Home » Capa, Sociedade

Rede Globo ataca pastores evangélicos em cena sobre gay na novela Insensato Coração. Assista

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Rede Globo ataca pastores evangélicos em cena sobre gay na novela Insensato Coração. Assista

Foi ao ar na última segunda-feira, 18 de julho de 2011, uma cena polêmica na principal a novela da Rede Globo, ‘Insensato Coração’, exibido na horário com mais ibope da tv brasileira, 21 horas. Xicão Madureira, um dos personagens gays na trama, interpretado por Wendell Bendelack, ao conversar com a personagem Dona Sueli Campelo, interpretada por Louise Cardoso, afirma que seus pais o destratam devido a uma suposta influência de seus pastores.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“A minha mãe só fala comigo para me dar sermão, o meu pai nunca passou do bom dia e cascudo. Os dois vão na conversa do pastor da igreja deles e me tratam como se eu fosse o fim do mundo”

Para muitos evangélicos, todo o contexto da cena faz parecer que a influência de pastores fez com que os familiares do personagem Xicão se afastassem e destratassem o próprio filho devido a sua opção sexual, parecendo que os líderes cristãos incitam a homofobia e a guerra familiar, assim sendo eles a causa das desavenças. A novela que possui ao menos quatro personagens gays, não tem nenhum ligado a religião evangélica, portanto a razão da “barra” vivida por Xicão foi escolha dos autores da novela, os ateus Gilberto Braga e Ricardo Linhares. A cena foi exibida logo depois que a Globo mandou vetar a trama de um dos casais gays da novela e avisou aos autores para pararem de fazer constante apologia a PLC 122.

O Pastor Fabiano Alvarenga da Igreja de Deus no Brasil em Feira de Santana – Bahia, um dos primeiros a comentar e divulgar o video do capítulo no Youtube, se mostrou ofendido como pastor. “É inaceitável tal prática por um meio de comunicação tão conhecido e assistido que é a Rede Globo. Respeitamos todos os homossexuais! Apenas criticamos a prática homossexual, pois estamos em um país onde possuímos liberdade de expressão, como o ministro bem relembrou ao votar a permissão da marcha da maconha…” disse ele.

Nada contente com a forma sútil do ataque da Rede Globo, o pastor Silas Malafaia também demonstrou seu descontentamento com a cena, promovendo um movimento em sua página no Twitter: “Ja enviei um email a um dos donos da Rede Globo com meu veemente protesto contra o ataque feito aos pastores na novela. Proteste também. Manifeste-se contra novela da Rede Globo que ataca os pastores. Ligue para 40022884 ou envie e-mail na pág http://t.co/OIQ4fWU” e completou: “Não tenha medo de dar seu cpf. Estao usando isso para impedir a critica. Proteste 40022884 e envie email na pág falecomaredeglobo.globo.com”

Foram muitos comentários no vídeo postado pelo pastor bahiano, cristãos que também se sentiram ofendidos expressaram sua indignação: “não estou julgando mas os dias da Globo podem estar contados, vocês não estão se levantando contra pastores nem cristãos mas contra a Palavra de Deus. As portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja do Senhor jesus!”, afirma o usuário “Ministro Fael” na página. “É ridículo quererem generalizar as coisas e as pessoas. Sou cristã e não sou a favor do homossexualismo, mas não me levanto contra o homossexual, não o julgo, discrimino e maltrato, é um absurdo a tv querer generalizar isso e fazendo o que ela julga ser errado atacando outras pessoas também. Somos pessoas livres para escolher o que queremos ser e fazer de nossas vidas e cada escolha tem sua consequência seja ela boa ou ruim, mas não cabe a ninguém julgar isso…”, afirmou a usuária “Paloma Biscuit”.

Censura da Globo no Youtube

Rapidamente a própria Rede Globo retirou o vídeo do ar no Youtube reividicando os direitos autorais. Indignado, o Pastor Fabiano Alvarenga, responsável pela publicação do mesmo, questionou a reclamação da emissora por existirem vários outros vídeos dela publicados no Youtube que não foram censurados e revela ter recebido um e-mail do serviço de vídeos ameaçando a suspensão de sua conta caso envie mais conteúdo. “Podem suspender, mas em instantes estarei enviando outro,” desafia.

O Gospel + conseguiu salvar o vídeo do Pastor Fabiano antes que fosse apagado pelo Youtube a pedido da Globo. Ele pode ser assistido acima através do serviço Videolog ligado às empresas da Rede Record.

Insensato Coração VS Cristãos

Não é a primeira vez que a novela Insensato Coração fala sobre religião. Em um capítulo exibido no começo de Abril de 2011 a atriz Camila Pitanga e o ator Lázaro Ramos em um diálogo na mesa de jantar afirmam não achar certo que uma criança seja criada com ensinamentos ligados alguma religião. No diálogo os personagem falam em não “impor a criança a uma crença” e se dizem preocupados com a educação do filho por ele ser batizado em uma igreja católica. Assista:

Procurada sobre as polêmicas com o tema gay, a Globo afirma que televisão é um veículo de massa que precisa contemplar todos os seus públicos.

Fonte: Gospel +



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 454,768 comentários no Notícias Gospel.