Home » Esportes, Internacional, Sociedade

Fãs criticam “promoção da homossexualidade” durante show do intervalo no SuperBowl 50; Entenda

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Fãs criticam “promoção da homossexualidade” durante show do intervalo no SuperBowl 50; Entenda

Na noite de ontem, domingo, 07 de janeiro, aconteceu o SuperBowl 50, a final do futebol americano, em San Francisco, Califórnia (EUA). E como acontece tradicionalmente, grande parte da expectativa estava direcionada para o show do intervalo, que reuniria os artistas Bruno Mars, Coldplay e Beyoncé. Porém, muitos dos fãs do esporte se queixaram de haver apologia à homossexualidade durante a apresentação dos artistas.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O evento, considerado histórico pelos fãs do esporte, começou com homenagens a todos os jogadores que foram eleitos os mais valiosos nos 49 anos anteriores. Na sequência, Lady Gaga – conhecida por ser uma entusiasmada militante LGBT – interpretou o Hino Nacional dos Estados Unidos.

O jogo transcorria disputado, até que no intervalo, o show passou a incomodar os fãs mais conservadores por causa das luzes coloridas que ornavam o palco e os mosaicos formados pelos espectadores.

Ao final do show (foto), o mosaico planejado pelos organizadores do evento expunha a marca da militância LGBT com a mensagem: “Creia no amor”. No Twitter, as reações foram imediatas e inconformadas.

Nos Estados Unidos, com a população amplamente cristã e boa parte conservadora, a ideia de um dos símbolos da cultura nacional – o futebol americano – ser usado para promover a homossexualidade, não foi bem aceita.

NFLGay1

“Porque eles têm que promover a homossexualidade durante o show do intervalo? #éfutebol”, escreveu Koyie Duft.

NFLGay2

“Entãããão, nós vamos ignorar o fato de que o show do intervalo do SuperBowl enviou uma clara mensagem homossexual?”, questionou a usuária que usa o apelido God Princess (princesa de Deus).

NFLGay3

“Toda a performance do show do intervalo tentou foi promover a homossexualidade”, queixou-se o usuário JetIsBad.

NFLGay4

“Um show de intervalo em um jogo de futebol não é o lugar para expressar sua homossexualidade”, opinou Max Murphy.

NFLGay5

“Eles estão, seriamente, promovendo a homossexualidade. O show do intervalo do SuperBowl morreu”, lamentou Siciid Shire.

NFLGay6

“Não se pode mais assistir ao show do intervalo sem que a homossexualidade seja imposta sobre todos nos Estados Unidos”, protestou Jaxson Blair.

NFLGay7

“Esse show do intervalo se parece com um festival pró-homossexualidade”, escreveu John Varona.

O jogo

A disputa entre os dois melhores times da temporada da National Football League (NFL) aconteceu entre Denver Broncos e Carolina Panthers, este segundo apontado como favorito por ter o jogador mais valioso (MVP) da temporada e por ter perdido apenas um jogo no ano.

Ao final, os Broncos (ex-time do quarterback cristão Tim Tebow) venceram por 24 x 10, de acordo com informações da ESPN Brasil, que transmitiu a partida.

Mais Lidas da Internet

Recomendado para Você - Gospel+

Comentários via Facebook

11 comentaram, comente você também!

  1. alguns loucos enxergam conspiracao em tudo.
    se usarem cores vibrantes, entao estao fazendo apologia a homossexualidade.
    inacreditavel a burrice de uns e outros.

  2. vermelho,azul,amarelo,verde,roxo,laranja,…cade o anil?são sete só vi seis!
    A turma da nova era ta dando a bunda e tanbém?

  3. O engraçado é que eles pegaram um símbolo que significa a aliança que Deus fez com o homem depois do dilúvio, para promover essa prática condenada pelo próprio Deus, (vemos isso no antigo e novo testamento).Colocaram o arco_íris em suas bandeiras para representar as “diversas formas de amar”, e em um ato de profundo desrespeito, zombam das coisas de Deus.
    A verdade é que esse mundo está completamente nas mãos do maligno, todos esses cantores, atores, a mídia em geral, trabalham para promover a agenda satânica que inclui; promover a homossexualidade, pedofilia, aborto e tudo o que não presta. Só Deus pra ter misericórdia, pois é daqui pra pior!

  4. A maligna ditadura gay em acao.

  5. é só bixixixe das bixixixas ainda bem que eles acordaram a tempo, podem ter certeza que isto não acontece duas vezes por, país sério

  6. Ora, mas as cores e a bandeira da comunidade homoafetiva não fazem referência ao arco-íris?

    Não temos culpa se as cores são bonitas e não temos culpa de acreditar no amor.

    Mas eu entendo os fanáticos: eles não suportam o brilho das cores, pois o mundo deles é em tom cinzento e triste, mesmo eles lendo na Bíblia o relato de Moisés falando de um arco-íris colocado nas nuvens como um sinal do amor de Deus.

    Evangélicos, saiam da caixinha, queridos; há vida e muitas cores lindas do lado de fora.

    • isso so vai parar quando o estado se unir com a igreja novamente.com novo papa o protestantismo vai abraçar o catolicismo.quando isso acontecer sera bom para todos.

    • Na verdade, quando você fala de amor no assunto homossexual, é pano de fundo pra falar de libertinagem, promiscuidade, sexo liberal é isso que esse grupo denominado LGBOSTAS uso ai vem esse falando de amor, vai direto ao assunto sexo pelo órgão excretor é isso que você quer dizer.

      • Amor “Eros” (carnal) X Amor “Ágape” (divino)

      • Paulo Freire,

        não sei se é este mesmo seu nome, mas você, pela mente estreita e visão rasa, limítrofe, grosseira que revela em alguns de seus comentários não te faz digno do nome do grande educador Paulo Freire. Como diziam os Mamonas “abra a sua mente, gay também é gente”, e, como gente, não vivemos só para sexo, que é parte diminuta em nossa vida. E lembre-se: nem todo gay faz sexo anal, mas todo pênis é órgão excretor.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 555,811 comentários no Notícias Gospel.