“Reis e Profetas”: série de TV inspirada em “Game of Thrones” vai contar história de Davi e Saul

1
9

Nos últimos anos, roteiristas e produtores de filmes e séries de TV têm se dado conta da riqueza da Bíblia Sagrada e aproveitado as narrativas para criar estórias. Longas-metragens como “Êxodo: deuses e reis” e “Noé”, além de muitos milhões de dólares, trouxeram consigo muitas polêmicas, devido às suas interpretações particulares das Escrituras. Agora, uma série de TV promete fazer o mesmo barulho.

Seguindo o sucesso da série “Game of Thrones”, baseada nos livros homônimos de George R. R. Martin, a emissora ABC anunciou que lançará, em breve, uma produção semelhante, porém, baseada nos livros I e II Samuel, do Velho Testamento.

“Reis e Profetas”, como será chamada a série, deverá causar choque nos cristãos mais ortodoxos: “Procuramos fazer uma série moderna. Esta é uma versão sem dragões de ‘Game of Thrones’”, comentou o produtor executivo Chris Brancato, em entrevista ao Entertainment Weekly.

A série, que deixará a fantasia de lado, focará no suspense: “É extraordinariamente violenta. É sexual. E é uma luta de poder entre dois homens. Nós não a vemos como uma história revisionista, nem como uma tradução literal [da Bíblia]”, alerta Brancato.

Inicialmente, a série estrearia em 2015, porém o projeto foi adiado para esse ano, para que a emissora refizesse as filmagens do primeiro episódio e a estreia deverá acontecer em março.

A disputa entre Davi e o rei Saul serão contadas de forma prática, considerando que o então músico amadurece, se torna um guerreiro e, depois de ser perseguido, alcança o trono.

“Quando você está falando de Davi, você está falando de um homem que é reverenciado por quase metade da população do planeta […] Ele é o modelo de realeza. Seus cursos de sangue nas veias são de Jesus Cristo. E, no entanto, eu acho que isso é o que o torna tão fascinante, ele é profundamente falho. Ele é vaidoso. Ele é vingativo. Ele é lascivo. Ele mata seus amigos e trai suas esposas. Ele tinha um monte de mulheres. Mas ele também ama a Deus, e Deus o ama. Na verdade, ele é o único personagem em toda a Bíblia que Deus dá um apelido. Deus o chama ‘O Bem-Amado’ e eu acho que é precisamente essa complexidade de seu caráter que vai chamar o público, quer se trate de uma audiência baseada na fé ou não”, resumiu Reza Aslan, produtor-executivo da série.

Confira um vídeo promocional da série:

1 COMENTÁRIO

  1. isso pode ser tudo, menos uma série bibica..
    apelar para sexualidade? enfatizando, produzindo e estimulando?..
    de onde vemos uma série bíblica, ter cenas de sexo licito?
    Deus tens misericórdia!!
    Jesus está voltando!!!

DEIXE UMA RESPOSTA