto eu não posso.” (Napoleão Bonaparte)

    • Emanuelle,

      Vejo que você progrediu, minha cara, pois citando palavras de logo quem? Napoleão Bonaparte, o que botou tua igreja nos pés.

      Pior que mentira repetida, são os homicídios praticados por tua igreja contra os santos de Deus, os que não quiserem fazer parte dessa prostituição com reis e rainhas terrenos. Então tua igreja mentiu e matou. Condenada por Deus, que a chama de prostituta no livro de apocalipse, justo por entregar-se aos prazeres de carne, tomando pra si poder e dinheiro, a vendilhona do templo de Deus.

    • Eu sempre costumo dizer que a nossa fé evangélica não está edificada sobre Lutero, Calvino, Zwinglio ou qualquer outro reformador protestante do século XVI. Mesmo se Lutero fosse mesmo um alemão bêbado e adúltero que cometeu suicídio, eu responderia com um grande: eeeeeeeeeee daí? Temos dezenas, senão centenas de papas que foram muito piores.
      Temos uma enorme lista de papas que foram assassinos, pedófilos, sodomitas, estupradores, incestuosos, racistas, escravocratas, anti-semitas, torturadores, misóginos e facínoras sedentos de sangue (alguns dos quais o leitor pode conferir clicando aquie aqui), e mesmo assim os católicos não deixaram de ser católicos por causa disso. Ao contrário: continuam chamando a criatura de “Santo Padre” (note que nenhum evangélico é tão cínico ao ponto de chamar Lutero de “o Santo Lutero”).

      Os papistas não conseguem
      entender que nós não consideramos Lutero infalível, como eles consideram os papas deles. Nós somos honestos e humildes o suficiente para admitir o óbvio: que Lutero era tão humano, mortal, pecador e falível quanto qualquer um de nós. E que, mesmo tendo os seus erros, exerceu um papel proeminente e fundamental nas denúncias da apostasia romana e restaurou boa parte das doutrinas bíblicas, que já tinham sido abandonadas há muito tempo. A conduta e a vida particular de Lutero não influenciam a vida dos evangélicos do século XXI. Sua doutrina, sim.

      A razão pela qual os “apologistas” católicos estão sempre tão desesperados em caluniar Lutero é porque eles sabem que tem que desviar a doutrina para o lado pessoal. Eles sabem que no campo doutrinário são massacrados. Então eles vão para o pessoal. Querem retratar Lutero como um monstro satânico e o maior pecador de todos os tempos, pensando que assim irão escandalizar um evangélico e afastá-lo da doutrinacristã e bíblica. Um evangélico minimamente instruído sabe o quanto essa estratégia papista é estúpida e que não serve para enganar ninguém.

      Evangélicos não seguem Lutero, seguem Jesus. Lutero, assim como qualquer outro ser humano do mundo, deve ser ouvido somente na medida em que seu discurso condiz com as Escrituras, com os ensinos de Jesus. Até o apóstolo Paulo, ao invés de simplesmente dizer “sejam meus imitadores”, fazia questão de dizer aos coríntios: “sejam meus imitadores, como eu o sou de Cristo”(1Co.11:1). Em outras palavras, a “imitação” a Paulo estava condicionada à sua obediência a Cristo. Se Paulo pecasse (e ele era humano), não era para os coríntios
      seguirem essa conduta. Da mesma forma, se Lutero errou, não precisamos seguir seus erros.

      Papistas têm uma dificuldade incrível em entender isso, porque há uma diferença abismal entre o trato dos evangélicos para com Lutero e o trato dos papistas para com o papa. A obediência dos evangélicos a Lutero é condicional à obediência deste à Cristo, enquanto a obediência dos católicos ao papa éincondicional, pelo pressuposto da infalibilidade, segundo o qual o papa não pode errar em matéria de fé. Mas eles pensam que Lutero é para nós o que o papa é para eles. É
      por isso que os apologistas caluniadores a serviço de Roma insistem na presunção de que derrubando Lutero eles derrubam o protestantismo, como se a validade da doutrina protestante dependesse da “infalibilidade” de Lutero, a qual nenhum protestante jamais creu – nem o próprio Lutero, por sinal.

      Quando uma calúnia inventada por eles fracassa, eles são rápidos em inventar calúnias novas, substituindo e atualizando seu arsenal de injúrias e difamações. Tente dar uma lida no que os sites católicos dizem sobre a morte de Lutero. Uns dizem que ele se
      arrependeu no final da vida e voltou ao catolicismo romano. Outros dizem que ele se matou. Outros dizem que ele morreu em um bar, de tanto beber. Daqui a pouco eles vão dizer que Lutero se converteu ao catolicismo carismático e gravou um CD com o padre Marcelo. Eu não duvido.

      A verdade é que estes doutrinadores papistas estão tão desesperados em inventar calúnias novas que nem se dão conta de refutar as que já foram inventadas antes e que contradizem a nova versão. Eles são divertidos. Hilários. Para que se faça justiça,
      cabe ressaltar que em meio a tantas calúnias diferentes e autocontraditórias sobre a morte de Lutero, o site católico Veritatis Splendor surpreendentemente disse que Lutero morreu de… causas naturais! Sim, eles não se decidem mesmo.

      Você vai a um site católico e eles dizem que Lutero aceitava os livros apócrifos porque os incluía em sua versão da Bíblia, e então vai a outro site católico e este outro site vocifera contra Lutero dizendo que ele “arrancou sete livros da Bíblia”. Ora, decidam-se de uma vez: Lutero aceitava os apócrifos ou ele
      “mutilou a Bíblia”? O mais engraçado de tudo é quando essas duas acusações diferentes e contraditórias entre si são feitas por um mesmo site, por um mesmo autor e num mesmo artigo! Sim, acredite. O orkuteiro Evaldo Gomes escreveu um artigo hilário sobre o cânon bíblico onde diz que Lutero cria na “antiguidade e canonicidade” dos apócrifos, e no parágrafo final do mesmo artigo afirma que ele adotou um cânon “farisaico” (risos) sem os apócrifos. O desespero deles em caluniar Lutero é tão grande que dá luz a distúrbios bipolares.

      Mesmo eu não dando a mínima para as calúnias deles, e mesmo considerando inútil qualquer tentativa de desmoralizar a pessoa de Lutero, é bom colocar um ponto final em tantas aberrações inventadas por eles, por questão dejustiça e não por questão denecessidade. Neste quesito, os apologistas cristãos norte-americanos estão muito à frente dos apologistas cristãos brasileiros. Há blogs destinados inteiramente a refutar as calúnias católicas que são despejadas covardemente sobre Lutero.

      • Luciano,

        Vamos pedir a exumação de Lutero para efetuar exames que concluam quanto a morte natural ou suicídio.

        Vige!!! Esqueci.

        É que a igreja católica não permite necrópsia alguma.

        Se bem que podemos negociar. Façamos assim. Lutero foi um insurgente contra a igreja dele que depois se tornou um evangélico, razão pois dos evangélicos autorizarem o estudo de seus restos mortais, mas tem a igreja que fazer o mesmo com todos os papas. É aí que a coisa pega, pois vai ser tanto papa “suicida”, ou seja, mortos pelos da igreja, que os católicos e sua cúpula vão ficar com a espinha curvada pelo resto da vida face a grande vergonha.

        De dez papas, minimamente oito foram enviados pro céu mais cedo pelos pares.

        Imaginar que essas figuras passaram dias e mais dias num processo de escolha do papa, tamanha era a ganância, a ponto dos católicos terem deixado de ofertar a comida diária, depois destelhado o recinto, modo de sob chuva e sol concluírem a votação. Ora, quem não quer ser rei e mandar nos reinos e no mundo?

    • Lutero separou protestantes de católicos pelas mesnas práticas que hoje as igrejas neopentelhas fazem abertamente – a venda de salvação.

      • Cláudio,

        Gostaria que você tivesse vivido naquela época, aí seria importante ouvir sua opinião se foi apenas por conta de um conto de vigário, o famoso 171, que o povo católico maciçamente se rebelou contra a igreja dele.

        Homem, será que já não basta a hipocrisia dos nossos políticos? Ou será você um desses políticos hipócritas?

        O mundo sempre existiu golpes derivados de esperteza intelectual contra a humanidade, diferente do que ocorreu na época, onde uma instituição religiosa vinha exercendo uma tirania assemelhada ao Estado Islâmico de hoje, como seja, morte na fogueira dos infiéis, tudo pra concentrar sobre ela, igreja, mais poderes, mais controle social, econômico, em síntese, hegemonia sobre toda a sociedade.

        • Você já leu as 95 de Lutero? Eu já. E nenhuma fala nada sobre a Inquisição. Aliás, Lutero também teve sua própria inquisição para manter seus princípios religiosos. Estude, meu caro estude.

          • Cláudio,

            Esperar que um católico não faça inquisição, é brincar com a história,

            Meu caro, ele era católico, então acostumado com a institucionalização da inquisição, pois esta foi criada 300 antes dele nascer, ou seja, nasceu vendo cadáveres vítimas da igreja dele, portanto acostumado a vê os que falarem arder nas fogueiras.

            Outra coisa, o povo estava tão afável com a igreja que estimulou os mesmos predicados para combatê-la, e sei não, se não tivesse agido assim, ela teria dizimado um a um. Com o diabo, às vezes tem que usar a mesma espada.

            Aliás, esta questão é de católicos, nada com evangélicos, pois aqueles perseguiam e matavam, e os insurgentes chamados de protestantes usaram da mesma moeda, se bem que pra conseguirem alguma coisa.

            Os católicos ficam com um mimimi danado com os seus insurgentes, deveriam ter se ajeitado antes, pois não haveria a briga.

            Evangélico tem nada a ver com essa briga de comadres, mas que recebe de braços abertos a todos que a procuram, inclusive os protestantes(insurgentes católicos), aliás, se não fossem os católicos protestantes, talvez a verdadeira igreja de Cristo, a evangélica, ainda permanecesse sob domínio da prostituta enfatizada em apocalípse.

          • Peço que atente para as teses 52ª e 86ª. Esses pastores de hoje fazem exatamente o que Lutero condenava.

          • Cláudio,

            Peço que você atente para o que esses pastores fazem com dinheiro conseguido sob forte sofrência, meu caro.

            Terrenos são adquiridos, prédios construídos, ações sociais, folha mensal de compromissos quitada, locações de espaços midiáticos resolvidas mensalmente.

            Meu caro, eu achar que não exista algum desvio, é dar a mim mesmo um atestado. Mas não são todos e nem a todo momento, pois as igrejas evangélicas são regidas por, digamos, conselhos, aliás sendo de quando em quando desmascaradas as contas de pastores, postos pra fora, mas isso ninguém fala, apena que são tolos em doar.

            E olha que são pessoas pobres, mas muito é feito com a miséria vinda dos miseráveis evangélicos, bastando vê na quantidade de templos próprios e os sob locação.

            E somente foram avante em face do esforço concentrado de todos, diferente da igreja principal que recebe dinheiro dos cofres públicos pela venda dos imóveis no Brasil, além não comprar terrenos, pois doados. E quando constrói e reforma igrejas e prédios, o seu e o meu dinheiro são destinados pelo estado de forma graciosa, não negando chefes de executivos e político algum tais ajudas.

    • Emanuelle Com todo respeito eu tenho lido os seus comentários e mim pergunto por que tanta hipocrisia!!! eu pastoreio IGREJA ha mais de 21 ANOS e quem sou eu para JULGAR a sua vida ou a vida alheia mas o DEUS que fez CÉU e terra ha de julgar tanto EU, quanto VOCÊ e todos os seres humano do GLOBO terrestre veja o que a BÍBLIA nos diz: 2 CORINTIOS 5.10 Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal. ECLESIASTES. 12.13 De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.
      14 Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.
      APOCALIPSE 20.12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
      14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.
      15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.

  8. Não é à toa que o demônio no leito de morte de Lutero agradeceu pessoalmente a Lutero pela divisão e confusão que ele causou no Cristianismo, e por isto ele pede a sua mãe que permaneça na única igreja de cristo: A Católica. ( Mateus 16,18)

  9. José Gaspar EX-MAÇON disse:

    Pirâmide maçonica acima da caricatura revelando quem está por trás dos atentados: A MAÇONARIA.

  10. O QUE ESCREVI AFIRMO:
    NAO FAZ TRABLHO E NEM MAL FEITO.

    ARREBENTARIA TODOS CULPADOS SEM DEIXAR UM PRA TIRAR ONDA!

    ASSUMIRIA O QUE FEZ E NAO HA UM SER NO UNIVERSO QUE O SENTENCIE!

  11. ESSE DESENHO NAO E DEUS, DEVE SER O MALME!

    DEUS NUNCA FAZ UM TRABALHO SUJO!

    NEM MAL FEITO!

    • HILDO
      Veja a diferença de nosso Deus para o mulambo alachifre, se o nosso Deus o quisesse matar, nunca teriam como escapar, pOis como diz Davi, se subir aos céus la tu estás se descer ao abismo me encontras, onde se esconder de ti, LOGO NÃO TERIAM COMO SE ESCONDER E SÓ MORRERIA AQUELE QUE ELE QUISER.

      • Sinto dizer-lhe, mas o deus dos judeus, dos cristãos e dos muçulmanos é o mesmo. Pode até mudar de nome, mas é o mesmo deus cruel e perverso, que goza sentindo cheiro de fumaça de carne queimada, que manda a pai oferecer o filho em holocausto para provar sua fidelidade. Um deus psicopata.

        • Cláudio
          SINTO TE DIZER, QUE VC. PRECISA DE AJUDA, TANTO PSICOLÓGICA COMO ESCOLAR, MILENIOS DE GUERRA POR CAUSA DOS ARABES TEREM UM DEUS DIFERENTE, O DEUS DA ESCRAVA, E VC. FALA ESTA BOBAGEM, SINTO TE DIZER DEVERIAS QUANDO NÃO SABE NADA NÃO OMITIR OPINIÃO SEM ANTES BUSCAR INFORMAÇÃO

          • É mesmo? Jesus Cristo era judeu, portando o deus pai dele é o mesmo deus dos cristãos. Abraão gerou Isaac e Ismael, que foi expulso com sua mãe Agar para morrer no deserto. Ismael sobreviveu e o muçulmano Maomé é descendente dele. Quem era o deus de Abraão? Amon-Rá, por acaso? O que falta pra vocês é análise cognitiva dos fatos. Os ateus tem esta capacidade, já os crentes não.

          • CAPACIDADE DE CRIAR UM ALIMENTO NATURAL AUTO REPRODUTIVO ATEU NENHUM TEM!

            VC CONFUNDE CENTAVOS NOVOS COM SENTAR NOS OVOS!

            unica capacidade presente em vc!.

  12. Como esse jornaleco pode afirmar algo no qual não acredita?
    Entrou em parafuso depois que detonaram os caras.

  13. a biblia relata varias passagens em que deus mata.
    a mais conhecida delas eh o diluvio.
    nessa lenda, deus teria matado toda a humanidade, exceto uma familia.
    portanto, segundo a crenca dos cristaos, deus eh um ser capaz de matar idosos, mulheres gravidas e bebes de colo.

    • Pois é Ele mata mesmo tanto o corpo como o espírito e lança ele no lago de fogo. Isso é morte física e espiritual, isso acontece quando Deus está a mais de 2000 anos avisando que depois da vinda Cristo Jesus em carne esse mundo estará perto de seu fim por causa do pecado e rebelião de pessoas como vc com essas palavras e atitudes. NO TEMPO DO DILUVIO foi destruida uma geração perversa e pecaminosa homicida caluniosa e o pecado daquele tempo chegou ate aos céus, por isso a decisao de Deus. E sempre foi assim no decorrer dos séculos, sodoma e gomorra prova tb disso e tantos outros. Má ele dar sempre varias chances de tais pessoas se arrependeram, más ao contrario eles ignoram noe pregou, Lo era reprimidos em Sodoma e gomorra por conta dos atos ilicitos de perversidade e desobediência a mesma coisa que se ver hoje em dia, e que ainda chegara a um nivel muito mais grotesco e vc esta sendo

    • Continuando… e vc esta sendo uma prova viva dessa rebeliao contra Deus e inscitando o odio contra uma sã doutrina vinda de Cristo, que clara e obviamente não é essa desses que praticaram tal atrocidade e nao praticam. E a porta está aberta Deus antes há muitos mil anos atrás, no livro de êxodo Deus falou a toda terra que postaria diante de toda vida 2 caminhos bênção ou maldição vida ou morte. E a salvação a bênção veio e se chama Jesus. Então tudo está determinado para o fim e aqueles que guardam sua fé em Jesus vive eternamente porque rejeitou a desobediência a apostasia desse a últimos tempos de pessoas que não dão crédito a palavra de Deus e abrem a boca para falar insolência contra aquele que está assentado em um grande e sublime torno no céu. Mas digo… Deus olha isso e sabe o que Ele faz ri-se de pessoas de palavras insolentes sabendo ele que o tempo está próximo e Ele será o juiz de todo esse mundo. Onde todo joelho se dobrará perante Ele e pode acreditar vai acontecer vc creia ou não eu espero que vc se arrependa antes. Porque o julgamento dEle é justo, prova da as atitudes erradas de vcs e da desobediência, insolência e rebelião a Deus? É que vcs condenam Deus, por atitudes de homens perversos em atitudes homicidas como as desse grupo porque se vcs tem tanta coragem de falar de Deus, quando é a Ele que vcs deveriam temer verdadeiramente quando Ele na bíblia em Mateus fala que não devemos temer aqueles que matam o corpo mas Aquele que mata tanto o corpo como o espírito, mas ai eles fazem isso e quem é que vcs culpam o mais fácil já que Ele não está aqui de corpo presente para defender. Sinceramente acho vcs muito covardes deveriam ter es a coragem enorme de condenaram e ameacarem a santidade de Deus, a subjugar novamente esse grupo, ou será medo de uma nova retaliação? Por favor tomem amor por suas próprias vidas e reconheçam que são necessitados de Deus e pode acreditar até o último fôlego de vida na vida de vcs, terao a chance de serem salvos sabe porque porque Jesus se sacrificou enteegando a sua própria vida por todos os que nEle creem. E que coincidência o homem matou Jesus aí e aí foi Deus? Repensem vossas atitudes sao convictas de vcs proprios pela natureza pecaminosa e rebelde contra Deus e nao Deus Ele é justo em todas as suas atitudes seja ela qual for Ele é Reto Juiz! Deus Abencoe.

    • Na lenda da destruição das cidades de Sodoma e Gomorra também. A bíblia não fala em deixar todas as pessoas inférteis por um período para depois destruir as cidades, portanto, crianças inocentes e mulheres grávidas foram igualmente mortas pela fúria do todo-poderoso.

      • Um assunto puxa outro, e eu me lembrei de um detalhe. Os cristãos são contra o aborto, mas deus praticou vários abortos em Sodoma e Gomorra. A diferença é que eliminou mães e filhos numa só tacada. Mas os crentes são incapazes de atentar para esses detalhes. Segundo eles, só os “depravados” foram mortos pela chuva de fogo e enxofre. Incapacidade intelectual dá nisso.

  14. Lutero e Charlie Hebdo: muita coisa em comum
    O que esse jornal faz, também o protestantismo fazia com a Igreja Católica. A diferença é que Lutero baixava o nível.
    Nesses tempos de discussão sobre o respeito às crenças religiosas alheias, convém mais do que nunca trazer à tona uma faceta de Martinho Lutero que pouca gente conhece: o de gravurista que não tinha limites para a baixaria.
    Bem diferente do que muita gente pensa, não foi por meio da distribuição de bíblias que a Reforma Protestante difundiu sua doutrina. A grande arma de propaganda dos “reformadores” eram panfletos com gravuras ridicularizando o Papa e o clero das formas mais asquerosas possíveis, no melhor (ou pior) estilo da revista Charlie Hebdo.
    Ânus, cocô e demônios eram elementos quase onipresentes nos desenhos de Lutero e sua turma. Pudera… a boca fala do que o coração está cheio! Vejam que “primor”, por exemplo, o texto que acompanha a gravura acima, De Ortu et Origine Monachorum (“A Fonte e a Origem dos Monges”): diz que o capeta teve uma dor de barriga e, ao se aliviar sobre uma forca, de seu traseiro saíram os monges. Será que Luterinho, ex-monge agostiniano, estava então contando sua própria história de vida?
    É preciso dar um desconto para Lutero, afinal, diferente dos cartunistas franceses, ele não usava a imagem de Cristo para blasfemar, nem tampouco a da Santíssima Virgem, de quem era devoto. Por outro lado, enquanto as charges do jornal francês nunca incitaram a violência física contra ninguém, Lutero, por sua vez, pedia em uma gravura que o Papa e os cardeais fossem mortos na forca e tivessem suas línguas pregadas ao lado.
    Uma gravura , intitulada Digna merces Pape satanissimi et cardinalium suorum (“A justa recompensa que o Papa Sataníssimo e seus cardeais merecem”) foi produzida por Lucas Cranach. Por encomenda de seu amigo Lutero, esse pintor renascentista fez diversas xilogravuras anticatólicas. Lutero e Lucas formaram assim a dupla LuLu; um bolava o desenho, o outro executava.
    O mais célebre dos panfletos de Lutero ilustrado por Lucas Cranach é “Contra o pontificado romano fundado pelo diabo”, de março de 1545. A seguir, mostramos mais algumas das gravuras contidas nessa publicação.
    A gravura “O nascimento e a origem do Papa” apresenta um demônio feminino “parindo” vários papas pelo traseiro; os bebês são embalados e amamentados por outros demônios.
    A genialidade humorística da dupla LuLu era mesmo ilimitada. Além de muito cocô e bunda, eles também faziam sátiras com… muito cocô e bunda! Na gravura a seguir (cujo título é Adoratus Papas Deus Terrenus) eles sugerem que o povo deveria usar a tiara papal como penico.
    Em outra gravura, cujo título é The Papal Belvedere, camponeses mostram as nádegas e peidam diante do Papa Paulo III, que lhes expõe uma bula. Como vemos, o “grande reformador” propunha um debate teológico de “altíssimo” nível! Será que alguém acredita que o Espírito Santo inspirou tais coisas?
    Mas nem tudo o que a propaganda da Reforma produzia era baixaria. Há algumas exceções com conteúdo de crítica genuína, como a ótima gravura que compara o abuso da venda de indulgências ao crime dos vendilhões do templo (veja abaixo). A imagem faz parte de uma série de “quadrinhos” feitos por Lucas Cranach, desta vez em parceria com o reformador Philip Melancthon.
    Abre parênteses: o abuso da venda de indulgências praticado pelos papas Júlio II e Leão X foi uma vergonha, entretanto, não tinha nada a ver com “vender a salvação”, como muitos evangélicos dizem por aí. Para saber mais veja no site o catequista.
    Porém, no “conjunto da obra”, Lutero fez uso de sátiras tão porcas quanto a de um moleque aloprado. Ele, que se dizia apegado às Escrituras, não aprendeu com elas a satirizar. Desejando arrancar risadas quase sempre por meio de bundas, bostas e capetas, passou a mil quilômetros da fina ironia do profeta Elias no Monte Carmelo.
    Desafiados por Elias a provar a força de Baal, os profetas do ídolo se esgoelavam horas a fio, clamando para que o fogo descesse do céu e consumisse o novilho ofertado no altar. Mas nada de novo acontecia o sol… #deuruim
    “Elias escarnecia-os, dizendo: Gritai com mais força, pois (seguramente!) ele é deus; mas estará entretido em alguma conversa, ou ocupado, ou em viagem, ou estará dormindo… e isso o acordará” (I Reis 18, 27).
    O profeta Elias nos mostra que o humor é uma arma legítima para a defesa da verdade, e não deve ser excluído do debate religioso. Por isso, TENHAM CUIDADO COM A DITADURA DO POLITICAMENTE CORRETO, que dá voz aos melindrados e ofendidinhos de plantão. Já dissemos aqui e reafirmamos: todas as religiões – inclusive o catolicismo – possuem eventualmente aspectos passíveis de serem criticados e ironizados.
    É justo pedir um mínimo de bom senso. Tomara que aqueles que usam do humor utilizando temas religiosos elevem o nível acima das sátiras abjetas da Reforma Protestante, do Charlie Hebdo, do Porta dos Fundos e companhia.
    Veja as fotografias e texto no site o catequista

    • Os islamitas que vocês criaram é quem quer fazer mau a vocês e não os protestantes.

      • Mas também, boas coisas não se pode esperar do herege Lutero
        LUTERO O FUNDADOR DO PROTESTANTISMO É A BESTA DO APOCALÍPSE ?

        No ano 100 da era cristã, os rabinos judeus se reuniram no Sínodo de Jâmnia (ou Jabnes), no sul da Palestina, a fim de definir a Bíblia Judaica. Isto porque nesta época começavam a surgir o Novo Testamento com os Evangelhos e as cartas dos Apóstolos, que os judeus não aceitaram. Nesse Sínodo, os rabinos definiram como critérios para aceitar que um livro fizesse parte da Bíblia, o seguinte:

        (1) Deveria ter sido escrito na Terra Santa; (2) Escrito somente em hebraico, nem aramaico e nem grego; (3) Escrito antes de Esdras (455-428 a.C.); (4) Sem contradição com a Torá ou lei de Moisés. Esses critérios eram mais nacionalistas, mais do que religiosos, fruto do retorno do exílio da Babilônia em 537aC.

        Por esses critérios não foram aceitos na Bíblia judaica da Palestina os livros que hoje não constam na Bíblia protestante, citados anteriomente. Mas a Igreja católica, desde os Apóstolos, usou a Bíblia completa: A SEPTUAGINTA.

        1)- Até o ano de 1.500, a única Bíblia Cristã existente na face da terra era a Bíblia Católica! Foi Martinho Lutero, um ex-sacerdote, excomungado pela Igreja, que, ao criar a “sua” igreja, denominada de “Igreja Luterana”,forjou a “sua bíblia”, tomando a Bíblia Católica com os SETE LIVROS tirados por ele porque o incomodava com suas teses heréticas, e que passou desde então a ser chamada de “bíblia protestante”.

        2)- Aliás, a Bíblia que os Apóstolos e Evangelistas nos deixaram contém exatos 73 livros. Martinho Lutero, simplesmente tirou SETE LIVROS DA BÍBLIA CATÓLICA e “fez” assim a “sua bíblia protestante”, contendo 66 Livros. PERGUNTA QUE NÃO CALA : Com que autoridade ele fez isto ?.

        3)- Ora, todos sabemos que o número de satanás é 6(Seis). Sabemos que é ele (satanás) quem causa divisão e discórdia no Povo de DEUS.

        4)- Portanto, Martinho Lutero foi um instrumento que o maligno usou para tirar milhões de criaturas da presença (física) de Deus na Eucaristia, e da única e verdadeira Igreja fundada por Cristo ( Conf. Mateus 16,18).

        5)- Concluindo: o número de Martinho Lutero é 6 (seis) e a “sua bíblia” tem 66 (sessenta e seis) livros, o que dá o número 666…… o que pensar diante disso?

        • Emanuelle,

          Escrito na testa dos papas há palavras que apontam o número 666, o “pontifice vigário….”, que pensar sobre isso?

          Fala inda da que está sentada sob as sete colinas, que pensar Roma?

          Que é que os papas fizeram no decorrer de seus papados? Morte e destruição usando nome de Cristo. Minha cara, o mundo se julga a si próprio em vista de suas guerras, mas uma igreja que se diz de Cristo, eis que dará satisfação pelo que fez a Deus, pois entorpeceu-se pelo poder e tiranizou o mundo na companhia dos reis desta terra.

          Que tal pensar no fato de tua igreja gostar muito do vermelho e da púrpura, bem assim de ouro, tudo como prescrito em apocalipse?

    • Emanuelle filhote de Jezabel..

      Jezabel era idolatra foi comida pelos cachorros, era estúpida não obedecia a palavra de DEUS.
      continua servido a satanás, pra ver o que te vai acontecer..

      ainda há tempo de vc deixar a idolatria e aceitar o SENHOR JESUS como SENHOR é único salvador da tua vida.

      • Zezé,
        POR QUE OS PROTESTANTES SÃO TÃO DIVIDIDOS E CONFUSOS ?

        1)- Não existe um só rebanho ,cada um segue o pastor quer e interpretam a bíblia conforme seus interesses – QUEM ESTÁ CERTO ?

        2)- Existem seitas protestantes que dizem que Jesus não é Deus,outras dizem que é … – QUEM ESTÁ CERTO ?

        3)- Para a maioria dos protestantes o casamento não é um sacramento e por isso mesmo não é indissolúvel – QUEM ESTÁ CERTO ?

        4)- Uns protestantes santificam o sábado, outros o domingo e outros ainda não santificam dia nenhum– QUEM ESTÁ CERTO ?

        5)- Alguns protestantes são a favor do aborto, outros contra– QUEM ESTÁ CERTO ?

        6)- Um grupo protestante afirma que as almas estão inconscientes, outros que estão conscientes– QUEM ESTÁ CERTO ?

        7)- Alguns dizem que o inferno foi extinto, outros dizem que ele é eterno– QUEM ESTÁ CERTO ?

        8)- Para alguns protestantes Maria é Mãe de Deus, outros negam. – QUEM ESTÁ CERTO ?

        9)- Alguns protestantes tratam a ceia ou eucaristia como um sacramento para outros é só um símbolo– QUEM ESTÁ CERTO ?

        10)- Os mórmons aprovam a poligamia, outros condenam– QUEM ESTÁ CERTO?
        11)- Uns batizam apenas em nome de Jesus outros em nome da Santíssima Trindade. No protestantismo existem pelo menos cinco entendimentos na questão do batismo. – QUEM ESTÁ CERTO ?

        12)- A grande maioria das igrejas protestantes proclama que a salvação é obtida somente pela fé sem obras, em oposição ao que diz Tiago 2,26. – QUEM ESTÁ CERTO ?

        13)- Alguns protestantes acreditam que estão salvos e não podem perder a salvação, contrariamente ao que nos diz a Bíblia: (1Cor9,27), (Gal 4,9), (I Tim 1,19-20; 4,12; 5,15) – QUEM ESTÁ CERTO ?

        14)- uns acreditam em Anjos da Guarda outros não– QUEM ESTÁ CERTO ?

        15)- Umas Igrejas as Pentecostais pregam O MILENARISMO, já as Protestantes mais antigas não – QUEM ESTÁ CERTO ?

        Destaquei apenas algumas contradições, pois a lista é grande!!!

        “Existem pouquíssimas pessoas neste mundo que realmente odeiam CEGAMENTE a Igreja Católica, mas infelizmente há milhões que odeiam o que eles PENSAM ser a Igreja Católica… (Fulton J. Sheen)”
        POR QUE O PROTESTANTISMO É TÃO CONFUSO?
        Temos a verdade nas palavras de Jesus Cristo e o poder de refletir com a lógica básica para discernir essas palavras apropriadamente.

        Simplesmente observemos a abundência de versiculos enfatizando a Unidade e a Verdade:

        1. Há um só Deus (Efésios 4,6).
        2. Há uma só verdade (João 14,6; 17,17).
        3. Há um só Espirito Santo (Efésios 4,4).
        4. Há um só rebanho (João 10,16).
        5. Há um só Pastor para este rebanho (João 10,16).
        6. Há uma só Igreja (Salmo 127,1; Mateus 16,18; 1Coríntios 3,11; Efésios 1,22; 4,5).
        7. Há uma só autoridade (Mateus 18,15-18; João 20:21-23).
        8. Há uma só Bíblia (Gálatas 1,8-9).
        9. Há uma só interpretação da Bíblia (Atos 8,30-34; 2Pedro 3,14-17).
        10. Há um só batismo (Efésios 4,5).
        11. Há um só sacerdócio (Hebreus 7,11-17).
        12. Todos nós devemos ser um (João 17,20-23).
        13. Estamos obrigados a buscar a verdade (2Tessalonicenses 2,13; Tiago 3,14; 2João 1,1-4).
        14. Graves conseqüências esperam aqueles que não revelam a verdade (Romanos 1,18).
        15. Graves conseqüências esperam aqueles que não aceitam a verdade (Romanos 2,8).
        16. Graves conseqüências esperam aqueles que não dizem a verdade (Apocalipse 21,8.27).
        17. Temos só uma vida e temos de vivê-la corretamente nesta única oportunidade (Hebreus 9,27).

        Qualquer coisa que contradiga, ainda que seja um só destes versiculos listados, não vem de Deus e sim do autor da divisão e da confusão.

        Com todos estes “UM” acima mencionado, o que motiva os protestantes a não mostrar seu poder de reflexão e análise, e ver que não cumprem com o que a Sagrada Escritura manda?

        Mais de 35.000 divisões protestantes violando cada um ou vários versículos mencionados na lista acima, como os de número 4, 5 e 6.

        Todas as seitas ensinando diferentes doutrinas, infringindo o versículo do número 2 acima.

        Nenhuma delas tem autoridade; veja o número 7.

        Certamente todas elas quebram o número 9, com seus costumes de “interpretar individualmente” a Sagrada Escritura.

        Por que é tão trabalhoso para eles refletirem que, para se ter Uma Só Verdade, deves haver Uma Só Autoridade?

        É assim tão simples, mas os protestantes não podem compreendê-lo; e suas milhares de dezenas de seitas comprovam isso.
        I João 2,19: Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco. Mas isto se dá para que se conheça que nem todos são dos nossos.

    • nunca li uma asneira taõ fora do cabo como esta vc devia morar em ROLOODE isso mesmo com uma mente dessas iria competir com Stiven spilberg …. é muta criatividade. TAMANHA IGNORANCIA

      • HA HA HA

        BOA ANTONIO!

        ELA JA E DO VATICANO, O LADO NEGRO DA FORCA!

        • Emanuelle,

          Belo texto, pois confissão duma verdade.

          Veja o que tua igreja ensinou ao pobre padre Lutero. Todas essas coisas que você citou. Mas o que se aprende em tua igreja?

          Será que não é esperar muito de uma igreja que era amante do poder? Que quatro séculos antes havia criado uma máquina de torturar/matar gente, a SANTA INQUISIÇÃO? Igreja berço de Lutero que determinou a conversão dos judeus à força. Igreja que começou a intriga que se estende até hoje dos árabes/islamitas com o ocidente ao expulsar os mouros da Península Ibérica, repetindo-se as ações das cruzadas?

          Ora, é como contido em apocalipse, a que bebeu e deu às nações o seu vinho, ou seja, fez guerra e se juntou aos reis p/ guerrear, mandar, tomar, extorquir.

          Lutero foi bem ensinado.

          Mas Deus teve compaixão da alma dele, tendo se convertido, abandonado seus atos de protestantes, e vindo a se tornar um assemelhado aos valdenses, aos cátaros, ou seja, os verdadeiros cristãos que não se desviaram com Constantino. Os firmes, calados e sucumbidos por tua igreja desde que vocês se debandaram para o lado do Império Romano, tendo se tornado igual a ele, mandão, roubador, torturador,

          Vocês ao invés de influenciar os do império, infelizmente sucumbiram às perversas práticas dele. Mudaram o santo evangelho introduzindo essa tal de tradição, mataram os santos e anjos de Deus,

          Ainda bem que Lutero se tornou um evangélico, pois se tivesse permanecido um protestante igual aos milhões que se rebelaram contra a tirania da tua igreja, ele teria derrubado igreja por igreja de vocês, mas ele aprendeu que Cristo não ensinou isso.

          Dê graças a Lutero ter se convertido, bem assim os demais, pois razão havia de prova de pegar tua igreja e apagar do mapa na época, Virara a tirana das tiranias, a professora de todos.

      • Você nunca viu porque protestante não tem cultura e finge não saber nada da vida do pai herege fundador do protestante.

        • Emanuelle,

          Deixe de mimimi,minha cara. Leite derramado não retorna ao balde.

          Tua igreja provocou tanto a sociedade, mas tanto mesmo, que de uma hora para outra, milhões de pessoas se rebelaram contra ela. Era por ser boazinha? Que nada, a perversa das perversas. Deixe o pobre insurgente Lutero dormir em paz, vá acordar os beberrões, matadores e perversos papas da tua igreja, esses sim que são os responsáveis por tudo.

          Aceite, os católicos protestantes, graças a ales, a igreja oprimida e calada passou a ter voz, a igreja dos cristãos que nunca foram para o lado do poder, a dos evangélicos. Aliás, a igreja da família do papa, os valdenses, é uma dessas. Cristão verdadeiro não foi fazer parte desse império do mal criado por Constantino, fez foi ficar do outro lado, foi oposição a vida toda.

          Faça o favor, tua igreja está sendo castigada pelo Deus altíssimo, ALiás, tem nome de igreja, mas é uma empresa, a mais rica empresa do mundo. Engraçado que prega a pobreza, mas é rica, rica, rica, rica, que não tem quem conte o dinheiro dela. O reino de Deus pregado por Cristo, este só beneficiou ela, afinal passeia em grandes catedrais, igrejas, escolas/universidades, trabalhos artísticos, jornais/revistas/ tv/rádio, ações em bolsas, aptos de luxo, casas…

          • Os 7 pecados da Igreja CatólicaQuais são os motivos que explicam a galopante queda de fiéis, principalmente jovens e mulheres, no maior país católicoRodrigo Cardoso

            Faz cerca de 140 anos que o número de católicos no Brasil segue ladeira abaixo. No século XIX, precisamente em 1872, o conglomerado de brasileiros que se assumia fiel à Igreja Católica beirava a totalidade da população, 99,7%. Durante os 100 anos seguintes, a cada década que se encerrava, aproximadamente 1% abandonava a religião. O índice dessa queda, atualmente, continua
            o mesmo. Mudou, porém, o fato de ele ocorrer a cada ano. Essa aceleração do declínio foi constatada pela pesquisa “Novo Mapa das Religiões”, realizada pelo Centro de Políticas Sociais da Faculdade Getulio Vargas. Ao processar microdados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2003 e 2009, os estudiosos, capitaneados pelo economista Marcelo Neri, constataram que nesse intervalo de seis anos cerca de 6% da população deixou a religião romana – decresceu de 73,7% para 68,4%. O montante de fiéis que segue atualmente a
            doutrina preconizada pelo Vaticano é o mais baixo verificado no País. E, pela primeira vez na história, em alguns Estados e capitais da maior nação católica do planeta, o número de adeptos da religião não chega nem à metade dos habitantes (leia quadro). Quais seriam, então, os deslizes patrocinadores da queda do status do catolicismo entre os brasileiros, como as estatísticas não se cansam de mostrar? ISTOÉ recorreu a um colegiado de profissionais da religião, gente que pensa a Igreja, para discorrer sobre os possíveis pecados da Santa Madre. Eis os sete principais confessados.

            1 Romanização da Igreja

            É cantada em prosa e verso, já há algum tempo, a rejeição dos fiéis contemporâneos a autoridades religiosas que impõem doutrinas e ritos. Imposição, obrigação e restrição são palavras proscritas em um cenário no qual cada vez mais as pessoas se habilitam a estar no comando do próprio destino. A Igreja Católica, no entanto, caminha na direção oposta. Vive um momento de reinstitucionalização de seus fiéis, de os disciplinar para que aprofundem a sua fé. Os bispos defendem um contato maior com os bens religiosos, como missas e
            novenas. Esse processo preconizado pelo Vaticano é conhecido como romanização do catolicismo. “Bento XVI prefere uma Igreja menor e mais atuante em vez de uma maior sem atuação coerente e consistente”, afirma o cientista da religião Jung Mo Sung, da Universidade Metodista do Estado de São Paulo (Umesp). “A estratégia fortalece o fervor de uma minoria praticante, mas traz uma consequência não intencional da perda de adesão de católicos difusos.” 

            Esse efeito-rebote, somado à procura cada vez maior da população por curas e milagres que
            resolvam rapidamente seus problemas, tem levado esses católicos a migrar para outras denominações ou encorpar o grupo dos que fazem contato com o divino sem o intermédio de uma instituição. “A Igreja prefere que as pessoas que buscam soluções imediatas por meio de milagres não permaneçam nela”, diz o teólogo jesuíta João Batista Libanio. Diminui-se o número de católicos, mas, por outro lado, aumenta-se o dos praticantes conscientes. 

            2 Supermercado católico

            Párocos têm relatado que seus templos estão existindo à imagem
            e semelhança de supermercados. Percebem que é cada vez maior o número de fiéis que procuram a igreja ocasionalmente, em busca de serviços religiosos como casamentos, missas de sétimo dia, batizados e bênçãos de lugares e objetos. Tratado como produto, o casamento, só para citar um dos “bens” católicos, se torna um evento alheio à doutrina. “Há casais que trazem o CD da novela que faz sucesso para tocar na cerimônia. Se você se nega, alguns inconformados batem boca com você, viram as costas e procuram quem o faça”, conta o padre José João da Silva, da paróquia São José Operário, em Itaquera, na zona
            leste da cidade de São Paulo. “Vivemos uma igreja fast-food.”

            Nessa lógica de mercado, missa de sétimo dia tem se transformado em uma grande assembleia de gente que só foi ao templo por conta da ocasião e não está preocupada com o significado do ritual. Quanto aos batizados, explica o cônego Celso Pedro da Silva, da paróquia Santa Rita de Cássia, do Pari, zona norte de São Paulo, a Igreja supõe que quem quer que o filho se insira nela antes do uso da razão o faz porque dela faz parte e aceita suas regras. “O mesmo vale para a primeira comunhão, mas muitos pais não têm vínculos efetivos, nem
            foram casados na Igreja”, diz ele. “Acredito que uma dificuldade do catolicismo seja saber que o povo católico não é evangelizado e, mesmo assim, se comportar na prática como se ele fosse”, diz o cônego. O padre João Carlos Almeida, teólogo e diretor da Faculdade Dehoniana (SP), foi vigário paroquial no Santuário São Judas Tadeu, na capital paulista, por três anos. E conta que passava quase o dia todo atendendo a confissões e abençoando automóveis. “Muita gente trazia seu carro recém-comprado para ser benzido e ia embora. Poucos rezavam ou participavam de uma missa”, lembra. Com a oferta
            religiosa na vitrine, católicos assistem a seus fiéis se afastando dos vínculos espirituais.

            LINHA DURA
            Bento XVI recrudesceu a disciplina, para manter a coerência da doutrina

            3 Fuga de mulheres

            Está lá no “Novo Mapa das Religiões”. Entre as 25 denominações pesquisadas, apenas no catolicismo a mulher não constitui a maioria dos adeptos (leia quadro à pág. 70). Entre evangélicos, espíritas, religiões de
            matriz africana, oriental e asiática, elas superam os fiéis do sexo masculino. As católicas, porém, são cerca de 67,9%, enquanto os homens são 68,9%. Neri, o organizador do estudo da FGV, atribui o resultado, entre outras interpretações, ao fato de as alterações no estilo de vida feminino ocorridas nos últimos 30 anos não terem encontrado eco na doutrina católica, menos afeita a mudanças. De fato, seguem engessadas na Igreja, só para citar três tabus, as questões sobre os métodos contraceptivos, o divórcio e o aborto. 

            De acordo com o teólogo Jorge
            Cláudio Ribeiro, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), o catolicismo não gosta da mulher. “Ao que parece, elas, mal-amadas que são pela Igreja, estão se autorizando a não gostar da religião, a reagir”, diz ele. Seu colega de PUC, o padre e psicólogo João Edénio dos Reis Valle, afirma não ter dúvida de que a questão de gênero pesa na constante diminuição do número de católicos no País. “Ela pesa em especial nas mulheres de classes mais instruídas e em melhor posição socioeconômica”, afirma. “Essas não só percebem como discutem e não aceitam as posições da Igreja em relação a uma série de questões
            que as afetam.” E conclui discorrendo sobre a não participação clerical feminina. “Elas reivindicam um papel novo e ativo na vida da instituição.”

            4 Escândalo de pedofilia

            Em 2002, um grupo de mais de 500 pessoas levou à Justiça americana denúncias de abusos sexuais cometidos por sacerdotes e membros da arquidiocese de Boston, nos Estados Unidos. Esse escândalo foi a chama que fez arder uma fogueira de denúncias mundo afora, inclusive no Brasil. Na Irlanda, só para dar a dimensão do problema, a pedofilia acobertada
            por seis décadas pela hierarquia católica local foi tachada pela Anistia Internacional como o maior crime contra os direitos humanos já registrado na história daquele país. Para uma instituição que tem como bandeira a verdade sobre o mundo, ser atingida por problemas éticos que constituem crime representou um duro golpe. E a mazela dos escândalos de abuso sexual envolvendo crianças afastou muitos simpatizantes do catolicismo. É o que defende o cientista da religião Sung. “O militante não terá sua fé abalada. Mas os que se sentiam católicos por uma afinidade de infância ou inspirados em alguma figura
            pública podem ter deixado de ser por causa desses fatos.” 

            Para piorar, a Igreja não foi hábil na cicatrização da ferida. “Ela trabalhou a questão na base do segredo e do corporativismo. A lógica interna de uma instituição que se protege e não ventila o problema levou a ampliar o fenômeno, tornando-o uma sensação nos meios de comunicação”, afirma a socióloga da religião Brenda Carranza, da PUC de Campinas. Só há pouco tempo Bento XVI decidiu ordenar que os bispos abrissem normativas internas contra padres suspeitos de ser pedófilos e informassem as
            autoridades civis. Em setembro, ao visitar sua terra natal, a Alemanha, que perdeu 180 mil adeptos no ano passado por conta dos abusos sexuais praticados por sacerdotes, disse: “Posso compreender que, em vista de tais informações, alguém diga: ‘Esta já não é a minha Igreja.’”

  15. já começo achar que daqui a pouco vamos nós atacar o hebdo

  16. A revista está correta em afirmar que foi culpa de deus, pois o deus que eles retratam ali naquela capa, esta com uma pirâmide e o olho que tudo vê, sendo o deus desse mundo, e não o nosso Deus todo poderoso. Pesquisem sobre os illuminatis e saberão do que eu estou falando.

  17. O que é a tolice?

    Essa postura desses idiotas jornalistas são coisa comum quando o tema é o apontado acima, a tolice.

    A bíblia, contestada por eles embora sem os tais dizerem a razão dos aspectos proféticos já devidamente comprovados objeto e derivação dela, apregoa que o tolo vê um buraco se lança pra cima, o sábio se afasta.

    Esses jornalistas sabem e bem, pois com formação social, que existem comunidades e comunidades, povos e povos. Ou seja, os do islamismo não avançaram tanto quanto os cristãos, estando com seus valores ainda na idade média.

    Eles se dizem enquanto ateus os bambambam, mas até um dias desses seus irmãos mataram e muitos, aliás ainda continuam matando, tudo em nome da não aceitação da religisiosidade e inserção de um regime econômico, o comunista, fato havido no União Soviêtica, em Cuba, Coréia do Norte…

    Ora, meus caros jornalistas, vocês são tolos como não se vê em criancinhas. São idiotas mesmo, não sabendo o momento de calar, de recolher as bandeiras.

    IDIOTASSSSSS na essência,

    • Garanto que o QI dos jornalistas que você ataca é infinitamente superior ao dos crentes.

      • Cláudio,

        Concordo, não tiro uma vírgula e nem letra da sua afirmação.

        Agora pra que adianta tanta inteligência se não sabem fazer o devido uso dela?

        Meu caro, importante não é disco rígido, sim a capacidade de solucionar problemas, como escolher o caminho certo, como apontar para o futuro, e isso se chama sabedoria.

        Em síntese, eles são sim inteligentes de forma indiscutível, mas nós também somos indiscutivelmente sábios.

        Meu caro, o vasto conhecer não implica firmeza no decidir e no acertar. Estude, você está minimamente cinquenta anos atrasado, empresa alguma contrataria você, pois desinformado ao enaltecer o conhecimento e não a sabedoria. Aprenda a guiar um fusca, carro da empresa, não um fórmula 1 ou uma ferrari, vai se passar apenas por um soberbo que arrota ciência.

        • Por falar em solucionar problemas, vocês são contra a adoção de crianças por gays, certo? Quantas crianças você e seus amigos evangélicos já adotaram?
          Só por curiosidade.

          • Cláudio,

            Não gosto de tocar em assuntos que envolvam a fragilidade de crianças esmagadas pelo destino como se ato heroico o fosse, quem fizer isso, é tudo menos de de Deus.

            O fato de eu não ter adotado, tal não desmerece a ação de quem fez, seja católico, evangélico, espírita, estado civil e preferência sexual.

            Meu caro, tenho o conceito que todos nós somos família, sendo que até mesmo um cachorro ou gato quando inserido num lar, passam a ter o status, pois cuidado e tratado como se filho fosse, estendendo às árvores, aos animais como bovino(corte ou de leite), de tração. Há, meu caro, não me preocupo com célula tão pequena e tão frágil.

            O mundo é nossa família, ai contando os que fazem o bem, os que empregam, os que ajudam o próximo em sua fome.

            Não me alio com os que endeusam família e nem com os que a desprezam.

            Precisamos ser mais universais, mais Deus, afinal inexiste na bíblia algo que se possa concluir de família aos modos da nossa, máximo Deus e Cristo, embora sem falar da suposta mãe.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 555,572 comentários no Notícias Gospel.