“Alone Yet Not Alone”: Filme cristão é indicado ao Oscar na categoria Melhor Canção Original; ouça

0

Todos os anos, quando são revelados os indicados ao Oscar, alguns nomes causam surpresa entre a mídia especializada em cinema por não estarem “no radar” dos especialistas. Ente as indicações desse ano a surpresa ficou por conta do filme “Alone Yet Not Alone”, indicado ao prêmio máximo do cinema na categoria Melhor Canção Original, pela música que leva o título do filme.

A indicação surpreendeu até mesmo o compositor de “Alone Yet Not Alone”, Bruce Broughton, que já havia sido indicado ao prêmio em 1986, por sua composição para o filme “Silverado”.

– Meu parceiro de composições Dennis Spiegel [que escreveu a letra da canção] ligou e ele estava tão animado que mal conseguia falar – afirmou Broughton.

Segundo o Urban Christian News, o principal motivo da surpresa em torno da indicação do filme foi o fato de se tratar de uma produção que teve um lançamento limitado (em apenas nove cidades), e voltado especificamente para o público cristão. A Enthuse Entertainment, empresa responsável pelo filme, se define como “uma produtora que honra a Deus”, e afirma produzir “filmes para toda a família com base na fé que inspiram o espírito humano de buscar e conhecer a Deus”.


O filme tem como tema um conto de 1755 sobre duas jovens irmãs que foram sequestradas pelos índios americanos após um ataque à fazenda de sua família. Na trama, os nativos americanos (chamados de “selvagens” no trailer de filme) tentam “doutrinar” as meninas raptadas “para a cultura nativa”; no entanto, elas mantêm a sua fé, transformando o filme em um conto do cristianismo “triunfando” sobre outras religiões e práticas.

A música, escrito por Broughton e Spiegel e executada por Joni Eareckson Tada, é descrita como uma ode solene sobre encontrar conforto no cristianismo.

Ouça a música:

Assine o Canal

Assista ao trailer do filme:

Assine o Canal

Veja a lista das músicas que concorrem ao prêmio com “Alone Yet Not Alone”:

• “Happy”, de “Meu Malvado Favorito 2” – Música e letra de Pharrell Williams;
• “Let it Go”, de “Frozen” – Música e letra de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lop;
• “The Moon Song”, de “Ela” – Música de Karen O; letra de Karen O e Spike Jonze;
• “Ordinary Love”, de “Mandela: Long Walk to Freedom” – Música de Paul Hewson, Dave Evans, Adam Clayton e Larry Mullen; letra de Paul Hewson.

Por Dan Martins, para o Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

  1. Obrigado pela dica, parece ser um ótimo filme.
    Pena que tem um monte de bobos que não sabem o que dizem, nem respeitam o gosto, opinião e opção dos outros.
    Querem ser respeitados na sua opção sexual mas não respeitam a opção religiosa de ninguém.

DEIXE UMA RESPOSTA