Brasil

Ativistas gays terão mais dificuldades para aprovar leis nos próximos quatro anos, dizem analistas

Comments (22)
  1. Isso é um sinal de que o povo brasileiro respeita as minorias, contudo, as minorias precisam respeitar a maioria, isso é democracia e não demofobia! Viva a democracia!!!

    1. José Cláudio disse:

      Você é pastor? Gostaria de saber como você se sentiria se fosse gay e obrigado a ouvir desde cedo que é possuído por demônios, que é uma aberração da natureza, abominação e outras palavras gostosas de se ouvir. Aí gostaria de saber a sua opinião sobre o que você qualifica como respeito. Pimenta no dos outros é refrescante.
      .

      1. regis disse:

        kkkkkk é isso ai josé claudio pau nessa cambada intolerante, esse texto só poderia ser de um site evangélico, kkkkkkkk eles ja estão contando com os votos dos conservadores e não evangélicos que por apenas algumas migalhas se debandam pra o outro lado

        1. Do contra... do contra-baixo disse:

          Regis, com sua fala você está generalizando, colocando todos como igualmente intolerantes e que deve-se descer o pau em todo mundo. Lhe pergunto: não é ISSO a intolerância que você tanto critica?
          Se você é contra a intolerância, demonstre tolerância. Se não demonstrar, estará na mesma situação e, portanto, sem moral para criticar.

          1. Ta Serto disse:

            Do Contra, o Régis quer que “desçam o pau nele”… se é que vc me entende…

            Não basta ser biba nojenta, tem que ser intolerante!!

            Eu poderia dizer a ele pra ir dar pra quem tem tempo… mas quem comeria uma abominação dessas?

      2. Leana disse:

        SOU GAY e voto contra Dilma. Esses ativistas gays estão deixando o povo com raiva dos gays. Gays podem casar (no RS podem), união estável, tem direitos nos bens, podem adotar (se forem certos da cabeça, isso vale para héteros também). O problema é que querem tudo liberado, juntam “direitos gays” com liberação de drogas (queria ver se um membro da família desses que querem liberação estivesse preso, marginalizado, se tivessem perdido alguém importante iriam querer que liberassem), aborto, quem da a vida é Deus e quem tira é Ele. Gay comportado, que estuda, tem cultura, sem drogas, educado sofre preconceito? NÃO SOFRE NÃO. Agora andar pelado na Parada Gay fazendo sexo praticamente pela rua aí querem respeito? Vão se respeitar primeiro. Gays querendo “facilidades, cotas” pra concurso? VAI ESTUDAR. Gay não é deficiente. Tantos projetos e o Jean Willis me faz um pra criança se quiser trocar de sexo e os pais não concordarem poderão ir na Defensoria Pública? AHHH FALA SÉRIO.

      3. ZEZE disse:

        Eu respondo pelo pastor, ser gay é um demõnio sim que atua na mente da pessoas fazendo esse ser humano ter a natureza contrária a que DEUS criou, se o gay quizer ser liberto dessa possessão maligna ele consegue, é só ele entregar a vida pra JESUS aceita-lo como senhor é único salvador que ele será liberto, conhecereis a verdade e a verdade vós libertará, a verdade é JESUS.

  2. Daniel disse:

    Apesar da bancada evangélica diminuir, Deus providencia outros meios para barrar o avanço do pecado – Deus, como sempre afirmei, está no total controle de tudo – glória à Ele.

    1. Leonardo K disse:

      Crente sempre arrumando pretexto pra colocar Deus no meio de tudo. Os caras nem esperaram esfriar o defunto das “profecias” furadas da Marina Silva já vem começar com as asneiras que se deputados conservadores foram eleitos é porque Deus tá no meio…

      Acordem alienados! Se até a Igreja Católica que é bastante conservadora já está agindo com moderação e respeito e pregando o estado laico, por que vocês ainda acham que Deus tem alguma coisa a ver com essa palhaçada teocrática que vocês querem implantar no país?

      Ai, ai…

  3. mauro disse:

    O país precisa discutir temas que de fato são importantes para o pleno funcionamento dos serviços a sociedade, projetos de educação e saúde de primeiro mundo, mais empregos e menos bolsa família, ajustar as leis penais que visam recuperar o ser humano que cometeu deslizes de gravidade baixa, reter por mais tempo e trabalhando o apenado de maior grau, diminuir a menoridade penal em caso de crimes hediondos e assassinatos, rever o fator previdenciário e adotar o IPCA nos reajustes do aposentados e pensionistas da previdência, investir muito em transporte de massa etcttc…temos mito trabalho pela frente.

    1. mauro disse:

      Os cristão podem e devem contribuir muito para desenvolver o bem comum, que Deus os ilumine.

      1. Slash disse:

        Bem comum, inferiorizando o que eles acham pecadores? Os que não professam a fé deles? E negando-lhes a cidadania, o que é pior.

        Esse país já pode entrar na listas dos países FUNDAMENTALISTAS.

  4. Pr. Edson disse:

    Deus é fiel e no Brasil somos a maioria cristã, nossas orações e confronto ao pecado tem feito a diferença, e não vamos parar por aqui. Fomos chamados para denunciar o pecado e o Brasil em breve voltará a ser de família tradicional pois Jesus é que comenda esse país. FORA ATIVISTAS GAYS, FORA ABORTO, FORA PRÓ-MACONHA. O BRASIL É DE JESUSSSSS

  5. Resposta disse:

    O que qualifico como respeito é dar respeito para receber… Se uma menoria de cristãos não sabe tratar nem a si próprios mas tem um porém vocês nos qualificam até como assassinos que não somos e sabem que o que mais não os aceita é quem está lá fora nós cristãos não achamos temos certeza que a prática é pecado quanto ao chingamentos e zombarias eu e os cristãos sensatos somos totalmente contra. ( um filho que recebe apoio nos erros e acha sempre quem os defenda cresce mais rebelde e querendo seguir seus desejos e pode cair e um filho que aceita repreenSão tem mais chances mesmo que caia se levante novamente .

  6. ZEZE disse:

    Só quero fazer uma pergunta a voce que comenta também nesse site.
    Você é a favor que mate uma criança inocente que não pediu pra vir ao mundo mais véio ?
    creio que sua resposta será não.
    é isso que querem fazer quando falam em legalizar o aborto, quem comete essa atrocidade, deve ir direto pra cadeia, junto com quem quer aprovar essa lei do diabo que é e legalização do aborto
    o aborto provocado por quem não quer a criança, nada mais é do que um assassinato isso é óbvio, é uma vida, que esta sendo tirada desse mundo, isso é real .
    se a mulher não quer o filho, tudo bem, deixe nascer e depois entregue a um abrigo para adoção, isso é o mais justo e certo.
    agora querem matar um inocente, aonde vai a maldade dos ser humano meu DEUS.
    invéz de aprovar o aborto, pedimos aos senhores que estão no poder, no senado federal criem uma nova lei, que aborto é crime é quem fizer tal atrocidade que vai direto pra cadeia
    façam isso por favor..

    1. José Cláudio disse:

      A criança rejeitada já nasce morta. Este trauma ela levará para o resto da sua vida.

      .

      1. Ta Serto disse:

        independente disso, é hediondo matar!!

      2. ZEZE disse:

        se a criança fica com trauma isso ja é uma outra historia, o que ninguém pode é tirar a vida de um inocente.
        não ha problema que DEUS não possa curar, quem sabe um dia essa criança que foi rejeitado poderá ser a vir um grande pregador ou uma pregadora e ganhar almas pro reino de DEUS.

  7. Sandro disse:

    Muito pelo contrário, pois Aécio, e o PSDB, são muito mais favoráveis às reivindicações da comunidade gay do que foi o PT em todos esses anos.

    Observem, vocês, que Dilma Rousseff sacrificou importantes causas da referida minoria apenas para ficar de bem com a bancada evangélica, fato que não pode ser negado em face, por exemplo, do recuo do governo em apoiar o projeto escola sem homofobia apenas para favorecer o Palocci, pois a dita bancada evangélica havia ameaçado votar por uma CPI contra Palocci se progredisse a votação do mencionado projeto. Como o governo recuou, a bancada evangélica sacrificou a CPI em gratidão ao PT.

    Depois, ainda para agradar a bandada fundamentalista, o governo do PT manobrou para que o PLC 122 fosse arquivado no Senado, o que de fato ocorreu.

    Sinceramente, não sei como vocês, evangélicos, podem ser tão ignorantes ao afirmar que Dilma Rousseff defendeu as reivindicações da minoria homoafetiva se ela mesma assinou uma tal de “carta ao povo de Deus”, através da qual prometeu nada fazer na questão do casamento gay, o que de fato ocorreu, pois o governo nunca encaminhou uma mensagem ou defendeu um projeto de lei em favor do casamento gay e tampouco fez qualquer coisa de real contra a homofobia.

    Se conseguimos duas de nossas maiores reivindicações, ou seja, o contrato civil e o casamento igualitário, isso devemos a Suprema Corte e não ao governo Dilma.

  8. Todinho disse:

    Isso mostra que a maioria da população é a favor dos princípios cristãos.E 95% dos brasileiros são cristãos.O Brasil é do Senhor Jesus.

    1. Nathanael Conrado disse:

      Tem que rever esses princípios, se são cristãos de verdade. Jesus, um grande mestre espiritual, disse que a sabedoria deriva de dois princípios, amar a Deus e amar ao próximo. Uma lei como essa( afirmar que o homossexualismo é uma aberração) só estimula o preconceito, logo esse princípio são não pode vir de Deus, não do Deus que o conheço.

    2. roberto p carvalho disse:

      o brasil seria um paraiso as oracoes de 95% dos cristaos funcionasse

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *