Home » Brasil, Destaque

Editora lança a “Bíblia do diabo” no Brasil com história sobre romance

Avatar de Redação Gospel+ Por Redação Gospel+ em 18 de janeiro de 2011

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Editora lança a “Bíblia do diabo” no Brasil com história sobre romance

Criado no século XIII, o Codex Gigas (Livro Gigante) é o maior manuscrito medieval sobre o qual se tem notícia no mundo, com 90 cm de comprimento e 75 kg. O fato de trazer em seu conteúdo uma ilustração do demônio tornou-o conhecido como “A Bíblia do Diabo”. Segundo historiadores, homens da Igreja e alquimistas procuravam a iluminação – ou o caminho para as trevas. Diz-se, ao longo dos séculos, que teria sido escrito em uma única noite, trazendo poder a quem conseguir tocá-lo.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Diante deste tema é natural que surjam em todo o mundo especulações sobre a origem do manuscrito – ainda cercada de mistérios – como também sobre quem o escreveu e com que motivos. O fascínio pelo Codex Gigas deu início, também, ao livro A Bíblia do Diabo (Editora Planeta, 512 pág, R$ 49,90), de Richard Dübell. A trama combina mistério, romance e suspense em torno da busca pelo manuscrito.

A partir de uma história real, o autor cria um romance pontuado por suspense contando sobre a busca e verdade sobre a bíblia do diabo. Conforme a trama se desenvolve, personagens ficcionais interagem com nomes históricos, entre eles o Cardeal Cervantes de Gaete (Arcebispo de Tarragona), Melchior Khlesl (bispo de Wiener Neustadt e, em seguida, de Viena), o Papa Clemente VIII (Pontífice da Igreja Católica de 30 de janeiro de 1592 a 5 de março de 1605), John Dee e Edward Kelley (alquimistas ingleses e astrólogos da corte do imperador Rodolfo II), entre outros.

Segredos e influência

Em um convento semidestruído na cidade de Boêmia, em 1572, Andrej, aos oito anos, é testemunha de um terrível banho de sangue: dez pessoas, entre elas seus pais, são assassinadas. Ele consegue fugir, levando o Codex Gigas, um dos segredos mais bem guardados da Igreja, que uma secreta sociedade dos monges quer proteger a todo custo – o convento abriga um documento que custou a vida de três papas e que parece ter o poder de anunciar o fim do mundo. Sete monges negros vigiam o grande manuscrito e matam todos aqueles que sabem demais a respeito dele.

Anos depois do massacre, um grupo de altos religiosos da Igreja Católica envia um padre à corte do imperador Rodolfo, com o objetivo de encontrar o exemplar original da Bíblia do Diabo. Para cumprir a missão, padre Xavier não hesita em usar os próprios contatos e influência aliados a uma capacidade singular de manipular qualquer um que se colocar em seu caminho.

Autor

Richard Dübell nasceu em 1962 e vive com a mulher e dois filhos em Landshut, na Alemanha. Depois de uma estreia literária de sucesso com seus dois primeiros romances, Der Tuchhändler (O mercador de tecidos) e Der Jahrtausandkaiser (O imperador do milênio), seu terceiro livro, Eine Messe für die Medici (Uma missa para os Medici), proporcionou ao autor integrar, pela primeira vez, a lista dos mais vendidos.

e Diário de Cuiabá



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

17 comentaram, comente você também!

  1. Deus que me livra ler esse livro.misericordia.prefiro nem saber o que tem escrito neste livro ainda mais sobre o demonio.

  2. sinistro,de tanto ver essas coisas eu tomo susto atoa

  3. Muito Panico! mais fica melhor na minha pra estudar

  4. mujito interessante, procurar sabêr mais sobre esse livro

  5. qwero ler este livro do comeso ao fim rsrsrsrrsrs

  6. Carol Oliveira disse:

    Sthéphanny agora fiquei interessada pra ler esse livro KKKKK

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 440,743 comentários no Notícias Gospel.