Por rumor de greve, Fernanda Brum visita Batalhão da PM e ora com familiares em protesto

0

A cantora e pastora Fernanda Brum visitou o 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) na Tijuca, Rio de Janeiro, para conversar com familiares de policiais e orar por eles, já que há uma desconfiança de que possa ocorrer uma greve nos próximos dias.

A crise econômica que vem atrasando o crescimento no país se traduziu, dentre outras, em uma crise de segurança pública. Em diversos estados há policiais militares e outros servidores com salários atrasados. Em outros, onde não há atraso, há defasagem na correção em relação à inflação. De uma forma ou de outra, isso tem atingido as famílias dos PMs, que vêm se organizando para protestar.

Nas redes sociais, Fernanda Brum explicou que sua visita tinha a intenção de acalmar os ânimos e transmitir uma mensagem de esperança e paz: “Fui tentar conversar, tentar mediar um conflito, orar com o pessoal para que tivesse um entendimento anterior a qualquer tipo de confronto. Só tenho a dizer que ore, peço a todo o Brasil que ore. Os próximos dias parece que serão dias difíceis. Deus vai cuidar da gente, eu sei que vai […] Como pastora, só posso orar”.

Filha e enteada de PMs, Fernanda Brum acrescentou que não aderiu ao movimento de protesto, mas que entende a necessidade dessas famílias expressarem suas dificuldades resultantes da crise: “Eu não fui aderir a nenhum movimento, mas fui apaziguar um momento de conflito como capelã, como conselheira. Fui tentar apaziguar os ânimos. Mas nós sabemos que o Senhor é aquele que faz a obra dele por completo e eu fui abraçando as mulheres, conversando com elas, perguntando. Elas estão passando por situações muito difíceis. Todo o comando da Polícia, o estado do Rio de Janeiro […] A minha preocupação é com o todo […] Fui prestar o meu serviço como alguém que hora pela paz”.


Por fim, Fernanda Brum destacou que há urgência na resolução do problema: “Ouvi muitas histórias hoje à tarde… Mulheres sofridas, viúvas com tantas e tantas histórias. Que tudo acabe bem! Estamos orando para que fique em paz! E que a polícia consiga essa dignidade que merece!”, concluiu.

Assista:

Assine o Canal

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA