Abraço de menino com Down a amiga na igreja viraliza e emociona Abraço de menino com Down a amiga na igreja viraliza e emociona

O menino Grady Witkowski, 11 anos, frequentava os cultos de domingo na Liquid Church em Parsippany, New Jersey, com sua família, mas por 15 meses essa rotina foi interrompida por conta da pandemia de covid-19. No último ano e meio, Grady estava perguntando quando ele poderia voltar à igreja sem compreender a gravidade da pandemia. Agora, com a pandemia começando a recuar nos Estados Unidos, Grady conseguiu retornar ao seu “lugar favorito no mundo inteiro”, a igreja – que conta com um “próspero ministério de necessidades especiais”, segundo sua mãe, Erin Witkowski.

Coreia do Norte acusada de tortura e assassinato de cristãos por posse de Bíblias Coreia do Norte acusada de tortura e assassinato de cristãos por posse de Bíblias

O regime comunista da Coreia do Norte está sendo acusado de promover tortura associada à perseguição religiosa, além de escravidão e assassinatos. A denúncia parte de parlamentares do Reino Unido. De acordo com o grupo de parlamentares de vários partidos no Reino Unido, um inquérito sobre o regime da Coreia do Norte descobriu que funcionários do ditador cometeram crimes contra a humanidade.

Após campanha de oração, pastores presos em Cuba são libertados Após campanha de oração, pastores presos em Cuba são libertados

Yarian Sierra e Yéremi Blanco Ramírez, os pastores presos, conseguiram a soltura no último sábado, 24 de julho, após passarem catorze dias detidos. Apesar dessa primeira vitória, eles ainda aguardam julgamento das acusações. Jatniel Perez, um pastor que articulou a corrente de oração com igrejas de Cuba e de outros países, comemorou a libertação: “Deus nos deu a resposta. Só Deus pode abrir as portas da prisão”, disse ele.

Oficiais chineses invadem culto online e forçam pastor a parar pregação Oficiais chineses invadem culto online e forçam pastor a parar pregação

Os pastores Mao Zhibin e Chu Yanging dirigiam um culto online na cidade de Shenzhen, realizado através do Zoom, quando oficiais do Departamento de Assuntos Religiosos foram acompanhados de policiais ao local de onde a celebração era transmitida e a interromperam. A internet na China é fortemente controlada pelo governo comunista, e esse controle vem sendo usado pelas autoridades para impedir a realização de cultos online. Enquanto os oficiais e policiais interrompiam a celebração, outros funcionários do Partido Comunista da China (PCCh) cercaram o imóvel, numa clara ação intimidatória.

notícias em seu site/blog