Música Gospel

Cantora gospel é impedida de se apresentar em Igreja Católica

Comentários (126)
  1. meus amados A Paz do Senhor! a atitude do pastor foi prudente e correta pois a palavra de Deus nos alerta para que não venhamos a servir a dois senhores. Visto que no movimento catolico carismatico a atenção a Mariolatria eé extrema poir isso a questão de ecumenismo religioso não pode estar em nossa vida cristã.
    Ao cantar a referida cantora estaria concordando indiretamente com os catolicos e ainda rezando seus trecos e terecos … Que Deus nos guarde dessa situação ecumenica. Jesus esta voltando prepara-te.

  2. José Antonio disse:

    A paz do Senhor Jesus

    Particularmente, sou contra o ecumenismo, mas tem hora que temos usar a sensatez, participar de um culto de Louvor com os carismáticos não vai perder a salvação de ninguem, deixando claro que não partipamos dos ritos católicos, para adorar a Deus não tem lugar nem hora, uma oportunidade perdida. “A Nery Nascimento” não posso deixar de glorificar a Deus por sua vida, sua atitude de obediência e seu gesto deve ser seguido por muitos levitas que se acham independentes demais. Tenho certeza que se voce tivesse participado do culto teria abençoado a vida de todos os presentes.
    Deus te abençoe

  3. Isso e uma vergionha parao povo evangelici que prega quesamos irmãos,elanão iria anenhum baile era para lo independetes de denominação eonde esta a humildade o amor ao próximo .que me consta nos devemos pregar a palavrande formos chamados e o louvou e uma palavra de e pregai o as minhas palaVRAS aos quatro cantos da terra ,isso e pura ignorancia de certos povos que se acham mais salvos que outros, ela também me desculpe eu não acataria essa decizão de nenhum pastor pois ele e um homem tão pecador como eu so aceitaria se os espirito santo falasse ao neu coração,irmãos vamos acordar samos iguais ao todos nossa carne e podre igualmente e a saLVaçãoi e individual a paz

  4. Fernanda disse:

    Jesus esta em todos os lugares, independente de religião e Igreja. Engraçado que todos pregam que a união é imprescindível, este foi um ato não cristão. A palavra de Deus deve ser pregada, por quem tem o dom, em todos os lugares. Ue será que jesus colocou limites? Foi um absurdo a decisão deste pastor.

  5. Diogo disse:

    O Ministério tomou a decisão correta mostrou que obedece a Deus porque lê a Bíblia. Já a pessoa que criticou na reportagem a posição do pastor dela, precisa se converter ao Senhor Jesus porque essa estória de eucumenismo é do diabo.Será que ele acha que “um
    culto de louvor e adoração na Igreja Católica Carismática” está a ser dirigido ao verdadeiro Deus?Claro que não!!Só pode ser a satanás. Por favor leia a Bíblia está tudo escrito lá!!!!! A opinião dessa pessoa parece que tem a ver com vender mais cds dessa cantora gospel,ou seja FATURAR MAIS $$$!!! Que essa cantora ouça sempre a voz do seu pastor e obedeça como ela fez bem em fazer.
    1ª Corintios 9 Já lhes disse por carta que vocês não devem associar-se com pessoas imorais. 10 Com isso não me refiro aos imorais deste mundo, nem aos avarentos, aos ladrões ou aos idólatras. Se assim fosse, vocês precisariam sair deste mundo.11 Mas agora estou lhes escrevendo que não devem associar-se com qualquer que, dizendo-se irmão, seja imoral, avarento, IDÓLATRA, caluniador, alcoólatra ou ladrão. Com tais pessoas vocês nem devem comer.

  6. pastor joao batista da silva disse:

    se formos nesta ideia de ecumenismo eu canto lá eles cantam aqui, eu prego lá e eles pregam aqui ficará muito mais dificil para tantas pessoas conseguir separar o verdadeiro do falso, a direção da igreja da cantora não agiu de forma errada nem de forma preconceituosa se não pararmos com isso dentre alguns dias teremos que aceitar em nome da camaradagem que os padres carismaticos venham para dentro de nossas igrejas junto com a mariolatria e sus santos e que seus cantores tambem cantem suas músicas de maria eai?
    parabens a direção da igreja e tambem a cantora pela decisão ainda que contra gosto.

  7. Nilson Correa Gomes disse:

    Ouvi certa vez de púpito em uma igreja batista em campinas dita por por pastor do qual não me recordo o seu nome, mas o fato me chamou a atenção, ele disse o seguinte:
    Na sua cidade natal um diácono foi convidado pelo padre da igreja católica local para levar a Palavra de Deus em uma das missas de domingo.Sem pestanejar o irmão diácono chegou no dia e horario marcado, sentou no banco da frente de terno, gravata e a bíblia na mão.
    Depois das preliminares o padre fez o anuncio que naquela manhã quem estaria pregando era o diácono da igreja batista e o irmão tomou posse da palavra abriu sua bíblia em João 3:16 e fez ali sua pregação.
    No final da mensagem ele fez o apelo baseado em (Marcos 16:15-16) – E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
    E naquele dia converteu o padre e quase metade dos que ouviam a pregação. Até que ponto devemos deixar de testemunhar seja a quem for, como nos ensina a Palavra de Deus em (II Timóteo 4:2) – Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.
    Quem deve ser excluido da palavra da salvação? Responda se puder.

  8. Karla Cristina disse:

    Esse $negócio$ de ecumenismo é do diabo!

  9. Douglas L. Figueiredo disse:

    Paz do Senhor a todos!

    Para mim tudo está tomando um rumo ao ecumenismo!!!
    Infelizmente a igreja católica (carismaticos ou tradicionais) não seguem a palavra de Deus verdadeiramente, como deveriam….sei que todos somos pecadores e erramos, mas sabemos como é o certo e buscamos agir de tal maneira….
    Mas a igreja católica ‘adulterou’ a palavra de Deus, distorcendo muitas coisas ao longo de sua história, e hoje discipulando seus servos da maneira errada!
    Vejo hoje o mundo encaminhando para o ecumenismo, e em seguida pro anti-cristo. Quando vejo a Aline Barros divulgando seu CD na Globo, não a vejo pregando o evangelho naqueles pequenos segundos, mas sim falando de paz, amor, alegria….em seguida vejo a Adriana (cantora católica) divulgando seu CD tbm na globo….ali não sei diferenciar quem é evangélico e quem é católico, quem é sal da terra e luz do mundo, quem faz a diferença….infelizmente tudo está indicando o ecumenismo!
    Semana passada a Globo fez uma série de reportagens sobre os evangélicos no país…inocente? com certeza não! Sem dúvidas existem muitos interesses por tras de toda aquela atenção aos evangélicos….devemos abrir os olhos e não achar que tudo é bonitinho, que é legal se unir com quem não segue e ainda distorce a palavra de Deus….trevas não andam com luz, Paulo disse em sua carta aos coríntios:

    Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? – 2 Co 6:14

    Se preparem irmãos….o ecumenismo está chegando ao Brasil, e vocês não poderão mais levar a palavra de Deus com total liberdade…..se preparem pois o fim está próximo!!!

    João 12:35 – Disse-lhes, pois, Jesus: A luz ainda está convosco por um pouco de tempo. Andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai.

    Quanto ao testumunho que o irmão Nilson contou, sobre o pastor que foi pregar numa igreja católica e converteu muitas almas, ele foi com um propósito diferente do desta cantora, ele foi como pregador, ele não se uniu a ninguem em louvor e adoração, mas foi em busca de ganhar almas e pregar o verdadeiro evangelho da graça.
    Quanto à cantora Nery Nascimento, ela recebeu um “convite para participar do culto de louvor e adoração na Igreja Católica Carismática”. Ela estava indo se unir, participar, estar junto com os católicos. Neste ponto volto ao que paulo falou em sua carta aos corintios que citei acima.

    Deus vos abençoe!

  10. Lauro Cabral disse:

    A Sagrada Escritura como a Palavra de Deus devem ser recebidas, cridas e obedecidas como autoridade suprema em todas as coisas pertencentes à vida e à piedade. Na igreja, a Bíblia deve ser a autidade final em todas as questões de ensino, de repreensão, de correção, de doutrina e de instrução na justiça. Ninguém pode submeter-se ao senhorio de Cristo sem estar submisso a Deus e à sua Palavra como autoridade máxima. Devemos amar, estimar e proteger as Escrituras como um tesouro, tendo-as como a única verdade de Deus para um mundo perdido e moribundo. Devemos manter puras as suas doutrinas, observando fielmente os seus ensinos, proclamando a sua mensagem salvífica e defendendo-as contra os que procuram destruir ou distorcer suas verdades eternas. Ninguém tem autoridade de acrescentar ou subtrair qualquer coisa da Escritura Sagrada e muito menos impedir que um membro de sua denominação se apresente em uma comunidade cristã católica para realizar a obra missionária imposta por Jesus Cristo. Em Gálatas 5:1,13 está escrito: “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão. Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes servos uns dos outros, pelo amor”.
    O ensino bíblico é bastante claro nas afirmativas que faz de que autoridade significa poder exercido de maneira apropriada. Por este motivo, todo exercício de poder de maneira imprópria, não é exercio de autoridade e sim de abuso espiritual. Razão porque discordo da decisão da cantora gospel Nery Nascimento cancelar o convite que lhe foi feito para levar a mensagem de Deus através do Louvor a comunidade católica. Por outro lado, parabenizo, o testemunho positivo dos católicos carismáticos. Devemos obedecer a liderança da igreja enquanto permanecer fiel e leal a Deus e à sua Palavra escrita e ao seu propósito para a igreja. Não existe no seio da cristandade nunhuma outra palavra que seja mais abusada pelos abusadores espirituais do que a palavra autoridade.

  11. Phillipe disse:

    Lamentável decisão do pastor.

    Acho que devemos aprender com os cristãos dos países islâmicos. Nesses países católicos e protestantes tem se unido para levar a mensagem de Cristo e enfrentar as perseguições religiosas. Lá não existe protestante ou católico porque para um mulçumano, cristão é cristão. Ele não pergunta o nome da denominação antes de matar um “infiel”.

    Mas tudo bem. O Brasil é um país onde numero de evangélicos está crescendo. Já somos 30% da população! (De acordo com recentes pesquisas). Vamos esperar acontecer o que estar acontecendo na Europa ocidental, onde o numero de não-religiosos não para de crescer e os Cristãos tem sofrido vários tipos de perseguição por parte de ateus e agnósticos militantes. Ou então, esperar que o islamismo cresça no Brasil. Assim saberemos, (quem sabe?), olhar para o lado e aprender a deixar as diferenças de lado e caminhar de mãos dadas. Uau! “Caminhar de mãos dadas”…
    Isso não é do diabo!

    Graça e paz!

  12. Eu gostaria que esse pastor e todos os outros que tem essa posição arrogante, pseudo bíblica, parassem de olhar os católicos como “inimigos do evangelho”. Eles precisam de ovir a mensagem genuína de salvação.

    Parem com essa balela de que era uma reunião ecumênica. Ecumenismo , e não “eucumenismo” é totalmente diferente.
    A irmãzinha ia cantar numa missa. Seu pastor deveria era orientá-la como se portar com sabedoria e apresentar o evangelho aquelas almas sedentas da verdade. Eu já preguei em igreja católica, e pregaria em centro espirita, em mesquita, em templo budista e em qualquer outro lugar que me abrirem as portas para levar o evangelho.

    Chega de farisaísmo, de radicalismo burro, de religião humana, chega de ranço denominacional.

    Vamos pregar o evangelho de JESUS, a tempo e fora de tempo seja onde for, no templo evangélico, católico, no prostíbulo, na cadeia, enfim onde Deus nos abrir uma porta

  13. Jaime Alves. disse:

    É necessário que se tenha certo zelo, para que o paradigma cristocentyrico não venha ser banalizado e com isto solapado ainda mais do que já o está.
    Infelizmente a mescla de liturgias pode redundar em eufemismo, e com isto recrudecendo de forma avassladora o evangelho.
    Admiro todo aquele que preconiza louvores ao Rei dos reis, porem ele mesmo disse: Este povo me honra com os lábios mas aparta de mim o seu coração (Mt. 15: 08).
    Sinceramente eu gostaria de não pensar desta forma, mas doi a minha alma ver meu irmão de sangue e tantos outros entoarem cânticos a Jesus Cristo, mas ao mesmo tempo se perderem em abominavel idolatria quando adoram deuses que foram achado dentro de um fetido rio, ou criado por mãos humanas em um anacronismo insolito e volatil.
    Perdoem-me a sinceridade.

  14. gabriela disse:

    Acho incrivel como os “crentes” desprezam as outras religiões, criam suas proprias barreiras e acabam perdendo a oportunidade de pregar o Deus vivo. Acabam sendo pregadores só de crentes e se julgam melhor do q os outros so pq nao bebem, nao fumam, nao vão a festas..bla,bla..mas no entanto tem levado para dentro das igrejas o mundanismo q tanto criticam como é o caso das baladas gospel,festas caipiras, sem falar nos seus ritmos axe gospel, funk gospel..bla.bla.E entao me pergunto será q vou ser salva so pq sou crente? to numa igreja evangélica.Deus é só Deus dos evangélicos? Mas ele nao veio p todos? Religião foi a maior praga q o homem instituiu na humanidade isso sim eh do diabo pq causa discordia,separaçao,e ha muita hipocrisia.

    Ainda bem q Deus nao nos julgará pela religiao e sim pelo nossos atos, pelo aquilo q temos feito p n o magoar,Ele sabe do q passamos, de qndo choramos a noite escondido no quarto pedindo socorro, das lutas diarias p fazermos o bem.
    DEUS NAO EH HOMEM, ELE NAO NOS JULGARA COMO NOS JULGAMOS AOS OUTROS.

  15. Jaime Alves. disse:

    PS.
    Quando disse recrudescer, quis afirmar de um recrudescimento apático fragilizado, obstante do evangelho promulgado por Jesus.

    “Entrai pela porta estreita, larga é a porta, e espaçoso é o caminho que conduz a perdição, e muitos são os que entram por ela; porque estreita é a porta e apertado é o caminho que leva a vida, e poucos há que encontrem.
    Mateus, 7: 13 – 14.”

    O evangelho é um evangelho de renuncia que não se mescla com os prazeres deste mundo.
    I João, 2: 15 – 17.

  16. MARIA disse:

    Amém, claro que vc está fazendo a vontadede Deus , amiga vá em frente…Deus é contigo.

  17. aMADO NÃO SOU VENDEDORA DE CDS DA CANTORA POIS NEM A CONHEÇO E NEM NUNCA OUVI O CD DELA A MINHA OPINIÃO QUE PASTOR ALGUM TEM DIREITO DE SE INTROMETER NA VIDA DE QUEM QUER QUE SEJA A PESSOA TEM SEU LIVRE ARBITRIO PRA FAZ O QUE ACHA CERTO OU ERRADO NÃO UM HOMEM PECADOR QUE VAI DITAR REGRAS QUE DEVO OU NÃO FAZER,EU SIGO UM DEUS VERDADEIRO E EU E ELE NÃO TENHO QUE PEDIR OPINI~]AO DE NENHUM HOMEM TÃO PECADPOR COMO EU SO POR QUE TEM UM TITULO DE PASTOR. SE ELE ESTUDOU EU TAMBÉM POSSO ESTUDA SE ELE LE A BIBLIA EU TAMBÉM QUAL A DIFERENÇA SO CARGO E ISSO QUALQUER UM PODE TER E SO ESTUDAR MAIS NÃO TEM DIREITO DE DECIDIR A VIDA ALHEIA ,QUEM FALA E TEM MUITO MEDO DE SATANÁS E QUE ALGUM MEDO TEM DELE POIS O CRISTÃO QUE TEM FÉ EM JESUS NÃO TEM MWDO VAI A QUALQUER LUGAR POIS DEUS VAI NA FRENTE APRENDA QUERIDO DEVEMOS AMAR UBS AOS OUTRO NÃO IMPORTANDO OCREDO OU AQUE DO9MINAÇÃO PERTENÇA VC DEVE SER AQUELES QUE SO FALA COM CRISTÃO E DA MESMA DENOMINBAÇÃO SUA VC SE JUGA MELHOR QUE OS OUTROS OLHA O PECADO AI IRMA~ZINHO ORE MAIS SEJA MAIS HUMLDE DEUS GOSTA

  18. Samoia disse:

    estamos vivendo uma época de grandes oportunidades no Brasil, e essa era uma. Se o culto da igreja em questão não é ao verdadeiro Deus, pelo menos alguém iria fazê-lo, e se uma pessoa fosse tocada e transformada, já valeria a pena. Temos que deixar desse legalismo se o nosso desejo é vivermos uma Igreja forte e impactuante no Brasil. Não se trata de moldar os nossos princípios, mas sim de nos adequar aos novos tempos que a Igreja está vivenciando hoje. E só lembrando que Jesus veio para os doentes.

  19. DELLY disse:

    me desculpe diogo, que tipo de crente é vc , muito preconceituoso enão existe amor verdadeiro em vc ,´pois jesus não fez acepçao de pessoas , vcs são melhores q JESUS

  20. Pr. Clayton disse:

    A Paz do Senhor Jesus;
    Concordo com a decisão do Pastor, pois, há uma grande diferença entre crentes e católicos, a começar pelo culto as imagens, oração a Maria que se torna uma invocação a mortos algo que a bíblia condena. Devemos entender que temos várias oportunidades para pregar aos católicos e as demais pessoas de diversas crenças e ateus. Isto não pode ser usado como uma desculpa de que vai pregar o evangelho, porque no caso a matéria deixa bem claro a posição da cantora gospel: os católicos são irmãos e o catolicismo é uma igreja cristã autêntica e nós pastores, crentes em Jesus sabemos, ao estudar a bíblia e analisar o catolicismo a luz da mesma ela se encontra mui distante da verdade. Assim meus irmãos, Tomem cuidado e vamos nos manter fiéis a Cristo e a sua Palavra. Acima de tudo nosso compromisso é com a Palavra e com Jesus Cristo.

  21. ALOISIO disse:

    PAZ AMADOS

    ACHEI A ATITUDE DA CANTORA NERY NASCIMENTO CORRETA, A CANTORA MOSTROU QUE É OBEDIENTE E ISSO SÓ SOMA NO SEU MINISTÉRIO. PARABÉNS CANTORA É ASSIM QUE IREMOS ENTRAR NO CÉU. OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS E TB NOSSOS PASTORES.PARABÉNS AO Pr. PELA ATITUDE, VC FOI SÁBIO, SINAL QUE LER A BIBLÍA
    E PARA VCS QUE QUEREM CONHECER MAIS SOBRE ESSA CANTORA EU FUCEI E ENCONTREI O SEU SITE, VOU CONVIDÁ-LA PARA VIR A MINNHA IGREJA ,VISITEM E CONVIDEM PARA IR A SUA IGREJA TB ,POIS ESSA SIM É UMA CANTORA DE VERDADE http://www.nerynascimento.com.br

  22. Tiago disse:

    Por que os “irmãos carismáticos” não vão à igreja da cantora, para vê-la cantar. Não seria mais fácil?
    Ô irmã Maria Da Penha, se te convidassem para cantar num prostíbulo, você iria? Com certeza né, pois você tem livre arbítrio, e você não obedece ao pastor. Engraçado pois a bíblia diz que devemos ser submissos aos nossos pastores, e além do mais eles não são qualquer um, eles são ungidos de Deus. E assim como Samuel era ungido de Deus, algumas coisas era só com, só se resolvia com ele.

  23. Karla Cristina disse:

    Phelipe o ecumenico rsrsrsrsrsrs

  24. Sol disse:

    Devemos tomar território … se a gente for pensar bem, se alguém for chamado à casa de uma idólatra para expulsar um demônio, não poderá, pois lá adoram a Maria, pedro ou João … Os ídolos nada são … há países idólatras onde o povo de Deus entra para pregar o Evangelho! Daqui a pouco teremos que ter trabalhos só p evangélicos, lojas só de evangélicos, ônibus para evangélicos … me poupe! Temos que ser sal aonde há necessidade, as igrejas estão salgadas demais pq as pessoas não querem sair do comodismo e ir aos becos, favelas, aos grandes bairros de classe alta … no púlpito da igreja é bem mais fácil! Jesus tbm foi julgado quando entrou na casa de Zaqueu … Da mesma forma estão fazendo com essa cantora … Ela obedeceu e está certa, mas fala sério … depeeeeeeerta povo, o caso é não se corromper, mas como vamos alcançá-los??? O Senhor nos disse: IDE!I-D-E! E não espere que eles venham até vc para ouvi-la cantar!

  25. genaldo viana disse:

    rapaz como tem crente fácil de ser enganado hein?
    é claro que o pastor tá certo em orientá-la que não deveria aceitar o convite,pois o culto deles é para Maria.
    está esccrito: ao Senhor teu Deus adorarás e só só só só só a Ele daras culto!!!!!!!!

  26. José Antonio disse:

    Sol

    Estou contigo e não abro, Deus te abençoe

  27. edson batista disse:

    Acredito que a sabedoria é o fator fundamental para a expansão do reino de Deus, e consiste em agir para Deus, em Deus aonde quer que ele abra uma porta.
    Sds, em Cristo Jesus.

  28. TIAGO EU NÃO IRIA CANTAR NO POSTIBULOPOIS EU NÃO CANTO E O ASSUNTO NÃO DIZ ONDE EU CANTARIAOU NÃO E ISSO TAMBÉM NÃO LHE DIZ RESPEITO E OUTRA COISA SUBMISÃO TEM LIMITES EU RESPEITO O PASYTOR COMO RESPEITO UMA PESSOA MAIS VELHA AGORA SUBMETER-ME A AUTORIDADE ISSO NÃO AUTORIDADE SOBRE MINHA VIDA SO DE DEUS , TUDO TEM SEUS LIMITES SE SEU PASTOR LHE MANDAR SE JOGAR DE UM EDIFICIO EM NOME DE JESUS VC SE JOGA DEIXA DE HIPOCRESIA, E O QUE TEM DE SERVOS DE DEUS UNGIDOS FAZENDO COISAS ERRADA USANDO O NOME DE JESUS FRANCAMENTE QUERIDO LEIA MAIS SE ATUALIZE O TEMPO EM QUE VC FALA JA PASSOU HOJE ESTÃO USANDO O NOME DE DEUS PARA SE GANHAR MILHÕES E OUTRA COISA ME EXPLICA DEVEMOS CONVIDAR OS IRMÃOS QUE NÃO SÃQO [CRISTÃO ] A VISITAR NOSSAS IGREJA E VC PRINCIPALAMENTE VISITA UMA IGREJA CATÓLICA, APOSTO QUE NÃO POIS EU VISITO POIS O MEU DEUS E NO MEU CORAÇÃO E NÃO SO NA BOCA COMO DE MUITOS IDE E PREGAI SEM MEDO E EU VOU POIS DEUS VAI NA MINHA FRENTE QUERIDO FIQUE NA PAZ

  29. Diogo disse:

    Para a DELLY:Sou o crente tipo seguidor do bom senso á maneira de Deus e não bom senso á maneira do mundo!!!!Leia o versiculo que da Bíblia que esta no meu outro comentario, porque não sou eu o escritor da Bíblia, é o próprio DEUS!!! Se não concordar comigo não fico triste mas Jesus fica, porque a palavra é Dele.

  30. Vou contar uma breve história. Ela aconteceu comigo, minha esposa e um grupo de amigos, todos crentes. Fomos convidados para ir a uma Igreja católica na nossa cidade por um amigo em comum por que ele já tinha vindo duas vezes na nossa Igreja e assistidos os cultos. Por isso, em nome da cortesia fomos na Igreja dele. Quando chegamos todo mundo já sabia que eramos crentes, inclusive o padre. No meio do sermão a primeira coisa que o Padre disse foi que eramos do diabo, que católicao não deveria entrar em casa de crente, nem sequer cumprimenta-lo. O sermão foi só sobre isso.O Padre parecia possesso (e acho que estava mesmo). Ouvimos aquelas barbaridades e orando em espirito para que o Senhor salvase aquela pobre alma. Tinha católico que olhava para gente e sorria achando aquilo muito bom. Depois da missa o nosso amigo pediu muitas desculpas pelo comportamento do Padre e ao mesmo tempo elogiu nossa atitude pois ficamos até o fim.

    Nota: Ninguém daquela igreja sequer cumprimentou a gente no final.

    Não devemos tapar o sol com a apeneira. Os Catolicos estão completamente equivocados sim, sua doutrina é repleta de barbaridades, heresias, afrontas ao nome de Deus que eles dizem adorar. Isto se aplica ao Espirita, Umbandista, etc…

    O Pastor agiu corretamente por que o preconceito não é somente do crente mas também muito do católico como relatei acima.

    A Renovação carismática não passa de um grande engodo da Igreja para atrair a grande parcela de crentes desavisados, pouco conhecedores da palavra, que só frequentam cultos aos domingos e sequer oram, para atraí-los em direção a Igreja Católica Apostólica Romana e pouco a pouco inserirem o ecumenismo no mundo.
    Quer pregar para o Católico, Umbandista, Espirita, Ateu, etc? Saia a noite pela cidade e fale de Jesus para os moradores de rua, vá a um hospital e visite aquelas almas que sofrem com os males do corpo sem ter sequer alguém que fale de Jesus para eles. Pregue como Jesus pregava, fale do amor como Jesus falava. Vamos parar de inventár “estratégias” para evangelizar pois isto não está no coração de Deus.

  31. KLEBER LORENA disse:

    Devemos ter bastante cuidado!!!
    Igreja Catolica é uma Igreja herege e que fere os principios do Cristianismo…
    Claro que se a cantora fosse cantar la na renovação carismática não iria perder a salvação (como foi citado em um dos comentarios)… poderia ser uma oportunidade de disseminar o Evangelho do Reino no local, que é ALEGRIA, JUSTIÇA E ALEGRIA NO ESPIRITO…
    Louvo a atitudeda cantora que obedeceu a direção dopastor de sua denominação.
    Sou contra o ecumenismo, ecumenismo é humano e diabólico. Somos Igreja, somos noiva e a noiva deve ser santa sem rugas e sem mácula… devemos ser separados do mundo, e do pecado!
    Não seria pecado a cantora expressar seu amor por Cristo, poderia ser atéem um centro de Umbanda… ela estaria glorificando a Deus…
    Oremos pelos catolicos para que seus olhos sejam abertos e que a luz do evangelho iluminem suas vidas!!!
    Deus abençoe os irmãos e fiquem
    com a verdadeira PAZ
    a paz que o mundo não dar…
    somente em Cristo encontramos a verdadeira paz!!!
    Kleber LOrena

  32. maria disse:

    Queridos sedes obedientes a Deus. A palavra de Deus nos manda levar o evangelho a toda criatura independente de placa de igreja. Mas eu não entendo porque esses pastores querem mandar na vida de seus membros. Onde está a liberdade de expressão? Caro pastor, se a cantora fosse louvar, seria pra Jesus, acredito eu, e não para os católicos. Perderam mais uma vez por serem ignorantes. Jesus veio para os pecadores e não para os santos. Todos somos pecadores. Caminhemos rumo ao céu, ao encontro de Jesus, com nossos irmãos crentes e católicos. Jesus quer a salvação de todos…

  33. Edson disse:

    Acho muito interessante e por vezes até engraçadas muitas opiniões aqui postadas (provavelmente vão achar a minha também) Não sou favorável ao ecumenismo porque não acredito que diferentes e por vezes antagônicas igrejas possam ter a mesma interpretação da bíblia; alguns líquidos não se misturam por mais que se queira fazê-los se misturar. Na minha opinião a irmã não deveria nem ter aceitado o convite mas isso é uma coisa de foro íntimo dela.
    Qual a diferença entre uma igreja que adora Maria e uma que adora o dinheiro? (a igreja católica adora Maria e a maioria das congregações evangélicas adoram o dinheiro).
    Muito cuidado com o que se fala nos púlpitos, pastor também mente (e como!). Sou convertido e creio únicamente no que está escrito na Biblia Sagrada, já ouvi todo tipo de absurdo dito por pastores em seus púlpitos, já ouvi falar de “milagres” (que sempre ocorrem na igreja dos outros e em geral essas igrejas são longe o suficiente para você não poder confirmar o milagre). Já ví muitos “milagres” acontecerem nos cultos televisados das grandes congregações e os que mais me fascinam são aqueles onde o cidadão vem de cadeira de rodas (em geral o “coitado” está naquela situação há vários anos). Basta o pastor dizer com todo o seu “poder” – Levanta!! e o cara coloca a cadeira de rodas na cabeça e sai templo afora todo feliz e dando glórias. O que me chama a atenção nesses casos é o fato do “aleijado” em geral ter as pernas perfeitas e musculosas (o que não ocorre com quem fica em cadeiras de rodas por vários anos)
    Tem padre muito mais lúcido e digno que muito pastor que se diz o arauto da salvação.

  34. ALOISIO disse:

    Parabéns cantora Nery Nascimento pela sábia decisão,Deus continue te usando cada vez mais, serva obdiente.

  35. Diogo Gastaldi disse:

    Deus pai – CREIO
    Deus Filho(Jesus) – CREIO
    Espirito Santo – CREIO

    “Que Jesus veio esta terra e foi dado a luz através de uma virgem , morreu e ao terceiro dia ressuscitou e hoje esta a destra de Deus Pai” – CREIO

    “Que Maria e outros Santos podem ser adorados” – NÃO CREIO

    Sendo assim então posso me unir a Kardecistas, ocultitas, Catolicos, Buditas e etc, em reuniões de carater publico, para discutir quanto as questões de opnião pública, por exemplo discutir a implantação de um posto de saude, de uma praça, MAS NÃO POSSO ME UNIR A ELES QUANTO A QUESTÃO DE FÉ POIS NO BASICO NÓS DISCORDAMOS VEEMENTEMENTE, NÃO POSSO ME UNIR A ELES E DIZER QUE ADORAMOS AO MESMO DEUS. POIS NO FUNDAMENTAL NO QUE É TRIVIAL E QUE É BASE DA NOSSA FÉ, NÓS DISCORDAMOS, SE NÃO TAMBEM PODERIA ME UNIR EM CULTO COM KARDECISTAS, BUDISTAS, CONFUCIONISTAS ETC,

    Tirai a raposas da minha vinha, tambem as raposinhas ! ! !

  36. nelsilene disse:

    leia romanos 13 e la vcs descobrirão se ela agil corretamente. eu particularmente e de acordo coma bíblia creio que ela agil de forma sensata pois ela agil de acordo com a palavra de DEUS.

  37. Tiago disse:

    Irmã Maria da Penha dos Santos Arouca,

    Antes de começar, deixe-me avisar que substantivos próprios são escritos com iniciais maiúsculas, no caso, seu nome não está grafado corretamente. ( Que alta estima, hein, a própria pessoa escrevendo seu nome com letra minúscula.Outro aviso, você escreve muito mal, não pontua o texto; então fica difícil entendê-lo. E não esqueça:
    não escreva o seu comentário em caixa alta. Seja legal, mantenha o tópico.
    Isso mesmo irmã, se os ungidos estão errando o problema é deles. Isso não é com nós. Você se lembra de Saul? Ungido de Deus, mas que estava cometendo vários erros e perseguindo Davi. Numa noite, Davi teve a chance de matá-lo mas, não fez; sabe por quê? Porque ele não deveria tocar no ungido de Deus, ele devia deixar que Deus tratasse com ele.
    Pra que visitar uma Igreja Católica, se Deus manda fugir da Babilônia? E você não precisa ir à Igreja católica para evangelizá-los ou mostrar sinal de amor por eles. E sabe por que que eu não vou à Igreja Católica? Porque eu vou à igreja para adorar a Deus ( não que eu não faça isso em casa), encontrar-me com Deus, ouvir de Deus, e, numa igreja católica isso jamais seria possível.
    Agora eu não me jogaria de um prédio, pois isto é suicídio, e o suicídio é pecado. Então aqui termina a analogia, pois no caso da cantora o pastor não a mandou cometer um pecado.

  38. Levi Chaves disse:

    Minha opinião sobre esse texto:
    Se tanto ela quanto o pastor procuraram saber a vontade de Deus pra saber o que fazer nessa situação, no caso recusar a proposta, Eu dou meu apoio a eles. Mas, porém, contudo, entretanto, todavia, concordo com a Sol no tocante de que devemos ser luz onde não há luz.
    Fiquem na paz!!

  39. QUERIDO TIAGO NÃO PEDI OPINIÃO SOBRE PORTUGUES E NEM COMO ESCREVER OU COMO USAR OCOMPUTADOR POIS SE ESTIVESSE A PROCURA~VC NÃO SERIA ESCOLIDO POIS PESSOAS COM PRECONSEITO NÃO MERECE NEM ATENÇÃO ,QUERIDO JESUS SALVA TODOS ATE ANAFALBETO MAIS PESSOAS QUE SE JULGA MAIS SALVA ,OU MAIS INTELIGENTE QUE OUTROS, NO SEU ENTENDER DEVE TER UM LUGAR MELHOR , NA ETERNIDADE OU SERA UMA PESSOA QUE TERA UM GALARDÃO MUITO BOM PARABÉNS QUERIDO PELA SUA INTELIGENCIA E OBRIGADO PELA AULA GRATIS QUE PENA EU NÃO CONHECE-LO PESSOALMENTE EU IRIA ADORAR ,FICA NA PAZ AMADO JESUS TE AMA E ME AMA TAMBÉM

  40. Tiago disse:

    Irmã Maria da Penha Santos Arouca

    Desculpe-me pois, no último comentário,grafei seu nome acrescentando DOS entre Penha e Santos.

    Mas, você esqueceu de novo: “Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha o tópico”. Hunn, talvez você não saiba o que é isso.

    Comentarei só os erros mais “feios”

    *não existe o vocábulo escolido(escolhido, é o que você quis dizer?)
    *o substantivo preconceito é com C e não com S
    *o certo é analfabeto
    *inteligência, terá, grátis e conhecê-lo são acentuadas.

    Você é de onde?
    Eu sou de Inhapim, Minas Gerais, quem sabe um dia a gente ainda se vê.

    Eu sei Jesus me ama e ama você também.

    Abraços.

    P.S. Ah, eu esqueci de mencionar que a falta de pontuação continuou.
    E muito obrigado pelo elogio. Graças a Deus, pois Ele tem me abençoado de forma grandiosa, a minha inteligência foi Ele que deu-me.E é gratificante dar aulas, a Bíblia ensina que aqueles que sabem devem ensinar. Ainda diz mais “Quem cante que cante bem”, ou seja, você sabe fazer alguma coisa? Então faça da melhor forma possível.

    Fique na Paz…

  41. eliel disse:

    Após ler varios comentários sobre o assunto em pauta , pude ver várias opiniões de Crente certinho, liberal, filosófo, contador de historia , rebelde , querendo se aparece etc…
    Mas não vi ninguem dizer que o LOUVOR LIBERTA e seria uma oportunidade para o SENHOR JESUS operar e quebrar o julgo da idolatria.

  42. Jesus Alves disse:

    Cantar em uma reunião católica não faz niguém pecar, desde que o louvor não seja pra ídolos, e idolatria tem em toda religião. Agua, óleo, sal, fitas, salmos, etc. é idolatria. Sou evangélico da Ass. de Deus e pecado tem em todas as igrejas. O que tem muito é gente querendo ser santo sem ser coisa alguma. O fim de tudo é “Temer a Deus e guadar os seus mandamantos” Seja na católica ou evangélica. Jesus nunca disse a minha igreja é A ou B, Ele mandou pregar o evangelho e fazer discípulos de todas as nações. E igreja de Cristo é aquela que “atende os necessitados em suas tribulações e gurada-se da corrupção do mundo”. Ficam na Paz do SENHOR !

  43. QUERIDO TIAGOMUITO OBRIGADO PELA AULA GRATIS ,QUERIDO ENFELIZMENTE QUANDO EU ERA NOVA MEUS PAIS NÃO PODE PAGAR COLEGIO PARA MIM, POIS MEU PAI MORREU EU ERA CRIANÇA MUITO PEQUENA E MINHA MÃE NOS EDUCOU COMO PODE LAVANDO ROUPAPRA FORA ENTÃO NÃO PUDE TE ESTUDO SUFICIENTE .AGORAJA COM A IDADE AVANÇADA NÃO ME PREOCUPO COM ESSAS COISASPOIS O QUE SEI DA PARA ME SUSTENTAR, E VIVER DIGNAMENTE.O ESTUDO NA MINHA IDADE JANÃO FAZ TANTA FALTA POIS MEU EMPREGO E GARANTIDO PROXIMO A APOSENTADORIA,NÃO ME INTERESSO AONDE ESTA O ACENTO OU VIRGULA, FICO TRISTE DE SABER QUE UM MINEIRO SEJA ASSIM POIS SOU FILHA DE MINEIROS MORO NO RIO SE ALGUM DIA VC PASSAR PELO RIO E SE PRESISAR DE UM ATENDIMENTO EM ALGUM HOSPITAL TALVEZ NOS ENCONTRAMOSPOIS O MUNDO DA MUITA VOLTA JA DIZIAO DITADO POPULAR DITO PELOS MEUS ANTEPASSADOS TRISTEPOIS VC TEM O NOME DE UM SOBRINHO QUE ADORO COM TODA A FALTA DE CULTURA MINHA JAMAIS ELE FALARIA COMO VC FALOU, TENHO ,IRMÃ E SOBRINHAS FORMADAS E DOUTORADAS QUE RESPEITAM O MEU POUCO ESTUDO DESCULPE OS ERROS VC E UMA PESSOA CORRETAMENTE CERTA DEUS TEPROTEJA MEU FILHO POIS DEVO TER IDADE PARA SER SUA AVO,DESCULPE NOVAMENTE JA VI QUE TEM VARIOS ERROS MAIS DEUS QUER E MEU CORAÇÃO NÃO A MINHA ESCRITA E PRA FALAR DE DEUS BASTA TER CORAGEM E [AMOR] COISA QUE FALTA A HUMANIDADE HOJE EU AMO MEU PROXIMO COM OU SEM DEFEITO COM O SEM ERROS CRISTÃO OU NÃO CRISTÃO, SEJA DE QUE RELIGIÃO FOR POIS TODOSSÃO FILHOS DE DEUS, SOU VIUVA VIVO SO EU E DEUS MEUS AMIGOS SÃO TODOS AO MEU REDOR NÃO E OS SO DA IGREJA SEJA UMBANDISTA OU CRISTÃO MEU AMOR E MINHA AMIZADE E A MESMA,QUERIDO QUE DEUS TE ABENÇÕE FIQUE NA PAZ DO SENHOR JESUS

  44. Steve Silva disse:

    A Palavra diz que meus irmãos, mae e pai são aqueles que fazem a vontade do Pai que esta no céu.

    Veneração/Adoração a imagens é a vontade do Pai? Não
    ensinamentos baseados em antigos ritos pagãos são da vontade do pai? não
    então posso considerar estes ditos catolicos como irmãos? obviamente não

    Podemos ter amigos catolicos, como todos temos, mas até aquele que diz praticar o mesmo evangelho que eu, nao pode ser considerado meu irmão, se o mesmo faz aquilo que desagrada o pai, não em questao de erros humanos ao qual todos fazemos todos os dias sem o conhecimento, mas sim naquilo que a palavra tem sempre batido contra

    um catolico pode realmente crer em Jesus e em Deus e o adorar? sim, isso é um particular dele, o problema dos crentes e catolicos é que por a base do cristianismo de cada um ser a mesma, acham que só por isso podem se achar irmãos

    não vamos julgar o que um crente faz de errado por seu lado humano e nem um catolico por isso tambem, julgue o crente pelo que aquilo que ele diz ser espiritual, ser baseado na palavra, faça o mesmo com o catolico

    O Verdadeiro Poder é o conhecimento! E o conhecimento da Palavra de Deus!

  45. Gêis Cipriano disse:

    Acho que desde que um imão(ã)esteje bem preparado espiritualmente,para pregar,louvar,e tenha muita conciência disto,não vejo nenhum erro nisto,vejo é uma oportunidade para que a verdadeira palavra de Deus seja pregada. Por isso é que defendo que os cristãos tenham e cantem músicas que tenham a genuinidade da palavra de Deus e portanto sejam inspiradas pelo próprio Deus. Más contudo vejo que a cantora tomou o caminho correto pois,a palavra de Deus nos ensina a sermos obedientes às nossas lideranças, e o Pastor é uma autoridade constituida por Deus,é portanto o anjo da igreja. Continue assim amada! pois com humildade e obediência,Deus a levará a alçar voos mais alto e com certesa terá cada vez mais a aprovação de Deus no seu ministério. Abraços.

  46. eliel disse:

    fala jesus alves a biblia condena o culto aos idolos leia os livros de exodo e levitico , agora agua , sal ,e oléo ahahhah.
    agua- aquele que crê em mim rios de agua viva fluirão do…
    sal- para que serve o sal se não for para dar sabor
    oléo- esta alguem doente chame os presbitero para ungir com oléo e..
    vamos ler mais a biblia para fazer discipulo

  47. Tiago disse:

    Irmã Maria,

    Depois do último comentário postado, eu venho humildimente comunicar o meu arrependimento e requerer de V. Senhoria o perdão. Eu jamais pensava em ofendê-la. Eu imaginava a senhora como uma garota rebelde, por isso eu esnobava, agia como se fosse uma brincadeira.

    Sinceramente….

  48. Não tem de que,me pedir perdão pois confesso que fui um pouco intrangigent,sei que cometo varios erros de português e de comptutação. Tiago eu não sei nada de computação eu comprei o computador para me destrair após eu perder minha mãe e me ve sozinha solitaria, nem fui eu que escolhi poiseu não conheço nada ,quando comprei não sabia nem ligar agora faço algumas coisas ,tenho varios amigos no orkut enviou mensagem passo e recebo email.Espero que me perdoe se fui grosseira pois estou passando por tribulações, desde a morte da minha mãe que entrei num quadro depressivo, minha vida e trabalho casa e igreja as vezes nem sempre, por morar longe da igreja dependo de condução e a situação financeira não esta boa,para completar a minha depressão meu filho e a familia vão embora para a Paraíba pois a familia da minha nora estão todos la, e eu adoro minha nora e minha neta estou sofrendo muito com a partida deles mes que vem,querido quando quiser me escreva o meu email e esse ai sem maos desculpa fique com Deus a paz amado

  49. ADEMAR disse:

    que confusao rsrsr,a biblia diz que temos que ser mitos de Jesus, tambem diz que temos que ser separados porque Deus é santo, se devemos ser mitos temos de ser semelhantes a Ele Jesus Cristo;se somos separados é porque somos diferentes na diciplina diante do mundo ser santo … nao demasiadamente santos, mas temos que andar em santificaçao;devemos ser espelho para os outros quem anda em santificaçao nao se contamina com as coisas do mundo; sadraque mesaque , abdnego nao dobrou seus joelhos dinate da estatua do rei nabucodonozor e Deus os honrrou livrando – os do fogo se somos santos nao devemos dobrar os nossos joelhos diante de nenhum ídolo.temos sim que obedecer o pastor da nossa igreja mas, quando ele esta certo, igreja é o nosso corpo que é o templo do Espirito santo nao uso carregar placa de igreja no pescoço, pastor é so Jesus o homem é apenas um lider para nos aconselhar espiritualmente.Deus seja louvado. Ademar

  50. Rodolfo disse:

    Vocês protestantes são analfabetos religiosos. Vocês é quem precisam ser evangelizados. Seus puritanos. Interpretam a bíblia ao pé da letra e não com sabedoria. Não sabem nem o que é o sulfixo latria para adicionar o nome de maria como prefixo ficando mariolatria. É lamentável até que ponto vocês conseguem chegar.

  51. cleo disse:

    deixo para a nery e à todos os seguintes versículos do capítulo 2cor. 14 ao 18 diante de Deus, há apenas duas categorias de pessoas as qe estão em cristo e as que não estão.

  52. Paulo Silas disse:

    Concordo com a decisão da igreja. Não dá para misturar evangélicos e carismáticos. Estes querem pular e “adorar” no estilo evangélico mas não querem aceitar o evangelho plenamente. Não querem deixar as velhas práticas. Não dá para servir a dois senhores.

  53. Reginaldo disse:

    Exalto a obediencia da cantora, isto é fundamental, certamente só existiria uma ( 1 ) denominação evangelica se fossem obedientes, certamente lutero não teria se dividido se fosse obediente a Igreja Mãe. (para que todos sejam um ¨joão 17,21¨)

  54. Karla Cristina disse:

    Rodolfo,voces nem leem a Bíblia,pra voces os livros do papa-figo sao mais importantes rsrsrsrsrs

  55. Eduardo Rios disse:

    Atos dos Apóstolos
    10:42 E nos mandou pregar ao povo, e testificar que ele é o que por Deus foi constituído juiz dos vivos e dos mortos.

    1 Coríntios
    1:17 ¶ Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã
    .
    1 Coríntios
    9:16 Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!

    2 Coríntios
    2:12 ¶ Ora, quando cheguei a Trôade para pregar o evangelho de Cristo, e abrindo-se-me uma porta no Senhor,

    1 Tessalonicenses
    2:16 E nos impedem de pregar aos gentios as palavras da salvação, a fim de encherem sempre a medida de seus pecados; mas a ira de Deus caiu sobre eles até ao fim.

    Lucas
    4:19 A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor

    Efésios
    3:8 A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo,

    2 Timóteo
    4:2 Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.

    Salmos
    34:1 Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.

  56. José Carlos, pr disse:

    Que ponto chegamos!!!
    Um pastor tem total direito de orientar suas ovelhas, as notícias muitas vezes chegam distorcidas, mas com certeza a cantora foi orientada que aquele lugar não lhe era conveniente, pois somente o pastor conhece a sua ovelha e as reais intenções do evento e com direção de Deus usou da autoridade lhe concedida e a contora mostrou que é uma serva pois seguiu a orientação… Ninguem pode nos proibir de nada, ainda mais no momento do cristianismo que vivemos…
    O ecumenismo é uma artimanha maligna para fazer a igreja perder o seu foco… Jeremias cap. 6 versos 2 e 3 declara: Sambalate e Gesem mandaram dizer-me: Vem, e congreguemo-nos juntamente nas aldeias, no vale de Ono. Porém intentavam fazer-me mal. E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco?

    Admira-me os criticos, talvez por não terem responsabilidade sobre vidas, não saberem o que é submissão…
    Quando um católico critica um evangélico,primeiro deveria buscar a origem das coisas que os seus fundadores praticaram e continuam praticando… Idolatria é pecado e torna-se semeçlhante a eles os que adoram um ídolo, e também não devemos nos amoldar a este padrão antibíblico, como Paulo declarou que quem sacrifica ou adora um ídolo esta fazendo aos demônios (1Co. 10).

  57. Rholdnnery O. de Solza disse:

    a paz de Jhá.
    O evangelho é algo simples Jesus era simples e por isso q ele arrastava mutidões nem sempre pelo que ele falava mais sim pela pessoa simples q ele era.
    Somos nos que complicamos o eangelico com o nosso pré-conceito achando q so nos estamos certos e q o céu é so nosso mas na quele dia vai ser uma grande surpresa. O dia em que realmente o pre-conceito cair ae sim poderemos dizer que somos imitadores de Cristo.

  58. missionario genival dias disse:

    paz do senhor meus irmaos olha nesse caso da irma cantar na igreja catolica essa e mais um grande oportunidade para que o nome do senhor seja exaltado pois o Deus que ela serve e um Deus vivo e poderroso voces lenbrao da historia de zaquel zaquel era republicano mais jesus com a infinita bondade e disse desse dai zaquel hoje mesmo mim convem de almoçar na tua casa jesus nao tem ecepiçao de pessoas atraves do louvou as quelas pessos seriam convertidas ao evangelho nos somos pessos diferentes irmao nos somos semelhaça de cristo tamos aqui tabem para perduar aquelas pessos que estao com as escamas nos olhos pois disse-lhe jesus eu sou o caminho a verdade e a vida sim mim nadas pode faser deixe vim amim todos os oprimidos e cansados que eu os aliviarei amem que o grande o forte o vivo o poderroso Rei leao datribo de juda te abencoe paz do nosso senhor jesus

  59. josy disse:

    parabens a levita NERY NASCIMENTO,obedeçer é melhor do que sacrificar…por ser uma levita na direção de DEUS…acabou de ganhar mais uma intercessora do seu ministerio,parabéns ao seu pr.

  60. Carla Miranda Fagundes disse:

    Paz e bem!
    Sou Católica valorizo a minha religião e também a PALAVRA DE DEUS.Mas também valorizo a união das religiões,somos diferentes em alguns aspectos,acreditamos em Santos damos o valor que MARIA a mãe de JESUS merece mas acho uma ignorância da parte dos irmãos evangélicos não permiti que a cantora Nery divulgasse, passasse a palavra de Deus através da musica para os irmãos católicos até porque ela não deixaria de ser evangélica so iria evangelizar mais irmaos até porque temos um so Deus.O Deus da igreja evagelica não e mais especial do que o da Igreja catolica.Somos criaturas e filhos de um só DEUS, não conheço o pastor da igreja mais achei ridícula a sua atitude!.. E Nery Deus te deu o dom de cantar e não escolheu igreja não se eu fosse você fazia a sua parte que e evangelizar nada mais que missionária de Deus.

  61. Maciel disse:

    Glorifiquei pela obediência da cantora, pois estamos em um tempo que muitos cantores pelo simples fato de vender mais e mais, não querem obedecer à liderança. Agora, cantar na igreja católica, de fato não aprovo, daqui a poucos estaremos tão ecumênicos que não teremos diferença alguma.

  62. SEBASTIAO disse:

    meus imaos evangelicos com todo respeito a cantora tudo bem se o pastor nao a deixou e se ela tambem nao quis participar do culto ou da missa nao ha plobremas eu sou catolico e ja fui chamado a ir numa igreja evangelica e tambem nao fui,nao acho que deus esta mais presente nesta ou naquela igreja nos sim e que devemos estar presente nele atraves de nossas boas obras aqui nessa nossa passagem por esta terra amando a deus sobre todas as coisas amando o teu proximo como a si mesmo , se maria e amae de jesus por que nao agradecermos a ela por nos ter dado oseu filho como nosso salvador,por tanto vamos seguir as nossas religioes agradecendo adeus o dom da vida e deixemos o julgamento para nosso senhor jesus cristo amados irmaos que a paz e o amor de nosso senhor jesus cristo estejam sempre conosco amemmmmmmmmmm.

  63. Valéria disse:

    Aos criticos em relação a posição do pastor,isso é falta de leitura biblica,leiam Romanos 13.

  64. AMIGO disse:

    primeiramente que se diz Santa Missa e não culto,segundo o nome da Igreja de CRISTO é Igreja Católica Apostólica Romana, a renovação carismatica católica é apenas um movemento da Santa Igreja assim como a mais movimentos dentro da nossa tão Amada Igreja Católica e diga-se de passagem esses movimentos são maravilhosos. mas tudo bem meus Irmãos protestantes, DEUS Abençoe a todos vcs, JESUS CRISTO o Salvador prega a União, eu creio nisso pena que a divisão no meio de vcs protestantes é muito grande.mas tudo bem !! DEUS está com vcs disso não tenho dúvda nehuma pois ELE está sempre conosco. Vamos parar de criar divisões chega… a Igreja sempre foi 1 só a cerca de 500 anos atraz apareceu um grupo protestante que cerca de 60 anos depois se deu o nome de Luteranismo ou os Luteranos e desde então vem se dividindo cada vez mais a cada dia mais denominações aparecem distorcendo ainda mais o Evangélio de CRISTO.. DEUS quer a União entre os Povos, vamos ouvir o CRISTO. e parar de Brigas… Vamos Amar os nossos Irmãos pois o Amor é o perfeito mandamento da Lei.

    Amo todos vcs !!

    DEUS os Abençoem

    Saibas que estão todos vcs dentro do meu coração em profunda Oração.

  65. Adê Soares disse:

    Sobre o pastor da cantora Nery,…

    é fácil jogar pedras e acusar um pastor, mesmo sabendo que Deus vai cobrar dele, pelo seu difícil Ministério,…mas, não devemos esquecer que a “Católica Apostólica” Romana, não convida a Banda os Limpa Trilhos pra cantar lá, e nós vamos, se convidasse. Qual a razão? Porque cantamos o que está nas Escrituras Sagradas, e alertamos contra o perigo da tradição idólatra, que tem levado multidões pra perdição eterna.Eles só querem usar o ministério de adoração do Sr. Jesus, para enganar, dizendo ser igual aos servos de Jesus… e que ninguém precisa sair de lá, e aceitar Jesus, (Apocalipse 18:4), e nem abrir mão da Mariolatria, que segundo eles salva mais do que Cristo.Lembra do: “Tudo por Jesus, nada sem Maria”. Note, que sem Maria, (Aparecida, da Babia, do rosário e outras…),não se alcança nada? Algum crente concorda com isso?

    Padre Marcelo, usou somente músicas dos crentes, do estilo adoração. Por que ele não canta as nossas? Porque se cantar, o papa escomunga ele,… e não fatura os 16 milhões. Finalizando: o convite à cantora é só mais uma astúcia do diabo e sua besta. Só não vê quem é cego.

    Compartilhamos com todos, nossa música e nosso Ministério, através dos nossos Blogs e site:

    http://evangelizandocommusica.gospel.etc.br
    http://movimentoanti666.gospel.etc.br
    http://www.movimentoantibesta.com.br

    Que Deus nós faça mais prudentes que os filhos das trevas.
    Fiquem na Paz do Senhor, irmãos.

    Adê Soares/banda, os Limpa Trilhos

  66. Eu só não concordaria que alguém de sã consciencia cantasse num evento se esse tivesse cotação religiosa de adoração a imagens, adoração a Maria. Falo isso porque é comum o Principe das Trevas armar um evento e o cantor e adoradores de Deus só perceberem a burrada que fizeram depois do leite derramado.Muito descernimento, muita atenção com convites que o objetivo principal é lançar uma maldição sobre pessoas que pensam que servem a Deus e estão no sono da indolência. Amam demais os meus irmãos carismáticos que não adoram imagens e fogem de qualquer adoração ou louvor a Maria e outras supostas mãe de Jesus. Talvez não esteja sendo claro, não esteja me fazendo compreender, só digo uma coisa, não te deixem escarnecer. Cantar para ganhar almas sim, para se tornar presa fácil do diabo não!

  67. Daniel Volpato disse:

    “participar do culto de louvor e adoração na Igreja Católica Carismática de sua cidade.”

    Essa igreja dita católica não tem relação nenhuma com a Igreja fundada pelo próprio Jesus Cristo na pessoa de Pedro – “Pedro, tu és pedra e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja” – que é a Igreja Católica Apostólica Romana.

    A cistmática Igreja Católica Carismática, de católica, só o nome. Usa o nome da Santa Igreja e usa o nome do movimento da Renovação Carismática Católica para enganar os fiéis verdadeiramente católicos e fiéis ao Papa.

  68. Juscelino disse:

    Acho que vocês são muito bons perante Deus, mas não são perfeitos. Um dia cada um de vocês (nós) morreremos e seremos julgados por Deus. Será que com plena certeza serão (seremos) aceitos? Entendo que a compreensão que devemos ter não é essa que vocês afirmam. O fato de vocês criticarem tanto os católicos, chegando até ao extremo de os compararem com bestas… Pensem com cuidado… Vocês estão criticando muito os católicos, mas esquecem de olhar para os erros de vocês… Pensem…, vocês não estão poupando nem a Mãe de Jesus… Vocês tem idéia do sentimento que Jesus, que foi homem e viveu (e vive) entre nós tem por sua mãe? Não sejam intolerantes, não estamos adorando a dois senhores… Amamos a mãe de Jesus, que Ele tanto ama…Concordo que Deus, deve estar acima de tudo e que somente a Ele devemos adorar… Vocês podem estar cometendo um pecado gravíssimo no julgamento que fazem dos católicos… Pensem nisso… Pensem no fato de que para Deus, esse carinho que temos para com Maria é bom… Deus ama os evangélicos, ama os católicos…
    Não precisamos ficar nos atacando, ou buscando na palavra de Deus interpretações, brechas, para simplesmente nos atacarmos mutuamente, isso não é agradável a Deus, tenham certeza. Evitem julgar, fiquem de olhos e coração abertos, para o momento que Jesus voltar. Não tampem sua visão, procurem pensar com o coração, não fiquem preocupados em na Biblia de encontrarem material para atacarem os Católicos, acusando-os de anticristo, de bestas, preocupados com números “666”, de interpretar a Bíblia apenas com o intuito de nos atacar. Não devo fazer como vocês, mas acho que para Deus essas atitudes de vocês é pecado… Leiam a Biblia com o coração aberto, procurando se encher de coisas boas, do Espírito Santo. Vejam os erros que todos os dias aparecem na mídia das Igrejas Evangélicas. Errado também são os católicos que se apoiam nisso para contra-atacar, essa atitude também não é de Deus. Devemos olhar para dentro de nós e nos arrependermos, pedirmos perdão a Deus de tudo que falamos, escrevemos, pensamos maus uns dos outros. Não devem (não devemos também) nos considerarmos já salvos e os “outros” condenados. Temos que nos auto educarmos no sentido de aprender e ouvir a verdade, que só deve vir de Deus, e fazermos cada um nossa parte, sem julgamentos. Não estou falando em nome da Igreja Católica, é apenas uma opinião pessoal. Que Deus os abençoe sempre.

  69. Valéria disse:

    Eu não sei a onde os católicos,leram na Bíblia que Pedro fundou a igreja católica ? Históricamente,Pedro nunca foi a Roma,ele era casado e nem era o responsável pela igreja primitiva,que tinha como seu Bispo e responsável,Thiago irmão de JESUS,que a mesma igreja católica nega veementemente que seja irmão de JESUS.

  70. Juscelino disse:

    Valéria, boa noite. Paz e Bem.

    Acho que essa discussão é válida.Veja em todo caso este estudo biblico da Igreja Católica. “Pode ser que você tenha observado que existem dois Tiagos. Pode ser que a Igreja Católica não tenha atentado a esse detalhe. Será?

    Claro que não! Primeiro é preciso fazer uma distinção entre os dois “Tiagos” que foram apóstolos. O Tiago, filho de Alfeu…

    Eis os nomes dos doze apóstolos: o primeiro, Simão, chamado Pedro; depois André, seu irmão. Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão. Filipe e Bartolomeu. Tomé e Mateus, o publicano. Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu. Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, que foi o traidor. (Mt 10,4)

    Ele escolheu também André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu; Tadeu, Simão, o Zelador… (Mc 3,18)

    …Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu; Simão, chamado Zelador… (Lc 6,15)

    que era também chamado de “o menor”, veja:

    “E também estavam ali algumas mulheres, olhando de longe. Entre elas estavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago o menor e de José, e Salomé” (Mc 15,40).

    Este Tiago que era irmão de José, não é filho de Zebedeu conforme vemos em São Mateus:

    “Havia ali também algumas mulheres que de longe olhavam; tinham seguido Jesus desde a Galiléia para o servir. Entre elas se achavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu” (Mt 27,55-56).

    Como vemos acima, a Mãe de Tiago e José não é a mãe dos filhos de Zebedeu. Desta forma, o Tiago chamado “o menor” em Mc 15,40 era o filho de Alfeu. Com efeito, tanto São Marcos quanto São Lucas identificam este Tiago como irmão de José.

    Podemos então distinguir os dois “Tiagos” assim: Tiago, o Maior, é filho de Zebedeu e Tiago, o Menor, é filho de Alfeu.

    Na lista dos apóstolos de São Lucas, Judas era irmão do Tiago filho de Alfeu …

    …Judas, irmão de Tiago; e Judas Iscariotes, aquele que foi o traidor. (Lc 6,16)

    Isso vem de acordo com o livro do Ato dos Apóstolos:

    “Tendo entrado no cenáculo, subiram ao quarto de cima, onde costumavam permanecer. Eram eles: Pedro e João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelador, e Judas, irmão de Tiago” (At 1,13).

    Segundo São Mateus e São Marcos este Judas era também chamado Tadeu como vimos anteriormente (cf. Mt 10,3)

    Observe bem: Até aqui os filhos de Zebedeu são Tiago (o Maior) e João

    Escolheu estes doze: Simão, a quem pôs o nome de Pedro, Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, aos quais pôs o nome de Boanerges, que quer dizer Filhos do Trovão. Ele escolheu também André, Felipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu; Tadeu, Simão, o Zelador e Judas Iscariotes, que o entregou. (Mc 3,16-19)

    Eis os nomes dos doze apóstolos: o primeiro, Simão, chamado Pedro; depois André, seu irmão. Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão. (Mt 10,2).

    Os filhos de Alfeu são Tiago (o Menor), Judas Tadeu e José

    Filipe e Bartolomeu. Tomé e Mateus, o publicano. Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu. (Mt 10,3)

    Ele escolheu também André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu; Tadeu, Simão, o Zelador… (Mc 3,18)

    “Tendo entrado no cenáculo, subiram ao quarto de cima, onde costumavam permanecer. Eram eles: Pedro e João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelador, e Judas, irmão de Tiago” (At 1,13).

    Vimos que São Paulo dá testemunho da Tradição Apostólica de identificar Tiago, filho de Alfeu, como irmão do Senhor Jesus. Lembremos que este Tiago tem com irmãos Judas Tadeu e José.

    Ora, exatamente os nomes Tiago, Judas e José que encabeçam a lista dos “irmãos” de Jesus na lista dos Evangelistas, lembremos:

    “Não é ele o carpinteiro, o filho de Maria, o irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? Não vivem aqui entre nós também suas irmãs? E ficaram perplexos a seu respeito” (Mc 6,3).

    “Não é este o filho do carpinteiro? Não é Maria sua mãe? Não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas?” (Mt 13,55).

    Para ficar ainda mais claro que Tiago, José e Judas são primos de Jesus, vamos identificar mãe deles. Os evangelistas relataram que além da Mãe de Jesus, outras mulheres estavam próximas ao calvário. Vejamos:

    “Havia ali [no Calvário] também algumas mulheres que de longe olhavam; tinham seguido Jesus desde a Galiléia para o servir. Entre elas se achavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu” (Mt 27,55-56)

    Segundo São Mateus eram elas: Maria Madalena, Maria mãe de Tiago e José e a mãe dos filhos de Zebedeu. Com efeito, Tiago e José que também são irmãos de Judas Tadeu tem por mãe uma Maria que não é a mãe do Senhor. Os filhos de Zebedeu são Tiago Maior e São João, cuja mãe também estava na cena da crucificação.

    “E também estavam ali algumas mulheres, olhando de longe. Entre elas estavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago o menor e de José, e Salomé” (Mc 15,40).

    São Marcos eram elas: Maria Madalena, Maria mãe de Tiago e José que também são irmãos de Judas e Salomé. Em concordância com São Mateus, Salomé só pode ser a mãe dos filhos de Zebedeu, isto é, a mãe de Tiago Maior e São João. Novamente a Maria mãe de Tiago, Judas e José não é a Maria mãe de Jesus. Esta Maria tinha por marido Alfeu.

    “Estavam junto à cruz de Jesus sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria [esposa] de Cleofas, e Maria de Mágdala” (Jo 19,25).

    São João identifica Maria esposa de Cleofas como tia de Jesus, isto é, irmã de Santa Maria. Ora, sabemos que Tiago Maior e São João não são primos de Jesus, caso contrário seriam chamados “irmãos do Senhor”; assim, Salomé não é a Maria esposa de Cleofas.

    Esta Maria, esposa de Cleofas, é a mãe de Tiago, José e Judas. Portanto, estes “irmãos” de Jesus, são na verdade seus primos, filhos de Maria, tia de Jesus.

    Como na antiguidade os homens normalmente eram conhecidos por dois nomes, alguns acreditam que Cleofas é o outro nome de Alfeu. Outros sustentam a tese de que Cleofas é o marido de um segundo casamento de Maria, tia de Jesus. Com efeito, somente Tiago é referido como filho de Alfeu, enquanto se diz apenas que Judas e José são seus irmãos.

    Sendo Alfeu e Cleofas, a mesma pessoa ou não, isso não oferece qualquer problema, pois de fato Tiago, Judas e José, são filhos de Maria, tia de Jesus; não importando se Tiago Menor é filho de Alfeu e Judas e José filhos de Cleofas.

    Espero que depois desse estudo bíblico você já possa ter a clareza que esse versículo bíblico que os protestantes sem a devida orientação usam para afirmar que Maria não permaneceu Virgem e teve outros filhos não é suficiente para provar nada. Mas o estudo é válido. Vamos continuar estudando e analisar outros aspectos importantes.”

    Que Deus abençoe a todos os evangélicos. Merecem todo nosso respeito e admiração.

  71. Karla Cristina disse:

    Eu gostaria de saber,como você associou Tiago (menor),com Tiago irmão de Jesus ?

    1. RONI disse:

      O Tiago que escreveu a Epistola de Tiago não é o apóstolo, e sim o meio irmão de Jesus Cristo, por parte de Maria. Foram 3 os Tiagos que apareceram no texto sagrado:

      01) Tiago, filho de Zebedeu e irmão de João – Mt 4:21 .

      02) Tiago, filho de Alfeu, do qual não temos muita informação – Mt 10:3 , At 1:13 , mas que, provavelmente tenha sido irmão de Mateus, já que em Marcos 2.14 Mateus, que também era chamado de Levi, era filho de Alfeu; e

      03) Tiago, irmão de Jesus, por parte de pai e mãe – Mt 13:55 .

      Jesus teve 04 irmãos e algumas irmãs. Dentre eles havia um chamado Tiago e que foi apelidado de “Tiago, o menor” – compare Mt 13:55 , com Mt 27:56 . Este era chamado de “o menor” por ser mais novo que o outro Tiago, o filho de Zebedeu e irmão de João. Este, sim, era primo de Jesus, uma vez que Salomé, sua mãe, era irmã de Maria, mãe de Jesus – Compare Jo 19:25 , com Mc 15:40 .

      O que sabemos sobre o Tiago, irmão de Jesus:

      TIAGO, IRMÃO DE JESUS – Existem várias referências bíblicas que afirmam que Jesus teve um irmão carnal chamado Tiago. Leia as seguintes: Mt 13:55 ; Mc 6:3 ; Gl 1:19 .

      Existem outros textos bíblicos que distinguem os irmãos de Jesus dos discípulos – Jo 2:12 ; Jo 7:5 ; At 1:14 .

      Eusébio de Cesaréia, que viveu entre 265 e 339 d. C. e que foi considerado o Pai da História da Igreja Primitiva, faz referência a ele como “Tiago, o Justo, irmão de Jesus, o chefe da igreja cristã primitiva em Jerusalém”. Em Atos dos Apóstolos Tiago aparece como sendo um dos principais líderes da Igreja em Jerusalém – At 15:13 . Paulo reconhece essa liderança de Tiago – Gl 2:9 . Nesta época o Tiago, filho de Zebedeu já havia morrido.

      Flávio Josefo em sua obra “Antiguidades Judaicas”, narra que um certo Tiago tomou para si o encargo de dirigir a Igreja de Jerusalém após a partida de Pedro e que participou ativamente do primeiro Concílio da Igreja (confirmando Atos 15), que tratava da questão da circuncisão e da pregação do Evangelho para os gentios, evento este que teria ocorrido por volta de 54 d.C.. De fato, tal tradição é reconhecida e confirmada por Eusébio de Cesaréia, que narra ter sido este apóstolo o líder da comunidade cristã daquele local por cerca de dezoito anos .

      No seu Livro Vigésimo, capítulo 8, Flávio Josefo fala do evento da morte de Tiago com as seguintes palavras: “Anano, grão-sacrificador(Sumo-sacerdote)… aproveitou o tempo da morte de Festo, e Albino ainda não tinha chegado, para reunir um conselho, diante do qual fez comparecer Tiago, irmão de Jesus, chamado Cristo…”

      Temos, portanto, referências bíblicas e referências históricas que confirmam que Tiago era, irmão de sangue, de Jesus Cristo.

      Bem, a Igreja Católica ensina que na tradução para o Português utilizaram a palavra “irmão” em substituição à palavra “primo”. É outra mentira que temos como refutar tranquilamente.

      No site http://www.cacp.org.br/catolicismo/ encotramos o seguinte comentário sobre este assunto: “Em Mt 12:47 , na Bíblia católica, versão dos “Monges Maredsous”, o tradutor teceu o seguinte comentário sobre os “irmãos” de Jesus no rodapé da página: “Irmãos: na língua hebraica esta palavra pode significar também ‘parentes próximos’ ou ‘primos’, como neste caso. Exemplo: Abraão, tio de Lot, chama-o com a designação de irmão – Gn 11:27 ; Gn 13:8 .”

      Outro estudioso católico afirma: “Assim sendo, é possível que por detrás dos ‘irmãos’ e ‘irmãs’ de Jesus estejam seus ‘primos’ ou ‘parentes’.

      Refutação bíblica: Não existe um só caso na Bíblia, e principalmente no Novo Testamento, em que a palavra grega adelphós (irmão) é traduzida por primo ou parente.

      Como já falamos, e isso é interessante, o apóstolo Paulo sabia perfeitamente usar a palavra correta para primo (anepsiós) e parente (sungenes) em suas epístolas. Não havia motivo de confusão! “Saúda-vos Aris­tarco, meu companheiro de prisão, e Marcos, o sobrinho de Barnabé…” – Cl 4:10 . – “Saudai a Herodião, meu parente” – Rm 16:11 .

      O escritor do site acima citado ainda nos lembra outro detalhe importante: “Outro fator que corrobora com a interpretação acima é o fato de Lucas ter usado a expressão grega pro­totokos, que significa “Primogênito”, em relação ao nascimento de Cristo: “e teve a seu filho primo­gênito…” – Lc 2:7 .

      Se Lucas quisesse dizer que Jesus foi o único filho de Maria, teria usado, de modo inequívoco, a expressão monogenes (unigênito, em português) que significa “[filho] único gerado”, como acontece em Jo 3:16 . Mas não, ele usou, de modo consciente, o termo certo: “primogênito”, indicando que Jesus foi apenas o “primeiro” filho de Maria, e não o “único”.

      Se Jesus tivesse sido o único filho de Maria, os evangelistas mostrariam isso, de modo explícito, em seus escritos. Mas não é isso que constatamos no Novo Testamento.

      Portanto, Tiago o autor da “Epístola de Tiago” é o irmão de Jesus. Ou seja, Maria não permaneceu virgem, como os católicos querem nos empurrar goela a baixo. Ela teve a Jesus e a mais 4 filhos.

  72. Karla Cristina disse:

    Queria que fosse um texto menor,mais não deu,rsrsrsrsrsrsrs

    De acordo com a Bíblia, Jesus teve quatro irmãos (Tiago, José, Simão e Judas) e também algumas irmãs (Mateus 12:46-50; 13:55-56; João 2:12; 7:3-10; Atos 1:14; 1 Coríntios 9:5; Gálatas 1:19). Por causa do mito de que Maria foi uma virgem perpétua, foi inventada a teoria que estes “irmãos” de Jesus são, de fato, apenas primos.

    Esta explicação é conveniente, mas contrária à evidência. Esta palavra “irmão” é usada 346 vezes no Novo Testamento e nunca significa “primo”. Havia uma palavra para primo, usada em Colossenses 4:10, mas não é a que foi usada nos textos acima. É verdade que a palavra “irmão” é usada para a irmandade espiritual, mas todas as vezes que “irmão” é usada no Novo Testamento para uma relação de família física, ela simplesmente significa irmão. Se irmão significasse primo, em Lucas 8:19-21, Jesus estaria dizendo que sua mãe e seus “primos” eram aqueles que ouvem a palavra e a cumprem.

  73. Karla Cristina disse:

    Sobre Maria,rsrsrsrsrsrs

    Toda esta controvérsia é reflexo de uma tendência a dar a Maria uma honra indevida. Muitos pensam que Maria tinha e ainda tem uma influência especial sobre Jesus e que ela pode ser uma mediadora entre nós e Jesus. Mas veja quantas vezes, na Bíblia, Jesus mostrou que Maria não tinha uma capacidade especial para persuadi-lo.

    1. Quando foi dito a Jesus que sua mãe e irmãos o estavam procurando, ele respondeu que considerava como sua mãe e irmãos verdadeiros aqueles que o obedecem (Mateus 12:46-50; Marcos 3:31-35; Lucas 8:19-21).

    2. Quando a mãe de Jesus sugeriu que a falta de vinho na festa de casamento seria uma boa hora para declarar-se o Messias, ele recusou sua sugestão dizendo: “Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora” (João 2:4).

    3. Quando uma mulher na multidão disse a Jesus: “Bem-aventurada aquela que te concebeu e os seios que te amamentaram”, Jesus respondeu: “Antes bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam”. Paulo concluiu em 1 Timóteo 2:5 que há “um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus”.

    Maria parece ter sido uma mulher boa, uma discípula fiel (Atos 1:4). Mas não tem nenhum poder especial para persuadir Jesus e não foi uma virgem perpétua (Note também Mateus 1:25; Lucas 2:7). Jesus foi criado em uma família com mãe, irmãos e irmãs (Marcos 6:3).

  74. Juscelino disse:

    Karla é muito saudável nossa discussão, por isso sinto-me a vontade para me dirigir a você como minha amada irmã. Eu entrei nesse site porque estava pesquisando sobre a esposa do Kaka que é Pastora, e fiquei encantado com o testemunho que ela deu. Isso é muito legal, é a prova maior da presença de Deus nesse mundo tumultuado. Com certeza muitos irmãos espanhois serão convertidos, para a honra e glória do Nosso Senhor Jesus Cristo. Depois que li a reportagem e assisti seu testemunho, comecei a navegar pelo site, até que cheguei até aqui. Li a matéria e os comentários que foram colocados por cada um, porém, fiquei de certa forma triste com a maioria dos comentários que li. No meu ponto de vista não devemos, nós cristãos, alimentarmos essas diferenças, essas intrigas, nota-se que alguns até extrapolam e demonstram ter ódio dos católicos, e no meu entendimento, como leigo, é que perante os olhos de Deus tudo isso não é bom…,

    Amada irmã Karla, Deus te abençõe e a todos os seus…

    Voltando ao tema em discussão:

    “Para entrar nesse assunto é bom sempre lembrar que Jesus foi o primogênito e o unigênito da família de Nazaré. Quanto aos supostos irmãos de Jesus? a Bíblia não os mencionam como filhos de Maria. Somente o Mestre é chamado filho de Maria?, com o artigo no original (Marcos 6,3).
    Antes de aprofundar este tema, é bom lembrar 05 pontos fundamentais:
    Primeiro – se Jesus teve irmãos, porque Maria é chamada Mãe de Jesus? e nunca mãe dos irmãos de Jesus?
    Segundo – A família de Nazaré aparece apenas com 03 pessoas. Jesus, Maria e José.
    Terceiro – porque seus pais iam todos os anos a Jerusalém para a festa da páscoa e Jesus nunca aparece ao lado dos supostos irmãos?
    Quarto – Porque Jesus entrega sua mãe aos cuidados de João o Evangelista, e não aos supostos irmãos?
    Quinto – porque esses supostos irmãos não aparecem na crucificação de Jesus?
    A Bíblia deixa bem claro, quando se trata de um filho, e quem são os pais. Para entender melhor citemos alguns textos:

    No Antigo Testamento
    Adão conheceu outra vez sua mulher, e esta deu à luz um filho, ao qual pôs o nome de Set, dizendo, Deus deu-me uma posteridade para substituir Abel, que Caim matou. (Gênese 4, 25)

    Então falou Deus a Noé, sai da arca, com tua mulher, teus filhos e as mulheres de teus filhos. (Gênese 8, 15-16) Confira mais em: (Gênese 5,1-32) (Gênese 10, 1-32) (Gênese 11, 10-32) onde se fala de filhos e filhas.

    No Novo Testamento.

    Ela dará à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados. (Mateus 1, 21).

    Senhor, tem piedade de meu filho, porque é lunático e sofre muito: ora cai no fogo, ora cai na água…? (Mateus 17,15).

    Respondeu um homem dentre a multidão: Mestre, eu te trouxe meu filho, que tem um espírito mudo? (Marcos 9,17).

    Ao chegar perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto a ser sepultado, filho único de uma viúva; acompanhava-a muita gente da cidade? (Lucas 7,12).

    Porque tinha uma filha única, de uns doze anos, que estava para morrer. Jesus dirigiu-se para lá, comprimido pelo povo? (Lucas 8,42).
    Em centenas e centenas de textos Bíblicos, fica muito claro, onde se fala de filhos e de pais, e os protestantes afirmam por paus e pedras que, Jesus teve irmãos. Para isso se baseiam em (Marcos 6,3) Por acaso não é ele o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, José, Judas e Simão?.

    Explicação:

    A palavra irmão, aqui tem o significado de primo ou parente próximo, pois a língua hebraica não possui a palavra primo.

    – Quem eram Tiago, José, Judas e Simão?

    Explicação: A mãe de Jesus tinha uma parente que se chamava também Maria, casada com Cleófas.
    – De fato lemos na Bíblia: Perto da cruz de Jesus, permanecia de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas. (João 19,25)
    – Tiago e José eram filhos de Cléofas com a parente de Nossa Senhora, que se chamava Maria.
    – logicamente Judas era irmão de Tiago. De fato lemos: Judas, irmão de Tiago (Judas 1 e Lucas 6,16) todos eles eram primos de Jesus, ou parentes próximos, como Simão pelo mesmo motivo.
    Há muitos exemplos na Bíblia em que os parentes próximos são chamados de irmãos: Disse Abraão a Lot: Peço-te que não haja rixas, pois somos irmãos. (Gênesis 13,8) – Abraão não era irmão de Lot, mas tio.
    – Eleazar morreu e não teve filhos, mas filhas e estas se casaram com os filhos de Cis, seus irmãos. (1 Crônicas 23,22) – As filhas de Eleazar eram primas dos filhos de Cis.
    – Ver também: (Êxodo 2,11) (Mateus 23,8) (Gênesis 9,6) (Mateus 5,21-22) (1 Coríntios 15,6).

    Respondendo objeções

    1ª Objeção: os Irmãos de Jesus. É assim que a Bíblia se refere nominalmente a quatro pessoas: Tiago, José, Judas e Simão (Marcos 6,3). Eles seriam, irmãos carnais de Jesus, concluem os protestantes.
    No entanto, nada mais falso, pois três desses Irmãos de Jesus, têm seus pais nomeados na Bíblia. Vejamos: o 1º é Tiago. É ele, segundo (Gálatas 1,19), Tiago Apóstolo, o Menor (Marcos 15,40), cujo pai é Alfeu (Mateus 10,3); o 2º, José, é irmão carnal de Tiago, pois ambos são filhos de uma das três Marias que estiveram ao pé da Cruz (Mateus 27,56), e cujo irmão pai é também Alfeu; o 3º é Judas, o Tadeu, que também é irmão de Tiago (Judas 1,1). Seu pai é também Alfeu. São Lucas o chama Judas de Tiago ou seu irmão (Lucas 6,16).
    O último da lista é Simão, cujos pais não têm os nomes expresso na Bíblia. Mas o historiador Hegezipo (sec. II), informa que ele é filho de Cléofas, esposo de Maria, irmã da Mãe de Jesus (João 19,25). Ele é, pois, primo de Jesus. E se Cléofas e Alfeu são nomes em hebraico e aramaico da mesma pessoa, como pensam muitos, os quatro chamados irmãos de Jesus são entre si, irmãos carnais. Em qualquer hipótese eles são primos ou parentes de Jesus.
    De fato, é muito comum na Bíblia, parentes próximos serem chamados de irmãos. É só conferir (Gênesis 13,8) comparado com (Gênesis 12,5 e 11,28-31) (Gênesis 29,13 e 15) (Levítico 10,4) (1 Crônicas 23,22) etc.
    2ª Objeção: ela é tirada do título de primogênito atribuído a Jesus em Lucas 2,7. Daí concluem os protestantes que Maria teve outros filhos além de Jesus.
    Isso revela grande ignorância, pois primogênito é termo jurídico da Bíblia que tem significado bem determinado: é o primeiro filho, quer venha outro, quer não. Não se esperava por outro filho para que o 1º fosse tido e tratado como primogênito a vida toda.

    Confirma isto o túmulo, recém-descoberto, de uma judia do 1º século, com a inscrição: Aqui jaz Arsinoé, morta ao dar à luz o seu primogênito.
    3ª Objeção: é tirada de (Mateus 1,25), onde se lê: E José não a conheceu até que ela deu à luz. . . os protestantes concluem que a conheceu depois.
    Mais uma vez outra falsa conclusão. Parece desconhecerem que a expressão, até que, é na Bíblia, um hebrismo que significa: Sem que, invertendo-se os termos da frase. Significa, então, que Maria deu á luz sem que José a tivesse conhecido, e nada mais.
    São incontáveis os exemplos disso na Bíblia. Eis apenas um: O coração do justo está firme e não temerá até que veja confundidos os seus inimigos (Salmos 111,8). Ora, se não temeu antes, não temerá depois. O sentido é: os inimigos serão confundidos sem que o coração do justo tema. Assim Mateus quis apenas afirmar que Maria concebeu sem participação de José.
    Conferir na Bíblia outros casos desse modo de falar: (Deuteronômio 7,24) (Sabedoria 10,14) (Salmos 56,2 71,7; 93,12-13; 109,1) (Isaias 22,14) (Mateus 5,18 22,44) (Hebreus 1,13; 10,12-13; etc.)
    4ª e última objeção: é tirada de (Mt 1,18) onde se lê que Maria concebeu do Espírito Santo antes que coabitassem. Os protestantes concluem erradamente que conheceu depois.
    Isso porque eles não se importam com o contexto literário e histórico da Bíblia. E tomam, no caso, coabitar no sentido de relação carnal, quando, pelo contexto, e pelo modo como os judeus se casavam, só cabe o sentido de morar juntos.
    De fato, o casamento dos judeus era feito em duas etapas: a 1ª se realizava na casa dos pais da moça em cerimônia simples. Marcavam-se então as núpcias festivas – era a segunda etapa – na qual a esposa era levada para a casa do esposo. Era esta a coabitação (morar juntos), de que fala o evangelista no citado texto. Foi entre essas duas cerimônias que se deu o mistério da Encarnação.

    Conclusão

    Segundo a Bíblia, a Tradição e o Magistério da Igreja, Maria teve um único filho, e disso, nós temos certeza.”

    MOURA, Jaime Francisco de. Apostolado Veritatis Splendor

    A Paz do Senhor Jesus esteja conosco.

  75. Karla Cristina disse:

    ‘Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo. Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco. E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; E não a CONHECEU até que deu à luz seu filho, o PRIMOGÊNITO, e pôs-lhe por nome Jesus.’ (Mateus 1 – 18 ao 25)

    Edição Almeida Revista e Corrigida

  76. Karla Cristina disse:

    18 ¶ Eis como nasceu Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, aconteceu que ela concebeu por virtude do Espírito Santo.
    19 José, seu esposo, que era homem de bem, não querendo difamá-la, resolveu rejeitá-la secretamente.
    20 Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo.
    21 Ela dará à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados.
    22 Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor falou pelo profeta:
    23 Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho, que se chamará Emanuel {Is 7, 14}, que significa: Deus conosco.
    24 Despertando, José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa.
    25 E, sem que ele a tivesse conhecido, ela deu à luz o seu filho, que recebeu o nome de Jesus.

    Versão católica

    Ainda que na versão católica foi omitido uma palavra ou outra,mas a mesma não afirma que eles não tiveram nada depois do nascimento do Sr. Jesus,pois seria impossível que José como homem,habita-se com Maria e não coabita-se com ela,só se José tivesse aversão ao sexo oposto…

  77. Karla Cristina disse:

    ‘Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: estando Maria, sua mãe, desposada com José, sem que tivessem antes coabitado, achou-se grávida pelo Espírito Santo. Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente. Enquanto ponderava nestas coisas, eis que lhe apareceu, em sonho, um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles. Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que fora dito pelo Senhor por intermédio do profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco). Despertado José do sono, fez como lhe ordenara o anjo do Senhor e recebeu sua mulher. Contudo, não a conheceu, enquanto ela não deu à luz um filho, a quem pôs o nome de Jesus.’ ( Mateus 1 – 18 ao 25 )

    Edição Almeida Revista e Atualizada

  78. Karla Cristina disse:

    Ora o nascimento de Jesus Cristo foi desta maneira: Estando Maria, sua mãe, já desposada com José, antes que se ajuntassem, ela se achou grávida por virtude do Espírito Santo. José, seu marido, sendo reto e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente. Quando, porém, pensava nestas coisas, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher; pois o que nela foi gerado, é por virtude do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos pecados deles. Ora tudo isto aconteceu, para que se cumprisse o que dissera o Senhor pelo profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, E ele será chamado Emanuel, que quer dizer, Deus conosco. José, tendo despertado do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu sua mulher; e não a conheceu enquanto ela não deu à luz um filho, a quem pôs o nome de JESUS.’ (Mateus 1 – 18 – 25)

    Edição Sociedade Biblica Britanica

  79. Karla Cristina disse:

    COABITAR = Viver em comum, como marido e mulher.

    Bom Juscelino,eu não sei se você é casado,mas ser casado é mais do que apenas morar juntos.Eu sei pois sou casada.

  80. Karla Cristina disse:

    ‘Os protestantes concluem erradamente que conheceu depois.
    Isso porque eles não se importam com o contexto literário e histórico da Bíblia. E tomam, no caso, coabitar no sentido de relação carnal, quando, pelo contexto, e pelo modo como os judeus se casavam, só cabe o sentido de morar juntos’

    O problema Juscelino não é que os ‘protestantes’,que no caso seriam nós os evangélicos,nós não concluímos nada errado,mas a própria Bíblia,não a apócrifa,mas as demais edições biblicas e também a nossa inteligência nos mostra que não há,nem na versão católica alguma referência de que eles não tiveram intimidade carnal,como marido e mulher,ainda mais que isso não é errado aos olhos de Deus e as edições biblicas que nós lemos foram traduzidas do hebraico e do grego,então até aí temos a certeza de que os irmãos do Sr. Jesus não eram primos e nem parentes distantes,mas foram concebidos no mesmo útero em que foi concebido nosso Salvador e se tornaram servos do próprio irmão,por parte de mãe…

  81. Valéria disse:

    Eu até agora também,não entendi como o Sr. Justino,conseguiu chegar a um “denominador” comum de que Tiago ( menor ),seria o Tiago ( irmão do SENHOR JESUS,como nós evangélicos temos a certeza que é ! ) que escreveu a Epístola…

    E a nossa certeza de que o SENHOR JESUS Teve irmãos,nascidos de Maria e José tanto a Bíblia evangélica como a católica confirmam que a Maria teve outros filhos,não de consideração,mas nascidos dela

    Lucas 2 : 7

    “e ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.” ( versão evangélica )

    “E deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria.” ( versão católica )

  82. Valéria disse:

    A única diferença é que a evangélica chama o local do nascimento “manjedoura”…e a católica chama de “presépio”

    Mas as duas versões dizem que o SENHOR JESUS é o filho PRIMOGÊNITO ! Ou seja o 1a. que a Maria teve ! E como sei Sr. Justino que o Sr. é um homem estudado e inteligênte,o Sr. já sabia disso.

  83. Karla Cristina disse:

    Galatas 1 – 19

    Na Bíblia evangélica diz :
    ‘e não vi outro dos apóstolos, senão Tiago, o irmão do Senhor.’

    Na Bíblia católica diz :
    Dos outros apóstolos não vi mais nenhum, a não ser Tiago, irmão do Senhor.

    A onde diz que é o menor,ou maior,ou médio?

    anto em uma como em outra só diz : IRMÃO DO SENHOR!

  84. Karla Cristina disse:

    Valéria e Juscelino,eu vou fazer um estudo mais apurado sobre esse assunto,pois tenho em minhas mãos exemplares da Bíblia Evangélica e católica e há algumas coisas que o Juscelino colocou sobre a ‘virgindade’ de Maria após o nascimento do Sr. Jesus e sobre os irmãos ‘primos’ de o Sr. Jesus que não estão batendo e depois retorno,rsrsrsrssrs

  85. Juscelino disse:

    Valéria e Karla, tudo bem? Esperam que estejam na paz do Nosso Senhor Jesus.

    O debate saudável como estando tendo, sempre será uma porta aberta, ou um bom caminho para o conhecimento, principalmente quando se dá desta forma, amigável, tranquila, com respeito, sem ofensas.

    Valéria, vamos aguardar o estudo da Karla. Tudo bem?

    Independentemente do resultado do estudo, da minha parte espero ter contribuido de alguma forma. Se no final das contas não nos convencermos, acho que Jesus e Maria e muitos irmãos cristãos estão nos acompanhando com grande interesse.

    Mas nunca nos devemos esquecer do essencial, que é aproveitar todas as oportunidades para compartilhar da mensagem do Evangelho, de maneira que agrade ao Senhor.

    Peço sempre ao Senhor, o discernimento.

    Fiquem com Deus

    Juscelino

    Juscelino

  86. Karla Cristina disse:

    Tiago(menor), filho de Alfeu,se a Bíblia o relata como filho de Alfeu,então ele não pode ser filho de Maria e de José,é obvio!

    Tiago consta da lista dos doze apóstolos, da mesma maneira que Tiago Maior: Mt 10:3, Mc 3:18, Lc 6:15, At 1:13. Também é mencionado quando sua mãe aparece em Mc 15:40, onde lhe é dado o epíteto “o menor” (Almeida RA) ou “o mais jovem” (NVI), dependendo da versão, e em Mt 27:56.

    Sabe-se pouco acerca do seu ministério. Eusébio de Cesaréia(bispo católico) relata a tradição(quer dizer deu uma forçada e inventou,rsrs,por que será?) de identificá-lo com Tiago, irmão de Jesus, o chefe da igreja cristã primitiva em Jerusalém.
    Não podemos esquecer que o nome Tiago era muito comum naquela época…

    Justino escreveu :
    ‘Vimos que São Paulo dá testemunho da Tradição Apostólica de identificar Tiago, filho de Alfeu, como irmão do Senhor Jesus. Lembremos que este Tiago tem com irmãos Judas Tadeu e José.’

    Outro ponto a Bíblia diz o seguinte :

    ‘E também ali estavam algumas mulheres, olhando de longe, entre as quais também Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, o menor, e de José, e Salomé; As quais também o seguiam, e o serviam, quando estava na Galiléia; e muitas outras, que tinham subido com ele a Jerusalém.’ (Mc 15 : 40 e 41 ) Versão Evangélica

    ‘Achavam-se ali também umas mulheres, observando de longe, entre as quais Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, o Menor, e de José, e Salomé,
    que o tinham seguido e o haviam assistido, quando ele estava na Galiléia; e muitas outras que haviam subido juntamente com ele a Jerusalém.
    (Mc 15 : 40 e 41). Versão católica

    Podemos ver que tanto na Versão Evangélica,como a católica falam a mesma coisa e isso faz cair por terra qualquer tentatva de dizer que Tiago (menor) era o mesmo Tiago irmão do Sr. Jesus,visto que eles eram filhos de Marias diferentes.

    Maria mãe de Tiago (menor),era uma das que acompanhava o Sr. Jesus esposa de Alfeu,e não a Maria mãe do Sr. Jesus.

    Nós compreendemos que os católicos tenham esse interesse em defender a ‘virgindade eterna’ de Maria,pois esse erro começou com o bispo católico Eusébio de Cesareia e se estende até hoje na tradição católica,que pena que um faça errar tantos até hoje,tsc.tsc.

  87. Karla Cristina disse:

    Olha o estudo que meu Pastor fez sobre o tema,explicando versiculo,por versiculo e não apenas jogando-os na página,é um pouco grande por isso irei dividí-lo,mas vale apenas lê-lo e aprender a verdade…

  88. Karla Cristina disse:

    OS IRMÃOS DE JESUS [de acordo com a carne]

    Pr Airton Evangelista da Costa

    “Ainda viviam da FAMÍLIA de nosso Senhor os netos de Judas, chamado IRMÃO DE NOSSO SENHOR DE ACORDO COM A CARNE” (Eusébio de Cesaréia (263-340 d.C), História Eclesiástica, CPAD, 4ª Edição 2003, p. 97 – grifo acrescentado).

    Os “irmãos de Jesus”, de que fala a Bíblia, seriam apenas seus primos?
    José continuou sem conhecer sua esposa mesmo depois do nascimento de Jesus?
    O que dizem os comentaristas nas bíblias aprovadas pela Igreja Católica?
    É admissível supor que os irmãos de Jesus, que não criam nele, fossem seus apóstolos?

    Tentaremos encontrar respostas para essas indagações. Usaremos as seguintes versões bíblicas:

    (a) A BÍBLIA DE JERUSALÉM, Paulus Editora, 1973, 8a impressão em janeiro/2000, rubricada em 1.11.1980 por Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Metropolitano de São Paulo. O trabalho de tradução foi “realizado por uma equipe de exegetas católicos e protestantes e por um grupo de revisores literários”.

    (b) BÍBLIA SAGRADA, Edição Ecumênica, tradução do padre Antônio Pereira de Figueiredo; notas e dicionário prático pelo Monsenhor José Alberto L. de Castro Pinto, Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro; edição aprovada pelo cardeal D. Jaime de Barros Câmara, Arcebispo do Rio de Janeiro; BARSA, 1964.

    (c) BÍBLIA APOLOGÉTICA, João Ferreira de Almeida, Corrigida e Revisada, ICP Editora, 2000, notas do Instituto Cristão de Pesquisas. [A tradução é o texto da SBTB, a ACF, Almeida Corrigida Fiel]

    (d) BÍBLIA DE ESTUDO PENTECOSTAL, Almeida, revista e corrigida, Casa Publicadora das Assembléias de Deus (CPAD), 1995.

    Inicialmente, veremos os versículos que falam dos “irmãos de Jesus”, extraídos da Bíblia [católica] de Jerusalém:

    “Não é ele o filho do carpinteiro? E não se chama a mãe dele Maria e seus IRMÃOS Tiago, José, Simão e Judas? E as suas IRMÃS não vivem todas entre nós? Donde então lhe vêm todas essas coisas? E se escandalizavam dele. Mas Jesus lhes disse: “Não há profeta sem honra, exceto em sua pátria e em sua casa” (Mateus 13.55-58; Marcos 6.3-6).

    “Estando ainda a falar às multidões, sua mãe e seus IRMÃOS estavam fora, procurando falar-lhe. Jesus respondeu àquele que o avisou: “Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?” E apontando para os discípulos com a mão, disse: “Aqui estão a minha mãe e os meus irmãos, porque aquele que fizer a vontade de meu Pai que está nos Céus, esse é meu irmão, irmã e mãe”. (Mateus 12.46-50; Marcos 3.32-35; Lucas 8.19-21).

    “Depois disso, desceu a Cafarnaum, ele, sua mãe, seus IRMÃOS e seus discípulos, e ali ficaram apenas alguns dias”. (João 2.12).

    “Aproximava-se a festa judaica das Tendas. Disseram-lhe, então, os seus IRMÃOS: ‘Parte daqui e vai para a Judéia, para que teus discípulos vejam as obras que fazes, pois ninguém age às ocultas, quando quer ser publicamente conhecido. Já que fazes tais coisas, manifesta-te ao mundo!’ Pois nem mesmo os seus IRMÃOS criam nele”(João 7.2-5).

    “Tendo entrado na cidade, subiram à sala superior, onde costumavam ficar. Eram Pedro e João, Tiago e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus;Tiago, filho de Alfeu, e Simão, o Zelota; e Judas, filho de Tiago. Todos estes, unânimes, perseveravam na oração com algumas mulheres, entre as quais Maria, a mãe de Jesus, e com os IRMÃOS dele” (Atos 1.13-14). Comentários da Bíblia de Jerusalém: “O apóstolo Judas é distinto de Judas, IRMÃO de Jesus (cf. Mt 13.55; Mc 6.3) e irmão de Tiago (Judas 1). Não se deve também, parece, identificar o apóstolo Tiago, filho de Alfeu, com Tiago, IRMÃO do Senhor (At 12.17; 15.13, etc)”.

    “Não temos o direito de levar conosco, nas viagens, uma mulher cristã, como os outros apóstolos e os IRMÃOS do Senhor e Cefas?” (1 Coríntios 9.5).

    “Em seguida, após três anos, subi a Jerusalém para avistar-me com Cefas e fiquei com ele quinze dias. Não vi nenhum apóstolo, mas somente Tiago, o IRMÃO do Senhor. Isto vos escrevo e vos asseguro diante de Deus que não minto” (Gálatas 1.18-20). Comentários da Bíblia de Jerusalém: “Outros traduzem: “a não ser Tiago”, supondo que Tiago faça parte dos Doze e se identifique com o filho de Alfeu (Mt 10.3p), ou tomando “apóstolo” em sentido lato (cf.Rm 1.1+)”.

    A Igreja Católica assim se manifestou em seu Catecismo:

    “A isto objeta-se por vezes que a Escritura menciona irmãos e irmãs de Jesus. A Igreja sempre entendeu que essas passagens não designam outros filhos da Virgem Maria: Com efeito, Tiago e José, “irmãos de Jesus” (Mateus 13.55), são os filhos de uma Maria discípula de Cristo (Mateus 27.56), que significativamente é designada como “a outra Maria” (Mateus 28.1). Trata-se de parentes próximos de Jesus, consoante uma expressão conhecida do Antigo Testamento (Gênesis 13.8; 14.16; 29.15, etc.)” (Catecismo da Igreja Católica, p. 141. # 500).

    De uma página de apologética católica na Internet colhemos a seguinte explicação extra-oficial:

    “São Lucas esclarece que Tiago e Judas eram filhos de Alfeu ou Cléofas (Lucas 6.15-16). Portanto o eram também José e Simão. Mas não Jesus, que sabemos era filho de “José, o carpinteiro”. Portanto, não poderiam ser irmãos carnais. Por outro lado, São Mateus dá o nome da mãe deles: “Entre as quais estava… Maria, mãe de Tiago e de José” (Mateus 27.56). Não se pode confundir esta Maria com sua homônima, esposa de José, o carpinteiro. São João deixa bem clara essa distinção: “Junto à cruz de Jesus estava sua mãe e a irmã (prima) de sua Mãe, Maria, mulher de Cléofas” (João 19.25), cuja filha se chamava Maria Salomé. São as bem conhecidas “três Marias”. Aliás, atualmente os protestantes mais cultos já nem levantam mais essa objeção” .

    Vejamos agora quais as “Marias” citadas nos evangelhos (Bíblia [católica] de Jerusalém):

    NA CRUCIFICAÇÃO
    “Estavam ali muitas mulheres, olhando de longe. Haviam acompanhado Jesus desde a Galiléia, a servi-lo. Entre elas, Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu” (Mt 27.56).

    “E também ali estavam ali algumas mulheres, olhando de longe. Entre elas, Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, o Menor, e de José, e Salomé” (Mc 15.40). Comentário da referida Bíblia: “Provavelmente, [Salomé] é a mesma que Mt 27.56 denomina a mãe dos filhos de Zebedeu”.

    “Perto da cruz de Jesus, permaneciam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena” (Jo 19.25). Comentários da referida Bíblia, referindo-se “a irmã de sua mãe”: “Ou se trata de Salomé, mãe dos filhos de Zebedeu (cf. Mt 27.56p) ou, ligando essa denominação ao que se segue, “Maria, mulher de Clopas”.

    NA RESSURREIÇÃO
    “Após o sábado, ao raiar do primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria vieram ver o sepulcro” (Mt 28.1). Comentário da referida Bíblia sobre a “outra Maria”: “Isto é, “Maria [mãe] de Tiago” (Mc 16.1; Lc 24.10; cf. Mt 27.56)”.

    “Passado o sábado, Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago, e Salomé compraram aromas para ir ungi-lo” (Mc 16.1-2).

    “Eram Maria Madalena, Joana e Maria, mãe de Tiago” (Lc 24.10),

    Vejamos agora quais os “Tiagos” citados nos evangelhos, conforme consta do Dicionário na parte final da Bíblia [católica] Sagrada, item ”b” retro:

    1. Tiago – “O Maior (mais velho), filho de Zebedeu e Salomé e irmão de São João Evangelista (Mt 4.21). era de Betsaida na Galiléia, pescador (Mc 1.19) e companheiro de São Pedro como seus irmaõs (Lc 5.10).”

    2. Tiago – “O Menor (mais moço), filho de Alfeu ou Cléofas (Mt 10.3; Mc 3.18; Lc 6.15; At 1.13) e de Maria (Jo 19.25). Foi chamado “irmão do Senhor” (Gl 1.19), no sentido semita [relativo aos judeus] que tem essa palavra que pode se aplicar aos primos e outros consangüíneos em linha colateral mais afastados, e até mesmo aos simples conacionais. Tiago Menor era primo de Jesus por ser sobrinho de S. José. N. Senhor apareceu-lhe uma semana depois da Ressurreição (1 Co 15.7). Foi o primeiro bispo de Jerusalém depois da dispersão dos Apóstolos. O fato de Paulo o ter procurado (Gl 1.19) e de ter ele feito o discurso final no Concílio de Jerusalém parece provar isto (At 15.13) Foi morto no Templo por instigação do sumo Sacerdote Anás II, tendo sido lançado de uma galeria e espancado até à morte (62 depois de Cristo)”

    3. Epístola de S. Tiago – “Uma das epístolas católicas atribuída a São Tiago, o menor…”

    Vejamos agora quais os “Judas” citados nos evangelhos, segundo Dicionário da Bíblia [católica] Sagrada, item “b” retro:

    1. Judas – “Habitante de Damasco que hospedou S.Paulo (At 9.11)” .

    2. Judas Iscariotes – “O Apóstolo que traiu N. Senhor (Mt 10.4; Mc 3.19; Lc 6.16). Iscariot quer dizer “homem de Cariot”, aldeia de Judá”.

    3. Judas Tadeu – “Um dos doze apóstolos (Mt 10.3; Mc 3.18; Lc 6.16; Jo 14.22). É o irmão de Tiago o Menor e “irmão”, isto é, primo do Senhor (At 1.13); Mt 13.55; Mc 6.3)”.

    4. Epístola de S. Judas Tadeu – Um dos livros canônicos do Novo Testamento, classificado entre as chamadas “Epístolas Católicas” .

    A partir dessas informações surgem algumas indagações:

    Primeiro – Os apóstolos Tiago (o Menor) e Judas (Tadeu) são os mesmos chamados de “IRMÃOS de Jesus” em Mateus 13.55 e Marcos 6.3? Que dizem as bíblias católicas retrocitadas?

    O que vimos foram interpretações discordantes. A Bíblia de Jerusalém diz nos comentários sobre Atos 1.13 que “o apóstolo Judas é distinto de Judas, irmão de Jesus”, isto é, não são a mesma pessoa, ou seja, o apóstolo Judas é uma pessoa e o irmão de Jesus, com idêntico nome, é outra pessoa. No mesmo passo, diz que o apóstolo Tiago, filho de Alfeu, não é o mesmo Tiago, irmão do Senhor. Reiterando a sua posição, referida Bíblia afirma nos comentários sobre Gálatas 1-18-20: “Outros traduzem: “a não ser Tiago”, supondo que Tiago faça parte dos Doze e se identifique com o filho de Alfeu (Mt 10.3p), ou tomando “apóstolo” em sentido lato (cf. Rm 1.1+)”.

    Por outro lado, a Bíblia Sagrada, católica, como discriminada no início deste trabalho, assume posição diferente. O dicionário que compõe essa Bíblia diz que “Tiago, o Menor, filho de Alfeu ou Cléofas (Mt 19.3; Mc 3.18; Lc 6.15; At 1.13) e de Maria (Jo 19.25), foi chamado “irmão do Senhor”. Diz mais que “Tiago Menor era primo de Jesus por ser sobrinho de S.José”. Confirmando, diz que “Judas Tadeu, um dos apóstolos (Mt 10.3; Mc 3.18…) é o irmão de Tiago, o Menor, e “irmão”, isto é, primo do Senhor (At 1.13; Mt 13.55; Mc 6.3)”. O descompasso é lamentável, a menos que se configure aí o “livre-exame” – situação em que comentaristas ou exegetas católicos interpretam livremente os textos bíblicos sem guardar coerência com a cúpula do Vaticano.

    No particular, concordo plenamente com a Bíblia [católica] de Jerusalém. Os irmãos de Jesus (Mt 13.55 e Mc 6.3, etc.), não foram apóstolos ou mesmo discípulos, pelo seguinte:

    a) Os irmãos de Jesus não criam nEle. No registro de João 7.2-5 nota-se claramente essa incredulidade. Entende-se, também, que Jesus evitou a companhia deles nesse episódio (Jo 7.8-10). Ao dizerem “para que teus discípulos vejam as obras que fazes” seus irmãos se excluíram do rol dos seguidores de Jesus. Ademais, Jesus não iria escolher para apóstolo alguém que não cria nEle.

    b) A Bíblia estabelece distinção entre ser discípulo e ser irmão de Jesus (Jo 2.12; At 1.13-14; 1 Co 9.5; Gl 1.18-20). Por exemplo, em certa ocasião Jesus estava com seus discípulos em determinado local, e lá fora estavam sua mãe e seus irmãos (Mt 12.46-50; Mc 3.32-35; Lc 8.19-21).

    Segundo, a tia de Jesus – irmã de sua mãe Maria – era Salomé, mãe dos filhos de Zebedeu, ou era Maria, mulher de Cléofas?
    Vejamos mais uma vez o que relata João 19.25: “Perto da cruz de Jesus, permaneciam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena”.

    A frase está de tal forma postada que admite duas interpretações. A primeira é a de que “a irmã de sua mãe” é uma pessoa, e Maria, mulher de Cléofas, outra. A segunda hipótese é a de que o nome da tia de Jesus é Maria, a mulher de Cléofas. A Bíblia [católica] de Jerusalém concorda comigo quando diz: “Ou se trata de Salomé, mãe dos filhos de Zebedeu (Mt 27.56) ou, ligando essa denominação ao que se segue, “Maria, mulher de Clopas”.

    A Bíblia Sagrada, edição católica, afirma no seu “dicionário”: “Maria de Cléofas” é irmã da SS. Virgem Maria, i.e. sua prima, pois em hebraico a palavra tem um sentido mais lato. Segundo uns seria a mãe de Tiago (o menor), José, Simão e Judas Tadeu e esposa de Cléofas também chamado Alfeu (Mt 27.56; Mc 3.18; 6;3; 15.40). Segundo outros são duas pessoas com o mesmo nome, uma, irmã de S. José, seria a esposa de Alfeu e mãe de Tiago Menor e José; e a outra seria cunhada de S. José por ser casada com Cléofas, irmão de S. José, e seria a mãe de Simão e Judas Tadeu. Como quer que seja, uma Maria de Cléofas e uma Maria, mãe de Tiago, aparecem nos Evangelhos como tendo acompanhado o Senhor até o Gólgota e preparado os aromas… (Jo 19.25; Lc 24.10; Mt 28.9)”.

    Terceiro, de quem seriam filhos os irmãos de Jesus?

    Não eram filhos de Zebedeu e de sua provável mulher Salomé, porque os filhos destes eram João e Tiago (Mt 4.21). Ora, os irmãos de Jesus foram Tiago, José, Simão e Judas, afora algumas irmãs (Mt 13.55-56, Mc 6.3). João está excluído dessa relação. Além disso, os irmãos de Jesus não criam nEle (Jo 7.5). Logo, João, apóstolo, não foi seu irmão.

    Não eram filhos de Maria, mulher de Alfeu ou Cléofas, cujo filho Tiago, o menor, foi apóstolo (Mt 10.3; Mc 15.40), e como tal não poderia ser irmão de Jesus, porque estes não criam nEle (Jo 7.5). Ademais, não consta que Tiago, José, Simão e Judas, irmãos do Senhor, fossem filhos do referido casal.

    A Bíblia [católica] de Jerusalém é de parecer semelhante quando diz: “O apóstolo Judas é DISTINTO de Judas, irmão de Jesus (cf. Mt 13.55; Mc 6.3) e irmão de Tiago (Judas 1). Não se deve também, parece, IDENTIFICAR o apóstolo Tiago, filho de Alfeu, com Tiago, irmão do Senhor (At 12.17; 15.13, etc)”. Realce acrescentado. Contrapondo-se, a outra Bíblia, católica, diz que Judas, apóstolo, é o irmão de Tiago o menor e “irmão”, isto é, primo do Senhor (Mt 13.55; Mc 6.3). Ou seja, Tiago e Judas, eram ao mesmo tempo irmãos (ou primos) e apóstolos.

    Se os irmãos de Jesus não eram filhos de Zebedeu, nem o eram de Alfeu, seriam da tia de Jesus, não devidamente identificada em João 19.25? Não pode ser porque essa tia de Jesus já foi devidamente identificada pelo catolicismo, ao dizer que ou se chamava Salomé,mãe dos filhos de Zebedeu, ou era Maria, mulher de Cléofas.

  89. Karla Cristina disse:

    CONTINUAÇÃO :

    Vamos agora ler o que dizem outros comentaristas a respeito dos irmãos de Jesus.

    IRMÃOS DO SENHOR – “Aqueles de quem se fala em Mateus 12.46 e 13.55, e outros lugares,como irmãos de Jesus, seriam filhos de José e Maria? Segundo uma opinião que já vem do segundo século pelo menos, esses “irmãos de Jesus” eram filhos de um primeiro matrimônio de José. Mais tarde foram, por alguns críticos considerados primos do nosso Salvador. Podem, contudo, ter sido filhos de José e Maria. Em todas as passagens, menos uma, em que esses irmãos de Jesus são mencionados nos Evangelhos, acham-se associados com Maria. Se eram eles filhos mais velhos de José, não seria então Jesus o herdeiro do trono de Davi, segundo as nossas noções de primogenitura. Eles não acreditavam em Jesus no princípio da Sua missão, e até, segundo parece (Jo 7.5), depois que os apóstolos foram escolhidos; e por essa razão eles não puderam ser do número dos Doze, dos quais, na verdade, eles particularmente se distinguem, quando num período posterior são vistos na companhia deles (At 1.14). Não devem, portanto, ser confundidos com os filhos de Alfeu, embora tenham os mesmos nomes. Além disso, as palavras “filho” e “mãe”, sendo empregadas nesta passagem (Mt 13.55) no seu natural e principal sentido, semelhantemente devem ser tomados os nomes “irmão” e “irmã” , pelo menos, até ao ponto de excluir o termo “primo”. O fato de terem os filhos de Alfeu, bem como os irmãos do Senhor, os nomes de Tiago, José e Judas, nada prova, visto que esses nomes eram muito vulgares nas famílias judaicas. Estranha-se que não fossem lembrados estes irmãos , quando Jesus confiou a sua mãe aos cuidados de João; mas isso explica-se pela razão de que a esse tempo ainda eles não criam Nele. A conversão deles parece ter sido quando se realizou a aparição de Jesus a Tiago, depois da Sua ressurreição (1 Co 15.7).” (Dicionário Bíblico Universal, pelo Rev Buckland, Editora Vida, 1993).

    IRMÃOS DO SENHOR – “Relação de parentesco atribuída a Tiago, José, Simão e Judas, Mt 13.55;Mc 6.3, que aparecem em companhia de Maria, Mt 12.47-50; Mc 3.31-35; Lc 8.19-21, foram juntos para Cafarnaum no princípio da vida pública de Jesus, Jo 2.12, mas não creram nele senão no fim de sua carreira. Jo 7.4,5. Depois da ressurreição, eles se acham em companhia dos discípulos, At 1.14, e mais tarde os seus nomes aparecem na lista dos obreiros cristãos, 1 Co 9.5. Tiago, um deles, salientou-se como líder na Igreja de Jerusalém, At 12.7; 15.13; Gl 1.19; 2.9, e foi autor da epístola que traz o seu nome. Em que sentido eram eles irmãos de Jesus? Tem sido assunto de muitas discussões. Nos tempos antigos, julgava-se que eram filhos de José, do primeiro matrimônio. O seu nome não aparece mais na história do evangelho. Sendo José mais velho que Maria é provável que tivesse morrido logo e que tivesse casado antes. Esta opinião é razoável, mas em face das narrativas de Mt 1.25 e Lc 2.7, não é provável. No quarto século, S. Jerônimo deu outra explicação, dizendo que eram primos de Cristo, pelo lado materno, filhos de Alfeu ou Cléofas com Maria, irmã da mãe de Jesus. Esta explicação se infere, comparando Mc 15.40 com Jo 19.25, e a identidade dos nomes Alfeu e Cléofas. Segundo esta idéia, Tiago, filho de Alfeu, e talvez Simão e Judas, contados entre os apóstolos, fossem irmãos de Jesus. Porém, os apóstolos se distinguiam dos irmãos, estes nem ao menos criam nele, e não é provável que duas irmãs tivessem o mesmo nome. Outra idéia muito antiga é que eles eram primos de Jesus pelo lado paterno e outros ainda supõem que eram os filhos da viúva do irmão de José, Dt 25.5-10. Todas estas opiniões ou teorias parecem ter por fim sustentar a perpétua virgindade de Maria. O que parece mais razoável e mais natural é que eles eram filhos de Maria depois de nascido Jesus. Que esta teve mais filhos é claramente deduzido de Mt 1.25 e Lc 2.7 que explica a constante associação dos irmãos do Senhor com Maria” (Dicionário da Bíblia, John D. Davis, 21a Edição/2000, Confederação Evangélica do Brasil).

    SEUS IRMÃOS – “Não há razão para supor que estes irmãos, tanto como as irmãs mencionadas (Mt 13.55-56), não eram filhos de José e Maria” (O Novo Comentário da Bíblia, vol. II, Nova Vida, 1990, 9a Edição).

    IRMÃOS DO SENHOR (Mateus 12.46-50) – “Por insistir na teoria da virgindade perpétua de Maria, o Catolicismo Romano os levou a explicar erroneamente o sentido da expressão irmãos. Assim, eles acreditam que Jesus não tinha irmãos no verdadeiro sentido dessa palavra e o grau de parentesco que ela exprime. No entanto, esse raciocínio não desfruta de nenhum apoio escriturístico. A Bíblia é clara ao afirmar que Jesus tinha quatro IRMÃOS, além de várias irmãs (Mt 13.55,56; Mc 3.31-35; 6.3; Lc 8.19-21; Jo 2.12; 7.2-10; At 1.14; 1 Co 9.5; Gl 1.19). A teoria desenvolvida pelos católicos romanos e por alguns protestantes, que visa defender que Maria permaneceu virgem, é totalmente fútil. Esse conceito só passou a fazer parte da teologia muitos séculos depois de Jesus. Seu objetivo, é claro, era exaltar Maria, criando, assim, a mariolaria” (Bíblia Apologética, João F. Almeida, ICP Editora, 1a Edição, 2000).

  90. Karla Cristina disse:

    MAIS CONTINUAÇÃO :

    Quarto, José e Maria se “conheceram” após o nascimento de Jesus?

    A nossa análise terá como base o seguinte registro: “José, ao despertar do sono, agiu conforme o Anjo do Senhor lhe ordenara e recebeu em casa sua mulher.Mas não a conheceu até o dia em que ela deu à luz um filho. E ele o chamou com o nome de Jesus” (Mateus 1.24-25, Bíblia [católica] de Jerusalém).

    A passagem acima diz claramente que José, atendendo ao anjo, recebeu em sua casa a sua esposa Maria, e foram viver como marido e mulher. Está dito que Maria foi a mulher de José; que José não conheceu a sua esposa enquanto ela estava grávida de Jesus; que Jesus nasceu de uma virgem e que José somente conheceu sua mulher – ou seja, teve relações com ela – depois do nascimento de Jesus.

    Católicos há que contestam o que está escrito na Bíblia, e dizem que “nas Sagradas Escrituras a expressão “até que” é empregada muitas vezes para indicar um tempo indeterminado, e não para marcar algo que ainda não aconteceu”. Não iremos nos estender na refutação dessa tese porque as duas bíblias de início citadas, aprovadas pelo catolicismo, interpretam corretamente referido versículo. Vejamos:

    “Mas [José] não a conheceu até o dia em que ela deu à luz um filho, e ele o chamou com o nome de Jesus”: “O texto não considera o período ulterior [depois do parto] e por si não afirma a virgindade perpétua de Maria, mas o resto do Evangelho, bem como a tradição da Igreja, a supõem” (Comentário da Bíblia [católica] de Jerusalém).

    Em outras palavras, os exegetas católicos, que trabalharam na edição da referida Bíblia, reconheceram o óbvio, ou seja, que [somente] até o nascimento de Jesus, José e Maria não se “conheceram”. Todavia, dizem bem quando entendem que a Tradição “supõe”, isto é, o dogma da perpétua virgindade de Maria é uma suposição, não uma realidade bíblica. O comentário acima coloca por terra argumentos outros não oficiais, segundo os quais José não conheceu sua esposa nem antes nem depois do nascimento de Jesus.

    Outro comentário: “Enquanto (ou até que): esta palavra portuguesa traduz o latim donec e o grego heos ou, que por sua vez estão calcados sobre a expressão hebraica ad ki que se refere ao tempo anterior a esse limite sem nada dizer do tempo posterior, cf. Gn 8.7;Sl 109.1; Mt 12.20; 1 Tm 4.13. A tradução exata seria: “sem que ele a tivesse conhecido, deu à luz…”, pois a nossa expressão “sem que” tem o mesmo valor” (Bíblia [católica] Sagrada.

    O que a Bíblia acima está dizendo em seus comentários é que o “ATÉ” não foi ALÉM do nascimento de Jesus, ou seja, enquanto grávida e até dar à luz não houve “conhecimento” mútuo do casal.

    Concordando com as Bíblias Católicas, a Bíblia Apologética, usada pelos evangélicos, assim esclarece: “Veja a preposição “até” em qualquer concordância bíblica e ficará surpreso a respeito do seu significado. Observe alguns exemplos: Levíticos 11.24-25: “E por estes sereis imundos: qualquer que tocar os seus cadáveres, imundo será ATÉ à tarde”. E depois da tarde, eles permaneceriam imundos? Vejamos agora Apocalipse 20.3: “E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, ATÉ que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco tempo”. Assim, a relação existente antes do nascimento de Jesus se modificou [como se modificou a situação de Satanás após os mil anos de prisão], não a conheceu até que ela deu à luz. Essa passagem declara que, depois do nascimento de Jesus, José Maria tiveram uma vida conjugal normal, como qualquer outro casal. Nenhum autor do Novo Testamento ensina a doutrina da virgindade perpétua de Maria. Se se tratasse de uma doutrina ou ensinamento vital ou essencial como requer o catolicismo romano, certamente Paulo e os outros discípulos teriam mencionado a respeito. Assim resta ao catolicismo romano apegar-se à tradição, porque a Bíblia não aceita essa teoria (Colossenses 2.8)”.

    A expressão “não coabitou com Maria ATÉ QUE nascesse Jesus” está muito clara. Ligada à fala do anjo que disse a José que RECEBESSE Maria, sua mulher, ficou entendido que passado o período da gravidez e do descanso depois do parto, José e Maria, marido e mulher, continuariam uma vida a dois como todos os casais do mundo. Assim aconteceu, pois tiveram muitos filhos, conforme está em Mateus 13.55-56. José e Maria constituíram um casal muito feliz e foram abençoados por Deus. E por ter filhos, por amar o seu esposo, por ter sido mãe, Maria não pecou nem perdeu a sua santidade. Maternidade e santidade podem caminhar juntas, sem que uma prejudique a outra. Sexo no casamento não pecado.

    Quinto, houve ordem divina para que José não “conhecesse” sua mulher?

    Se não havia a intenção formal, nem de José nem de Maria, de viverem sem relações íntimas, embora residissem sob o mesmo teto, teria havido alguma ordem divina nesse sentido? O leitor deverá ler cuidadosamente Mateus 1.18-25 e Lucas 1.26-38 para verificar a inexistência de qualquer tipo de impedimento. A resposta de Maria ao anjo – “Como é que vai ser isso, se eu não conheço homem algum?” (Lc 1.34) – pode ser interpretada como um voto de virgindade? A Bíblia [católica] de Jerusalém, em seus comentários, responde: “A “virgem” Maria é apenas noiva (v.27) e não tem relações conjugais (sentido semítico de “conhecer”, cf. Gn 4.1; etc.). Esse fato, que parece opor-se ao anúncio dos vv. 31-33, induz à explicação do v. 35. NADA NO TEXTO IMPÕE A IDÉIA DE UM VOTO DE VIRGINDADE” (realce acrescentado).

    Sexto, o que diz a Igreja Católica sobre o Matrimônio?

    a) “Os atos com os quais os cônjuges se unem íntima e castamente são honestos e dignos e a sexualidade é fonte de alegria e prazer” (Catecismo da Igreja Católica, p. 612, # 2362). Por que com Maria seria diferente?

    b) “Pela união dos esposos realiza-se o duplo fim do matrimônio: o bem dos cônjuges e a transmissão da vida”, pois que “esses dois significados ou valores do casamento não podem ser separados sem alterar a vida espiritual do casal” (C.I.C. p. 612, # 2363). Por que com o casal José e Maria seria diferente? Esses “valores” não diziam respeito também a eles?

    c) “A sagrada Escritura e a prática tradicional da Igreja vêem nas famílias numerosas um sinal da bênção divina e da generosidade dos pais” (C.I.C., p. 615, # 2373). Por que Maria não podia ter muitos filhos?

    d) “Exige a indissolubilidade e a fidelidade da doação recíproca e abre-se à fecundidade” (C.I.C. p. 449 #1643). Por que doação recíproca e fecundidade deveriam ficar fora do casamento de José e Maria?

    e) “O instinto do Matrimônio e o amor dos esposos estão, por sua índole natural, ordenados à procriação e à educação dos filhos… e por causa dessas coisas são como que coroados de sua maior glória” Se “os filhos são o dom mais excelente do Matrimônio e contribuem grandemente para o bem dos próprios pais… pois “Deus mesmo disse: “Crescei e Multiplicai” (Gn 2.18)” (C.I.C. p.452 #1652). José e Maria não deveriam crescer e multiplicar? Eles não tinham essa índole natural à procriação?

    f) “A sexualidade está ordenada para o amor conjugal entre o homem e a mulher,e no casamento a intimidade corporal dos esposos se torna um sinal de um penhor de comunhão espiritual” (C.I.C., p.611 #2360). Por que eles não podiam?

    g) “Por causa da prostituição cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido”, e que “a mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido”; e que “não vos defraudeis [negar relação íntima] um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes à oração; mas que “depois ajuntai-vos outra vez para que Satanás não vos tente por causa da incontinência [ausência de relações sexuais]”, tudo como está escrito nas palavras inspiradas do apóstolo Paulo (1 Coríntios 7.2-5). A abstinência do casal não estaria fora dos propósitos de Deus? Lembremo-nos das palavras de Jesus: “Aquele que fizer a vontade de meu Pai que está nos Céus, esse é meu irmão, irmã e mãe” (Mt 12.46-50). Lembremo-nos também das palavras de Maria: “Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2.5)

  91. Karla Cristina disse:

    OUTRAS CONSIDERAÇÕES

    1) Lemos em João 2.12: “Desceu [Jesus] a Carfanaum, com sua mãe, seus IRMÃOS e seus discípulos. E ficaram ali muitos dias”. Não pode ser outro o entendimento: Jesus com sua família, a mãe com seus filhos ficaram muitos dias naquela cidade. Não há como forçarmos uma interpretação que nos levaria a pensar que Maria, não tendo filhos com José, resolvera criar seis ou mais parentes. Vejam também a distinção entre “discípulos” e “irmãos”.

    2) Quando o termo ”irmãos e irmãs” é empregado em conjunto com “pai” ou “mãe”, o sentido não pode ser o de primos e primas, mas de irmãos biológicos, filhos de um mesmo pai ou mãe. Exemplo: “Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e até mesmo a sua própria vida, não pode ser meu discípulo” (Lucas 14.26).

    3) Vejamos quais as palavras usadas no grego – a língua original do Novo Testamento – para designar IRMÃOS, IRMÃS, PARENTES, PRIMOS e SOBRINHOS, conforme a Concordância Fiel do Novo testamento, dois volumes, Editora Fiel, 1a Edição, 1994:

    Adelphos – Usada 343 vezes para designar pessoas que têm em comum pai e mãe, ou apenas pai ou mãe; indicar duas pessoas que têm um ancestral comum ou que faz parte do mesmo povo, ou membros da mesma religião. Com essa palavra são nomeados os irmãos de Jesus (Mt 12.46-4813.55; Mc 6.3; Jo 2.12; 7.3,5,10; At 1.14; 1 Co 9.5; Gl 1.19; Jd 1).

    Adelphe – O termo é traduzido 26 vezes como irmã, indicando (poucas vezes) a participante de uma mesma fé, e (a maioria dos casos) a filha de um mesmo pai ou mãe. Foi usado, por exemplo, para designar as irmãs de Jesus (Mt 13.56; Mc 3.32; 6.3), a irmã da mãe de Jesus (Jo 19.25), as irmãs de Lázaro, Marta e Maria (Jo 11.1,3,5,28,39).

    Syngenis – Usado como o feminino de “parente” para indicar o parentesco de Maria, mãe de Jesus, com Isabel: “Também Isabel, tua parenta…”(Lc 1.36).

    Syngenes – Termo usado para designar pessoa consangüínea, da mesma família, ou da mesma pátria (compatriota). Vejamos alguns dos 11 casos em que o termo foi usado:
    Mc 6.4 – “Um profeta só é desprezado em sua pátria, em sua parentela e em sua casa”. Nota: Quando se trata dos “irmãos de Jesus”, o termo usado é “adelphos” ou “aldephe”.
    Lc 1.36 – “Isabel tua parenta”. Nota: Se Isabel fosse irmã de Maria (filhas de pais comuns) o termo teria sido “adelphe”, de igual modo como foi usado em Jo 19.25 para designar a irmã da santa Maria.
    Lc 2.44 – “ e puseram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos”.
    Lc 21.16 – “Sereis traídos até por vosso pai e mãe, irmãos, parentes, amigos, e farão morrer pessoas do vosso meio…” Nota: Muito importante registrar que nesse versículo são usadas as palavras “adelphos”, para irmãos, e “syngenes”, para parentes. Entende-se que o termo “adelphos”, quando associado às palavras pai ou mãe tem o natural significado de filhos carnais.

    Anepsios – Usada somente uma vez para identificar o termo “primo”, na seguinte passagem: “Saúdam-vos Aristarco, meu companheiro de prisão, e Marcos, PRIMO de Barnabé…” (Colossenses 4.10, Bíblia [católica] de Jerusalém). Nota: Havia portanto na linguagem grega palavras para identificar irmãos, primos e parentes. Logo, se Tiago, José, Simão, Judas e mais algumas mulheres (Mt 13.55-56; Mc 6.3) fossem parentes de Jesus, e não filhos de Maria, a palavra grega mais correta seria “anepsios” ou “syngenes”.

    4) Gostaria de chamar a atenção dos leitores para o que está em Atos 1.13-14: Tendo chegado, subiram ao cenáculo, onde permaneciam. Os presentes eram Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus; Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, filho de Tiago. Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com seus IRMÃOS”.

    Entendo que Maria, as outras mulheres e os IRMÃOS de Jesus eram pessoas distintas dos apóstolos acima citados. Tiago e Judas, IRMÃOS de Jesus, não estavam incluídos naquela relação. Juntaram-se aos apóstolos naquela ocasião.

    Não me parece justo procurarmos uma mãe para os IRMÃOS de Jesus. A outra Maria, que pode ser a de Alfeu ou Cléofas, era mãe de Tiago e de José. Vejam:

    “Maria, mãe de Tiago e de José” (Mt 27.56); “Maria, mãe de Tiago, o menor, e de José” (Mc 15.40); “Maria, mãe de Tiago” (Lc 24.10); “Tiago, filho de Alfeu” (Mt 10.3; Lc 6.15; At 1.13).

    “Ora, os IRMÃOS de Jesus se chamavam Tiago, José, Simão e Judas.” O mesmo cuidado com o que os evangelistas Mateus e Marcos citaram os nomes de todos os irmãos de Jesus, um por um, teria usado para descrever os filhos dessa Maria. Entretanto, só foram citados Tiago e José. E Simão, com quem fica? A Bíblia descreve os seguintes: Simão, irmão de Jesus (Mt 13.55; Mc 6.3); Simão, chamado Pedro, apóstolo (Mt 4.18; 10.3); Simão, o Zelote, apóstolo (Mt 10.4; Mc 3.18; Lc 6.15; At 1.13). Ainda há outro com o nome Simão, como por exemplo Simão Iscariotes, pai de Judas, o traidor (Jo 6.71). A Bíblia com muita propriedade identifica cada um com o detalhe do apelido ou do parentesco. E Judas? A Bíblia diz que Judas, apóstolo, era filho de Tiago (Lc 6.16). Não há nenhum registro afirmando que a outra Maria ou Maria, de Cléofas, tenha um filho com o nome de Judas. Entendemos que o autor da Epístola de Judas seja o irmão do Senhor, como descrito em Mateus 13.55 e Marcos 6.3, pelos seguintes motivos: 1) Ele não se apresenta como apóstolo de Cristo, mas como “servo” e irmão de Tiago (Jd 1.1); 2) A sua exortação no v. 17 sugere que ele não fazia parte dos Doze.

    Os dados levantados apontam para o entendimento de que Tiago, Simão, José, Judas, e mais algumas mulheres, eram realmente IRMÃOS carnais de Jesus, filhos de Maria e de José.

  92. Karla Cristina disse:

    Espero sinceramente que esse estudo e os embates saudáveis aqui manifestados sirvam para mudar o rumo de muitos,ao CAMINHO DE UMA VIDA VERDADEIRA E A SALVAÇÃO que só é possível na pessoa do nosso SENHOR JESUS CRISTO.

    ‘Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.’ (João 14 – 6) Versão Evangélica

    ‘Jesus lhe respondeu: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.’ (João 14 – 6) Versão católica

    TCHAU!

  93. Juscelino disse:

    Minhas amadas irmãs, Karla e Valéria e demais cristãos que acompanham esse debate, vejam também as considerações abaixo:

    “Filho de Deus pelo desejo e poder de Deus, nasceu verdadeiramente de uma Virgem” (S. Inácio de Antioquia, “Carta aos Magnésios”, 110 dC).

    “E novamente, como Isaías havia expressamente previsto que Ele nasceria de uma virgem, ele declarou o seguinte: ‘Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e seu nome será chamado «Deus-conosco»’.. A frase ‘Eis que uma virgem conceberá’ significa certamente que a virgem iria conceber ser ter relacionamento. Se ela tivesse relacionamento com qualquer um que fosse, ela não poderia ser virgem. Mas o poder de Deus, vindo sobre a Virgem, a encobriu, e a induziu a conceber, embora ainda permanecesse Virgem” (S. Justino Mártir, “Primeira Apologia”, 148-155 dC).

    “A Virgem Maria mostrou-se obediente ao dizer: “Eis aqui tua serva, Senhor; faça-se em mim conforme a tua palavra”. Entretanto, Eva foi desobediente; mesmo enquanto era virgem, ela não obedeceu. Como ela – que ainda era virgem embora tivesse Adão por marido… – foi desobediente, tornou-se a causa da sua própria morte e também de todo gênero humano; então, também Maria, noiva de um homem mas, apesar disso, ainda virgem, sendo obediente, se tornou a causa de salvação dela própria e de todo o gênero humano… Assim, o problema da desobediência de Eva foi eliminado pela obediência de Maria. O que a virgem Eva causou em sua incredulidade, a Virgem Maria eliminou através da sua fé” (S. Ireneu, “Contra as Heresias”, 180-199 dC).

    “A Virgem Maria, tendo sido obediente à palavra de Deus, recebeu de um anjo a alegre notícia de que iria dar à luz ao próprio Deus” (S. Ireneu de Lião, “Contra as Heresias V,19,1”, 189 aD).

    “Apesar de permanecer virgem enquanto carregava um filho em seu ventre, a serva e obra da sabedoria divina tornou-se a Mãe de Deus” (Efraim o Sírio, “Canções de Louvor 1,20”, 351 aD).

    “O Verbo gerado do Pai do céu, inexpressavelmente, inexplicavelmente, incompreensivelmente e maneira de eterna, nasceu há tempos atrás da Virgem Maria, a Mãe de Deus” (S. Atanásio, “A Encarnação do Verbo de Deus 8”, 365 dC).

    “Se alguém disser que a Santa Maria não é a Mãe de Deus, ele está em divergência com Deus. Se alguém declarar que Cristo passou pela Virgem como se passasse por um canal, e que não se desenvolveu divina e humanamente nela – divina porque não houve a participação de um homem, e humanamente segundo a lei da gestação – tal pessoa é também herege” (S. Gregório de Nanzianzo, “Carta ao Sacerdote Cledônio”, 382 dC).

    “Nos ajuda a compreender os termos “primogênito” e “unigênito” quando o Evangelista diz que Maria permaneceu Virgem “até que deu à luz ao seu filho primogênito” [Mt 1,25]. Nada fez Maria, que é honrada e louvada acima de todas as outras: não se relacionou com ninguém, nem jamais foi Mãe de qualquer outro filho; mas, mesmo após o nascimento do seu filho [único], ela permaneceu sempre e para sempre uma virgem imaculada” (Dídimo o Cego, “A Trindade 3,4”, 386 DC).

    “Entre todas as mulheres, Maria é a única a ser, ao mesmo tempo, Virgem e Mãe, não somente segundo o espírito, mas também pelo corpo. Ela é mãe conforme o espírito, não d’Aquele que é nossa Cabeça, isto é, do Salvador do qual ela nasceu, espiritualmente. Pois todos os que nele creram – e nesse número ela mesma se encontra – são chamado, com razão, “filhos do Esposo” [Mt 9,15]. Mas, certamente, ela é a mãe de seus membros, segundo o espírito, pois cooperou com seu amor para que nascessem os fiéis na Igreja – os membros daquela divina Cabeça – da qual ela mesma é, corporalmente, a verdadeira mãe” (S. Agostinho, “A Virgindade Consagrada 6,6”, 401 dC).

    “Entretanto, quando eles perguntaram: ‘Maria é a mãe de um homem ou a Mãe de Deus?’, nós repondemos: ‘De ambos’. O primeiro pela natureza do que ocorreu e o segundo pela relação. Mãe de um homem porque era ser humano que estava e que saiu do ventre de Maria; e Mãe de Deus porque o homem que nasceu era o próprio Deus” (Teodoro de Mopsuéstia, “A Encarnação 15”, 405 dC).

    “Agora, herético, você dirá (qualquer um de vocês que negar que Deus nasceu da Virgem) que Maria, a Mãe de nosso Senhor Jesus Cristo, não pode ser chamada de Mãe de Deus, mas somente de Mãe de Cristo e não de Deus, porque nenhuma mulher – afirmará você – pode dar à luz a alguém mais velho do que ela própria. A respeito deste estúpido argumento […] deixe-nos provar por testemunhos divinos de que tanto Cristo é Deus como Maria é a Mãe de Deus” (João Cassiano, “Sobre a Encarnação de Cristo contra Nestório 2,2”, 429 dC).

    “O próprio Verbo, vindo por sua vontade à Bem-Aventurada Virgem, assumiu para si o seu próprio templo da substância da Virgem e saindo dela, fez-se completamente homem de modo que todos pudessem vê-lo externamente, mas sendo verdadeiramente Deus internamente. Portanto, Ele preservou sua Mãe virgem mesmo depois dela ter dado à luz” (S. Cirilo de Alexandria, “Contra aqueles que não desejam professar que a Santa Virgem é a Mãe de Deus 4”, 430 dC).

    “Assim como os marinheiros são guiados ao porto por uma estrela, também os Cristãos são guiados ao céu por Maria” (S. Tomás de Aquino).

    Também os “reformadores” [protestantes] foram fiéis defensores de Maria:

    “Creio firmemente que Maria, conforme as palavras do Evangelho que afirmam que de uma Virgem nos nasceria o Filho de Deus, permaneceu sempre pura e intacta Virgem durante e depois do nascimento de seu Filho” (Ulrich Zwinglio, citado em “Corpus Reformatorum” v.1, p.424).

    “Ele, Cristo, nosso Salvador, era o fruto real e natural do ventre virginal de Maria… Isto aconteceu sem a participação de qualquer homem e ela permaneceu virgem mesmo depois disso” (Martinho Lutero, “Sermões sobre João”, cap. 1 a 4, 1537-39 dC).

    “[Maria é a] maior e a mais nobre jóia da Cristandade logo após Cristo… Ela é nobre, sábia e santamente personificada. Jamais conseguiremos honrá-la suficientemente” (Martinho Lutero, “Sermão do Natal de 1531”).

    “É uma doce e piedosa crença esta que diz que a alma de Maria não possuía pecado original; esta de que, quando ela recebeu sua alma, ela também foi purificada do pecado original e adornada com os dons de Deus, recebendo de Deusuma alma pura. Assim, desde o primeiro momento de sua vida, ela estava livre de todo pecado” (Martinho Lutero, “Sermão sobre o Dia da Conceição da Mãe de Deus de 1527”).

    “Certas pessoas têm desejado sugerir desta passagem [Mt 1,25] que a Virgem Maria teve outros filhos além do Filho de Deus, e que José teve relacionamento íntimo colo ela depois. Mas que estupidez! O escritor do evangelho não desejava registrar o que poderia acontecer mais tarde; ele simplesmente queria deixar bem clara a obediência de José e também desejava mostrar que José tinha sido bom e verdadeiramente acreditava que Deus enviara seu anjo a Maria. Portanto, ele jamais teve relações com Maria, mas somente compartilhou de sua companhia… Além disso, nosso Senhor Jesus Cristo é chamado o primogênito. Isto não é porque teria que haver um segundo ou terceiro [filho], mas porque o escritor do Evangelho está se referindo à precedência. Assim, a Escritura está falando sobre a titularidade do primogênito e não sobre a questão de ter havido qualquer segundo [filho]” (João Calvino, “Sermão sobre Mateus”, publicado em 1562).

    “Não se pode negar que Deus escolheu e destinou Maria para ser a Mãe de Seu Filho, garantindo-lhe a mais alta honra. Isabel chama Maria de “Mãe do Senhor” porque a unidade da pessoa nas duas naturezas de Cristo era tal que ela poderia ter dito que o homem mortal gerado no ventre de Maria era, ao mesmo tempo, o Deus eterno” (João Calvino, citado em “Corpus Reformatorum” v.45, p.348).

    Karla/Valéria, a vontade de Deus é a nossa santificação, portanto, devemos evitar a impureza. Quando orava para saber o que colocar/escrever, a Deus pedindo discernimento para que escrevesse a palavra certa. Deus nos pergunta a todo momento sabiamente, pela PAZ, AMIZADE , HARMONIA… A palavra de ciência que me veio foi SABEDORIA. Minhas irmãs em Jesus Cristo devemos nos lembrar que somos templo do Espírito Santo e “Deus é AMOR”. Vamos continuar nossa caminhada mas lembrando sempre que “Deus é maior que nossa consciência e conhece todas as coisas”

    Senhor eu creio mas aumenta a minha fé.

    AMÉM

  94. Valéria disse:

    PÔXA Karla arrebentou ! Só queria fazer minhas considerações finais de que ninguém duvida que Maria mãe do SENHOR JESUS,O gerou virginalmente,mas se manter virgem por toda vida,isso é invenção do homem,é uma doutrina católica sobre Maria é a sua perpétua virgindade. Os católicos afirmam que Maria, em toda sua vida, nunca conheceu sexualmente o seu esposo José. Fica evidenciado, nas Escrituras, que até o nascimento de Jesus, Maria foi virgem.
    Mas afirmar que ficou sempre assim é afirmar o que a Bíblia não afirma. Em Mt 1.24 e 25 está escrito: “E José, despertando do sonho, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher: e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogénito; e pôs-lhe por nome Jesus.” Há dois aspectos interessantes nestes versículos: 1º) O “…até…”; mostra que José conheceu sexualmente Maria depois do nascimento de Cristo; e 2º) Jesus é chamado de primogénito, ou seja, Jesus é chamado de o primeiro filho gerado por Maria, mostrando que Maria gerou outros filhos. Deus chama Jesus de unigénito (Jo 3:16), ou seja, o único filho gerado dELE. Fica claro que Jesus é o único filho gerado por Deus e o primeiro filho entre os filhos de Maria.Como também é doutrina católica Maria ser chamada “mãe de Deus”,outra invenção do homem.O uso da expressão “Maria, mãe de Deus” foi oficialmente autorizado no Concílio de Éfeso no século V. Quando teólogos se reuniram em Éfeso, uma cidade conhecida por sua exaltação de uma deidade feminina (veja Atos 19:23-41), não se contentaram em estudar o que as Escrituras dizem sobre a humanidade e a divindade de Jesus Cristo. Para defender o fato que Jesus é Deus, eles argumentaram assim: “Emanuel realmente é Deus, e a santa Virgem é, portanto, Mãe de Deus” (John A. Hardon, S.J., The Catholic Catechism, 135). Superficialmente, a lógica parece válida, e assim foi oficializado o dogma de “Theotokos” (Mãe de Deus), uma doutrina que não se encontra na Bíblia. Depois dessa, vieram várias outras novas doutrinas sobre Maria. Não contentes com as afirmações bíblicas que Maria continuou virgem até o nascimento de Jesus, acrescentaram a doutrina da virgindade perpétua dela. Tentando defender a pureza de Maria enquanto negavam a inocência e pureza de todas as crianças, inventaram a noção da imaculada conceição, que se tornou dogma no século XIX. Em 1950, Pio XII tomou mais um passo, segundo a vontade de milhões de católicos, quando afirmou como dogma a crença da Assunção de Maria ao céu. Agora, no início do século XXI, o Vaticano está sendo bombardeado com petições para exaltar Maria ainda mais. Por enquanto, não foi decidido se Roma ordenará que Maria seja vista como co-redentora, ao lado de Jesus. De toda essa história, devemos aprender algumas lições importantes: Não devemos negar nada que a Bíblia afirma sobre Maria, mas também não devemos criar ou aceitar doutrinas humanas sobre a mãe de Jesus. Quando refutamos doutrinas falsas, precisamos ter cuidado para não inventar outros ensinamentos igualmente errados. Devemos falar de acordo com as Escrituras, sem acrescentar nada (1 Pedro 4:11; 1 Coríntios 4:6; 2 João 9).

  95. Valéria disse:

    PRIMOGÉNITO,segundo o dicionáro quer dizer : Que ou aquele que nasceu antes dos outros irmãos; filho mais velho.

  96. JUSCELINO disse:

    A pergunta que alguns questionam é: quem é Maria? Muitos sabem a resposta e isto é motivo de se ter carinho e dedicar enorme devoção a sua pessoa. Ela tem grande importância para o cumprimento das promessas de Deus no primeiro testamento como também no segundo para o fortalecimento da Boa Nova, nos preparando para a segunda vinda de Jesus. Entre todas as setas que nos apontam a direção, certamente Maria é importantíssima, não somente pelo seu testemunho de Fé, mas pelo encorajamento e nossa guia rumo a Jesus. Entre o homem e Deus Jesus é o único mediador, porém, para conhecermos Jesus, Maria é a estrela que nos aponta à Luz (Jesus).

    Deus inicia falando de Maria logo no primeiro livro da Bíblia “Gêneses” quando diz à serpente que uma Mulher lhe pisaria a cabeça, e termina falando em seu ultimo livro “Apocalipse… uma Mulher revestida de sol”. Não dá para desassociar estas duas intervenções de Deus nos livros sem se focalizar na pessoa de Maria.

    Maria uma menina agraciada aos olhos de Deus, já preparada desde o ventre de sua mãe, educada na fé. Ainda criança recebe uma missão sem entender o que lhe reservaria para sua vida. Abrindo um parêntese; na sociedade moderna ainda hoje a mulher é acometida de vários preconceitos, um deles está na questão da gravidez precoce e sem cônjuge. Imaginamos como a mulher era vista há dois mil anos atrás. Certamente, o Sim de Maria iniciou um tempo de graça para ela, no entanto, iniciaram-se muitos desafios, medos, dificuldades e preconceitos.

    Maria acreditou na promessa e assumiu a missão, se entregou como serva, escrava do Senhor, renunciou sua vida, sendo obediente, ainda que esta obediência a levasse enfrentar enormes desafios por toda a vida desde o enfrentamento do preconceito da época como o de seu casamento. Sabemos que Deus ao nos conceder uma missão, ainda que caminhe junto conosco, não nos poupa do sofrimento, desta mesma forma Maria sofreu. Ainda que Deus preparasse para ela um homem justo (José) como esposo, a sua humanidade muitas vezes deveria falar forte em seus sentimentos, que somente era suavizado pela fé.

    Algo que nos encanta em Maria é a atitude de serva, de humildade. Logo ao receber a missão, ainda uma criança corre ao encontro da prima Isabel, para acompanhá-la em sua gravidez por saber que naquele momento, a prima precisava de cuidados pela idade avançada, permanecendo até que João nascesse. Este gesto de Maria serve como modelo de serviço, de caridade, de amor ao próximo. Sem duvida o amor ao próximo era sua virtude e este amor também foi a educação que Jesus recebeu. Por um lado, um homem justo por outro uma mulher caridosa e serviçal.

    Jesus tinha grande admiração pela sua mãe, sendo assim, jamais poderemos pensar que ele seria um filho mal educado, como alguns preconizam pelas suas falas nas Bodas de Caná ou quando alguns para provocá-lo questionam ela diante os discípulos. As palavras de Jesus eram proféticas e salvíficas, jamais para desqualificá-la e distanciá-la dele, mas se revelando àqueles que se encontravam no momento, como nós ao lermos tais passagens.

    Vemos o grande papel de Maria na discrição, no silencio e, sobretudo quando Jesus cumpre sua missão aqui na terra, pois ela foi o alento para os discípulos, o animo, a coragem para eles. É na casa de Maria que se reuniam, é ela que os encorajava dando força para serem anunciadores da Boa Nova. Há varias passagens que podemos ler em Atos dos Apóstolos, de forma direta e indiretamente da ação de Maria junto a eles.

    Enfim, esta é Maria, esta é a mulher revestida de sol, que pelo seu Sim esmagou a cabeça da serpente e que o demônio a detesta procurando dividir os cristãos jogando-os uns contra os outros.

    Há uma pessoa, um símbolo e um sacramento que o demônio abomina e usa para minar a fé cristã. A pessoa é Maria, porque ela pisou sua cabeça; o símbolo é a cruz, a morte de cruz, símbolo de maldição agora torna-se salvação. O demônio não acreditou que Deus chegasse ao extremo que é, derramar seu sangue por amor aos homens.

    Karla, Valéria encerro aqui minha participação neste debate, sem nenhum tipo de ressentimento. Respeito muito a Igreja Evangélica.

    Que as bençaos de Deus recaiam sobre vocês e familiares.

    Amem.

  97. André disse:

    É muito bom termos mulheres evangélicas e não protestantes,como erroneamente o católico escreveu,que entendem a PALAVRA para não serem enganadas,por estorinhas caducas inventadas por homens,diga-se de passagem,que são católicos…sabemos que Maria foi um instrumento de Deus e não uma “”deusa””,como querem fantasiar e a Deus,na pessoa do Senhor Jesus e somente a Ele,toda HONRA,GLORIA,LOUVOR e EXALTAÇÃO

    AMÉM !!!

  98. Juscelino disse:

    Valéria e Karla, Paz e Bem

    Disse para vocês que estava encerrando minha participação no debate, mas devo dizer a vocês duas que muito me honrou estar fazendo estes estudos biblicos com vocês, não as conheço, mas passei a admira-las e respeita-las.

    Acreditamos que Deus quer curar as feridas da divisão, motivado pelo apelo de Jesus: “Que todos sejam um, para que o mundo creia” (Jo 17, 21-23), Temos que dar esse passo na fé. Deus nos chama a promover a reconciliação e a unidade entre os Cristãos, buscar o diálogo, e evitar nutrir no coração as feridas da divisão.

    Não tenho dúvidas de que Deus quer curar essas imensas feridas de divisão que estão no nosso coração, e precisamos orar por isso. A unidade precisa em primeiro lugar começar pela nossa oração e no desejo do nosso coração.

    É necessário rezar incessantemente, pedindo com insistência a Deus o grande dom da unidade entre todos os discípulos do Senhor. A força inexaurível do Espírito Santo nos estimule a um sincero empenho de busca da unidade, para que possamos professar todos juntos que Jesus é o único Salvador do mundo”.

    Todos somos convidado a orar pela unidade “Orar sem cessar”, esse é o convite. Oferecer jejuns, adorações, e todos os outros meios de oração que você vive todos os dias pela unidade dos Cristãos. Se não nos unirmos, o mundo não crerá em Jesus Cristo, nosso único Salvador. Se continuarmos cultivando as mágoas, as feridas, os traumas no coração; se continuarmos numa pregação anti-católica da parte dos outros cristãos, e anti-evangélica da parte dos católicos, o mundo vai afundar no indiferentismo religioso, no crescimento do satanismo, do ateísmo, e de toda essa mistura que hoje vemos na sociedade atual, que tem excluído Deus, porque apresentamos um Deus dividido, de disputas e brigas entre irmãos que são batizados e que dizem ter a fé em Jesus Cristo. Que Jesus estamos apresentando ao mundo com a divisão? Desafio você que não é Católico mais que está lendo esse artigo, a dar o passo em direção ao sonho de unidade do Senhor, e orar sem cessar pela unidade dos Cristãos.

    É hora de termos coragem de orar e darmos passos concretos de unidade. O pedido é dEle: “Que todos sejam um, para que o mundo creia” (Jo 17, 21-23).

    Sei que tem muitas pessoas de ambas as partes que não querem a unidade e pelo contrário, pregam contra, insistem nos ataques, porém, deveríamos assumir uma postura diferente, a de pedirmos ao Espírito Santo que imprima no nosso coração a vontade de Jesus e que nos provoque à oração pela unidade, e também a atitudes de reconciliação. Jesus está prestes a voltar e não pode encontrar sua Igreja nesta divisão que está.

    “Senhor, ouvindo o Vosso apelo no Evangelho de João, ‘que todos sejam um, para que o mundo creia’, hoje fazemos o compromisso na Vossa presença, de orar incessantemente pela unidade dos Cristãos. Queremos pedir-Vos que cure o coração dos Católicos em relação aos irmãos de outras denominações Cristãs, cure as feridas que apareceram pelas pregações que atacaram a fé Católica; cure as feridas de conversas com esses irmãos que se transformaram em provocações e em proselitismo; cure as feridas provocadas por familiares que por algum motivo foram para outras Igrejas e que começaram a perseguir os que estão na Igreja Católica. Senhor, queremos pedir-Vos que cure os irmãos Cristãos de outras denominações, cure as feridas provocadas por pregações anti-evangélicas que nós católicos tenhamos feito; cure as feridas de conversas que terminaram em desentendimento, em proselitismo; cure as feridas provocadas dentro da família por causa de irmãos que deixaram a Igreja Católica e foram para outras Igrejas Cristãs e que são perseguidos em casa pelos que permaneceram na Igreja Católica. Peço-Vos, Senhor, vai além e cure as feridas históricas do Brasil, da nação Brasileira, por tudo o que aconteceu em ambas as realidades no passado, na história e que provocou essa divisão que só aumenta dia após dia. Que sejam quebradas em nome de Jesus toda maldição da divisão, palavras de maldição lançadas por ambos os lados; que o sangue de Jesus lave todo sangue derramado nesta terra de Santa Cruz por causa da divisão e do proselitismo, e que atraíram a maldição para o Brasil. Queremos em nome do Senhor abençoar o Brasil, abençoar os Cristãos, e proclamar um tempo de unidade e de cumprimento da vontade do Senhor. Realmente, Senhor, é o que vos pedimos: ‘Que todos sejam um, para que o mundo creia’. Que este ano cresça o empenho pela unidade, cresça o desejo pela reconciliação, cresça as iniciativas para que a unidade aconteça. Espírito Santo de Deus, toca no coração dos cristãos católicos e dos cristão não-católicos, e faça acontecer a grande transformação que nos levará à unidade. Amém”.

    Valéria, Karla agora encerro minha participação no debate.

    Deus abençoe a todos nós profundamente com Seu Amor!

    Juscelino

  99. Sônia disse:

    Gente….Jesus está voltando.
    Fomos criados e nascidos de Deus para transformar o mundo, e não para sermos transformados por ele.
    O diabo tem trazido o engano para o meio do povo de Deus e ninguém está se dando conta.
    Para mim, isso prova extrema sabedoria do Pastor que protege sua ovelha. Se por acaso fosse convidada pra cantar em um centro espírita por acaso iria?
    A renovação carismática é engano para os crentes fracos na fé; e convenhamos né gente…. o povo sabe oque é o certo mas quer achar uma brecha pra fazer o errado.
    A palavra de Deus é uma só e Jesus Cristo é o mesmo de ontem e será pra sempre.
    Parabéns ao pastor

  100. FELIPE MANJA disse:

    Olá queridos irmãos, a Paz do Senhor Jesus a todos! Não venho para criticar nem ofender ninguém, mas quero deixar minha opinião!
    Sei que as intenções de nossa irmã levita eram as melhores. Ela concerteza estava pensando como muitos em levar a Palavra de Deus, mas penso que o pastor dela agiu corretamente. A Palavra nos diz que a ovelha obedece a voz do seu pastor. Claro que nosso verdadeiro pastor é Cristo e é a voz dEle que devemos ouvir antes de qualquer outra como o IDE que tantos tem falado. Mas sobre ir à igreja católica, mesmo ela indo para louvar ao verdadeiro Deus, ela estaria transgredindo a Palavra dEle.
    Essa semana estava com um certo dilema porque fui convidado a participar de um grupo de jovens católico. Meu tio (que me convidou)disse que não tinha nada a ver com religião, que era encontro com Cristo. Mas como eu posso frequntar um ambiente que eu sei que não prega a Verdade, dizendo que é encontro com Jesus se nem eles tiveram realmente esse encontro? O primeiro encontro que temos com Jesus é quando a Palavra de Deus nos ilumina e aceitamos a Cristo como único e suficiente Salvador, certo? Mas se eles não nasceram de novo, como podem pregar o Evangelho, o novo nascimento? Eu seria um hipócrita em participar disso…
    Vamos supor que ela tivesse ido. E ela resolveu pregar a verdadeira Palavra, com amor e mansidão. Será que ela não estaria ofendendo a ninguém lá dentro? Ela estaria falando a Verdade, mas alguém poderia se sentir ofendido. De certo modo aquele ditado que diz “verdade dói” é, em certos casos, verdadeiro.
    Quanto a ser sal da terra e luz do mundo, podemos ser isso em qualquer lugar e em qualquer hora, na verdade DEVEMOS ser. Nós não pregamos o Evangelho apenas com a Palavra dita ou com o louvor. Se fosse assim todos meus familiares(que são católicos)já seriam convertidos. Tenho aprendido muito que eles vêem nossa atitudes, mais que as palavras. Seja no trabalho, na escola, no curso, na rua, ajudando alguém que precisa, a gente prega a Cristo ATUANDO a Palavra.
    No tempo de Jesus mesmo as pessoas viam o que ele fazia pra depois segui-lo. Eram poucos os que viam somente Ele falar.
    Nós temos oportunidades pra pregar onde quisermos, mas na “casa” deles não é onde devemos ir. Uma Palavra que me iluminou para eu tomer uma decisão para não aceitar o convite do meu tio foi essa e espero que os ilumine também. Peço que leiam a 2ª Carta aos Tessalonicenses (inteira). Lá fala sobre as coisas que as vezes pensamos ser oportunidades para pregar Jesus, mas que na verdade nos leva para a perdição.
    Fiquem na Paz do Senhor Jesus!

  101. FELIPE MANJA disse:

    Quero postar mais um comentário após a leitura do comentário do irmão católico.
    Nós envangélicos reconhecemos que Maria foi um exemplo de pessoa e de serva de Deus. Uma mulher a bençoada por conceber o Filho de Deus. Mas em Gênesis e Apocalipse, o Senhor refere-se a IGREJA (não placa denimicional ou uma certa religião). A MULHER representa a IGREJA, a noiva de Cristo a qual Ele virá buscar (se fosse Maria Ele não precisaria voltar para buscá-la) e a IGREJA é formada por todos aqueles que fazem a vontade do Pai, seguindo a Palvra do começo ao fim. E não querendo ofender, se Maria fosse importante no “processo” de salvação ou nos podesse ajudar em alguma coisa, a Bíblia nos falaria claramente, pois é a Palavra de Deus e nela não há entrelinhas. Mesmo porque, se invocamos-a transgredimos a Palavra, pois Ele nos diz que é pecado invocar os mortos e Maria já morreu. Ela deve ser considerada sim, como um exemplo de filha de Deus, de serva de Deus, mas não exaltada.
    A Paz a todos.

  102. eu... disse:

    A Igreja catolica q foi doida em chamar essa mulher pra cantar…
    S

  103. eu... disse:

    Ai ai ai,,, esses protestantes existem a pouco tempo e sabem de tudooOO OOoooOO…

    Quero ser pastor tbm… alguem ai me explica como faz pra serr um??

    Por q na minha cidade foi facil pra um carinha virar pastor, parece q nem estudou direitoo… tadimm…

  104. luiz disse:

    André vc naum sabe nada da religiao catolica tem o direito de se expresar mas naum sabe nada …se soubesse e fossse praticante naum falaria certas bobagenss
    sabemos q Maria naum salva, naum é Deusa, isso q vcs falam é pretesco para aumentar o numero de Protestantes a seguirem essas religioes… vai esutdar a palavra ou va a um igreja catolica, lé o catolicismo ai sim va se expressar…

  105. Pati disse:

    Criticar não vai levar a nada, devemos respeitar a forma como cada um interpreta o que lê na Bíblia.Nem católicos, nem protestantes sabem tudo, não são os donos da verdade. Se soubessem não erravam tanto, não cometiam tantos erros.
    Cada um deve seguir o que acredita, a sua fé, a sua forma de buscar a Deus.
    Não devemos obediência nem a padre, nem pastor, bispo o que q quer q seja, nós devemos obediência a Deus. Só a ele.

    Enquanto a debate sobre Maria, sei que ela sendo ou não virgem teve papel importante, pois foi a mulher que gerou o filho de Deus, Jesus, o nosso Salvador.Ela foi importante porque no mundo inteiro, entre tantas mulheres, ela foi escolhida. Deus poderia ter escolhido outra mulher, mas foi ela a privilegiada.

  106. Bart disse:

    A Renovação C. Carismática é obra de Deus, atavés dela, muitos católicos tem lido a bíblia e obtendo conhecimentos, assim, perceberá o quanto a ig. católica é antibíblica. Outro dia na minha cidade, a diretora da RCC regional, foi em um evento da ig. batista local, e se converteu. No testemunho ela disse que tinha 1 altar de “nossa senhora e vários santos”…ela disse que Deus falou com ela, que se fosse p/ ela seguir a Deus, que quebrasse todos ídolos da ig. católica, ela disse que quebrou todas imagens, p/ que ninguém pudesse aproveitar nada.

    Sou contra o ecuminismo, isso é jogada da ig. católica, porque está perdendo fiéis consideravelmente. Devemos amar todos, sem distinção de religião e etc, + participar de 1 culto, onde se adora Maria e santos de barro..to fora..isso é diabólico. Amos os católicos, + a religião tenho nojo, até porque já fui católico e sei como é.

    È possível amar uma pessoa católica, sem se envolver c/ o catolicismo, basta ter sabedoria p/ não se contaminar c/ a babilônia do vaticano !!

    Fik na Paz..abraçus

  107. MARLISE disse:

    CONCORDO COM VC NILSON GOMES!
    Estou com vergonha de ser evangelica!

  108. Antunes disse:

    Ainda bem q sou da igreja fundada por nosso Senhor Jesus Cristo e não a pelo homem!!!!

  109. Sebastião disse:

    A paz do Senhor esteja com todos,
    Também acho louvável a atitude da irmã que obedeceu a autoridade constituida, mas nota zero para a igreja evangélica que a repreendeu. As escritura sagradas menciona por ocasião das comissões, que os cristãos seria como ovelhas no meio de lobos. Portanto, como já foi dito, ela não iria absorver costumes pagãos; mas sim influenciar com suas cançoes que louvam o Deus verdadeiro.

  110. ULTIMATO disse:

    Conforme o que foi descrito acima, assistimos com tristeza que quantos anos se passaram e a pobreza de espírito ainda quer reinar nas pessoas mais simples.Pois as escrituras dizem: “Conhecei a verdade e a verdade te libertará”.
    Quantos perdem o tempo brigando por causa de rótulo e o seu interior compartilham com o maligno. Até quando esse povo vai permanecer com olhos tapados nas laterais?
    LEMBRE-SE O TEMPO URGE, está previsto que esse tempo que encontramos ainda pregadores nas praças vai cessar. Muitos vão querer ouvir da palavra e não haverá quem pregue.
    Lembram da inquisição? Quantos morreram por causa da ignorancia espiritual. Desarmem-se, amem o teu próximo, Jesus ensinou isso, reduzindo ( simplificando os dez mandamentos em dois que na visão de Jesus é relevante.)
    Que a paz Dele mesmo estejam com todos, amém.

  111. TIAGO JACÓ disse:

    JESUS DISSE IDE PREGAII O MEU EVANGELHO A TODAS AS CRIATURAS

    É A TODASSSSSSSSSS !!

    CRISTURASSSSSSSS AMADOS DO SENHORRRRRRRR

  112. TIAGO JACÓ disse:

    IRMAQO FELIPE MANJA

    A BIBLIA QUEM NAO É CONTRA NÓS É ´POR NÓS

  113. João Alves disse:

    Caros colegas: Dentro da minha simplicidade de ser humano
    busco ser obediente ao nosso DEUS criador numa escola religiosa
    excelente A IGREJA CATÓLICA (tenho dissernimento p/ saber que ela
    nos ensina sobre nosso JESUS, que é também do PAI, e do ESPÌRITO
    SANTO DE DEUS…a mais bela e completa forma de ensinar sobre DEUS)
    Mas é também nossa responsabilidade lembrar-mos a todos
    os irmãos filhos de DEUS e não de “minha igreja do meu jesus, os
    inumeráveis alertas dos apóstolos São Paulo, São Pedro e outros determinados por JESUS p/ edificarem a igreja em nome dele…fácil
    de se encontrar na Bíblia idônea e não modificada” esta responsabi
    lidade é séria e é ordem de DEUS…as pessoas de coração simples
    se permitem coagir por falsos mestres que nos entristecem com uma
    capa ou máscara usando títulos da Bíblia e doutrinas de mente fechada
    criadas a esmo p/ comprovar sentimentos de oposição à igreja que na
    verdade vos ensinou as escrituras e por motivo de erros na História
    se repartem e se auto-intitulam…ver Romanos, Cap.16, Vers. 17 a 19
    Se isso parece crítico desculpem, não posso julgar, não
    tenho a condição sacerdotal p/ aconselhar, mas sempre vi na minha vida convites p/ ir pecar: falar contra meu ensinamento, usar as
    escrituras p/ julgar e não obedecer…minha inteligência é pouca, mas estou vos lembrando de pecados associados, pecados encobertos, como por exemplo: “a palavra uma mulher qualquer p/ a mais nobre espiritualmente falando e escolhida por DEUS”, “nascer de novo, p/ cometer pecado contra a minha doutrina”, há este exemplo de uma irmã
    rica de coração querendo nos participar as PALAVRAS SAGRADAS…será que
    realmente as pessoas que não estão incluídas no entendimento desta opinião de uma pessoa qualqer simples, que não é desonesto em afirmar que tem orgulho, mas também sentimentos de amor a DEUS sobre
    todas as coisas, que ama a família, que dejesa ao próximo suas vitórias, que pede permissão ao pai p/ se destrair com Flamengo,
    esportes (por ser atleta -exército-futebol-cooper-atletismo- será que podemos resgatá-las da acusação p/ a obediência…amigos é fácil gritar e envolver tolos, mas os pecadores não escaparão, nesta observação se percebe que não é bom estar no lugar de réu, mesmo assim quem julga é DEUS, é bíblico…repenso neste momento, podem lançar seus garfos os fracos, que vou orar com minha astúcia
    de defensor de DEUS, por vocês, não lhes quero mau, porém esta é uma palavra íntegra, forte e vitoriosa, saibam DEUS está conosco
    se eu pecar, mesmo assim quero essa senhora cantando conosco, se tu pecares, deixe ela falar de DEUS, mas ela tem a força p/ se libertar porque somente é filha do SENHOR…vou me recolher e olhar p/ meus feitos e me reavaliar, conforme ensinamentos bíblicos, provérbios e a vida…ALERTA ÀS PESSOAS GRANDES: NÃO SE TORNEM PEQUENOS QUANDO ALGUEM USAR O NOME DE O DEUS DELE…ESTA PARTE É UM ALERTA, POIS MINHA CRIAÇÃO SEMPRE FOI GUERREIRA, E SÓ POSSO PENSAR EM DEFENDER AS PESSOAS…POIS INFELIZMENTE NÃO SE PODE DIZER PARABÉNS A PESSOAS QUE DISPUTAM UM TROFÉU SEM SABER QUEM É SEU ADVERSÁRIO…FILHOTES VOCÊS TEM NOÇÃO…VOCÊS SABERIAM AGORA QUEM É SEU ADVERSÁRIO…PELO AMOR DE DEUS ISSO NÃO É ÓDIO…SEM RANCORES…HÁ AINDA MILHARES DE PALAVRAS…MAS VAMOS CONTINUAR A APRENDER… … … … … … … … … … …
    BENDITO SEJA DEUS QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO… … …

  114. ney disse:

    minha cara penso que vc nao conhece a BIBLIA e como todo convecido alguns versiculos, mas estude um pouco mais, e depois comente sobre esse assunto. so ti falo uma pergunta se ela fosse pra convidar pra cantar num terreiro de macumba entao ela deveria ir ? filha acorde. DEUS TI ABENÇOE. PASTOR NEY.

  115. rosi marinho disse:

    Em pimeiro lugar quero dizer a este irmão do lº comentário, que não existe dois senhores. Pois na Bíblia diz um só Pastor. è melhor ele rever os seus conceitos como irmão amado de Cristo.Sou católica e vivo dentro dos preceitos da Bíblia e sou muito abençoada, e a minha maior riqueza é o amor que Deus tem para comigo. Recebo bençãos todos os dias de Deus, porque sei q ele me ama. Não são só os protestantes que tem Deus ao seu lado, os católicos também tem. Adoramos somente a Deus, e só a Deus daremos culto e adoração a mais ninguém. Tenho dito.

    1. RONI disse:

      Olá Rose, vc já leu o Catecismo da Igreja? Creio que sim, pois todo católico que preze já o conhece. Ele foi assinado pelo Papa João Paulo II e reune todas as doutrinas da Igreja. Creio que também é uma leitora assidua e comprometida com a Biblia. Certamente vc já leu Exodo Capitulo 20 e Deuteronomio capitulo 5 e 6, Salmos 114 ou 115(dependendo da versão)? Leia também o capitulo 10 de Atos onde fala de um homem que era parecido com vc. Depois que vc ler esses textos pergunte ao seu lider o que isso significa. eu sou católico apostólico, mas não sigo a maioria das doutrinas , pois contraria a Biblia.

      Sugestão: VEJO QUE QUE É UMA PESSOA DE MENTE ABERTA E INTELIGENTE. LEIA O LIVRO “POR AMOR AOS CATÓLICOS” e tire suas próprias conclusões.

  116. VERA LÚCIA VATIMO disse:

    EU CONCORDO COM O COMENTÁRIO DO MISSIONARIO GENIVAL E NA MINHA OPINIÃO EU ACHO QUE O PASTOR DA CANTORA ERROU, POIS DEUS NOS MANDA PREGAR O EVANGELHO ENTÃO SE A IGREJA CATÓLICA TEM OUTRA VISÃO QUE NÃO COM DIZ COM A PALAVRA DE DEUS ESSA SERIA UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE PRA CANTORA COM MUITA SABEDORIA LEVAR A PALAVRA DE DEUS PRA ESSE POVO QUE PRECISA TER A VENDA TIRADA DAS VISTAS E CREIO QUE DEUS IRIA USA-LA E ATRAVES DELA MUITAS VIDAS SERIA GANHADA PRA DEUS ISSO SE O PASTOR NÃO TIVESSE IMPEDIDO.SABE IRMÃOS NOS ENVANGELICOS TEMOS QUE PARAR DE SER PRECONCEITUOSOS.COMO VAMOS GANHAR VIDAS PRO SENHOR DESSE JEITO SÓ QUERENDO LOUVAR NAS IGREJAS EVANGELICAS,LÁ NOS JÁ VIVEMOS AS PRÁTICAS DE DEUS MAS OS CATÓLICOS NÃO.SOBRE A CANTORA EU ADMIRO POR SER OBEDIENTE.IRMÃOS EU SOU EVANGELICA MAIS NÃO ACEITO ESSAS COISAS.TENHO 36 ANOS E ME CONVERTIE A 8 ANOS E AGRADEÇO A DEUS POR ISSO,MAS RESPEITO OS CATÓLICOS E TENHO AMOR POR TODOS IMDEPÊNDENTE DA RELIGIÃO TEVEMOS ORAR POR ELES E NÃO OS CRITICAREM.TENHO UMA IRMÃ EM CRISTO QUE É MUITO USADA POR DEUS E NUM CERTO DIA MEUS 2 FILHOS ESTAVAM COM MUITA FEBRE EU TINHA ORADO POR ELES,SABE MÃE COMO É LOGO FICA PREOCULPADA,EU ESTAVA DESESPERADA COM OS 2 DOENTES, QUANDO SAI NO PORTÃO VI ESSA IRMÃ NA MINHA RUA UMA ESQUINA DEPOIS E GRITEI SEU NOME,FIQUE SURPRESA POIS ELA NEM MORA PERTO DE MIM, AGRADECI A DEUS E SENTI NO CORAÇÃO QUE FOI DEUS QUE POIS ELA AQUI,CONTEI TUDO,ELA ENTROU E ORO MEUS FILHOS E QUANDO Á LEVEI NO PORTÃO ELA ME PEDIU PRA NÃO FALAR NADA PARA O MEU PASTOR POIS ELA ESTAVA NO BANCO, MAS NÃO PODIA NEGAR UM PEDIDO DE ORAÇÃO E MEUS FILHOS FICARAM BONS.AGORA LHE PERGUNTO O PASTOR A COLOCOU NO BANCO MAIS SERÁ QUE ESSA ERA A VONTADE DE DEUS? DEUS HÁ USOU TREMENDAMENTE.TENHO OUTRO CASO UM PRESBITO DA MINHA IGREJA TAMBÉM ESTAVA NO BANCO,ELE NEM SENTOU JUNTO COM OS OBREIROS E NEM COM OS PRESBITOS, ELE SENTOU JUNTOS COM OS MEMBROS E NESSE DIA TINHA UM PREGADOR MUITO USADO POR DEUS NA MINHA IGREJA E PREGANDO SEM SABER DE NADA NEM QUEM ERA O IRMÃO DISSE QUE DEUS ESTAVA MANDANDO DAR A PALAVRA Á ELE, O PASTOR O OLHOU E QUEM SABIA TAMBÉM, O IRMÃO OBEDECEU A DEUS E PREGOU MUITO BEM.AGORA TAMBÉM LHE PERGUNTO O IRMÃO DEVERIA OBEDECER O PASTOR QUE É CARNE OU A DEUS QUE É ESPIRITO? SABE NA MINHA OPINIÃO EU OUÇO A VOZ DE DEUS. ME PERDOE A MINHA IGNORANCIA.MAS EU PENSO ASSIM.

  117. Jhone disse:

    Naminha opiniao o Pastor teve medo de que na igreja catolica a cantora gospel poderia emcontrar a verdadeira paz de Jesus e o verdadeiro amor de Deus…

  118. CARLOS disse:

    vcs dizem de invençoes humanas vcs si acham tao salvos que nem si dao vivem vendendo fieis igrejas brigando vendendo bençaos seus pastores tem altos salarios jesus disse para orar e so entrar no quarto fecha sua porta que eu ti ouvirei vcs gritam gritam sera que DEUS e surdo tomem conta das ovelinhas santas de vcs povo eleito mas por vcs mesmo

  119. Dasf disse:

    Porque não perguntaram pra Deus?

  120. Mark disse:

    impedida de cantar na igreja catolica carismatica? nunca ouvi falar de tal igreja, conheço e pratico a fe crista na igreja catolica apostolica romana, nao vem com essa de querer colocar a santa igreja no mesmo saco das seitas não.

    1. RONI disse:

      Esse é um movimento da igreja, não é uma nova igreja católica. E não tem como unir, para o catecismo católico publicado em 1993(Editora Vozes) diz que só há salvação no âmbito da igreja católica apostólica romana, portanto todas as denominações evangélicas são seitas. Vc já leu, Mark, o Catecismo da Igreja? Ah eu sigo a doutrina Católica Apostólica.

  121. Anderson disse:

    Nilson Correa Gomes deixa de falar asneiras velho. OS DIÁCONO NELSINHO, FRANCISCO E O PADRE CLEUDO DA TV SÉCULO XXI, OS TRÊS ERAM PASTORES E HOJE SÃO DA IGREJA CATÓLICA. FORA OS 53 PASTORES DA INGLATERRA E 11 DOS ESTADOS UNIDOS QUE CONVERTERA PARA A SANTA E UNA IGREJA CATÓLICA.

    1. RONI disse:

      Bom dia Anderson, vejo que és sincero no que diz. Hoje tem um movimento que chamo de “ciganagem” são as pessoas que vão pulando de galho em galho, evangélicos tornando católicos romanos; católicos romanos tornando feiticeiros; feiticeiros tornando ateus; ateus tornando evangélicos, etc. Tantos aparecem como portentor direto da verdade de Deus. João 3.16 diz que Deus deu o seu Filho para que o mundo viesse a ser salvo por ELe. e também diz que só Jesus Cristo pode salvar o homem e em ninguém mais há salvação e que ele é o unico mediador entre Deus e os homens. Eu sou Catolico Apostolico, mas os homens inventaram muitas coisas e acrescentaram a Biblia, até hoje eu pergunto de onde foi tirado que Maria intercede pelos homens? Que ela foi assunta ao céu como Jesus Cristo e está assentado no céu? Que ela pode mediar ou interceder por nós? O interessante é que as pessoas aceitam sem pestanejar, bom seria que cada católico perguntasse ao seu lider sobre isso. Não fosse a missa, apenas para receber ,mas buscar a verdade explicita na Biblia. É certo que tem as tradiçoes e os Concilios, mas as decisões desses eventos não podem contrariar a Biblia, porque como fica, em qual vai-se acreditar? Por exemplo, por que proibiram o celibato só muito depois, sendo que a Biblia diz que nem todos tem esse dom de ser eunuco ? Purgatório por exemplo. Enfim , não entenda mal, a igreja católica precisa ser reformada, creio que vc sabe que até quiseram tornar Maria co-redentora juntamente com Cristo? Que Deus possa abrir a mente dos lideres católicos pra não guiar pessoas ao abismo, pois cada um será galardoado ou punido pelo que fez. Eu como católico apostólico não sigo a maioria das doutrinas da igreja católica, só sirvo a Cristo e não sou devoto de nenhum “santo”, confesso meus pecados a Deus em nome de Jesus Cristo e não preciso de nenhum mediador a não se ele. Não acredito que o evangelho está preso à igreja catolica, pois Jesus disse onde houver dois ou tres reunidos em meu nome ai estarei no meio deles.

  122. levi varela disse:

    Anderson,

    Meu caro, admiro seu amor ao barco em que estais, pois mesmo afundando, continuas fazendo defesa.

    Mas também não adianta ser diferente do que você é, ou seja, querer que ela mude, pois ninguém até hoje a mudou.

    Quando em 1200 quis migrar do casamento para o celibato, nada ofuscou essa vontade, do contrário, criou uma burla papal transformando uma verdade bíblica em nada.

    Quando a cúpula do Vaticano quer, meu caro, ninguém pode se opor, aliás sequer comentar contra.

    Cristo falou que para o evangelho render mais, bom seria que o arauto não fosse casado, ou seja, fez referência a algo ideal como para alguns patrões que seus empregados sejam todos homens, que não gestam; que se mulheres, não casadas; se casadas, sem filhos.

  123. Nelson Santos disse:

    Belo cristão que vc é hein amigo
    Jesus se manifesta onde existe unidade
    afinal qual sua seita,renascer,i universal,testemunha,assembléia
    presbiteriana, cada uma interpetrando a biblia de sua maneira,

  124. Nelson Santos disse:

    Parabéns Mark pela sua opinião

  125. paulo disse:

    VÃO SE FUDER SEUS CRENTES FILHOR DE UMA EGUA,
    VÃO SE LASCAR SEUS VIADOS,
    VÃO TOMAR NO CU, SEUS CARALHOS.

  126. Fulano disse:

    Ha é, porque nao proibiram Fernanda Brum e Aline Barros de participarem do domingão do Faustão? Cambada de Hipócritas…..

  127. CelsoeRita Ferreira disse:

    soueumesma

  128. Jaqueline disse:

    O mundo do jeito que ta e essa briga sobre religioes
    ate onde vamos levar isso …temos e que nos unirmos uns com os outros ao inves de ficar discutindo sobre religião.DESDE QUE ME ENTENDO POR GENTE JESUS É UM SÓ

  129. RONI disse:

    ah esqueci de dizer , que o ramo evangélico também não está de fora,onde lobos se esconde para comer as lãs das ovelhas. Deus me livre dos hipócritas e que acham que são Deus e que foi eles que morreram na cruz, quer católicos ou evangélicos.

    Sugestão : LEIA O LIVRO “POR AMOR AOS CATÓLICOS ” E TIRE SUAS CONCLUSÕES,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO