“Foram os árabes muçulmanos que começaram o tráfico de escravos”, diz antropólogo “Foram os árabes muçulmanos que começaram o tráfico de escravos”, diz antropólogo

A escravidão atravessou diferentes períodos da história humana. No Império Romano, por exemplo, estima-se que cerca de 30% da sua população era de escravos. Dados como esse, levantados pelo antropólogo africano Tidiane N’Diaye, vão muito além do que a maioria conhece sobre o tráfico de escravos.

Em sua obra “O Genocídio Ocultado – Investigação histórica sobre o tráfico negreiro Árabo-Muçulmano”, Tidiane N’Diaye revela que por 13 séculos ininterruptos os árabes praticaram a escravidão de forma perversa, muito mais do que a escravidão europeia, que durou 4 séculos.

Conflito entre EUA e Irã é cenário preparatório para a “batalha de Gogue”, diz pastor Conflito entre EUA e Irã é cenário preparatório para a “batalha de Gogue”, diz pastor

Os conflitos que ocorrem no Oriente Médio despertam a atenção de quem enxerga os acontecimentos geopolíticos do mundo à luz da Bíblia Sagrada. Isso porque, para muitos teólogos, Israel é como uma espécie de relógio do mundo, o qual marca o tempo para o momento conhecido como “batalha de Gogue”.

Os recentes conflitos envolvendo os Estados Unidos e o Irã apontam para este cenário, descrito profeticamente no livro de Ezequiel, capítulos 38 e 39, segundo o pastor Eliel Silva. O líder evangélico publicou um texto em sua rede social onde comenta os desdobramentos do conflito.

Após a morte do filho, esposa de cantor famoso diz que não pode “viver sem Deus” Após a morte do filho, esposa de cantor famoso diz que não pode “viver sem Deus”

O cantor Granger Smith é um dos principais nomes da música country dos Estados Unidos. Infelizmente, ele e a sua esposa, Amber Smith, perderam um filho de apenas 3 anos, dentro da própria casa, vítima de afogamento acidental.

O casal utilizou as redes sociais para comunicar o acontecido. “Tenho de dar uma notícia que nunca pensei dar. Perdemos o nosso filho mais novo, River Kelly Smith. Na sequência de um acidente trágico e apesar dos esforços dos médicos, não foi possível trazê-lo à vida”, afirmaram em comunicado.

Atriz diz que ter abortado o próprio filho foi o que lhe rendeu sucesso profissional Atriz diz que ter abortado o próprio filho foi o que lhe rendeu sucesso profissional

Uma declaração feita pela atriz norte-americana Michelle Williams causou indignação entre os defensores da vida desde o momento da concepção. Durante o recebimento do seu prêmio no Globo de Ouro, ela afirmou que ter realizado o aborto do próprio filho no passado foi o que lhe permitiu alcançar o sucesso.

A declaração da atriz foi implícita: “Eu não teria sido capaz [de alcançar a fama] sem usar o direito das mulheres de decidir (eufemismo para falar de um aborto). Escolher quando ter meus filhos e com quem tê-los”, disse ela.

Netflix exibe beijo gay entre crianças em desenho infantil de classificação livre Netflix exibe beijo gay entre crianças em desenho infantil de classificação livre

A utilização de desenhos e filmes infantis para a promoção da agenda ideológica LGBT tem se tornado cada vez mais comum. Neste cenário, empresas como a gigante do streaming Netflix exercem um papel preocupante, como a exibição de um beijo gay entre crianças em conteúdo de classificação livre.

A cena é exibida no desenho “Os 3 Lá Embaixo: Contos da Arcádia”, o qual retrata a fuga de dois príncipes alienígenas para a Terra. Como é de se esperar, a produção aparentemente inocente não dá sinais de que é um veículo de promoção da causa LGBT, até que o beijo gay aparece.

notícias em seu site/blog