Missão Portas Abertas

Missão Portas Abertas, ou “Open Doors” em inglês, é uma organização cristã interdenominacional voltada a ações de apoio a cristãos perseguidos que vivem em países onde o cristianismo é desencorajado ou reprimido pelo governo.

A Missão Portas Abertas foi fundada em 1955 pelo holandês Andrew van der Bijl, que ficou mundialmente conhecido como “Irmão André”, e se converteu enquanto lutava pelo exército holandês na Guerra da Independência da Indonésia. Após sua conversão, resolveu atuar na ajuda a cristãos que professavam sua fé em sigilo, e precisavam de bíblias.

A partir daí, o Irmão André decidiu contrabandear bíblias para cristãos nas mesmas condições em diversos países do mundo. Os primeiros anos de vida da Missão Portas Abertas estão registrados no livro “O contrabandista de Deus”, escrito pelo próprio Irmão André, e lançado em 1967. No Brasil, o escritório da missão foi aberto em 1978.

O logotipo da Missão Portas Abertas é formado por um sinal usado pelos cristãos da igreja primitiva, que usavam traços de um peixe entalhado em paredes de catacumbas romanas, para se comunicarem entre si. O símbolo foi escolhido pois as iniciais da palavra peixe em grego, ICThUs, formavam a frase “Jesus Cristo de Deus Filho Salvador”. Há ainda outro elemento no logotipo da Missão Portas Abertas, o arame farpado no dorso do peixe, que representa a falta de liberdade de culto de cristãos em países fechados ao cristianismo.