Evangélico pode praticar esportes de lutas e artes marciais? Pastores e teólogos respondem

1

O MMA (Artes marciais mistas) é hoje uma das modalidades esportivas que mais cresce no mundo e também no Brasil, que por sinal possui os melhores lutadores do esporte. Com o crescimento do MMA, também vieram as criticas a modalidade, que chegou a ser banida de alguns estados nos EUA por ser muito violenta. No final de semana passado, foi realizado no Brasil o maior evento deste esporte, o UFC Rio que lotou o HSBC Arena e foi um sucesso segundo seus organizadores.

Um dos maiores lutadores do UFC é Vitor Belfort, que na maioria de suas lutas agradece a Deus após vitórias e usa o calção com o nome Jesus escrito. Declaradamente cristão, Belfort explicou em recente entrevista a ligação entre a religião e a luta dizendo que o que ele faz no octógono não é uma briga, e sim uma competição.

Além de Vitor que desta vez apenas comentou as lutas, outro atleta cristão estava no UFC, o estreante capixaba Erick Silva, que a exemplo de Belfort, entrou com o nome Jesus escrito no calção e tem como um de seus apoiadores o Senador evangélico Magno Malta.

Diante desta relação a reportagem procurou pastores e teólogos para saber o que eles pensam deste esporte. Um cristão pode praticar tal esporte? É licito ao crente em Jesus assisti-los?


“Eu não vejo embasamento bíblico favorável, mas também não vejo o contrário”, disse o pastor Ariovaldo Júnior, do Manifesto Missões Urbanas. Ele acredita que a prática hoje é mais esportiva e ”não tem mais nada a ver com os vale-tudo onde havia graça em esmurrar o outro além das condições humanas”.

Biblicamente falando, Ariovaldo Júnior diz que não há menções que condenem o esporte. “Eu gosto do UFC por celebrar um esporte que ainda não tem influências do feminismo. O feminismo determina tudo hoje em dia, até o nosso modelo de ‘cristão ideal’ está mais pra figura de uma mulher do que pra um homem de verdade. A propósito, lutas de diversos tipos foram contemporâneas de Jesus e de Paulo (que viveu inclusive em Roma), porém não vemos nenhuma recomendação contrária à prática esportiva”, diz o pastor do Ministério Sal da Terra em Uberlândia – MG.

Violência e cristianismo

Já o pastor Geremias do Couto, da Assembleia de Deus, considera o esporte inadequado para o cristão. “Respeito quem participa e assiste (a tentação é grande!), mas a violência que o caracteriza conflita com os princípios de vida do Cristianismo. Há outros esportes saudáveis que podem muito bem atender a nossa necessidade de entretenimento e, sobretudo, de cuidados físicos.”

Couto diz que pode sustentar seu posicionamento lembrando de versículos como o de Gálatas 5 que fala sobre a temperança, assim como quando Paulo fala que tudo nos é licito, mas nem tudo nos convém. “Sei que no caso desse esporte não se trata de uma agressão gratuita, por vingança ou por maldade mesmo, mas de qualquer modo é uma forma de agressão consentida. Alguém vai sair arrebentado”, diz o pastor assembleiano.

“Aquilo é selvageria”, disse o teólogo Rodrigo Weronka, ele não concorda que um cristão deva participar ou assistir esse tipo de competição. “Como chamar de esporte um negócio que visa arrebentar o oponente?”, questiona.

Weronka fala sobre a diferença entre esportes perigosos como a Fórmula 1, e esportes “brutos” como ele classifica o MMA. “Uns podem dizer que na F1 o carro pode matar o piloto, mas na F1 o objetivo não é esse. E no vale-tudo, o ‘vale tudo’ é vencer o oponente, massacrando o cara”, disse.

Ele também não utiliza nenhum fundamento bíblico para basear suas convicções, apenas diz que a prática não condiz com os valores passados pela Palavra de Deus. “Não consigo aceitar uma brutalidade como o vale-tudo como esporte ou mesmo como algo para entretenimento cristão. Mas é claro que não tem um verso ‘não lutarás MMA’, isso é uma questão contemporânea. Deduzo pelos parâmetros bíblicos do amor ao próximo que arrebentar a cabeça de um ser humano, criado por Deus, por ‘esporte’ é ridículo”.

Princípios bíblicos

Geremias do Couto também fala que o esporte em questão foge dos princípios bíblicos. “Biblia não trabalha simplesmente com regras. Ela trabalha com princípios, que devem ser aplicados nas mais diferentes circunstâncias. Há muitas outras coisas das quais a Bíblia não fala de forma explícita, mas por causa dos princípios que ela nos oferece podemos fazer bem as nossas escolhas e evitar aquilo que não glorifica a Deus. Paulo escreveu: “Quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”, 1 Coríntios 10.31. A grande pergunta é: esse esporte glorifica a Deus?”

O mantenedor do portal apologético NAPEC vai mais longe: ”Pergunte a um cristão se uma tourada é um esporte bacana. Não, dirão em coro! Judiar do pobre animal não é certo. E a caça esportiva? não é certo!. Então seria ético arrebentar outro ser humano numa competição esportiva?”

Vale-tudo na Igreja

Weronka também critica a prática de lutas dentro da igreja, como acontece na Igreja Renascer, que chegou a ser notícia no canal NatGeo (National Geographic) por montar um ringue dentro da igreja e promover a luta como “forma de evangelismo”.

“Uns dizem que o vale-tudo pode ser uma estratégia de evangelismo, então “vale tudo” para ter os jovens ali?” questiona Weronka que não concorda com o fato de uma igreja evangélica apoiar esse tipo de esporte.

“Sob a desculpa pragmática dos ‘fins justificam os meios’ a igreja vai ficando com a cara do mundo. E se a igreja deve ficar assim, prefiro ser um esquisito e manter a ortodoxia bíblica”, critica o teólogo.

Fonte: Gospelprime

1 COMENTÁRIO

  1. pude reparar q a maioria dos intrevistados confundiram bruscamente o vale-tudo com o MMA
    a reportagem visava duas areas o MMA e TEOLOGIA
    no entanto a maioria sabe ate de biblia mas de MMA nao muito
    nao souberam do q comentavam
    se confundiram acharam q MMA visa quebrar a cara de alguem rs
    os pastores deveriam ter mais cuidados na hora de aceitar a entrevistas
    sabe-se q as reportagens agora visam a polemica soh pra vender mesmo
    e as palavras desses homens da fe das quais respeito muito foram expostas junto com as suas imagens correndo o risco de futuramente serem manipuladas
    se os qridos ungidos (falo isso sem ironia) observarem o teor das entrevistas q cercam esta perceberam somente polemica envolvendo o evangelio rs
    pois meu caros pastores os entrevistadores sabiam q vcs conhecem de biblia e NAO DEFINITIVAMENTE NAO CONHECEM DE MMA
    ao contrario de muitos
    logo a intencao nao eh achar uma verdade ou analises de opnioes mas expor o evangelio junto com a imagem dos irmaos
    nao condeno a entrevista mas eh preciso saber falar com prudencia as coisas q se tratam
    parabens aos irmaos teologos pelo profundo conhecimento nas escrituras mas deixo a minha critica qnto o conhecimento das outras coisas afinal
    biblia a dispeito de q foi falado? rs
    vcs nao sabem td nao abram a boca e deixem sair as OPNIOES de vcs
    embasamento biblico vcs tiveram mas para defender o q
    defenderam errado pq conheciam a palavra mas nao conheciam do q falavam
    td bem
    Deus abencoe talvez a intencao nao fosse como os reporteres colocar o nome a vista para ter fama

    • ou meu amigo deixa te fazer só uma pegunta vc ja levou algum tapa na cara mesmo esse sendo uma luta de mma será q vc se sentiria sastifeito com isso será q vc não iria quere revanxe por perde a luta ou não admiti a derrota!! a palavra de Deus é amor paz alegria cristo não subiu no monte pra nós ensina bate na cara um do outros não mas sim amamos uns as outros?

    • jah..rsrsrs…sou liberto do sentimento q vc esta dizendo…tomei muito perdi luta e sai bem d alma..jah ganhei alma pra cristo no tatame depois de vencer e perder luta. pratique e perceba..soh pode falar qm conhece. se vc apanha e fica com raiva de qm t bateu vc precisa de libertacao. nao eh a revanche q melhora as coisas. nao eh vinganca. eu estou livre desse sentimento opressor.

    • cristo teve q luta com quantos pra converte almas quantos ele teve q fazer sangue e deixa muitos de olhos enxados ou sair ferido ao contrario disso ele foi cuspido na cara ficou com olho machudo e roxo foi ferido e levado a cruz e foi crussificado pra q eu e vc hj não tivessimos q suporta isso !!! a outras maneiras de se ganhar almas caro colega anuciados o q cristo fez por nós sem precisa de bater na cara de ninguém e ferir e machuca ninguém pq a palavra de Deus é conforto e não dor!!

    • leia a biblia e descubra..vc esta confundindo a arte da luta com violencia esse eh o problema..mas issu eh pra qm tem capacidade de separar as coisas..se eh aliemnto muito forte pra vc entao fique com a tua ignorancia e nao perca a salvacao…nao acredite em mim e mantenha a tua feh em cristo ok. Deus abencoe.

    • vc manda eu ler a biblia vou lhe passa 3 versiculos pra ver se vc entende melhor Galatas 5.11 ao 26 e 1corintios.10.31 ao 33 e 1corintios 11.1 e graças a Deus q sentimentos de raiva esse eu não tenho e cristo mim ensinou q não tenho q bater em ninguém pra ganha almas pq na sua palavra ele diz em Mateus 11.29-30 diz assim tomem sobre vocês o meu julgo e aprendam de mim pois sou manso e humilde de coração e vocês encontrarão descanso para suas almas 30 pois o meu julgo suave e o meu fardo é leve.

  2. A pergunta que todo crente em Jesus Cristo deveraia fazer é: Jesus entraria num ringue para lutar com alguem aos socos e pontapés? Se a resposta for 'sim', então o MMA deve ser um esporte digno e aceitável! Mas se a resposta for um modesto 'não", então o MMA deve ser ignorado por todos aqueles que intentam ser parecidos com Jesus!

    • Concordo plenamente com vc..É muito fácil saber se deve ou não envolver religião e luta.Se pergunte : Jesus q sempre ensinou a humildade a nunca retaliar e não agredir (nem msm para ganhar alma viu?) Jesus entraria num ringue de mma?
      Daria socos ,chutes ,cotoveladas,etc em alguém,msm por esporte ou ganhar alma?
      Quem leu a biblia sabe q jamais então parem de se enganarem ou ama a Ele ou luta pois a biblia diz: ninguem pode amar a 2 senhores.

  3. na fundacoa do cristianismo , os romanos atitavam os cristao numa arena para diretimentos vendo os serem devorados ou massacrados por gladiadores , uma barbarie q hj ja nao cabe mais , somos livres para tomarmos nossas decisoes , mas prisioneiros das consequencias , cristao vem de Cristo o maior pacificador , perguntem apenas o seguinte : Jesus fiacria sentado assistindo uma dessas lutas ? Q sua conciencia responda

  4. eu sou evangélico e sou lutador de jiu jitsu e judô muay thai e mma e sempre que eu vou para a luta eu levo a palavra do senhor pq se o crenti não pode ser lutador tambén não pode ser jogador de futebol pq futebol tem muita violencia vc esta competindo não matando seu oponente e olha pra vcs que critica as lutas é pq vcs nunca tivero a oportunidade de conhecer (DEUS ACIMA DE TUDO)

  5. sou carlos, faixa preta em taekwondo,as pessoas fanaticas nao conhecem a palavra de deus,a biblia diz que o homem tem que cuidar do seu corpo,a pratica de qualquer esporte e fundamental para o corpo e mente,quando estao lutando sao dois profissionais.que respeita um ao outro.um abraço.

  6. PELO AMOR DE DEUS QUANTA BABAQUICE QUE ESSES “CRISTÃOS” FALAM VIU? RAÇA DE ALIENADOS E FANÁTICOS ALIÁS FANATISMO TAMBÉM É CONDENADO POR DEUS MUITO MAIS DO QUE PRATICAR UM ESPORTE QUE IRÁ TRAZER BEM ESTAR AO “TEMPLO DE DEUS” QUE É NOSSO CORPO FISICO! PIOR SÃO MUITOS FALSOS PROFETAS AÍ JULGANDO OS OUTROS E FAZENDO VERDADEIROS ABSURDOS COM Á MAIOR CARA DE PAU E DIZENDO SERVIR Á DEUS VIU??? RAÇA DE PALHAÇOS!!!!!!!!

  7. Feminismo sr. Ariovaldo Júnior? Eu queria que a Ronda Rousey te finalizasse com uma chave de braço para ver se tu é macho mesmo.
    Eu aceito pela palavra de Deus tudo que esta na bíblia sobre as mulheres. Só que penso que nós merecemos no mínimo ser RESPEITADAS, e teremos nosso lugar no céus assim como os homens…
    Sou totalmente contra machismo, porque somos tão fortes e eficientes quanto eles, prova disso é a responsabilidade do parto e afins.

  8. Na boa, não quero afrontar aos irmão que gostam … mas tento ir no centro-básico da questão… Arte Marcial = Arte da Guerra… arte dedicada a MATAR, ainda que não o faça, mas foi concebida para imobilizar e subjulgar o adversário (através da dor física ou morte). É igual a tudo que o inferno quer vender (o inferno não bate de frente … ele alinha pensamentos) : Coloca uma roupagem de auto-controle, bem estar, disciplina, saúde em detrimento do objetivo : DOR e MORTE … Não vou nem citar Jesus… mas Paulo ou Pedro lutaria/praticaria ? Pq será que Jesus cita que no grande dia haverão aqueles que expulsaram demônios e que ficarão de fora ?

  9. Vou perguntar respeitosamente, quem sempre treina não fica com vontade de
    por em prática e acaba agredindo por motivo banal? Não fica menos tolerante e com vontade
    de resolver tudo na briga? O cara passa anos e anos treinando para isso.
    Vemos muitas notícias de lutadores de jiu jitsu agredindo leigos por nada, principalmente
    na boates.
    Eu confesso que não tenho boa impressão de vocês e evito ter amigos que lutam.
    Me perdoe a franqueza, mas acho que mesmo arte marcial acaba aumentando a agressividade .
    Cordialmente,
    Marcio Freire.

  10. Como pode alguém falar que é evangélico, crente, se não morreu para o mundo. Se batizou, deve deixar as práticas mundanas de lado. Estou vendo tanta coisa ridícula sendo escrita que tenho vergonha de lê-las mais de uma vez. Primeiro deve-se morrer para o mundo, se você continua a fazer as mesmas coisas que faziam antes, então não são crentes. 2 Coríntios 5-17 Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

  11. Eu sou lutador de mma, jiu jitsu muay thai Box. Eu acredito q a competição é um jogo, então o mma é uma jogo d violência contra o próximo sem propósito maldoso, mesmo assim existe regras para impedir o competidor de fazer covardia com o adversário na luta, pq muitos lutam com ódio do adversário, por isso existe regras para impedir q os lutadores n se matem, e esse é um trabalho, o q importa é qual vai ser sua conduta como cristão, então quem é evangélico e trabalha como lutador d mma, nem por isso vai pro inferno, isso vai depender da conduta dele como profissional, mas quem trabalha em jogo de agressão física q é São as competições de mma, essa pesso n pode estar a frente de algum trabalho na obra de Deus, como Davi n foi digno de construir o templo de Deus pq era muito violento e semguinario, assim também quem luta n é digno de autoridade na casa de Deus, mas n quer dizer q n posso ser fiel e seguir a cristo, pq Davi era querido por Deus e n foi condenado, enfim, sendo fiel e verdadeiro e n tendo ódio do seu adversário, mas sim amando e respeitando e n levando nada pro lado pessoal, vc terá a salvação.

DEIXE UMA RESPOSTA