Home » Capa, Política

Pastor Marco Feliciano se irrita ao ser entrevistado pelo CQC e ataca: “Idiotas, querem desgraçar a imagem de homens públicos”

Profile photo of Tiago Chagas Publicado por Tiago Chagas em 10 de outubro de 2011

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Pastor Marco Feliciano se irrita ao ser entrevistado pelo CQC e ataca: “Idiotas, querem desgraçar a imagem de homens públicos”

No último dia 06/10, o Pastor e Deputado Federal Marco Feliciano reclamou publicamente em seu perfil no Twitter de um desentendimento com o CQC (Custe o que Custar) da Band. Feliciano postou a seguinte frase: “Imagine se empenhar em 1 assunto sério de vida/morte, estar indo pra tribuna pra denunciar 1 crime e ser barrado pelas pegadinhas do CQC???”

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O Gospel+ entrou em contato com a assessoria de Feliciano e questionou sobre o ocorrido, e o Pastor respondeu afirmando que “eles (CQC) entram na Câmara dos Deputados, e ficam fazendo pegadinhas, perguntas capciosas, e quando você responde o correto, como já aconteceu comigo antes, eles ignoram e não passam na TV, mas quando um político erra, eles escracham, debocham e humilham”.

 

Feliciano se referiu no Twitter ao repórter mirim do programa, que o abordou fazendo perguntas que na verdade eram pegadinhas: “Como se fala o nome da capital dos EUA, New York ou Nova Iorque?”, “Quanto é 7 x 9?”, “Qual a data em q a cidade do Rio de Janeiro deixou de ser a Capital do Brasil?” e “Qual o País a Presidente estava visitando naquele momento?”.

O Deputado não escondeu a insatisfação com a situação. “Percebe a idiotice, a pegadinha, a malvadeza? Eu estava vindo de uma reunião seriíssima com o Ministro da Justiça, sobre o Caso do pastor Iraniano que esta condenado a morte, e indo pra o plenário pra denunciar um acontecido nos EUA, do menino Thomas de 8 anos adotado por lésbicas, q esta mudando de sexo, já se chama Thamy e tem o apoiamento dos “pais”, minha cabeça a mil, ai nos corredores das comissões uma criança com um microfone na mão quis me entrevistar. Pensei que era algo pra escola, ou sobre o dia das crianças, e de repente as perguntas idiotas”.

Feliciano não poupou críticas ao programa, dizendo que “o parlamento, o senado, o executivo, os ministérios, trabalham cada um em sua esfera, e os assuntos são inúmeros, incontáveis e diversos. É impossível a qualquer um que seja saber de tudo a todo o momento”.

O Pastor foi além dizendo que alguns segmentos da imprensa não dão valor à liberdade e fazem mal uso dela, e faltam com respeito em relação às instituições que governam o país. “Expor o parlamento ao ridículo é uma vergonha. Eu disse ao repórter apos acertar as duas primeiras perguntas, não me lembrar da terceira, e na quarta falar q a presidente estava na Europa e visitava vários países, que, se odeiam tanto o parlamento, que façam um manifesto público e fechem o parlamento, e se introduza uma vez mais a ditadura. Quem sabe assim ficarão felizes. Se esquecem que no período da ditadura, os repórteres desapareciam sem deixar vestígios, eram mortos, assassinados. A democracia é uma conquista do povo, mas não para ser usada pra achincalhar, humilhar ou expor alguém ao ridículo como se faz sempre. A democracia é liberdade sem libertinagem, é expor idéias com inteligência, respeito e não destruir algo que foi construído com sangue, suor e lagrimas”.

Feliciano afirmou ainda que pediu respeito aos repórteres e os questionou sobre o motivo de eles não veicularem as matérias em que os entrevistados acertam as perguntas. Segundo ele, a “resposta veio em silencio numa expressão facial de sarcasmo”. O Deputado encerra afirmando que “a intenção deles não é fazer um jornalismo com humor, e sim desgraçar a imagem de homens públicos, que salvo os que merecem punição e pra isso existe a justiça, trabalham e muito pelo bem dessa nossa linda nação”.



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

270 comentaram, comente você também!

  1. CONCORDO COM VOCE PR. MARCOS FELICIANO

  2. claro que o pastor tem todo direito de ficar chateado, esse pessoal não levam nada a serio.

  3. E O PESSOAL DAS ENCHETES E DESABAMENTOS.TA TUDO RESOLVIDO?

  4. ENQUANTO ISSO O ROUBO NA POLITICA CONTINUA, SEM HOSPITAL, MENORES NA RUA.QUEM FISCALIZA ESSES PASTORES QUE PEDEM DINHEIRO NA TELEVISAO E EM IGREJAS?

  5. APOIADO! esse programa é uma PODRIDÃO mesmo, talvez alguns até já se esqueceram das ''piadinhas''
    sem graça do RAFINHA BASTOS! isso é uma vergonha!

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 455,028 comentários no Notícias Gospel.