Band e Igreja Universal estariam negociando venda de emissora por R$ 1 bilhão, diz jornalista

14

A Igreja Universal do Reino de Deus é locatária da Rede 21, emissora pertencente ao mesmo grupo da Band, desde 2013, quando aproveitou a crise financeira da concorrente, Igreja Mundial do Poder de Deus, para assumir 22 horas da programação diária do canal. Agora, uma negociação estaria ocorrendo para que a denominação do bispo Edir Macedo assuma seu controle definitivamente.

A informação sobre a negociação foi publicada pelo jornalista Daniel Castro, especializado em TV, no portal Uol, que reproduziu uma negativa da assessoria de imprensa da Band, mas manteve a informação.

“Nossa relação com a Universal é muito boa, o que pode gerar especulações desse tipo”, afirmou a assessoria de imprensa da Band.

No entanto, um executivo da Record teria revelado que a proposta de venda partiu do Grupo Bandeirantes, e a Universal teria demonstrado interesse, pois entendeu que seria mais vantajoso adquirir a Rede 21 do que continuar pagando, mensalmente, R$ 10 milhões referente ao aluguel de 22 horas da grade de programação.

Numa segunda rodada de conversas, a Band teria pedido R$ 1 bilhão pela emissora – o que seria 150% acima de seu valor de mercado, estimado em R$ 400 milhões -, quantia recusada pela Universal.

“Um bilhão de reais, no entanto, é muito dinheiro – até mesmo para a igreja de Edir Macedo. Do lado da Band, não seria vantajoso se desfazer de um negócio que rende R$ 120 milhões por ano pelo seu suposto valor de mercado (R$ 400 milhões)”, escreveu Castro.

Por fim, o jornalista reiterou que a Rede CNT teria sido comprada pela Universal, mesmo com a denominação do bispo Edir Macedo negando a informação. A CNT também tem sua programação arrendada pela igreja.

O Gospel+ procurou a assessoria de imprensa da Igreja Universal para comentar a informação, mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta.

14 COMENTÁRIOS

  1. O mais chato de tudo isso, é esse negócio de igreja concorrente, como se as coisas de Deus fossem divididas e contenciosas. Disputas são provenientes da ganância e não do amor.
    “O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor” Romanos 13:10

  2. Esse negócio de igreja concorrente, como se as coisas de Deus fossem divididas e contenciosas. Disputas são provenientes da ganância e não do amor.
    “O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor” Romanos 13:10

  3. Igreja concorrente? As coisas de Deus, não são dividas e nem contenciosas. A ganância, nada mais é do que falta de amor.
    “O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor” Romanos 13:10

  4. Acho pouco! Logo será a compra da globo
    Deus é o dono do ouro e da prata
    A compra destas emissoras não é para ostentar, mas para aumentar a divulgação da palavra de Deus, a verdade nua e crua e o amor de Jesus por todos nós.
    Mesmo os que ainda não creem terá a oportunidade de receber a SALVAÇÃO.
    Muito me espanta ler comentários de pessoas conhecedoras da Palavra, mas infelizmente cegas tentando distorcer uma missão tão valiosa como esta, onde o único FOCO É GANHAR O MAXIMO DE ALMAS PARA O REINO DO NOSSO SENHOR JESUS.

    Ele esta voltando e nosso tempo é muito curto…

    • Concordo com a intenção em seu comentário, mas uma emissora como a Record, em que o dono sendo evangélico e produz programas imundos como a Fazenda, será que Deus está ao lado de um projeto desses?

  5. Não sou da Universal, acredito que todos ou a maioria dos que comentam aqui também não sejam.
    O que temos a ver com isso?, tem alguém com arma apontada na cabeça sendo obrigado a dar dinheiro para eles?, por que essa preocupação com esse canal que eles pretendem comprar?, é com o dinheiro de vocês?
    Caras…, vocês são pessoas muito intrometidas.

  6. Canal 21, uma emissora que marcou época e teve um trágico fim

    Grupo da Informação – 04/08/2014

    Primeira extinção da Rede 21 (2006) – Após permanecer no ar por quase dez anos, a Rede 21 mudou de nome e passou a se chamar PlayTV em 5 de junho de 2006. O canal passou a transmitir programas da Gamecorp na faixa das 17h às 22h, enquanto o horário restante seria administrado pela Bandeirantes. Ao contrário do que diziam, a PlayTV continuou sendo do Grupo Bandeirantes. A Gamecorp apenas fazia programas para a emissora. Sem contar que, desde 2003, o Grupo Bandeirantes tentava registrar a marca PlayTV para um novo canal jovem. Mas a Rede 21 entrou em crise e só com a parceria da Gamecorp isso foi possível.

    Porém, a associação do Grupo Bandeirantes com a empresa Gamecorp provocou várias denúncias pela imprensa, pois o presidente da empresa, conhecido como Lulinha, é filho do então Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, aliada ao fato das denúncias que mostram um rápido enriquecimento no patrimônio pessoal graças ao então presidente Lula no poder.

    Retorno da Rede 21 e arrendamento à Igreja Mundial (2008-2013)

    Fim da parceria com a Mundial, multa e arrendamento à Igreja Universal (2013)

    ————————-

    MP quer cassar concessão de duas emissoras de TV com programação católica

    R7/Rede Record – 23/11/2011

    As TVs Canção Nova e Aparecida, ambas do interior de São Paulo, não participaram de concorrência para prestação de serviço público, como manda a lei.

    ————————

    HÁ “MILAGRES” QUE O DÍZIMO E A MARACUTAIA CONSEGUEM REALIZAR, MAS O IMPOSTO NÃO!

DEIXE UMA RESPOSTA