Home » Destaque, Mundo Cristão

Dízimo: Nós devemos dar? O controverso Pastor Caio Fabio diz que não. Veja o vídeo

Avatar de Redação Gospel+ Por Redação Gospel+ em 28 de outubro de 2009
Tags: , , , , , ,

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Dízimo: Nós devemos dar? O controverso Pastor Caio Fabio diz que não. Veja o vídeo

A entrevista com o Pastor Caio Fábio não foi feita pelo Gospel+ e nem tão pouco a opinião do mesmo representa a nossa. Esta entrevista foi publicada aqui apenas para fins de discussão.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Caio Fabio em entrevista esclarece sobre a entrega do dízimo nas igrejas e afirma “Não aceite o texto de Malaquias [Malaquias 3:10] no qual a igreja estelionatária pegou para si.

Segundo ele, esse texto é exclusivo para Israel, “O dizimo sempre foi estabelecido para Israel para o sustendo da ordem levítica para manutenção do templo, para distribuição aos pobres”; “Hoje por estarmos no tempo da Graça e não mais na Lei, nenhuma pessoa deve levar o dizimo a nenhum templo nem lugar.” Afirma no vídeo que tem circulado a internet.

Caio Fábio ainda afirma que “qualquer igreja que diz que se você não colocar o dinheiro no gasofilácio estará em pecado esta mentindo e realizando uma manipulação diabólica” e ele desafia a qualquer pastor provar o contrário. “coloquem a pastorada evangélica, eles não tem peito de me encarar, põe no Maracanã…Eu vou chamá-los de mentirosos um a um.”

E o que você acha? Nós devemos dar dízimo? O dízimo está sendo bem usado? O dízimo está sendo bem explicado? Qual sua opinião sobre dízimo? Opine!

Fonte: Portal Gospel TV / Gospel+



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

564 comentaram, comente você também!

  1. Carlos, vale lembrar aqui que o Pastor Caio Fabio não é o único que é contra os dízimos. Há igrejas, como a Maranata Cristã, que não dá o dízimo. E pode acreditar no que vou falar: Existem muitos pregadores da Palavra, até famosos, que não valem um vintém sequer. Digo isso, porque conheci vários pessoalmente e posso te afirmar: são muito mais pecadores que Caio Fabio. Não pertenço a Igreja de Caio Fabio, mas admito que ele tem razão em muitas coisas.

  2. ola hubner obrigado pelo esclarecimento seu a respeito do dizimo e peço a Deus para conservar a sua saude para que voce esteja sempre na midia ajundando o povo de Deus a não ser enganado sera sempre bem vindo amigo Deus te abençoe.

  3. esse pr fabio eum vagabundo adutero ele nao tem moral nenhuma para falar dos pastores feliz e aquele que honra a deus ele nos da tudo

    • Carlos…na sua concepção mediocre e tacanha Davi também deve ser um vagabundo e sem moral, pois ele também adulterou! Somos homens e somos falhos, o que importa para o Senhor é o nosso verdadeiro arrependimento! Caio Fabio pode ser muitas coisa, mas vagabundo sei que não o é! Vá ler e ENTENDER a Palavra, peça ao Santo Espírito para te dar entendimento! Você pelo visto precisa e muito !

  4. Amados, concordo com o dizimo, mas devemos nos basear em amar nossos irmão de tal forma que devemos contribuir com a obra que através deles Deus tem operado, e manter a obra para que continue pregando a palavra de vida, mas o que não concordo é oprimir e chamar de ladrão aquele que não o faz, pois Cristo nunca fez isso, e em Mateus 23:23 está escrito …”devíeis” passado (deveriam), e não “deveis” presente (devem), confirmando, eu sou a favor dos dízimos e ofertas, mas como forma de amor e contribuição por amor a Deus, em querer manter sua obra, quando de fato é obra de Deus e não obra de engano de enriquecer e embelezar igreja, o que não concordo é ter nossos irmão como ladrões por não dizimar quando o próprio Deus nunca fez, porque de fato, não há versículos nos ordenando ou nos mandando permanecer em dizimar, caso haja, queria que alguém me mostrasse com interpretação do Espírito Santo e não hermenêutica humana para fins de próprios conceitos.
    Paz e graça.

  5. Mediocre é você , Jesus se entregou por nóis vedadeiros pecadores.

  6. Sandra Maria P. Máximo disse:

    Sempre pensei desta forma, agindo assim (não manipulando cristão referente a dizimo) evitaríamos a corrupção,bem como os escândalos dentro da igreja, que podem ser sustentadas pelo trabalho
    e projetos organizado.Temos bons exemplos neste sentido olhando para outros seguimento cristão.Ex católica

    • O dízimo, segundo a Palavra de Deus

      Em nenhum lugar nas Escrituras Sagradas você vai encontrar pessoas devolvendo dízimos em dinheiro. Na Bíblia, o dízimo está associado a cereais e rebanhos, ou seja, frutos da terra em geral. Antes do período da lei, Abrão (mais tarde chamado Abraão) deu os dízimos dos bens que havia conquistado dos inimigos (Gênesis 14:16-20) durante uma batalha. Melquesedeque saiu ao encontro de Abraão porque era rei de Salém, e recebeu o tributo. Isso aconteceu uma única vez e não há mais registros de que Abraão tenha dizimado depois.

      Quando as Escrituras Sagradas começaram a ser redigidas (por volta do ano 1500 antes de Cristo), o dinheiro (em hebraico כסף) já existia, conforme Gênesis 17:12, Deuteronômio 14:25, Êxodo 12-44, Números 3:49, 1 Reis 21:2, etc. Apesar disso, o povo deveria seguir as determinações de Deus e dizimar apenas dos rebanhos e cereais, conforme escrito em Deuteronômio 14:22, Levítico 27:30, Êxodo 34:2; 26, 1 Samuel 8:17, etc.

      “Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do SENHOR; santas são ao SENHOR.” (Levítico 27:30)

      Desse modo, as pessoas que exerciam outras profissões, tais como artesãos (Êxodo 31:3-5), copeiros e padeiros (Gênesis 40:1-2), carpinteiros e pedreiros (II Samuel 5:11), músicos (I Reis 10:12), alfaiates (Êxodo 28:3), mestres-de-obras (I Reis 5:16), ourives, pescadores, mercadores, coletores de impostos, guardas, cozinheiros, não poderiam dar dízimos, mas apenas ofertar.

      Na Bíblia, Deus não recebeu dízimo em dinheiro, apesar de existir o dinheiro, e ninguém pode provar o contrário. Observe:

      “Separem o dízimo de tudo o que a terra produzir anualmente. Comam o dízimo do cereal, do vinho novo e do azeite, e a primeira cria de todos os seus rebanhos na presença do Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher como habitação do seu Nome, para que aprendam a temer sempre o Senhor, o seu Deus. Mas, se o local for longe demais e vocês tiverem sido abençoados pelo Senhor, pelo seu Deus, e não puderem carregar o dízimo, pois o local escolhido pelo Senhor para ali pôr o seu Nome é longe demais, troquem o dízimo por prata, e levem a prata ao local que o Senhor, o seu Deus, tiver escolhido. Com prata comprem o que quiserem: bois, ovelhas, vinho ou outra bebida fermentada, ou qualquer outra coisa que desejarem. Então juntamente com suas famílias comam e alegrem-se ali, na presença do Senhor, do seu Deus.” (Deuteronômio 14:22-26)

      Como vimos, Deus não aceitaria a prata no lugar do dízimo, ou seja, o dinheiro no lugar dos frutos da terra, mas permitiria, por causa de uma longa distância, a troca do dízimo por prata, por ser fácil de transportar, mas com a condição de o dizimista (homem do campo), já no local indicado por Deus, comprar o que quiser para ali “comer do seu dízimo” e se alegrar na presença do Senhor Deus, o nosso mantenedor.

      Quem não era fazendeiro poderia colaborar com ofertas de alimentos, incenso, utensílios (Neemias 13:5) e também dinheiro:

      “E disse Joás aos sacerdotes: Todo o dinheiro das coisas santas que se trouxer à casa do Senhor, a saber, o dinheiro daquele que passa o arrolamento, o dinheiro de cada uma das pessoas, segundo a sua avaliação, e todo o dinheiro que trouxer cada um voluntariamente para a casa do Senhor,” (2 Reis 12:4)

      Algumas ofertas deveriam ser feitas obrigatoriamente em dinheiro, como a do arrolamento citado na referência acima, em obediência ao escrito em Êxodo 30:13-16.

      Consideradas essas coisas, podemos concluir que a igreja, no período atual, vem utilizando a palavra “dízimos” equivocadamente e fora do seu contexto original.

      Atualmente, muitas denominações ensinam que os crentes devem dar 10% do salário, caso desejem ter uma vida financeira abundante e intocada pelo devorador. Quem não dá o dízimo, dizem alguns, está sujeito à ação do devorador, é ladrão e está roubando a Deus. Para sustentar esse ensinamento equivocado, utilizam indevidamente o capítulo 3 de Malaquias, que não está dirigido à igreja, mas apenas à nação de Israel, sob o regime da lei (Malaquias 4:4).

      A Palavra de Deus nos ensina, no entanto, que toda maldição (inclusive a do devorador) foi desfeita com o sacrifício de Cristo (Gálatas 3:13), pelo menos para os que creem nisso. Porém se o crente ainda deseja se justificar pelas obras da lei, o tal permanece sobre o efeito de qualquer maldição (Gálatas 3:10), inclusive a do devorador.

      É importante esclarecer que o devorador não é um demônio, como alguns pensam, mas sim uma espécie de gafanhoto. Observe essa passagem:

      “O que o gafanhoto cortador deixou o gafanhoto peregrino comeu; o que o gafanhoto peregrino deixou o gafanhoto devastador comeu; o que o gafanhoto devastador deixou o gafanhoto devorador comeu.” (Joel 1:4) Nova Versão Internacional.

      As Escrituras Sagradas nos alertam para a possibilidade de passarmos até por alguns apertos. O próprio apóstolo Paulo padeceu necessidades, enfrentando até mesmo a fome, porque não tinha dinheiro:

      “porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.” (Filipenses 4:11-12)

      O profeta Malaquias não se dirigiu à igreja, do contrário Deus estaria entrando em uma irreparável contradição ao prometer bênçãos e prosperidade, mas ao mesmo tempo permitindo que os crentes, inclusive dizimistas, enfrentassem necessidades tão grandes, como as que Paulo enfrentou.

      Outra questão importante é acerca da legitimidade para receber dízimos (frutos do campo). Quem pode atualmente tomar dízimos, segundo a Palavra de Deus?

      “E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.” (Hebreus 7:5)

      Portanto atualmente ninguém no mundo tem autorização, segundo a lei, para tomar dízimos do povo. Nem mesmo entre os judeus legalistas em Israel, pois não há mais templo e levitas servindo como sacerdotes.

      Considerando que o dízimo só poderia ser dado por agricultores e criadores de rebanhos, e que o Senhor Jesus Cristo cumpriu toda a lei com perfeição e sem cometer qualquer tipo de pecado, podemos concluir que Jesus não dizimou no templo e nem cobrou dízimos de qualquer pessoa por dois motivos muito simples: o primeiro é porque Ele exerceu o ofício de carpinteiro (Marcos 6:3), e não de produtor rural; o segundo é porque não pertenceu à tribo de Levi, mas a de Judá.

      “Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.” (Hebreus 7:14)

      Desse modo, é incorreto afirmar que Jesus Cristo, em Mateus 23:23, esteja cobrando dízimos da igreja. Nessa passagem, o Senhor repreendeu duramente os escribas e os fariseus por se preocuparem com as coisas mínimas da lei, mas desprezarem as que importavam mais: o juízo, a misericórdia e a fé.

      “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.” (Mateus 23:23)

      Repare que o dízimo dado pelos fariseus e pelos escribas era constituído apenas de produtos do campo. Eles eram tão meticulosos que se preocupavam com coisas mínimas, mas esqueciam das mais importantes. Perceba que o Senhor Jesus não incluiu o dinheiro na relação, apesar de haver grande circulação de moedas romanas naquele tempo (Mateus 22:19-21).

      O fato de Jesus Cristo ter falado para os fariseus não omitirem o pagamento dos dízimos não dá respaldo algum para o pagamento de dízimos pelos crentes, e ainda mais em dinheiro. É preciso compreender que o Senhor Jesus está se dirigindo a pessoas que viviam sob o regime da lei.

      Dizer que a igreja deve devolver dízimos só porque a palavra dízimos apareceu no evangelho não é um argumento válido. Nem tudo que está no evangelho se aplica para a igreja ou para a sua vida. Por exemplo, o evangelho informa que o Senhor Jesus foi circuncidado ao oitavo dia (Lucas 2:21), mas isso não significa que você tenha que fazer o mesmo só porque esse texto está no Novo Testamento. Observe ainda a passagem abaixo, retirada também do evangelho:

      “E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra. Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.” (Mateus 8:2-4)

      Atualmente, se alguém é curado milagrosamente por Deus, o que recebeu a cura não precisa guardar segredo e nem muito menos pagar a oferta determinada por Moisés. Hoje ela deve contar isso para o maior número de pessoas, a fim de dar testemunho do poder do SENHOR para honra e glória de Deus.

      Para compreender as Escrituras Sagradas, é necessário obter inspiração do Espírito Santo, considerando o contexto, o momento histórico, os destinatários, costumes locais (como rasgar as vestes, lançar poeira para o alto), etc.

      Na Bíblia não existe qualquer mandamento para a igreja no sentido de arrecadar dízimos e muito menos que esses dízimos sejam dados ou devolvidos em dinheiro.

      Todavia, encontramos algumas instruções no sentido de a pessoa contribuir para socorrer os mais carentes (1 Coríntios 16:1-3). Hoje, as contribuições podem ser utilizadas para alimentar e vestir os mais necessitados, distribuir exemplares da Bíblia e mensagens de evangelismo, possibilitar a pregação da Palavra de Deus nos pontos mais distantes (existem custos), permitir o funcionamento dos locais de reunião (limpeza, água, luz, aluguel), custear a vida sem extravagâncias de obreiros (Mateus 10:10; 1 Timóteo 5:18) que vivam exclusivamente em prol da obra de Deus. Se o obreiro de Deus possuir emprego, há recomendação bíblica para que não seja pesado aos demais. Tudo deve ser feito com muita transparência e temor a Deus.

      O valor a ser destinado para a obra é pessoal (2 Coríntios 9:7), conforme a renda (1 Coríntios 16:2), liberal (2 Coríntios 9:5) e, por mais incrível que pareça, dentro das possibilidades financeiras (2 Coríntios 8:12), a fim de que não se sobrecarregue financeiramente (2 Coríntios 8:13). Leia as referências bíblicas indicadas e constate por si mesmo.

      Ao observarmos o capítulo 4 de Atos, do versículo 32 ao 35, não encontraremos qualquer indício de que a igreja primitiva devolvesse dízimos. Segundo as Escrituras Sagradas, os membros possuíam todas as coisas em comum. Quando chegava um novo convertido, este vendia suas herdades, apresentava o valor diante dos apóstolos e dos demais e imediatamente o valor era dividido entre todos, inclusive entre os membros, de acordo com a necessidade de cada um, o que justifica o fato de não haver necessitado na igreja. Esse modelo de igreja acabou muito rápido.

      Colabore com a sua congregação, ajude sua família, socorra os mais necessitados, faça tudo dentro das suas possibilidades.

      O “dízimo em dinheiro” foi inventado no século V, pela igreja Católica, embora essa prática tenha adquirido força somente a partir do século VII. É importante lembrar que a igreja evangélica surgiu da católica, o que justifica o fato de esse procedimento ter sido preservado, juntamente com alguns outros incorretos.

      Atualmente, o dízimo em dinheiro é mais comum nas Américas e em parte da Europa. No Brasil, é difícil encontrar uma congregação que não mencione o dízimo, mas isso não é motivo para não congregar.

      “Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.” (Eclesiastes 11:2)

      Espero que o Espírito de Deus possa falar melhor ao seu coração.

  7. Daniel Rodrigues disse:

    Dar dízimo NÃO é pecado.
    NÃO dar dízimo também NÃO é pecado.

    Agora DAR dízimo e deixar de atender o necessitado quando este precisa é pecado:
    “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado.
    Tiago 4:17″

    Se o pessoal quer tanto assim entregar dízimos no TEMPLO feito por mão de homens, que entreguem ué. Se querem ficar debaixo de um jugo que não é mais necessário, que fiquem. Não tem problema.
    Só não esqueçam de dar ao Criador quando este passar ao lado dele pedindo um pão para comer.
    Ou quando o Criador, na pessoa do seu irmão ou irmã (que são o verdadeiro TEMPLO) precisarem da sua ajuda.

    Doe a quem precisa, seja doação do seu tempo, do seu carinho, do seu amor, ou até mesmo do seu dinheiro na proporção que vc puder ajudar, é claro.

    O que eu digo é que DAR ou NÃO DAR dízimos e ofertas no TEMPLO de pedra não vai fazer a menor diferença.

    Agora deixar de contribuir para um necessitado pode ser um mal negócio.
    Mt 25:35
    Mt 25:42

    Portanto, se vc é daqueles que acha que é necessário DAR dízimos e ofertas no Templo e se ver na seguinte questão:
    Ter que escolher, num mês específico, dar dízimo na “igreja” OU fazer uma caridade à qualquer que precise.
    Eu aconselho a escolher a 2ª opção:
    “Pois Deus disse: ‘Honra teu pai e tua mãe’ e ‘quem amaldiçoar seu pai ou sua mãe terá que ser executado’.
    Mas vocês afirmam que se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: ‘Qualquer ajuda que vocês poderiam receber de mim é uma oferta dedicada a Deus’,ele não é obrigado a ‘honrar seu pai’ dessa forma. Assim vocês anulam a palavra de Deus por causa da tradição de vocês.
    Mateus 15:4-6 ”

    Infelizmente para muitos parece ser heresia.

    Pois o que o povo conhece da Escritura Sagrada é o que ouviu alguém dizer que a “Bíblia diz”, ou o que escutou em uma música “gospel”.

    Amados, refutar o que esses falsos pastores dizem que a “Bíblia diz” não é refutar o que realmente está escrito nas Sagradas Escrituras.

    Heresia é pegar partes isoladas da bíblia e formar à partir daí doutrina.

    Por isso, NÃO leiam 1 versículo apenas, LEIAM o trecho todo, por exemplo, em vez de ler malaquias 3:10, LEIAM malaquias inteiro.
    Perceba que o profeta está falando aos “Sacerdotes” (Cap 2), sobre um roubo de uma oferta que já foi recolhida (alçada *) do povo, portanto quem roubava à Deus diretamente não era a nação mas os sacerdotes, assim, por tabela, a nação de Israel que já tinha entregado os dízimos no Templo se tornou participante do roubo à Deus não por não ter entregue os dízimos, mas porque os sacerdotes não fizeram o que tinham que fazer com os Dízimos.
    OBSERVAÇÃO: foi retirado o termo ALÇADAS nas traduções mais recentes da bíblia. Veja a versão “Almeida Revisada Imprensa Bíblica”.

    Perceba que o “devorador” em traduções mais recentes é na verdade o GAFANHOTO de traduções mais antigas que comia o FRUTO DA TERRA. E não o diabo que vai devorar suas finanças.

    Vai me dizer que Deus precisa receber o MAMÓN para poder afugentar o “diabo que ataca nas finanças”?

    Fala sério varão!

  8. amados quero expressar aqui a minha base de fé eu acredito na biblia pois alguer comentario fora dela não tem valor nem um no que diz a respeito dela pois a biblia diz em marcos 12:30 amaras ao Senhor teu Deus de todo o seu coração e te toda s sua alma é ao te proximo aqui denota claramente o conceito da primicias sendo aplicado em nossa vida .Exemplo amar ao Senhor teu Deus de todo seu coração a palavra amar é muito ampla e abrange uma variedade de coisa concernete ao Senhor isso denota que temos que honrar ao SENHOR é quando e q honramos quando praticamos sua palavra beniguinidade bondade fidelidade opa fidelidade está no conceito de honrar a biblia 2 corintios 9:10 aquele que supre a semente a quem semeia e o pão a quem come,também lhe suprirá e mutiplicará a semente e fará crescer os frutos da sua justiça

  9. bem se é certo ou errado dar o dizimo, não sei. o que nós temos que fazer, é doar-mos o que nós justamente faríamos por nossos irmãos mais necessitados, eu contribuo com o que eu acho que devo doar, de coração, pastor algum vai me obrigar; mas deus sabe que é com muito amor e prazer que faço.

  10. Fernando Paukus disse:

    Vivo uma vida plena e abundante sendo DIZIMISTA e não mudarei meu comportamento,
    Muitos vivem uma vida medíocre não sendo DIZMISTAS.
    Esta ALEGAÇÃO e PARECER do Sr, Caio Fábio vem satisfazer este público.
    Existem pessoas que pregam o que muitos gostariam de ouvir.
    Ainda existem MINISTÉRIOS SÉRIOS e pessoas SÈRIAS,a exemplo da Igreja Wesleyana.
    Ao invés de criticarmos alguns movimentos que focam em arrecadações estranhas,porque não procuramos uma Igreja séria.
    Sou absolutamente contrário aos comentários do Sr. Caio Fábio.
    Diga nâo a uma vida medíocre,seja um DIZIMISTA e saibas o que Deus tem preparado para voce.
    Sua responsabilidade termina quando voce entrega seu DÍZIMO.

    • Seus argumentos são desprovidos de embasamento e conveniente para os arreradadores de dinheiro! Não tem sustentação pois o seu julgamento de vida medíocre com certeza difere do meu!

    • Daniel Rodrigues disse:

      Jesus não era dizimista.

      Deve ser por isso que morreu mediocremente na cruz.

    • Concordo plenamente com o Eudo Alves. Para mim sério e confiável somente Deus.

    • Priscilla Mendes disse:

      Fernando, Boa Noite
      Acho um tanto quanto generalizada sua afirmação de que existem pessoas com vidas “medíocres” por nao serem dizimistas.
      Afirmo pra você que já vi inúmeras pessoas “medílcres” e DIZIMISTAS.
      Eu vivo uma vida plena e abundante não sendo dizimista.
      Dou quanto quero e posso!!
      O Senhor não está preocupado com nosso dinheiro, os pastores sim!
      Já fui muito disciplinada por causa de dizimos, mas DEUS “NUNCA” deixou de me usar por causa disso!
      Os homens vêem coisas deste mundo, Deus vê além da visão humana, Deus vê o coração…
      A Igreja de hoje tem CNPJ e os pastores andam de carros importados, tem mansões, enquanto muitos perecem!!
      Prefiro ajudar ao proximo, dou meu dinheiro onde sei que será bem utilizado. Não me prendo a dizimo e posso dar até mais do que mandam os homens, porém quando e a quem desejo!
      Os homens não mandam em mim, Deus sim!
      Se Deus mandar eu dizimar em alguma igreja, assim farei, por enquanto dou a quem necessita!!!
      A PAz

  11. A OFERTA DA VIÚVA POBRE

    Foi realizada no átrio ou pátio do templo,à porta do templo,onde localiza-se o altar de cobre onde se assava pães,cozinhava-se alimentos,e assavava-ss carnes de animais dizimados.
    Obs: Jesus é lindo e maravilhoso,Ele como um bom sacerdote e pastor,estava perante os ofertantes,acompanhando as doações para alimentar os próprios ofertantes,do mesmo modo como os sacerdotes ficavam em frente aos ofertantes.
    Jesus crescia ainda mais popularmente pelas obras sociais que realizava para os pobres necessitados”.
    Isso me deixa muito triste,porque Jesus não era sacerdote desse templo,Ele não podia entrar nas câmaras do templo,
    Jesus nunca sacrificou animais pelos pecados,porque Ele nunca cometeu pecado,mas Jesus fez questão de estar perante os ofertantes e ficou encantado com a oferta da pobre viúva faminta e necessitada,que deu tudo o que tinha porque sabia que não iria sair do templo sem se alimentar dos mantimentos da Casa de Deus,onde o próprio Jesus se encontrava pessoalmente.Jesus crescia ainda mais popularmente pelas obras sociais que realizava para os pobres necessitados.Essa obra social de Jesus,foi realizada fora da igreja,sem a participação dos sacerdotes do templo.Jesus liderava uma grande multidão que se aproximava para repartir dízimos e ofertas,com exceção da pobre viúva,que deu tudo o que tinha pois ela sabia que não iria ficar desamparada sem os mantimentos da Casa do Senhor.
    “Atualmente,os dízimos e ofertas ainda existem,mas acabaram os mantimentos,com compras de jatinhos,mansões,carros importados e fazendas enormes.
    Ah! Muitos colocam a culpa no gafanhoto comedor de toneladas de dízimos.
    Existem milhares de evangélicos e cristãos agrônomos,mas o gafanhoto parecer ter vida eterna”.
    JESUS PREGAVA O QUE VIVIA E DAVA BONS EXEMPLOS: O JOVEM RICO
    Certo homem importante lhe perguntou:”Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? ”
    “Por que você me chama bom? “, respondeu Jesus. “Não há ninguém que seja bom, a não ser somente Deus.
    Você conhece os mandamentos: ‘Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, honra teu pai e tua mãe’”.
    “A tudo isso tenho obedecido desde a adolescência”, disse ele.
    Ao ouvir isso, disse-lhe Jesus: “Falta-lhe ainda uma coisa. Venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro nos céus. Depois venha e siga-me”.
    Ouvindo isso, ele ficou triste, porque era muito rico.Lucas 18:18-23
    Obs:O jovem rico,já era um Senhor sacerdote,que havia ficado muito rico,pois o direito dos pobres aos dízimos já eram negados pelos sacerdotes daquela época que ficavam com todos os dízimos sem reparti-los aos próprios ofertantes passaram.Os sacerdotes passaram a exigir que os ofertantes comessem as gorduras dos animais dizimados,ou seja os dizimistas passaram a odiar ter que comer as gorduras ensebadas,vomitavam e por isso deixavam todo o melhor das carnes para os sacerdotes mercenários e hostís,isso tornou-se um costume dos sacerdotes malignos,desde a época do Sacerdote Eli.

    COMPARTILHE ESSE RARÍSSIMO QUESTINÁRIO SOBRE DÍZIMOS
    Em toda a bíblia os Dízimos são separados e repartidos pelo próprio ofertante,tanto para os próprios ofertantes e seus familiares famintos e inválidos,quanto também para o ministério dos(santos)sacerdotes.
    1-DEUS JÁ FECHOU ALGUMA PORTA DO CÉU PARA ALGUÉM OU PARA VOCÊ ?
    R= Não ,nunca.Deus é fiel.Ele é Aba,pai.
    2-POR QUÊ NÃO ?
    R=porque Jesus disse:”Vinde a mim,TODOS os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”.Mateus 11:28
    3-POR QUÊ OS PASTORES DIZEM QUE SE VOCÊ DER UMA OFERTA,DEUS VAI ABRIR AS JANELAS DOS CÉUS PRA VOCÊ ?
    R= porque está escrito em Malaquias 3:10 “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro,para que haja mantimento na minha casa,e depois fazei prova de mim nisto,diz o Senhor dos Exércitos,se eu não vos ABRIR AS JANELAS DO CÉU,e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes”
    4- OQUE É ESSA CASA DO TESOURO ?
    R= A tesouraria da igreja – Números 18:26,28
    5- QUEM DEVE RECEBER A PARTE SEPARADA OU A PARTE SANTA DOS DÍZIMOS ?
    R= Os sacerdotes levitas.
    6-VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R=Sim:“E o sacerdote,filho de Arão,deve estar com os levitas quando estes receberem os dízimos;e os levitas devem trazer o dízimo dos dízimos à casa do nosso Deus,para as câmaras,dentro da tesouraria”. Neemias 10:38
    7- DEUS DETERMINOU QUE A”CASA DO TESOURO OU TESOURARIA” APENAS UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS NA CÂMARA,DEPÓSITOS OU CELEIROS DE DÍZIMOS DA CASA DE DEUS,PARA QUE HAJA MANTIMENTO DE QUE ?
    R=Sim, Malaquias 3:10”que haja mantimento na minha casa”
    mantimentos de dízimos de grãos(cereais=mantimentos ou alimentos).
    8- OS SACERDOTES TEM DIREITO A,UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS,OU APENAS AOS DÍZIMOS DOS LEVITAS ?
    R= De todos os dízimos,a igreja tem direito a um décimo de “todos os dízimos” para os servos e serviços do altar.
    9- ISSO É MUITO OU POUCO ?
    R = Se é um décimo de”todos os dízimos”,é lógico que esse”dízimo dos dízimos”é mais que o bastante para eles..
    Obs:Se fosse pouco,Deus teria determinado mais que um décimo de todos os dízimos.Ele vive e não muda.
    10 – ONDE A IGREJA GUARDAVA ESSE UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS ?
    R= Nos celeiros,depósitos ou câmaras.
    11-HAVIAM CELEIROS,DEPÓSITOS E CÂMARAS PARA GUARDAR DÍZIMOS ?
    R= Sim
    12 – VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R= Neemias 13:9 ”E,ordenando-o eu,purificaram as câmaras;e tornei a trazer para ali os utensílios da casa de Deus,com as ofertas de alimentos e o incenso”.
    Neemias 13:12 “Então todo o Judá trouxe os dízimos do grão, do mosto e do azeite aos celeiros”.
    2 Crônicas 31:11Então ordenou Ezequias que se preparassem câmaras na casa do SENHOR, e as prepararam.
    13-APÓS SEPARAR UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS PARA O MINISTÉRIO DA IGREJA,A QUEM,PERTENCE A OUTRA PARTE=90% DOS DÍZIMOS ?
    R= Aos próprios dizimistas repartirem entre si,com os seus parentes pobres famintos,viúvas desamparadas,órfãos,etc
    14 – VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R= Sim claro.Todos os ofertante comiam as suas ofertas com os seus próprios familiares,até mesmo os sacerdotes também faziam isso.Todos os votos e ofertas no altar eram comidos,degustados e compartilhados pelos próprios ofertantes.
    “Subiu,pois aquele homem,Elcana,com toda a sua casa,para oferecer ao Senhor o sacrifício anual e cumprir o seu VOTO”. “No dia em que Elcana sacrificava,costumava dar quinhões a Penina,sua mulher,e a todos os seus filhos e filhas”1ª Samuel 1:4,5,21
    15- Os sacerdotes,também deviam comer as ofertas com os seus próprios familiares ?
    R= Sim
    16- VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R = Sim. Números 13:28-31
    “Assim fareis ao Senhor uma oferta alçada de todos os vossos dízimos,que receberdes dos filhos de Israel; e desses dízimos dareis a oferta alçada do Senhor a Arão,o sacerdote.
    De todas as dádivas que vos forem feitas,oferecereis, do melhor delas toda a oferta alçada do Senhor,A SUA SANTA PARTE.
    Portanto lhes dirás:Quando fizerdes oferta alçada do melhor dos dízimos,será ela computada aos levitas,como a novidade da eira e como a novidade do lagar. E o comereis em qualquer lugar,vós e as vossas famílias; porque é a vossa recompensa pelo vosso serviço na tenda da revelação”.
    32- POR QUE,ESSE COSTUME DE REPARTIR OS DÍZIMOS COM OS NECESSITADOS FOI SENDO DESTRUÍDO NA CASA DE DEUS ?
    R= Porque os sacerdotes se uniram,tiveram simpatizantes,e por isso os planos de Deus,para os pobres necessitados nos dízimos foi completamente destruído.O inimigo rouba,mata e destrói.
    33-A BÍBLIA MOSTRA ISSO ?
    R=Sim. 1ª Samuel 2:13-16 leia abaixo:
    “Porquanto o costume desses sacerdotes para com o povo era que, oferecendo alguém um sacrifício,e estando-se a cozer a carne,vinha o servo do sacerdote, tendo na mão um garfo de três dentes,
    e o metia na panela,ou no tacho, ou no caldeirão, ou na marmita;e tudo quanto a garfo tirava,o sacerdote tomava para si.Assim faziam a todos os de Israel que chegavam ali em Siló.
    Também,antes de queimarem a gordura, vinha o servo do sacerdote e dizia ao homem que sacrificava: Dá carne de assar para o sacerdote; porque não receberá de ti carne cozida,mas crua.
    se lhe respondia o homem:Sem dúvida, logo há de ser queimada a gordura e depois toma quanto desejar a tua alma; então ele lhe dizia:Não hás de dá-la agora;se não,à força a tomarei.”
    34 -DEUS EXPRESSA ALGUM DESEJO DE QUE O DÍZIMO SEJA REPARTIDO COM FOI ANTIGAMENTE ?
    R = Sim.Todos devem ler mais e melhor o livro de Malaquias
    “E a oferta de Judá e de Jerusalém será agradável ao SENHOR, como nos dias antigos, e como nos primeiros anos.”
    Malaquias 3:4
    35 – DE QUEM É A CULPA ?
    R= De todos os que leem a bíblia,mas que não admitem e não são sinceros com a verdade dos fatos inquestionáveis.
    Por favor,vamos deixar,para reiterar mais provas sobre isso,na minha próxima entrevista.
    OBS:EXISTEM CRISTÃO E EVANGÉLICOS SINCEROS E HONESTOS.TODOS SÃO FILHOS DE DEUS.
    Antes de existir,evangélicos,apóstolos,judeus,templos,igrejas,Moisés,leis de Moisés,levitas e leis dos levitas.,leis carnais,leis espirituais,leis da graça,leis da desgraça,e leis sem graça,os dízimos já existiam,eles eram repartidos e distribuídos diretamente em mãos dos necessitados caldeus,babilônicos,confederados de abraão,sodomitas,etc.Havia celeiros e câmaras de depósitos para armazenar dízimos de diversos grãos alimentícios para os necessitados se alimentarem no pátio dos templos dos primeiros fiéis dizimistas da bíblia.Melquisedeque distribuiu dízimos e recebeu dízimos de Abraã,Isso serve de exemplos para todos os pastores e evangélicos dizimistas,mas a maioria deles preferem concordar apenas com os seus pastores.
    Depois de 2 mil anos após Abraão ter recebido e dado e compartilhado dízimos com melquisedeque e seus servos babilônicos,etc Deus determinou que o sumo-sacerdote Arão o levita deveria receber a contribuição dos israelitas para a tesouraria pagar as despezas pelos serviços dos sacerdotes,porteiros,cantores,etc Essa contribuição de décimo dos dízimos ou dízimo dos dízimos,que sempre foi e será suficiente e perfeita para todas as despezas das igrejas atuais,assim como foi o azeite da viúva de serepta,que o profeta Elias multiplicou pela determinação do perfeito e sempterno Deus.
    Jesus provou que 5 pães e 2 peixes foi mais que suficiente para que Ele mesmo pudesse multiplicar as provisões da sua própria igreja,entretanto a maioria dos pastores pregam tudo isso para os outros,porem eles mesmos mostram que são mais pessimistas,sem fé ou infiéis que todos os muitos indivíduos que eles taxam de homens sem fé e desobedientes a Deus,durante os seus sermões semanais.Isso ocorre constantemente com aplausos de alegria de alguns e tristeza para milhares de necessitados que biblicamente tem direito à sua porção na divisão dos dízimos e das ofertas.

    Os fiéis dizimistas levavam as suas ofertas ao templo,sacrificavam,repartiam e comiam cereais e animais oferecidos no altar de cobre,no pátio do templo.Nesse altar havia grelhas para cozinhar e assar carnes e pães,para os dizimistas,necessitados e sacerdotes 1Samuel 1:4,7.Os sacerdotes,humilhavam,roubavam e devoravam todas as partes dos dízimos que os dizimistas e necessitados tem direito a usufruir.Os sacerdotes se organizaram e foram destruindo os celeiros e as câmaras de dízimos dentro dos templos,que Deus havia construído para depositar dízimos e alimentar os necessitados.(Mal3:10).?

    Leia 1ªsamuel 2:13-16:“O costume daqueles sacerdotes com o povo era que,oferecendo alguém algum sacrifício,estando-se cozendo a carne,vinha o moço do sacerdote,com um garfo de três dentes em sua mão;E enfiava-o na caldeira,ou na panela,ou no caldeirão,ou na marmita;e tudo quanto o garfo tirava,O SACERDOTE TOMAVA PARA SI;assim faziam a todo o Israel que ia ali a Siló. Também o moço do sacerdote dizia ao homem que sacrificava: Dá essa carne para assar ao sacerdote;porque não receberá de ti carne cozida,mas crua.E,dizendo-lhe o homem:Queime-se primeiro a gordura de hoje,e depois toma para ti quanto desejar a tua alma,então ele lhe dizia:Não,agora a hás de dar,e,senão,por força a tomarei”.
    O sacerdote Tobias,fez uma câmara particular para desviar dízimos para ele,então foi expulso pelo sacerdote Neemias,que mandou limpar e preparar as câmaras e celeiros de dízimos para alimentar os fiéis e necessitados,por isso então todo o Judá voltou a trazer dízimos do grão aos celeiros.Neemias 13:9,12(Mateus 21:12) Siga esse exemplo.
    Havia uma lei para obrigar os sacerdotes a tomar dízimos apenas dos israelitas filhos de Jacó ou filhos-netos de Abraão,que individualmente traziam os seus próprios cereias e animais alimentícios para dízimá-los no pátio do templo,onde confessavam e transferia diretamente sobre o animal,o seu pecado para que sobre o animal racaísse o castigo da lei do pecado e da morte,em seguida o pecador sacrificava o animal pelas sua próprias mãos,assim numa só lei DEUS espera que através da distribuição correta dos dízimos aos necessitados façamos jus ao cumprimento de suas promessas feitas a Abraão e Jacó,de alimentar e cuidar de seus herdeiros fiéis dizimistas e parentes necessitados.(Números 18:20 Hebreus 7:5)
    A bíblia afirma que os sacerdotes tem direito a receber apenas o que Deus ordenou como pagamento para os sacerdotes,em sua própria palavra que jamais passará.O dízimo dos dízimos é o que Deus determinou para pagamento dos líderes espirituais,pelos serviços que prestam ao altar na obra de Deus.O problema é que a maioria dos pastores ficaram ricos,porque os dizimistas e ofertantes,não seguem os princípios bíblicos em relaçãos aos dízimos e ofertas,porque eles tem medo de repartir os dízimos e as ofertas com os necessitados e tirar a “parte santa” correspondente à décima parte para a casa do tesouro.
    Os sacerdotes não se apoiam à palavra de Deus para tomar o dízimo integral como pagamento e despezas na casa de Deus.A culpa desse erro é dos próprios dizimista pois Deus nunca deu obrigação,direito ou liberação para os próprios sacerdotes de repatirem ou separarem eles mesmos os dízimos para os pobres ou para o que eles bem quiserem comprar ou projetar.Os próprios dizimistas devem separar a parte do altar e entregar a outra parte aos necessitados,orfãos e viuvas desamparadas,porque cada vez que um dizimista ou ofertante dizimar segundo o exemplo dos primeiros dizimistas e ofertantes,os anjos do Senhor Jesus,testemunharãoe anotarão os nomes desses justos ofertantes e corretos dizimista.

    Os sacerdotes não podiam sacrificar animais,nem tocar em nenhum animal morto.Isso prova que eles jamais podiam repartir os dízimos de animais e grãos alimentícios,no altar ou fora do altar.Essa tarefa de repartir e separar os dízimos e as ofertas,pertence aos próprios dizimistas e ofertantes.Os próprios dizimistas devem tirar um décimo dos dízimos para os sacerdotes e dar a outra parte imediatamente em mãos aos necessitados,para que assim possam ouvir do próprio Senhor Jesus:”O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos e pequeninos,a mim o fizestes”.Mat 25:40.Essa é a aprovação proferida pelo Senhor Jesus,apenas para os seus verdadeiros obreiros e fiéis atalaias.
    Milhares de fiéis dizimistas entregam os seus dízimos aos seus líderes espirituais para que realmente possa ter mantimentos na casa de Deus conforme Deus pede em Malaquias 3:10,mas ironicamente muitos desses líderes,dizem que esses alimentos foram engolidos pela boca do devorador ou das pragas de gafanhotos,ou que gastaram todos os dízimos no pagamento de água,luz,aviões jatinhos,mansões,carros,etc e que por isso continuarão por mais dois mil anos sem devolver a parte dos fiéis e necessitados nos dízimos,sem se importar que o plano de Deus de alimentar os necessitados,fiéis dizimistas e seus familiares necessitados continuará sendo frustrado pelo diabo,por causa da infidelidade dos próprios dizimistas que não entendem as escrituras sagradas e por isso são levados a pensar que não devem repartir os seus dízimos em cestas básicas aos seus famílias necessitados e fiéis dizimistas carentes,mas por favor não deixe que o plano de Deus seja frustrado.
    É necessário controlar a boca dos egoístas milionários gafanhotos devoradores de dízimo. É preciso cobrar coerência com a vontade de Deus e mais justiça social,auditoria fiscal e dar o devido direito aos fiéis e seus parentes,e familiares necessitados para que recebam as bênçãos de Deus,nos dízimos.Deus não precisa de prognósticos de pastores para fazer os seus fiéis entender e cumprir a sua vontade.Deus espera há dois mil anos que os órfãos e necessitados saibam que Ele os ama e que pensou em cada um necessitado quando criou os dízimos.

    “DAI A CESAR O QUE É DE CESAR E A DEUS O QUE É DE DEUS”
    Leia e comprove na própria bíblia que os dizimistas e ofertantes da bíblia repartem e comem dízimo entre os seus próprios familiares e parentes:no dia em que levavam as ofertas ao templo.1ª Samuel 1:4,5
    2. Não é pecado nem nunca foi pecado deixar o necessitado comer dízimo do templo(malaquias 3:10).davi e seus companheiros comeram até os pães sobre a mesa do templo.mateus 12:3,4
    3. Ana e seu esposo sacrificavam e dizimavam animais e cereais,comiam e bebiam no pátio do templo,sentadinhos na cadeira de madeira tranquilamente enquanto conversavam com os Sacerdotes.Leia 1ªSamuel 1:4,5,9 1Samuel 2:14 Malaquias 3:10
    4. Quando você precisar pesquisar sobre DÍZIMO DOS DÍZIMOS,comece listando os versos bíblicos que citam”DÍZIMO DOS DÍZIMOS”ex:Números18:26 Neemias10:38 (Malaq 3:10)
    5. Todos pseudos theólogos e filósofos da bíblia,convenientemente fogem ou desviam do tema sobre DÍZIMO DOS DÍZIMOS,eles inventam que há na bíblia 1º,2º e 3ºdízimo,e fazem confusão com o tema DÍZIMO,que é diferente do tema DÍZIMO DOS DÍZIMOS,pra você não entender nem conhecer a injustiça que cometem aos fiéis e necessitados.
    6. Quando os levitas tomam dízimos,eles levam apenas o dízimo dos dízimos à casa do tesouro,à câmara da casa do tesouro.Neemias 10:38 Malaquias 3:10
    7. Números 18:26 O levita só toma dízimo do Israelita,e só leva à câmara da tesouraria os dízimos dos dízimos,que é a contribuição dos dizimistas levadas à câmara,depósito ou casa do tesouro. Escrita em Malaquias 3:10
    8. O dizimista dá aos sacerdotes levitas,o dízimo dos dízimos de suas ofertas como contribuição,e come a outra parte com os outros fiéis dizimistas,parentes,familiares e necessitados núm18:26
    9. João 2:14-16 Jesus virou as mesa e disse não à exploração comercial e financeira da fé.Jesus não mudou,ele ainda está contra os vendilhões e cambistas da fé.(Faça logotipos em sua camisa branca,e vista essa camisa pra Jesus,combatendo a exploração comercial e financeirada fé)Crie uma frase bonita pra Jesus,não ponha nomes de igrejas ou religiões,nem de pastores nem de pessoa alguma.Respeite a todos no limite da lei.
    10. ABRAÃO E MELQUISEDEQUE DISSERAM NÃO À EXPLORAÇÃO COMERCIAL DA FÉ Gên 14:18-24 “Que eles recebam a sua porção”(Heb 7:9)
    11. Ser abençoado não é sobrenatural.Desde o começo do mundo aprende-se que as pessoas se abençoam,os país abençoam os filhos e os filhos honram aos pais etc,ISAQUE ABENÇOOU COM UMA OFERTA(FORA DO ALTAR )
    12. O APÓSTOLO PAULO DISSE NÃO À EXPLORAÇÃO DA FÉ ITimóteo 6:5 Homens privados da verdade,pensam que a piedade é fonte de lucro.
    13. O PROFETA MOISÉS DISSE NÃO À EXPLORAÇÃO DA FÉ.Assim povo foi proibido de trazer mais ofertas.Êxodo 36:6
    14. Deus determina que os gastos com a sua obra e os pagamentos dos seus servos no altar,não ultrapassem a décima parte dos dízimos.Núm18:26,28
    15. Deus determinou tesouraria para as despesas da obra,e seus gastos não devem ultrapassar a décima parte dos dízimos.Números 18:26,28 Se eles lêem a bíblia todos os dias,sabem a verdade,mas preferem te enganar,perdoe-os.Jesus te libertou da mentira deles.
    16. Se o dizimista não der o dízimo,ele estará roubando Deus(Malaquias 3:8)mas se ele der,então ele será roubado juntamente com os outros fiéis necessitados porque não lhe dão a sua parte.Tiago1:27 Hebreus 7:9 Deuteronômio 26:12
    17. Se um Pastor justo tem uma renda de 700 milhões é claro que ele também deve dar 10% de dízimo no valor de 70 milhões.Quem cobra dízimo também deve dar dízimo como fazem os velhinhos aposentados,etc Hebreus 7:9
    18. Os sacerdotes puseram a culpa no gafanhoto devorador,assim conseguiram condenar e comprar as fazendas onde recolhiam dízimos.Mal 3:11
    19. Em Mal 3:10 Deus repreende os sacerdotes,que fizeram GREVE OU BOICOTE de não ir ao campo trabalhar segundo a lei no recolhimento de dízimos
    20. Os vendilhões alegam que Deus estava repreendendo os fiéis e não os vendilhões,que deviam trabalhar(recolher e repartir dízimos) Mal 3:10
    21. “ROUBO UNGIDO”-O salário dos sacerdotes é o dízimo dos dízimos,e a outra parte pertencia aos pobres.Núm18:28 Eles resolveram ficar com tudo
    22. Os sacerdotes,metiam um garfo de três dentes na marmita dos ofertantes dizimistas,enquanto se alimentavam no pátio do templo.1ªSAM 2:13,14.
    23. O BOICOTE dos sacerdotes que compraram terras e delas não queriam RECOLHER dízimos para as câmaras do templo,afim de alimentar os necessitados.Mal 3:10 Heb 7:9
    24. Infelizmente ninguém jamais,escreveu nem produziu,quadros,imagens,músicas,etc retratando os primeiros fiéis repartindo dízimos e comendo dízimos,mas você pode produzi-los em sua própria casa,família,escola,etc.
    25. HUMANISTENCIALISMO:Todos os movimentos artísticos e literários mundiais não retrataram o cotidiano sociocultural dos primeiros fiéis dizimistas da bíblia.Ainda hoje só reproduzem textos de Jesus morto na cruz,anjinhos rezando e voando,e santinhos com o rostinho virado pro lado,com todo respeito aos religiosos que acreditam nos santos retratados como eu também,creio que eles existiram e que fizeram o melhor pela humanidade,mas é evidente que os movimentos artísticos e literários não mostram como esses santinhos e fiéis dizimistas da bíblia comiam e repartiam os seus dízimos com os necessitados.
    26. HUMANISTENCIALISMO:Pintores,atores,cantores,escritores,etc nunca produziram obras que retratam os próprios fiéis ofertantes repartindo e comendo dízimos no templo de Deus na bíblia
    27. Ninguém perece por falta de igreja,dízimos e ofertas.Todos perecem por ignorância e falta de conhecimentos.OSÉAS 4:6 FIQUE ESPERTO(pesquise bastante enquanto puder)
    28. Melquisedeque é um tipo ou símbolo de Cristo(Abraão um tipo de líder do rebanho,um pastor que alimentou e deu a cada um fiel e necessitado a sua justa porção de alimentos.Aner,Escol e Manre,representam muito bem os necessitados,servos e cooperadores justos e fiéis a Abraão. Gênesis 10:15,16 Gênesis 9:25,mas por outro lado ,o Rei de Sodoma,e Rebeca,passaram a representar os espartalhõe,negociantes e comerciantes da fé e dos dízimos Gênesis 27:6 mas Abraão representa o pai da fé,para ele o que Deus determinou como pagamento é o suficiente para ser multiplicado.
    29. Melquisedeque repartia dízimos aos servos,o rei de Sodoma propôs que Abraão tomasse mais dízimos e por isso devolvesse os cativos.Gên 14:24
    30. Jacó e Esaú,foram herdeiros das bençãos de Abraão,homem obediente a Deus.Abraão repartiu todos os dízimos com todos os necessitados.Heb 7:9
    31. O melhor jeito de agradecer a Jesus pela graça alcançada pelo milagre e pela cura alcançada,é dar o devido direito do necessitado ao teu dízimo.Mateus 25:36-46
    32. A VERDADEIRA PARÁBOLA DO JOVEM RICO,que já não era tão jovem assim:”DESDE A MOCIDADE”,o sacerdote ficou rico tomando dízimo,mas não pagava a porção dos fiéis dizimistas e necessitados,então inteligentemente Jesus lhe disse”vende tudo o que téns e dá aos pobres”.Lucas 18:21-22
    33. DÍZIMO:Se o teu pastor tem fortuna de 700 milhões,ele deve repartir 70 milhões de dízimo ao menos uma vez na vida,aos fiéis necessitados e parentes pobres dos dizimistas.Isso ajudaria milhares de pessoas,ao invés de ficar dando sermões todos os dias.
    34. DÍZIMO:Se o teu pastor tem empresa,fazenda e fortuna,esse pastor também deve dar dízimo e reparti-lo para todos os fiéis necessitados,parentes necessitados dos fiéis,mas eles preferem induzir os fiéis a fazer votos,e pôr mais ofertas no altar para que milagrosamente por Deus contra a parede para fazer mais e mais milagres,curas etc Eles não veem Jesus nos necessitados,não o visita,não o veste,não o alimenta porque nega-lhe o direito aos dizimos.
    35. Em Malaquias 3:8-11 Deus pede aos sacerdotes levitas para irem segundo a lei tomar dízimos de suas próprias fazendas paternas,pois eles eram filhos diretos de Jacó,mas eles alegaram que haveria pragas na lavoura,afim de não recolherem mantimentos para os necessitados.Deus repreenderia as pragas.
    36. Malaquias 3:9-10 Os Reis sacerdotes eram donos de fazendas,mas eram obrigados por lei a recolher e repartir dízimos das suas próprias terras
    37. O FIEL DIZIMISTA CONTINUARÁ SENDO OPRIMIDO E ENGANADO ASSIM ?:
    38. O moço do sacerdote,com um garfo de três dentes enfiava-o no caldeirão e na marmita dos fiéis e tomavam os seus cereiais e animais dizimados,enquanto eles comiam a sua própria porção de seus próprios dízimos.1ªSamuel2:13-14.Mal 3:10.Isso afastou os fiéis e os pobres do caminho de Deus,aumentou a desonestidade,a agressividade,a violência,a intolerância religiosa e provocou o surgimento de ideológicas contra os próprios cristãos e evangélicos.
    39. O ofertante dizimistas era muito humilhado,eles até perderam o direito de tirar e tirar as visceras e gorduras das carnes dos animais dízimados,antes de comê-lo,por isso resolveram não mais lutar pelos seus direitose passaram a dar todo o dízimo integralmente aos sacerdotes até aos dias de hoje. 1Samuel 2:16
    40. Os sacerdotes exigiam que os necessitados comessem os dízimos sem cozinhar e sem assar,pra tomar o dízimo do pobre e humilha-lo.1Sam 2:15
    41. A religião do Apóstolo Paulo,está registrada na bíblia em Tiago 1:27 Cuidar dos órfãos e viúvas e não se corromper.(SEM FALCATRUAS)1COR 5:11
    42. O partido político que prometer dar mais liberdade religiosa e criar delegacias de combate à exploração da fé ganhará até a presidência da república.
    43. O dízimo dos dízimos dos israelitas são contribuição ao Senhor”vocês devem dar um décimo dos dízimo como contribuição ao Senhor.Num 18:24 e 26
    44. Os sacerdotes só tem direito a recebem como pagamento todos os dízimos dos dízimos como contribuições dadas ao Senhor.Num 18:24,26
    45. Havia câmara,que depositavam dízimos de alimentos do grão,etc,para os levitas,cantores e porteiros e a oferta alçada para os sacerdotes.Neemias 13:5
    46. HAVIA CELEIROS NAS IGREJAS DOS DIZIMISTAS DA BÍBLIA.Tobias foi expulso porque construiu uma depósito particular somente para ele,afim de enriquecer furtando a câmara de depósito de dízimos e os celeiros para alimentar os fiéis, necessitados e levitas porteiros e cantores,mas os dizimistas deixaram de trazer dízimos,até enquanto o Sacerdote Neemias permanecia viajando,porém quando Neemias voltou”então todo o Judá voltou a trazer dízimo” trouxe do grão aos celeiros”Neemias 13:9,12.
    Obs:Existem evangélicos e cristãos maravilhosos,justos e honestos em todos os lugares.Eles são muito especiais para Deus e importante para todos nós.Todos eles são nossos irmãozinhos amados e queridos sempre.Nós os amamos muito.
    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: Gênesis 14 Genesis 26 números 18 Neemias 13 1ªSamuel 2 Malaquias 3 S.Lucas 18 Hebreus 7,etc

  12. Rita de Cassia Constantino disse:

    Nós devemos dar o dízimo sim gente porque é o dízimo e as ofertas que sustenta a Igreja tem muitas despesas pelo menos a minha tem, e quem paga essas despesas,? se não for com as contribuições e alem disso eu nunca vi um crente mendigar por ter dado o dízimo Deus ele é fiel e sempre abençoa e multiplica. Quem faz a obra do Senhor sustentando os missionários pagando os programas para que a palavra de Deus seja divulgada somos nós com nossas contribuições e dizimos. Deus sempre nos honra.

  13. parabens ao Caio Fabio,alias o dizimo é para o sumo sacerdote,da nova aliança,Jesus Cristo,como ele falou a lei foi dos profetas a joão batista,acabou,o dizimo no novo testamento que é o que vale,Jr 31:31 á 37,corintios 3:16,HB capi 8,dizimos hb 7,atos 237 ao 47,atos 4:32,matheus,mancebo rico cap 19,corintio cap8,cap 9,rm 15:26

  14. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.
    Mateus 23:23

  15. Avisa pra ele que eu não sou pastor e nem pretendo ser, mas eu topo o desafiozinho dele. O dízimo biblicamente falando é destinado apenas para o ministério (sacerdócio) para a propagação do evangelho… Foi ostensivamente confirmado no Novo testamento tanto por Jesus e os apóstolos, se duvida é só conferir nas passagens de Mateus 23:23, Gálatas 6:6, I Timoteo 5:18 e Hebreus 7:8. Além disso, é um equívoco pensar que os dízimos se destinam para a viuvas, órfãos ou os pobres em geral. Este equívoco se dá, talvez por uma leitura descuidada e amadoristicamente do texto que se encontra em Deuteronomio 26:12, onde menciona um "segundo dízimo" na lei mosaica que além do dízimo normal destinado aos sacerdotes, aquele colhido sempre no terceiro ano e que se destinava para os pobres, estrangeiros, viúvas, órfãos, incluindo os levitas. ("Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita no ANO TERCEIRO, que é o ANO DOS DÍZIMOS, então os darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem;" Deuteronômio 26:12). Claro que a muitas igrejas desprezam os demais mandamentos de Deus, mas se apegam unicamente ao dízimo que deveria ser destinado a pregação do evangelho, para enriquecer ilicitamente alguns pastores inexclupulosos que se apossam do tesouro de Deus para construirem fortunas. Outros, ainda usam de subterfugios e sofismas como estes para sonegarem a parte que a Deus pertence. Ambos estão errados e precisam se adequar aos ensinamentos bíblicos.

    • Caro irmão, quanto as tuas afirmações só algumas observações

      E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui. – Gálatas 6:6 (não fala de dízimos mas de repartir, oque é bem diferente, repartir não fala de 10% mas de bom senso e gratidão)

      Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas. – Mateus 23:23 (neste texto trata-se de dizimo mas esta sendo dirigido a fariseus e escribas, pessoas que viviam sob a lei, inlcusive jesus esta falando de lei … desprezais o mais importante da LEI)

      Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário. – 1 Timóteo 5:18-19 (NÃO SE FALA DE DIZIMO NOVAMENTE, MAS DE CONTRIBUIÇÃO)

      E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive. – Hebreus 7:8 (leia este texto até o versiculo 21)

      Mas este com juramento por aquele que lhe disse: Jurou o Senhor, e não se arrependerá; Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque), – Hebreus 7:21 (aqui fica claro q se devêssemos algo seria a cristo, e cristo habita em cada cristao, logo nao preciso levar em um templo feito por maos de homens.

      precisamos parar de olhar com a ótica proposta por homens e analisar puramente a biblia através do espirito santo

  16. Sou apenas uma pessoa à serviço de Deus, diante dos comentários que li, observo que, sempre haverá uma polêmica sobre o DÍZIMO, palavra forte que causa impacto a qualquer pessoa “impacto esse negativo” sito entre aspas, por haver um pensamento errônio desse termo que infelizmente é adiquirido pela má administração de alguns.
    Não se deve amar só por cara ou por genética, mas com um amor incondional à TODOS, aí será abrangente, esclarecido e aceito sem precisar falar sobre o mesmo, enfim expressos por ações e obras, e assim o dízimo causará um impacto sim, mas POSITIVO. Essa questão não precisa ser discutida com insensatez, causando ou por que não dizer sujando o Evangelho de Cristo.
    Quando Pedro chegou diante de Jesus “esclarecendo” que Jesus poderia se livrar da Cruz sendo ele o Messias, e Jesus disse pra traz de mim satanás, nenhum momento foi preciso que Jesus se justificasse diante dos homens pra dizer quem ele era, as vezes é necessário caír-mos em si e ver-mos que o que deve ser divulgado, discutido é que Jesus vai voltar e o AI é para “todos” seja ele quem for, para aquele que não estiver cumprindo com o mandamento de Deus, devemos tomar cuidado com as almas e a nossa, a salvação é individual, vc,eu, nós, não teremos mais a tecnologia para nos beneciar-mos, então tomemos postura de CRISTÃO divulguemos sim a Bandeira do Evangelho que é Cristo Jesus e saiba de uma coisa que é hora de orar-mos e nos preparar para o grande dia, pregue o Evangelho. Vc pode dizer que está pregando, desta forma! uma coisa eu lhe afirmo Jesus nunca quiz glória pra si mesmo, e nem tão pouco se “preocupou”(SE PRENDEU) se existiam caluniadores, falsos doutores. Jesus no calvário se expressou ao Pai: PERDOAI-VOS pois eles não sabem o que fazem. lembre-se de uma coisa que ainda com toda a sabedoria que o homem tem e argumentos expressados por redes sociais DIANTE DE DEUS É NADA. Deixe na mão de Deus, pois no dia do juízo final todos os joelhos se dobrarão diante do justo Juíz. e ele não precisará de testemunhas de defesa e nem de acusação. Pois ele é Oniciente,Onipresente e Onipotente.
    Agradeço á todos. Que a paz em Cristo Jesus habite dentro de você.

  17. PRA RESPONDER TODAS ESTAS PERGUNTAS É SIMPLES LEIA MTAEUS 23;23 É SÓ ISSO,E VEJA O QUE JESUS ESTÁ FALANDO( BIBLIA É UM LIVRO DE FÉ) ABRAÇOS A TODOS……
    MATEUS 23;23 ¨AI DE VÓS,ESCRIBAS E FARISEUS HIPÓCRITAS POIS DIZIMAIS A HORTELÃ,O ENDRO E O COMINHO, E DESPREZAIS O MAIS IMPORTANTEDA LEI,O JUIZO,A MISERICÓRDIA E A FÉ ;DEVEIS POREM,FAZER ESTAS COISAS,E NÃO OMITIR AQUELAS ( O DIZIMO…)

    • Minha cara
      Jesus, o Senhor é judeu e vivia sob a lei, Ele não veio para mudá-la mas sim para cumprí-la até que tudo se consumasse, seu sacrifício na cruz! Ele estava dando uma bronca daquelas nos fariseus, não recoemndando que dizimassem! Leia todo o contexto, não somente versículos isolados! Fique na Paz e digo, o Senhor nos libertou da lei!

  18. JOSE CARLOS LEAL disse:

    Caro amigo Messias graças a DEUS que voce so tem o nome de Messias, afinal se voce tivese a mente de Cristo jamais faria um comentario deste, pois so que não conhece Jesus tambem não pode entender o que Caio fala, porque ele fala de coisas espirituais, mas infelismente voce ainda esta na carne e na carne ninguem pode entender as coisas espirituais ,pois ,elas se discernem espiritualmente , mas fica tranquilo a graça de DEUS e para todos ate para os leigos voce ainda vai conhece- lo.

  19. O dízimo realmente é um assunto interessante, de fato é um dinheiro que deveria ser empregado para auxiliar aos menos favorecidos, ajudar as famílias pobres, esse é o fundamento da caridade, que deveria existir em nosso meio evangélico; contudo, sabemos como o “ganho fácil” baseado no dízimo mantém as famílias de pastores vivendo muito bem, com qualidade de vida acima dos muitos fiéis, que não percebem as manipulações sutis empregadas para fazer o povo de Deus não pensar sobre isso e simplesmente dar o dízimo.
    O surgimento do protestantismo foi justamente devido à Lutero e Calvino não concordarem com o pagamento de indulgências (pagar para ser salvo) que a igreja católica fazia naquela época; e hoje isto é o que mais acontece nas igrejas evangélicas de conhecidos nossos. Estas manipulações nada mais são que pagamento de indulgências, é uma vergonha.
    Dízimo é amor, deveria ser usado para obras de caridade como fazemos aqui em nossa congregação, onde o empregamos para auxílio alimentação para famílias de vários bairros. Temos um controle de dízimo severo, com contabilidade imediata ao seu recebimento, ficando anotado em aberto a cada dia no templo e, controle mensal que permanece em aberto a todos os irmãos. Os gastos da congregação pagamos do próprio bolso, seria uma vergonha usar este dízimo para manter a igreja, isso seria desvio de sua fundamental objetivo: caridade.
    Como pastor, eu e diversos outros amigos, não aceitamos receber para ministrar a palavra de Deus, “damos de graça o que de graça recebemos”, conforme Jesus atestou. Então irmãos, só tenho a lamentar a banalização do dízimo e destas ofertas que nada mais são que manipulações de quem não deveria ser pastor. Pastor de honra, que segue a Jesus, doa 100% do dízimo e paga seus próprios gastos com dinheiro suado de trabalho honesto.

  20. Um fator interessante nesses comentários é que a falta de amor da esmagadora maioria dos que defendem a obrigatoriedade do dízimo é muito gritante, chegam a escrever em caixa alta pra AUMENTAR A PRESSÃO!!! rsrs. São comentários de pessoas incompreensíveis. Denigrem a imagem pessoal e não os argumentos dos que defendem a liberdade de dar ou não o dízimo do que ganha. Enfim, eu tenho argumentos e estudos muito plausíveis em favor da não observância da Lei (consequentemente, da Lei do Dízimo), e em favor da aceitação total do sacrifício libertador e expiador de Cristo.

  21. esse cara ai e pastor ele tem igreja meu deus coitados daqueles que estao entao na igreja desse cara ai estao todos enganados cara converse comum pastor da iurd la eles vao te explicar melhor a respeito do dizimos caio fabio voce esta completamente perdido voce precisa se converter de verdade cidadao

    • Servo de Todos disse:

      Infelizmente Charlei voce se encontra em um lugar onde prega o evangelho da prosperidade que é um evangelho totalmente averso a sã doutrina (Gálatas 1:8 ) Fogueira santa, descarrego, velas, banho de agua do jordão, rosa ungida, saquinho do bafo que expulsa demonio, sal grosso, isso é misticismo, falsa doutrina e não é bíblico. Deus não foi açoitado, cuspido, escarnecido, trespassado para pessoas gozarem dessa vida e andarem de carrão.

    • só pode ser da univesal mesmo !!! bando de ladroes comem da gordura das ovelhas e arrancam a pele e depois injetam na record (lavagem de dinheiro) vcs deviam ir para a cadeia e seus bando do edir morcego!!

  22. - E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, SEGUNDO A LEI, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão. Hebreus 7:5
    -Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.
    Hebreus 7:12
    as igrejas evangélicas colocam o dízimo como lei pois usam o texto de malaquias 3:10 fazendo com q os irmãos se sintam culpados caso não cumpram com o dízimo. como diz na primeira passagem à cima: segundo a lei. lei essa para os iraelitas como todas as outras. mas qd mudou-se o sacerdócio, mudou-se a lei, ou seja, todas aquelas leis descritas no antigo testamento, q subjugava o povo, passou a não ter mais força pois o eterno sacerdote nos livrou da sujeição e hoje vivemos pela graça. se queremos nos submetermos a ordenanças, como o dízimo, a morte de cristo foi em vão. não sou contra o díizimo, pois dou o dízimo e ofertas pq sei q a obra de Deus precisa d recursos, pastor precisa d salário. isso é fato. mas ninguém me obriga a dar dízimos e ofertas. dou com plena conciencia. devemos estudar a b´blia antes d darmos ouvidos a pregações. devemos adorar a Desu com entendimento. um abraço

    • No velho testamento: na lei. No novo testamento: Jesus nasceu, morreu e ressuscitou, cumprimento da lei (promessa) – O salvador. Hoje vivemos na graça. Existiu no velho testamento ordenanças com promessas, cumpre a cada um obedecer com amor, e provar das benevolências de Deus, sempre entendendo que Deus em sua soberania, sabe quais as necessidades de cada um.

    • E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
      Este é o primeiro e grande mandamento.
      E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
      Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
      Mateus 22:37-40. a promessa é a graça de Deus e não existe ordenança pois cristo já pagou-as na cruz. não devemos nos limitarmos a isso. oq devemos é viver oq está escrito nos dois versículos acima, pois tudo q quisermos fazer, depende destes dois versículos acima. se não tiver amor a Deus e ao px, não estamos vivendo cristianismo portanto, não reconhecmosa sua graça.

    • E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
      Este é o primeiro e grande mandamento.
      E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
      Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
      Mateus 22:37-40. a promessa é a graça de Deus e não existe ordenança pois cristo já pagou-as na cruz. não devemos nos limitarmos a isso. oq devemos é viver oq está escrito nos dois versículos acima, pois tudo q quisermos fazer, depende destes dois versículos acima. se não tiver amor a Deus e ao px, não estamos vivendo cristianismo portanto, não reconhecmosa sua graça.

    • exatamente, jesus cumpriu a lei e os profetas…

  23. Eu acredito mesmo é que com dísimos ou sem dízimos, todos precisamosná na verdade é da graça do senhor Jesus Cristo, do seu amor e da sua misericórdia, até mesmo porque foi ele Jesus quem derramou o seu próprio Sangue na cruz, e a ele todo louvor, toda honra e toda glória, é bem verdade que existem muitos comentários importantes, porém náo podemos perder o foco de maior importâcia que é o filho de Deus, o Cordeiro de Deus, o Servo do Senhor, JESUS CRISTO DE NAZARÉ quém nos justifica diante do Pai.

  24. Senhores leitores e comentarista deste assunto, parabéns a todos por participarem do mesmo, eu acredito que com dízimo ou sem dízimo, todos precisamos na verdade é da maravilhosa graça do Senhor Jesus Cristo, do seu perdão e do seu amor, até mesmo porque foi ele JESUS que doou-se a si mesmo por nós, Jesus é motivo de orgulho, alegria e prazer, e não de dó ou discurções que não levam a lugar nenhum. ( não quis identifar-me para não correr o risco de estar procurando com isto alguma glória para mim, pois para ele JESUS seja toda horna, todo louvor e toda glória, Amém e Amém.

  25. Meu irmao tem que abencoa a igreja da o teu dizimo, se vc acha que e errado entao continua com tua opiniao
    quando eu era do mundo dava dinheiro para caramba para o capeta, gastava tudo em cerveja, prostitutas e outras coisa a mais.
    meu irmao quando e pra Deus a galera reclama, vai na internet fala que dizimo nao e de Deus e outras coisas a mais, meu irmao se vc quer dar o dizimo continua , melhor do que dar para o capeta e encher o bolso dos empresario cervejeiros, ai vc vai fala mais vai pro bolso do pastor , meu irmao quem vai acerta conta com Deus e vc, eu acho que nao , Eu tiro meu dizimo e do mesmo pra igreja se o pastor vai compra um carro, uma mansao, vai sair com prostitutas vai encher a cara de wisques e problema dele eu so sei de uma coisa eu estou fazendo minha parte, paulo disse se teu irmao come carne e vc nao amem, e se eu como carne amem, dou dizimo vou para o inferno se eu nao da o dizimo vou para o inferno. 2TM:1;3 olha que coisa bonita paulo disse para Timoteo. Paulo foi abandonador por seus amigos so esperando a morte e desejando ver timoteo mais uma vez, paulo nos seus ultimos dias nesta terra narra Paulo.

    • Meu amado nãoo engane a mais ninguém…este dinheiro Não é e nunca foi para DEUS! Você está equivocado! Leia o que Paulo disse:
      8 Por isso, celebremos a festa, não com o fermento velho nem com o fermento da maldade e da perversidade, mas com os pães sem fermento, os pães da sinceridade e da verdade.

      9 Já disse por carta que vocês não devem associar-se com pessoas imorais.

      10 Com isso não me refiro aos imorais deste mundo nem aos avarentos, aos ladrões ou aos idólatras. Se assim fosse, vocês precisariam sair deste mundo.

      11 Mas agora estou escrevendo que não devem associar-se com qualquer que, dizendo-se irmão, seja imoral, avarento, idólatra, caluniador, alcoólatra ou ladrão. Com tais pessoas vocês nem devem comer.

      12 Pois como haveria eu de julgar os de fora da igreja? Não devem vocês julgar os que estão dentro?

      13 Deus julgará os de fora. “Expulsem esse perverso do meio de vocês.”

  26. Quero Bacharelado ir Pregar la no interior do Para, e muito Facil fica com a bunda sentado na igreja com ar condicionado, entra no seu carro importado quer ver andar no meio da lama fica todo sujo e ter que pregar no meio da chuva, ver pessoas nao ter nada para comer , e compartilhar a mesma fome com eles. e irmao hoje e facil com internet quero ver la os irmaos nao tem nem radio para o ouvir isso que e fazer a obra muita teologia e pouco amor infelizmente.

  27. Meus irmaos Deus abencoa nos dizimos, mas eu tenho que ser um bom administrador do meu negocio.
    Deus nao vai deser dos Ceus para administrar meu negocia ele abre portas, mas se eu na administra meu negocia
    com sabedoria vai para o buraco. Vejo muitos irmaos reclamando que e dizimista mas nao e abencoado nos seus negocios , por mar administracao . Deus da a vara para pesca mas ele nao da o peixe ai seria mole.
    muitas pessoas fazendo prova de Deus e dizimista fiel mas ainda nao consegue vencer, Seja um bom administrador ai vc vera a diferenca na tua vida mas sempre confiando em Deus MT:7;24, veja um homem prudente edifica sua casa na rocha. A paz do senhor para todos.

  28. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.
    Mateus 23:23 ACHO QUE JESUS FOI BEM CLARO QUANDO DIZ FAZEI ESSAS COISAS SEM OMITIR AQUELAS, OU SEJA, PRATIQUE O JUIZO, A MISERICORDIA E A FÉ MAS NÃO OMITA O DIZIMO, E ESTA NO NOVO TESTAMENTO. SUGIRO QUE TODOS LEIAM COM ATENÇÃO CADA PALAVRA DO VERSICULO. ESTA BEM CLARO, MAS SÓ OBEDECE QUEM QUISER.

    • JESUS NASCEU NA LEI, ENTÃO ELE TINHA Q COMPRIR A LEI, JAMAIS ELE DEVERIA DIZER P/ ALGUÉM NÃO COMPRIR A LEI DE MOISES ENQUANTO ELE ESTIVESSE VIVO, MAS QUANDO MORREU ACABOU! ELE LEVOU SOBRE-SI TODAS AS MALDIÇOES DA LEI, DO QUAL NINGUÉM CONSEGUIA COMPRIR, HOJE NÓS VIVEMOS PELA GRAÇA, NÓS SOMOS LIVRES DE QUALQUER ORDENANÇAS JUDAICA, EM GALATAS ESTA ESCRITO: QUEM VIVI NO ESPIRITO (FÉ) NÃO PRECISA DE LEI…

  29. Esse e muitos erros são pregados desde sempre e tem muita força. Infelizmente o povo gosta de ser enganado, por ter preguiça de estudar a fundo a Bíblia e seus relatos históricos. Afinal de contas é mais fácil ter tudo mastigadinho na boca do que ser como os Bereanos. A e só para constar eu já vi o tão temido devorador, até que não é tão feio. E ele também é uma criatura de Deus.

  30. Tenho 20 anos. Já passei por tantas experiências que nem consigo aceitar o fato de terem pessoas, contrária a prática de dizimar. O dizimo é um ato de fé. Não devemos julgar sem antes provar. Deus diz para prova-lo. Faça-o, e depois crítica quem quiser.

  31. Se tivessêmos de dizimar, o dízimo deveria ser em alimentos. O dinheiro é a raiz de todos os males. Se está escrito que é a raiz de todos os males, poderia eu dizimar males (dinheiro)? A prova mais veslumbrante, é o acumolo enrequicedor dos muitos pastores. Alegam que precisam pagar fortunas de mensalidades para manter seus programas nas mídias. Mas, ainda sobra muito para aquisição de propriedades de altos custos. Onde moram? Em grandes condomínios luxuosos, cercados por seguranças móveis; carros blindados; patrimônios como: fazendas; haras; casas no exterior, etc. Criam editoras, gravadoras, justamente, para desviar o verdadeiro foco, que é a fonte de lucros sobre os “fieis”.
    Eu sei o quanto é doloroso o meu esforço para levar o sustento alimentar, calçado/vestuário, lazer e saúde para minha família, que faz parte da igreja.
    O Senhor Eterno não seria contrário a si mesmo. Por exemplo: determinando a leva dos dízimos para pompar os templos, os pastores beneficiando-se das rendas enquanto os membros precisando de ajudas. Você conhece alguém que já precisou de ajuda e a denominação deu as costas? Eu sou filho do Senhor Eterno, dono do ouro e da prata. Ele mesmo não precisa de dinheiro, e muito menos que tome o seu nome em vão para solicitar dízimo em dinheiro. Seria uma blasfêmia.

  32. Pedro quis cicuncidar os gentis. Paulo interpelou Pedro dizendo que tal rito seria somente para os judeus. Portanto, os gentis não seguiriam nenhuma regra da lei. Outra coisa é lembrar que a lei teve o seu fim em João, e, principalmente na morte de Yeshua. Hoje, quem é o templo de Deus (Espírito Santo)? Não é cada crente individual??? Eu posso dizimar para mim mesmo? O Senhor Eterno, porventura, habita em casa construida pelas mãos dos homens? O dízimo era oferecido da renda da terra (alimentos). Alguém poderia dizer: _ Mas naquele tempo não havia dinheiro! Pois é, quem pensa assim, erra em linha reta. Havia dinheiro sim. Tanto, que José foi vendido como escravo por trinta moedas de prata para o Egito. Havia ou não havia dinheiro naquela época? E olha que o dinheiro já havia bem antes das leis escritas por Moíses.

  33. QUEM NÁ DÁ O DÍZIMO E OFERTA É AVARENTO AMA O DINHEIRO E DIZ PRA DEUS COM ESSA ATITUDE :”TU NÃO ÉS DONO DO MEU DINHEIRO”,E SAIBA DE UMA COISA QUE OS IRMÃO DO NT NÃO DAVA DEZ PORCENTO MAIS CEM . O MUNDO CONSPIRA CONTRA O EVANGELHO E PELO JEITO OS PRÓPRIOS CRISTÃO QUE USAM AS REDES SOCIAS PRA DIFAMAR E ENSINAR COISAS QUE AGRADAM A HOMENS. EU PREFIRO FICAR COM A BÍBLIA DO QUE FICAR COM PONTOS DE VISTA DE HOMENS QUE NÃO TEM MUITA MORAL.SOU DIZIMISTA E NADA VAI MUDAR MINHA OPINIÃO . SE O SENHOR JESUS SÓ MANDA EM ALGUNS ASPECTO NA VIDA DE UM HOMEN ENTÃO ELE NÃO É SENHOR DESSE TAL.QUANDO DIGO JESUS É MEU SENHOR ELE MANDA EM TUDO INCLUSIVE DAS FINANÇAS.

    • Ãmada…
      Quem ama o dinheiro são os FALSOS PASTORES que são capazes de deturparem a Palavra do Senhor em prol de suas ganâncias de riquezas e luxos! Quem cobra dízimo, ESCARNECE do sacrificio do Senhor! As ofertas da Igreja primitiva eram para socorro dos necessitados, NÃO para alimentar os luxos de CÃES GULOSOS! Leia a Bíblia e verás que o Senhor não tem partes com estes!

  34. amados, por favor, vamos tratar com mais amor e respeito todos os irmaos, independente de suas opinioes, mesmo porque, o senhor jesus nos ganhou atraves do amor e nao da lei, eu sou evangelista, e prego em qualquer igreja ou ministerio, desde que seja convidado, e uma das mais notaveis inteligencia de deus para com a igreja foi a determinaçao do poder que a igreja tem, dada por deus em mateus l8, l8. onde diz, tudo o que ligardes na terra , sera ligado nos ceus,ou seja o que dois ou mais determinarem em oração e assim ligarem na terra, sera ligado nos ceus, o que isto significa dizer que todo ministerio tem suas normas que devemos respeitar, e, em se tratando de ser membros ligados, nao podemos trazer ideias novas isoladamente sem antes passar pela aprovaçao da igreja, e se alguem quizer mudar alguma coisa sem a aprovaçao dos membros, estara pecando, porque nao estara ligada nos ceus, quanto a questao dos dizimos, se nos formos observar pela biblia, em seu contesto ezato, veremos que os dizimos nao sao para os dias de hoje, e o mesmo, nao pode ser aceito arbitrariamente por qualquer ministerio, sem antes ter feito uma aprovaçao ministerial, o que sendo aprovado será valido para efeito dentro deste ministerio, porque se trata de uma decisao de um corpo de cristo, e isto, nao compete irmao algum de outro ministerio que nao tenha esta opçao em criticar do outro, se voce esta contente com a tua igreja, glorifica a deus, se voce paga os dizimos e e feliz, glorifica ao sehor, e se o teu ministerio nao tem este costume ligado em oraçao e voce nao da dizimos, da glorias a deus, porque, se voce paga, ao sehor paga, e se nao, ao senhor nao da, em tudo dai glorias a deus, agora, quanto aos irmaos que defendem uma ou outra posiçao, devemos lembrar que, voce tem o direito de pregar a biblia como ela e, e nao como outros falam, fora dos ambitos ministeriais de quem quer que seja, sem ofensas e sem rancores, levando em consideraçao o respeito ao anjo das igrejas que sao os ungidos do senhor, ou seja cada um tem o direito de escolha, se voce quer ser dizimista, va para uma igreja que adotou esta pratica com base em mateus l8,l8, ese voce nao se sente bem em ser dizimista, procure uma igreja onde tambem, foi feita a opçao ministerial e nao dar o dizimo, pesso a todos que respeitem o pastor caio fabio, independente dos seus pecados do passado, bem como, tambem pesso o profundo respeito, aos irmaos que optam por serem dizimistas, como ex. sao os das assembleias de deus e outras, que de uma forma ou outra contribuem em muito para aexpansao da palavra da salvaçao, cada um esteja inteirado dentro da suaconvicção espiritual, mesmo porque, o espirito lhe deus junto a igreja este poder e privilegio, sendo assim,encerramos tudo dentro doamor, ou seja, nada pela lei,que ja se foi, mas pela graça imerecida que nos foi dada, quero reinterar, amados que desta forma, voce sera um excelente pregador da palavra de deus, amando e sendo amado, respeitando e respeitado, sem jamais denegrir o irmaos que custou o sangue de cristo, ao pastor caio, que prega contra os dizimos meu respeito, ensine e pregue,mas destro doseu ministerio, aos irmaos e pastores que sao dizimistas meu respeito, ensinem e preguem, tudo com base em mt l8,l8 dentro dos seus ministerios, e assim iremos para o ceus e receber de deus o futuro evangelio eterno que deus dara a todos nos, e aqui termino enviando a paz do senhor jesus a todos, meu nome e aloisio david de oliveira, sou evangelista, e dentro daquilo que deus me concede faço a obra do senhor, moro em acrelandia no estado do acre, e conto com as orações de todos amem.

  35. acho que a maioria dos pastores amaldicoa que não entrega o dizimo. outros afima que Deus não vai abençoar aquele que não abrir mão do “seu tudo”. acho que pressionam a entregar sempre batendo na tecla de Malaquias 3:10 dizendo que nós roubamos a Deus quando não entregamos o dizimo. os textos de Malaquias 3:8-10 têm sido interpretados e aplicados incorretamente pela maioria das igrejas cristãs. conforme Malaquias 3:8, são os sacerdotes ministradores e não o povo. Consequentemente, os que são amaldiçoados em Malaquias 3:9 são os sacerdotes, por terem quebrado a Antiga Aliança. Quando comparada com Números 18:21-24 e Neemias 10:37-b, a interpretação comum de “trazei todos os dízimos à casa do Senhor” tem se transformado numa terrível mentira, já que se utilizam do texto para aplicar as ovelhas quando se deveria aplicar aos pastores (sacerdotes).Malaquias tem apenas 4 capítulos, leia completamente de uma só vez e verá que Deus queria que todo o Israel, todo o Jacó escutasse esta mensagem porque todos estavam envolvidos, direta ou indiretamente, com as suas causas e conseqüências.Deus contra os sacerdotes arrogantes e desonestos. o dízimo foi ordenado à nação especial de Deus, Israel, e SOMENTE a Israel (Levítico 27:34; Números 18:23-24; Deuteronômio 12:5-6,11; Hebreus 7:5). Até mesmo os dízimos dos prosélitos (convertidos não israelitas) não tinham permissão de entrar no Templo.

  36. Perfeito sua explicação, um abraço.

  37. Valdecir da Silva disse:

    Sou cristão e professo a fé católica e estou na mesma comunidade há 35 anos. Sempre fui contrário a Ml 3,10 e outros textos do AT. Vejo o dízimo com um necessidade para manutenção da igreja (contas de energia, água, telefone, salário do padre e funcionários da igreja, manutenções,…) e penso que o dízimo deve ser entregue de acordo com a disponibilidade do fiel (condição financeira, coração, consciência e grau de envolvimento com a igreja e com o Evangelho), pois, nem todos pode dispor de 10% do que ganha e há aqueles que podem dar um pouco mais e, é como diz São Paulo, só deve comer quem trabalha, …

  38. Caio Fabio talvés Malaquias 3:10 nao se encaixe mesmo na sua vida, mas Ezequiel 13:1-16 cai como uma luva pra você…

    • Daniel Rodrigues disse:

      é… porque se continuar lendo ezequiel 13:17 até o final vai reparar de que tipo de profeta ezequiel está falando.

      Do tipo que laça as almas, do tipo que é mercenário, que se vende “por um pedaço de pão”.

  39. eston jabes barbosa de miranda disse:

    PERGUNTO A ESSE TAL CAIO FABIO QUE ACHO QUE E ATE DESRESPEITOSO CHAMAR DE PASTOR, COMO DEVE SER FETIO A MANUTENCAO DA CASA DE DEUS? COM DINHEIRO PUBLICO? NAO PODEMOS JAMAIS IGNORAR ALGUM TEXTO DA PALAVRA DO SENHOR ELA E SOBERANA NAO PODEMO OMITIR ESSE TEXTO E O TEXTO AUREO SOBRE O DIZMO DEVEMOS SIM ENTREGAR O DIZIMO PORQUE SE NAO INVALIDA O RESTANTE DO VERSICULO COMO VAMOS FAZER PROVA DE DEUS ? E O UNICO VERSICULO NA BIBLIA QUE NOS DA O DIREITO DE FAZERMOS PROVA DE DEUS, SERA QUE 10 % VAI TE DEIXAR POBRE MAS POBRE FICAMOS QUANDO ROUBAMOS DE DEUS, COMO SE PAGA AGUA , LUZ , COMO CONSTRUIMOS OS TEMPLOS SEM DINHEIRO ? DEVEMOS TER O CUIDADO DE FALAMOS TAL ASSUNTO SE VOCE NAO TEM FE P/ DIZIMAR NAO CRITIQUE,SEM TEM DUVIDA ORE E O ESPIRITO SANTO TE ESCLARECERA , E SE TEM FÈ DIZIMA E FAZ PROVA QUERO VER SE DEUS NAO IRA TE RESPONDER .

  40. Mariane E. Jeverson Regly disse:

    O Dizimo realmente não é obrigatorio, é uma questão de fé, se voce tem fé que vai prosperar e o seu coração esta crendo nisso, então Deus vai derramar dos ceus bençãos e nunca vai faltar nada no seu lar, Eu creio em Deus e fui sempre instruido por meu Pai a Dar o Dizimo, inclusive hoje dou 15% dos meus rendimentos e nunca, eu REPITO, NUNCA faltou nada no meu lar. DEUS é fiel comigo e com a minha familia. A Qeustão é pessoal e ESPIRITUAL, de cada um… Conheço muita gente que não é cristao e dá o dizimo, Infelizmente as pessoas olham para a vida uma das outras, em Vez de olhar para cima… Ninguem deve julgar ninguem…

  41. Sinceramente! estou muito desiludido com este pastor, se é mesmo pastor. Como pode na boca de embaixador de Cristo sair tamanha eresia? Existe muito pouca diferença entre o Israel do Velho Testamento e o do Novo Testamento. No passado ao povo estava prometida a terra de canaã. E para nós está prometido um céu, Como este pastor acha que os pastores se devem alimetar, se a eles cabe únicamente o dever de cuidar do rebanho de Cristo? Se fores na realidade pastor, o senhor sabe que o dever real ou no verdadeiro sentido da palavra, ser pastor é cuidar únicamente do rebanho de Deus. Um pastor nunca se deve envolver em outros negócios. Pense bem antes de manipular a mente das pessoas. O diábo está a te usar para deturpar a mente das pessoas.

  42. Moisés Felix disse:

    Segundo ele não, segundo a bíblia Sagrada. O Dízimo era para os Levitas, para seus sustentos. Mudando-se a Lei mudar-se o sacerdócio, e Lei Levítica foi abolida com o sacerdócio de Jesus Cristo. O dízimo passou a ser um pacto entre Deus e os israelitas. Era bilateral. Só teria validade com a aceitação e cumprimento de ambas as partes. No novo testamento só faz alusão a ofertas, e se falar de dízimo é contra. Os pastores usam as passagens que falam de oferta, dizendo ser dízimo, quem dá dízimo está debaixo da Lei judaica. Nós estamos na nova aliança em Cristo, se for para dar é oferta, e mesmo assim para ajudar os necessitados e carentes, que sempre é esquecido. Nós temos que imitadores de cristo, e cristo nunca pediu dizimo, e quando pedia oferta, nem pegava no dinheiro, mandava distribuir com os pobres.

  43. Concordo plenamente com que Caio Fabio mencionou se for para seguir ordem do velho testamento ou seja ml 3,10 melhor então ´Jesus morreu em vão.O Deus Dízimo é uma vergonha nos pulpitos,já existem até obreiros designados para pregar e obrigar com palavras chaves o Dízimo que cura, que transforma, que batiza, que abre portas e janelas,e ainda dizem mascaradamente que quem não dá o dízimo tá roubando à Deus. Melhor é obdcr então a Lei e não a Graça. por isso muitos vende tudo e dá aos lobos, depois mora de aluguel e acusa Deus. Toma uma dosagem de estudos sobre o Dízimo,(leia ML.3.8-12 – refere-se as bênçãos materiais
    que Deus prometeu a Israel,se ela obedecesse seus mandamentos e estatutos. O Dizimo não tinha nada a ver com o dar dinheiro regulermente. Quer dizimar realmente compre uma terrinha
    segundo as escrituras ,produza seu gado,sua lavoura, plante e colha,procure um levita que seja realmente sacerdote e a sustente como no templo de Jerusalem. Onde Deus ordenar literalmente. Não se prenda em absurdo,Jesus aboliu o sacerdocio levitico, sacrificio de animais,festas religiosas.etc etc.Servir à Deus Pai , Filho,Espto Santo,não tem dinheiro que se compara com a Graça de nosso Senhor. Esta é minha opinião.concordar e discordar é seu direito.Que esse Deus tão grande lhe abençõe em Cristo Jesus.

  44. Não nasci num lar evangelico, me converti depois e meu pr me ensinou sobre o dízimo, votos e ofertas, e nunca fui contra, deu certo porq prosperei, hj tenho 21 anos e conquistei minha ksa propria com 19 anos, conquistei meu trabalho q sou mt bem remunerado e tenho prosperado +, o Ml3:10 funcionou comigo "…e eu abrirei as janelas dos ceus e derramarei bençãos sem limites…" Paz do Nosso Senhor Jesus!

    • se tu axa!? pelo visto tu é um sabeTudo!

    • Sergio Jump Me responda uma coisa, se vc diz q as posses q vc obteve foram por causa dos dizimos e ofertas q vc deu concientemente, me diga entao como uma pessoa nao evangelica consegue ter muito mais riquezas sem dar um dizimo sequer, so com a força do seu trabalho. Vc dizendo q tudo o q vc tem foi graças aos seus dizimos vc esta dizendo q Deus eh corporativista e esta so do lado dos cristaos… mas isso nao eh o q eu vejo no dia a dia, os donos das maiores empresas do mundo nao sao evangelicos, nem muito menos seguem uma igreja ou denominaçao evangelica. Ou seja, Deus abençoa a todos e nao cobra nada de ninguem e nem quer q nenhum dos q ele abençoe fique se gabando por q deu algo q supostamente foi retribuido por ele… sendo q os demais conquistam com trabalho e esforço q Deus ajuda a conquistar…

  45. Jeferson Gomes de Souza disse:

    olá bom dia!
    quanto ao dízimo,acredito que se fosse para aplicar em alimentos e distribuir aos povos espalhados pelo mundo,no exemplo:africa,angola e outros países mais necessitados,onde a fome e a miséria imperam.
    deveríamos sim dar o dízimos e outras coisas mais,para subsistência daquelas pessoas!
    o dízimo e as primícias foram estipulados por Moisés para o sustento daquelas pessoas israelitas,até que se chegasse o Cristo prometido hoje vemos um monte de igrejas que pedem o dízimo,trízimo,ofertas,primícias,oferta a oração desejada,enfim um comércio de promessas de bençãos a olho nu. esses hipócritas fariseus,Judas dos dias de hoje,traidores!
    nem eles entram no reino dos céus e nem deixam os que querem faze-lo.
    Jesus já pagou os salmos os profetas e as leis! não devemos mais nada,apenas a Fé em Cristo Jesus. pois ninguém será justificado pelas obras da lei.entendam!!
    da graça decai todos que praticam as obras da lei,não se metam novamente ao julgo da servidão com que Cristo nos libertou! não voltem ao tempo antes de Cristo,não decaiam da graça vivam pela Fé Jesus prometeu que no mundo teríamos aflições e não prosperidades!
    as igrejas que prometem prosperidades,são demoníacas,LIBERTEM-SE do julgo da servidão
    apenas confiem em JESUS CRISTO e quando quiserem orar,entrem em seus aposentos e levantem oração em silêncio e em secreto,e teu Pai que está no céu e que tudo vê,te recompensará!foi o próprio Sr Jesus Cristo quem falou,DEUS NÃO HABITA EM TEMPLO FEITO PELAS MÃOS DE HOMENS!
    isso é edifícios em forma de igrejas,por favor acordem não percam suas salvações confiando no homem fraudulentos,hipócritas,fariseus e Judas de hoje.

  46. vc é dizimista e orgulhosa ta agradando muito a Deus o orgulho é de Deus

  47. Em parte ele está certo. Pois o dizimo realmente existiu para Israel, ou melhor, ML 3.10 é justamente uma imposição de Deus com relação aqueles que estavam sonegando o sustento dos sacerdotes e levitas. E naquele tempo não havia moeda (espécie – Dinheiro), então, o dizimo (decima parte) era trazida de tudo o que se podia, e principalente dos alimentos do campo, dos animais etc. Com relação a sua prática nos dias de hoje, a Igreja de Cristo não está obrigada a dá o dízimo, ou que exista passagens que diga isto. É tanto que, nem Paulo e nem Jesus Cristo ensinaram nada e nem criaram ameaças ao cristo sobre o Dizimo. Ressalto que, hoje em dizia a impsição é humana, e quem ganha com isto são justamente os pastores pecaretas e desonestos para se enriquecerem como há no Brasil. Agora, para o cristão consciente, ele pode e deve levar à Igreja o seu dizimo ou oferta desde que seja sem constrangementos, ou um pastor que diz quem não dá o dizimo é ladrão, no mínimo deveria ir para cadeia, pois Deus nunca disse e nem autoriza tais comportamentos. Se há cristãos que dão seus dizimos e ofertas também não estão errados, pelo contrário, estão contribuindo para a obra de Cristo. Ora, a Igreja precisa pagar suas necessidades como: alugueis, água, luz, salários de pastores e obreiros etc. e de onde vem isto se não dos dizimos e ofertas dos irmãos.

    • Mais Jesus nao mandou construir nem um templo, ele mesmo disse que derrubaria! e pq o homem institui isso entao? pra seus proprio proveito, isso vem desde de constantino!

    • Belíssima explicação o do nosso amigo José roberto !!

    • Alfredo Rosa Mendonça Quando Jesus disse que derrubaria o Templo (E REERGUIRIA EM TRES DIAS)Ele dizia do seu próprio corpo.

    • gostei do seu esclarecimento. tá muito actual pena ke as pessoas acabem por ficar fanaticos de tanta relegiao.obrigado por este momento

      • Susana Se Deus permiti eu vou mostra a voçê porque tem muita gente fanatica.
        Quem escolhe? Deus ou nós?
        Essa pergunta tem levantado acirrados debates teológicos. Somos nós que escolhemos ser salvos ou é Deus, em Sua soberania, que escolhe quem Ele quer? Será que todos tem oportunidade de salvação?
        A princípio talvez sua resposta seja: “somos nós que escolhemos, afinal todos tem oportunidade”. Mas será que é isso mesmo que a Bíblia ensina? Vamos analisar os textos bíblicos e depois você poderá responder com mais precisão.

      • A Bíblia não diz que Deus amou o mundo?
        Sim, com certeza!
        João 3:16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
        E amar o mundo não significa escolher todas as pessoas do mundo?
        Não! Veja o que Jesus falou sobre Seus discípulos:
        João 15:19 “Se vocês fossem do mundo, o mundo os amaria por vocês serem dele. Mas eu os escolhi entre as pessoas do mundo, e vocês não são mais dele. Por isso o mundo odeia vocês.”
        Então não somos nós que escolhemos a Deus? É Ele que nos escolhe?
        Exatamente. Assim Ele diz: joão 15:16 “Não foram vocês que me escolheram; pelo contrário, fui eu que os escolhi para que vão e dêem fruto e que esse fruto não se perca.”
        Quando Ele nos escolheu? Antes da criação do mundo.
        Efésios 1:4 “Antes da criação do mundo, Deus já nos havia escolhido para sermos dele por meio da nossa união com Cristo, a fim de pertencermos somente a Deus e nos apresentarmos diante dele sem culpa…”
        Mesmo sendo Deus que nos escolheu, será que Ele não nos escolheu por que sabia das nossas obras futuras?
        Não, pois a salvação não depende das nossas obras, mas sim do plano e da graça de Deus.
        2 Timóteo 1:9 “Deus nos salvou e nos chamou para sermos o seu povo. Não foi por causa do que temos feito, mas porque este era o seu plano e por causa da sua graça. Ele nos deu essa graça por meio de Cristo Jesus, antes da criação do mundo.”

      • Tem algum exemplo na Escritura que mostre isso?
        Sim, Jacó e Esaú são um bom exemplo de que Deus não leva em consideração as obras de ninguém na hora de escolher.
        Romanos 9:11-12 “Mas, para que a escolha de um deles fosse completamente de acordo com o plano de Deus, o próprio Deus disse a Rebeca: “O mais velho será dominado pelo mais moço.” Disse isso antes de eles nascerem e antes de fazerem qualquer coisa, boa ou má. Assim ficou confirmado que é de acordo com o seu plano que Deus escolhe aqueles que ele quer chamar, sem levar em conta o que eles tenham feito. Como dizem as Escrituras Sagradas: “Eu escolhi Jacó, mas rejeitei Esaú.”
        Amar um e rejeitar outro antes de nascerem não é uma grande injustiça de Deus?
        De modo nenhum. Veja: Romanos 9:14-16 “Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia.”
        Que direito Deus tem pra agir assim?
        O direito que o Criador tem sobre aquilo que Ele cria.
        Romanos 9:20-21 “Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra?”
        Mas por que Deus escolhe uns e não escolhe outros?
        Porque quer mostrar o seu poder sobre os vasos da ira e também mostrar a sua glória nos vasos de misericórdia.
        Romanos 9:22-24 “E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para perdição, para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou, os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios?”

      • Acho que Deus pode escolher pessoas para muitas coisas, mas não para a salvação. Onde a Bíblia diz que é escolha para a salvação?
        Em várias passagens das Escrituras, veja um exemplo:
        2 Tessalonicenses 2:13-14 “Entretanto, devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados pelo Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade, para o que também vos chamou mediante o nosso evangelho, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo.”
        Será que não foi por que eu quis buscar a Deus que Ele me deu a salvação?
        Não, pois o homem natural, afastado de Deus, nunca o busca. Como está escrito:
        Romanos 3:10-12 “Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.”
        Sim, mas eu tive fé. A minha fé não veio antes da escolha de Deus?
        Não! Primeiro é preciso que Deus escolha a pessoa, para que então ela tenha fé.
        Atos 13:47-48 “Pois esta é a ordem que o Senhor Deus deu a nós, o seu povo: “Eu coloquei você como luz para os outros povos, a fim de que você leve a salvação ao mundo inteiro.” Quando os não-judeus ouviram isso, ficaram muito alegres e começaram a dizer que a palavra do Senhor era boa. E creram todos os que tinham sido escolhidos para ter a vida eterna.”

      • Mas a fé é minha ou é um dom de Deus?
        A fé é um dom de Deus!
        Romanos 12:3 “Por causa da bondade de Deus para comigo, me chamando para ser apóstolo, eu digo a todos vocês que não se achem melhores do que realmente são. Pelo contrário, pensem com humildade a respeito de vocês mesmos, e cada um julgue a si mesmo conforme a fé que Deus lhe deu.”
        E o meu arrependimento? Até o arrependimento tem que ser concedido por Deus.
        2 Timóteo 2:24-26 “E ao servo do Senhor não convém contender, mas, sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor; instruindo com mansidão os que resistem, a ver se, porventura, Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade e tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em cuja vontade estão presos.”
        Então ninguém pode ser salvo se Deus não permitir? Exatamente. Foi isso que Jesus falou. João 6:65 “E prosseguiu: Por causa disto, é que vos tenho dito: ninguém poderá vir a mim, se, pelo Pai, não lhe for concedido.”
        Há mais textos que falam isso? Sim. Veja: João 6: 37-39 “Todos aqueles que o Pai me dá virão a mim; e de modo nenhum jogarei fora aqueles que vierem a mim. Pois eu desci do céu para fazer a vontade daquele que me enviou e não para fazer a minha própria vontade. E a vontade de quem me enviou é esta: que nenhum daqueles que o Pai me deu se perca, mas que eu ressuscite todos no último dia.”

      • Então por que Jesus falou até por meio de parábolas? Não foi pra que todas as pessoas pudessem entender Sua mensagem?
        Muito pelo contrário, Ele usou parábolas justamente para que os que não foram eleitos não entendam, não se arrependam e, conseqüentemente, não sejam perdoados.
        Marcos 4:11-12 “Jesus disse a eles: —A vocês Deus mostra o segredo do seu Reino. Mas para os que estão fora do Reino tudo é ensinado por meio de parábolas, para que olhem e não enxerguem nada e para que escutem e não entendam; se não, eles voltariam para Deus, e ele os perdoaria.”
        Eu nunca tinha visto as coisas dessa forma. Pode me mostrar mais textos que mostrem isso? Sim. O apóstolo Paulo, após falar sobre o povo de Israel e mostrar que mesmo dentro do povo escolhido haviam escolhidos, fala sobre a época da igreja: Romanos 11:5-8 “A mesma coisa também acontece agora, isto é, por causa da graça de Deus, ainda existe um pequeno número daqueles que ele escolheu. Essa escolha se baseia na graça de Deus e não no que eles fizeram. Porque, se a escolha de Deus se baseasse no que as pessoas fazem, então a sua graça não seria a verdadeira graça. E isso quer dizer que não foi o povo de Israel que encontrou o que estava procurando. Quem encontrou foi apenas um pequeno grupo que Deus escolheu; os outros não quiseram ouvir o chamado de Deus. Como dizem as Escrituras Sagradas: ‘Deus endureceu o coração e a mente deles; deu-lhes olhos que não podem ver e ouvidos que não podem ouvir até o dia de hoje.’ ”
        Deus endurece o coração e a mente das pessoas?
        Sim, Ele endurece o coração e a mente de quem quer quando isso é necessário para cumprir Seu plano.
        João 12:40 “Cegou-lhes os olhos e endureceu-lhes o coração, para que não vejam com os olhos, nem entendam com o coração, e se convertam, e sejam por mim curados.”
        Pode mostrar algum exemplo disso na Bíblia?
        Sim. Faraó é um bom exemplo de alguém que teve o coração endurecido por Deus.
        Êxodo 9:12 “Porém o SENHOR endureceu o coração de Faraó, e não os ouviu, como o SENHOR tinha dito a Moisés.” Romanos 9:17-18 “Porque, como está escrito nas Escrituras Sagradas, Deus disse a Faraó: “Foi para isto mesmo que eu pus você como rei, para mostrar o meu poder e fazer com que o meu nome seja conhecido no mundo inteiro.” Portanto, Deus tem misericórdia de quem ele quer e endurece o coração de quem ele quer.”

      • Tenho uma dúvida: Judas Iscariotes era um escolhido?
        Não, Judas não era um escolhido. Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus fala que eles foram escolhidos, exceto Judas.
        João 13:16-19 “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: o empregado não é mais importante do que o patrão, e o mensageiro não é mais importante do que aquele que o enviou. Já que vocês conhecem esta verdade, serão felizes se a praticarem. —Não estou falando de vocês todos; eu conheço aqueles que escolhi. Pois tem de se cumprir o que as Escrituras Sagradas dizem: ‘Aquele que toma refeições comigo se virou contra mim’. Digo isso a vocês agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vocês creiam que ‘EU SOU QUEM SOU’.”
        Pedro fala que Judas se desviou para ir para o seu próprio lugar.
        Atos 1:24-25 “E, orando, disseram: Tu, Senhor, conhecedor do coração de todos, mostra qual destes dois tens escolhido, para que tome parte neste ministério e apostolado, de que Judas se desviou, para ir para o seu próprio lugar.”
        sso quer dizer que algumas pessoas já estão predestinadas para a condenação?
        Veja: Judas 4 “Porque se introduziram furtivamente certos homens, que já desde há muito estavam destinados para este juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de nosso Deus, e negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo.”
        Se é assim, então quer dizer que Deus criou essas pessoas para serem condenadas? Exatamente. Provérbios 16:4 “O Senhor fez tudo para um fim; sim, até o ímpio para o dia do mal.”
        Existem muitos escolhidos? Jesus disse que não. Mateus 22:14 “Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos.”
        E os escolhidos podem perder a salvação? Não, pois ninguém pode arrebatar as ovelhas da mão de Jesus, e nada pode nos separar do amor de Deus, pois é Ele que nos justifica.
        João 10:27-29 “As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão. Aquilo que meu Pai me deu é maior do que tudo; e da mão do Pai ninguém pode arrebatar.” Romanos 8:38-39 “Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” Romanos 8:33 “Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.”
        Mas há pessoas que abandonaram a fé cristã. Elas não perderam a salvação?
        Não, pois na verdade nunca foram salvas. A Bíblia diz que são como porcas que foram lavadas e voltaram para a lama. Jesus diz que nunca conheceu essas pessoas. Mesmo que tenham feito milagres, expulsado demônios e profetizado em Seu nome, nunca foram Dele. 2 Pedro 2:20-22 “Portanto, aqueles que chegaram a conhecer o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e que escaparam das imoralidades do mundo, mas depois foram agarrados e dominados por elas, ficam no fim em pior situação do que no começo. Pois teria sido muito melhor que eles nunca tivessem conhecido o caminho certo do que, depois de o conhecerem, voltarem atrás e se afastarem do mandamento sagrado que receberam. O que aconteceu a essas pessoas prova que são verdadeiros estes ditados: ‘O cachorro volta ao seu próprio vômito’ e ‘A porca lavada volta a rolar na lama’.”

      • Mateus 7:21-23 “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade.”
        E o que acontecerá com aqueles que morreram sem conhecer a Palavra de Deus?
        Perecerão, pois a única forma de salvação é a fé em Cristo.
        Romanos 2:12 “Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados.”
        João 14:6 “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” Atos 4:12 “E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos.”
        Pode citar mais textos que falam sobre o assunto? Sim. Aí estão: Efésios 1:11-12 “… havendo sido predestinados, conforme o propósito dAquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da Sua vontade; com o fim de sermos para louvor da Sua glória …” 1 Tessalonicenses 1:4-6 “Sabendo, amados irmãos, que a vossa eleição é de Deus; porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder … e vós fostes feitos nossos imitadores …” 2 Timóteo 2:10 “… tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus …” Tito 1:1 “… segundo a fé dos eleitos de Deus …” 1 Pedro 2:9 “Mas vós sois a geração escolhida … o povo adquirido …” Apocalipse 17:14 “… vencerão os que estão com Ele, chamados, e eleitos, e fiéis.” João 17:2 “Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste.” Efésios 2:8-9 “Pois pela graça de Deus vocês são salvos por meio da fé. Isso não vem de vocês, mas é um presente dado por Deus. A salvação não é o resultado dos esforços de vocês; portanto, ninguém pode se orgulhar de tê-la.” Atos 18:27 “… o qual, tendo chegado, aproveitou muito aos que pela graça criam.” Romanos 8:28-30 “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.” Mateus 19:25-26
        “Ouvindo isto, os discípulos ficaram grandemente maravilhados e disseram: Sendo assim, quem pode ser salvo? Jesus, fitando neles o olhar, disse-lhes: Isto é impossível aos homens, mas para Deus tudo é possível”.

      • Daniel 4:35 “Para ele, os seres humanos não têm nenhum valor; ele governa todos os anjos do céu e todos os moradores da terra. Não há ninguém que possa impedi-lo de fazer o que quer; não há ninguém que possa obrigá-lo a explicar o que faz.” Isaías 45:7 “Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu sou o Senhor, que faço todas estas coisas.” Mateus 11:27 “Tudo me foi entregue por meu Pai. Ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.” Filipenses 2:13 “Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.”
        Nesse estudo aprendemos que é Deus quem nos escolhe, e nos escolhe entre as pessoas do mundo. Descobrimos que Ele opera em nós tanto o querer quanto o efetuar, que é poderoso para endurecer o coração de quem quer, e ter misericórdia de quem quer, pois, assim como um oleiro, Ele tem poder sobre o barro para, da mesma massa, fazer um vaso para honra e outro para desonra, segundo a Sua vontade.
        Vimos também que a escolha foi feita antes da criação do mundo, e não levou em conta as nossas obras, nem boas nem más. Deus fez Sua escolha de acordo com o Seu plano. O homem natural não pode nem quer buscar a Deus, pois a própria fé é um dom de Deus, e o arrependimento tem que ser concedido por Ele.
        Aqueles que o Pai deu a Jesus inevitavelmente irão a Ele, e os que vão a Ele jamais serão lançados fora. Os eleitos nunca perecerão, pois ninguém pode arrebatar as ovelhas da mão de Jesus e da mão do Pai.
        Espero que você seja fortalecido na fé em saber que é de Deus que depende a nossa salvação, e que Ele merece todo o crédito e todo o mérito pela obra realizada em nós. Glória somente a Deus!

    • pois é Jose, concordo plenamente com vc sobre voluntarios, porem o q na pratica acontece é o constrangimento e extorsao, o dizimo como é dito nessas "igrejas" é a maioro mentira vivida nos nossos dias dentro da religiao, o pior é o povo "fanatico" nao questiona, nao se informa e nap é enganado é idiota por vontade propria e um otimo exemplo a nao ser seguido, e esses "pastores" que o inferno os abrace. kkkkkk , afinal nao passam de salafrários que viram na religiao uma forma simples de enriquecer.

    • Nos tempos bíblicos existia dinheiro sim, algumas taxas (*) para o Templo só eram aceitas em forma de dinheiro (Shemot-Êxodo 30:14-16 e 38:24-31).
      (*) ver mais abaixo sobre estas taxas anuais: Imposto de meio shekel do Templo.
      O dinheiro era utilizado para comprar sepulturas (Bereshit-Gênesis 23:15-16). O dinheiro era usado para comprar bois para serem oferecidos em sacrifícios. (II Samuel 24:24).
      Era utilizado para pagar tributos vassalos. (II Reis 23:33,35). Era utilizado para comprar imóveis (Jeremias 32:9-11). Para pagar salários (II Reis 22:4-7).
      Entretanto, D-us estabeleceu que somente as pessoas ligadas à produção agropecuária deveriam trazer dízimos.

    • certíssimo amigo, gostei.Templo não é para cristão mas para o povo pagão…

    • naquela época havia"dinheiro corrente" sim o dinheiro é mais antigo o que vc pensa aff
      havia ate casa de cambio na casa do tesouro que não era ha igreja hoje

    • A paz de Cristo José Roberto de Melo gostei de sua explicação sobre o dízimo,só gostaria de lembrar um equivoco cometido por você em relação as nações ter moeda corrente ou não na epóca de Cristo e muito antes de Cristo,até mesmo antes da lei dos dízimos,ô meu amado dá para escrever um grande livro só com versículos que provam a existência do dinheiro,vou lhe fazer lembrar que José do Egito foi vendido por dinheiro, ele proprio mandou colocar o dinheiro de seus irmãos na boca dos sacos, Abraâo comprou sepultura com dinheiro,os dízimos quando não dava para levar eram vendidos e o dinheiro levado para o local onde se ia oferecer o banquete aos pobres,viúvas e orfãos e aos levítas e lá se comprava outros cereais e animais para a refeição,Jesus foi vendido por 30 moedas ,Jesus mandou dar a cesar o que era de Cesar olhando para uma moeda com com a esfinger de Cesar,Neemias mandou arecadar dinheiro para pagar os pedreiros o seu salário,viu..Se eu continuar citarei mais de 100passagens Bíblicas com a confirmação da existência do dinheiro em tempos até mesmo antes da lei mosaica,tá perdoado talvez você esqueceu destes fatos amém?

      • O dízimo, segundo a Palavra de Deus

        Em nenhum lugar nas Escrituras Sagradas você vai encontrar pessoas devolvendo dízimos em dinheiro. Na Bíblia, o dízimo está associado a cereais e rebanhos, ou seja, frutos da terra em geral. Antes do período da lei, Abrão (mais tarde chamado Abraão) deu os dízimos dos bens que havia conquistado dos inimigos (Gênesis 14:16-20) durante uma batalha. Melquesedeque saiu ao encontro de Abraão porque era rei de Salém, e recebeu o tributo. Isso aconteceu uma única vez e não há mais registros de que Abraão tenha dizimado depois.

        Quando as Escrituras Sagradas começaram a ser redigidas (por volta do ano 1500 antes de Cristo), o dinheiro (em hebraico כסף) já existia, conforme Gênesis 17:12, Deuteronômio 14:25, Êxodo 12-44, Números 3:49, 1 Reis 21:2, etc. Apesar disso, o povo deveria seguir as determinações de Deus e dizimar apenas dos rebanhos e cereais, conforme escrito em Deuteronômio 14:22, Levítico 27:30, Êxodo 34:2; 26, 1 Samuel 8:17, etc.

        “Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do SENHOR; santas são ao SENHOR.” (Levítico 27:30)

        Desse modo, as pessoas que exerciam outras profissões, tais como artesãos (Êxodo 31:3-5), copeiros e padeiros (Gênesis 40:1-2), carpinteiros e pedreiros (II Samuel 5:11), músicos (I Reis 10:12), alfaiates (Êxodo 28:3), mestres-de-obras (I Reis 5:16), ourives, pescadores, mercadores, coletores de impostos, guardas, cozinheiros, não poderiam dar dízimos, mas apenas ofertar.

        Na Bíblia, Deus não recebeu dízimo em dinheiro, apesar de existir o dinheiro, e ninguém pode provar o contrário. Observe:

        “Separem o dízimo de tudo o que a terra produzir anualmente. Comam o dízimo do cereal, do vinho novo e do azeite, e a primeira cria de todos os seus rebanhos na presença do Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher como habitação do seu Nome, para que aprendam a temer sempre o Senhor, o seu Deus. Mas, se o local for longe demais e vocês tiverem sido abençoados pelo Senhor, pelo seu Deus, e não puderem carregar o dízimo, pois o local escolhido pelo Senhor para ali pôr o seu Nome é longe demais, troquem o dízimo por prata, e levem a prata ao local que o Senhor, o seu Deus, tiver escolhido. Com prata comprem o que quiserem: bois, ovelhas, vinho ou outra bebida fermentada, ou qualquer outra coisa que desejarem. Então juntamente com suas famílias comam e alegrem-se ali, na presença do Senhor, do seu Deus.” (Deuteronômio 14:22-26)

        Como vimos, Deus não aceitaria a prata no lugar do dízimo, ou seja, o dinheiro no lugar dos frutos da terra, mas permitiria, por causa de uma longa distância, a troca do dízimo por prata, por ser fácil de transportar, mas com a condição de o dizimista (homem do campo), já no local indicado por Deus, comprar o que quiser para ali “comer do seu dízimo” e se alegrar na presença do Senhor Deus, o nosso mantenedor.

        Quem não era fazendeiro poderia colaborar com ofertas de alimentos, incenso, utensílios (Neemias 13:5) e também dinheiro:

        “E disse Joás aos sacerdotes: Todo o dinheiro das coisas santas que se trouxer à casa do Senhor, a saber, o dinheiro daquele que passa o arrolamento, o dinheiro de cada uma das pessoas, segundo a sua avaliação, e todo o dinheiro que trouxer cada um voluntariamente para a casa do Senhor,” (2 Reis 12:4)

        Algumas ofertas deveriam ser feitas obrigatoriamente em dinheiro, como a do arrolamento citado na referência acima, em obediência ao escrito em Êxodo 30:13-16.

        Consideradas essas coisas, podemos concluir que a igreja, no período atual, vem utilizando a palavra “dízimos” equivocadamente e fora do seu contexto original.

        Atualmente, muitas denominações ensinam que os crentes devem dar 10% do salário, caso desejem ter uma vida financeira abundante e intocada pelo devorador. Quem não dá o dízimo, dizem alguns, está sujeito à ação do devorador, é ladrão e está roubando a Deus. Para sustentar esse ensinamento equivocado, utilizam indevidamente o capítulo 3 de Malaquias, que não está dirigido à igreja, mas apenas à nação de Israel, sob o regime da lei (Malaquias 4:4).

        A Palavra de Deus nos ensina, no entanto, que toda maldição (inclusive a do devorador) foi desfeita com o sacrifício de Cristo (Gálatas 3:13), pelo menos para os que creem nisso. Porém se o crente ainda deseja se justificar pelas obras da lei, o tal permanece sobre o efeito de qualquer maldição (Gálatas 3:10), inclusive a do devorador.

        É importante esclarecer que o devorador não é um demônio, como alguns pensam, mas sim uma espécie de gafanhoto. Observe essa passagem:

        “O que o gafanhoto cortador deixou o gafanhoto peregrino comeu; o que o gafanhoto peregrino deixou o gafanhoto devastador comeu; o que o gafanhoto devastador deixou o gafanhoto devorador comeu.” (Joel 1:4) Nova Versão Internacional.

        As Escrituras Sagradas nos alertam para a possibilidade de passarmos até por alguns apertos. O próprio apóstolo Paulo padeceu necessidades, enfrentando até mesmo a fome, porque não tinha dinheiro:

        “porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.” (Filipenses 4:11-12)

        O profeta Malaquias não se dirigiu à igreja, do contrário Deus estaria entrando em uma irreparável contradição ao prometer bênçãos e prosperidade, mas ao mesmo tempo permitindo que os crentes, inclusive dizimistas, enfrentassem necessidades tão grandes, como as que Paulo enfrentou.

        Outra questão importante é acerca da legitimidade para receber dízimos (frutos do campo). Quem pode atualmente tomar dízimos, segundo a Palavra de Deus?

        “E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.” (Hebreus 7:5)

        Portanto atualmente ninguém no mundo tem autorização, segundo a lei, para tomar dízimos do povo. Nem mesmo entre os judeus legalistas em Israel, pois não há mais templo e levitas servindo como sacerdotes.

        Considerando que o dízimo só poderia ser dado por agricultores e criadores de rebanhos, e que o Senhor Jesus Cristo cumpriu toda a lei com perfeição e sem cometer qualquer tipo de pecado, podemos concluir que Jesus não dizimou no templo e nem cobrou dízimos de qualquer pessoa por dois motivos muito simples: o primeiro é porque Ele exerceu o ofício de carpinteiro (Marcos 6:3), e não de produtor rural; o segundo é porque não pertenceu à tribo de Levi, mas a de Judá.

        “Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.” (Hebreus 7:14)

        Desse modo, é incorreto afirmar que Jesus Cristo, em Mateus 23:23, esteja cobrando dízimos da igreja. Nessa passagem, o Senhor repreendeu duramente os escribas e os fariseus por se preocuparem com as coisas mínimas da lei, mas desprezarem as que importavam mais: o juízo, a misericórdia e a fé.

        “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.” (Mateus 23:23)

        Repare que o dízimo dado pelos fariseus e pelos escribas era constituído apenas de produtos do campo. Eles eram tão meticulosos que se preocupavam com coisas mínimas, mas esqueciam das mais importantes. Perceba que o Senhor Jesus não incluiu o dinheiro na relação, apesar de haver grande circulação de moedas romanas naquele tempo (Mateus 22:19-21).

        O fato de Jesus Cristo ter falado para os fariseus não omitirem o pagamento dos dízimos não dá respaldo algum para o pagamento de dízimos pelos crentes, e ainda mais em dinheiro. É preciso compreender que o Senhor Jesus está se dirigindo a pessoas que viviam sob o regime da lei.

        Dizer que a igreja deve devolver dízimos só porque a palavra dízimos apareceu no evangelho não é um argumento válido. Nem tudo que está no evangelho se aplica para a igreja ou para a sua vida. Por exemplo, o evangelho informa que o Senhor Jesus foi circuncidado ao oitavo dia (Lucas 2:21), mas isso não significa que você tenha que fazer o mesmo só porque esse texto está no Novo Testamento. Observe ainda a passagem abaixo, retirada também do evangelho:

        “E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra. Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.” (Mateus 8:2-4)

        Atualmente, se alguém é curado milagrosamente por Deus, o que recebeu a cura não precisa guardar segredo e nem muito menos pagar a oferta determinada por Moisés. Hoje ela deve contar isso para o maior número de pessoas, a fim de dar testemunho do poder do SENHOR para honra e glória de Deus.

        Para compreender as Escrituras Sagradas, é necessário obter inspiração do Espírito Santo, considerando o contexto, o momento histórico, os destinatários, costumes locais (como rasgar as vestes, lançar poeira para o alto), etc.

        Na Bíblia não existe qualquer mandamento para a igreja no sentido de arrecadar dízimos e muito menos que esses dízimos sejam dados ou devolvidos em dinheiro.

        Todavia, encontramos algumas instruções no sentido de a pessoa contribuir para socorrer os mais carentes (1 Coríntios 16:1-3). Hoje, as contribuições podem ser utilizadas para alimentar e vestir os mais necessitados, distribuir exemplares da Bíblia e mensagens de evangelismo, possibilitar a pregação da Palavra de Deus nos pontos mais distantes (existem custos), permitir o funcionamento dos locais de reunião (limpeza, água, luz, aluguel), custear a vida sem extravagâncias de obreiros (Mateus 10:10; 1 Timóteo 5:18) que vivam exclusivamente em prol da obra de Deus. Se o obreiro de Deus possuir emprego, há recomendação bíblica para que não seja pesado aos demais. Tudo deve ser feito com muita transparência e temor a Deus.

        O valor a ser destinado para a obra é pessoal (2 Coríntios 9:7), conforme a renda (1 Coríntios 16:2), liberal (2 Coríntios 9:5) e, por mais incrível que pareça, dentro das possibilidades financeiras (2 Coríntios 8:12), a fim de que não se sobrecarregue financeiramente (2 Coríntios 8:13). Leia as referências bíblicas indicadas e constate por si mesmo.

        Ao observarmos o capítulo 4 de Atos, do versículo 32 ao 35, não encontraremos qualquer indício de que a igreja primitiva devolvesse dízimos. Segundo as Escrituras Sagradas, os membros possuíam todas as coisas em comum. Quando chegava um novo convertido, este vendia suas herdades, apresentava o valor diante dos apóstolos e dos demais e imediatamente o valor era dividido entre todos, inclusive entre os membros, de acordo com a necessidade de cada um, o que justifica o fato de não haver necessitado na igreja. Esse modelo de igreja acabou muito rápido.

        Colabore com a sua congregação, ajude sua família, socorra os mais necessitados, faça tudo dentro das suas possibilidades.

        O “dízimo em dinheiro” foi inventado no século V, pela igreja Católica, embora essa prática tenha adquirido força somente a partir do século VII. É importante lembrar que a igreja evangélica surgiu da católica, o que justifica o fato de esse procedimento ter sido preservado, juntamente com alguns outros incorretos.

        Atualmente, o dízimo em dinheiro é mais comum nas Américas e em parte da Europa. No Brasil, é difícil encontrar uma congregação que não mencione o dízimo, mas isso não é motivo para não congregar.

        “Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.” (Eclesiastes 11:2)

        Espero que o Espírito de Deus possa falar melhor ao seu coração.

     1 5 6 7

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 445,807 comentários no Notícias Gospel.