Home » Brasil, Destaque

Seminário Batista do Sul, um dos maiores do Brasil, pode ser fechado

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Seminário Batista do Sul, um dos maiores do Brasil, pode ser fechado

Depois de 94 anos de funcionamento o Seminário Teológico Batista do Sul (RJ) corre o risco de fechar. A má administração financeira que perdura há alguns anos é o motivo para que o seminário encerre suas atividades. Mas essa notícia não foi bem aceita por todos os alunos e professores da instituição.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Para que o seminário não feche, nem venda parte de sua propriedade para o pagamento de dívidas e salários de funcionários, alunos iniciaram a campanha “Eu amo o Seminário Batista do Sul” em um blog. Na página há um pedido de ofertas para o pagamento de débitos e auxílio para professores e funcionários que necessitam de um apoio. De acordo com o site, até o momento foram recebidos R$ 800,00 por meio de uma conta bancária, aberta especialmente para a criação deste fundo.

Mas a medida tem gerado polêmica e dividido opiniões entre professores, funcionários e alunos. A medida de emergência foi duramente criticada pelo professor Ezequias Amâncio.

Em um artigo o professor e pastor contou sua história dentro do seminário desde a época em que era estudante declarou “seu amor” pelo seminário, porém disse não apoiar a campanha, chamando-a de “ingênua” e “infantil”.

“Digo e repito que a campanha ‘eu amo o seminário do sul’ é ingênua e infantil porque certamente não serão as parcas doações de crentes sinceros que saldarão as dívidas e nem tão pouco elas serão suficientes para tornar ‘economicamente viável’ uma instituição centenária, mas que amealhou ao longo dos anos erros de gestão, apadrinhamentos denominacionais e que hoje convive em uma encruzilhada em ser uma ‘casa de profetas’ ou uma ‘casa de profissionais da religião’”, escreveu Ezequias Amâncio.

O professor ainda escreve que os recursos para pagar os débitos do seminário não podem ser resultado dos desvios de outras instituições. Ele propôs que primeiramente o seminário deveria fechar seus cursos para a realização de um balanço financeiro para o descobrimento dos dividendos e que reabra para cursos de pós-graduação e atualização pastoral em uma estrutura mais enxuta. Outra proposta feita por ele é que o Conselho do seminário analise a possibilidade de vender parte de sua propriedade.

Já para Cleudair Godoi, aluno do 5º ano de teologia, o seminário tem uma grande importância histórica e não pode ser fechado. Ele escreve no blog “euamooseminariobatistadosul” que mesmo com tantos esforços para a angariação de fundos para o seminário esse fato não gera nenhum tipo de reconhecimento por parte dos líderes.

Em relação à venda, o estudante escreveu: “penso que o modo mais vil de destruir a memória dos batistas do Brasil é prosseguir com essa ideia. O Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil tem cumprido seu papel a mais de 100 anos, formando lideres conhecidos e reconhecidos por nós, o povo batista brasileiro. Com a venda, ainda que parcial, estaremos interrompendo este processo. Nossas igrejas precisarão rever o perfil de seus futuros líderes ‘formados no seminário do sul’. As dificuldades na busca de novos líderes só tendem a agravar-se. Se está difícil, se tornará ainda pior”.

Até o momento a direção do seminário ainda não decidiu o futuro da instituição. O seminário já formou 3.000 alunos em Teologia, Música Sacra, Educação Cristã e Pedagogia.


Com informações de Creio



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

20 comentaram, comente você também!

  1. A todos os Leitores:

    Infelizmente estamos vivendo dias aonde o dinheiro tem reinado em todos os meios da historia da humanidade, e por incrível que pareça não é de se assustar, pois no meio do povo de Deus também tem ocorrido, nossas igrejas e patrimônios que nossos pioneiros nos deixaram como herança como o seminário do sul do Brasil, heranças essas que infelizmente o homem de destruído, fechado as portas, vendido a preços de bananas, enfim. Uma das coisas que fico a perguntar aonde isso tudo vai parar,até quando tudo isso vai acontecer, será que precisamos de homens como Neemias, homens restauradores de muros, de cidades. Vejo que muito se fala em avivamento, santidade, etc…
    Mas pouco se fazem com nossa historia, nossas vidas, pessoas que marcaram, lugares que se tornaram referencia pra muitos cristão que nós, dessa geração não chegou a conhecer. Não podemos deixar com que o Seminário feche as portas, mas precisamos nos unir ainda que seja todos os batista do Brasil e restaurar o que se esta perdido, em ruínas, destruídos e restaurarmos em Deus, na sociedade, na vida de todos os ângulos.
    Não podemos deixar que seja vendido ou se venderem, esse paralelo com a época de Neemias nos cabe bem nos dias de hoje, A Juerp já foi, a união feminina do Brasil também, agora o seminário, temos que nos unir sim, não para criticar ou apontar erros humanos, mas sim se levantar para restaurar os muros de nossas historia.
    Amado leitor e irmão em Cristo, vamos fazer uma campanha nacional em prol dessa restauração e colocar a plenos vapor tudo isso que esta em ruínas, como também as coisas que já morreram.
    A campanha que gostaria de lançar é RESTAURANDO OS MUROS DAS HISTORIAS, LUGARES,PATRIMONIO DOS BATISTA NO BRASIL.

    Que o amado das nossas almas nos abençoe.

    Paz em Cristo

    Cristiano B.

    Obs: contato (47)96458916

  2. Edna, sua mensagem está no contexto errado.
    da mesma forma, sua referência a ninguém tocar no ungido do Senhor também está fora de contexto.

  3. Ola! amados, quero deixar aqui um comentário, o Pastor Silas Malafaia é uma benção. o clube de mil almas é para auele que tem fé e que não impede a obra de Cristo que tem amor as almas que estão indo ao inferno! a biblia diz que não haja nenhun sentimento de inveja entre vós isso não é uma mensaqgem, para o impio mas sim para o (crente), se pode dizer assim nessas condições. o pastor Silas é uma ameaça para aqueles que foran colocados no ministério por homens, pois tem medo de perder seu trono. mas quando colocado por Deus pode o inferno se levantar se levanta para cair! por isso, vão ver o pastor Silas Malafaia e seu ministério crescer muito mais porque o Senhor dos Exercitos está com ele, e ninguen toca no ungido do Senhor e sai impune cuidado! quando falar de um servo de Deus ,quando está fazendo o que Deus mais se alegra, pregando o evangelho, vidas sendo libertas, casamentos restaurados, portas de empregos abertas familias estruturadas novamente; Pastor Silas ñão se preocupe com essas pessoas que estão falando são vasos do diabo. que Deus te abencõe muito mais e que as nações sejan alcançadas através do seu ministério.

  4. O Seminário do Sul vive hoje, um dos momentos mais desafiadores de seus 102 anos de existência. Cabe à esta geração, direção, professores, alunos, funcionários e todos que amam essa casa, a missão de escrever uma nova história do Seminário do Sul.

    Nas palavras do Diretor Geral, Pr. Davidson de Freitas, em reunião com toda a comunidade acadêmica ontem, é possível sim, reverter essa situação, e provar que o Seminário é viável. Ele concluiu dizendo que não podemos agora focar nossa atenção nos problemas, mas sim nas soluções e relembrou ter apenas quatro meses para apresentar ao Conselho da denominação a viabilidade da instituição.

    No uso da palavra, o coordenador Acadêmico, Dr. Osvaldo Luiz Ribeiro, sem entrar no mérito de certo ou errado daquilo que foi deliberado pelo Conselho Geral da CBB na última reunião, afirmou que a união faz toda diferença nesse momento desafiador, no que for da competência da coordenação o Seminário do Sul não fechará suas portas.

    Ao se pronunciar, o prof. Ms. Delambre, afirmou entende ser vontade de Deus a continuidade da instituição centenária, uma vez que essa nos ensina a viver e a resgatar os princípios mais nobres da fé cristã.

    E você! Como pode nos ajudar a construir um novo tempo para o Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, que já entregou a denominação e a igreja evangélica no Brasil milhares de obreiros para o serviço do Reino de Deus?

    Entre em contato conosco e ajude-nos!

    ACESSE NOSSO BLOG, E FIQUE POR DENTRO DO QUE PENSA A DIREÇÃO, PROFESSORES E ALUNOS DO SEMINÁRIO DO SUL!

    http://euamooseminariodosul.blogspot.com/

    Agradecemos a manifestação de todos em prol do Seminário do Sul!

    Grato:

    Jason Costa

  5. JULIO CESAR FERNANDES RIBEIRO disse:

    Que falta de fé e amor pela obra de Deus,sou da ass.de Deus,admiro de mais o ensino religioso que são trasmitidos a anos.lamentamos este fato,aqui no ceara existe um seminario batista na cidade do Crato que e um exemplo de perseverança e dedicação ao reino de Deus .

  6. nandinho,
    cuidado. a igreja adventista (que ainda mantém seus laços financeiros com a igreja adventista dos EUA, ao contrário das igrejas batistas, que cortaram esses laços há décadas) é uma seita.

  7. Enquanto a Igreja batista quer fechar seu Seminario, a Adventista abre novos e se consolida como uma das maiores igrejas evangelicas tradicionais do Brasil.

    Eles realmente nunca perderam o foco.Que exemplo!!!

  8. Concordo com a irma Rosana!Ha algum tempo tenho me intristecido com os rumos da nossa amada Igreja Batista e me impressionado com a organizacao e adm da Igreja Adventista. Eles tem um zelo muito grande pela obra educacional e institucional. Ao inves de fechar escolas e seminarios eles abrem novos a cada ano. Estao crescendo muito como igreja,planejam tudo e treinam os membros para evangelismo.Li sobre um projeto que eles estao implantando no Nordeste chamado *Terra de Esperanca*,onde pretendem construir templos em 650 cidades sem presenca adventista.Fiquei impressionado,eles nunca perderam o foco e hj das denominacoes tradicionais e’ a que mais cresce no Brasil.Ha 2 meses nao tenho ido mais na minha igreja,pois nao me sinto bem la.Fui visitar a Adventista e estou encantado..justo eu que tanto os criticava!Hoje estou estudando suas doutrinas e vi que muita coisa que falam deles e’ mentira. Esta sera’ minha igreja de agora em diante! Deus abencoe os rumos da Igreja Batista no Brasil.
    Abraco.

  9. Não sou pastor – e se fosse, estudaria nesse seminario ou no STEB, que são – ou pelo menos eram – instituições sérias e com ensino firmado na Palavra e não no mercado. A meu ver, um dos motivos para essa crise é a abertura de inúmeros pseudo-seminários, até por correspondência, que formam a cada ano centenas de empresários do ramo espiritual, fundadores de pseudo-igrejas e pseudo-pregadores de um pseudo-evangelho. Assim fica difícil a “concorrência”. Já tiveram paciência para assistir um “culto” do Valdemiro, por exemplo? Já perceberam quanto tempo é gasto na leitura e explanação da Bíblia? É o fruto dos tais “seminários modernos”. E se não fosse ruim o suficiente, alguns “luminares gospel” vão para os Estados Unidos aprender besteiras lá no Fuller e outros dominionistas.
    Se o SBS fechar será uma lástima, uma perda terrível para o Evangelho.
    Sinal dos tempos.

  10. Que pena,lamento mais na verdade temos hoje tantos cursos de teologia,que embora não tenham a qualidade de um Batista,conseguem atender a necessidade rápida de formar novos ministros, estar tudo muito rápido, não dar para um obreiro ficar cinco dias na semana durante quatro anos,e outro agravate, é muitocaro.

  11. Como ex-aluno do Seminário, me sinto envergonhado e revoltado com tais notícias.
    As Instituições Batistas que nossos irmãos norte-americanos nos legaram a preços tão elevados, vêm sendo vilipendiadas e destruidas em decorrência de administrações passadas, que geraram dívidas monstruosas e o fechamento de várias delas: a Juerp, que já foi o maior parque gráfico do RJ; a Juratel, o Colégio Batista Brasileiro, na Conde de Bonfim, que foi fechado e suas dependencias alugadas para uma universidade, o Colégio Shepard, que já teve 4500 alunos, e hoje capenga com pouquissimos alunos, e cujas dependencias, na Rua José Higino, estão completamente abandonadas e cobertas de matagal (basta ir lá para ver), restando apenas o núcleo central da Escola; o Seminário Teológico vendeu, anos atrás, um bom pedaço de terreno para uma construtora a fim de construir prédios de alto luxo na rua Homem de Melo, o que, de fato, aconteceu. Era para o Seminário ficar com a posse e os alugueis mensais de 13 desses apartamentos, a fim de ajudar nas despesas do Seminário. Misteriosamente, e de modo que NINGUEM da liderança Batista consegue, ou quer, explicar, os 13 apartamentos de alto luxo deixaram de ser propriedade do Seminário, seus valores equivalentes simplesmente sumiram e ninguém sabe de nada, até hoje!!! Agora, querem vender, a pretexto de saldar dívidas, como da primeira vez, mais um grande pedaço de terreno altamente valorizado no Rj e parte da História e patrimonio da Denominação!!!
    As fatias da pizza estão sendo cortadas e divididas aos poucos, sob o olhar complacente dos líderes e sob a completa ignorância do povo batista das igrejas, pois quase ninguém nas igrejas sabe dos fatos que ali ocorrem, porque os pastores e a liderança não divulgam e nem fazem questão de que sejam conhecidos.
    Até quando? Até acabar totalmente com o patrimônio batista no Rj e suas Instituições Históricas?
    Até quando teremos uma raça de lobos devoradores, inaptos e irresponsáveis administrando mal o patrimônio e instituições tão caras aos Batistas? Até quando ficaremos calados, fingindo que nada acontece enquanto a dilapidação da memória histórica dos batistas segue a galope até que nada mais reste e venha tudo a se transformar em fumaça?
    Por quê, em vez de vender pedaços de terreno tão necessários, não se faz uma devassa judicial e patrimonial nas vidas de todos os líderes da Denominação que estiveram e estão envolvidos com essas Instituições? Não seria mais correto buscar judicialmente o destino do dinheiro dos 13 apartamentos de alto luxo da Rua Homem de Melo, que seriam do Seminário, foram vendidos e ninguém sabe onde está o dinheiro? Não seria correto responsabilizar judicialmente por má gestão e administração os líderes da denominação que geriram essas perdas, e fazê-los pagar por tudo? Não seria correto abrir processo judicial contra essas pessoas que ocupam cargos na Denominação de forma irresponsável e pô-los na cadeia?

  12. INFELIZMENTE, COLHEMOS AQUILO QUE PLANTAMOS. MUITOS ESTÃO APEGADOS SOMENTE EM TRADICÕES HISTÓRICAS E NUMA VIDA DISTANTE DA HISTÓRIA DA PALAVRA DE DEUS. É UMA PENA. QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA.

  13. Olá, realmente uma “casa dividida” não subsiste. O Seminário do sul não estaria enfrentando esse tipo de problema se os BATISTAS não permitissem a infiltração de tantos “modismos religiosos” como os que temos visto hoje. Os BATISTAS perderam sua identidade religiosa e abriram as portas para um “monte” de lixo “evangélico” que chamam de cristianismo. Porque vemos os Adventistas firmes e com solidez na sua denominação? Eu mesma respondo, é porque eles não tiveram medo de se posicionar como adventistas e nunca se desviaram daquilo que sempre creram; agora os BATISTAS deixam todo tipo “novos mestres” ensinarem mentiras em seus púlpitos com aquela velha desculpa: para não perderem seus membros que gostam de novidades. E assim os BATISTAS vão perdendo sua identidade. E o pior de tudo perdendo a essência do verdadeiro cristianismo, porque se nós BATISTAS nos posicionassemos sempre ao lado da verdadeira religião, o cristianismo do Senhor Jesus, certamente não haveria problemas financeiros no Seminário do Sul, e seus alunos estariam ali convictos de uma religião verdadeira e prontos para aprender não a profissão de Pastor, mas desenvolver o dom de pastorear. Eu sou BATISTA de berço e não consigo mais frequentar nenhum prédio da igreja Batista porque já não reconheço mais ali os princípios Batistas. Acho que é por isso que o SEminário está prestes a fechar suas portas, porque assim como suas igrejas ele também perdeu sua identidade. É muito lamentável.

  14. Carlos Roberto disse:

    FECHAR POR RAZÕES ÓBVIAS

    Há muito se foi o tempo em que se formavam “PASTORES” segundo os ensinos Sagrados, hoje, com a expansão e com a dimensão que o cristianismo tomou, os “PASTORES” tradicionais foram colocados de lado, trocados por uma série de outros segmentos que se enveredaram pelo caminho da pregação do Evangelho sem nenhum critério no trato com a Palavra de Deus.

    Até pouco tempo atrás, formava-se “PREGADOR AUTÊNTICO”, agora, com o advento do “CRISTIANISMO MUNDERNO” surgiu uma nova classe no meio religioso, a do “ANIMADOR DE AUDITÓRIO”. Existem algumas características básicas para diferenciar as qualidades de um e as virtudes triunfalistas utópicas de outros. Precisamos conhecer os pregadores e os pregoeiros; os homens dos púlpitos e os dos palcos; os condutores de ovelhas e os que manipulam multidões; entre os que vivem para servir a Deus e os que vivem para serem servidos pelos produtores de espetáculos; entre os que vivem do culto os que vivem dos shows regados a muita farra, muito luxo, muitas mordomias e a muito barulho.

    Os Seminários Históricos, de linha tradicional perderam seu sentido de existir, saíram de cena dando lugar às “ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE ANIMADORES DE AUDITÓRIOS” e as “ESCOLAS CIRCENSES” que vieram para preencher as lacunas deixadas pelo abandono do tradicionalismo religioso por parte de todas as denominações. Hoje o sujeito, para pregar o tal “EVANGELHO MUNDERNO” precisa de um curso de Psicologia, outro de Administração, outro de Propaganda, e o mais importante de todos, o de “MANIPULAÇÃO DE MASSAS”. Calma, ele não vai ser padeiro, é massa humana… Neste curso, matérias são: “Como enganar, Como mentir, Como tirar dinheiro fácil do povo, como pregar sobre prosperidade, como iludir e como vender produtos milagrosos”

    A onda agora são os “MEGA PREGADORES”, homens que, com uma lábia incomum arrastam multidões por onde passam. Estes “SUPER HERÓIS” estão por toda a parte, como poderosos “HOMENS DE DEUS” eles se inserem num mercado rentável onde se consome qualquer porcaria, desde que venha destas fábricas de ilusões. Quando olhamos para Palavra de Deus e vemos homens como Paulo, ficamos imaginando de onde este bando de enganadores tiraram suas teses para disseminá-las no seio da sociedade. Estes “ANIMADORES DE AUDITÓRIO” do baixo clero do inferno são “LOBOS” pastoreando “BODES”, que por falta de total esclarecimento, vivem pensando que são ovelhas, que freqüentam redis e que se alimentam de comida adequada para a espécie. Mal sabem que estão ingerindo bolotas, restos dos chiqueiros administrados pelo Diabo. O nível de espiritualidade, de compromisso, de integridade religiosa e de verdade no exercício do culto ao Criador é tão baixo que eu fico me perguntando o porquê de tudo isto? Seria cumprimento de profecias ou seria desmazelo de nossas lideranças, que por comodidade, preferem o silêncio a terem que lutar contra este bando de mercenários?

    Cristãos hoje são CONSUMIDORES e PRODUTOS ao mesmo tempo, a religião transformou-se num negócio da China, a fé foi parar nos terreiros de ilusões que estão espalhados por ai, ostentando luxuosas placas de igreja. É assim que estamos vivendo, um cristianismo medíocre, pobre, vazio e ritualista, voltado para práticas condenadas abertamente pelos ensinos Sagrados. Pior, servido de esconderijo para pessoas de comportamento duvidoso, alguns comprometidos inclusive com o crime organizado.

    Quando olho para o APÓSTOLO PAULO e olho para estes PICARETAS titulados de religiosos eu entendo as diferenças entre um e outro, entre os que pastoreiam e os que comerciam a fé de nossa gente. Vendo a história de Paulo percebo que há interesses opostos nas práticas deste CRISTIANISMO MUNDERNO e de suas lideranças. Paulo pregava o Evangelho, não usava o Evangelho. Ele defendia o cristianismo e não interesses. Ele testemunhava, não fazia propaganda de seu ministério. Paulo não anunciava campanhas de curas e milagres, eles aconteciam naturalmente no decurso de seu ministério. Paulo era íntegro, os PICARETAS não conhecem esta palavra. Ele era verdadeiro na sua mensagem, os mercenários hoje fomentam a mentira através do uso irresponsável das Escrituras. Paulo era pobre, mas honesto, os comerciantes da fé de hoje são milionários e não sabem o que é honestidade. Paulo fazia coleta para sustentar os crentes carentes, os ladrões de hoje fazem levantamento de oferta diuturnamente para sustentarem seus impérios e as suas mordomias. O negócio deles é depositar em contas fantasmas no exterior e estamos quites!!!

    O primeiro sinal de um “animador de auditório” é que ama a popularidade, sua meta é estar na boca do povo nos quatro cantos do universo. Fazem de tudo para estarem em evidência e vivem correndo atrás de premiações que possam alavancar as suas carreiras. Ter seus nomes estampados em camisetas, suas fotos em materiais de divulgação, nomes em placas de denominações, serem cogitados por várias igrejas e ter uma agenda cheia, impossível de ser cumprida, eis o sonho de todo “animador de auditório”. Vivem em função da popularidade, da busca frenética pela fama e da glória. Será que foi para isto que ele foi consagrado como pregador do Evangelho? Esse deve ser o objetivo daqueles que dizem seguir o humilde Nazareno? Seria a fama e a multidões de seguidores sinal da aprovação divina? Obviamente que isto jamais qualifica alguém para ser um homem responsável pela divulgação da Palavra de Deus até porque o convencimento, o sentimento de grandeza, o orgulho e a vaidade sempre acompanham tais comportamentos.

    O “SEMINÁRIO TEOLÓGICO BATISTA DO SUL” vai, lamentavelmente no seu lugar as Escolas de Formação de Mercenários se expandem, lançando no mercado religioso as bagaceiras, os trapaceiros e os aproveitadores, que obviamente tem multidões correndo atrás para ouvirem lorotas num verdadeiro “CONTO DO VIGÁRIO”, no caso “Conto do Bispo, do Pastor, do Apóstolo ou do Missionário”.

    Que Deus possa nos ajudar, dando firmeza e fidelidade doutrinária para que possamos nos afastar e nos desviamos destes aproveitadores que fazem do cristianismo uma bandeira para a realização de seus sonhos e de seus projetos pessoais.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  15. Triste ver canais de benção,sendo fechados por corrupção e administração de péssima qualidade,egoismo,vaidade,elevado ao extremo,o que disse o pastor caleb,concordo há muitos pastores entre aspas,lógico que so apascentam a si mesmo,pastores envolvidos com maçonaria,maçonaria e uma religião de cunho satânico e ocultista,como pode a luz se misturar as trevas,e acredite sao várias pastores envolvidos com a satãnica maçonaria,mais bem jesus disse acautelai-vos dos falsos profetas,falsos mestres,que vem vestido de ovelhas,mais são lobos devoradores,não venho aqui julgar mais eu achei algo muito curioso e estranho,ALGÚEM AI REPAROU A ENTRADA DE UM TEMPLO MAÇONICO?E IGUAL AS ENTRADAS DA IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS,A PIRÂMIDE NA ENTRADA,ÚNICA DIFERENÇA E OLHO DE LÚCIFER QUE NAO TEM NA ENTRADA,DOS TEMPLOS DA IURD,o resto e igual,Não e caso de condenar MAIS QUE E UMA OBSERVAÇÃO VÁLIDA,pena uma instituição que ensinou tantos alunos acabar assim e nós cristãos precisamos rever nossos conceitos de evangelho!

  16. Agora, nessa geração, é a vez dos valdomiros, edir macedo, estevao da vida.

    O possivel fechamento desse Seminario, é um exemplo de que como a igreja batista precisa ter e andar cada vez com o Espeito Santo.

    É mister que o conselho desse Seminario, bem como a cupula Batista denuncie, nao compactue e saia da maconaria o mais rapido possivel, isso tem acabado com os valores Cristaos do povo batista.

    Pois temos varios membro em liderança no meio batista bem como varios pastores que são maçons,´e isso vem de longa data, só para se ter uma ideia, o pastor da primeira Igreja batista da Vila Mariana, em São paulo, que tinha um pioneiro programa na TV chamado “um pouco de sol”, o pastor Rubens Lopes era macons e isso era publico e notorio.

    E agora isso, bem, ou a Igreja Batista volta para seu bom, velho, fundamentado amor biblico por Deus ou ela aracará com as conseguencias, os sinais estão ai para provar isso.

    Pastor Caleb.

  17. Fui aluno deste Seminário. Hoje pastoreio uma Igreja Batista há 12 anos. Agradeço a Deus pela Instituição e por alguns professores (infelizmente outros não merecem o meu apreço). É lamentável que a questão não seja somente administrativa, mas, o que não se disse ainda, é também uma crise espiritual. Há professores e alguns reitores que são teologicamente liberais. Outros defendem esquisitices eclesiológicas como G12 e Igreja com Propósitos. Há muita vaidade entre nós e corporativismo (que não é espírito de corpo, mas espírito de porco). Cansei de ver o mesmo acontecer com a Juerp: “Ame a Juerp” uma campanha para tapar os rombos que determinados pastores, dublês de administradores, causaram a uma das mais importantes instituições batistas que hoje não existe mais. Os membros de nossas igrejas não devem pagar a conta enquanto os verdadeiros culpados são poupados. Sim, porque ninguém fez uma séria investigação para saber se houve aumento de patrimônio destes “administradores” depois que assumiram altos cargos com altíssimos salários na Juerp (que era um enorme cabide de empregos). O mesmo acontece com o Colégio Batista e o Sheppard. Os norte-americanos, responsáveis pela criação do Seminário e dos colégios, que tinham intenções boníssimas e genuinamente cristãs, devem estar bastante envorganhados. Eu me solidarizo com eles.

  18. importância histórica ?

    quer dizer que é a mesma coisa que o Coliseu de Roma ? Mais nada !

    Como tudo no cristianismo, essa é mais uma história de insucesso financeiro, má administração e “apadrinhamentos”, como disse o pastor e professor Ezequias !

    Cada dia mais o pecado vai entrando e destruindo as coisas simples e puras que existiam !

    Antigamente era melhor, as pessoas levavam as coisas mais a sério, existia a “palavra” e era cumprida !

    Sinto pelas pessoas sinceras e honestas que foram de bom grado estudar neste lugar !

    EU SINTO NOJO DESSA GUERRA E DISPUTA DENOMINACIONAL ? ( OU NÃO EXISTE ISSO, ME PROVEM QUE NÃO ?! )

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 454,594 comentários no Notícias Gospel.