Home » Brasil, Destaque

Famoso pastor Ariovaldo Ramos fala sobre como foi e o que sentiu durante seu divórcio

Profile photo of Cami França Por Cami França em 27 de julho de 2011

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Famoso pastor Ariovaldo Ramos fala sobre como foi e o que sentiu durante seu divórcio

Pastor Ariovaldo Ramos

O Pastor Ariovaldo Ramos, da Comunidade Cristã Reformada de São Paulo, falou ao livro “Divorciados longe dos muros das lamentações”, da escritora Virginia Martin, sobre como foi e o que sentiu quando se divorciou.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O pastor fala ao site a respeito da dificuldade em estar ao púlpito, que segundo ela por mais aceito e compreendido que seja pelos irmãos, ele ainda assim leva consigo um estigma e carrega em seus olhos a dor, mas ainda em meio as suas lutas interiores reconhece a graça de Deus em sua vida.

“As palavras que o Senhor tem me dito têm calado no coração de muitos irmãos e irmãs. E isso é um grande consolo. Mas, apesar disso, toda a vez que subo ao púlpito, que me é sagrado, sinto que, por mais aceito que eu seja, eu carrego um estigma, e não consigo tirar a dor de meus olhos, porque eu sei que eles estão certos, eu passei por algo que eles não querem passar e não sabem como isso pode acontecer com alguém que precisa estar no púlpito.” diz ele.

Veja o texto escrito pelo Pastor Ariovaldo ao livro:

O senhor quer se divorciar? Perguntou-me a juíza. O que deixava a situação ainda mais embaraçosa. Eu estava esperando por um juíz! Não, quem quer se divorciar é ela. Respondi!

O senhor leu os autos e está pronto para assinar o documento? Sim. Respondi, sem ênfase.

No fim, parece que era só disso que se tratava: assinar um documento.

Pronto! Meses de angústia, e de lágrimas, e de orações aparentemente não respondidas, como num passe de mágica, estariam resolvidos com uma assinatura! Eu estaria livre!

Mas quem disse que eu queria me ver livre do que quer que fosse?

Eu havia vivido mais de duas décadas só para isso. Com acertos, com erros, com pedidos e frases de perdão, eu vivi só para o casamento: todos os sins e todos os nãos que disse, os disse para continuar o casamento. Todo o processo de desmascaramento de minha imaturidade, e todo o processo doloroso de crescimento tinha como pivô o casamento.

Eu não queria me livrar disso… Eu não sabia mais viver sem isso!

Estava pronto para encaminhar a minha prole à vida, para viver a vida com quem, depois de muitas idas e vindas eu, realmente, queria viver.

O senhor já assinou? Ah! Sim. Está aqui. Respondi à voz que interrompia-me em meio a pensamentos em que eu tentava processar a minha dor.

Saí com aquele papel nas mãos, e aquele papel em minhas mãos era tudo o que eu conseguia sentir sem doer.

Não tinha idéia do que a estivesse acometendo. Não me importava! Ela quis o divórcio! Ela era a culpada!

Naquela altura eu não sabia que muita coisa iria mudar, e teria de mudar para que a esperança retomasse espaço em minha vida. A culpa seria repartida. Muita coisa que entendi resolvida por palavras ditas, ainda que com sinceridade, teriam de ser revistas por mim e em mim. Muita coisa que entendi ser de menor importância teria de ser revalorada. E muita dor que nunca entendi ter provocado teria de ser assumida.

O tempo passou! Superei! Não sem dor e não sem acabar por provocar dor em quem não tinha nada a ver com isso!

A Virgínia diz que é preferível estar no redemoinho do que no olho do furacão. Concordo! Mas do redemoinho a gente acaba por atingir gente que estava só assistindo ao tufão. E isso aumenta o lamento que a gente sabe que vai carregar.

Acalmou o meu coração! Mas se instalou um indisfarçavel medo.

PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

29 comentaram, comente você também!

  1. Acho bem interessante ler as defesas. Nao creio que existam culpados onde existem responsaveis. E isso que li no Ari. Responsabilidade! E isso que o faz livre de qualquer julgamento. A responsabilidade nos faz livres! Deus o auxilie a viver com as dores e amores deste corpo.
    Paz!

  2. Ari, vá a luta ! Caia na Graça, caia no Poder ! O Senhor é o Seu Pastor e NADA VC TERÁ FALTA ! erros? sim todos cometemos! acertos? sim, todos cometemos! mas o certo é que o divórcio é algo tão brutal, tão devastador, tão louco, tão desumano, tão surreal, que só quem passa sabe a dor que é… eu mesma estou passando por um. Mas quero ser julgada apenas pelo MEU PASTOR, JESUS. O resto, pouco me importa, agora tanto faz…

  3. ola paz do senhor

    sou um ex pastor deixei o ministerio apos minha separação em 2011 …refiz minha vida casei e tenho uma familia abençoada …continuo na mesma igreja…mais tenho hj um cartao de membro …e era pastor nesta mesma igreja…pastor nao pode ser divorciado… tem que ser exemplo… para os fieis…e sim muito dificiul mais se cristo se sacrificou pela humanidade …nos como lideres temos que nos sacrificar pelas ovelhas de deus… hoje me divorcio e continuo pastoreando daqui a alguns anos deus abençoa construo nova familia e mostro minha felicidade o membro que esta ali buscando a deus para solução de seu problema conjugal podera ver e seguir o meu exemplo…reflita nas exigencias biblicas para a vida pessoal de um pastor…DEUS ABENÇOE…

    • Existe isso, ex-pastor?
      Você consegue tirar a unção e o chamado de Deus?
      Caso fosse um mal exemplo independente de ser pastor ou estar sentado numa cadeira como
      ovelha. A graça nos basta.
      Tem muita gente vivendo debaixo do mesmo teto,pastoreando igrejas e separados de corpos,
      espancam os filhos, mais como ninguém vê, coisas de falsa aparência.
      Muita hipocrisia,legalismo,manipulação.
      se Davi tivesse nos dias atuais, o que diriam?
      Ser um exemplo, e imitar as atitudes de jesus, falar como ele, agir,pensar,estender a mão
      e não quantas vezes você caiu? seus erros? Se assim for meu irmão ninguém ta apto a nada, pois todos pecaram, e todos os dias pecamos, não vivemos mais escravizados no pecado.se for baseado em erros, aquele que não tem pecado, já se faz pecador, é mentiroso.
      Graça sobre Graça

  4. Gozado…lí quase todos comentários, só Deus pra entender cada pessoa, e concluir cada opinião, ai de nós se O Todo Poderoso se encerrace em sua palavra, ou seja, na última frase da Bíblia…o amém em Apocalipse, Deus não está preso a nada, o que ta escrito tá escrito pra nós, mas o oculto e não revelado é pra Deus, e quer saber? acho que essa coisa de casa não casa depois do divórcio ta em meio o abstrato, portanto só Deus pra julgar. Bem Pr Ari, liga não, não sei e não me interessa os detalhes que ocasiou o divórcio, mas Daví não desistiu depois que transou com Bate Seba e matar o Urías seu marido, cada caso é um caso, e toda regra tem exceções, quem sabe a do senhor é uma? como também acredito a minha ter sido….

  5. LEIA MEU COMENTARIO ACIMA E ENTENDERÁ MELHOR O QUE FAÇO AGORA!
    Enfim, saiu meu divórcio, pensam que estou feliz? tinha tudo pra estar, mas a verdade é que; em 20 anos se constrói uma vida. Não falo de amor, pois o mesmo sempre não foi muito presente, exceto para com meus filhos, razão de suportar tanto, o que acontece hoje creio ser ênfase demais ao casamento. Quando convertí a 26 anos anos atrás, era fogo puro, minha vida era só monte, jejum e oração, fiquei mais de 5 anos solteiro na Igreja, queria ser um santo literalmente, então meu pastor da época, (por ética não direi o nome) só sabia incentivar os jovens a se casarem, eu que já era orfão, não pensei muito, e esse foi meu ERRO E MEU PECADO CAPITAL…o fogo foi se apagando de tanto gelo que era a “ex”. Com quase 3 anos de casado veio minha filha, daí um ano e dez dias meu filho, pronto…selei minha dor e sofrimento, pois o amor a eles fôra (e é até hoje) tão grande quanto o desprezo da mãe deles por mim. Agora só agradeço a Deus por ter me dado forças até aquí, pois hoje meus filhos já estão criados e de maior idade, já voam sozinhos, e o melhor, no caminho do Senhor e Deus Único. O triste do divórcio é que para acabar em paz, você tem que sair levando só algumas roupas e a inseparável Bíblia…foi o que eu fiz, deixei tudo pra meus filhos e a mãe deles, não é de fato uma fazenda ou uma mansão, mas apenas o suor de 20 longo anos… AGORA UMA PERGUNTA QUE INTRIGA TANTO…será que um Deus amoroso, justo e fiél, Aquele que diz…”não é bom que o homem viva só…” será que Ele não daria uma segunda chance pra ambos tentar serem feliz em uma nova união? Paulo também disse…”é melhor casar que abrasar-se…” creio que isso é para solteiro ou divórciado…homem é homem…claro que; como disse o Pastor Caio Fabio: “O divórcio é um remédio amargo demais, e só deve ser ministrado ao paciênte em estado terminal”, o fato é que muitos “farizeus e hipócritas” preferem ver o paciênte morto…
    Aleluia, obrigado meu Deus pela segunda chance, a glória agora será maior…agora aprendí a lição…tinha muito mais, mas basta, Deus o abençoe Partor Ari.

  6. Só sabe como é quem passa (ou já passou) pela situação. Só quem está no meio da tempestade tem propriedade pra falar. De resto, não se metam, não julguem. Estão cometendo um erro ainda pior.
    Cada um dará conta de si. Não temos o direito de opinar.
    Este texto está aqui pra ajudar os que têm passado pela mesma situação e, se não é o seu contexto de vida atual, siga adiante com sua vida. Nem perca o seu tempo julgando alguém que está passando por uma situação que você não conhece nem mesmo 1% da dor que é…

    Enfim, Deus é amor. Se não há amor (sim, ele pode morrer mesmo em um casamento ‘cristão’) qual é o propósito do casamento? Acreditar que ele pode renascer como uma Fênix que é sim uma utopia.

    • concordo plenamente , quem nunca viveu a situação nao tem o que julgar, só que ta passando por este problema sabe o grande dilema que é.
      Eu sou cristã ah 18 anos e conheci meu marido na igreja que visitava, nao sabia que era casado e tinha duas filhas e com o tempo ele veio me dizer que a amizade que a gente tinha um pelo outro estava ficando muito forte e que o relacionamento dele de 10 anos estava em crise, ele com a sabedoria o incensitivei a se manter no casamento e fazer um proposito com Deus e que se algum dia fosse pra gente fica junto que Deus iria preparar tudo. Porque naquela epoca meus pais eram tudo na minha vida, e nunca passo na minha cabeça deixa-los sozinho . Passou se um ano e ele veio fala comigo e disse que nao teria mais jeito seu relacionamento que ele tento fez de tudo, mas a mulher sempre fria e sempre o rejeitava, e complicado pra um homem isso, eu fui criada numa familia antiga e jamais imaginei que iria amar tanto alguem que estava casado, e olha aconteceu um reboliço dentro da minha casa, uma coisa assim realmente inacreditavel de acontecer, minha mãe ate tento me matar, me mando embora, do nada uma filha que lavava, passava, cozinha, cuidava da casa dela, do marido dela, trabalha e estudava…. eu sei que pirei e sai de casa e quem me deu a maior força foi ele Antonio meu marido hj, hj estamos juntos 1 ano e meio e sou a mulher mais feliz do mundo estou gestante, vai nascer semana que vem meu nosso filho, estamos firme com Deus e temos hj a vida que sempre sonhamos, aos pés do Senhor. Tem certas coisas que a gente tem que passar, pra aprendemos a crescer espiritualmente e como gente mesmo…..

      Entao pessoal nao JULGUEM ninguem , pois Deus sabe que faz na vida de cada um

  7. Bem, caro Ari, eu não sou absolutamente ninguém para condenar/julgar a sua separação e, acredito na importância que é o casamento e a quem se escolher como cônjuge. Não sou vidente e nem profeta pra dizer que sua esposa irá voltar, e acredito que a oração mais certa neste caso é a de que SEJA FEITA A VONTADE DE DEUS. Somos humanos e somos falhos. Erramos, pecamos e, principalmente, fazemos muitas escolhas erradas. A grande verdade é que, mesmo estando na presença de Deus, nem sempre estamos livres de errar; é da nossa própria humanidade. Sou completamente a favor do casamento e, acredito que no caso do divórcio, realmente há exceções. Não me refiro apenas à morte ou à traição. A perda do amor é uma coisa que machuca e não adianta estar com alguém que não seja por amor e que em nome de Jesus o Senhor possa consolar o coração do Ari e calar os “julgadores” que “supostamente” estão livres do erro, ou até mesmo do divórcio.

  8. É…não é fácil achar o motivo de um divórcio, mas as causas são claras e evidentes, no meu caso tudo começou com a palavra…NÃO… “não te perdôo”, “não te dou minha vagina, ainda que a Bíblia diz que é tua…”, procure na rua ou zona “não tô afim”, “não gosto mais docê”, -te odeio…já ouví isso várias vezes após tentar uma reconcíliação, concluí que não dava mais, isso após mais de 2 anos de separação de corpos e quarto…agora chega, basta, chega de farça, surportei até ver meus filhos já criados e voando com as próprias asas, tem muito mais, mas deixa pra lá…

    • Pastor segue tua vida , meu irmão tem mulher que não merece um homem de Deus , merece um crapula , isso que é verdade , e mais passei o que vc passou , e quando me divorciei ..começaram as criticas , nme arrumaram im monte de mulher ,,,,vou te falar uma coisa segue tua vida meu irmão e companheiro de ministério Deus é contigo .

  9. Pedr Paulo Paganini disse:

    Gildenia gostei do seu comentário.
    Em Mateus 19 Jesus disse que a única situação em que ambos os cônjuge tem o direito de dar a carta de divórcio e por conseguinte ter o direito de casar-se uma segunda vêz é em caso de traição.
    Em nenhum outro caso ambos tem o direito de se casar novamente, caso venham se separar, exceto após o óbto de uma das partes.
    Infelismente os Cristâos, em geral, estâo mudando a verdadeira interpretação da Bíblia, que é a palavra de Deus, visando seus próprios interesses.

    • você esta enganado irmão!!! Jesus não disse que traição seria atenuante para o divórcio ou seria a permissão. disse sim que a unica coisa que daria motivo para separação e consequentemente o divórcio seria dureza do coração. Neste caso o divórcio é apenas um dos casos, e o motivo de não sermos salvos é justamente endurecer o coração…

      • Gostaria de argumentar, o que tem haver salvação com casamento/ divórcio?
        Paremos de querer exercer o papel de juíz, estamos em tempo de graça, haverá sim o juízo, e glória a Deus que será através de Jesus nosso justo juíz.
        Não esqueçam, que a palavra diz que teremos muitas surpresas…..
        paz

  10. Gente, como Cristão que nos dizemos ser, sabemos que é a última hora e o ínimigo
    de nossas almas está vindo com tudo. O que está aconteceno conosco?
    Cristãos verdadeiros não podem nem devem se separar. Não há execessão. Priincipalmente
    quando se trata de Pastores. Conheço várias histórias de pessoas que tiveram problemas no casamento, até mesmo por causa de adultério, mas que foram firmes e não aceitaram essa conversa do ínimigo. Queridos, quando isso acontece entre incrédulos, já é ruim e tristes, maserá que não estamos vendo que entre o povo de Deus é escandalo e vergonha? O Pastor não deixará de ser Pastor, mas o ínimigo irá atrapalhar muito a liberação da unçao do Senhor Deus sobre sua vida. Irmão, Deus pode todas as coisa e ele não quer isso para seus verdadeiros filhos. Assinou os pápeis… tudo bem,,, mas não procure outra esposa. Confie, jejue, se humilhe diante de Deus e verá sua esposa retornar. Mas principalmente; espere em Deus. E todos nós lembremos; última hora, o ínimigo está mais do que nunca irado e vindo com tudo sobre as famílias, principalmente as Cristãs. Amadoseridos, se resolvem casar e estabelkecer famílias, zelem por elas com todas as vossa forças, para que depois não estejam a lamentar a separação que não é da parte do Senhor Deus.
    Pastor Ariovaldo, não sabia que o Sr. era separado. Mas sei que Deusa faz milagres, então continue a esperar no Senhor, sem desistir. Deus é bom e perfeito e fará a obra completa.

  11. Michelle Predes disse:

    Sei o tamanho da dor nesse assunto,pois já passei por isso,sei também da marca que carregamos,mas acima de tudo sei do amor e do cuidado de Deus que nos faz prosseguir e olhar a vida com outros olhos.Pastor,com certeza você já é um vencedor!!A paz

  12. momentos que ninguem gostaria de passar

  13. tô dicendo e ainda tem doido duvidando da força e o poder de nosso DEUS.Ary pois è todo nosso sofremento junto ainda é café pequeno.jesus tambem suportou isso ahi não desista meu irmão unos pasitos mas y el reino esta ahi aquel abrazo.

  14. fernando farias disse:

    to dizendo : Ary oSenhor nosso Deus é forte que tu nem imaginas,então tudo (sim tudo e Junto de uma lapada só )é café pequeno então…ainda ven o do reino OK aquel abrazo

  15. Puxa eu não sabia…estou perplexa…o pastor ARI é uma referencia na minha vida desde 2008 qdo o conheci numa CONFERÊNCIA PROFÉTICA em Recife-PE e vai continuar sendo!!! Nestes dias tenho ouvido uma ministração dele sobre A NOSSA IDENTIDADE EM CRISTO …ele diz que quando nós temos convicção da NOSSA IDENTIDADE nós não dependemos tanto dos nossos relacionamentos terrenos porque nós temos um relacionamento MAIOR que é com o PAI e esse RELACIONAMENTO sustenta os outros…essa ministração trouxe libertação na minha vida e na congregação. Vamos estar orando por ele.

  16. O senhor meu caro co-pastor Ariovaldo, foi de uma grandeza moral até no momento mais delicado de sua vida, ao assumir que parte da culpa por seu divórcio é sua também. É meu caro, um casamento é muito importante para ser desfeito por um único elemento. Serão necessários no mínimo dois (marido e esposa).

  17. gozado..qdo me separei após várias, 03 tentativas, é que entrei no olho do furacão – motivos, inclusive os 50% 50%- mas, Deus estava lá e eu o tomei pra mim como uma criança eu disse: é meu!
    O que eu senti? ELE disse: "É MINHA! EU PERMITO DIVIDI-LA!" Fui para o plano B.
    Hoje, eu admiro quem decide sair(n fui eu que fiz) daquilo que no mínimo(e era o caso do meu casamento) levava do nada a lugar nenhum!O que aquele casamento produzia, a meu ver, de nada Deus aproveitava.
    E quanto a dor produzida nos inocentes minha filha logo me disse : estou vivendo este momento como voce só que em outra posição mas não com outra opinião. 12 anos.E meu filho disse idem com outras palavras "vê se vc arruma logo alguém."09 anos ao presenciar eu me arrumando, esboçando um sorriso ao sentir a Esperança de viver o relacionamento que Deus queria.

  18. muito bom luciana seu commentário

  19. Vitor Del Rey disse:

    Interessante Ari…

  20. Luciana Souza dos Santos disse:

    Ah, este cenário todo nos remete a uma situação de viver, falar do amor de Jesus, da salvação, em dar aconselhamentos, falar da célula mais importante para Deus- a família – quando pregamos o que não vivemos”, mas não é verdade, só não vivemos porque o outro não quis, foi embora, foi ser feliz! Ah, mais apesar da frustração, o Senhor nos consola, o amor que vem do alto (apesar do nosso coração dilacerado) a ponto de achar que não vamos sobreviver, nos dá condição. de levantar e seguir olhando somente para o alvo e com a certeza que Ele nos ensina inclusive que o amor deixa partir. Que temos que dar, ainda que não venhamos a receber! Só quem vive esta situação sabe! Ainda que venha a nascer uma semente de revolta, de falta de entendimento, sabemos que o Espírito do Senhor que habita em nós, subjuga este maldito sentimento e creio, nos dará a oportunidade de amarmos e sermos felizes novamente ainda que pareça utopia! Ah Senhor como te amo e sou grata pela Tua morte que nos deu acesso ao Pai, Este Pai que tem este amor TAL, que apesar de eu morrer pelo meu filho, não deixaria ele morrer por outra pessoa,mas o Senhor não! Deu em sacrifício de amor por nós! Gratidão, eterna gratidão, somente isto!

  21. Precisamos da sabedoria de Deus, pois essa , é perfeita e eterna…

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 465,938 comentários no Notícias Gospel.

Da Internet e em Inglês para Praticar