Receita Federal dos Estados Unidos está pressionando entidades contrárias ao aborto e casamento gay, diz pastor Franklin Graham

10

A Internal Revenue Service (IRS), um órgão do governo norte-americano semelhante à Receita Federal no Brasil, estaria aplicando investigações mais severas contra associações religiosas conservadoras.

A afirmação foi feita pelo pastor Franklin Graham, numa carta pública enviada por ele ao presidente Barack Obama e seu vice, Joe Biden. De acordo com Graham, as entidades geridas por ele receberam uma investigação extra no último ano, e acredita-se que isso tenha ocorrido pela postura adotada por seu pai de orientar os fiéis nas últimas eleições a votarem em candidatos que não apoiassem o aborto ou o casamento gay.

“Eu não acredito que a auditoria da IRS em nossas duas organizações no ano passado seja uma coincidência – ou justificável. Estou trazendo isto à tona porque acredito que alguém na administração foi alvo e está tentando nos intimidar. Isso é moralmente errado e antiético – na verdade, alguns consideram o oposto do padrão americano”, disse Franklin.

Segundo o Washington Post, Franklin Graham fez questão de frisar na carta enviada a Obama e Biden, que ele e seu pai haviam apoiado o candidato republicano Mitt Romney, além de a Associação Evangelística Billy Graham ter publicado anúncios nos jornais da Carolina do Norte pedindo apoio ao projeto de lei que visa proibir o casamento gay no Estado. Para Franklin, essa postura estaria sendo retaliada agora.


O pastor Franklin Graham também ressaltou que as entidades religiosas gerenciadas por ele foram comunicadas pela IRS em novembro de 2012, após as eleições, que os rendimentos continuariam isentos do Imposto de Renda, por serem organizações sem fins lucrativos.

Uma terceira entidade religiosa, a Z Street, ligada à comunidade judaica nos Estados Unidos, também se queixou das investigações adicionais aplicadas pela IRS. A entidade também tem perfil conservador e se opõe à legalização do aborto e casamento gay.

Billy Graham

Apesar das investigações da IRS, o evangelista Billy Graham segue sendo o principal líder evangélico dos Estados Unidos, com enorme influência nos pastores do país, apontou uma pesquisa feita pelo The Evangelical Leaders Survey, instituto de pesquisas voltado ao público evangélico.

Segundo o Christian Post, 73% dos líderes evangélicos entrevistados para a pesquisa disseram ter na figura do evangelista de 94 anos a principal referência de ministério, e 44% disseram ter conhecido Billy Graham pessoalmente, em alguma de suas cruzadas evangelísticas.

“O ressurgimento evangélico nos Estados Unidos tem-se centrado em torno de Billy Graham. Ele comunicou o evangelho de Jesus Cristo para todos. Nunca por política, ambição, dinheiro ou poder. Apenas sobre Jesus”, disse Leith Anderson, presidente da Associação Nacional dos Evangélicos (NAE na sigla em inglês).

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

10 COMENTÁRIOS

  1. grande coisa no brasil com b minusculo o pt atravéz de seus senadores e deputados federais ministros e governadores fazem antigo ministro do pt e governador do rs aprovou identidade para transformistas leis ou projetos de lei apenas de uso para gays, conseguiram aprovar no tribunal a união estavel de gays com direito a adoção sem que nossos senadores e deputados evang. movessem uma pena contra, no congresso incluiram os gays na mesma lei do racismo, marta suplici fez de tudo para aprovar a pl 122 e agora tem o paim, querem pressão maior que esta, o pt é o partido do anti-cristo e como diz obama o seu maior cabo eleitoral o lula é o cara…isto é pressão

  2. vai entrar agora grande coisa no brasil com b minusculo o pt atravéz de seus senadores e deputados federais ministros e governadores fazem antigo ministro do pt e governador do rs aprovou identidade para transformistas leis ou projetos de lei apenas de uso para gays, conseguiram aprovar no tribunal a união estavel de gays com direito a adoção sem que nossos senadores e deputados evang. movessem uma pena contra, no congresso incluiram os gays na mesma lei do racismo, marta suplici fez de tudo para aprovar a pl 122 e agora tem o paim, querem pressão maior que esta, o pt é o partido do anti-cristo e como diz obama o seu maior cabo eleitoral o lula é o cara…isto é pressão

  3. Os ativistas gays acreditam que a oposição religiosa tem a ver com a rejeição da prática à pederastia..De forma alguma. Ganhar o mundo para os gays e toda prática de devassidão, não está no interesse do Criador que isto aconteça.O Livro Sagrado revela que a afirmação do homem no planeta não se sustenta nessa prática.Toda imoralidade será banida do planeta, quando o homem finalmente encontrará a paz.Se acha que é conversa pra boi dormir continuem.O Cristão é a defesa civil do Criador.JESUS está chegando!

  4. Temos a liberdade de expressao, amparada pela Constituiçao Brasileira, de nao concordarmos com a pratica comportamental homossexual. Temos o direito de, embora respeitando as pessoas, nao concordarmos com suas praticas homosexual.Seriamos homofobicos , se partissimos para a agressao ou ate mesmo assassinato de homossexuais.Portanto; podem nos criticar, pois ; enquanto nao agredirem ou nos assassinarem , nao os chamaremos de” fundamentalistofobicos”, “evanlicofobico”, ou catolicofobico.

  5. Perseguição ideológica. Muitos católicos e protestantes, que são contra a legalização das drogas, do aborto e são favoráveis ao modelo de familia tradicional, votaram em Obama. Eis aí o resultado. Cristão não deve votar na esquerda. Por aqui, o governo está a pleno vapor na sua “luta ideológica contra os valores cristãos”.

  6. Dante! Gostaria muito ou não gostaria.Jesus disse que nem ele nem os anjos tem de Deus esta informação.Portanto agente tem que tão sòmente crer em Jesus para esse grande dia!Jesus vem.

DEIXE UMA RESPOSTA