Endividada, Band estaria oferecendo descontos a igrejas para transmitir cultos, diz revista

73

O Grupo Bandeirantes estaria de olho nas igrejas evangélicas para equilibrar suas contas, e para isso, teria ofertado descontos nos valores de locação de horários em sua grade.

O motivo para a mudança de postura – até recentemente a Band vinha fazendo reajustes anuais para renovar o contrato do missionário R. R. Soares – seria o alto endividamento da emissora, de acordo com informações veiculadas pela revista Veja na coluna Radar Online.

“Atolada em dívidas, a Band está oferecendo outros horários para pastores colocarem ainda mais programas no ar. Hoje, a grade tem programas da Igreja Universal, [Internacional da] Graça de Deus e Vitória em Cristo aos sábados e domingos e, durante a semana, de noite e madrugada. Os evangélicos também têm conseguido descontos de mais de 10% para continuar no ar. A Band aceita qualquer negociação para não perder os milhões das igrejas”, noticiou a Veja.

A Band se posicionou sobre o assunto e disse que “eventuais negociações são naturais e seguem a dinâmica do mercado, prejudicado pelo encolhimento do PIB e pela alta do dólar”, e destacou que seu endividamento é “compatível com seu EBITDA e obedece a rigorosos parâmetros técnicos”, como forma de negar que a situação financeira da empresa seja crítica.


As igrejas neopentecostais são uma grande fonte de receita da emissora da família Saad. Em abril desse ano, o jornalista Ricardo Feltrin, do Uol, revelou que anualmente as denominações lideradas pelo bispo Edir Macedo, missionário R. R. Soares e a Associação Vitória em Cristo, do pastor Silas Malafaia, rendem mais de R$ 300 milhões à Band.

Somente a renegociação do contrato de Soares, em março passado, teria obrigado o líder da Igreja Internacional da Graça de Deus a pagar R$ 11 milhões mensais para manter seu Show da Fé no ar. O montante somaria R$ 132 milhões ao longo de doze meses.


73 COMENTÁRIOS

    • Pelo menos as contribuição dos evangélicos, é por fé em Jesus, pior são contribuição dirigidas a boneca feiosa maria-aparecida do fundo do rio paraíba do sul – SP.

      • Errado manuelina , deixa de ser herege imbecil rato de satanas.,

        Veja as mansões dos pastorecos do Brás .,
        Veja os aviãozinho dos pastorecos mercenarios.,
        Veja a vida abastadas dos mercenarios da fé.,
        Veja as mansões e fazendas dos pastore empresários.,.

        Acorda manuelina ., vc deve ser de Marte., porco de lutero.

        • É melhor ser da fé de Lutero, ou seja, fé no Deus vivo por Jesus, do que servir, venerar ou adorar aquilo que não é Deus, digo: as imundícias das esculturas que é de nenhum préstimo.

          • Confira, abaixo, os pastores brasileiros milionários com as maiores fortunas no país.
            Pastor Ativos Fortuna
            Edir Macedo Com mais de 10 milhões de livros vendidos, Macedo é o fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, controlador da Rede Record , atualmente a segunda maior emissora no Brasil. Seus ativos incluem além da TV, um jornal, a Folha Universal (circulação de mais de 2,5 milhões), o canal de notícias Record News, selos musicais, várias propriedades e uma empresa de jatos privados, a Bombardier Global Express XRS, avaliada em US$ 45 milhões. US$ 950 milhões
            Valdemiro Santiago Ex-integrante da Igreja Universal do Reino de Deus, Santiago é o fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, com mais de 900 mil seguidores e 4.000 templos. US$ 220 milhões
            Silas Malafaia Líder do braço brasileiro da Assembleia de Deus, maior igreja pentecostal do Brasil. O pastor é seguido no Twitter por mais de 440 mil usuários. Lançou uma campanha chamada ” O Clube do Um Milhão de Almas “, que pretende levantar US$ 500 milhões (R$ 1 bilhão) para a sua igreja, a fim de criar um rede de televisão global, que seria transmitido em 137 países. US$ 150 milhões
            Romildo Ribeiro Soares (RR Soares) Fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus e também ex-membro da Igreja Universal do Reino de Deus, Soares é um dos rostos mais regulares na televisão brasileira. US$ 125 milhões
            Estevam Hernandes Filho e “Bispa” Sonia Fundadores da Igreja Renascer em Cristo, supervisionam mais de 1.000 igrejas no Brasil e no exterior, incluindo várias na Flórida, Estados Unidos. O casal apareceu nas manchetes internacionais em 2007, quando foi preso em Miami, acusado de transportar mais de US$ 56 mil em dinheiro não declarado. Somente O o jogador de futebol brasileiro Kaká, que deixou a instituição em 2010 alegando mau uso do dinheiro, teria doado mais de US$ 1 milhão (R$ 2 milhões) para a igreja.
            US$ 65 milhões

      • Madre Teresa desviava dinheiro de hospitais para o Vaticano

        Casas para doentes
         eram chamadas por
         médicos de ‘necrotérios’Madre Teresa de Calcutá (1910-1997), na ilustração ao lado,  recebeu de doadores centenas de milhões de dólares para seus hospitais — os quais ela chamava de “casas para doentes” —, mas o grosso (ou parte significativa) desse dinheiro ela mandou para o Vaticano, deixando os doentes em estado precário, sem remédios e cuidados.

        Médicos classificaram esses locais de “casas da morte” ou de
        “necrotérios”. No âmbito da OMS (Organização Mundial da Saúde) houve denúncias de que as “casas” eram locais de epidemias. Uma ex-voluntária escreveu que faltava até AAS para amenizar a dor dos doentes.

        Essa são algumas das revelações do estudo “O Lado Escuro de Madre Teresa” feito por Serge Larivee, Carole Senechal e Geneviève Chenard, da Universidade de Montreal, Canadá.

        Em 1979, ela foi premiada com o Nobel da Paz e em 2003 beatificada pela Igreja Católica. A missionária já tinha se tornado um símbolo da
        caridade cristã. 

        Mas os pesquisadores canadenses, após examinar mais de 500 documentos, constataram que os alegados altruísmo e generosidade de Madre Teresa não passavam de fantasia vendida como verdade pela imprensa internacional.

        A rigor, ela foi “inventada” pelo jornalista Malcolm Muggeridge, da BBC, que lhe dedicou em 1969 o documentário “Algo bonito para Deus”, apresentando ao mundo a figura frágil de uma missionária que se dedicava aos pobres e doentes da Índia. Em 1971, o jornalista publicou um livro com o mesmo
        título. 

        A missionária abriu centenas de “casas de doentes” em vários países, mas não as tornava hospitais de fato, a ponto de os doentes serem mantidos em agonia em esteiras no chão. Fotos na imprensa desses doentes ajudaram Teresa a arrecadar milhões, inclusive de ditadores sanguinários, como François Duvalier, o Papa Doc do Haiti.

        Para Larivee, Madre Teresa colocou em prática a sua convicção de que o sofrimento humano é fundamental para a salvação. Ela acreditava que os sofredores
        estavam mais perto do céu e de Cristo. 

        O jornalista britânico radicado nos Estados Unidos Christopher Hitchens (1949- 2011) já tinha denunciado o embuste que era Teresa ao publicar em 1995 o livro “A Intocável Madre Teresa de Calcutá”.

        Diz um trecho do livro: “Tenham em mente que a receita global da Madre Teresa é mais do que suficiente para equipar várias clínicas de primeira classe em Bengala. A decisão de não fazê-lo […] é deliberada. A questão não é o alívio do sofrimento honesto, mas a
        promulgação de um culto baseado na morte e sofrimento e subjugação.” 

        Na época, Hitchens foi ”crucificado” pelos católicos por ter criticado a boa e santa velhinha.

        Um fato pouco conhecido é que a missionária acobertou um padre pedófilo, o ex-jesuíta Donald McGuire.

        Em 1993, o sacerdote, que era amigo de Teresa, estava afastado de suas atividades por abusar de um garoto. A missionária usou sua influência para que McGuire voltasse à ativa.

        Nos anos seguintes, oito outras queixas de pedofilia foram apresentadas por fiéis à Igreja e às autoridades. E McGuire acabou condenado a 25 anos de prisão.

        FONTE:PAULO LOPES.

        • Quer dizer que a velinha malandra e saudosa “santa” madre Tereza de CalCUta, desviava U$ milhões para a vaticanagem? Ela não pertece a igreja surrupiadora antiga? E agora, oque dizer dos padrecos?

          • Eu por exemplo, nunca fui, não sou e nem serei contra a igreja romana, mas contra a má evangelização da liderança católica, ou seja, o nossos irmãos católicos não conhecem a bíblia, por culpa do Papa e seus liderados. Aliás, o protestantismo surgiu antes de Moisés, desde quando o homem começou adorar os ídolos, apenas levou o nome de protestante, a partir do ex-Padre Lutero, pelo fato de não se compactuar com os erros católicos e isso não precisamos procurar na história, basta ler a bíblia.

  1. As Casas Bahia disputam o mesmo mercado que a Magazine Luiza.
    As duas lojas se engalfinham para abocanhar o filão dos eletrodomésticos, guarda-roupas de madeira aglomerada e camas de esponja fina. Buscam conquistar assalariados, serralheiros, aposentados e garis.
    Em seus comercias, o preço da geladeira aparece em caracteres pequenos, enquanto o valor da prestação explode gigante na tela da televisão. Não importa o número de meses, se couber no orçamento, uma das duas, Bahia ou Luiza, fecha o negócio – o juro embutido deve ser um dos maiores do mundo.
    Toda noite, entre oito e dez horas, a mesma lengalenga se repete nos programas evangélicos de quinta categoria.
    Pelo menos quatro “ministérios” concorrem em outro mercado: o religioso evangélico. Essas franquias igrejas caçam clientes que sustentem, em ordem de prioridade, os empreendimentos expansionistas, as ilusões messiânicas e o estilo de vida nababesco dos líderes.
    Assim, cada programa oferece milagres e todos calçam suas promessas com testemunhos de gente que jura ter sido brindada pelo divino. Deus lhes teria abençoado com uma vida sem sufoco.
    Infelizmente, o preço do produto religioso nunca é explicitado. Alardeia-se apenas a espetacular maravilha.
    Considerando que a rádio também divulga prodígios a granel, como um cliente religioso pode optar?
    Para preferir uma igreja, precisa distinguir sobre qual missionário, apóstolo, pastor ou evangelista, Deus apontou o dedo.
    E se tiver uma filha com leucemia aguda, não pode errar. Ao apelar para uma igreja com pouco poder, perde a filha. O correto seria frequentar todas mesmo sabendo que cada uma prega um doutrina diferente.
    Mas como?
    Em nenhuma dessas igrejas televisivas o milagre é gratuito ou instantâneo. As letrinhas, que não aparecem na parte de baixo do vídeo, afirmariam que, por mais “ungido” que for o missionário, um monte de exigência vem embutida na promessa da bênção.
    É preciso ser constante nos cultos por várias semanas, contribuir financeiramente para que a obra de Deus continue e, ainda, manter-se corretíssimo. Um deslize mínimo impede o Todo Poderoso de operar; qualquer dúvida é considerada uma falta de fé, que mata a possibilidade do milagre.
    Lojas de eletrodoméstico vendem eletrodoméstico, óbvio.
    Igrejas evangélicas comercializam a idéia de que agenciam o favor divino com exclusividade. E por esse serviço, cobram caro, muito caro.
    Afinal de contas, um produto celestial não pode ser considerado de quarta categoria.
    A “Brastemp” espiritual que os teleevangelistas oferecem vem do céu. O acesso ao milagre se complica, porque todos mercadejam o mesmo produto. Os critérios de escolha se reduzem a prazo de entrega, conforto e garantia.
    Opa, quase esqueci!
    As lojas, em conformidade com o Código do Consumidor, são obrigadas a dar garantia, mas as igrejas evangélicas não dão garantia alguma. O cliente nunca tem razão.
    Quando a filha morrer de leucemia, o pai, além de enlutado, será responsabilizado pela perda. Vai ter que escutar que a menina morreu porque ele “deu brecha” para o diabo, não foi fiel ou não teve fé.
    Mercadologicamente, Casas Bahia e Magazine Luiza estão bem à frente das igrejas protestantes. Melhor assim, geladeira nova é bem mais útil do que a ilusão desses falsos profetas e falsos milagres desses pastores.

  2. Tudo isso me faz lembrar de lojas de eletrodomésticos. Há algumas lojas que se engalfinham para abocanhar o filão dos eletrodomésticos, guarda-roupas de madeira aglomerada e camas de esponja fina. Buscam conquistar assalariados, serralheiros, aposentados e garis.
    Em seus comercias, o preço da geladeira aparece em caracteres pequenos, enquanto o valor da prestação explode gigante na tela da televisão. Não importa o número de meses, se couber no orçamento, uma das duas, Bahia ou Luiza, fecha o negócio – o juro embutido deve ser um dos maiores do mundo.
    Toda noite, entre oito e dez horas, a mesma lengalenga se repete nos programas evangélicos de quinta categoria.
    Pelo menos quatro “ministérios” concorrem em outro mercado: o religioso.
    E as franquias das igrejas evangélicas caçam clientes que sustentem, em ordem de prioridade, os empreendimentos expansionistas, as ilusões messiânicas e o estilo de vida nababesco dos líderes.
    Assim, cada programa oferece milagres e todos calçam suas promessas com testemunhos de gente que jura ter sido brindada pelo divino. Deus lhes teria abençoado com uma vida sem sufoco.
    Infelizmente, o preço do produto religioso nunca é explicitado. Alardeia-se apenas a espetacular maravilha.
    Considerando que a rádio também divulga prodígios a granel, como um cliente religioso pode optar?
    Para preferir uma igreja, precisa distinguir sobre qual missionário, apóstolo, pastor ou evangelista, Deus apontou o dedo.
    E se tiver uma filha com leucemia aguda, não pode errar. Ao apelar para uma igreja com pouco poder, perde a filha. O correto seria freqüentar todas.
    Mas como?
    Em nenhuma dessas igrejas televisivas o milagre é gratuito ou instantâneo. As letrinhas, que não aparecem na parte de baixo do vídeo, afirmariam que, por mais “ungido” que for o missionário, um monte de exigência vem embutida na promessa da bênção.
    É preciso ser constante nos cultos por várias semanas, contribuir financeiramente para que a obra de Deus continue e, ainda, manter-se corretíssimo. Um deslize mínimo impede o Todo Poderoso de operar; qualquer dúvida é considerada uma falta de fé, que mata a possibilidade do milagre.
    Lojas de eletrodoméstico vendem eletrodoméstico, óbvio.
    Igrejas evangélicas comercializam a idéia de que agenciam o favor divino com exclusividade. E por esse serviço, cobram caro, muito caro.
    Afinal de contas, um produto celestial não pode ser considerado de quarta categoria.
    A “Brastemp” espiritual que os teleevangelistas oferecem vem do céu. O acesso ao milagre se complica, porque todos mercadejam o mesmo produto. Os critérios de escolha se reduzem a prazo de entrega, conforto e garantia.
    Opa, quase esqueci!
    As lojas, em conformidade com o Código do Consumidor, são obrigadas a dar garantia, mas as igrejas evangélicas não dão garantia alguma. O cliente nunca tem razão.
    Quando a filha morrer de leucemia, o pai, além de enlutado, será responsabilizado pela perda. Vai ter que escutar que a menina morreu porque ele “deu brecha” para o diabo, não foi fiel ou não teve fé.
    Mercadologicamente, as casas de eletrodomésticos estão bem à frente das igrejas protestantes. Melhor assim, geladeira nova é bem mais útil do que a ilusão desses falsos milagres de falsos profetas.

    • Emanuelle, tá escrito na sua bíblia.
      “Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou.
      Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.
      Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.
      Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.
      Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
      A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam”
      Salmos 115:3-8

      • Evangelista Billy Graham afirma que os evangélicos idolatram o dinheiro e o poder
        Notícias Gospel em seu email

        O evangelista Billy Graham, que recentemente foi considerado um dos homens mais admirados dos Estados Unidos, afirmou essa semana que os evangélicos adoram a ídolos o dinheiro, o poder e as posses.
        Em resposta à pergunta de uma leitora, em sua coluna no site Chicago Tribune, Graham comparou a idolatria à preocupação contemporânea com dinheiro e bens materiais. “Ambos podem facilmente tornar-se “ídolos” que seguimos servilmente e deixamos de lado as coisas mais importantes em nossas vidas. Em vez de servir a Deus, servimos ao dinheiro e às coisas”, ressaltou, citando em seguida o trecho do evangelho de Mateus no qual Jesus advertiu: “Ninguém pode servir a dois senhores …. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”.
        “Não podemos nos curvar aos ídolos feitos de pedra ou de metal, como as pessoas faziam antigamente (e algumas ainda fazem em diferentes partes do mundo). Mas isso não significa que nós [evangélicos] não temos nossos próprios ‘ídolos’ hoje. Ou seja, temo que ainda servimos a coisas com a mesma devoção que eles tinham” afirmou o evangelista.
        Billy Graham prosseguiu listando outras coisas que podem ser consideradas ídolos nos dias de hoje: “Tenho certeza que você pode pensar em várias coisas que se tornaram ídolos para nós. Por exemplo, o prazer, o sexo, o entretenimento, o prestígio social, a beleza ou o poder. Contudo, a verdadeira questão é esta: A que a ídolos servimos? O que temos colocado em nossa vida no lugar que pertence somente a Deus?”
        Whatsapp
        Compartilhar
        Aos 92 anos, Graham está afastado das cruzadas evangelísticas que o tornou mundialmente famoso. Ele completou seu texto dizendo: “Certifique-se de seu compromisso com Jesus Cristo, e procure segui-Lo todos os dias. Não se deixe influenciar pelos falsos valores e objetivos deste mundo, mas coloque Cristo e Sua vontade em primeiro lugar em tudo que você faz”.

  3. “Muitos serão escolhidos, mas poucos serão salvos”.
    “Deus de seu trono contempla os bons e os maus”.
    Não se preocupem com o que os outros fazem, se preocupe com o que vc faz, pois Deus é amor e misericórdia, mas também é Justiça.
    Naquele “dia”(juízo final) Todos prestarão contas.

  4. A família Band agradece os lucros obtidos. Quanto isso, tantos irmãozinhos que não tem onde morar e nem compra sandálias.Mas isso é o jogo da ganância em detrimentos do crescimento do império.

  5. Eu por exemplo, nunca fui, não sou e nem serei contra a igreja romana, mas contra a má evangelização da liderança católica, ou seja, o nossos irmãos católicos não conhecem a bíblia, por culpa do Papa e seus liderados. Aliás, o protestantismo surgiu antes de Moisés, desde quando o homem começou adorar os ídolos, apenas levou o nome de protestante, a partir do ex-Padre Lutero, pelo fato de não se compactuar com os erros católicos e isso não precisamos procurar na história, basta ler a bíblia, motivo pelo qual, maior parte dos crentes são oriundos do catolicismo.

      • Emanuelle
        Diferentemente de vc, mesmo sabendo que Pedro, nunca foi Papa, e nunca esteve em Roma, pois conheço a bíblia e já visitei os lugares sagrados, o ano passado, em Israel, sei muito bem que a igreja romana não é a do que nos fala Jesus, Mateus 16:18, eu não diria que quem fundou a igreja católica foi lúcifer. Cuidado com as palavras ociosas!

        • Por isso que o mundo está infestado de heresias ., os protestantes se acham no direito de livre interpretação ., da Bíblia., muitos nem faculdade e teologia fazem mais vem aqui e nas praças públicas latir seus peseldos conhecimentos pífios e o caso do manuelina e levianíssimo e a grande maioria dos evanjegues fanfarrões., daí nasce seitas em cada esquinas se dividindo em duvidas mil.,

          Lamentavel

          • Curso superior ajuda, mas a sabedoria divina (do Espírito Santo), sobrepõe a sabedoria humana. Há grandes pregadores sem muita cultura, mas que transmite a palavra de maneira admirável até para os de níveis superiores, prova disso, maior parte dos discípulos de Jesus, eram analfabetos, sendo o Pedro um dos mais indouto.

    • Não tenha dó de mim me chamando de coitado, meu Salvador é Jesus, sei verdadeiramente em quem tenho crido, para sempre Jesus.
      Caso queira saber algo da bíblia, pode me perguntar…OK.

    • Emanuelle
      Com muito respeito e sinceridade, não sou adepto do protestantismo, verdadeiramente sou adepto da palavra de Deus, tendo como único Salvador o nosso Senhor Jesus, pois quem quiser entrar por outra porta não achará.

    • Até que a igreja romana faz alguma coisa, por exemplo: a “pastoral da criança” mas com as doações do povo e basicamente do governo. Poucas são as pessoas que ajudam ao próximo com recurso próprio e no anonimato. Fazer caridade com a grana aleia, é o mesmo que fazer reforma agrária na terra dos outros.

  6. A ORIGEM DO CATOLICISMO ROMANO

    A Bíblia Sagrada é auto-explicativa; alias a regra fundamental da Hermenêutica (interpretação) é que ela seja seu próprio interprete, entretanto, para compreendermos certas coisas ou fortalecer nossa fé em Jesus Cristo através dos seus ensinos, necessitamos recorrer a Historia extra-biblica, por exemplo: Nos primeiros séculos da nossa era, havia uma única comunidade crista. Ora, Jesus havia dito: “Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, estarei no meio deles…” “Eis que estarei convosco, todos os dias ate a consumação dos séculos”. Mt 18,20 ; 28,20 Origem do papado e do Vaticano O cristianismo teve continuidade com bispos, pastores, presbíteros e evangelistas como Lino, viveu no ano 65; Cleto em 69; Clemente em 95; Justino em 100; Policarpo, ano 155; Ignácio, ano 110; Irineu, por volta do ano 180; Papias, ano 140; Cipriano, bispo de Cartago, ano 247; João Crisostomo, famoso cristão, ano 350 e outros. Entre eles não havia maior ou menor, embora Tertuliano, advogado cristão, tenha acusado o bispo Calixto de “querer ser o bispo dos bispos” (ano 208). O Catolicismo romano começou a tomar forma no ano 325 quando o imperador romano Constantino, “convertido” ao cristianismo, convocou o primeiro concilio das igrejas que foi dirigido por Hosia Cordova com 318 bispos presentes; esses bispos eram cristãos; ainda não havia Catolicismo romano. Constantino construiu a IGREJA DO SALVADOR num bairro nobre de Roma, chamado Vaticanus. Os bispos (papas) de então construíram vários palácios ao redor da “igreja” formando o Vaticano que hoje existe. A Igreja recebeu o nome de “Católica” somente no ano 381 no concilio de Constantinopla com o decreto “CUNCTUS POPULOS” dirigido pelo imperador romano Teodosio. Devido as alterações que fez deixou de ser apostólica e não sabemos como pode ser Romana e Universal ao mesmo tempo. (Hist. Ecles.; Rivaux; Tom. 1; pg. 47). Ate o século V não houve “papa” como conhecemos hoje. Esse tratamento terno começou a ser aplicado a TODOS os bispos a partir do ano 304. (Ciência e Religião; Cônego Salin; Tom. 2; pg. 56). Naqueles tempos ninguém supunha que “S. Pedro foi papa”; fora casado e teve ambições temporais. Depois dos apóstolos, os lideres do Cristianismo foram os bispos, os pastores e os evangelistas. A idéia de que uma relação de “papas” surgiu a partir de S. Pedro e falsa; foi forjada para hiper-valorizar os de então. Depois do ano 400 as Igrejas viram-se dominadas por cinco “patriarcas” que foram os bispos de Antioquia, de Alexandria, de Jerusalém, de Constantinopla e de Roma, “útero” que gerou o papado. As Igrejas que eram livres começaram a perder autonomia com o papa Inocêncio I, ano 401, que dizendo-se “governante das igrejas de Deus exigia que todas as controvérsias fossem levadas a ele! ” O papa Leão I, ano 440, e mencionado pelos historiadores como o primeiro Papa. Procurou impor respeito prescrevendo que “RESISTIR SUA AUTORIDADE SERIA IR DIRETO PARA O INFERNO”. Nessa situação confusa, houve porfia entre o bispo de Constantinopla com e de Roma sobre a liderança do Cristianismo, quando interveio o Concilio de Calcedônia, ano 451, que concedeu “direitos iguais a ambos”. O papado como o conhecemos, hoje, desenvolveu-se gradativamente sustentado, a principio, pelo Império Romano; e intruso no Cristianismo e não se enquadra na bíblia, mas e identificado nas Sagradas Escrituras como “Ponte Pequena” (Daniel 7,8). O Estado territorial do Vaticano teve origem com o papa Estevão II, anos 741-752 que instigou Pepino, o Breve e seu Exercito a conquistar territórios da Itália e doa-los a Igreja. Carlos Magno, pai de Pepino confirmou a doação no ano 774 elevando o Catolicismo a posição de poder mundial, surgindo o “SANTO império ROMANO sob a autoridade do Papa-Rei; esse império durou 1100 anos. Carlos Magno já velho e arrependido por doar territórios aos papas, agonizando sofria horríveis pesadelos e lastimava-se assim: “Como me justificar diante de Deus pelas guerras que irão devastar a itália, pois os papas são ambiciosos, eis porque se me apresentam imagens horríveis e monstruosas que me apavoram; devo merecer de Deus um severo castigo”. (Pillati, Ed. Thompessom, Tom. III, pg. 64. Londres 1876). O Papa Nicolau I, anos 858-867, foi o primeiro a usar coroa! Serviu-se com muito efeito de documentos espúrios conhecidos como “PSEUDAS DECRETAIS DE ISIDORO”, que surgiram no ano 857. Essas falsas “decretais” eram pretensões dos bispos dos séculos I e II que “exaltavam o poder dos papas!” foram invenções corruptas e premeditadas cuja falsidade foi descobertadepois da morte desse papa; havia mentido que “tais documentos estiveram por séculos sob guarda da Igreja”. As “Pseudas decretais de Isidoro” selaram a pretensão do clero medieval com o sinete da “antiguidade” e o papado que era recente tornou-se coisa “antiga”. Foi o MAIOR EMBUSTE DA HISTORIA; esses falsos documentos fortaleceram os papas e ANTECIPOU EM 5 séculos o poder temporal deles e serviu de base para as leis canônicas da igreja católica. Esse embuste ajudou o papa Gregório VII, 1073-1085 a decretar o “DIREITO EXCLUSIVO DE GOVERNAR A IGREJA”. (Pochet bíblia Handbook pg. 685). Em 1304-1305 o rei Filipe IV, da Franca enfrentou o papa! Devido as perseguições religiosas da igreja e por cobrarem altos tributos dos franceses, o Rei mandou um emissário a Roma prender o pontífice e humilhou o papado ate o chão. Conduzidos para Avinhao, na Franca, foram tratadoscomo meros instrumentos da Corte francesa de 1305 a 1377. Nesse período o Catolicismo teve dois papas, ambos “infalíveis”; um em Avinhao, na Franca e outro em Roma, proferindo maldições um contra o outro! Com o papa gregório IX, ano 1377, a sede da Igreja voltou a ser unificada no Vaticano e no século XV demoliram a IGREJA DO SALVADOR construindo em seu lugar a Basílica de S. Pedro. Posteriormente, os papas envolveram-se em guerras que resultou na prisão do papa Pio VII, no ano 1798 por Napoleão Bonaparte. No ano 1870 o papa Pio IX governava Roma com 10 mil soldados franceses quando a Franca retirou suas tropas. Victor Emanuelli invadiu a cidade, arrebatando Roma das mãos dos papas. Humilhados, perderam Roma e tornaram-se súditos do governo italiano. Ate 1929 o papado esteve confinado no Vaticano; nesse ano, Pio XI e Mussolini assinaram o Tratado de Latrão legalizando esse pequeno Estado politico-religioso que e controlado pela “Cúria romana e governado por 18 velhos cardeais italianos que por sua vez controlam a carreira dos bispos emonsenhores”. O papa fica fora dessa pirâmide. ( Estado, 20.03.82). O Papado e uma instituição italiana que surgiu das ruínas do extinto império Romano; sobreviveu fazendo astutas alianças políticas como no caso dos francos e de Carlos Magno; sobreviveu pela fraude como no caso das “Falsas Decretais de Isidoro”; sobreviveu servindo-se dos exércitos dos reis subservientes e também derramando sangue na inquisição. Muitos papas foram bons homens. A igreja dos primeiros séculos abrigou muitos santos que no entanto, viveram fora da influencia do Vaticano; entendiam que os tais “vigários de Cristo” eram bem menos santos que aparentavam… Atualmente a “igreja” esta envolvida na “opção pelos pobres” procurando distribuir a riqueza dos outros sem tocar nas suas… Com essa opção procuram atrair as massas que perderam. O mesmo desespero sofrem na itália “onde apenas 25% dos católicos são praticantes, comparando-se com 41% em 1968”. (Estado, 07.04.88). Se os papas não conseguem manter a fé católica na itália, Sede da igreja e berço do papado, como esperam realizar isso viajando por outros paises? Distanciam-se de Cristo, eriçando as classes sociais umas contra as outras e deixam ver que substituíram a mensagem eterna pelas temporais. Rendas da Igreja e do Vaticano Sem sustento nenhum, por estarem desacreditados, os papas e a igreja sancionaram o blefe, canalizando para seus cofres quantias fabulosas, negociando cargos eclesiásticos e posições que valiam fortunas. Cobravam para “canonizar um santo” naqueles tempos, 23 mil ducados; hoje, milhões! Vendiam relíquias e “pedacinhos da Cruz de Cristo” ; negociam o perdão de pecados mediante indulgências e amedrontavam os “fieis” com o fogo do Purgatório que criaram prometendo com “missas” pagas, aliviar essa situação! Desconhecendo a bíblia e o amor de Deus, milhões acabavam aceitando esses expedientes matreiros do Catolicismo Romano. O dominicano joão Tetzel tornou-se famosos vendendo documentos de indulgências da “Igreja”; negociava uma que “dava o direito antecipado de pecar”! Vendia uma outra por alto preço que garantia: “AINDA QUE TENHAS VIOLADO MARIA, MÃE DE DEUS, DESCERAS PARA CASA PERDOADO E CERTO DO PARAÍSO”! O Papa leão X, ano 1518, continuou com o blefe; necessitando restaurar a igreja de S. Pedro que se rachava, utilizou cofres com dizeres absurdos tais como: AO SOM DE CADA MOEDA QUE CAI NESTE COFRE, UMA ALMA DESPREGA DO purgatório E VOA PARA O paraíso” (Hist. Literatura Inglesa por Tayne; vol II; pg. 35) O purgatório é o nervo exposto da Igreja; não quer que toque! O escritor Cesare Cantu registrou que o purgatório e a “galinha dos ovos de ouro da igreja” e o ex-padre Dr. Humberto Rodhen disse que com este e outros expedientes a igreja católica recolhe por dia em todo o mundo 500 milhões de dólares. Esse lugar de tormento tornou-se comercio espiritual a partir do ano 1476 com o papa Sixto IV; o Catolicismo e a única instituição que “negocia com as almas dos homens” (Ap 18.13). Com esse dogma peca duas vezes e cria problemas de consciência para os padres: primeiro por oficializar uma inverdade; segundo por receber dinheiro em nome dela. Nunca informam quando as almas deixam esse lugar de tormento; celebram missas indefinidamente por uma pessoa falecida sempre que um simplório pagar. O confessionário cujo interrogatório “devassa os lares” serve para vários fins; em Portugal e na Espanha usavam-no para descobrirem e informarem as autoridades o pensamento político dos generais, confessando suas esposas! Nessas “confissões” conseguem legados e doações de beatos e viúvas chorosas que buscando “absolvição” podem ser aliciados entregando terras epropriedades. “A igreja, no Brasil, tem um vultoso patrimônio imobiliário”. (Estado 25.02.80). S. Bernardo, doutor da igreja e canonizado, dizia: O clero se diz pastores, mas o que são e roubadores; não satisfeitos com a lã das ovelhas, bebem seu sangue! (Roma, a igreja e o Anti-Cristo, pg. 178). Influência do Estado do Vaticano A influencia do Estado do Vaticano e dos papas vem diminuindo dentro e fora. O Geral dos Minoristas, joão del Parma, canonizado, registrou que “A cúria Romana esta entregue a charlatanearia, ao embuste e ao engano sem dar atenção as almas que se perdem!” (Salimbene, Vita del Parma, pg. 169). Vazios espiritualmente, o clero recorre ao artificialismo para conservar o povo ao seu redor. Tudo no Catolicismo e muito colorido. Se o papa celebrasse as cerimônias civicamente trajado como os pastores das igrejas cristas, reduziriam em 70% os curiosos; por essa razão a indumentária deles e de espantar! Conforme o cerimonial, o papa apresenta-se com a Casula, aMitra, o Báculo, a Estola, a Meseta, a Batina, o Manto, o Palio, a Roqueta, a Faixa, o Solideo, a Coroa, a Tiara, o Escapulário, as Luvas de seda e os Sapatos de Pelica vermelha, tudo muito colorido e atraente! O Papa joão Paulo II acrescentou mais uma peca na sua indumentária: “colete a prova de bala”. Comprou dois deles na empresa americana Armoured Body (Jornal de Milão II Giorno). “A maioria católica” mencionada pelo clero para humilhar as Igrejas Cristas, encontra-se, na verdade, nos paises subdesenvolvidos e mal alfabetizados. Essas nações devem cobrar do Catolicismo Romano que abraçaram a ma situação em que se encontram. Por séculos a igreja não alfabetizou já de ma fé, objetivando explorar massas humanas com crendices; impediram povos de examinarem a bíblia, fonte de progresso e liberdade. Quando o clero menciona “religiões minoritárias” esquece milhões de cristãos exterminados pelos papas, retardando sua multiplicação. Vaticano em seus concílios altera a doutrina cristã Dogmas criados pela igreja católica são tão indiscutíveis entre eles que ate impedem padres a raciocinar e decidir entre o certo e o errado. Muitos baseados em lendas e suposições; outros, impregnados de crendices que rebaixam o nível do Cristianismo; quase todos com fins lucrativos, outros conferem ao clero certa autoridade e influencia ate que a sociedade fiqueesclarecida.Algumas alterações estranhas as Sagradas Escrituras:Ano 304 d.C.: Os Bispos começaram a ser chamados de papa.Ano 310 d.C.: Introduzidas orações pelos mortos.Ano 320 d.C.: começaram a acender velas.Ano 325 d.C.: Constantino celebra o primeiro concilio das igrejas.Ano 375 d.C.: Adoração de “santos” (ídolos).Ano 381 d.C.: A Igreja crista recebe o nome de católica.Ano 394 d.C.: Culto cristão e substituído pela missa.Ano 416 d.C.: começaram a batizar crianças recém-nascida.Ano 431-432 d.C.: Instituído culto a virgem Maria, mãe de Jesus.Ano 503 d.C.: Começa a existir o purgatório. Em 593 d.C.: Foi introduzidasua doutrina.Ano 606 d.C.: Supremacia papal.Ano 709 d.C.: Costume de beijar o pe do papa.Ano 787-788 d.C.: adoração/culto as imagens de escultura.Ano 830-840 d.C.: A Igreja começa a utilizar ramos e a tal “água benta”.Ano 933-993 d.C.: Instituída a canonização de “santos”.Ano 1074 d.C.: instituição do Celibato.Ano 1090 d.C.: Introduzido o terço.Ano 1140 d.C.: Sete sacramentos.Ano 1184 d.C.: inquisição. Efetivada posteriormente.Ano 1190 d.C.: instituída a venda de indulgências.Ano 1200 d.C.: A Ceia do Senhor e substituída pela hóstia.Ano 1215 d.C.: instituída a Transubstanciação.Ano 1216 d.C.: instituída a Confissão.Ano 1316 d.C.: Introduzida a Ave Maria.Ano 1415 d.C.: O cálice que era da Santa Ceia ficou só para o clero.Ano 1439 d.C.: Decretado o purgatório.Ano 1546 d.C.: Introduzidos livros apócrifos na bíblia. (Tobias, judith,Sabedoria, Macabeus I/II, Eclesiástico e Baruque).Ano 1854 d.C.: Anunciada conceição imaculada da virgem Maria.Ano 1950 d.C.: Ascensão da virgem Maria.A palavra “protestante” apareceu quando Clemente VII, 1529, tentou impedir que o Evangelho fosse pregado em alguns estados da Alemanha. Os cristãos não católicos fizeram um protesto contra essa pretensão do papa e receberam o nome de protestantes, aplicado, hoje a todos os evangélicos. A Igreja depois do século IV No ano 933, quando instituída a “canonização”, essa distinção da igreja tem concedida inclusive por ato de bravura, como matar protestantes e maçons. Anchieta, por exemplo, em 9 de fevereiro de 1558 na Baia de Guanabara ajudou os índios a enforcarem o holandês protestante Jacques Le Balleur e afogarem seus companheiros na mar. A transubstanciação (hipotética transformação do pão e vinho no corpo e sangue de Cristo) foi proclamada pelo papa inocêncio III, ano 1215. Os cristãos resistiram, mas foram derrotados em 1551 por um decreto papal. Confronto Bíblia – Catolicismo Romano Nos primeiros séculos a Igreja lutou contra os concílios dos papas, mantendo as doutrinas Cristas originais. são Cipriano, bispo de Cartago (249-258), alertava: “não recebe opinião diferente das sagradas Escrituras, seja de quem for!” são Jerônimo (340-420) dizia o mesmo: “Se estiver escrito recebemo-lo, se não estiver escrito não receberemos, o que eles apresentam como tradição a Palavra de Deus o vergasta!” (Veja Adv. Creseon, pg. 40 e In. Agg. Proph. Cap. 1, n.2) 1-adoração:bíblia: “só a Deus adoraras e só a Ele serviras” … “em espírito e em verdade”…Catolicismo Romano:as imagens tem prioridade por serem os “esteios” da igreja. No rosário ha 166 contas, sendo 150 para as “Ave Maria” e apenas 16 para os “Padre Nosso”. 2-MEDIAÇÃO:bíblia: “só ha um Deus e um mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo” e Pedro confirmou: “debaixo do céu não ha outro nome pelo qual devamos ser salvos”… (ITm 2.5 e At 4.12)Catolicismo Romano:Maria, mãe de Jesus e tido como “Medianeira” e ate bispos e padres se fazem de mediadores e perdoadores de pecados como se fosse possível substituir Cristo. Agem como impostores. 3-ETERNIDADE E SALVAÇÃObíblia: “Quem crer e for batizado salvo”. “Crê no Senhor Jesus Cristo e será salvo tu e tua casa”…outros… (Mc 16, 15-16 e Atos 16, 31)Catolicismo Romano:Apesar daquelas palavras de Jesus, Dom Helder Câmara entrevistado pela revista Veja n. 867, disse que “não tinha certeza de sua própria salvação”. Se um bispo esta nessa situação espiritual, que dizer de um católico comum? Bispos e Padres, quando faleceu Tancredo Neves proclamaram que “Os anjos levaram a alma de Tancredo Neves para os braços de Deus”. Uma semana depois a igreja deu marcha-a-ré ordenando missas a favor da alma de Tancredo nas “chamas do purgatório”!4-PURGATÓRIO E LIMBO: são lugares intermediários para onde vão as almas.Esses lugares não existem, mas rendem lucros para a igreja católica; ela não abre mão! Nesse aspecto a igreja foi “hábil” dizendo que no purgatório “os mortos se comunicam com os vivos através das missas”. O Limbo, dizem, abriga as almas das crianças que morrem sem batismo,todavia podem receber almas especiais que não vão aquele tormento! Nos Evangelhos não constam nada dessas crendices. Os que se aprofundam no estudo das Escrituras descobrem que o catolicismo Romano e descrito na bíblia, de maneira figurada como “Uma mulher embriagada com o sangue dos santos e das testemunhas de Jesus”, devido as perseguições e a inquisição cometidas contra os cristãos não católicos. Ap 18 A estrapada A Estrapada foi um instrumento de suplicio que a igreja católica usou nos tempos da inquisição (500 anos) e tirou a vida de milhares de pessoas inocentes. Cardeais e bispos presenciavam o espetáculo; a ocasião era importante, iam queimar 6 cristãos Luteranos; os mais corajosos tiveram suas línguas cortadas para não sensibilizarem os carrascos com suas orações ou citações bíblicas. João Huss, Reitor da universidade de Praga, Boemia, pregou contra o culto as imagens e mostrou que na bíblia não havia purgatório; por isso foi queimado vivo em praça publica. Por denunciar suas imoralidades (pai de muitos filhos ilegítimos), o papa Alexandre VI (1492-1503), considerado o mais devasso de todos (amante da própria filha, Lucrecia Borgia) mandou enforcar o grande orador cristão, jerônimo Savonarola. John Wicliff, queimado e muitos outros. A Reforma veio em 1517 ao “tocar” da trombeta do Monge Martinho Luthero. vários paises se ergueram como gigantes! Luthero relacionou a bíblia com Catolicismo e ficou perplexo; disse ao Papa: “Raciocinemos sobre isto!” e o Papa respondeu: “Submete-te ou morreras queimado!” BIBLIOGRAFIA1)O ESTADO DO VATICANO (Documentário) 11o edição ilustrada

    • “O protestantismo de Lutero já é um fato: é uma fé protestante e apenas negativa. Desaparecendo o catolicismo da face da terra, o protestantismo o seguirá na certa e imediatamente, porque, não tendo contra o que protestar, há de converter-se em franco ateísmo, e com isso se extinguirá.’’ (Dostoiévsky)

      SE O CATOLICISMO NÃO É CRISTÃO, O PROTESTANTISMO NÃO PASSA DE USURPAÇÃO, POIS O PROTESTANTISMO É COSTELA PODRE DA IGREJA CATÓLICA (Jó 14,4), SURGINDO 15 SÉCULOS DEPOIS – CHEGARAM TARDE DEMAIS PARA SER A IGREJA PRIMITIVA, A IGREJA DE CRISTO.

      Até o anti-católico Martinho Lutero reconheceu: “SOMOS OBRIGADOS A RECONHECER MUITAS COISAS AOS CATÓLICOS – (como por exemplo), que ELES POSSUEM A PALAVRA DE DEUS, QUE NÓS RECEBEMOS DELES; de outro modo, não saberíamos nada sobre ela.” (Commentary on John, cap. 16, como citado em Paul Stenhouse, Catholic Ansewrs to “Bible” Christians (Kensington: Chevalier Press, 1993), p. 31.) Lutero disse de seus discípulos: “A maioria dos meus discípulos são uns epicuros. Eles se chamam reformados: eu os chamo demônios encarnados.”

      —-

      “Irmãos, naquela época não tinha igreja protestante. Glória a Deus, aleluia! Vamos aprender dos nossos pais.” – Ana Paula Valadão

      “As frases de líderes protestantes”, Veritatis Splendor.

      “A Igreja Católica foi fundada por Constantino?”, O Fiel Católico.

      “Chega de por a ‘culpa’ em Constantino”, Marcelo Berti.

      “50 Provas bíblicas que Pedro foi o primeiro Papa”, Dave Armstrong.

      “Provas Irrefutáveis do Episcopado e Martírio de Pedro em Roma”, Apologistas Católicos.

      “Provas arqueológicas confirmam que o Apóstolo Pedro viveu e morreu em Roma”, Ecclesia MIlitans.

      “A Igreja Primitiva já era chamada de “Católica’’. Durmam com essa!’’, O Catequista.

      “Protestantes confessam: os padres da Igreja, são, de fato, os pais da Igreja Católica Romana!’’, Deus lo Vult.

      “A Patrística refutando o Sola Scriptura.’’ Apologistas Católicos.

      “As 18 citações da Patrística contra os protestantes’’, Realidade de Cristo.

      “RESPOSTA AO FALSO DOCUMENTÁRIO O ESTADO DO VATICANO.” Fernando Nascimento.

      “Escritor protestante reconhece acusações infundadas e substitui seu livro”, Veritatis.

      ☛ “REFUTANDO OS “MOTIVOS DA REFORMA”, Apologética Cristã Católica

      ☛ “Lista de Baboseiras protestantes desmascaradas”, Pensamentos de Deus.

      • Izabella Monique
        Vc conhece muito a história do romanismo católico, mas te falta uma coisa, “Examinais as escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de testificam” João 5:39.
        A bíblia, não foi escrita por católicos ou protestantes espalhados pelo mundo, mas sim, por judeus, inspirados pelo Espírito Santo. Doutrinas, embora aparentemente correta (anátema), Gálatas 1:8, não sobrepõe a palavra de Deus, assim como não há outro mediador ou medianeira, somente Jesus, é mediador da salvação entre Deus e os homens, 1 Timóteo 2:5

        • Primeiro, romanista é quem torce para o Roma Futebol Clube, portanto, pare de bancar o imbecil atrevido para cima de nós católicos.

          Segundo: “Vós perscrutais as Escrituras, julgando encontrar nelas a vida eterna. Pois bem! São elas mesmas que dão testemunho de mim. E VÓS NÃO QUEREIS VIR A MIM PARA QUE TENHAIS A VIDA.” (S. João 5,39-40

          Terceiro: o pastor Hermes C. Fernandes teve de admitir: “Se os protestantes têm tão grande apreço pelas Escrituras, deveriam agradecer aos mosteiros católicos que as preservaram por séculos.’’ E os judeus não escreveram toda a Bíblia, não, pelo menos os fariseus, porquanto eles rejeitam Cristo e a Boa Nova. Você nunca leu na Bíblia a rejeição aos judaizantes? São Lucas Evangelista era grego, por exemplo, e não judeu! E vários líderes protestantes reconhecem a importância da Igreja Católica na defesa e manutenção da Bíblia (“As frases de líderes protestantes”, Veritatis Splendor), pois caso os hereges daquele tempo prevalecessem (gnósticos com os seus livros apócrifos, ou marcianitas et caterva), não teríamos a Boa Nova. Graças aos santos monges copistas, que salvaram a Europa do barbarismo, é que temos a Boa Nova – e com a providência de Deus que os abençoou! O seu recalque dói. Quem usurpa a Bíblia são vocês, que mutilaram-na!

          Quarto: 1 Tm 2,5 é a principal objeção protestante à doutrina da intercessão dos Santos. Em 1Tim 2,1 a não está São Paulo nos pedindo para que sejamos intercessores (mediadores) junto a Deus por todas as pessoas da terra? Estaria então o Santo apóstolo se contradizendo? É claro que não. A questão é que a natureza da mediação tratada no versículo 1 é diferente da do versículo 5. Quando, a mulher da Fenícia pedia diretamente a Jesus que lhe curasse a filha, Jesus não a atendia. Quando os Apóstolos pediram por ela, Ele os atendeu, e, depois, atendeu a mulher fenícia. Jesus é nosso único Redentor e é pois a escada que une a terra ao céu. Só que a escada tem muitos degraus. O protestante quer subir ao céu por escada de um só degrau. Deus gosta que se o invoque por meio de outros mais santos do que nós. Já no Antigo Testamento se lê que Coré, Datan e Abiron quiseram tratar diretamente com Deus recusando a intercessão de Moisés. Eles foram punidos por Deus por causa disso. Coré foi devorado por fogo que caiu do céu e Datan e Abiron foram engolidos pela terra como todos os seus familiares e bens. No AT a mediação entre Deus e os homens se dava através da prática da Lei. No NT, é Cristo que nos reconcilia com Deus, através de seu sacrifício na cruz. É neste sentido que Ele é nosso único mediador, pois foi somente através Dele que recuperamos para sempre a amizade com Deus, como bem foi exposto por São Paulo: “Assim como pela desobediência de um só homem foram todos constituídos pecadores, assim pela obediência de um só todos se tornarão justos.”(Rom 5,19). Por tanto, a exclusividade da medição de Cristo refere-se à justificação dos homens. A mediação da intercessão dos santos é de outra natureza, referindo-se à providência de Deus em favor do nosso semelhante. Desta forma, o texto de 1Tm 2,5 dentro de seu contexto não oferece qualquer obstáculo à doutrina da intercessão dos santos (Berakash).

          • Só te digo uma coisa, “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” Atos 4:12.
            Por acaso tá escrito na sua bíblia, que haja outro Salvador ou mediador da salvação a não ser Jesus?
            Agradecemos a Deus e aos judeus pela bíblia que temos em mãos.
            Por favor leia, Isaías 44:8-21.

        • “Se os protestantes têm tão grande apreço pelas Escrituras, deveriam agradecer aos mosteiros católicos que as preservaram por séculos.’’ (Hermes C. Fernandes)

          • A existência da palavra de Deus, agradecemos a Jesus e ao povo judeu, pois foram eles judeus quem escreveram toda a bíblia.
            Jesus, tem duas naturezas, Divina e humana, a judia Maria é mãe de Jesus humano, mas não é mãe de Jesus Divino.
            Deus, não tem mãe! Erram os católicos quando rezam, “santa Maria mãe de Deus” Jesus Divino, não tem mãe. Diz a bíblia, “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente” Hebreus 13:8. Maria, viveu em carne há 2 mil anos, quando deu a luz ao nosso Salvador Jesus homem. O unigênito de Deus, é antes da fundação do mundo e de tudo…

          • Você não aprende mesmo! Cristo-Rei é filho do Homem (Mt 20,18/ Lc 19,10/ Jo 3,13/ At 5,53) e também nascido de mulher: Mas quando veio a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, QUE NASCEU DE UMA MULHER e nasceu submetido a uma lei, a fim de remir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a sua adoção (Gl 4,4-5). Essa mulher é a Virgem Maria, profetizada por Isaías (Is 7,14/ Mt 1,23). Portanto, Jesus Nasceu de uma mulher, a Virgem Maria, MÃE DO NOSSO SENHOR (Lc 1,43) e proclamada BEM-AVENTURADA POR TODAS AS GERAÇÕES (Lc 1,48). Fica a pergunta: Jesus é Deus? Se sim, Maria também é a Mater Dei Genitrix. Ele [Jesus] e o Pai são um (Jo 10,30), quem olha para ele olha para o Pai (Jo 14,8-11), ele que é a IMAGEM DO DEUS INVISÍVEL (Hb 1,3/ Cl 1,15). E saiba que Lutero, Calvino, Zwinglio, Bullinger e outros pais do protestantismo não pensavam como você.

            Salve Maria, cheia de graça, O SENHOR É CONTIGO. (Lc 1,28)
            Se Deus é por nós, QUEM SERÁ CONTRA NÓS? (Rm 8,31)
            ‘’Um com Deus é MAIORIA.’’ (Martinho Lutero)
            Conclusão: Ora, Deus é para com Maria, portanto, se Ele é por ela (Lc 1,28), quem será contra ela (Rm 8,31)? Só pode ser o diabo. E se um com Deus é maioria, como disse Lutero, Maria é também maioral.

            Jesus = Deus em carne
            Maria = Mãe de Jesus
            #MariaMãeDeDEUS

  7. Mentira ., nós cristãos católicos originais de tradição apostólica milenar., acatamos o santo magistério da igreja uma santa catolica e apostólica e a tradição além da Bíblia original de Jerusalém ., e a orientação do santo padre o suçessor de Pedro.,

    • “santo padre o sucessor de Pedro” Mentiroso… que sucessor de Pedro, que nada, Pedro nunca foi Papa. Pedro era casado e pescador de profissão no mar da Galileia, recebeu o chamado de Jesus, e se tornou discípulo.
      Esse negócio de dizer que Pedro, foi o primeiro Papa, nada mais é do que uma usurpação do romanismo para dizer que são os tais, prova disso, é que se fosse sucessor de Pedro, obedeceriam o que Jesus manda e não esse magistério pervertido mergulhado na mariolatria.

      • Para trás latidor de heresias manoelita asqueroso porco velho de lutero.,.

        Seja anátema seus vômitos aqui neste site ., rato de satanas .,.

        Lave sua bocarra nojenta imunda com água benta ., asqueroso.,.

        Vc não é digno de pronunciar o santo nome de Cristo e seu servo o santo padre.,.

        Vai lá no Brás ceifar a carniça lançada nos púlpitos heréticos dos vendilhoes do e templo., entre eles seus mercenários fanfarrões edirzimo., erre erre ,valdosandiablo,malandrofaia., e duque .,.

        Passe no banco e saque dinheiro pois estas obras mundanas só serve para isso.,.

        Compre os badulaques e buchigangas vendidos para enganar o povo perdido na fé.,
        Campanhas da prosperidades , lenço cagado., e unção da mocreia,, e tijolinhos e sal grosso ., a preço de suor dos inadaptou.,

        Olhe para seu rabo sujeitinho protestante ., perseguidor dos anjos e Santos de Cristo.

        Banhe se no sol da justiça covarde da escuridão.,

        Para trás porco velho de lutero., rato de satã .,

        Você não me engana perdedor de almas ., para os vendilhoes midiáticos do templo.,

        O que falas manoelita o intestino no expeli., cale se

        • Vou te mostrar na palavra de Deus, o anátema, “Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema” Gálatas 1:8.
          Quem vive à pregar aquilo que não é Deus, não é a liderança católica?
          Por acaso Pedro foi Papa?
          Por acaso Maria mãe de Jesus, é medianeira?
          Celibato é o mesmo que eunuco?
          “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem” 1 Timóteo 2:5.
          Não se exacerbe, mas se quiser, responda da mesma maneira, com a palavra de Deus.

          • Vai te porco de lutero ., te conheço sujeitinho asqueroso., seguidor de seitinhas de esquinas , lambedor de jeba de pastoreco mercenário., para trás rato de satã.,manoelita herege perseguidor da santa igreja ., e do santo padre., ceifador de carniça ., vergonha dos cristãos

          • “Mas eu vos digo que de toda a palavra OCIOSA que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo” Mateus 12:36, e vc diz muitas, ninguém pode se esconder da potente Mão de Deus, considerai…

  8. Mentira asqueroso veja a babel e a confusão da livre interpletacao ., estão envergonhando o nome de Cristo e afloram a cada dia as seitas mundanas de esquinas e os vendilhoes do templo.,

    Que quer enganar porco de lutero

    • Muita borrice para uma só pessoa. Também pudera os católicos não examinam a palavra de Deus? Justamente por isso, maior parte dos crente em Jesus, são oriundos do romanismo.

      • Um cara que escreve “borrice” chamando o outro de burro. Idólatras e “escolhidos” só se unem quando o assunto é atacar os homossexuais. Bando de canalhas!

        • Cláudio
          Quanto a troca do “u” pela letra “o” muitos aqui cometem erros. Quem tem sua boca pode dizer o que quiser. Uma coisa não devo fazer: desobedecer a Deus, para compactuar com os ídolos e aceitar a imposição gay, porque é imunda e imoral. “Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens” Atos 5:29

          • Eu não preciso passar o tempo todo recitando capítulos e varsículos bíblicos para ser feliz.
            Boa sorte e recomendações a deus no dia do juízo final, se é que um dia vai acontecer.

    • EMANUELLE
      Jesus, tem 2 natureza, uma Divina e uma humana, Maria é mãe de Jesus homem, mas não mãe de Jesus Divino, portanto, Maria, não é mãe de Deus. Prova disso é que a bíblia diz que, “Jesus, é o mesmo, ontem, hoje e eternamente” Hebreus 13:8.
      No dia em que Deus criou Adão, lá estava Jesus, Gênesis 1:26, FAÇAMOS é plural.
      Maria, era casada com José, e José não era gay, mulher casada gerar filhos com o esposo não peca, logo, Maria, não pecou por ter gerado outros filhos com José seu esposa.

      • “Pois em Cristo habita *CORPORALMENTE* toda plenitude da divindade.” (Colossenses 2,9).

        Maria, Mater Dei Genetrix!

        E Maria não teve outros filhos, seu herege!

    • Jesus “Deus”, é um personagem criado por Constantino ao criar o Cristianismo no terceiro século e dominar as massas, nesta criação foram sincretizados, vários deuses em que roma estava mergulhada depois de dominar a Grécia. Nesta sincretização, Por exemplo ‘Jesus’ representa vários ‘deuses’ mitológicos, como o Mitra da persa, sua festa é comemorada no dia 25 de dezembro, era a grande abominação da adoração ao SOL. A deusa mãe, rainha dos céus, foi sincretizada da mulher que segura um bebe, também conhecida como ÍSIS no Egito, era conhecida como a deusa diana de efésios, no catolicismo como maria ou rainha dos céus (no VT foi mencionado que os judeus perderam a presença do criador por adorar a rainha dos céus e foram escravos na babilônia). Tem muitos nomes e é muito considerada no ocultismo, em outras representações não tem o filho, mas é a mesma: Isis, Diana, Artemis. Astarte, Cybele, Hera, protheus, etc em Esta deusa, mulher que segura um filho, foi se espalhando para todas as culturas, mas a primeira é a semíramis, da babilônia, que deu origem a todas as outras. Segundo a história, o marido dela era o pior homem da face da terra, que queria construir um império contrário ao criador, por isso ele é venerado pelos poderosos ocultistas. Porém ele morreu, e ela estava grávida. Ela casou com seu próprio filho dizendo que era reencarnação do PAI o anticristo. Porém o filho morreu, e diz a lenda que depois ressuscitou depois de chorarem e jejuarem por 40 dias (quaresma). Esta figura é importantíssima para os dominadores deste mundo pois ela representa o anti-cristo que dominará o mundo, veja que esta deusa é sempre homenageada pelos poderosos, de forma oculta mas as massas dominadas não percebem
      A instituição protestante, nasceu com um padre (Lutero) que ‘reformou’ mudando poucas coisas na instituição criação constantino, mas a essência é a mesma. Daí em diante, a mãe (a instituição) de constantino, falar das filhas (protestantes) e as filhas falarem mal da mãe, pela disputa de poder sobre as massas, mas a essência é a mesma. Todos são seguidores da criação de constantino, creem e recebem constantino e estas instituições terrenas como salvadoras blasfemando o único caminho e verdadeiro caminho.

    • Jesus um personagem criado por Constantino ao criar o Cristianismo no terceiro século e dominar as massas, nesta criação foram sincretizados, vários deuses em que roma estava mergulhada, depois de dominar a Grécia que havia dominado a persia.
      A cada dominação os deuses são absorvidos pelo povo, e cultuados, principamente na grécia e ROMA. Os rituais (culto, ceia, liturgias) todos também foram absorvidos de religiões em que roma estava mergulhada, isso você pode verificar já que nem em nenhum dos 4 evangelhos, nem em atos, nem em nenhuma carta, há relatos de criação de templos, cultos publicos, rituais, religiosidade, sacerdotes (mediadores), instituição. O caminho do messias era simples, ouvir suas palavras e guarda-las. E tudo que ele ensinou foi contrário à religiosidade. Os apostolos fizeram, guardaram suas palavras e passaram adiante e escreveram 4 evangelhos. Porém, ROMA viu nesta história, base histórica, que precisava para dar vida aos seus deuses mitológicos, principalmente a questão dos milagres foi absorvida.
      Nesta sincretização, Por exemplo ‘Jesus’ representa vários ‘deuses’ mitológicos, como o Mitra da persa, sua festa é comemorada no dia 25 de dezembro, era a grande abominação da adoração ao SOL. Repare que esta criação não é considerada pelo que falou, e sim pelos milagres, para dar vida ao verdadeiro deus por trás. Pois as palavras dele trariam a luz ao mundo, e o mundo prefere as trevas do que a luz.
      A deusa mãe, rainha dos céus, foi sincretizada da mulher que segura um bebe, também conhecida como ÍSIS no Egito, era conhecida como a deusa diana de efésios, no catolicismo como maria ou rainha dos céus (no VT foi mencionado que os judeus perderam a presença do criador por adorar a rainha dos céus e foram escravos na babilônia). Tem muitos nomes e é muito considerada no ocultismo, em outras representações não tem o filho, mas é a mesma: Isis, Diana, Artemis. Astarte, Cybele, Hera, protheus, etc em Esta deusa, mulher que segura um filho, foi se espalhando para todas as culturas, mas a primeira é a semíramis, da babilônia, que deu origem a todas as outras. Segundo a história, o marido dela era o pior homem da face da terra, que queria construir um império contrário ao criador, por isso ele é venerado pelos poderosos ocultistas. Porém ele morreu, e ela estava grávida. Ela casou com seu próprio filho dizendo que era reencarnação do PAI o anticristo. Porém o filho morreu, e diz a lenda que depois ressuscitou depois de chorarem e jejuarem por 40 dias (quaresma). Esta figura é importantíssima para os dominadores deste mundo pois ela representa o anti-cristo que dominará o mundo, veja que esta deusa é sempre homenageada pelos poderosos, de forma oculta mas as massas dominadas não percebem
      A instituição protestante, nasceu com um padre (Lutero) que ‘reformou’ mudando poucas coisas na instituição criação constantino, mas a essência é a mesma. Daí em diante, a mãe (a instituição) de constantino, falar das filhas (protestantes) e as filhas falarem mal da mãe, pela disputa de poder sobre as massas, mas a essência é a mesma. Todos são seguidores da criação de constantino, creem e recebem constantino e estas instituições terrenas como salvadoras blasfffemando o único caminho e verdadeiro caminho.

    • Jesus um personagem criado por Constantino ao criar o Cristianismo no terceiro século e dominar as massas, nesta criação foram sincretizados, vários deuses em que roma estava mergulhada, depois de dominar a Grécia que havia dominado a persia.

    • A cada dominação os deuses são absorvidos pelo povo, e cultuados, principamente na grécia e ROMA. Os rituais (culto, ceia, liturgias) todos também foram absorvidos de religiões em que roma estava mergulhada, isso você pode verificar já que nem em nenhum dos 4 evangelhos, nem em atos, nem em nenhuma carta, há relatos de criação de templos, cultos públicos, rituais, religiosidade, sacerdotes (mediadores), instituição. O caminho do messias era simples, ouvir suas palavras e guarda-las. E tudo que ele ensinou foi contrário à religiosidade. Os apóstolos (= enviados) fizeram, guardaram suas palavras e passaram adiante e escreveram 4 evangelhos. Porém, ROMA viu nesta história, base histórica, que precisava para dar vida aos seus deuses mitológicos, principalmente a questão dos milagres foi absorvida.

    • Nesta sincretização, Por exemplo ‘Jesus’ representa vários ‘deuses’ mitológicos, como o Mitra da persa, sua festa é comemorada no dia 25 de dezembro, era a grande abominação da adoração ao SOL. Repare que esta criação não é considerada pelo que falou, e sim pelos milagres, para dar vida ao verdadeiro deus por trás. Pois as palavras dele trariam a luz ao mundo, e o mundo prefere as trevas do que a luz.

    • A deusa mãe, rainha dos céus, foi sincretizada da mulher que segura um bebe, também conhecida como ÍSIS no Egito, era conhecida como a deusa diana de efésios, no catolicismo como maria ou rainha dos céus (no VT foi mencionado que os judeus perderam a presença do criador por adorar a rainha dos céus e foram escravos na babilônia). Tem muitos nomes e é muito considerada no ocultismo, em outras representações não tem o filho, mas é a mesma: Isis, Diana, Artemis. Astarte, Cybele, Hera, protheus, etc em Esta deusa, mulher que segura um filho, foi se espalhando para todas as culturas, mas a primeira é a semíramis, da babilônia, que deu origem a todas as outras. Segundo a história, o marido dela era o pior homem da face da terra, que queria construir um império contrário ao criador, por isso ele é venerado pelos poderosos ocultistas. Porém ele morreu, e ela estava grávida. Ela casou com seu próprio filho dizendo que era reencarnação do PAI o anticristo. Porém o filho morreu, e diz a lenda que depois ressuscitou depois de chorarem e jejuarem por 40 dias (quaresma). Esta figura é importantíssima para os dominadores deste mundo pois ela representa o anti-cristo que dominará o mundo, veja que esta deusa é sempre homenageada pelos poderosos, de forma oculta mas as massas dominadas não percebem

    • A instituição protestante, nasceu com um padre (Lutero) que ‘reformou’ mudando poucas coisas na instituição criação constantino, mas a essência é a mesma. Daí em diante, a mãe (a instituição) de constantino, falar das filhas (protestantes) e as filhas falarem mal da mãe, pela disputa de poder sobre as massas, mas a essência é a mesma. Todos são seguidores da criação de constantino, creem e recebem constantino e estas instituições terrenas como salvadoras blasfffemando o único caminho e verdadeiro caminho.

  9. NADA MELHOR QUE USAR A CRISE,PARA GANHAR DINHEIRO$$$ AGORA E HORA DO $ILVIO $ANTOS GO$PEL ARRANCAR MAIS DINHEIRO COMO OUTROS LADROES,MERCENARIO DO PROTESTANTISMO,E NEO PENTECOSTAIS,ladroes usam de toda sorte de picaretagem para tomar mais dinheiro desse povo otario que enche esses currais de burro,em busca de espetaculos,e bosta para massagear o ego deles..essa canalhada protestantes ou catolica vai deitar e rolar…Yuppieeeee arribababaaaaaaaaaaaaaaaaa rsrsrsrsr

  10. Por acaso você acha que um JUDEU poderia se chamar JESUS, sendo que a letra J nem existe no alfabeto abracítico? Tão pouco IESUS é nome HEBRAICO?

    Você acha que falar que é salvo em nome deste nome que nem do verdadeiro é, pode salvar?

    E fazem praticam tudo ao contrário do que o verdadeiro MESSIAS ensinou !!
    Me diga: Quantos cultos o CRISTO original fez? Quantas orações públicas (pouquíssimas exceções) ele falava para não fazer isso, não utilizava estes artifícios para tocar o emocional do povo. Nem cantava. Nem fez cultos. Nem promessas que não poderia cumprir. Não derrubava ninguém na unção, não vendia amuletos mágicos, não prometia vida fácil na terra. Ele dizia que não tinha onde reclinar a cabeça, e profetizou a destruição do único templo para a criação de um templo novo que não seria feitos por mãos humanas…. o verdadeiro messias disse que a adoração é no espirito, não é em nenhum lugar, nem há método, mas é dentro do coração, com entendimento e ações voltados ao PAI ETERNO.

    Então quem é o Jesus ensinado que é totalmette contrário? não sobra nem o NOME nem a PERSONALIDADE. o Jesus em quem confiam quem será? Promete muitas coisas, muitas que não cumpre, pede cultos para sí, pede templos, pede danças ,pede adoração física, louvor com lábios, diz que deus habita em templos feitos por mãos humanas, diz que todos serão curados, ordena práticas religiosas, frequência neste prédio terrestre o qual dão crédito de templo, e a etc, etc, etc.

    O verdadeiro Messias é o ÚNICO que deu a vida por vocês. Ele trouxe as palavras vindas do PAI. Ele é PERFEITO. e você não dará crédito a ele?

    Mas vocês preferem crêr em outro que vem em seu próprio nome, com sua própria palavra, com seus próprios ensinos, um que se coloca como mestre no lugar do único mestre e ensinar outras coisas.

    Adão culpou a eva. Adiantou culpar a eva por ela ter dado o ‘FRUTO’ a ele? Ele foi salvo por acaso?

    Adiantará dizer que confiou no ‘pastor’ no bispo, no ancião, no profeta?? Por isso o messias alertou, muitos viriam em nome DELE dizendo que são os UNGIDOS e enganariam a muitos…

    A escolha é de cada um. EU FICO COM O VERDADEIRO QUE MORREU POR MIM. Assim como pedro disse. PARA QUEM IREMOS, SE SÓ O MESSIAS TEM AS PALAVRAS DA VIDA ETERNA. Suas palavras são alimento vindos diretamente do PAI.

DEIXE UMA RESPOSTA