68% dos homens que frequentam igrejas consomem pornografia online regularmente, diz pesquisa

4

A pornografia é uma epidemia crescente entre os cristãos e o tema passou a ser um dos mais delicados e urgentes da Igreja contemporânea. Uma nova pesquisa revelou que 68% dos homens que são membros de alguma denominação e frequentam os cultos acessam material pornográfico na internet com regularidade.

Os dados foram revelados pelo Barna Group durante a conferência Set Free, realizada no começo do mês na Carolina do Norte (EUA), que reuniu lideranças cristãos para discutir o problema da pornografia e meios de enfrentá-lo.

O estudo, denominado “The Phenomenon Porn” (“O Fenômeno da Pornografia”, em tradução livre), revelou que entre os “adultos jovens de 18 a 24 anos de idade, 76% – e estes são cristãos – procuram ativamente por pornografia”. O trabalho foi encomendado pelo pastor Josh McDowell, líder do projeto Set Free.

Segundo o relatório da pesquisa, 49% dos jovens adultos ouvidos revelaram que pelo menos um de seus amigos também acessa pornografia na internet regularmente.


De acordo com informações do Charisma News, o estudo revelou ainda que, definitivamente, a pornografia não é um problema exclusivamente masculino: 33% das mulheres na faixa etária dos 13 aos 24 anos também estão procurando material pornográfico na internet de forma regular.

Pastores

O mesmo instituto Barna Group divulgou, em janeiro passado, que outra pesquisa sobre o tema dedicada somente aos pastores constatou que esse é um problema presente entre os sacerdotes de maneira ainda mais abrangente do que a média da população em geral.

O levantamento constatou que “a maioria dos pastores sênior (57%) e dos pastores de jovens (64%) admite lutar ou ter lutado com a pornografia”.

A título de comparação, a média da população em geral que consome pornografia é de 47% dos homens e 12% das mulheres, portanto, menor do que a média dos pastores envolvidos com os materiais de sexo.


4 COMENTÁRIOS

  1. nada de estranho, segundo a bíblia os ultimos dias serão assim o mundo entrará na igreja e se Jesus não voltar logo não se salva ninguém, estes mesmos gays e ateus que condenamos seram pares destes que vivem na promiscuidade.

DEIXE UMA RESPOSTA