Home » Brasil, Destaque, Sociedade

No encerramento da 18ª Consciência Cristã, pastor exorta a Igreja evangélica a “mudar a face do país”

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

No encerramento da 18ª Consciência Cristã, pastor exorta a Igreja evangélica a “mudar a face do país”

O 18º Encontro para a Consciência Cristã, realizado em Campina Grande (PB), foi encerrado com uma mensagem de exortação à Igreja brasileira e um convite à ação para divulgar a verdadeira mensagem do Evangelho.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O pastor Aurivan Marinho encerrou o evento com um alerta severo: “Os falsos profetas não gostam do Evangelho puro e simples, mas modificam a mensagem, adicionando adornos, de modo a colocar um véu sobre Evangelho e ocultar a sua própria impiedade”, disse.

Contundente, Marinho enfatizou que o crescimento do número de evangélicos no Brasil não é motivo de comemoração, porque muitos desses neófitos estão sendo ensinados em uma doutrina que não é bíblica.

“Não me alegro em saber que a igreja brasileira cresce em número. O que eu desejo ver é a igreja mudar a face desse país! Não podemos fabricar uma mudança ou avivamento. Devemos clamar por uma mudança soberana e poderosa vinda de Deus!”, convocou, de acordo com informações do Gospel Prime.

Outro preletor da última noite do evento foi o pastor Renato Vargens, que abordou “a suficiência de Cristo na Salvação”, e destacou que o “ide por todo o mundo e pregai o Evangelho” continua sendo uma ordenança à Igreja, pois Deus não faz acepção de pessoas, e muitos ainda não ouviram a mensagem de Jesus.

Vargens criticou a Igreja brasileira por enfatizar, em suas pregações, a benção, o bem-estar, a prosperidade e outras questões de teor mais material, tornando a mensagem em algo imediatista, egoísta, oposta ao que Jesus ensinou.

Segundo ele, atualmente se minimiza o Evangelho: “A igreja não tem direito de pregar outra mensagem que não seja a de Cristo!”, exortou.

Ao final do evento foi iniciada a “contagem regressiva” para a 19ª Consciência Cristã, que será realizada em fevereiro de 2017, nas comemorações dos 500 anos da Reforma Protestante, com o tema “A Tua Palavra é a verdade”.

Mais Lidas da Internet

Recomendado para Você - Gospel+

Comentários via Facebook

23 comentaram, comente você também!

  1. O Clamando, para justificar seus xingamentos, insiste em que os santos irão julgar o mundo, como disse Paulo. Porém, o “doutor” não explica o porquê de passar em alto estes fatos:

    a) o julgar o mundo, a que Paulo se refere, é no Juízo Final. E quando o Apóstolo fala das coisas pequenas, que são pelos cristãos julgadas já neste mundo, ele se refere à questões de ordem legal, como litígios envolvendo um crente contra o outro, e que vão parar na justiça comum. De maneira nenhuma Paulo esta contestando o Jesus que disse “Não julgueis para não serdes julgados.”;

    b) Paulo disse que os SANTOS julgarão o mundo. Ora, desde quando vendilhões do Evangelho, e politiqueiros em nome de satanás, são qualquer coisa a que se possa chamar de santo?

    c) se os evangélicos não julgam nem os ladrões que existem em seu meio, como poderão julgar o mundo? Esse povinho (com exceção dos poucos fiéis) é mesmo muito jactancioso, muito soberbo e extremamente pretensioso. Imagina só: o Clamando pretendendo julgar o mundo?!! É muito para o orgulho e soberba desse homem que não tem o menor constrangimento em causar vergonha alheia.

  2. O contraste:

    * Jesus negou o governo deste mundo, disse que seu “Reino” não era desse Mundo, que não tinha nada com o “Príncipe deste Mundo”, mandou seus discípulos pregarem o Evangelho aos que o quiserem receber, e confiava como solução para os problemas do Mundo, na intervenção direta de Deus.

    * Os evangélicos brigam pelo governo do mundo (inclusive entre eles) * Estão envolvidos até o pescoço com o “Príncipe deste Mundo” (Cunha, Bancada Evangélica, Lavagem de Dinheiro em igrejas, intervenções no Estado Laico etc.) * Querem impor o Evangelho inclusive desrespeitando o Estado Laico * Confiam em uma “nação evangélica”, ou em figuras como “Bolsomito para presidente”, Donald Trump, etc., como soluções para os seus problemas.

    • O COM-TRASTE DO EDUARDOPLEBEUSTARPOEIRINHA
      Jesus nunca negou o governo deste mundo , bem ao contrário, foi categórico a Cezar o que é de Cézar e a Deus o que é de Deus, manda orar pelas autoridades e servir aos patrões com lealdade, o sr. é justo e correto com ele tudo tem ordem e descencia
      2Ou desconheceis que os santos julgarão o mundo todo? E, se o mundo será julgado por vós, como sois incompetentes para julgar assuntos de tão menor importância? 3E mais, não sabeis vós que iremos julgar inclusive os anjos? Quanto mais as demandas triviais desta vida! 4Será que, quando surgem questões desta vida para serem julgadas, constituís como juízes as pessoas menos respeitáveis da igreja? …

      • Clamando, está precisando deixar de ler a Biografia do Macedo, Mulher Vitoriosa, Casamento Blindado… e demais livros do seu “deus” Macedo, e ler um pouco a Bíblia que você acredite.

        Jesus nunca negou o governo desse mundo?

        “Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles.
        E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.
        Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás”. (Mateus 4:8-10)

        Resposta dos evangélicos: “Eu receboooooo”.

        Jesus disse que os impostos deveriam ser pagos à César, e posteriormente, reconheceu a autoridade de Pilatos como governante colocado naquela posição, por Deus:

        “Não terias qualquer poder sobre mim, se não te fosse dado de cima. Por isso, aquele que me entregou a ti é culpado de um pecado ainda maior.”

        João 3:27:
        Ao que João esclareceu: “Um homem não pode receber coisa alguma, a não ser que lhe tenha sido dada do céu”.

        Os governantes desse mundo, governam com a permissão (e não necessariamente a aprovação) de Deus, segundo a Bíblia. E segundo a mesma, quais forças espirituais estão por trás deles?

        Lucas 4
        “…E lhe propôs: “Eu te darei todo o poder sobre eles e toda a glória destes reinos, PORQUE ME FORAM ENTREGUES e tenho autoridade para doá-los a quem bem entender”.

        Portanto, segundo a Bíblia, os reinos desse mundo foram entregues ao seu diabinho Clamando. Por isso está escrito:

        “e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado”.

        “Estamos cientes de que somos de Deus e que o MUNDO INTEIRO jaz no Maligno”.

        O Príncipe desse Mundo governa por permissão de Deus Clamando, e por isso o MUNDO INTEIRO jaz no maligno… por isso as fomes, as catástrofes, as guerras, a falta de amor crescente, a injustiça……. mas no futuro, segundo a Bíblia, ele será destruído, a autoridade lhe será tirada, e com ele perecerão todos os seus (inclusive quem prefere com compartilhar o poder com ele nesse mundo, ao invés de aguardar para reinar com Cristo no outro).

        Quanto ao governo de Cristo:

        O mundo SERÁ julgado pelos santos (futuro).

        Jesus Cristo GOVERNARÁ (futuro).

        Entendeu Sr. Pastor Presidente?

        • STARDUST E SEUS ATALAIAS
          O MUNDO JAZ NO MALIGNO? VCS. CONTINUAM NA ANTIGA ALIANÇA? SIM JULGAREI TENHO A PREMISSA DADA POR DEUS É INCONTESTÁVEL, POR MAIS BARULHO QUE FAÇAM NÃO MUDARÁ ESTA VERDADE, ELA É IMUTAVEL.
          NOVAMENTE DIGO VCS. VIVEM NA ANTIGA ALIANÇA, EU AFIRMO EU VIVO NA NOVA.
          O DIABO QUANDO JESUS DESCEU AOS INFERNOS PARA SE CUMPRIR AQUILO QUE DIZ EM GENESIS, QUE DA SEMENTE DA MULHER NASCERIA UM QUE PISARIA A CABEÇA DA SERPENTE O PAI DE VCS. E ISTO SABEM BEM POIS AQUELE QUE ESTA EM VCS. VIU AO VIVO E EM CORES, MEU JESUS, NÃO SÓ PISAR A CABEÇA DO PAI DE VCS. BEM COMO TOMAR AS CHAVES DO INFERNO E DA MORTE, TEU PAI AGORA JÁ NÃO TEM PÓDER ALGUM SOBRE OS FILHOS DE TEUS.

          • É mesmo? Mas o “mundo jaz no maligno”, foi dito por João, em sua carta, muuuuito depois de Jesus ter morrido, ressuscitado, subido aos Céus e do Espírito Santo ter descido aos discípulos, ou seja, na Nova Aliança. O “deus desse século” foi dito por Paulo, na Nova Aliança. Que Satanás ajuntará todas as nações contra os filhos de Deus, é dito em Apocalipse, na Nova Aliança. Tem certeza que está lendo o livro certo Sr. Pastor Presidente? Não está lendo de trás para frente?

            E se Satanás não tem poder nenhum, é Deus que está crucificando os cristãos lá no Oriente Médio? Foi Deus que fez os romanos jogarem vocês nas arenas para serem devorados por leões? É Deus que está espalhando a fome e a guerra na África? Vai ser Deus que vai enviar o tal anticristo? A Besta então vai ser Deus disfarçado? Ué, porquê se o diabinho de vocês está acabado, essas mazelas não deviam mais acontecer. E esses governos corruptos, opressores, assassinos, é Deus que está por trás deles? Satanás está de férias, ou de repouso por causa da pisada de Jesus? Ou chorando porquê levaram as chaves do inferno e da morte dele? Eu acho que segundo a sua Bíblia, segundo João, Paulo, e Jesus no Apocalipse (tudo Nova Aliança), ele está mais ativo do que nunca, e vocês evangélicos saindo no tapa para reinarem com ele nesse mundo, em Brasília, na Casa Branca etc..

            Toma jeito Sr. Pastor Presidente, lendo a Bíblia de trás para frente. Por isso você ainda se disfarça de Anjo de Jacó para arrancar dízimo, agora entendi. : /

      • Marcos Oliveira disse:

        Clamando,

        Só faltou você situar no tempo o quando iremos julgar o mundo. Não é agora, mas no reino milenar.

  3. amados, esta conferência para a consciência cristã é de grande valia para abrir os olhos do povo de Deus. já o encerramento demonstra o que ocorreu durante a conferência é ai que surge a interrogação:,Ao final do evento foi iniciada a “contagem regressiva” para a 19ª Consciência Cristã, que será realizada em fevereiro de 2017, nas comemorações dos 500 anos da Reforma Protestante, com o tema “A Tua Palavra é a verdade”.,uma conferência em que há varios preletores presbiterianos não é de se estranhar que façam apologia aos reformista.

    todos que participaram da mesma estão puxando a sardinha para o próprio prato.
    não se esqueçam de que em todas as denominações existe falsos profetas e quem dentre vós pode garantir que todos que participaram deste evento pregam a verdade?.
    lembre-se que paulo previu que haveria muitos abrutes em nosso meio, no mais que Deus nos abençoe!.

  4. OS EVANJEGUES ABANDONAREM O APEGO AO DINHEIRO E AOS CARGOS POLÍTICOS? É RUIM HEIN……………………

    • janete
      resolveu assumir teu nick original? kkkk então vamos torcer que os gayjegues percam seu amor ao sexo com o esgoto e deixem de ser manipulados , por líderes malandros que enriquecem enquanto vc. fica usando foto de prost. cubana no teu fake face

  5. É um fato verificado pelas ciências sociais que a religião quanto mais cresce mais vai absorvendo a cultura do país ou sociedade em que vive. De um pequeno rebanho de crentes preocupados com a vida eterna e a separação do mundo (estar no mundo mas não ser do mundo), a igreja evangélica brasileira se tornou babilônia, gaiola de toda ave imunda e aborrecível, como diz em Apocalipse. É hoje uma igreja simoníaca (vende os dons e a graça de Deus), supersticiosa (vende quinquilharias com supostos poderes mágicos, como sabonetes, toalhas, tijolinhos, etc), corrupta (até lavagem de dinheiro já foi reportado), politiqueira (se torna cada vez mais reduto eleitoral de políticos, muitos deles corruptos), dominionista (movimentos, no congresso e fora dele, que visa impor o que entendem ser o reino de Deus através dos poderes legislativo, executivo e judiciário), adepta e propagadora de teorias da conspiração (a pior delas é a de que os gays teríamos uma “agenda” através da qual visamos dominar o mundo, entre outras alucinações evangélicas), perseguidora da minoria homoafetiva (através do incitar a violência física, psíquica e simbólica contra nossa comunidade homoafetiva por nos apresentar como verdadeiros inimigos da família, da sociedade, da Igreja e de Deus, o que nos coloca como vítimas potenciais de homofóbicos que agem para nos prejudicar, seja pela força física, seja através do preconceito e da discriminação).

    A Igreja evangélica, que tanto acusou os católicos medievais, segue hoje pelo mesmo caminho.

    • SANDROSEMPREMENTINDO
      REPORTAGEM DO G+ DIZ IGREJAS EVANGÉLICAS SÃO A INSTITUIÇÕES MAIS CONFIAVEIS DO PAIS

      • Clamando,

        Será que sou eu mesmo quem esta mentindo?

        Segue, para seu governo, os dados estatísticos de 2015:

        “Veja abaixo o índice de confiabilidade das instituições:

        O índice de confiabilidade é calculado subtraindo-se a taxa de menções negativas — não confia — da taxa de menções positivas — confia. Para evitar números negativos, soma-se 100 aos resultados. Índices acima de 100 são considerados positivos e abaixo de 100 negativos.

        Forças Armadas – 149

        Conselho Federal da OAB – 139

        Igreja Católica – 124

        Poder Judiciário – 116

        Imprensa – 112

        Sindicato dos Trabalhadores – 112

        Ministério Público – 111

        Polícia – 93

        Bancos e Financeiras – 81

        Empresas Estatais – 69

        Igreja Universal do Reino de Deus – 64

        Presidência da República e ministério – 41

        Congresso Nacional – 33

        Partidos Políticos – 17

        Pesquisa Datafolha feita entre os dias 9 e 13 de junho com 2.125 pessoas em 135 municípios. Margem de erro de mais ou menos dois pontos.”

        Fonte: folha de SP

        • mentindo, veja aqui no g+ a mais confiavel é a igreja evangélica esta no g+ está valendo

          • O Gospelmais com certeza afirmou isso em um contexto diferente do que você imagina, pois o fato é que as igrejas NÃO estão em primeiro lugar.

          • Pesquisa mostra Igreja e Forças Armadas como instituições mais confiáveis para brasileiros

            Publicado por Tiago Chagas em 28 de outubro de 2015
            Tags: confederação nacional dos transportes, crescimento dos evangélicos, eleições 2018, Exército, Forças Armadas, Igrejas Evangélicas, Pesquisa
            11 Comentários
            enviar
            imprimir
            email
            share no fb
            orkutar
            tweet

            http://wp.me/plYZt-kNz
            Notícias Gospel em seu email

            Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

            Assinar
            Gospel+ no Twitter!
            ou no facebook

            Pesquisa mostra Igreja e Forças Armadas como instituições mais confiáveis para brasileiros
            Uma nova pesquisa sobre a confiança dos brasileiros nas instituições apontou que as igrejas gozam de prestígio junto à população, até mais do que a própria Justiça. Os dados foram obtidos pela Confederação Nacional de Transporte (CNT), através da 129ª edição da pesquisa, realizada pelo instituto MDA.

            Dentre os 2.002 entrevistados, 54,7% disseram confiar nas igrejas, colocando as denominações religiosas cristãs no topo da lista; enquanto 17% colocaram sua confiança nas Forças Armadas, o que dá aos militares o segundo lugar; e 7,6% na Justiça, em terceiro.

            De acordo com informações do Jornal Opção, todas as cinco regiões do país foram pesquisadas, com levantamentos realizados em 24 estados e 136 municípios. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, o que elimina a possibilidade de empate nas primeiras colocações. A confiabilidade das respostas é de 95%, e o MDA fez auditoria em 20% da amostra.

            A instituição que aparece em quarto lugar foi a Polícia, apontada por 5,9% dos entrevistados, e seguida da imprensa, em quinto lugar, que recebe a confiança de 4,5%.

            Confira a avaliação de confiança de cada instituição, de acordo com o relatório da pesquisa:

            Igreja
            50,8% confiam sempre; 19,4% confia na maioria das vezes; 13,8% confia poucas vezes; 14,6% não confiam nunca e 1,4% não sabe ou não respondeu.

            Forças Armadas
            26,1% confiam sempre; 24,2% confiam na maioria das vezes; 26,6% não confiam nunca; 20,3% não confiam nunca; 2,8% não sabe ou não respondeu.

            Justiça
            37% confiam poucas vezes; 27,5% não confiam nunca; 20,1% confiam na maioria das vezes; 14,2% confiam sempre; e 1,2% não sabe ou não respondeu.

            Polícia
            38,7% confiam poucas vezes; 28,6% não confiam nunca; 21% confiam na maioria das vezes; 10,7% confiam sempre; e 1% não sabe ou não respondeu.

            Imprensa
            32% confiam poucas vezes; 26,1% não confiam nunca; 24,3% confiam na maioria das vezes; 16,1% confiam sempre e 1,5% não sabe ou não respondeu.

            Congresso Nacional
            55% não confiam nunca; 31,2% confiam poucas vezes; 6,9% confiam na maioria das vezes; 3,2% confiam sempre; e 3,7 não sabe ou não respondeu.

            Governo
            61,1% não confia nunca; 27% confia poucas vezes; 6,2% confia na maioria das vezes; 4,1% confiam sempre; e 1,6 não sabe ou não respondeu.

          • Pesquisa mostra Igreja e Forças Armadas como instituições mais confiáveis para brasileiros

            Publicado por Tiago Chagas em 28 de outubro de 2015

          • Pesquisa mostra Igreja e Forças Armadas como instituições mais confiáveis para brasileiros
            Uma nova pesquisa sobre a confiança dos brasileiros nas instituições apontou que as igrejas gozam de prestígio junto à população, até mais do que a própria Justiça. Os dados foram obtidos pela Confederação Nacional de Transporte (CNT), através da 129ª edição da pesquisa, realizada pelo instituto MDA.

            Dentre os 2.002 entrevistados, 54,7% disseram confiar nas igrejas, colocando as denominações religiosas cristãs no topo da lista; enquanto 17% colocaram sua confiança nas Forças Armadas, o que dá aos militares o segundo lugar; e 7,6% na Justiça, em terceiro.

            De acordo com informações do Jornal Opção, todas as cinco regiões do país foram pesquisadas, com levantamentos realizados em 24 estados e 136 municípios. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, o que elimina a possibilidade de empate nas primeiras colocações. A confiabilidade das respostas é de 95%, e o MDA fez auditoria em 20% da amostra.

            A instituição que aparece em quarto lugar foi a Polícia, apontada por 5,9% dos entrevistados, e seguida da imprensa, em quinto lugar, que recebe a confiança de 4,5%.

            Confira a avaliação de confiança de cada instituição, de acordo com o relatório da pesquisa:

            Igreja
            50,8% confiam sempre; 19,4% confia na maioria das vezes; 13,8% confia poucas vezes; 14,6% não confiam nunca e 1,4% não sabe ou não respondeu.

            Forças Armadas
            26,1% confiam sempre; 24,2% confiam na maioria das vezes; 26,6% não confiam nunca; 20,3% não confiam nunca; 2,8% não sabe ou não respondeu.

            Justiça
            37% confiam poucas vezes; 27,5% não confiam nunca; 20,1% confiam na maioria das vezes; 14,2% confiam sempre; e 1,2% não sabe ou não respondeu.

            Polícia
            38,7% confiam poucas vezes; 28,6% não confiam nunca; 21% confiam na maioria das vezes; 10,7% confiam sempre; e 1% não sabe ou não respondeu.

            Imprensa
            32% confiam poucas vezes; 26,1% não confiam nunca; 24,3% confiam na maioria das vezes; 16,1% confiam sempre e 1,5% não sabe ou não respondeu.

            Congresso Nacional
            55% não confiam nunca; 31,2% confiam poucas vezes; 6,9% confiam na maioria das vezes; 3,2% confiam sempre; e 3,7 não sabe ou não respondeu.

            Governo
            61,1% não confia nunca; 27% confia poucas vezes; 6,2% confia na maioria das vezes; 4,1% confiam sempre; e 1,6 não sabe ou não respondeu.

          • Clamando,

            1) a pesquisa que citei foi o Datafollha; a que você refere, um tal MDA;

            2) a pesquisa MDA fala em “Igreja”, no singular e com a inicial em maiúsculo, o que pode significar que esta se tratando da Católica;

            3) no número de confiança da “Igreja” com certeza esta bastante diluído o número de apoio relativo às igrejas vendilhonas pentecostais e neopentecostais, o que vale dizer que se por “Igreja” devemos entender as igrejas de modo geral, então, como a imensa maioria dos entrevistados é católica, e outra parte considerável é formada por protestantes históricos, segue-se que a confiança não em relação a igrejas dos vendilhões do Evangelho, mas dos cristãos sérios;

            4) a pesquisa a que você refere não cita a OAB, bem como outras instituições, e, ao contrário da pesquisa Datafolha, não discrimina as igrejas por denominação, como fez a Datafolha.

            Conclusão: entre o Datafolha e o MDA, fico com o Datafolha.

  6. A igreja no Brasil precisa, urgentemente, acordar e retornar ao Evangelho de Cristo, experimentar um evangelho puro, sem “novidades humanas”, e dessa forma se converterem, verdadeiramente, ao Senhor, uma vez que hoje muitos se convertem à igrejas.

    A igreja, atualmente, parece viver como nos tempos de Jeremias:

    “ASSIM DIZ O SENHOR: PONDE-VOS À MARGEM NO CAMINHO E VEDE, PERGUNTAI PELAS VEREDAS ANTIGAS, QUAL É O BOM CAMINHO; ANDAI POR ELE E ACHAREIS DESCANSO PARA A VOSSA ALMA; MAS ELES DIZEM: NÃO ANDAREMOS.” (Jr 6:16).

  7. Vamos votar em parlamentares cristãos e que não sejam petistas e nem seus aliados. VOTO EM MASSA EM DEPUTADOS TEMENTES A DEUS.

  8. Marcos Oliveira disse:

    Ainda há pastores sérios nesse país.
    Parabéns aos envolvidos neste congresso.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 555,570 comentários no Notícias Gospel.