Home » Brasil, Capa, Mundo Cristão, Política, Sociedade

Em entrevista à CNT, pastor Silas Malafaia afirma que “a Bíblia é um livro de prosperidade” e desafia Jean Wyllys a provar acusações. Assista na íntegra

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Em entrevista à CNT, pastor Silas Malafaia afirma que “a Bíblia é um livro de prosperidade” e desafia Jean Wyllys a provar acusações. Assista na íntegra

O pastor Silas Malafaia concedeu entrevista ao programa Jogo do Poder, do canal CNT e falou sobre os diversos assuntos com os quais tem se envolvido publicamente.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Silas falou sobre as mudanças comportamentais da sociedade e a influência do crescimento da parcela da sociedade que se declara evangélica, e relacionou em parte o crescimento econômico e social do país ao aumento do percentual de evangélicos na sociedade.

Falando sobre teologia da prosperidade, o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo afirmou que esse assunto se divide em duas partes: “A Bíblia é um livro de prosperidade, não só material, financeira. Na Bíblia, prosperidade tem a ver com bem estar, alegria, paz, relacionamento com Deus, finanças. É um conjunto”, pontuou, e emendou afirmando que isso é diferente da pregação que enfatiza o enriquecimento: “O besteirol da teologia da prosperidade afirma que se você não é rico, você não tem fé”.

O líder da ADVEC disse que os princípios dos evangélicos são os princípios da Bíblia, e disse que a proposta é oferecer melhorias à sociedade: “Queremos levar uma mensagem que transforma a vida do homem para melhor”, frisou Malafaia.

Sobre o debate em torno do PL 122, Malafaia classifica o projeto como “lixo”, e diz se tratar de uma estratégia de setores organizados do movimento gay para buscar privilégios e “mamar” verbas públicas.

Em resposta ao deputado federal e ativista gay Jean Wyllys, que o criticou em entrevista ao mesmo programa uma semana antes e pediu a abertura das contas das entidades geridas por Silas Malafaia, o pastor o desafiou o ex-BBB a colocar suas denúncias “no papel e assinar”, para que “os desembargadores e integrantes do Ministério Público” que são membros de sua igreja, possam abrir investigação.

Próximo ao fim do programa, Silas Malafaia ressaltou suas diferenças com a liderança da Igreja Universal do Reino de Deus e classificou o apóstolo Valdemiro Santiago de antiético, por sua postura, ao oferecer “150% a mais” do que ele pagava à Band pelos horários da madrugada.

Assista no vídeo abaixo a íntegra da entrevista do pastor Silas Malafaia ao programa Jogo do Poder, da CNT:



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

156 comentaram, comente você também!

  1. Renan Wagner de Menezes Pinheiro disse:

    Eu me orgulho desse pastor ele é muito abençoado por Deus, eu não perco um capitolo dele na tv

  2. Visto que pode transformar simples pastores em mega empreendedores multimilionários… realmente… gera muita prosperidade… nem Flamel faria isso…

  3. Ministro Rúben Barnabé disse:

    A verdade é que a tal TEORIA DA PROSPERIDADE nem sempre é bem compreendida pelas pessoas. Uma coisa é você pregar a Prosperidade de forma abrangente, ou seja, ser próspero no amor, nos valores familiares, no social, etc., e outra é focar apenas Em Valores Financeiros e seus derivados. Quando pregamos a prosperidade financeira como marca de vida de um Cristão, estamos dizendo que do contrário não somos prósperos em CRISTO, em todos os outros termos. Sem muito a dizer, digo: Se pregamos prosperidade, que seja embasada no AMOR, pois é a única forma de convencer o homem de que quanto mais prósperos somos, mais iguais nos tornamos, visto que teremos tudo em comum, ou não é assim que devemos agir?
    Agora, do que adianta ter tanto, tão menos? Tem tanto dinheiro, mas tem nada de Amor no Coração. Veja quantos se tornam prósperos mas fazem tão pouco pelos seus semelhantes.
    Só me resta dizer: Valha-me Deus, por tamanha desigualdade dentro de um só SER!
    Se queres ser Próspero, que seja, acima de tudo, no AMOR!
    A DEUS, SOMENTE A DEUS, A GLÓRIA PARA SEMPRE!

  4. Tenho muito orgulho do Pr.Silas Malafaia, é isso aí meu pastor. Que Deus o encha de força.

  5. Bispo Edson de A. Sodré. Muitos crentes fazem comentários atacando ministros do Evangelho, em todo ensino trazido aos necessitados do alimento espiritual. ensinos feito com muito critério e sabedoria, pois o profeta Jeremias 3.15 Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência. Amados todo aquele chamado para o ministério e que não enterra o seu talento tem frutos para mostrar a quem aqui de boa mente quiser ver. E um dia diante do Senhor não ter as mãos vazias e poder receber do Senhor a palavra que está em Daniel 12.3 os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem a justiça, como as estrelas, sempre e eternamente. Essa promessa é para todo o ministro sincero, pois em provérbios 3.32 Porque o perverso é abominação para o Senhor, mas com os sinceros está o seu segredo. Os ministro de Deus lida com o sobrenatural de Deus, e ai está a diferença pois o homem de Deus tem a visão de Deus, ainda que tenha suas limitações e pecados pois ao sermos salvos não deixamos de ser pecador. Por isso muitos comentários sem a visão de Deus ao homem de Deus, e o Pastor Silas malafaia é um homem de Deus e que a muito tempo vem se preparando para nos entregar ensinos preciosos como tem feito ao longo de todos estes anos. não se esqueçam do que Jesus disse, Novo mandamento vos dou, que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. Sem amor é impossível agradar a Deus. Quero ressaltar que conheço o Pastor Silas Malafaia só pelos os programas da televisão, e tenho profundo respeito por seu trabalho. Fiquem na paz do Senhor Jesus.

  6. A prosperidade bíblica é basicamente espiritual e a prosperidade material e basicamente social. Ninguém que desejando ter um carro, uma casa, fazer uma viagem para o exterior, conseguirá simplesmemnte pedindo com fé a Deus em nome de Jesus. No sentido social é ppreciso ter um bom currículo para se ter um bom emprego e, dessa forma, ganhar um bom salário e, dessa forma, sim a pessoa terá condições financeiras para bancar suas regalias. Cristo diz em M t 19:21 que para ser perfeito é preciso vender tudo e dar aos pobres para se ter um tesouro no céu. Será que alguém está de fato e de verdade disposto a favorecer os necessitados com seus bens ? Em Jo 14:13-14 Cristo diz que tudo que pedirmos a Deus em seu nome assim ele fará, porém não se deve entender esse versículo isolado de Tg 4:3 e I Jo :14-15 ( veja que se pedirmos alguma coisa segundo "sua" vontade e não a vontade de quem pede ) caso contrário se entenderá que podemos manipular Deus por meio da fé. Deus realmente faz a nossa vontade ( Sl 37:4-5 ) quando estamos dispostos a ajudar os menos favorecidos.

  7. SIMPLESMENTE ESPETACULAR!! PERFEITO!!!

  8. Parabéns pela sabedoria. Sábio pela proeza em enganar todo mundo, usando bem as palavras na frente das câmeras para falar para um público e tê-lo como o bom pastor, o cara legal, hipócrita! quem não te conhece é que te compra, te defende, te dá dinheiro pro teu bolso, etc.
    Esse cara não entende nada de teologia, ele só usa a Bíblia para respaldar suas pregações tendenciosas. Cara de pau, ele é um tremendo ditador na sua igreja, instituiu (impôs) para todas as suas filiais darem dinheiro ao seu dirigente como presente, absurdo!
    Ele arrota arrogância em tudo que faz. Por isso fala que a Bíblia é um livro de prosperidade, porque sempre a usou para sobreviver.

  9. Wilson Guedes disse:

    Mateus 7 tem como título que o juízo pertence a Deus,bom sabemos que os títulos da escritura são simplismemte para organização dos textos inspirados.O 1º versiculo diz para não julgarmos para não sermos julgados e texto discorre nos orientando pelas palavras do próprio Jesus como devemos viver e nos comportarmos, no versículo 15 Ele nos alerta sobre falsos profetas e os compara à árvores,interessante que Ele fala de 2 árvores que dão fruto, só que uma da fruto bom e outra fruto ruim, vejam tudo é árvore e ambos dão fruto,no versiculo 21 Ele mostra que as duas “árvores” no caso Humanos;profetizam em nome de Jesus, expulsam demônios em nome de Jesus,fazem muitos milagres em nome de Jesus.O próprio Jesus diz abertamente que um destas árvores Ele nunca conheceu e fala para apartar-se Dele porque praticam iniquidade.
    Bem,amados, é díficil dizer que um Ser desses que profetiza,expulsa demônios,faz milagres tenha a natureza de satanás,porque quem pratica iniquidade é iníquo e é assim que satanás é chamado nas Escrituras.Agora vejam, se esses que fazem tal obra são chamados assim imaginem quem não faz nem isso.Queridos vamos deixar está responsabilidade para o Senhor é Ele e somente Ele que conhece os corações.O evangelho é trabalhoso requer renuncia e muito amor, mas mesmo assim é muito simples , devemos ir a todas as nações pregar o evangelho a toda criatura,batizando em Nome do PAI do FILHO e do ESPÍRITO SANTO e ensinando a cada um deste a guardar tudo aquilo que Jesus tem mandado.Queridos nem Silas nem Valdemiro nem Edir,nem Carlos nem tantos outros e coisa alguma,porque uns plantam outros regam, mas o milagre da fazer crescer e Deus quem faz.Devemos parar agora de fazer discipulos de homens e começar a fazer discipulos de Jesus para Jesus, se não, Ele não volta e se voltar pode ser que não o veremos ou ouviremos o que não queremos ouvir.
    Fique na graça e na paz do Senhor.

  10. Parabéns Pr. Silas. Ainda bem q temos alguém pra falar por nós.

  11. conhecereis a verdade e a verdade vós libertara.

  12. esse ai gosta de aparecer mais do que o tal jesus de vcs .

  13. 18 Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça.
    19 Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.
    20 Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;
    21 porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
    22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,
    23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
    24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
    25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
    27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
    28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
    29 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade;
    30 sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais;
    31 néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia;
    32 os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam.

  14. Bíblica Do Brasil disse:

    A Oferta Bíblica

    O que era a oferta de 2 Coríntios capítulos 8 e 9?

    Quero por meio desta, apresentar refutações bíblicas para a Teologia da Prosperidade pregada por muitos televangelistas brasileiros e americanos.

    Vamos deixar a Escritura falar por ela mesma:

    1. A oferta que Paulo mencionou em 2 Coríntios 8 e 9 era:

    A. A participação na assistência aos santos (2 Co. 8.4; 9.1).
    B. O alívio para os necessitados (2 Co. 8.14).
    C. O suprimento para os necessitados (2 Co. 8.14; 9.12).
    D. O compartilhamento de bens com os necessitados (2 Co. 9.13).

    O autor sagrado em momento algum falou sobre oferta para manter o seu ministério, muito menos para sustentar programa de TV, cruzadas evangelísticas, viagens, projetos, ou condições para receber algum tipo de "unção".

    2. A oferta destinada aos crentes necessitados deveria ser doada deste modo:

    A. Voluntariamente (2 Co. 8.3,4,11,12; 9.2, 5).
    B. Com autodeterminação (2 Co. 9.2,5,7).
    B. De acordo com os bens (2 Co. 8.11,12).

    3. A oferta destinada aos crentes necessitados tinha estes objetivos:

    A. Dar alívio aos necessitados sem sobrecarregar ninguém (2 Co. 8.13).
    B. Viabilizar uma cooperação mútua entre os irmãos (2 Co. 8.14).
    B. Estabelecer a igualdade entre os irmãos (2 Co. 8.13-15).

    4. A oferta destinada aos crentes necessitados foi administrada da seguinte forma:

    A. Os irmãos de confiança das igrejas supervisionaram a ministração das ofertas (2 Co. 8.16-23).
    B. A oferta foi aplicada com transparência diante dos homens e de Deus (2 Co. 8.20,21).

    5. A oferta destinada aos crentes necessitados produziria estes efeitos:

    A. A colheita na mesma proporção do que foi semeado (2 Co. 9.6).
    B. As necessidades supridas dos ofertantes (2 Co. 9.8).
    C. O suprimento e multiplicação de sementes e o crescimento dos frutos da justiça dos ofertantes (2 Co. 9.10).
    D. O enriquecimento de todas as formas, para poder exercer a generosidade em qualquer ocasião (2 Co. 9.11).
    E. A gratidão e o louvor dos crentes necessitados em relação a vida dos ofertantes (2 Co. 9.12,13).

    Conclusão:

    1. A oferta era destinada para os crentes necessitados.
    2. A oferta deveria ser doada voluntariamente, de acordo com os bens e conforme o a determinação do coração.
    3. A oferta tinha como objetivo proporcionar igualdade entre os crentes.
    4. A oferta foi administrada por irmãos idôneos, confiáveis e respeitados por todas as igrejas, e foi aplicada com transparência diante dos homens e de Deus.
    5. A oferta que supriu as necessidades dos cristãos resultaria em provisão para os ofertantes.

    Aplicações bíblicas do texto:

    1. A oferta tem como propósito suprir a necessidade dos cristãos.
    2. A oferta só tem sentido se for feita voluntariamente.
    3. A oferta iguala o ofertante com o necessitado.
    4. A oferta tem que ser administrada com zelo, coerência, temor e transparência.
    5. A oferta garante ao ofertante suprimento e mais condições de oferta no futuro.

    A oferta no contexto bíblico foi para suprir apenas as necessidades dos cristãos. Qualquer que seja dito diferente da inteção do autor sagrado é HERESIA.

    Somente a Escritura!

    Pastor Renato Corumbá
    Igreja Bíblica do Brasil

  15. Que beleza de programa, não conhecia, parabéns

  16. Só conseguimos enxergar um homen de Deus quando se e homen de Deus pr silas vai nessa sua força continue com a sua cabeça erguida DEUS e com tigo vaso

  17. Jesus nos ensinou a barganhar com Deus e você diz que não se deve barganhar com de Deus! A quem devo seguir, a você ou a Jesus de Nazaré?

    Vejamos o que diz a Wikipédia: Barganha ou berganha é o ato de trocar, de forma fraudulenta ou não um objeto por outro.

    Lucas 6.38. “Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo”.

    Nestes versos o Senhor Jesus disse que deveríamos dar na expectativa de receber muito mais! Certamente você não é servo de Cristo, pelo menos neste quesito vc não serve a Jesus, ao contraio vc é inimigo dele… pois sua doutrina é diferente da dele… Ele ensina uma coisa vc ensina outra… neste quesito vc não é servo de Jesus, ao contrário…

    II Coríntios 9.6. “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará”.

    Cristo Jesus, usando a Paulo, diz que, quem der, deve DAR MUITO para RECEBER MUITO

    Cristo reafirmou: barganhe com Deus e barganhe muito… o que semeia em abundância receberá em abundância… entre você e Cristo vou ficar com Jesus… quem quiser lhe seguir que o siga… mais não pode seguir a dois Senhores… ou vc ou Cristo…

    Vc ao receber essa doutrina perdeu a Cristo, pelo menos neste quisto vc não é servo de Cristo… vc é servo de quem ensinou essa doutrina a vc… ou seja vc é servo de sua denominação, ou do seu curso de teologia ou do seu pastor ou do seu professor dominical… mas neste quisto vc não é servo de Jesus Cristo… não se engane…

    Você está em oposição a Jesus de Nazaré! Devo obedecer a você ou a Jesus de Nazaré?

    O seu ensino é contrário ao ensino de Jesus de Nazaré! Devo seguir a você ou a Jesus de Nazaré?

    Portanto barganhar é dar algo na expectativa de receber algo.

    Ele diz, barganhe com Deus, você diz não se deve barganhar com Deus… vc está em oposição ao ensino de Cristo… Cristo está em oposição a vc…

    Jesus diz, daí para receber; vc diz, não dê com a intenção de receber. Vc é contrário a Jesus e Jesus é contrário a vc… bem eu prefiro ficar com Jesus em vez de vc…

    Quem aceitar a sua doutrina de não barganhar com Deus estará desprezando a doutrina de Cristo… quem aceitar a doutrina de Cristo estará desprezando a sua doutrina, pois sua doutrina é oposta a de Cristo Jesus, sua doutrina está em inimizade com a com a doutrina de Cristo… vc e Cristo são inimigos pelo menos neste quesito…

    A sua doutrina de que damos por já está abençoado vai de encontro esse ensino de Jesus… a prova disso é que Ele mandou dar na expectativa de receber muito mais. Não haveria sentido em ficar na expectativa de receber muito mais se isso fosse de forma automática… Não haveria necessidade eu dar em abundância (dar muito) para ficar na expectativa de receber muito mais… pois se já tenho muito, pra que quero mais? Vê seus argumentos são fúteis…

    Ou seja, com Deus é exatamente isso toma lá, dá cá… Deus e vc estão em confronto neste quesito… sua doutrina pode ser razoável, humana, aceitável… mais está diretamente em confronto com a doutrina de Jesus… pois foi Ele quem disse:

    Daí se ser-vos-á dado…

  18. parabens pastor silas malafaia . gosto muito do seus conceitos, nem alto e nem baixo , mas em linha reta. Deus lhe abençoes

  19. Pastor, Deus está com você, gosto muito de suas pregações, pois a verdade precisa ser dita, doa a quem doer!

  20. Sou Batista , mais adimiro o Pr Silas, pois está sempre disposto a pregar e a defender os direitos dos evangelicos, logico não concordo em tudo com o que ele prega, mais é um pr de coragem , enquanto muitos não tem esta coragem, mais ama criticar.Continue firme no teu proposito Silas, Deus é contigo.

  21. Deus seja louvado! Brilhante!!!

  22. parabêms pr silas comtinui falando a verdade porque temos visto muitos pastores que ta si escondedo comedo de falar a verdade para agrada ao ser humano e nao a deus

  23. Pastor silas malafaia. naõ fique perdendo seu precioso tempo com esse oportunista politico. o que ele quer e mais privilegios, mas se depender do povo que preza a família como alicerce da sociedade, ele nao se elege nem mais p´ra sindico!

     1 2

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 432,213 comentários no Notícias Gospel.