Brasil

Pastores Ariovaldo Ramos, Silas Malafaia entre outros líderes cristãos, comentam sobre o limite do envolvimento da Igreja com a política. Assista

Comments (8)
  1. Show de bola… Devemos exercer a cidadania ao pagar impostos e de igual forma eleger candidatos que estejam comprometidos com a sua filosofia, com os seus princípios…

    1. Só uma coisa, esse dever de cidadania é exercida nas unas e não dentro de igrejas ! Jusus disse as coisas do mundo não prevalecerá contra igreja dele… ai esses corruptos e contamia toda á igreja com as suas mentiras, porque pastores de Satanas os levam para dentro..

    2. Alessandra dos santos araujo ,me desculpe querida sou evangelica ete pergunto onde está escrito isso que vc na biblia Jusus disse as coisas do mundo não prevalecerá contra igreja dele nõa fale do que vc não sabe nem o que diz a biblia aposto que vc nem a lê se lesse saberia que isso que vc falou não está na biblia e como a leio tem um versiculo que diz Ai DAQUELE QUE ACRESCETAR UMA VIRGULA A MAIS A MINHA PALAVRA VIGIA …

    3. Paulo Roberto disse:

      Alessandra Dos Santos Araujo do próprio Genizah, e ainda nos querem por cabrestos dizendo que crente tem que votar em crente: misericórdia; http://www.genizahvirtual.com/2012/04/maioria-dos-deputados-evangelicos.html

    4. Thays Freire Dos Anjos então vc esta ferrada? porque Jesus disse tu és Pedro e desta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerá contra ela!!! sua cara mostra mesmo que vc é da Assembléia de Deus, que todos os anos de politica fazem das igrejas e dos pulpitos palanques eleitoral !!!!

    5. Paulo Roberto eu tbm sou evangélica, Jesus pregou o evangélho do arrependimento e da salvação! Jesus não falou nada que queteriamos que ser burros para entrar no reino dele, mais esses evangélicos parece que entenderam tudo errado quando ele disse, não deixem que os fariseus vos engane com as suas doutrinas satanicas de homens ..

    6. Alessandra….e quem lhe disse que a igreja está fora de exercer a cidadania?Ela não paga impostos e é contribuinte também?Nem JESUS separou o joio do trigo…e tem gente que faz separação de tudo que acha ser certo ou errado….Afffs!

    7. Fatima C P Moraes Quem foi que me disse? é só vc ler a biblia que vc vera que igrejas foi feita para adorar Deus e tratar dos assuntos do reino de Deus ! e não para fazerem essas palhaçadas que algumas igrejas estam fazendo !

  2. Eli Cohen disse:

    Pr. Oriovaldo Ramos (ramos ou naum ramos? Ramos)! Desse nao sei.

    Mas de Silas Mala Faia…esse nao tem moral para falar nada sobre intromissao da igreja na politica, sua ultima intervancao no AM diz tudo. Ou sera por ja ter expoliado do Estado o suficiente e para nao chamar a atencao do MP, sai agora com esta.

    Outra coisa, ele pode ate dizer o que SUA Igreja faz ou deixa de fazer, quanto aos outros…ele se acha no ”dever sagrado” de dar palpites a igrejas e pastores, fora do SEU aprisco, o que compete ou deixa de?…cala a boca Silas…!

    Eli Cohen

  3. Como esse Malafai é um cara de pau? ele até defendeu os politicos corruptos dos sangue sugas ! e falar que Jesus não falou que Cesar não era do mal, e o que Jesus falou a arvore é conhecida pelo os seus frutos. entam os frutos de Cesar eram dignos perante Deus…..

    1. O Color foi um corrupto e mesmo assim votaram nele…não foi o Malafaia sozinho quem o elegeu…

  4. Paulo Roberto disse:

    a todos eles, não to nem aí com o que pensam sobre a politica, mas somente quero lembrar aos mesmos, que se quiserem fazer politica atentem pra esse detalhe:

    Estamos bem próximos das eleições, e como você já deve saber, algumas igrejas evangélicas (e também católicas ou de outras vertentes) têm como costume ceder o púlpito para candidatos discursarem. Toda véspera de eleição é comum ver o altar se transformar em palanque e as portas dos templos se abrindo para toda classe de charlatanismo.

    Acontece que esta prática, além de medíocre, também é criminosa. Segundo a Lei 9.504/97 e de acordo com o artigo 13 da resolução 22.718/2008, do Tribunal Superior Eleitoral, fica proibida toda e qualquer propaganda eleitoral dentro de templo. A lei entende que os templos são espaços de acesso comum e não devem ser usados como palanques eleitorais.

    Sendo assim, se você notar que estão usando sua igreja como curral eleitoral, DENUNCIE. Precisamos dar um basta nessa politicagem dentro dos templos. Igreja é lugar de louvar a Deus!

    Distribuir santinhos, fazer o púlpito de palanque eleitoral e colocar cabresto no eleitor é uma atitude criminosa.

    Para denunciar a politicagem na sua igreja, basta procurar a delegacia ou o cartório eleitoral.
    Vamos acabar com essa palhaçada!

    1. Amado não sei se voce e evangélico ou não, mas quero te parabenizar, voce disse tudo tem muito mala neste meio usando os evangelicos pra se darem bem, principalmente esta congregações comerciais e mercenárias que andam por ai, abrir os olhos com estes camaradas os macedos, valdomiro, malafaias etc… no nosso ministério os componentes da diretoria não podem votar e nem ser votados isto ja pra tirar de tempo os seguimentos politicos dentro da congregação, de qualquer forma parabenizo o jovem.
      ouça radio web – http://radiogospeldoreinodedeus.blogspot.com.br/

    2. Paulo Roberto disse:

      Graças ao bom Deus, desde 1989, sou Dele, pois aceitei ao Senhor Jesus como meu único e suficiente Salvador, mas confesso que desde lá não tem sido fácil, ver o que acontece dentro das denominações, em tempos de eleições, mormente agora na ultima eleição, onde por causa de certos segmentos evangélicos que são propensos a politica, fomos todos comparados e igualados por inteiro. Ademais, andei pesquisando no Portal Transparência do congresso, e pasmem, a totalidade da bancada evangélica responde a processos, é uma das que mais faltam a reuniões, não sou contra que se candidatem, mas que o façam tendo entregue seus cargos nas igrejas, e nem mencionem serem evangélicos, pois como afirmou o Silas Malafaia acima. a questão politica é meramente material, é do mundo, e nós não somos deste mundo, assim como Nosso Senhor também não o é. Fique certo que ouvirei a radio, pois louvores e sermões, a pregação da palavra, é meu anseio.
      Deus os abençoe ricamente.

    3. Falou bonito;Mas se você fosse candidato onde iria pedir seu voto?Se um candidato for a minha igreja pedir voto,ele não comete erro nenhum,voto nele se eu quiser certo?…Vender ou comprar voto é que é errado….Candidato tem de ir atras do povo,e para isso vai a todo lugar….Somente não deve obrigar e nem coagir alguém a votar nele…alguns minutos a pedir voto na rua ou na igreja não tirará meu DEUS de mim…e nem impedirá DEUS de me abençoar…

    4. Paulo Roberto disse:

      Fátima C P Moraes Moraes, eu sugiro que você leia mais a Bíblia, ou frequente uma EBD. Vou te conta,r nem você nem ninguém será procurado por mim para pedir voto, pois, se eu tiver que deixar os caminhos do Senhor, entrando na vida politica, peço a Ele que me leve antes. Nunca vou trocar a benção da salvação por um cargo politico. Lembrai-vos de Esaú, que trocou sua benção por um prato de lentilha. E sabe o que eu falo quando me dizem que temos que ter "irmãos" dentro dos segmentos políticos? Eu falo: é desnecessário, olhemos para o Velho Testamento, o que Deus ordenava que o povo fizesse, para mudar a situação de um país. Orar, jejuar e santificar-se, que Ele resolveria a questão. É o que eu faço, o impossível eu deixo pra Ele, e sabe o que mais. Pela Palavra eu aprendi que no dia aprazado o Senhor vira destruir esse sistema de coisas (a politica é uma delas) e levar um povo lavado e remido no sangue do Cordeiro, portanto, não quero me ver surpreendido ao lado da politica, pois ela e os que a compõe são todos mentirosos, e nós sabemos quem é o pai da mentira. Portanto, Fátima, fique despreocupada por que o único pedido que você me verá fazendo, é que pessoas aceitem a Jesus Cristo como seu Único Senhor e Salvador.

    5. Parabéns pelos seus comentários irmão Paulo Roberto. Bom mesmo seria se pudéssemos tirar esses falsos líderes, que usam os púlpitos das igrejas como palanque, de dentro das nossas congregações, pois também tenho nojo dessa prática corrupta dentro da Igreja do Senhor.

    6. Concordo com vc amigo, o altar não é palanque.

    7. Fátima C P Moraes Moraes Não conccordo, canditado que não respeita a lei está errado. Se já burla a lei antes de eleito imagina depois. Aliás é por isso que temos esse governo do jeito que é, porque a gente deixa passar tudo, acha tudo muito normal.

    8. Fátima C P Moraes Moraes
      concordo com vc , todos tem direito de pedir seus votos onde quizerem só que existem que pessoas que odeiam o povo que é evabgelico por isso cristicam cada um preste a contas do que fala né mais concordei com sua colocação .

    9. Ynaldo Martins Monteiro é facil tirarem esses Judas, que estam dentro das igrejas como pastores e bispos e apostolos , é so esses alienados que sam os membros das igreja ter mais sinceriedade com Deus! e fazer as obras de Deus com o coraçao e amor !!

    10. Paulo Roberto É meu caro…cada um entende ou vê as coisas de seu modo…fazer o quê?Eu penso de um jeito vc pensa de outro…e quanto a ler a Bíblia…de que adianta eu ler ou mandar outro lê-la….ler é uma coisa,entendê-la é outra meu caro…Dentre tantas passagens políticas descritas na Bíblia…acho que vc nunca entendeu o trabalho de Daniel entre outros…por isso crítica a política dessa forma…

  5. Os púlpitos viraram palanques eleitorais.

  6. Religião é Religião, Politica é Politica, ou seja, elas não tem absolutamente nada a Ver.

    1. Luciana…sim é verdade,religião é religião e politica é politica…..
      Mas quem foi que lhe disse o contrário?…..ou você acha que evangélicos e católicos não votam,não paga seus impostos,não comem,não trabalham?…..Nunca se misturou,e nem nunca vai se misturar;
      Mas cumprir com nossas obrigações e deveres como eleitores,temos e devemos;Dai a palavra de Jesus dizendo dai a Cesar o que é de Cesar,e a DEUS o que é de DEUS!Cumprir os compromissos terrenos,obedecendo os mandamentos de DEUS….Deu pra entender?…

  7. Concordo com o Pr.Silas Malafaia…..exercer sua cidadania democrática, não significa que cometemos pecado.
    Mas aliar-se as falcatruas politicas sim…
    Isso compete a gregos e troianos…Crentes, ateus e seja qual for sua denominação…..temos o dever de fazer valer nosso voto e lutarmos para que este seja nossa voz.
    Senão a quem iremos reclamar quando não se tem a justa justiça, quando não exercemos nossa parte!
    E deixemos de lado esse lero lero, que dizem que crente não vota, pois não precisa das leis terrenas….
    Pois se assim não fosse não pagaríamos nossos impostos, viveríamos como indigentes, e isso foge dos mandamentos Divino.

    1. O pastor Silas Malafaia alguns anos atras ele criticava esses pastores que pregavam prosperiedade nas igrejas, e hoje ele faz o que ele condenava nos outros pastores ! sem falar que na maracutai dos sangue sugas , ele até defendeu policos evangélicos corruptos que estavam, sendo acusados pela á justiça por divérsos crimes !!

  8. Votar é importante. IMPOR costumes e leis que favoreçam SÓ a evangélicos NÃO É CERTO. Mas sim projetos políticos que sejam benefício PARA TODOS.

  9. Pr wagner disse:

    Assisti a do Silas e do arioval. Pr Silas foi muito bem. Pr ariovaldo, muito persuasivo, intelectual, fala bem,, mas infelizmente a visão dele a respeito de igreja é equivocada, pois ele está tentando reinventar a igreja. Na verdade ele NAO tem igreja, para mim pastor precisa de igreja, de ovelha, aí sim pode falar a respeito da tal. Ele lidera uma reunião que diz que é igreja mas NAO tem templo, apenas nas casas, que é tão imporTante como no templo. Mas côo vai pastorear essa igreja se crescer? Cmo ele vive? Se é contra a estruma de igreja? .Deve viver de brisa, ou de livros, Ou de uma herança. O trabalhador é digno do seu salário.

    A respeito da policia, infelizmente muitas igrejas realmente banalizarmos, trovando voto de ovelha por tijolo, emprego para parentes, ou pastores viram políticos, esquecem do chamado por causa de salário, poder e fama. Cada um no seu chamado. A igreja não precisa de políticos, concordo com ariovaldo. Mas Deus usa quem ele quer para seus intentos. Usou a mulo, usou Daniel como governador, usou Nicodemos e José de arimateia para ajudar no sepultamento de Jesus. Poderia aparecer um anjo, e criar tudo. Paulo precisou persuadir os soldados romanos, dizer que era romano, para não morrer nas mãos dos judeus. Em fim.

    Quando vou evangelizar nas ruas, na praia, fazer ação social em bairros pobres, não sei se os teólogos donos da razão tem essas experiências, preciso pedir autoriazaçao da prefeitura. Tentaram fechar uma igreja nossa, graças a um político que Deus usou, não aconteceu. Tentaram empurrar pl122, cartilha gay, a bancada evangélica brecou.

    A IGREJA NAO DEPENDE DE NINGUÉM, DEPENDE DE JESUS, QUE USA SEUS INTRUMENTOS PARA CUMPRIR SUA VONTADE.

    A IGREJA É COMPOSTA POR MEMBROS DA SOCIEDADE QUE PAGAM IMPOSTOS, E TEM SEUS DIREITOS, VALORES E PRINCÍPIOS, E PRECISA SER REPRESENTADA.

    1. Eudo Alves disse:

      Prezado Pastor!
      Cuidando e orientando os fieis de sua congregação segundo o evangelhor do Senhor, estará assim tambem gerando cidadania! Concordo com o pastor Ariovaldo, a igreja não deve ser partidária! Cabe aos pastores apenas orientar aos fieis que votem com consciência, que conheçam seus candidatos e seus projetos! SOMOS OVELHAS DO SENHOR e a Igreja do Senhor não é CURRAL ELEITORAL!

    2. Eudo Alves disse:

      Caro Pastor Wagner

      Pastor o Senhor sabe quem falou isto:
      ” Pois onde se acham dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles”.

      O amado pastor está confundindo Igreja de Cristo, com instituição financeira, clube e agora CURRAL ELEITORAL!
      Fique na Paz do Senhor Jesus!

  10. Todos os argumentos estão bem perfumados, pena que não passam de articulação e discursos floridos, pois na prática pelo menos aqui no Piauí e, acredito que em todo o Brasil, a realidade política não acontece conforme os belíssimos comentários descritos acima — não estou enquadrando nesse comentário como mercenários os autores dos mesmos; respeitosamente quero até parabenizá-los pela forma como externaram suas opiniões. Mas dentre os pastores que eu conheço envolvidos com política por aqui quase/propriamente todos são adeptos da política partidária e automaticamente fazem politicagem. São comprados com dinheiro vivo, favores ou cargos de confianças para eles mesmos ou para seus familiares e estão sempre apoiados em vantagens, ou melhor, estão no famoso jogo do TOMA LÁ DÁ CÁ. Que pena que ainda existe, em pleno século 21, irmãos tão inocentes que seguem, na hora de votar, o pensamento e as orientações políticas desses lobos.

  11. Igreja é de DEUS , e Política é do homem , são dois segmentos distintos , mas o povo de DEUS não pode ser omisso com as coisas deste mundo e achar que ele NÃO depende da Política , pois aí é uma UTOPIA .
    O Cristão precisa da Saúde , educação , transporte, segurança , emprego , se precisar ele têm que participar e votar em candidatos que NÃO se corrompe , que seja um servidor do povo e TOMAR CUIDADO EM NÃO VOTAR NOS FILHOS DAS TREVAS , esse veio para , ROUBAR , MATAR E DESTRUIR , E TÊM OS FALSOS CRISTÃOS QUE VAI NA IGREJA VESTIDOS DE CORDEIRO e engana , ou dá dinheiro para os falsos profetas que pedem dinheiro para , colocar forro e etc…, VENDEM os votos de suas ovelhas em troca de FAVORES MONETÁRIOS .

    GRATO : IRMÃO GARCIA.

    1. Paulo Roberto disse:

      extraído de seu próprio texto: TOMAR CUIDADO EM NÃO VOTAR NOS FILHOS DAS TREVAS, isso que vou postar é do proprio Genizah, veja só como anda a "bancada evangélica" no congresso. http://www.genizahvirtual.com/2012/04/maioria-dos-deputados-evangelicos.html

    2. Vc quis dizer bancada das legiões dos demonios,né ! porque se Judas traiu Jesus por causa de 30 moedas de ouro, e o mestre Jesus falou que essa ação foi porque ele, foi possuido por Satanas ! entam os 57% dos deputados corruptos da bancada evangélica, que trairam Jesus por causa de dinheiro, estam possuidos por Satanas !!

    3. NÃO vou julgar ninguém , para que eu também NÃO seja julgado ;, digo pela PALAVRA DE DEUS , roubar ,corromper , destruir NÃO é de DEUS , quem assim o faz NÃO têm parte com DEUS e sim com SATANÁS !

    4. Minha preocupação NÃO é o grito do mal , e sim o SILÊNCIO DOS BONS ! Martin Luther King.

  12. Muito bom esses comentarios, quanto mais pessoas lerem e escreverem, melhor elucidação teremos. Deus abençoe a todos.

  13. Adonai Souza disse:

    Eu penso da seguinte maneira, votar é um dever de todo cidadão, evangélico ou não mas, usar o templo onde foi consagrado para adoração, interseção, louvores etc… somente ao Senhor Jesus entregar para um político ou futuro político, que não tem nada a ver com a obra de Deus, discursar suas falsas promessas, é um sbsurdo, porque no passado quando a igreja verdadeira estava com problemas, se voltava para Jesus com oração, jejum e consagração, e tinha-se a resposta, hoje, voltam-se para os políticos, como se êles fôssem os donos da igreja .

  14. paulo disse:

    matéria daqui do Genizah mesmo. para sua conferencia e reflexão. A bancada evangélica em Brasília é formada por 56 deputados federais, de diferentes partidos que, em sua maioria, formam a base de apoio da presidente Dilma Rousseff (PT-SP).

    A Frente Parlamentar Evangélica se organiza de forma suprapartidária, em torno de temas que envolvam direta ou indiretamente os princípios cristãos.

    Entre os membros da Frente, 57% enfrentam problemas com a Justiça, de acordo com informações levantadas pelo jornalista Paulo Lopes no site Transparência Brasil, incluindo seu presidente, deputado federal João Campos, e o cantor Marcelo Aguiar.

    São 32 deputados com processos por suspeita em crimes como peculato (apropriação de bens ou valores públicos de forma indevida), improbidade administrativa, corrupção eleitoral, abuso de poder econômico, sonegação fiscal e formação de quadrilha.

    Entre as igrejas representadas por esses deputados, a Assembleia de Deus é a denominação com mais parlamentares envolvidos em escândalos. Entre os 24 deputados que são membros da igreja, 11 devem explicações à Justiça.

    Anthony Garotinho, da Igreja Presbiteriana, é um dos membros da igreja que exercem mandato e tem processos em curso. Ao todo, são 5 os deputados da denominação que enfrentam problemas judiciais, além de 4 parlamentares filiados à Igreja Universal do Reino de Deus que são citados em processos.

    A lista é completada por 3 deputados da Igreja Quadrangular, incluindo seu presidente, reverendo Mario de Oliveira, 1 da Igreja da Graça, 2 da Igreja Mundial, 2 da Igreja Metodista, 1 da Igreja Nova Vida, 1 da Cristã Evangélica, 1 da Congregação Cristã no Brasil e 1 da Sara Nossa Terra.

    Confira abaixo, a lista completa:

    Assembleia de Deus

    1 – Hidekazu Takayama – PSC/PR

    TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal) – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – de Ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. STF – Inquérito nº 2652/ 2007 – Inquérito apura crimes contra a ordem tributária, estelionato e peculato.

    2 – Sabino Castelo Branco – PTB/AM

    STF – Processo nº 538 – Réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal por peculato. STF – Inquérito nº 2940 – É alvo de inquérito que apura crimes contra a ordem tributária. TSE – Processo nº 504786.2010.604.0000 – É alvo de recurso contra expedição de diploma apresentado pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico e uso indevido de meio de comunicação social. TSE – Processo nº 874.2011.604.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. TRE-AM – Processo nº 90095.2002.604.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2002. TRE-AM – Processo nº 424843.2010.604.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2010. TRE-AM – Processo nº 485034.2010.604.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE.TRF-1 Seção Judiciária da Amazônia – Processo nº 0001172-68.2007.4.01.3200 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda Nacional. TJ-AM Comarca de Manaus – Processo nº 0039972-21.2002.8.04.0001 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.

    3 – Ronaldo Nogueira – PTB/RS

    TCE-RS (processo 008255-02.00/ 08-2) – Irregularidades na gestão da Câmara de Carazinho. TCE-RS (processo 001084-02.00/ 01-0) – Idem. TCE-RS (processo 010264-02.00/ 00-4) – Idem.

    4 – João Campos de Araújo – PSDB/GO

    TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.

    5 – Costa da Conceição Costa Ferreira – PSC/MA

    TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal) – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. É alvo de ações de execução fiscal movidas pelo município de São Luís: TJ-MA Comarca de São Luís – Processo nº 7092-32.2007.8.10.0001. TJ-MA Comarca de São Luís – Processo nº 1793-35.2011.8.10.0001

    6 – Antônia Luciléia Cruz Ramos Câmara – PSC/AC

    TRE-AC – processo 497/ 2002 – Teve reprovada a prestação de contas referente às eleições de 2002. É alvo de ações penais movidas pelo Ministério Público por crimes eleitorais (peculato/captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral). STF – processo 585. STF – Processo nº 587. TRE-AC – processo 177708/ 2010 – É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais e contra a administração em geral: STF – inquérito 3083, TRE-AC – Inquérito 245, STF – Inquérito nº 3133. É alvo de ações de investigação judicial eleitoral por abuso de poder econômico: TRE-AC – processo 142143/ 2010, TRE-AC – processo 178782/ 2010, TRE-AC – processo 142835/2010. É alvo de representações movidas pelo MPE por captação ilícita de sufrágio e/ ou captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral: TRE-AC – processo 180081/ 2010, TRE-AC – processo 194625/ 2010 e TRE-AC – processo 142058/ 2010

    7 – Cleber Verde Cordeiro Mendes – PRB/MA

    STF – processo 497/2008 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por crimes praticados contra a administração em geral (inserção de dados falsos em sistema de informações). TRE-MA – processo 603979.2010.610.0000 – É alvo de ação de investigação judicial movida pelo Ministério Público Eleitoral por uso de poder político e conduta vedada a agentes públicos.

    8 – Nilton Baldino (Capixaba) – PTB/RO

    STF – Processo nº 644 – Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias, é réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo nº 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo MPF. TRF-1 Subseção Judiciária de Ji-Paraná – Processo nº 0000432-26.2007.4.01.4101 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo MPF por envolvimento com a máfia das ambulâncias.

    9 – Silas Câmara – PSC/AM

    STF – inquérito 2005/2003 – É alvo de inquérito que apura peculato e improbidade administrativa. STF – inquérito 3269 e STF – inquérito 3092 – É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais. TRF-1 Seção Judiciária da Amazônia – processo 0004121-02.2006.4.01.3200 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal. É alvo de representação e ações de investigação judicial movidas pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico: TRE-AC – processo 180081.2010.601.0000, TRE-AC – processo 142835.2010.601.0000, TRE-AC – processo 178782.2010.601.0000, TRE-AM – processo 73203919.2005.604.0000 – O PTB teve reprovada a prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2004, quando o parlamentar era ordenador de despesas do partido em nível estadual.

    10 – José Vieira Lins (Zé Vieira) – PR/MA

    É alvo de inquéritos que apuram crimes de responsabilidade, peculato e sonegação de contribuição previdenciária: STF – inquérito 3051, STF – inquérito 3078, STF – inquérito 2945, STF – inquérito 2943, STF – Inquérito 3047. É alvo de ações civis públicas, inclusive de improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público e pelo município de Bacabal: TRF-1 Seção Judiciária do Maranhão – processo 0005980-37.2008.4.01.3700, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 378-16.2009.8.10.0024, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 1771-15.2005.8.10.0024, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 279-56.2003.8.10.0024. É alvo de ações de execução movidas pela Fazenda Nacional — por exemplo: TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 0000629-69.2011.4.01.3703, TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 693-79.2011.4.01.3703, TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 0000908-55.2011.4.01.3703, TJ-MA Comarca de São Luís – Processo 6007-40.2009.8.10.0001. Foi responsabilizado por irregularidades em convênios e aplicação de recursos e teve contas reprovadas: TCU – Acórdão 5659/ 2010, TCU – Acórdão 3577/2009, TCU – Acórdão 3282/2010, TCU – Acórdão 2679/2010, TCU – Acórdão 749/2010, TCU – Acórdão 1918/ 2008 (teve o nome incluído no TCU – Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). TCU – Acórdão 801/ 2008 (teve o nome incluído no TCU – Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). TCE-MA – processo 2600/1999 e TCE-MA – processo 3276/2005.

    11 – Marcelo Theodoro de Aguiar – PSC/SP

    TRE-SP – Processo 1077244.2010.626.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2010.

    Igreja Presbiteriana

    1 – Leonardo Lemos Barros Quintão – PMDB/MG

    STF – Inquérito nº 2792 – É alvo de inquérito que apura crimes eleitorais. TJ-MG Comarca de Belo Horizonte – Processo nº 5034047-88.2009.8.13.0024 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual.

    2 – Edmar de Souza Arruda – PSC/PR

    STF – inquérito 3307 – É alvo de inquérito que apura crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético.

    3 – Edson Edinho Coelho Araújo (Edinho Araújo) – PMDB/SP

    STF – Inquérito nº 3137 – É alvo de inquérito que apura crimes previstos na lei de licitações. TJ-SP Comarca de São José do Rio Preto – Processo 576.01.2009.043791-5 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda estadual. É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público Estadual: TJ-SP (segunda instância) – processo 9035424-43.2006.8.26.0000, TJ-SP (Comarca de São José do Rio Preto) – Processo nº 576.01.2010.062759-8. O TCE-SP julgou irregulares processos licitatórios e contratos firmados pela prefeitura de São José do Rio Preto: TCE-SP – processo 2832/008/04, TCE-SP – processo 313/008/02, TCE-SP – processo 2432/008/07

    4 – Benedita Souza da Silva Sampaio – PT/RJ

    TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. É alvo de ações de improbidade administrativa: TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0040421-83.2007.8.19.0001, TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0050419-80.2004.8.19.0001 e TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0372416-70.2009.8.19.0001.

    5 – Anthony William Garotinho Matheus De Oliveira (Anthony Garotinho) – PR/RJ

    É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais: STF – Inquérito 2601/2007, STF – inquérito 2704/2008, TRF-2 (Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo nº 2008.51.01.815397-2 – É réu em ação penal referente à máfia dos caça-níqueis e movida pelo Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, corrupção e crimes contra a administração pública. Chegou a ser condenado a dois anos meio de prisão. A pena foi convertida em prestação de serviços e suspensão de direitos. É alvo de ações de improbidade administrativa: TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0026769-53.2005.8.19.0038, TJ-RJ Comarca de São Fidelis – processo º 0000249-07.2011.8.19.0051, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0050419-80.2004.8.19.0001, TJ-RJ Comarca de Campos dos Goytacazes – processo 0011729-64.2009.8.19.0014, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0040380-19.2007.8.19.0001, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0040412-24.2007.8.19.0001, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0039456-08.2007.8.19.0001, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0064717-67.2010.8.19.0001, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0183480-95.2008.8.19.0001, TRE-RJ – processo 764689.2008.619.3802 – Em ação judicial eleitoral, foi condenado por abuso de poder econômico e uso indevido de veículo de comunicação social. A Justiça decretou inelegibilidade.

    Igreja Universal do Reino de Deus

    1 – José Heleno da Silva – PRB/SE

    É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público Federal: TRF-5 Seção Judiciária de Sergipe – processo 0005364-36.2010.4.05.8500, TRF-5 Seção Judiciária de Sergipe – processo 0005511-67.2007.4.05.8500 (Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias), TRF-1 Seção Judiciária de Mato Grosso – processo 0015233-58.2008.4.01.3600 – É alvo de medidas investigatórias referentes à máfia das ambulâncias e conduzidas pelo Ministério Público Federal. O TRE reprovou as prestações de contas do PL referentes aos exercícios financeiros de 2003 e de 2005, quando o parlamentar era dirigente do partido em nível regional: TRE-SE – processo 34792.2004.625.0000, TRE-SE – processo 438664.2006.625.0000

    2 – Vitor Paulo Araújo dos Santos – PRB/RJ

    STF – processo 592 – É réu em ação penal movida pelo Ministério Público por crimes eleitorais.

    3 – Antonio Carlos Martins de Bulhões – PRB/SP

    STF – inquérito 2930/ 2010 – É alvo de inquérito que apura peculato. TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – Processo 0044601-82.2002.4.03.6182 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda Nacional. TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – Inquérito 0005062-78.2003.4.03.6181 – É alvo de inquérito que apura apropriação indébita e crimes contra o patrimônio.

    4 – Jhonatan Pereira de Jesus – PRB/RR

    TRE-RR – processo 229176.2010.623.0000 – Teve reprovada a prestação de contas referente às eleições de 2010.

    Igreja Do Evangelho Quadrangular

    1 – Jefferson Alves de Campos – PSB/SP

    TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo MPF por envolvimento com a máfia das ambulâncias: TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – processo 0004928-22.2011.4.03.6100, TRF-3 Subseção Judiciária de Santos – processo 0000249-06.2007.4.03.6104

    2 – Mário de Oliveira – PSC/MG

    TRE-MG – Processo 60069.2011.613.0000 – É alvo de inquérito que apura crime eleitoral. STF – inquérito 2727 – É alvo de inquérito que apura crimes de responsabilidade, contra a ordem tributária e previstos na lei de licitações, além de formação de quadrilha, falsidade ideológica, estelionato e lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores.

    3 – Josué Bengtson – PTB/PA

    TRF-1 Seção Judiciária do Pará – rocesso 3733-02.2007.4.01.3900 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal. TRF-1 Seção Judiciária de Mato Grosso – processo 0004032-69.2008.4.01.3600 – Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias, é alvo de medidas investigatórias conduzidas pelo MPF por crimes previstos na lei de licitações.

    Igreja Internacional da Graça

    1- Rodrigo Moreira Ladeira Grilo – PSL/MG

    2 – Jorge Tadeu Mudalen – DEM/SP

    TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.

    Igreja Mundial do Poder de Deus

    1 – José Olímpio Silveira Moraes (missionário José Olímpio) – PP/SP

    TJ-SP Comarca de São Paulo – Processo 0424086-16.1997.8.26.0053 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual. TJ-SP Comarca de Itu – processo 286.01.2009.514728-4 – É alvo de ação de execução fiscal movida pelo município de Itu.

    2 – Francisco Floriano de Souza Silva – PR/RJ

    TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0139394-68.2010.8.19.0001 – É réu em ação penal movida pelo Ministério Público Estadual por lesão corporal decorrente de violência doméstica.

    Igreja Metodista

    1 – Walney Da Rocha Carvalho – PTB/RJ

    STF – Processo 627 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por corrupção passiva. TRE-RJ – Processo nº 197118.2002.619.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2002. É alvo de ações de execução fiscal movidas pelo município de Nova Iguaçu e pela Fazenda Nacional — por exemplo: TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0000562-61.2010.4.02.5110, TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0112599-45.2009.8.19.0038, TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0083231-88.2009.8.19.0038

    2 – Áureo Lidio Moreira Ribeiro – PRTB/RJ

    É alvo de ações de execução fiscal movidas pela Fazenda Nacional e pelo município de Duque de Caxias: TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0000153-61.2005.4.02.5110, TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – Processo nº 0005413-58.2002.8.19.0021.

    Igreja Nova Vida

    1 – Washington Reis de Oliveira – PMDB/RJ

    STF – processo 618 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético e formação de quadrilha. STF – inquérito 3192 – É alvo de inquérito que apura crimes eleitorais. É alvo de ações civis públicas, inclusive de improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público: TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo 0007523-23.2007.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0008324-65.2009.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo 0003813-92.2007.4.02.5110 (Foi condenado por improbidade administrativa, pois não houve divulgação de recursos recebidos pela prefeitura de Duque de Caxias. A Justiça determinou a suspensão dos direitos políticos, a proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios/ incentivos fiscais ou creditícios e o pagamento de multa). É alvo de ações de execução fiscal movidas pela Fazenda Nacional e pelo município de Duque de Caxias — por exemplo:
    TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0004113-83.2009.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0004857-78.2009.4.02.5110, TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – processo 0223580-32.2008.8.19.0021, TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – processo 0223582-02.2008.8.19.0021, TRE-RJ – processo 386718.2010.619.0000 – É alvo de ação de investigação judicial movida pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico. TRE-RJ – processo 772.2011.619.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. TRE-RJ – Processo 674343.2010.619.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE por conduta vedada a agente público. TCE-RJ detectou irregularidades e emitiu pareceres contrários à aprovação das contas referentes à administração financeira da prefeitura de Duque de Caxias: TCE-RJ – Processo 203.163-8/10. TCE-RJ – processo 206.291.7/09

    Igreja Cristã Evangélica

    1 – Iris de Araújo Resende Machado – PMDB/GO

    TRE-GO – Processo nº 999423170.2006.609.0000 – Teve rejeitada prestação de contas referente às eleições de 2006.

    Congregação Cristã no Brasil

    1 – Bruna Dias Furlan – PSDB/SP

    É alvo de representações movidas pelo Ministério Público Eleitoral por conduta vedada a agentes públicos: TRE-SP – processo 15170.2010.626.0199, TRE-SP – processo 1949115.2010.626.0000

    Igreja Sara Nossa Terra

    1 – Eduardo Cosentino da Cunha

    STF – inquérito 2984/ 2010 – É alvo de inquérito que apura uso de documento falso. STF – inquérito 3056 – É alvo de inquérito que apura crimes contra a ordem tributária. TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0026321-60.2006.8.19.0001 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual. TRE-RJ – processo 59664.2011.619.0000 – Alvo de representação movida pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de sufrágio. TRE-RJ – processo 9488.2010.619.0153 – Alvo de ação de investigação judicial eleitoral movida pelo MPE por abuso de poder econômico. TSE – processo 707/2007 – Alvo de recurso contra expedição de diploma apresentado pelo MPE por captação ilícita de sufrágio.

  15. Não concordo com politico usar o púpito mas sou a favor de orientar os cristãos votarem em cristãos. Não podemos mais fechar os olhos para o que está acontecendo não devemos lavar as mãos. Não quero meus filhos aprendendo na escolha que não tem problema se usar drogas, tudo bem se fizer aborto e podem casar pessoas do mesmo sexo. Acho quem está na hora de mostrar que somos maioria, em feliz da nação cujo Deus é o Senhor. Infelizmente o que falta no meio do povo de Deus é união, ser não for tomado providêcias não vão poder reclamar se seus pastores
    forem obrigados a realizar
    casamentos homoxesuais.

    obrigadof a realizcasamentos

  16. paulo disse:

    Ah! meu Deus, realmente seu povo padece por falta de conhecimento. a questão da minha postagem é: NÃO FAZER POLITICAGEM, DENTRO, OU NA IGREJA, que isso é crime eleitoral passível de punição. Outra coisa é: pq nós evangélicos fazemos soar as trombetas, alardeando que estamos a favor desse ou daquele candidato? Precisa isso? acho que não. Para que não suceda como agora, quando vou debater sobre homossexualismo, aborto, drogas, com não evangélicos, tenho que receber na cara que foi por causa de uma grande parcela de evangélicos que esses “políticos” que estão a favor desses crimes, foram eleitos. o povo do mundo não alardeia seu voto. por isso o versículo: os filhos das trevas são mais prudentes…e vi uma postagem que dizia que o pastor poderia orientar, digo que não, o pastor é para tratar das coisas espirituais, o eleitor-irmão se não atender a orientação de Deus, não haverá pastor que o denova da idéia de votar certo ou errado.

  17. Benilde da silva disse:

    Eu gostaria de acreditar que crentes que entram na politica estariam até bem intencionados mas quando estão lá a gente vê que não diferem nem um pouco dos não crentes, muitos perdem o temor a Deus e compactuam com as coisas erradas lá dentro. Se alguem acha que estou exagerando cite nomes de crentes politicos que entregaram os cargos por se achar fora do contexto. Será que vale a pena perder a eternidade por isso?.

  18. frank disse:

    Bom, o problema não é se o cristão deve ou não ingressar na política. O problema é que muitos dos que ali estão, muitas das vezes, acabam envergonhando a comunidade cristã, pois o que se pode observar é que há uma série de problemas quanto ao comportamento no exercício do mandato. Mas uma coisa é certa, não ingressar na política é da ao adversário a oportunidade de massacra-los. O sonho do PT e PSDB é colocá-los na cadeia, a PL 122 só não foi consumada ,até o momento, pelo devido fato de haver alguns cristãos no Congresso Nacional. Quando vejo pseudos cristãos falando que é um erro entrar na política, certamente vem a minha mente a frase de Cristo: Deus! eles não sabem o que fazem. Muitos dos inimigos dos cristãos estão torcendo para que vocês saiam da política, pois será a martelada final. Uma coisa é interessante, os grupos contrários, que não vou citar o nome, estão dominando tudo, eles se solidificaram nas Universidade, nos meios de comunicação, nos cargos Público ex: Judiciário, Ministério Publico, Defensoria Pública e Executivo. E muitos cristãos ainda querem abandonar a política. Certamente é deixar a faca e o queijo nas mãos do adversário. Isso é tudo o que eles querem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *