Malafaia comemora vitória de Cunha na Câmara e diz que governo vai ter que “aturar” evangélicos

50

O pastor Silas Malafaia comemorou a eleição do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados, e revelou que um de seus aliados ajudou o conterrâneo na campanha.

No Twitter, Malafaia disse que o pastor Sóstentes Cavalcante (PSD-RJ), membro da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) fez campanha a favor de Cunha. O gesto foi contrário à ordem da executiva nacional do PSD, presidido pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab, que apoiou o petista Arlindo Chinaglia.

“Parabéns ao deputado Sóstenes Cavalcante que trabalhou como leão para ajudar a eleger Eduardo Cunha presidente da Câmara. Valeu!”, escreveu o pastor.

Silas Malafaia também destacou que, com a eleição de um parlamentar da bancada evangélica para comandar a Câmara dos Deputados, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) terá que “aturar” as lideranças evangélicas.


“Parabéns ao novo presidente da Câmara, deputado evangélico Eduardo Cunha. Uma vitória espetacular humilhou o governo e o PT. Vão ter que nos aturar”, escreveu, antes de acrescentar que, a seu ver, o parlamentar não tem dívidas políticas com outras forças do Congresso: “A vitória de Eduardo Cunha para presidência da Câmara foi tão espetacular que ficou sem dever à oposição e à situação”.

Eduardo Cunha é membro da Igreja Sara Nossa Terra no Rio de Janeiro, e foi líder do PMDB no ano passado. Eleito com 267 votos, 10 a mais que o mínimo necessário para encerrar o pleito no primeiro turno, Cunha derrotou o candidato do governo e se tornou o segundo na linha de sucessão presidencial. Caso Dilma Rousseff renuncie ou seja destituída, e seu vice, Michel Temer (PMDB) não possa ocupar o cargo ou abra ou abra mão, é Cunha quem assume o posto.

50 COMENTÁRIOS

  1. Stadust,o elder é um fariseu mula-sem-cabeça,evanjegue mesmo e as setas malígnas dele
    não atingue nem gays e muito menos cristãos sérios como você,o Marcos Oliveira,Wanderlei
    Santana etc.|Pois, os comentários de vocês são inteligentes,extraídos da Bíblia,edifica,evangeliza
    e dessas pessoas de DEUS estes fanáticos da paranóia gay também não gostam,aliás,eles
    não gostam nem deles.

  2. Os cristãos sério são mais que vencedores,sim,mas estes cristãos fariseus estão mais para
    derrotados em todos os aspectos da vida.Para os mulas-sem -cabeças homofóbicos:dell
    aberração.elder hipocrisis,luciano fariseu,tá serto lunático,lellisson ex-traveco e outros delinquentes espirituais.

  3. Mas é muito cínico esse mala! Como se o governo já não viesse, desde o FHC, tendo de suportar essa gente que insiste em confundir Bíblia com Constituição e Parlamento com igreja.

  4. Se alguém tinha mais alguma dúvida sobre as más intenções desse povo na politica, agora ficou escancarado.

    Lamentável!

    Medo do caminho que estamos tomando e de suas eventuais consequências.

    • Slash, mas é assim mesmo, ou seja, não se pode enganar todos o tempo todo.

      O caminho? O caminho hoje trilhado poderá, infelizmente, levar a futuros conflitos religiosos de natureza literalmente bélica, pois a população não aceitará uma espécie de califado evangélico.

      • Este dia ta chegando sandro,ta desesperado porquer?caso vocês se comporte bem não vai acontecer nada,mais para os ativista gays que gosta de invadir culto vamos colocalos em presidios especiais,4 vai ser construido no mar entre fernando de noronha e recife,4 vai ser construido no meio da amazonia fronteira com peru.
        É bom ficar bonzinho agora porquer depois pessoas como dellff que queria te espancar vão querer fazer isso e nao vamos impedir.

        • Luciano, no começo imaginei que você talvez você não fosse, de fato, um crente, pois a Bíblia diz que o servo do Senhor é sábio e você é muito limitado intelectualmente. Agora. todavia, tenho certeza que, de crente, você não tem nada, pois a cada frase sua mais bobagens você diz. Na realidade, Luciano, você é mais um ateu que aprendeu a papagaiar o Evangelho. E quanto ao rídiculo do delldellphone (olha só o nome da criatura!), não passa, na melhor das hipóteses, de um adolescente otário que criou um personagem mal para apagar o ser limítrofe, feio e desajustado que é, e, na pior das hipóteses, um psicopata que logo estará em tratamento psiquiátrico em manicômio judiciário. Me espancar? E você me conhece para dizer isso? Só rindo!

          • Luciano, proponho que paremos com as mútuas ofensas. Eu te perdoo por palavras mais duras que você me dirigiu, e você também me perdoa. Assim, ficamos em paz. Quanto ao delldellphone, já tentei ser legal com ele, mas o pobre sofre de algum disturbio psíquico que o leva a proferir coisas ruins.

        • Luciano,vai começar por você e depois terão o mesmo destino que teve a
          falsa irmandade mulçumana do Egito que cresceu fazendo caridade aos pobres por interesses em votos.Viraram maioria e hoje nem existem mais,
          estão na clandestinidade.Foi o exército cumprindo ordens dos poderosos
          mundiais.Morreu milhares,mas a paz de DEUS está reinando.

  5. Me poupe, Malafaia. Ele vai fazer o quê??? Milagres?? Sem contar que pega muito mal um discurso desse. Já começou mal em querer aprovar o financiamento da campanha particular, onde só se monta esquema. Vamos ver o que vai fazer de bom para o povo e cobrar caro dos corruptos e incompetentes. Essa eu quero ver! Só falta dar um de Dilma, que promete e depois aquele abraço. Bem que, não dá para confiar em ninguém que está aí, principalmente o PMDB que sempre esteve com o PT e todos que estiveram no governo, só para mamar na teta do Brasil.

    • Caiu a máscara dessa liderança evangélica e agora, o povo tem uma escolha a fazer.

      Fazer o que é CERTO ou arcar com as consequências. Pq te digo uma coisa, a sociedade moderna não cairá sem luta. Podemos até vir a perder, mas levaremos quantos deles pudermos. Causaremos uma cicatriz tão profunda que nem o próprio Deus será capaz de cura-la.

      Se deixaremos uma mensagem para inspirar futuras gerações, a importância do MUNDO LIVRE.

  6. Rapaz, esse Clamando e o Stardust são velhos nesse site só pelas discussões, meus amigos vigiem voces podem perder a salvação de voces por causa desses comentarios que não edificam em nada.
    percebem que ninguem quer perder, mas lembre-se é melhor parar com as discussões tolas, por que ir para o inferno por causa desses comentários aff é rídiculo isso!

    • Prefiro ir para o inferno do que deixar que a sociedade caia nas mãos de um bando de FUNDAMENTALISTAS. Pois EU NÃO TENHO CONSENSO COM O FUNDAMENTALISMO.

      FORA PENTECOSTALISMO
      SOCIEDADE MODERNA JÁ!

      • Esses comentários de voces não vai ajudar em nada!
        Querido vc não sabe o que é inferno! pois a biblia que eu leio, diz que é algo terrível, voce falou uma asneira que se vc olhasse para o lago de fogo ia ver a besteira que falou….
        Melhor vigiar em um simples site do que morrer e ir para lá… paz a vocês e preguem o evangelho!

  7. Está vendo como nao pode dar cobra asas. Ele nessa hora nao ver que os deputados Cristaos Católicos tambem apoiaram Cunha, ou seja, só dar méritos aos protestantes. Por isso tenho medo de que um dia o povo nao “vigie” e os protestantes tomem o poder e vivenciemos uma ditadura “protestantista”.

  8. “Ainda sou novo”, “tiozinho” exemplos de preconceito etário, por acaso já visitastes um cemitério? engraçado parece que lá estão enterradas pessoas que morreram na juventude também. pense nisso.

  9. “Aturar” ????

    A missão da igreja é anunciar a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo.

    “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;” (Mateus 5:13-15)

    Dá uma conferida no estudo abaixo:

    O CRISTÃO PODE OCUPAR CARGO POLÍTICO?

    Apesar de as Escrituras Sagradas não proibirem expressamente o cristão de ocupar um cargo político, eu não recomendaria a nenhum dos meus irmãos a entrarem nesse universo perigoso, onde as corrupções, disputas, acusações, desavenças, iras e inimizades são frequentes, isso no Brasil.

    O Brasil não é como a Dinamarca, Nova Zelândia ou Finlândia, que foram, respectivamente, os três países mais bem avaliados em 2014 pela organização Transparência Internacional por registrarem o menor índice de corrupção, de acordo com a avaliação da população desses países.

    Vivemos num país tradicionalmente conhecido pela sua corrupção, que alcança todas as camadas de poder e que tem desviado muitos cristãos que alcançam um cargo político. Talvez o maior responsável por isso seja o amor ao dinheiro.

    “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão. Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas.” (1 Timóteo 6:10-12)

    Um cristão poderá mudar o mundo para melhor, caso seja investido em algum cargo de poder?

    O Senhor Jesus Cristo nos disse que até o fim, a iniquidade será multiplicada e que o amor de muitos esfriará por causa disso (Mateus 24:12). Isso significa que o mundo será cada vez pior, cada vez mais iníquo. Contra essas verdades, quem poderá lutar?

    Será mais proveitoso orar pelas pessoas e evangelizá-las, pregando a Palavra de Deus, que tem poder para nos preparar para viver no reino de Deus, na nova Jerusalém, para sempre. A Bíblia nos ensina a orar pelos governantes (1 Timóteo 2:1-2), mas em nenhum momento nos diz para sermos esses governantes.

    Devemos nos lembrar sempre de que a nossa verdadeira cidade não é a em que vivemos, mas a que esperamos do Senhor.

    “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,” (Filipenses 3:20)

    “E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.” (Apocalipse 21:2)

    Um cristão pode entrar para a política? Até pode, mas acredito que não deve, para o seu próprio bem. Se achar que tem capacidade, esteja preparado para enfrentar as inúmeras investidas do diabo, por que muitos no meio político estão a serviço do mal.

    No entanto, se a pergunta for: “um pastor pode ser político?” A resposta é não.

    Em período eleitoral, é muito comum encontrarmos pastores se apresentando como candidatos. Para justificarem a candidatura, esses homens costumam falar de José do Egito, que foi escolhido por Deus para ser governador daquela nação.

    É verdade que Deus escolheu José para ser governador do Egito, que escolheu os reis de Israel, e que escolhe até hoje todas as autoridades que estão em eminência (Romanos 13:1).

    Porém nem José, nem Davi e nenhum dos outros descritos na Bíblia foram chamados para cuidar de pessoas (como pastor). Se quisermos usar um exemplo mais apropriado, utilizemos o apóstolo Pedro, porque este sim foi chamado para cuidar de ovelhas (pessoas). Para Pedro, Jesus repetiu três vezes a mesma coisa: “apascenta as minhas ovelhas”. Observe:

    “E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.” (João 21:15-17)

    Se um líder de rebanho realmente ama o Senhor Jesus, este homem deve apascentar as ovelhas e se empenhar nisso. Isso não o impede de trabalhar com as próprias mãos (1 Coríntios 4:12), mas como político não. Não há possibilidade de misturar as duas coisas. É como água e óleo.

    Como político, o pastor não terá mais tempo para cuidar do rebanho, pois estará comprometido com o árduo trabalho de administrar e cuidar dos problemas de uma cidade, de um estado ou até mesmo de uma nação. As muitas reuniões e viagens fatalmente o afastarão da rotina de jejum, oração, meditação e estudo da Palavra de Deus e isso repercutirá negativamente na vida de todos os irmãos que são apascentados por aquele pastor.

    O pastor pode trabalhar e isso é bom (2 Coríntios 12:14). Mas para não prejudicar o bom combate, é essencial que esse homem de Deus opte por trabalhos mais humildes. No lugar de um cargo gerencial em uma grande empresa (exige dedicação integral ao serviço e celular ligado o tempo todo), que tal algo mais simples, para ter mais tempo para a obra de Deus?

    “Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.” (2 Timóteo 2:4)

    Pedro, João, Tiago, Paulo, Estevão, todos eles foram servos de Deus e não se envolveram com política, nem se comprometeram com políticos. Alguns até pregaram para as autoridades (porque estas também precisam ouvir a Palavra de Deus), mas para isso eles não precisaram ocupar cargos de poder. Eles seguiram à risca o que Jesus lhes ensinou: “Apascenta minhas ovelhas.”

    Por fim, e se a pergunta for “eu posso fazer campanha eleitoral na congregação?”, além de a legislação brasileira proibir esse tipo de campanha (Art. 37 da Lei 9.504/97), também o Senhor Jesus tem uma resposta para todos nós:

    “Dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração; mas vós fizestes dela covil de salteadores.” (Lucas 19:46)

    Isso significa que o Dono da igreja não concorda com campanha política no meio da congregação, bazar beneficente para arrecadar fundos, cantina (venda de lanches) e nenhum outro tipo de comércio. Igreja não vende e não se reúne em nome do dinheiro, mas em nome do Senhor Jesus Cristo.

    Igreja deve orar, adorar a Deus em espírito e em verdade, pregar a Palavra, e com as quantias oferecidas voluntariamente pelos irmãos, de acordo com a capacidade de cada um (1 Coríntios 16:2) e segundo aquilo que está proposto em cada coração (2 Coríntios 9:7), saldar as despesas mensais e distribuir bens aos necessitados.

    Evangelismo.blog.br

  10. Sou cristã e, acho isso tudo um circo dos horrores. Não vai demorar muito e Silas Malafaia vai estar indo com tudo pra cima do Cunha, esperem só! O que ele fez com a Marina? Pois ele está achando que ele vai fazer as vontades da Bancada Evangélica?? Acordem, puro jogo de interesse. Grandes coisas Eduardo Cunha ganhar essa presidência da Câmara, esperam o que dele? Só porque ele é evangélico? Silas Malafaia precisa se pôr no lugar dele e parar de querer meter o bedelho em política, tá se queimando feio.

  11. Evangélicos muitas das vezes merecem o que recebem, que é serem ridicularizados por serem tão tolos e ignorantes, que vão na ideia de líderes midiáticos, que acham, só acham que estão certos, donos da razão. Quanta tolice! Santa ignorância! Vejam, os políticos e sua política suja ficam atrás, bem atrás diante de tanta burrice religiosa. O problema não é Eduardo Cunha vencer a presidência da Câmara, não interessa se ele é evangélico(como as pessoas se iludem com isso, primeiro sinal de burrice), não fará diferença, nós sabemos o jogo de poder que ocorre debaixo de nossos narizes. Cunha é outra história. O que me dá náuseas é ver Silas Malafaia se achando o porta-voz da verdade, difundindo uma ideia própria, subversiva e utópica. Desde as eleições, Marina, PT e Dilma, Silas Malafaia não se manca. Um homem inteligente sim, prestando um desserviço e indo contra a própria inteligência. Tudo vão. Quem me vê escrevendo isso, pode pensar que sou ateia, ímpia ou coisa do tipo, mas do contrário, sou cristã sim e diante de toda minha insignificância e pequenez, procuro e me esforço viver conforme a vontade do Eterno. Simplesmente não compactuo com essa religiosidade cega, burra e cruel. Procuremos agir e pensar com a inteligência que Deus nos deu, e parar de acreditar em qualquer movimento, idealismo, discurso ou jargão implantado por líderes evangélicos, sejam eles quem forem. Precisamos saber separar as coisas.

  12. Se esse arremedo de pastor, chamado Silas Malafaia, usou o termo: …” vão ter que nos aturar”…, isso é um péssimo vocabulário e dá uma real dimensão de um crápula, vampiro e de lobo devorador que ele é, afrontando a nossa inteligência ao se colocar como porta-voz dos evangélicos, o que é uma grande farsa e mentira. Esse bossal asqueroso não me representa!
    Cala a boca, Malacraia!

  13. Malafaia a bíblia diz que nós devemos orar pelo nossos governantes e não criticar como vc critica, apoiar Cunha sabendo que é um dos maiores corruptos é não ter noção do que diz. ( vigie pastor)

DEIXE UMA RESPOSTA