Comissão da Câmara dos Deputados rejeita projeto que tornaria obrigatória a frase “Deus seja louvado” nas células de Real

12

Após o Ministério Público Federal de São Paulo acionar a União e o Banco Central para que a frase “Deus seja louvado” fosse retirada das cédulas de Real, sob alegação de que a frase fere os princípios de laicidade do Estado e de liberdade religiosa, o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) apresentou uma proposta pedindo para que a presença da frase na cédula se tornasse obrigatória.

Apesar de a frase estar presente nas cédulas desde 1994, não há nenhuma norma que prevê sua presença, portanto o texto do deputado legalizava a inscrição ao alterar a Lei 9.069/95, que instituiu o Plano Real. Porém, a Justiça paulista negou a ação do Ministério Público.

O projeto de lei proposto por Fonte também foi rejeitado pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, por inadequação orçamentária. O pedido de rejeição foi feito pelo presidente do colegiado, deputado João Magalhães (PMDB-MG), após o deputado Afonso Florence (PT-BA) argumentar que a mudança implicaria em recolhimento de todas as cédulas em circulação e substituição pelo novo modelo, o que acarretaria custos orçamentários não mencionados no projeto de lei e não previstos na lei orçamentária em vigor.

De acordo com a Agência Câmara, outros deputados também argumentaram contra o projeto de lei proposto por Eduardo da Fonte, afirmando que sua aprovação alimentaria polêmicas desnecessárias sobre a debatida questão do estado laico.


– Seria atiçar o debate no momento em que a questão está resolvida – afirmou o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR).

– Vamos manter como está para não criar uma polêmica maior – completou o deputado Pedro Uczai (PT-SC).

Após a apresentação dos argumentos contrários a proposta, João Magalhães refez seu parecer, que inicialmente pedia a aprovação do projeto, e pediu a rejeição por inadequação orçamentária. Com esse parecer a proposta será arquivada, a não ser que haja recurso assinado por 52 deputados para que ela seja analisada pelo Plenário, que teria a palavra final.

Por Dan Martins, para o Gospel+

12 COMENTÁRIOS

    • O cabeça oca,por acaso no inferno o diabo tem alguma casa da moeda? A biblia diz que o amor ao “dinheiro”é a raiz de todos os males,crente não diz que dinheiro é coisa do diabo,se fosse assim,não existia tantas pregações em torno da teologia da prosperidade.
      Se informe mais!!!!

        • Paulo Paulo Paulo quem te colocou em sua mente que o Deus Único Santo e Verdadeiro não quer que seus Filhos Adotivos na terra não sejam prósperos, a questão que muitos se distraviaram para os caminhos de balaao amando a injustiça no lugar da verdade aproveitando o desconhecimento da verdade de muitos pois nestas igrejas a maioria que as frequentam não são crentes, são católicos ou de outras denominações que vao la muitos em sues dissabores em busca de curas de libertação, os que estão na frente aproveitando de suas ignorância em termos de Deus os exploram em dinheiro e bens, pois o verdadeiro crente que tem conhecimento da Santa e Gloriosa Palavra de Deus sabe e muito bem que Deus deseja sim que seus Filhos Adotivos na terra sejam prósperos em todos os sentidos, se você e filho de seu pai e seu pai tem bens você e herdeiro dos bens de seu pai, assim também os filhos Deus na terra são herdeiros de Deus e co herdeiros de Jesus Cristo, na verdade muitos sem conhecimento real e verdadeiro acham que ser pobre e miserável e do agrado de Deus, e não e isso que a Santa Palavra nos ensina, ela nos esclarece e bem claro que Deus nos quer ver Felizes prósperos como um filho merece, eu poderia escrever aqui muitos e muitos ensinamentos real e verdadeiro sobre este assunto não o farei por ser muito extenso para explicar certinho a luz da palavra de DEUS, mas de uma coisa pode ter certeza Deus quer e deseja que seus filhos sejam prósperos em todos os sentidos da vida, como já disse o que acontece e que há um distorcimento por parte de pessoas que detem o conhecimento e o usa para fins desonestos distorcendo a verdade, entendeu meu caro Paulo eu quero aproveitar esta oportunidade e te dizer para você que Jesus não te esqueceu e não esquece de você um segundo se quer e te espera e esta te esperando pois ele ama incondicionalmente a todos os seres humanos de debaixo do sol entendeu meu caro Paulo

  1. Tantas coisas realmente sérias com que os vagabundos deveriam se preocupar, e eles perdem tempo com projetos inúteis! Deus é, e será eternamente louvado independente da frase estar ou não contida nas cédulas!

  2. Quanta discussão tola, Deus não está preocupado com isso.
    Ele é louvado nas atitudes humanas e não em um símbolo do capitalismo – o dinheiro.
    Senhores deputados, vamos trabalhar por leis construtivas em prol da nação brasileira!?

    Opinião de um cristão.

  3. Desabafo !!!

    O pastor Gesiel Gomes pregou em Camburiu(Gmuh) na ano passado uma mensagem com o seguinte tema EFATÁ e ele disse:
    Se as lideranças cristãs não levarem a sério a palavra de Deus vai chegar um tempo que o brasil vai perder a sua liberdade cristã… e isso não demoraria 10 anos !!!
    Eu creio nessa palavra Tudo o que tem acontecido é por causa do comportamento daqueles que se intitulam homens de Deus e de forma descarada envergonham a palavra de Cristo.

  4. Jornalista afirma que bancada evangélica é a “mais ausente, inexpressiva e processada” do Congresso Nacional. Leia na íntegra
    Publicado por Tiago Chagas em 6 de junho de 2012
    Tags: Bancada Evangélica, Frente Parlamentar Evangélica, Igreja Católica, Igreja Protestante, Igrejas Evangélicas, joel bento carvalho, Política, Protestantismo, Transparência Brasil

    Comentando dados divulgados pelo portal Transparência Brasil sobre a bancada evangélica no Congresso Nacional, o jornalista Joel Bento Carvalho criticou a conduta dos parlamentares religiosos: “Bancada evangélica: a mais ausente, inexpressiva e processada”
    Segundo Carvalho, “fica difícil defender a chamada bancada dita Religiosa ou Evangélica”, com a divulgação dos dados, segundo os quais, os parlamentares da Frente Parlamentar Evangélica constam dos mais faltosos e processados do Congresso Nacional.
    O jornalista afirma que muitos dos parlamentares parecem usar o cargo público apenas para promoção pessoal: “Pelo que se vê a locupletação é ampla, geral e irrestrita. Parecem ter percebido outro veio fácil de enriquecer além da religião. Aliás, não tem nada de evangélica . Evangelizar é o ato de levar o evangelho às ovelhas”.
    Referindo-se às igrejas protestantes tradicionais como exemplo, o jornalista questiona o motivo de igrejas apoiarem candidatos: “Por que essas que são igrejas seculares não entram na política? Por que só alguns pastores das igrejas não alinhadas entram para a política?”, questiona.
    Joel Bento Carvalho afirma ainda que não se deve vincular fé com política: “Qualquer um pode se candidatar a cargos eletivos, mas sem usar a religião. Um religioso verdadeiro mantém distância da política: ‘Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus’. Se não for isso, é falcatrua usando a Religião ou será Deus um pulha também?”.
    Confira abaixo a íntegra do artigo do jornalista Joel Bento de Carvalho, para o portal Luis Nassif:
    Bancada religiosa: a mais ausente, inexpressiva e processada ou será Deus um pulha também?
    Meu Pitaco: Fica difícil defender a chamada bancada dita Religiosa ou Evangélica.
    Pelo que se vê a locupletação é ampla, geral e irrestrita. Parecem ter percebido outro veio fácil de enriquecer além da religião. Aliás, não tem nada de evangélica . Evangelizar é o ato de levar o evangelho às ovelhas perdidas, coisas que só as as igrejas seguidoras de Luthero fazem.
    Por que essas que são igrejas seculares não entram na política? Por que só alguns Pastores das igrejas não alinhadas entram para a política? Qualquer um pode se candidatar a cargos eletivos, mas sem usar a religião.
    Um religioso verdadeiro, mantém distância da Política: Daí a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Se não for isso, é falcatrua usando a Religião ou será Deus um pulha também?
    JBC

  5. Povo de Deus, independentemente de suas denominações, venho pedir a todos que façam um mes de Jejum com o proposito de entregar o BRASIL nas mãos de Deus afim de que ELE possa trazer uma justiça divina e dar uma resposta aos: corruptos, as injustiças e todas as mazelas que destroem as familias, O JEJUM aproxima Deus e com certeza Deus é um Deus de resposta. Amém.

  6. essa raça de viboras de politicos está outra vez vindo com esse besteirode ? nao tendo mais lei que inventar eles, os politicos, se precupando com detalhes . cuidado cidadaos brasileiros eleiçoes vem aí .

    • Fernando vc não conhece Deus vc é cego e não tem competência para falar a respeito de Deus ele é todo poderoso criador do céu e da terra de tudo e de todos

      Olha como vc diz de Deus pois ele pode te mostras que ele é Deus e toma muito cuidado quando ele te mostrar

      vc passa a conhecer mais sobre Deus para depois vc falar sobre ele.

DEIXE UMA RESPOSTA