Justiça de Israel define que possibilidade de Jesus ter tido mulher e filhos é real

95

Os estudiosos que defendem a tese de que Jesus teria se casado e se tornado pai obtiveram uma vitória na Justiça e o reconhecimento de Israel de que suas alegações não são fraudulentas.

O cineasta Simcha Jacobovici lançou em 2007 um documentário narrando sua descoberta de um túmulo que ele alega ter sido de Jesus Cristo, e junto com esse achado arqueológico, havia obtido provas de que o líder hebreu havia se caso e tido filhos.

Um processo contra Jacobovici foi movido e agora, o júri manifestou sua posição de que as evidências apresentadas pelo cineasta não são resultado de uma fraude, e portanto, não havia medidas a serem tomadas contra o cineasta.

O júri israelense destacou ainda que apesar de não terem sido encontrados indícios de fraude, a posição do Tribunal não impõe um paradigma aos teólogos e demais estudiosos da vida e ministério de Jesus, e que cabe a eles fazerem considerações sobre a relevância ou não das informações do documentário para a história do nazareno.


Segundo informações do Christian Post, o túmulo que alegadamente seria de Jesus Cristo foi descoberto na década de 1980, e possui inscrições que remetem a Jesus e sua suposta família. Quando o polêmico documentário foi lançado, acadêmicos de arqueologia bíblica consideraram as alegações de que Jesus havia se casado como “sensacionalistas” e especulativas, pois não haviam evidências dos restos mortais de Jesus.

Joe Zias, um dos mais ferrenhos críticos do documentário de Jacobovici, entendia que o cineasta estava tentando enganar o público de maneira intencional e deliberada. Agora, o magistrado israelense responsável pelo processo, juiz Jacob Sheinman, decidiu que Zias deve uma indenização à Jacobovici no valor aproximado de US$ 216 mil, de acordo com o jornal Jerusalem Post.

Sheinman observou que o processo na Justiça não concluiu se as afirmações de Jacobovici sobre Jesus são verdadeiras, apenas que as apresentações de Jacobovici nos filmes que fez sobre o assunto não são fraudulentas, e que portanto, se não há fraude, o cineasta não poderia estar agindo de má-fé com o intuito de enganar o público.

A respeito de Jesus, a Bíblia não relata uma relação marital e patriarcal do nazareno, e portanto, todas essas informações sobre a suposta e eventual família que ele poderia ter constituído são irrelevantes para sua obra e ministério. Jesus é o Filho de Deus que se fez homem para espiar os pecados da humanidade. Com ou sem mulher e filhos.

95 COMENTÁRIOS

  1. Como sempre o sem vergonha do satanas o diabo que veio para roubar matar e destruir, susurra atravez de seus escravos espiritos malignos nos ouvidos de abestaiados e tambem escravos dominados como este e tambem a milhares de milhares que lho dão ouvidos, primeiro para praticarem coisas inconvinientes tais coisas estas englobadas em um envolto amaranhado de diversas formas de pecados e tambem assuntos como este para tentar desacreditar AS ESCRITURAS SAGRADAS, ou seja A Santa e Gloriosa Palavra De Deus, pode com certeza consultar que o tal não e de forma alguma Um Crente Em Cristo Jesus, ou e ateu ou catulico ou espirita e talvez ate um gay ateu ou espirita, se o tal fosse um Liberto Crente em Cristo Jesus jamais faria ou teria duvidas sobre A Vida Santa Do Senhor Da Gloria enquanto Homem aqui na terra, mas e claro um dominado escravo do mundo e do inferno e evidente que quer por que quer denegrir ou colocar em descredito A Santa Palavra, h´a e tenho dito,

    • é isso ai Tour, o grande problema é que vcs protestantes seguem um livro cuja montagem foi feita pela seita romana, sob a supervisão de imperadores romanos.

      pergunte ao Levy Varela sobre isso pra vc ver kkkkkkkkk

      a seita romana omitiu a familia de xessus na montagem do seu livrinho de fábulas.

      • Nostafora,

        Você e muitos omitem Deus nas suas vidas, então os católicos omitem os irmãos terrestres de Cristo, apenas preocupados em não garantir o trono imperial de roma pra um judeuzinho, afinal a linha governamental era descendental via a consanguinidade. Leia a história,

        • Levy, não píra não meu rapaz…

          não estamos falando nos irmãos de xessus e sim nos filhos dele.

          vc já começou a viajar muito na tua teoria da conspiração, kkkkkk ora, onde já se viu dizer que um imperador romano perderia o trono pra um irmão de xessus depois que os judeus forçaram sua morte na cruz.

          Levy, preste bem atenção: AGORA ESTAMOS FALANDO DA ESPOSA E FILHOS DE XESSUS QUE FORAM OMITIDOS PELA SEITA ROMANA DURANTE A MONTAGEM DO SEU LIVRO DE FÁBULAS.

          entendidos?

          • dos parentes, não.

            quem esta embaixo hoje, no dia seguinte, por cima.

            o cristianismo, depois de 200 anos, estava no poder, sendo constantino oficializado.

          • ???

            Levy, toma o remédio antes de postar…

            vamos tentar novamente:

            Levy, preste bem atenção: AGORA ESTAMOS FALANDO DA ESPOSA E FILHOS DE XESSUS QUE FORAM OMITIDOS PELA SEITA ROMANA DURANTE A MONTAGEM DO SEU LIVRO DE FÁBULAS.

    • studebaker voltamos aquele negócio de odiar judeus, mas os caras pedem não chega terem o matado querem ainda difamar inventando mentiras, rapaz até Deus deve estar com nojo deste que era para ser seu povo.

  2. Existem dois grupos de pessoas, um grupo que crê na bíblia e outro que não crê na bíblia, eu me coloco no primeiro grupo e creio piamente nas escrituras e digo se Cristo fosse casado e tivesse filhos isso seria relatado na bíblia, por ser um fato que não poderia ser desconsiderado, já que não está relatado é porque este fato é apenas especulações e não merecem o respeito e atenção do meio cristão, é claro que se realmente fosse verdade, não faria mal algum, mas o fato é que não há relato, o que não está dentro da bíblia, desconsidera…

    • Há um livro chamado “A vida mistica de Jesus”, de H. Spencer Lewis, que aborda esse assunto. Segundo o autor, famoso rosacruz, Jesus não morreu na cruz, mas foi retirado com vida, sendo que viveu muitos anos ainda, talvez na Índia.

    • Irmãos ele teve, só não naturais de Maria, pois esta morreu virgem, afinal como poderia a serva do Senhor profanar os canais pelos quais nasceu o filho de Deus?

          • Sandro,

            Fariseu é você, meu caro.

            Toda femea e macho se envolvem com o sexo, animal racional ou não, tudo por vontade de Deus.

            voce acaso tem algum problema de ordem e na área da psicopatia?

          • “Toda femea e macho se envolvem com o sexo”

            Nesse caso devo presumir que Jesus e Paulo também fizeram sexo? Não adianta, Levi, Maria morreu virgem, pois no vaso santo por onde nasceu o Cristo de Deus nenhum pênis penetrou.

          • “E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá, e entrou em casa de Zacarias, e saudou a Isabel. E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo. E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre. E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre. (…) Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; Porque atentou na baixeza de sua serva; Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque me fez grandes coisas o Poderoso; E santo é seu nome.” (Lucas 1:39-44, 46-49)



            Assine o Canal
      • SANDRO
        “Irmãos ele teve, só não naturais de Maria, pois esta morreu virgem, afinal como poderia a serva do Senhor profanar os canais pelos quais nasceu o filho de Deus?”
        ****
        Eu me apresento: cristão, espírita, médium sensitivo e paranormal.
        Cara, eu achava que tuas abobrinhas eram só sobre homossexualidade…
        Você fala mal dos crentes, mas é mais crente que eles.
        Agora achou outro tema para passar vergonha?
        Não seja por isso…
        Essa história de “Virgem Maria” foi inventada pela Igreja Romana – ICAR.
        Desde o princípio do mundo, só há um jeito de crianças nascerem.
        Uma mulher engravidar sem contato sexual com um homem é contrário às leis naturais, leis perfeitas, eternas e imutáveis como o próprio Deus.
        Portanto, necessário concluir que ela não era virgem.
        E ainda teve vários filhos além de Jesus, era uma mulher normal.
        Essa teoria vem da Idade Média, época em que a ICAR se apoderou da Bíblia e literalmente a mutilou, acrescentando, alterando e retirando versos.
        Já há séculos a virgindade é mostrada como virtude e santidade.
        Jesus sempre aparece como “concebido sem pecado”, mas “concebido” significa colocado no ventre através de sexo, apregoado sempre pela ICAR como pecado, mas como pecado se é o instrumento de que Deus se serve para gerar a vida?
        Reparem que até hoje padre não pode casar, nem fazer sexo, mas pastor pode ambos.
        A explicação mal ajambrada é que o padre tem de se dedicar inteiramente ao que faz.
        Mas olhem a verdade: desde séculos a ICAR considera pecado o sexo.
        Até hoje condena o sexo antes do casamento.
        Então o padre que fizesse sexo (e fazem, acredite!) estaria em pecado.
        Os papas se dizem sucessores de Pedro, mas o próprio era casado…
        Então, não tem sentido nenhum o celibato dos padres.
        Afinal, o sexo não é pecado.
        Sem contar que os mesmos fazem sexo, mesmo proibido, até papas tinham filhos.
        Sim, até cardeais e papas faziam sexo, inclusive muitos eram homossexuais.
        Entra no google e pesquisa sobre o papa Alexandre VI.
        Ladrão, corrupto, hipócrita, simoníaco, blasfemo, assassino, traidor do celibato (inclusive com homens), polígamo, incestuoso e pedófilo…
        Um dos piores papas (infelizmente não foi o único) a desonrar o trono de Pedro.
        Veja que a homossexualidade não data de nossos dias…HA HA HA HA HA HA HA HA
        Agora, essa de “profanar os canais pelos quais nasceu o Filho de Deus” ultrapassou todos os limites, até pra você, muito mais inteligente que Delphone, Zeze e outros.
        Pelo menos é isso que eu deduzo lendos seus posts.
        Pegue uma máquina do tempo, volte lá pra Idade Média e fique por lá.
        Lá que era a época de dogmas e “verdades” indiscutíveis…
        Sabe o significado de “profanar”, palavra de seu posto reproduzido acima?
        Então você profanou os canais de sua mãe?
        Porque não existe outro meio de nascer.
        Ou você foi gerado em laboratório?
        Olha aí a mentalidade medieval.
        E não existe “O” filho de Deus, mas “UM”.
        Porque eu, você e todos somos Filhos de Deus…
        Aliás, Jesus não é Deus, mas um mensageiro dele.
        O islamismo não apresenta Maomé como igual a Allah, ele é o profeta de Allah.
        “O” mensageiro d´Ele.
        A Bíblia mesmo nos dá várias provas, nos dizendo:
        – “o Pai é maior que eu”
        – “Este é meu filho amado”
        – “A minha missão é fazer a vontade do Pai, que me enviou”
        – “Pai, por que me abandonaste?”
        – “Pai, agradeço-lhe porque me ouviste”
        – “Ninguém vai ao Pai, senão por mim”
        E mesmo que alguns rasguem as vestes ao ler isto…
        Não existe trindade nenhuma.
        Não existe “Filho” nem “Espirito Santo”.
        Existe apenas o Pai, que é Deus…
        Aliás, é chamado de Pai por tradição da sociedade patriarcal, alguém mostre a certidão de nascimento de Deus onde se veja que Ele é homem.
        Por que não pode ser Mãe ou Deusa?
        Filhos de Deus todos nós somos.
        Essa história de trindade foi – adivinhem – criada pelos papas da Idade Média, época de ouro da ICAR, época em que ela mandava e desmandava e destronava até reis.
        E por que essa mentira da trindade é aceita até hoje?
        Por tradição através dos séculos, pois antes quem abria a boca para contestar, já ia parar nas mãos da “santa” Inquisição e hoje são os padres que incutem na cabeça dos fiéis esses absurdos.
        Já vejo um monte de gente indignada com estas palavras e me chamando de herege.
        Mas até o cientista Galileu foi taxado de “herege”, por dizer que a Terra gira em torno do Sol.
        Miguel Servet, por negar a divindade de Cristo.
        Até o rei Henrique VIII, por contestar a autoridade do Papa.
        E muitos, mas muitos outros…
        Saia dessa, Sandro, se puder.
        Mas quero uma resposta no mesmo nível, sem o mimimi dos crentes.

        • “Eu me apresento: cristão, espírita, médium sensitivo e paranormal”

          Você não é cristão, nem espírita, mas talvez seja um desses médiuns loquazes e ventriloquos de espíritos zombeteiros. E todo esse seu discurso confuso e pedante não muda o fato de Maria, aquela em quem Deus fez coisas admiráveis, como ela própria disse, ter sido por toda a vida e até a morte virgem de relações sexuais. Só a mente de entidades carnais como você, porta-vozes de espíritos embusteiros (você com certeza não lê André Luiz e Joanna de Ângelis para ter essa mentalidade carnal e ainda por cima agressiva aos gays), são capazes de tripudiar sobre a virgindade da mãe de Jesus.

          • Quando eu tinha 4 anos de idade, durante 3 noites seguidas eu vi, estando plenamente consciente do fato, a imagem de Maria que aparecia no alto da parede e de frente com os pés da cama de casal onde eu dormia entre meu pai e minha mãe. Ela aparecia em pé, orando com as mãos postas e vestida de branco. Eu, sem saber do que se tratava, ficava com medo e chorava pedindo a meus pais que olhassem e vissem o que eu via, mas eles, nada vendo, ficavam bravos comigo e me mandavam dormir. No terceiro dia, como eu continuasse chorando, pois não compreendia o inusitado da cena, ela me olhou bem nos olhos e desapareceu. Passado alguns dias, vivi uma experiência singular. Havia, no pé do guarda-roupa de casal de meus pais – um movel antigo e de madeira de lei, pesado – um prego que eu tentava remover com os dedinhos. Derepende, estando eu ainda ocupado com o tal prego, vi o guarda-roupa precipitar-se sobre meu pequeno corpo e eu fiquei embaixo com aquele peso todo, mas não me sentia oprimido ou sofrendo. Alguns segundos depois chegam meu pai e minha mãe e juntos erguem o guarda-roupa. Ficaram atônitos e me perguntavam como o guarda-roupa havia caido sobre mim. Disse a verdade a eles, que nada responderam, apenas ouviram. Não sofri um arranhão sequer. Você pode não acreditar nisso que estou dizendo, mas estes fatos realmente aconteceram e não me importo se alguém vai acreditar ou não. O que importa é que desde então sempre vi com respeito a imagem da mãe de Jesus, a bem-aventurada por todas as gerações, aquela que só de ouvir a voz o pequeno João Batista que se encontrava em seu ventre vibrou de alegria e contentamento.

          • “Você não é cristão, nem espírita, mas talvez seja um desses médiuns loquazes e ventriloquos de espíritos zombeteiros.”
            —————————————————————————————————-
            Primeiro, falta um acento na palavra “ventríloquo”.
            Como pode você dizer que não sou cristão nem espírita?
            Não tem autoridade para isso.
            Eu não sou Zeze, Delphone, Servo e outros.
            Tudo o que disse ser, eu realmente sou, sem inventar nada.
            Porque a minha arma é a verdade.
            Espíritos zombeteiros nunca se aproximam de mim, pois sabem a distância que me separa deles.
            E eu nem pratico esse tipo de mediunidade, um espírito falar por mim.
            Eu tenho o dom de comunicação direta, de mente para mente.
            E ainda, minha visão não se restringe aos anos desta encarnação, podendo ver coisas de vidas passadas, minhas e de outros.
            ***************************************************************************************

            “E todo esse seu discurso confuso e pedante não muda o fato de Maria, aquela em quem Deus fez coisas admiráveis, como ela própria disse, ter sido por toda a vida e até a morte virgem de relações sexuais.”
            —————————————————————————————————-
            Onde mesmo já li sobre “discurso confuso e pedante?
            Ah, sim, é você mesmo.
            Confuso por que?
            Pedante por que?
            Você parece que tem medo da luz e da verdade.
            Claro, coerente e simples é só o que lhe favorece, né não?
            Olha, espera uns 500 anos e quem sabe você chega ao meu nível.
            Maria, é claro, foi escolhida por Deus para abrigar Jesus, ele mesmo teve de ficar no útero da mãe pelos mesmos 9 meses de todos nós.
            Pela milésima vez, SEXO NÃO É PECADO!!!!!!!
            Até é, mas em situações de adultério.
            Putz, será que vou ter de fazer um desenho?
            Corpo no século 21 e cabeça no 15.
            Como eu falei, pegue uma máquina do tempo, volte para a Idade Média e fique por lá.
            Será que em pleno século 21 ainda existem pessoas de cabeça tão fraca que ainda seguem os dogmas da igreja?
            Concepção sem as células do homem e da mulher?
            Ela simplesmente engravidou?
            Saiba que isso é contrário às Leis Naturais.
            Leis perfeitas, imutáveis e eternas como o próprio Deus.
            Uma criança dessas seria tão real como o personagem Anakin Skywalker, da série Star Wars, o qual foi gerado espontaneamente, sem pai e tampouco sexo.
            É milagre?
            A propósito, vemos nos evangelhos Jesus “ressuscitando” uma menina que estava “morta” e também o amigo Lázaro.
            Jesus não ressuscitou ninguém.
            A menina e Lázaro foram na verdade curados, pois não estavam mortos.
            No caso da menina, Jesus disse “ela não está morta, mas dorme”.
            As pessoas que estavam perto, secretamente zombavam dele, “por que sabiam que estava morta”, mas o Mestre, conhecendo seus pensamentos (ele podia ler mentes), prontamente quis mostrar a todos que aquela pessoa não estava morta.
            Ou seja, ela estava em coma.
            Se estivesse morta, nem Jesus poderia ter feito algo.
            O mesmo em relação a Lázaro.
            As irmãs, vendo que Lázaro estava muito mal, mandou alguém atrás de Jesus, dizendo “aquele que amas está muito mal.
            Jesus recebeu o recado, mas não partiu imediatamente, só se pôs a caminho depois de 3 dias.
            Chegando lá, o amigo já estava no túmulo.
            Jesus respondeu “na verdade alegro-me por não estar aqui, pois agora todos verão o poder de Deus”, mandou tirar a pedra da entrada, mesmo Maria/Marta dizer que “Já devia estar cheirando mal”É mais fácv, pois já tinham se passado 4 dias.
            E eis que ele saiu andando do túmulo, com o corpo perfeito.
            Na literatura médica, isso é chamado de “catalepsia”.
            Ou seja, Lázaro não estava morto.
            Depois que o espírito é separado pela ruptura definitiva dos laços que o prendem ao corpo físico, é irreversível a situação.
            Outra coisa que é impossível, pois as leis naturais não tem exceções.
            Claro, para você isso é blasfêmia contra Jesus, dizer que ele não é Deus.
            **************************************************************************************

            “Só a mente de entidades carnais como você, porta-vozes de espíritos embusteiros
            (você com certeza não lê André Luiz e Joanna de Ângelis para ter essa mentalidade carnal e ainda por cima agressiva aos gays),
            são capazes de tripudiar sobre a virgindade da mãe de Jesus.”
            —————————————————————————————————-
            É mais fácil você ser usado por espíritos embusteiros do que eu.
            Vem dizer que “todos os héteros deveriam ver como é maravilhosa a homossexualidade”, como quem diz, numa atitude de molecagem, que “os héteros não sabem o que estão perdendo”.
            Como já disse, não lhe dei permissão para falar em meu nome.
            Mas já que estamos falando de espíritos embusteiros…
            Li uma vez que certos espíritos maléficos juntam-se a homens héteros para
            influenciá-los a um comportamento homossexual.
            Mas não são todos os assediados por esses espíritos.
            Claro que muitos sempre foram gays, sem nenhuma influência, e sempre serão.
            Antes de começar o mimimi, não digo que é esse o seu caso, mas que isso existe.
            Quando acontece, o espírito faz o homem acreditar que gosta de homens, porque ele quando encarnado era homossexual.
            Na Igreja Uninfernal dos Rios de Dinheiro, costumam aparecer casos de homens (assim falou o pastor) que são gays por causa de um “demônio” chamado pomba-gira, eles pegam uma pessoa e ela começa a falar com uma voz demoníaca que é um demônio que fala que ela é que é a causa de eles gostarem de homem, que ele vai acabar na rua, virar travesti.
            Quando por um tempo fui na IURD (só uns meses), cheguei a ver esses “exorcismos”.
            Afastado o espírito obssessor, o homem não sente mais a influência dele, nem sente atração por homens.
            Foi o que presenciei e vi as pessoas lá no altar falando.
            O que tem Andre Luiz e Joanna de Ângelis a ver com o caso?
            A propósito, estude mais antes de pronunciar o nome de Andre Luiz e Joanna de Ângelis.
            Precisa comer muito feijão antes de se igualar a mim em espiritualização.
            Agressivo aos gays ou em relação aos abusos deles?
            Já falei, vá lá pra Idade Média e fique por lá.
            Porque foram aqueles papas que desacreditaram o cristianismo.
            Outra vez a virgindade da mãe de Jesus?
            Jesus não é Deus, é um espírito no grau supremo de evolução.
            Filho de Deus, como todos nós.
            E por que essa obsessão com virgindade?
            Você é virgem?
            E por acaso sabe o significado da palavra “tripudiar”?
            Tripudiar sobre o sagrado foi o que fizeram na Parada Gay.
            Acorda, sujeito!
            Vocês vêem agressividade contra os gays em tudo.
            Até no desenho da Branca de Neve.
            Por fim, não queira debater comigo, pois sempre vai perder.
            Sandro fugindo em 3…2…1…

          • Darth Shadow,

            Você não é espírita, prova-o sua linguagem repleta de pedantismo, arrogância e até mesmo de orgulho, vaidade e afetação. Sua frase: “espera uns 500 anos e quem sabe você chega ao meu nível.” É mais do que suficiente para demonstrar o farsante que você é quando se faz passar por espírita.

            No máximo você é um desses bruxos New Age, Espírita, porém, não o é. e digo isso porque conheço o Espiritismo e até hoje só uma vez vi um espirita comentar aqui, e as palavras dele eram plenas de amor e humildade, virtudes que você não demonstra possuir.

            A propósito, não escreva texto tão longos, pois a sabedoria esta na síntese, não na prolixidade. Abraços e tudo de bom.

    • Emanuelle

      voce a dizer que os testos sagrados são heregejes? Tá na bíblia os nomes dos irmãos de Cristo, filhos de jose e maria, cuidado, não é mais sequer heresia a sua postura, má fé mesmo; e piora esse seu estado criminoso da ma fé quando diz que os evangélicos é que inventam, ou seja, atribuir a outrem ações e falas que não são de tais pessoas. no caso da bíblia;

      Cattólicos falam tanta família, mas negam uma esposa para e irmãos para Cristo, impõe que os padres não casem. Amor da boca pra fora é o que vocês são.

      • Na língua semítica “irmãos” era um termo usado não só para designar filhos do mesmo pai ou mãe (como no português). Mas a expressão era usada também para designar primos, tios,cunhados, parentes etc.
        Vejam exemplos:
        “Disse Abraão a Lot: Peço-te que não haja rixas, pois somos irmãos” (Gênesis 13,8) – Abraão não era irmão de Lot, mas tio.
        “Eleazar morreu e não teve filhos, mas filhas e estas se casaram com os filhos de Cis, seus irmãos” (1 Crônicas 23,22) – As filhas de Eleazar eram primas dos filhos de Cis.
        Em (Gênesis 29,15) Labão fala a Jacó: “Por seres meu irmão, servir-me-ás de graça?” Em Gênesis 27,43 e 29,10-11, Labão é declarado irmão de Rebeca, mãe de Jacó. Portanto tio dele.
        Veja mais em: (Êxodo 2,11) (Gênesis 9,6) (Mateus 5,21-22) (1 Cor 15,6)
        Jesus no calvário entregou sua mãe a João, o evangelista; se Maria tivesse outros filhos Jesus teria entregado sua Mãe a seus irmãos carnais e não ao evangelista. Portanto, Jesus é ao mesmo tempo, o primogênito e o unigênito de Maria.
        E não seria nada “desonroso”, se Maria tivesse outros filhos. Mas isso não aconteceu, porque o Senhor tencionou conservar intacta o ventre que abrigou, aqueceu e alimentou o FILHO ÚNICO DE DEUS. É isso que se depreende ao ler todo o testemunho dos primeiros Cristãos.
        A propósito, até o século XVI, quando surgiu o protestantismo, jamais alguém ousou antes duvidar da eterna virgindade de Maria; nem mesmo os próprios reformadores protestantes, apesar de seu ódio doentio em tudo que a Igreja pregava.
        É lamentável que as seitas oriundas do protestantismo estão se afastando cada vez mais da genuína pregação de Jesus e dos Apóstolos a ponto de duvidar de verdades mais elementares guardadas pelo Cristianismo até então.
        Agora vamos para o bom senso: Porque os supostos “irmãos de Jesus” não compareceram na crucificação? Se você disser que está escrito na Bíblia, quero o livro, capítulo e versículo. Fico aguardando!
        Tenha-se em conta que Maria é chamada mãe de Jesus e nunca mãe dos irmãos de Jesus.

        • Alguém adorou Maria na Bíblia?? Alguém ajoelhou pra Maria?? Alguém construiu igreja pra Maria?? alguém fez procissão pra Maria??? Foi um papa idolatra que instituiu isso pra prender os fiéis, que adoram imagens, não conseguem simplesmente crer em Cristo, tem que inventar um milhão de Nossas Senhoras, mais um milhão de Santos… É só usar a cabeça um pouco quando lê a Bíblia…

      • QUEREM TER PROVAS OS PROTESTANTES?

        Dá alguma vez o Evangelho os nomes desses irmãos de Jesus para que possamos identificá-los?

        Sim, dá. Sabe-se o nome pelo menos de quatro: Tiago, José, Judas e Simão: “Não é este o carpinteiro, filho de Maria, IRMÃO de Tiago, de JOSÉ, de JUDAS e de SIMÃO? Não vivem aqui entre nós também suas IRMÃS?” (Mc 6,3; Mt 13,55-56).

        Pois bem, este TIAGO que encabeça a lista, é um Apóstolo, pois diz São Paulo na Epístola aos Gálatas: “E dos outros Apóstolos, não vi nenhum, senão a Tiago, IRMÃO DO SENHOR” (Gl 1,19).

        Quer dizer então que, segundo a opinião desses protestantes, este Tiago Apóstolo era filho de Maria, Mãe de Jesus… filho de Maria e de José.

        Vamos provar que é pura mentira, engano e falta de conhecimento da Sagrada Escritura.

        Temos dois Apóstolos com o nome de Tiago: Tiago Maior e Tiago Menor. Vamos ver se algum deles era filho de José com Maria. Em Lc 5, 10 diz: “… e também de Tiago e João, filhos de Zebedeu…”

        Já descobrimos que o Tiago Maior era irmão de João e ambos, filhos, não de José, mas sim, de Zebedeu. A Bíblia mostra claro que a mãe dos filhos de Zebedeu não é Maria Santíssima. Conferir em Mateus 20, 20-23 que diz: “Então a mãe dos filhos de Zebedeu, juntamente com os seus filhos, dirigiu-se a Ele”. Está claro que não é Maria, a Mãe de Jesus. A Bíblia não diz “a mãe dos filhos de José, mas sim, os filhos de Zebedeu”.

        Tiago, na sua Carta, deixa claro que ele não é irmão de Jesus,mas servo: “Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo…” (Tg 1,1).

        Em Mt 10,3 diz: “Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu”. São Tiago Menor, que era irmão de Judas, era filho de Alfeu e não de José.

        “Não é este o carpinteiro, filho de Maria, IRMÃO de TIAGO, de JOSÉ, de JUDAS e de SIMÃO? Não vivem aqui entre nós também suas IRMÃS?” (Mc 6, 3).

        TIAGO, JOSÉ, JUDAS e SIMÃO.

        Já vimos que o TIAGO MAIOR era filho de Zebedeu (Mt 10,2); e que TIAGO MENOR era filho de Alfeu (Mt, 10, 3). Portanto, nenhum dos dois é filho de José com Maria, a Mãe de Jesus.

        Agora vamos descobrir quem era JOSÉ, JUDAS e SIMÃO, que na Bíblia são chamados IRMÃOS de JESUS. Quero lembrar que a palavra IRMÃO aqui, equivale a primo. De fato, na língua hebraica, não existe a palavra PRIMO. Há muitos exemplos na Bíblia onde primos e parentes próximos são chamados de irmãos, como já foi explicado.

        Nossa Senhora tinha uma irmã que também se chamava Maria. Era casada com Cleofas ou Alfeu. De fato, lemos assim na Bíblia:“Perto da cruz de Jesus, permanecia de pé, sua Mãe, a IRMÃ DE SUA MÃE, MARIA, MULHER DE CLEOFAS, E MARIA MADALENA” (Jo 19,25).
        A única dificuldade, esta agora sem importância que pode fazer o protestante, é que Tiago Menor é filho de Alfeu, e sua mãe é apresentada como mulher de Cleofas.

        Temos que observar o seguinte: 1º – O texto original não diz: Mulher de Cleofas, mas diz simplesmente: “a irmã de sua Mãe, Maria, a do Cleofas” (Texto grego de Jo 19,25); podia chamar-se Maria, a do Cleofas, por causa do pai ou por outro motivo. 2º – Pode ser que o próprio Alfeu seja o mesmo Cleofas. É muito comum nas Escrituras (Bíblia) uma pessoa ser conhecida por dois nomes diversos: O sogro de Moisés é chamado Raguel (Ex 2, 18-21), e logo depois é chamado Jetro (Ex 3,1). No Novo Testamento, o mesmo Mateus é chamado Levi (Mt 9,9; Mc 2,14). O mesmo que é chamado José é chamado Barsabás (Atos 1,23).

        Seja Alfeu o mesmo Cleofas ou não, isto não importa. O fato é que, Maria de Cleofas é irmã de Maria, Mãe de Jesus, e é ao mesmo tempo mãe de Tiago e de José, que são chamados IRMÃOS do Senhor.

        JOSÉ era filho da irmã de Nossa Senhora, então, sobrinho de Nossa Senhora e primo de Jesus. De fato: “Entre elas se achavam Maria Madalena e Maria, Mãe de Tiago e de José” (Mt 27, 56; Mc 15,40).

        Descobrimos que esse José não é IRMÃO de JESUS, mas primo do Senhor. JUDAS era irmão de Tiago e de José, filhos da irmã de Nossa Senhora: “JUDAS, IRMÃO de TIAGO” (Lc 6,16). E também:“JUDAS, servo de Jesus Cristo e IRMÃO de TIAGO” (Judas 1).
        Judas escreve dizendo ser SERVO de Jesus Cristo e não IRMÃO.

        SIMÃO, pelo mesmo motivo, era irmão dos parentes.

        Queremos chamar a atenção do leitor para o seguinte: esses hereges que negam a virgindade perpétua de Maria Santíssima e dizem que IRMÃOS de Jesus, quer dizer FILHOS de MARIA, atribuem à Santíssima Virgem um RENQUE de filhos.

        Além de TIAGO, JOSÉ, JUDAS e SIMÃO, estão as IRMÃS de JESUS, sobre as quais São Mateus apresenta dizendo: “E suas irmãs não vivem elas TODAS entre nós?” (Mt 13, 56).

        Ora, para se dizer assim, TODAS, é preciso que sejam de três para cima. Além disso, TIAGO e JUDAS eram Apóstolos. Mas São João no seu Evangelho já fala de IRMÃOS que são hostis (provocantes, contrários) a Jesus e lhe dizem: “Sai daqui e vai para a Judéia, para que também teus discípulos vejam as obras que tu fazes” (Jo 7, 3).
        Ali, na Galiléia, o ambiente não estava de todo favorável ao Divino Mestre, porque “nem ainda seus IRMÃOS criam n’Ele” (Jo 7,5). É, portanto, mais outra “tropa” de irmãos a engrossar a fileira dos filhos de Maria… Se colocarmos na ponta da caneta, daria mais de QUINZE FILHOS e FILHAS (Tiago, José, Judas, Simão… as filhas – umas três – depois os “irmãos” hostis…).

        É bom notar que os “IRMÃOS de JESUS” nunca são chamados“FILHOS de MARIA”, mas somente Jesus: “FILHO de MARIA”(Mc 6,3).

        E, no entanto, o Evangelho, descrevendo a vida da família em Nazaré, relatando a ida de Jesus ao templo de Jerusalém, quando o Menino Deus já tinha doze anos (Lc 2,42), não faz a mínima referência a irmão nenhum que Jesus tivesse. Se Maria teve assim tantos filhos, nessa ocasião, já deveria ter no mínimo DEZ.

        Se por acaso, depois dessa peregrinação, Maria tivesse gerado outros filhos, o mais velho desses “irmãos de Jesus” teria então, no início da vida pública, cerca de DEZOITO anos: “Ao iniciar o ministério, Jesus tinha mais ou menos 30 anos” (Lc 3,23); ao passo que os outros seriam mais jovens ainda. Ora, o que os Evangelhos narram a respeito dos irmãos do Senhor, não permite que se atribua a estes, uma idade tão juvenil ou adolescente. Com efeito, a atitude autoritária ou tutelar dos “irmãos” para com Jesus, descrita em Marcos 3, 21: “E quando os seus, tomaram conhecimento disso, saíram para detê-lo, porque diziam: enlouqueceu” (Jo 7,2-5). No Oriente, não teria cabimento nem verossimilhança se esses irmãos fossem mais jovens; sim, a mentalidade judaica atribui aos irmãos mais moços um comportamento de reverência para com o primogênito, como se deduz, por exemplo, das palavras de Isaac a Jacó: “Sê o senhor dos teus irmãos, diante de ti se curvem os filhos de tua mãe!” (Gn 27,29).

        Os homens autoritários que se dirigem a Jesus em Mc 3,21 e Jo 7,2-5, deveriam ser mais velhos do que o Senhor; por conseguinte, não eram filhos de Maria: “… como é que vai ser isso, se eu não conheço homem algum?” (Lc 1,26-38).

        Em Jo 19, 26ss diz que na hora da morte, é a João Evangelista, filho de Zebedeu e de Salomé, que Jesus encarrega de ficar tomando conta de sua Mãe Santíssima: “Mulher, eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desta hora em diante o discípulo a recebeu em sua casa”.

        Se Maria tivesse tantos filhos e filhas, como se explica que ela tenha sido entregue aos cuidados de João e que este a tenha levado para sua casa?

        É inqualificável esta audácia, esta temeridade com que um protestante lê a Bíblia, assim tão às pressas, tão descuidadamente, e sai depois, sem o menor escrúpulo, a blasfemar daquilo que ignora.“Com efeito, há muitos insubmissos, e enganadores… pois estão pervertendo famílias inteiras…” (Tt 1,10-11).

        E é assim que se faz a interpretação protestante, uma interpretação superficial, que não aprofunda o sentido dos textos e que se ilude facilmente com as aparências.

        Está convencido agora? Pare de ensinar HERESIAS às pessoas.
        1) João era o discípulo amado.
        2) José já havia morrido.
        3) Os irmãos de Jesus não acreditavam n’Ele.
        4) Jesus era o filho mais velho e, portanto, o responsável pelo sustento da mãe.
        Por isso incumbiu João de cuidar dela como mãe.
        Simples até mesmo para quem não lê a Bíblia.

        Vamos ANALISAR item por item, porque os HEREGES costumam EMARANHAR tudo com a intenção de enganar.

        1) João era o discípulo amado. Está certo: “Aquele discípulo que Jesus amava disse então a Pedro…” (Jo 21, 7).

        2) José já havia morrido. Está certo. o senhor só acredita na Bíblia e a Bíblia não diz nada sobre a morte de José… Aprendeu isso com Santo Epifânio?“Voltando-se o Senhor, viu o discípulo a quem amava e lhe disse, a respeito de Maria: ‘Eis aí tua Mãe’; e então à Mãe: ‘Eis aí teu filho’. Ora, se Maria tivesse filhos, ou se seu esposo ainda estivesse vivo, por que o Senhor a confiaria a João, ou João a ela? Mas, e também por que não a confiou a Pedro, a André, a Mateus, a Bartolomeu? Fê-lo a João, por causa de sua virgindade” (Os últimos tempos da Virgem Maria, P.G. 42, 714ss).

        A Igreja Batista “mãe” começou a existir em 1611, e a sua Seita foi fundada em 1999… quem passou isso para vocês? Já pensou nisso?

        O Senhor disse: 3) Os irmãos de Jesus não acreditavam n’Ele. 4) Jesus era o filho mais velho e, portanto, o responsável pelo sustento da mãe. Por isso incumbiu João de cuidar dela como mãe. Simples, até mesmo para quem não lê a Bíblia.

        Está errado. A sua maneira de se expressar mostra o quanto o senhor é IGNORANTE. Nossa Senhora não teve OUTROS FILHOS nem FILHAS.

        Leia com atenção o que se segue acompanhando na SUA BÍBLIA.

        Você, católico, ficará abismado ao ver a malícia e a precipitação com que os protestantes, que se julgam doutores da Bíblia, interpretam as passagens sobre os IRMÃOS DE JESUS. Eles fazem o máximo de confusão para enganar as pessoas.

        Católico, sabemos que a Bíblia não somente designa com o nome de irmãos aqueles que são filhos do mesmo pai ou da mesma mãe, como eram Caim e Abel, Esaú e Jacó, São Tiago Maior e São João Evangelista (que eram filhos de Zebedeu), etc.; mas também aqueles que são parentes próximos, como tios e primos.

        A Bíblia está cheia destes exemplos.

        Abraão chama de irmão a Lot: “Que não haja discórdia entre mim e ti, entre meus pastores e os teus, POIS SOMOS IRMÃOS”(Gn 13,8). – Gênesis 12,5, fala claro que Lot era apenas SOBRINHO de Abraão: “Abraão tomou sua mulher Sara, seu sobrinho Lot…” Em Gênesis 29,12-15, Jacó se declara IRMÃO de Labão, quando na verdade, era filho de Rebeca, irmã de Labão. Este confirma o apelativo, embora se tratasse de tio e sobrinho.

        No Antigo Testamento são muitas passagens semelhantes às que já foram citadas: conferir: Gênesis 14,14-16; 31,23; 1 Crônicas 15,5; 23,21-23; 2 Crônicas 36,10; 2 Reis 10,13; Juízes 9,3; 1 Samuel 20,29, etc.

        No Novo Testamento, principalmente nas Cartas Paulinas, São Paulo usa a expressão “IRMÃOS” para com os seguidores de Cristo.

        Em Romanos 1,13 diz: “E não escondo, IRMÃOS, que muitas vezes me propus ir ter convosco”.
        Em 1 Coríntios 14,26 diz: “Que fazer, pois, IRMÃOS?”

        • Enoch, a questão é que vc tendo Tiago como “apóstolo” vc erro colocando-o obrigatoriamente entre os 12 discípulos de Jesus. Por exemplo, Barnabé e Paulo (Atos 14:14) são colocados como apóstolos, e também Andrônico e Júnias são colocados como apóstolos (Romanos 16:7).

          Seguindo sua lógica, Barnabé também teria que estar entre os 12, obviamente não está. Tiago Menor não é o mesmo que o Tiago irmão de Jesus.

          O Tiago Menor também não poderia ter sido o irmão de Jesus, porque ele era primo (anepsios) dele, e não irmão (adelphos), como diz Paulo (Gl.1:19). Logo, o irmão de Jesus era um terceiro Tiago, filho de José e Maria.

          • é fácil Jeann, é só provar na biblia que esse Tiago não era o apóstolo Tiago menor…

            a biblia fala em 2 Tiagos que eram apóstolos.

            São Paulo fala de um Tiago, irmão de xessus indicando-o como Apóstolo.

            a alegação romana está em alinho com a biblia.

            mas vc contexta isso.

            prove na biblia, como fazem os ramanos ora bolas.

          • nosferatu, já expliquei ali embaixo em outro comentário mais detalhadamente… resumindo:

            1- Paulo chamar Tiago irmão de Jesus de apóstolo não o coloca entre os 12, caso contrário Barnabé também estaria entre eles. Ou prove vc que Barnabé sendo chamado de apóstolo está entre os 12 também.

            2- Eusébio de Cesaréia, historiador católico coloca Tiago O Justo como filho de José e portanto também como irmão de Jesus e não primo dele.

            3- Sendo este Tiago O Justo filho de José não poderia ser filho de Alfeu tampouco de Cleopas.

            4- Neste site católico (newadvent.org/fathers/0524.htm) Hipólito também cita Tiago, o irmão do Senhor como bispo de Jerusalém. Este ainda sendo um dos 70 discípulos, ALÉM dos 12 apóstolos (além dos 2 outros Tiagos).

            A tradição católica PRIMITIVA sim está de acordo com a bíblia, fazendo distinção entre Tiago O Justo (filho de José) e Tiago Menor (filho de Alfeu), diferentemente da tradição católica de HOJE.

            Abaixo em outro comentário está explicado mais detalhadamente.

          • Jeann, já te desmenti em um comentário abaixo mais detalhadamente, mas resumindo:

            1 – no seu livrinho de fábulas, só Barnabé e Paulo são chamados de Apóstolos além dos 12 chamados por Cristo (e claro, o que substituiu Judas). sendo que nesse livro de fábulas, os apóstolos ou foram nomeados por xessus ou chamados diretamente pelo inspiritusantu, como foi o caso de Paulo e Barnabé (preciso citar os versículos? kkkk) PORTANTO, que quando a biblia refere-se a APÓSTOLOS, são APÓSTOLOS MESMO… kkkkkk

            2- Eusébio de Cesaréia, historiador católico coloca Tiago O Justo como filho de José e portanto também como irmão de Jesus e não primo dele … MAS O COLOCA APENAS COMO FILHO DE JOSÉ E NÃO DE MARIA, contrariando toda a lógica biblica que refere também o nome da mãe, sendo que tal historiador seguia a crença de que José já tinha filhos antes de Maria em um outro casamento, ou vc não estudou a obra de Eusébio?.

            3- Sendo este Tiago O Justo filho de José não poderia ser filho de Alfeu tampouco de Cleopas, vez que Tiago o Justo era filho de José em outro casamento e não de José e Maria.

            4- estamos mesmo falando em sites católicos? kkkk

            mas vc diz o seguinte:

            “A tradição católica PRIMITIVA sim está de acordo com a bíblia, fazendo distinção entre Tiago O Justo (filho de José) e Tiago Menor (filho de Alfeu), diferentemente da tradição católica de HOJE.”

            de onde tirou isso? a tradição primitiva não faz essa distinção, a tradição primitiva parte da crença de que José era casado e com filhos antes de Maria e que os outros irmãos de xessus eram filhos de josé com outra mulher.

            Abaixo em outro comentário está explicado mais detalhadamente. hehehehehehehehehehe

      • Para ser totalmente justo com os protestantes, irei utilizar os critérios que são habitualmente e insistentemente defendidos por eles.
        Aliás, trata-se de apenas um único critério.
        E qual seria este critério?
        O critério “Sola Scriptura” de Lutero que em outras palavras significa “Só a Bíblia”.
        Como se sabe, os protestantes rejeitam a tradição apostólica e o magistério da Igreja. Pois bem, vamos ver se algum protestante pode responder a questão abaixo a partir da “Sola Scriptura”:
        Para tentar responder a qualquer destas perguntas acima o protestante terá que sair da Bíblia necessariamente.
        Terá que dizer que leu, ouviu, pesquisou, etc…
        Mas o fato concreto é que terá que sair da Bíblia e inventar visões e revelações dos seus “ungidos”.
        E finalmente, quem funda uma nova denominação é porque achou que alguém ou alguns estão errados.
        E quem troca de denominação é porque não tem certeza de nada ou apenas tem certeza de que outros estão errados e ele talvez seja o único certo.
        Nem ele sabe de si próprio.
        Quais são as únicas certezas do protestantismo, além do relativismo presente em todas as seitas e em todos os crentes?
        Todos são contra o catolicismo, o catolicismo está 100% errado e todos os protestantes estão certos, ainda que todos sejam divergentes entre si.
        Assim, curiosamente e na visão distorcida do protestante, estariam certos ao mesmo tempo o defensor do divórcio e quem lhe faz oposição.
        Estariam certos ao mesmo tempo quem batiza e quem não batiza.
        É como se DEUS tivesse vontades diversas. Ao invés de um DEUS sim ou não, o protestantismo criou um DEUS tanto faz.
        Tanto faz?
        Tanto faz não.
        Serve qualquer doutrina de qualquer seita protestante, mas não serve Igreja Católica.
        E não é só isso.
        O protestante que grita “Só a Bíblia” também não consegue responder:
        Onde está na Bíblia que os “irmãos” de Jesus eram filhos carnais de Maria e José?
        O protestante tudo que menos faz é sustentar suas teses pela Bíblia.

        Jesus é primo de Tiago e posso provar isso.
        “As pessoas estão tão acostumadas em ouvir mentira, que sinceridade demais, faz com que as pessoas pareçam arrogantes”.
        Alguns trechos da Bíblia mencionam os supostos ‘irmãos’ de Jesus. “Não é este o filho do carpinteiro? Não é Maria sua mãe? Não são seus irmãos Tiago, José Simão e Judas?” (Mt 13, 55)
        As respostas estão contidas na própria Escritura. Quanto aos dois Tiagos mencionados nas listas dos apóstolos, são apelidados de Maior e Menor. Tiago Maior é filho de Zebedeu, irmão de São João; portanto, não é este que é irmão de Jesus. Tiago Menor, por sua vez, é o filho de Alfeu. As várias listas dos Apóstolos trazem esses dois Tiagos.
        No Evangelho de Mateus, vê-se: “estes são os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e depois André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu e seu irmão João; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu, Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, que foi o traidor de Jesus.” (cf. 10, 2-4)
        No Evangelho de Marcos, igualmente: “eram: Simão (a quem deu o nome de Pedro). Tiago, o filho de zebedeu, e João, seu irmão (aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer ‘filhos do trovão’); e ainda André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu.” (cf. 3, 16-19)
        E, finalmente, no Evangelho de Lucas, “ao amanhecer, chamou os discípulos e escolheu doze entre eles, aos quais deu o nome de apóstolos: Simão, a quem chamou Pedro, e seu irmão André; Tiago e João, Filipe e Bartolomeu; Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado zelote; Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, que se tornou o traidor.” (6, 13-16)
        Portanto, o “Tiago, irmão do Senhor”, não é filho de José. Alguém poderia alegar que ele é filho somente de Maria, que se casou com outro homem após a morte de José. Porém, nos trechos referentes às mulheres que estavam aos pés da Cruz do Senhor, temos a mãe de Tiago, que é claramente outra pessoa que não a mãe de Jesus:
        No Evangelho de Mateus: “grande número de mulheres estava ali, observando de longe. Elas haviam acompanhado Jesus desde a Galiléia, prestando-lhe serviços. Entre elas estavam Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago e de José e a mãe dos filhos de Zebedeu.” (27, 55-56)
        No de Marcos, “estavam ali também algumas mulheres olhando de longe; entre elas Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago Menor e de Joset, e Salomé. Quando ele estava na Galiléia, estas o seguiam e lhe prestavam serviços. Estavam ali também muitas outras mulheres que com ele tinham subido a Jerusalém.” (15, 40-41)
        Os Evangelhos atestam que havia uma Maria que era mãe de Tiago Menor e de José, mas esta Maria não era a mãe de Jesus. Então, quem era ela? Poderiam os chamados “irmãos” de Jesus serem, na verdade, “primos” dele? É o que se vê no Evangelho de São João, “junto à cruz de Jesus, estavam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena.” (19, 25)
        São João expõe de forma clara que havia, aos pés da cruz, uma irmã de Maria Santíssima, ou seja, uma tia de Jesus. O estranho é que diz que essa Maria é esposa de Cléofas, quando anteriormente, se havia dito ser esposa de Alfeu. Como isso ocorre? Conjecturando, é possível que Cléofas e Alfeu fossem a mesma pessoa, com um nome grego e outro judaico. Ou ainda, que essa Maria, tia de Jesus, casou-se duas vezes, uma com Alfeu, concebendo Tiago e outra com Cléofas, com quem teve outros filhos.
        Até aqui, tem-se claramente que “Tiago, irmão do Senhor”, tinha outro pai e outra mãe. E que esta mãe era, na verdade, tia de Jesus. Na linguagem bíblica temos que irmão, na verdade, significa “primo”, ou seja, significa qualquer parentesco masculino que tenha uma ligação de sangue. É a linguagem semítica, como se vê também no Antigo Testamento. Abraão era chamado irmão de Lot, contudo, ao verificar-se a genealogia dele percebe-se que Lot era seu sobrinho, filho de seu irmão.
        Assim, o que se tem é uma comprovação de como os textos bíblicos estão em perfeita harmonia com a Tradição Católica. É dela que deriva a fé na Virgindade Perpétua de Maria e, consequentemente, no fato de que não existiram os supostos “irmãos de Jesus”.
        Sugiro que os pastores a partir dessa prova preguem em suas igrejas a verdade: Jesus não teve irmãos biológicos.
        “De tanto se repetir uma mentira, ela acaba se transformando em verdade” (Joseph Goebbels), por isso acredito que para muitos, mesmo com fundamentação bíblica, preferem dizer que Jesus teve irmãos.
        Não sigamos o conselho de Lutero: “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da igreja.” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).

        • ENOC,

          Entendi, irmão;

          Espere aí, irmão, mas não é a biblia que diz ser joão batista primo de jesus?

          A bíblia não é um livro enrolado e nem de enrolações;

          O sentido de irmãos é carnal, espiritual, religioso, por sermos do mesmo tronco, adão.

          Meu irmão, se maria tivesse tido apenas um filho, a bíblia teria falado do filho unigênito dela, assim como a bíblia o faz entre Deus e Cristo, pois disse que era o filho unigênito de Deusç

          Deixem de criancisses derivadas das tolices do império e que seus padres passaram de geração em geração,

          Heresias tem limite, besteirol tambem.

          • Enoch.

            A única seita que não entendeu o evangelho de Cristo foi a criada por um imperador chamado constantino.

            Não entendeu, tanto é que cobra dinheiro pra conduzir bandido pro céu, quando Cristo deixou bem claro que era somente por intermédio Dele e seu evangelho;

          • Levy, sejamos justos:

            a seita romana cobrou os terreninhos no céu e hj muitas seitas protestantes também entraram neste mega negócio imobiliário.

            a seita romana, como não é boba nem nada, ao ver que a venda estava chamando atenção para o descalabro, fechou esta porta…

            mas as seitas protestantes estão ai aos montes vendendo terrenos e bençãos de todo tipo…

            temos que ser justos Levy, se vai falar da prostituta, tem que apontar o dedo para as filhas e netas também.

            lembrando ainda que certa forma Enoch tem certa razão, já que seu livro de fábulas fez muitas “jogadinhas” com termos como primo/irmãos o que acabou gerando duvidas gigantescas nos seguidores de xessus.

            mas um ponto interessante é observar que esse livro indica irmãos de xessus, indica filho de josé, mas não indica nenhum filho de maria a não ser xessus.

            veja Levy, não estou defendendo a tese da seita romana, estou apontando somente para a lógica.

            mas entenda como quiser, já que tudo que vai contra sua interpretação pessoa desse livro ROMANO, te ofende

          • nostafora,

            a bíblia não disse que eram filhos de maria, pois sempre referiu-se ao pai, nunca à mãe.

            a maioria das citações é o pai do personagem, bastando vê os discípulos de cristo,

            tenho pena de você.muito fraquinho mesmo.

          • “pois sempre referiu-se ao pai e NUNCA A MÃE”!!!

            kkkkkkk

            tá precisando voltar a ler seu livrinho de fábulas Levy kkkkk

            “Mt 13,55-56 e Mc 6,3 igualmente dizem:

            “Este não é o carpinteiro, O FILHO DE MARIA, o irmão de Tiago, José, Judas e Simão? E suas irmãs não estão entre nós?”

            onde está ai a referencia ao pai e não a mãe? creio que não preciso te dizer quem é Tiago, José e Judas descritos na biblia… espero que não.

            Temos também:

            Mt 27: “Entre elas estavam Maria Madalena e Maria, A MÃE DE Tiago.””

            Bem, se vc não sabia Levy, Maria Madalena tinha uma prima chamada Maria, e olha ai o irmão de xessus, chamado Tiago, creio que o Tiago Menor, pois o outro Tiago era filho de Salomé,…

            mas, de qualquer maneira, temos ai mais um exemplo de uma mãe citada no lugar do pai…

            Temos também em Lucas: “As que contaram estas coisas aos apóstolos foram Maria Madalena, Joana e Maria, mãe de Tiago, e as outras que estavam com elas”.

            Tenho pena de vc… kkkk

            muito fraquinho mesmo kkk

          • LIVRO da geração de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão.
            2 Abraão gerou a Isaque; e Isaque gerou a Jacó; e Jacó gerou a Judá e a seus irmãos;
            3 E Judá gerou, de Tamar, a Perez e a Zerá; e Perez gerou a Esrom; e Esrom gerou a Arão;
            4 E Arão gerou a Aminadabe; e Aminadabe gerou a Naassom; e Naassom gerou a Salmom;
            5 E Salmom gerou, de Raabe, a Boaz; e Boaz gerou de Rute a Obede; e Obede gerou a Jessé;
            6 E Jessé gerou ao rei Davi; e o rei Davi gerou a Salomão da que foi mulher de Urias.
            7 E Salomão gerou a Roboão; e Roboão gerou a Abias; e Abias gerou a Asa;
            8 E Asa gerou a Josafá; e Josafá gerou a Jorão; e Jorão gerou a Uzias;
            9 E Uzias gerou a Jotão; e Jotão gerou a Acaz; e Acaz gerou a Ezequias;
            10 E Ezequias gerou a Manassés; e Manassés gerou a Amom; e Amom gerou a Josias;
            11 E Josias gerou a Jeconias e a seus irmãos na deportação para Babilônia.
            12 E, depois da deportação para a Babilônia, Jeconias gerou a Salatiel; e Salatiel gerou a Zorobabel;
            13 E Zorobabel gerou a Abiúde; e Abiúde gerou a Eliaquim; e Eliaquim gerou a Azor;
            14 E Azor gerou a Sadoque; e Sadoque gerou a Aquim; e Aquim gerou a Eliúde;
            15 E Eliúde gerou a Eleázar; e Eleázar gerou a Matã; e Matã gerou a Jacó;
            16 E Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu JESUS, que se chama o Cristo.

          • Diga o nome da máe de cada um dos discípulos e aproveite e faça o mesmo com o nome da mãe cada vez que contiver a ascendência paterna.

          • continua fraquinho Levy kkk

            vc fez uma afirmação facilmente desmentida kkkk

            Levy, vc disse:

            “a bíblia não disse que eram filhos de maria, pois sempre referiu-se ao pai, nunca à mãe. ”

            Bem, te mostrei que há sim na biblia exemplos em que a biblia refere-se a mãe e não ao pai.

            a biblia NÃO FAZ nenhuma referência a nenhum filho de MARIA, com exceção do próprio xessus.

            ora Levy, aceite que falou besteiras e acabamos com o assunto kkkk

        • Respondendo e comentando…
          (nem todos os protestantes conforme você comenta pensam igual o que você descreveu)
          Jesus não teve apenas irmãos, mas também irmãs (Marcos 6:3). Os nomes de Seus irmãos são conhecidos (Tiago, José, Judas e Simão [Mat. 13:55]), mas não os nomes das irmãs. Uma vez que a palavra “irmão” é algumas vezes usada nas Escrituras para designar uma pessoa não necessariamente nascida do mesmo pai e mãe, surgem perguntas sobre os “irmãos” e “irmãs” de Jesus.
          Na tradição católico-romana, há a necessidade de esclarecimento quanto a isso, devido à crença na perpetuidade da virgindade de Maria. Para nós, essa pergunta tem conotação histórica, mas não teológica. Essa controvérsia remonta à metade do segundo século e ainda não foi resolvida a contento; a evidência bíblica permite interpretações diferentes.
          1. Filhos de José e Maria. – Alguns consideram este o ensino do Novo Testamento. Jesus é chamado o primogênito de Maria (Luc. 2:7); se foi o primogênito é porque teve mais irmãos, porque senão seria o unigênito de Maria. E somos informados de que José conheceu Maria, isto é, teve relação sexual com ela, após o nascimento de Jesus (Mat. 1:25). Portanto, a conclusão mais lógica seria de que a expressão “irmãos de Jesus” se refere aos filhos de José e Maria. Além disso, não existe uma menção clara nos Evangelhos de que José era viúvo antes de se casar com Maria, ou de que tivesse filhos de um casamento anterior.
          2. Primos de Jesus. Esta interpretação baseia-se no argumento de que a palavra “irmão” podia algumas vezes designar um parente chegado, um primo. Entre outras coisas, essa teoria ensina que a mãe de Tiago e José não era a mãe de Jesus, mas a irmã dela, Maria, a esposa de Cléopas (João 19:25). Seu irmão Tiago é o mesmo chamado filho de Alfeu e Cléopas (Marcos 3:18). Esta idéia considera os “irmãos de Jesus” como Seus primos. Mas o elevado grau de especulação dessa teoria e o fato de que dificilmente haveria uma evidência para o uso de “irmão” com o significado de “primo”, descartam essa hipótese.
          3. Meio-irmãos. Muitos argumentos apóiam e desapoiam essa idéia.
          Primeiro, em lugar algum no Novo Testamento os “irmãos de Jesus” são explicitamente chamados “filhos de Maria”. A passagem que mais se aproxima dessa idéia é Mateus 13:55: “Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama Sua mãe Maria, e Seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas? Mas Jesus é o único chamado especificamente filho de Maria. Alguém poderia argumentar que o texto diz implicitamente que Maria era a mãe apenas de Jesus, não de Seus irmãos mencionados na passagem.
          Segundo, a palavra “irmão”, é usada na literatura grega para se referir a um meio-irmão; assim, o termo em si mesmo não é conclusivo para responder à pergunta.
          Terceiro, a palavra “primogênito”, não infere que Maria tivesse outros filhos (aliás, sugere). Ela é usada em Lucas 2:7 para preparar o caminho para a dedicação de Jesus ao Senhor como primogênito (verso 23). Uma antiga inscrição egípcia menciona uma mulher que morreu ao dar à luz seu “primogênito”. Por ela poderia se concluir que Maria tinha outros filhos, mas isto é literatura egípcia e não hebraica.
          Quarto, o fato de que José não teve relações sexuais com Maria a não ser após ela ter dado à luz a Jesus (Mat. 1:25), não quer dizer necessariamente que ela teve outros filhos. O propósito da informação de Mateus foi enfatizar que Maria era ainda virgem quando do nascimento de Jesus. O que também já sugere que após Jesus ter nascido ela passou a ter uma vida sexual ativa. Analisando o contexto histórico deles, dificilmente alguém teria uma vida sexual ativa e ao mesmo tempo um estilo de vida contraceptivo.
          Quinto, o fato de que os “irmãos” de Jesus tentaram várias vezes controlá-lo, sugere a possibilidade de que eles eram mais velhos tinham autoridade sobre os mais novos. Mas o fato de eles estarem acompanhado Maria quando ela procurou a Jesus (Mateus 12:47-50) sugere que eles fossem filhos de Maria. Pode ser que alguns fossem e outros não.
          Finalmente, o fato de Jesus, durante Sua crucifixão, ter confiado Sua mãe aos cuidados de João pode denotar duas coisas diferentes: a) Que os “irmãos” de Jesus não eram filhos de Maria; caso contrário, eles teriam assumido essa responsabilidade automaticamente, o que dispensaria o pedido de Jesus a João, que não queria deixar sua mãe sem um filho para cuidar dela; b) Que Jesus preferiu que João e não os irmãos mais novos cuidassem de Maria; como eles, automaticamente cuidariam dela, foi preciso que Jesus, o primogênito, quem ditava as regras, deixasse as coisas definidas, então, por isto ele fez o pedido a João.
          Embora esse assunto esteja ainda em debate, parece que a melhor solução pode ser a primeira ou a última: Jesus tinha irmãos, mas pode ser que fossem filhos de José e Maria, ou pode ser que os irmãos de Jesus eram Seus meio-irmãos. Mas esta última opção deixaria uma complicada pergunta, muito óbvia: Por que o Senhor fechou a madre de Maria? Esta é uma pergunta teológica, e é bom notar que Bíblia não responde a essa questão. Alguns sugerem que talvez Deus quisesse preservar a singularidade da experiência de Maria como mãe do Salvador, mas isto seria cobrir uma conjectura com outra conjectura.
          O que sabemos é: Jesus era primogênito; Jesus conviveu com José e Maria; Jesus era, biologicamente, filho apenas de Maria. Mas Jesus foi chamado de filho de José e de Maria; Jesus teve irmãos e irmãs; os irmãos de Jesus conviveram com Maria.

          Mas para finalizar o meu comentario…não estamos preocupados em pregar o evangélio de Maria (tenho mesmo sem conhecer a certeza que não existe) mas sim o Evangélio de JESUS. Maria, apóstolos, pais da igreja, bispo, padre, madre, missionarios, pastores, presbíteros, diáconos, rabinos, etc… Não Salva !
          JESUS esse sim Salva ! Até onde eu sei desde o antigo testamento até o final do novo testamento o Rei da Glória é Jesus e não outro nome.

        • Eusébio de Cesaréia, tido pela ICAR como um de seus principais historiadores menciona em sua História Eclesiástica Judas sendo irmão de Jesus SEGUNDO A CARNE, o qual foi levado a presença do césar Domiciano por pertencer a família de Cristo.

          Livro III, XIX [De como Domiciano ordena a morte aos descendentes de Davi]
          1. O próprio Domiciano deu ordem de executar os membros da família de Davi, e uma antiga tradição diz que alguns hereges acusaram os descendentes de Judas – que era irmão do Salvador SEGUNDO A CARNE —, com o pretexto de que eram da família de Davi e parentes do próprio Cristo[213]. Isto é o que declara Hegesipo quando diz textualmente:

          Livro III, XX [Dos parentes de nosso Salvador]
          1. “Da família do Senhor viviam ainda os netos[214] de Judas, seu irmão SEGUNDO A CARNE[215], aos quais delataram por serem da família de Davi. O evocatus[216] conduziu-os à presença do césar Domiciano, porque este, assim como Herodes, temia a vinda de Cristo.

          • Jeann, me ajude a entender essa hipocrisia!

            Os escritos de eusébio tem validade em tudo, ou somente na parte que em determinada interpretação sem estudo ajuda na sua exagese?

            é, porque o livro que vc citou, valida em quase 100% a seita romana.

            ele tem ou não validade?

          • Jeann, seria interessante se ao invés de, apenas citar pedaços de textos de livros históricos, vc esclarecesse aos leitores que Eusébio considerava o fato de que José teve outros filhos antes de se casar com Maria…

          • nosferatu, não sou contra denominação religiosa, seja católica ou protestante. Primeiro porque a Igreja de Cristo não é feita de tijolos mas de pedras vivas, não de denominações ou CNPJs, mas de pessoas. Acredito que há cristãos de verdade seja em igreja protestante como na católica.

            Apenas sou contra dogmas infundados (sem fundamento), como a impossibilidade de Jesus ter irmãos (filhos de Maria), assunção de Maria, Maria imaculada ou sempre virgem, sim… e também outros como a “teologia” da prosperidade, invocação de espíritos (santos), etc…

            Sobre achar que as obras de Eusébio de Cesaréia validam em “quase” 100% a ICAR gostaria de saber qual parte que vc leu ? Ou pulasse algumas partes ? Por exemplo:

            Livro II, I, 2. Onde Tiago O Justo é descrito como irmão do Senhor, por ele ser filho de José, pois José era tido por pai de Jesus.

            Livro III, XXX, 1-2. Onde fala que Pedro e Filipe criaram filhos e ainda a esposa de Pedro sofreu o martírio.

            Livro VII, XVIII, 3-4. Onde Eusébio menciona a reprodução de imagens de Cristo e dos apóstolos como costume pagão, pois tinham costume de honrá-los deste modo “segundo o uso PAGÃO vigente entre eles”.

            Livro III, XX, 1-9. Já citei parte do capítulo “Dos parentes de nosso Salvador”, no entanto sugiro leres na íntegra este e os acima citados.

            Já visse por um acaso algum cristão orando a uma imagem ou a uma pessoa que já morreu ? Não, pois não há nenhum cristão na bíblia que tenha feito isso. Primeiro porque estes tidos por “santos” não são onipresentes, se eu e vc orarmos ao mesmo tempo, o santo não poderá “ouvir”. Segundo, o processo de canonização não tem fundamento bíblico, ir as missas ou realizar milagres em nome de Jesus não salva ninguém. Em suma, podes estar orando a alguém que está no inferno.

            Enfim, sou apenas contra essas doutrinas sem fundamento bíblico.

          • nosferatu, sobre José ter sido viúvo antes de casar com Maria, isto é uma tradição da Igreja Ortodoxa, baseado em livros apócrifos. Onde sugere que Tiago, José, Simão e Judas são filhos de José de outro casamento, porém esta tese não tem nenhuma referência bíblica.

            Eusébio menciona Judas e Tiago sendo irmãos de sangue de Cristo, e menciona José como pai de Tiago, no entanto não menciona nada a respeito de Maria.

            A bíblia fala que José não teve relações com Maria até Jesus nascer, mas isto não quer dizer que Maria tornou-se celibatária, ou ainda rompeu o noivado. Isto também não tem referência bíblia, são apenas teses e não devem ser tidos como dogmas, bem como os anteriormente citados.

            Abraço, que Deus de abençoe

          • rapaz.. eu li a obra completa meu rapaz…

            e ela em quase sua totalidade valida a seita romana como igreja que seguiu-se a igreja primitiva, inclusive falando na sucessão sacerdotal “apostólica”..

            a leitura e ESTUDO de tal obra meu caro Jeann, sem pinçar trechos sem contexto, leva qualquer leitor a ver que segundo Eusébio, a Igreja primitiva evoluiu, tornando-se a seita romana..

            EU GOSTARIA mesmo de saber se vc só leu esses pequenos trechos das obras jeann, pois ao que vejo, grande maioria dos Cristãos em geral, inclusive os próprio católicos só leem os pedaços que os interessa.

            vejo que vc só leu esses pequenos trechos, pois se realmente lesse toda obra, saberia bem do que estou falando…

            vejo até que vc fala de “dogmas infundados”. kkkk

            não há dogmas infundados nas religiões cristãs Jeann, todas as seitas cristãs tem fundamento biblico para seus dogmas, FUNDADOS claro, em cada uma das milhares de interpretações diferentes e divergentes umas das outras.

            inclusive tenho certeza de que uma ou outra seita diz que a seita que vc frequenta tem dogmas infundados..

            mas se vc realmente se interessar em ler mais sobre Eusébio, que é um escritor histórico, faz parte do estudo de quem cursou história e se aprofundou no assunto, indico que leia:

            1. A Vida de Pânfilo.
            2. Um antigo Martirológio.
            3. Dos Mártires da Palestina
            4. A Crônica.
            5. História Eclesiástica [10 livros].
            6. Vida de Constantino (4 livros).
            7. Contra Hierácles.
            8. Contra Porfírio.
            9. Preparatio Evangelica (15 livros).
            10. Demonstratio Evangelica.
            11. Preparatio Ecclesiastica.
            12. Demonstratio Ecclesiastica.
            13. Objeções e Defesas (2 livros).
            14. A Teofania.
            15. Da Genealogia dos Antigos.
            16. Quinze cópias da Bíblia (Eusébio narra na “Vida de Constantino” (4,36,37) como foi comissionado pelo imperador a preparar quinze cópias da Bíblia para uso das igrejas de Constantinopla).
            17. Sessões e Cânones.
            18. Uma edição da Septuaginta
            19. Um comentário bíblico formado por:
            a) Interpretação etimológica dos vocábulos hebraicos nas Escrituras.
            b) Cronografia dos Patriarcas da Judéia.
            c) Uma planta de Jerusalém e do Templo.
            d) Informações sobre os nomes e lugares nas Escrituras.
            20. Nomenclatura sobre os Nomes dos Livros dos Profetas.
            21. Comentários sobre os Salmos.
            22. Comentário sobre Isaías.
            23 a 28. Comentários sobre os diversos livros das Escrituras (perdidos)
            29. Comentário sobre São Lucas (perdido).
            30. Comentário sobre 1Coríntios (perdido).
            31. Comentário sobre Hebreus (perdido).
            32. Das Discrepâncias nos Evangelhos (2 livros).
            33. Introdução à Teologia (perdido).
            34. Apologia de Orígenes.
            35. Contra Marcelo, bispo de Ancira.
            36. Da Teologia da Igreja (restam apenas fragmentos).
            37. Sobre a Festa da Páscoa (perdido).
            38. Contra os Maniqueus (perdido).
            39. Dedicação à Igreja de Tiro.
            40. Carta a Constantino.
            41. Da Sepultura do Salvador.
            42. De Laudibus Constantini.
            43. Oração dos Mártires.
            44. Três Cartas:
            a) a Alexandre de Alexandria.
            b) a Eufrásio.
            c) à Imperatriz Constância.
            45. À Igreja de Cesaréia.

            claro que não li todos, mas os que li, estudei mais afundo…

            espero que vc faça o mesmo antes de vomitar besteiras aos leitores.

            vc, não respondeu se a obra que vc citou tem validade mesmo ou se só tem valor os pequenos trechos que vc pinçou.. é.. porque se vc me disser que tem valor, posso trazer alguns trechos interessantes para vc aprender um pouco mais kkkk

          • e me esqueci de comentar…

            a lógica do assunto Jeann.

            veja que Eusébio sucedeu um outro bispo em cesaréia, inclusive ele participou de concílios da igreja..

            depois ele teve seu sucessor, também descrito em obras históricas e esse sucessor teve sucessores.

            o que nos leva a seita Romana.. a IGREJA PRIMITIVA tornou-se a seita romana SEGUNDO O ESTUDO DOS LIVROS HISTÓRICOS..

            ou seja, a igreja primitiva, corrompeu-se ao poder do império Romano.

            a igreja fundada por xessus, que NUNCA DEIXARIA O MAL PREVALECER, se corrompeu menos de 300 anos depois da fundação, vindo o protestantismo a salvar o cristianismo mais de 1000 anos depois, ou seja, xessus deixou mundo nas trevas por mais de 1000 anos, até levantar os reformadores para trazer de volta a luz… e que luz estranha, já que existem centenas e centenas de “verdades” evangélicas difernetes e divergentes umas das outras.

            veja Jeann, não estou defendendo a seita romana, só estou trazendo a tona a lógica…

          • nosferatu, eu não pinçei textos, eu li grande parte dos livros da História Eclesiástica de Eusébio, vc alega que citei-o sem contexto mas eu os li e só não coloquei na íntegra aqui pq o comentário se tornaria longo demais. Leia os capítulos citados acima se preferir os livros II e III inteiros e estude novamente.

            Veja por vc mesmo se ele Eusébio não refere-se a Tiago O Justo, como filho de José, e irmão de Jesus; bem como a Judas como irmão de Jesus SEGUNDO A CARNE.

            Se coloquei algo incoerente poderias muito bem ter colocado o contexto “serto”. Os católicos geralmente argumentam que “irmão” em hebraico PODERIA ser primo ou no sentido espiritual. Irias interpretar um “irmão segundo a carne” como um primo ou em sentido espiritual também ou quem sabe Eusébio usou os termos “pai” e “segundo a carne” em outro sentido ?

            nosferatu: “inclusive tenho certeza de que uma ou outra seita diz que a seita que vc frequenta tem dogmas infundados”

            Claro, não somos infalíveis, nem pastor/papa algum é infalível, estamos sujeitos a erros e tem coisas sim que também não concordo 100%. Não quer dizer que frequentando uma denominação devo baixar a cabeça e aceitar tudo… façamos que nem os bereanos, vejamos nas escrituras se de fato é assim.

            Sobre a validade da obra de Eusébio, tenho ela em mesmo nível que qualquer livro apócrifo, pode ser lido como livro eclesiástico ou histórico mas não para fundamentar doutrina.

            nosferatu: “não há dogmas infundados nas religiões cristãs Jeann, todas as seitas cristãs tem fundamento biblico para seus dogmas, FUNDADOS claro”

            Não há nenhum cristão na bíblia orando a uma imagem ou orando a alguém que já morreu (invocação de espíritos), esta doutrina por exemplo não vem da bíblia mas de influência pagã. Da mesma forma a mitra usada pelo papa, provém de seu costume no mitraísmo. Ou poderias me mostrar na bíblia onde Maria fez um voto de castidade ou onde ela rompeu o compromisso com José ? Simples, BIBLICAMENTE não podemos afirmar que ela permaneceu virgem, não tem fundamento bíblico.

            Sucessão episcopal é óbvio que houve, a história relata em inúmeras obras, mas até o cisma eram igreja IRMÃS e não igrejas “FILHAS”, até o cisma não havia um patamar autoritativo de superioridade. Inclusive Pedro não fundou uma, mas sim duas igrejas, de Antioquia e porteriormente a Romana.

            Só pra esclarecer a vc, acho que não entendesse, a Igreja que Cristo fundou não é uma denominação, seja católica ou protestante. Esta Igreja é feita de pessoas e não de tijolos com CNPJ, de “pedras vivas” conforme expresso nas cartas de Pedro, contra ESTA Igreja que o mal não prevalecerá. Nenhuma delas são “infalíveis” e estamos sujeitos a erros doutrinários, da mesma forma que alguns cristãos na bíblia achavam que ainda precisavam circuncidar-se na carne.

            Desculpa nosferatu, vc me acusa de vomitar besteiras, mas até agora não contra-argumentou em nada e sequer deu o seu contexto “serto” em nenhum dos pontos.

            Abraço, que Deus te abençoe

          • Jeann, quem realmente estudou os livros historicos e as obras de Eusébio não diz o que vc disse. é evidente que vc só leu os textos que pstou kkkk

            é hilário ver vcs se deleitarem em textos pinçados e se perderem no restante da obra e todo seu context..

            Quanto a discussão sobre “primos/irmãos”, nem eu e muito menos vc pode fazer alguma afirmação, afinal, o debate existe até entre os maiores conhecedores das linguas antigas… vc pode citar vários autores que defendem uma tese e eu cito outros que defendem historicamente outra tese.

            Bem, quanto a íntegra das citações de Eusébio, posso aqui afirmar que vc não colocou pois elas, se dentro do devido contexto, simplesmente apoiam as doutrinas da seita romana, e levam o leitor a perceber que a seita romana é a evolução do cristianismo primitivo, até porque, como eu disse antes, Eusébio é um dos sacerdotes católicos.

            Mas o que achei mais hilário, foi vc me dizer que Euzébio se refere a Tiago o Justo como irmão pela carne de xessus kkkk

            ora, mas quem está falando a verdade então? Eusébio que diz que Tiago o Justo é irmão carnal de Xesus ou a biblia que diz que Tiago maior, que era filho de zebedeu e Tiago o menor (o justo) que era filho de Alfeu (Mt 10)

            Temos também vc dizendo que não há na biblia pessoas orando a alguém que já morreu ou “invocando os mortos” kkkk

            bem, temos Paulo pedindo a Deus por um amigo já falecido, para que ele tenha compaixão da alma do pobre kkk

            e temos no VT, acredito que Samuel, fazendo invocação de um morte e inclusive falando com ele, e note… sem que a biblia diga que tratava-se de espírito maligno…

            como eu disse, vc vomitou muita besteira Jeann.. os contra-argumentos estão na demonstração dos teus erros..

            como eu disse, não estou aqui para defender a doutrina da seita romana.. que na minha opinião inventou toda essa balela de cristianismo…

            mas no que se refere a fatos históricos, estamos ai para defender a verdade.

            vc diz que a Igreja não é um templo..

            mas a biblia nos mostra que é no templo que a igreja se reune, afinal, xessus ia constantemente ao templo, como todo bom judeu, adorar a deus.

            nem sei porque vc me acusou de confundir igreja com templo, já que não fiz nenhuma referencia a templos…

            só usei a história para te mostrar que a Igreja nascida no cristianismo primitivo, com xessus e os apóstolos, evoluiu, conforme vemos nos documentos históricos, para a seita romana.

            ou seja, o cristianismo primitivo se tornou a seita assassina que se rendeu ao paganismo romano.

            seu xessus abandonou sua igreja por mais de 1000 anos até se lembrar dela e levantar pessoas como Lutero e Calvino para trazer de volta a “verdade”… lembrando que Lutero e Calvino ao trazer a “verdade”, trouxeram o horror de novos assassinatos e torturas… inclusive, bem sabemos que a grande apoiadora de Hittler era a seita Luterana.

            acho que seria interessante vc realmente LER as obras primitivas ao invés de simplesmente acreditar em pequenos textos fora do contexto…

          • nosferatu: “ora, mas quem está falando a verdade então? Eusébio que diz que Tiago o Justo é irmão carnal de Xesus ou a biblia que diz que Tiago maior, que era filho de zebedeu e Tiago o menor (o justo) que era filho de Alfeu (Mt 10)”

            Obviamente creio que a bíblia está certa, mas também creio no que Eusébio escreveu. Vejamos, a ICAR tem Tiago O Justo sendo a mesma pessoa que Tiago o menor, basicamente por causa de Gálatas 1:19, o qual põe Tiago (irmão de Jesus) entre os apóstolos. Só que tem um pequeno “detalhe”, muitos crêem que se esse Tiago de Gálatas 1:19 está entre os apóstolos, ele deveria ser um dos 12 citados na lista dos discípulos de Jesus.

            Apóstolo em grego significa “enviado”, e não necessariamente esse Tiago (irmão de Cristo) DEVE estar entre os 12 (entre os dois Tiagos discípulos). Atos 14:14 por exemplo cita Barnabé e Paulo como apóstolos, também em Romanos 16:7 cita Andrônico e Júnias, enfim são “enviados”.

            nosferatu: “temos Paulo pedindo a Deus por um amigo já falecido, para que ele tenha compaixão da alma do pobre”

            Não entendesse, perguntei se poderias citar alguém orando AO morto (no caso o pobre) e não PELO morto, rsrsrs. Não há na bíblia alguém orando A alguém que já morreu (invocando espíritos). Sobre Samuel, na verdade é Saul que contrariando a lei consultou uma feiticeira solicitando falar com Samuel, pois Deus não o respondia mais, já havia se afastado dele.

            Novamente…. não sou contra a ICAR, apenas sou contra essas doutrinas que citei que não há fundamentação bíblica… inclusive a famosa “teologia da prosperidade”.

            Sobre Lutero e Calvino sim, é claro que erraram em certos pontos, bem como a ICAR e da mesma forma que Israel muitas vezes deixava Deus para seguir a outros deuses. Afinal, papas/bispos/pastores não são infalíveis.

            Enfim, faltou demonstrar as besteiras que “vomitei” e claro, suas interpretações “contextuais” dos capítulos citados da obra de Eusébio por exemplo.

          • “Obviamente creio que a bíblia está certa, mas também creio no que Eusébio escreveu. Vejamos, a ICAR tem Tiago O Justo sendo a mesma pessoa que Tiago o menor, basicamente por causa de Gálatas 1:19, o qual põe Tiago (irmão de Jesus) entre os apóstolos. Só que tem um pequeno “detalhe”, muitos crêem que se esse Tiago de Gálatas 1:19 está entre os apóstolos, ele deveria ser um dos 12 citados na lista dos discípulos de Jesus.
            Apóstolo em grego significa “enviado”, e não necessariamente esse Tiago (irmão de Cristo) DEVE estar entre os 12 (entre os dois Tiagos discípulos). Atos 14:14 por exemplo cita Barnabé e Paulo como apóstolos, também em Romanos 16:7 cita Andrônico e Júnias, enfim são “enviados”.”

            kkkkk

            fazendo conjecturas extra-blíblicas para explicar o vomito de baboseiras Jeann?
            Kkkk

            ora bolas, mas a biblia está clara, DOIS apóstolos são chamados de Tiago, sendo o maior e o menor. Ambos com as mães bem definidas na biblia.

            São Paulo indica um tiago como irmão de xessus, e o tem como apóstolo.

            Agora vem você tentar explicar que é um “terceiro” Thiago que é chamado de apóstolo? Kkk

            ora Jeann, leia as palavras do próprio Paulo: Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor.

            É evidente a qualquer bom leitor que Paulo referia-se aos Apóstolos que Cristo chamou, e que ali ele só encontrou Tiago, a quem, a tradução chama de “irmão” do Senhor, mas que para o bom estudante, sabe que, em tratando-se de Tiago o menor (um dos dois apóstolos) este era primo de xessus, o que torna totalmente válida a alegação romana de que a palavra primo e irmão não tem diferenciação na versão de escritura.

            Mas ao menos seu texto serviu para me divertir um pouco kkkkk

            ====

            mas falando sobre Saul, que me equivoquei com o nome, conforme já previa, ´pois não consegui lembrar mesmo o nome do cara e deixei isso meio-claro no texto anterior,

            meu caro rapaz… independente da desobediencia de Saul, ele INCOVOU UM MORTO, com quem inclusive conversou e obteve informações.

            ESTÁ NA BIBLIA MEU CARO.. você fez uma afirmação DESMENTIDA PELA BIBLIA KKKK

            Bem, se olharmos na biblia, encontramos o próprio xessus falando com um morto kkkkk

            mas na boa Jeann: pecais por não conhecer as escrituras kkkkkkkkkkkkkkk

            quanto a teologia da prosperidade, bem, como posso falar algo que não conhecia? Não vou poder discutir esse assunto, afinal, até agora, eu cria que essa teologia da prosperidade seria uma teologia protestante… mas vou procurar me inteirar a respeito, afinal tenho visto $ilas Malfaia e Marco FeliciÂnus, dando apoio a esta prática…

            como essa teologia é razoavelmente nova, eu não tenho conhecimento sobre ela, pois sou melhor no passado… conheço a história… da atualidade sou bom em política e direito, e como sou ateu, não andei me inteirando das novas teologias.

            Já sobre Lutero e Calvino, eu entendo bastante kkkk

            por exemplo… sei que Lutero, era devoto de Maria e cria piamente na “Virgindade” desta como podemos ver:

            “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto”

            “Maria, a Mãe de Deus, não tenha sido virgem antes e depois do parto, mas tenha gerado Cristo e outros filhos com contato com José”

            A bem-aventurada Virgem via Deus em tudo; não se apegava a criatura alguma; tudo, Ela o referia a Deus… Por isto é puríssima adoradora de Deus, Ela que exaltou Deus acima de todas as coisas”

            fontes:
            Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323.
            Weimar, tomo 11, pg. 314)Weimar, tomo 1, pg.60s

            e Calvino também dizia coisas interessantes como :

            Professo que da genealogia de Cristo não se pode deduzir que Ele foi Filho de Davi a não ser através da Virgem”

            proclamava uma tão grande dádiva de Deus que não era lícito silenciá-la… Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade seguimo-la como mestra e obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem”

            fonte:
            Calvini Ópera 2,351
            C. O. 45,38.

            ahhhh

            mas você quer a “interpretação contextual das obras que você citou kkkk

            você pinçou textos que dizem que Euzebia citou os “irmãos carnais” de xessus kkk

            bem, talvez você não saiba, e é até compreensível, pois ao que vejo não estou as obras de Eusébio, apenas lendo os textos pinçados, mas devo-lhe informar que Eusébio pode estar usando a genealogia de Davi, afinal, se você realmente tivesse lido as obras de Eusébio, saberia que em outros trechos ele também fala de Tiago:

            “Então Tiago, a quem os antigos sobrenome o Justo por conta da excelência da sua virtude, é lembrado por ter sido o primeiro a ser feito bispo da igreja de Jerusalém. Este Tiago foi chamado de irmão do Senhor, porque ele era conhecido como um filho de José, e José era suposto ser o pai de Cristo, porque a Virgem, sendo prometida a ele, foi encontrada com o filho pelo Espírito Santo antes de chegarem juntos”

            Fonte: HE III 1,2

            e isso prova o que falei anteriormente sobre eusébio também levar em consideração o fato de José ter tido uma família antes de Maria, o que talvez, pudesse dar irmãos a xessus… mas não por parte de Maria, conforme o próprio Eusébio, que cita apenas José como pai e não Maria como mãe desses outros filhos. Enterrando assim seu vomito de bobagens históricas!
            kkkkkkkkk

            ora Jeann, tome um bom remédio e se cure dessa mania de vomitar bobagens históricas… indico a você que tome uma boa dose de estudo de verdade.

            Precisa de mais citações históricas?

            Clemente, no livro VI das Hypotyposeis, afirma ainda que:

            “O Senhor, depois de sua ascensão, fez entrega do conhecimento a Tiago o Justo, a João e a Pedro, e estes o transmitiram aos demais apóstolos, e os apóstolos aos setenta, um dos quais era Barnabé.
            Houve dois Tiagos: um, o Justo, que foi lançado do pináculo do templo e morto a golpes com um bastão; e o outro, o que foi decapitado.” Também Paulo menciona Tiago o Justo quando escreve: Outro apóstolo não vi além de Tiago, o irmão do Senhor.”

            fonte: HE II, 1

            o que mostra que sua conjectura sobre um terceiro Tiago é só mais um vomito histórico, afinal, não há como fazer conjectura sobre uma afirmação histórica. Você só a fez pois, como eu disse, não conhece a obra e não sabia que o Tiago referido por Eusébio havia sido afirmado como Tiago o justo, e sendo este o mesmo referido por Paulo na biblia como sendo o “irmão do senhor” sendo que este Tiago, indicado como “irmão do Senhor” tem sua mãe bem definida na biblia, e sabemos que não é Maria Madalena como demonstrei anteriormente.

            Mas como você gosta de citar documentos históricos, cito-lhe ainda Hipólito de Roma (170 — 236):

            “…corpo de Maria toda santa, sempre virgem, por uma concepção imaculada, sem conversão, e se fez homem na natureza, mas em separado da maldade: o mesmo era Deus perfeito, e o mesmo era o homem perfeito, o mesmo foi na natureza em Deus, uma vez perfeito e homem.” (As obras e fragmentos. Fragmento VII)

          • separei essse trecho do seu texto:

            Sobre achar que as obras de Eusébio de Cesaréia validam em “quase” 100% a ICAR gostaria de saber qual parte que vc leu ? Ou pulasse algumas partes ? Por exemplo:

            Livro II, I, 2. Onde Tiago O Justo é descrito como irmão do Senhor, por ele ser filho de José, pois José era tido por pai de Jesus.

            veja que não fui eu quem pulou partes.. foi vc…

            eu te falei que Eusébio também cria que José tivesse tido filhos antes de se casar com Mari…

            massss… kkkkk

            vc pinçou um “textículo” que fala exatamente isso.. e não estudou o livro, por isso achou que esse “textículo” poderia te ajudar.

            mas não, esse “textículo” dentro do contexto que te mostrei acima, mostra que e em um estudo de toda obra, passamos a ver que, Eusébio descrevia Tiago o Justo como filho de José, pois antigamente tinham José como pai de Jesus, e que José teve filhos antes do casamento com Maria.

            é Fácil Jeann, é só ler as obras antes de pinçar textículos kkkk

            era só ler com mais atenção e buscar estudar:

            veja: Este Tiago foi chamado de irmão do Senhor, porque ele era conhecido como um filho de José, e José era suposto ser o pai de Cristo, porque a Virgem, sendo prometida a ele, foi encontrada com o filho pelo Espírito Santo antes de chegarem juntos”

            é evidente que Tiago era filho de José e não de Maria, do contrário, o escritor teria ressaltado esse “pequeno detalhe” como a própria biblia o faz.

          • nostefatu, o problema é que na tradição católica de HOJE e sua interpretação também, por ser chamado o irmão de Jesus de apóstolo, isso necessariamente inclui-o entre os 12.

            Seguindo sua lógica, qualquer que for chamado apóstolo deve estar entre os 12, poderias me dizer a quem representa APÓSTOLO Barnabé por exemplo citado em Atos 14:14 ?

            “Mas os APÓSTOLOS Barnabé e Paulo, ao perceberem isso, rasgaram as suas vestes e saltaram no meio da multidão” Atos 14:14 (Versão Católica)

            “Apóstolos” em Atos 14:14 (apostolon) é derivada da mesma palavra “apostoloi” usada em Gálatas 1:19. Ou irias dizer que apóstolo na verdade em Atos 14:14 significa quem sabe outra coisa e em Gálatas 1:19 a palavra “apóstolo” obrigatoriamente coloca Tiago entre os 12 ? E claro, o apóstolo Paulo não está entre os 12 também, estranho né ?

            E claro, Maria de Clopas (mão de Tiago Menor) é na verdade Maria de Alfeu (mãe de Tiago Menor) ? rsrsrs… a sim, ela era viúva que nem Pedro né e casou de novo né ? Ou Alfeu é sobrenome de Clopas ? hehehe.

            nosferatu: “fazendo conjecturas extra-blíblicas para explicar o vomito de baboseiras Jeann?”

            Apenas usei a bíblia, conjecturas é que fazem por exemplo com a Maria de Clopas ou Alfeu, ou Pedro ou virgindade, etc… Paulo apenas indica Tiago como irmão de Jesus, não indica sendo o apóstolo Menor, isso é conjuctura sua.

            Sobre Saul é fácil, leia por exemplo I Cr 10:13 “Assim morreu Saul por causa da transgressão que cometeu contra o Senhor, por causa da palavra do Senhor, a qual não havia guardado; E TAMBÉM PORQUE BUSCOU A ADIVINHADORA PARA A CONSULTAR. E não buscou ao Senhor, que por isso o matou, e transferiu o reino a Davi, filho de Jessé” 1 Crônicas 10:14-15.

            É simples, CRISTÃO nenhum deve consultar espíritos, Saul cometeu uma transgressão da lei (Dt 18:9-12) fazendo isso. Leia os textos abaixo a respeito:

            “Porque vocês não acreditam no que o Senhor Deus disse? Porque vocês vão consultar médiuns e espíritas para resolver os seus problemas? Eles falam, resmungam, mas não dizem nada. Por acaso os mortos podem revelar o futuro aos vivos? O Senhor diz: Comparem as palavras desses médiuns e espíritas com a minha Lei, a Palavra de Deus! Se eles não falarem de acordo com a Lei, vocês podem saber que não fui Eu que os mandei. Não há futuro para as falsas mensagens deles. O meu povo vai acabar como escravo, castigado e cansado, morto de fome. E quando a fome apertar, eles vão vir ofender o seu Rei e seu Deus. Eles olharão para todos os lados procurando uma esperança, mas só haverá medo, tristeza e desespero. E depois, serão jogados na mais terrível escuridão.” Is 8:19-22

            “Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos muitos apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios” I Tm 4:1

            “Assim como a nuvem se desfaz e passa, assim aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o seu lugar jamais o conhecerá” Jó 7:9-10

            Novamente pergunto, onde há algum CRISTÃO consultando mortos, orando A eles e prestando culta A eles ? Simples, não tem… isso é procedimento PAGÃO e não CRISTÃO, são espíritos enganadores como Paulo menciona. E como disse anteriormente, mortos sequer são onipresentes, não há como eu orar/invocar Maria (ou alguém outro) e vc também orar/invocar o mesmo ao mesmo tempo.

            Quanto a teologia da prosperidade não concordo também com ela, sim é teologia de ALGUNS “protestantes” (malafaia, macedo e outros), se trata apenas de barganha com Deus. A bíblia não trata de prosperidade para acúmulo individual, mas para igualdade de todos, este é o problema dessa “teologia”:

            “Nosso desejo não é que outros sejam aliviados enquanto vocês são sobrecarregados, mas que haja igualdade. No presente momento, a fartura de vocês suprirá a necessidade deles, para que, por sua vez, a fartura deles supra a necessidade de vocês. Então haverá igualdade” Coríntios 8:13,14

            Sobre Lutero/Calvino sim, eu sei que ele cria na “conjectura extra-bíblica” da vingindade de Maria. Mas felizmente não sou seguidor de Lutero, mas de Cristo.

            nosferatu: “e isso prova o que falei anteriormente sobre eusébio também levar em consideração o fato de José ter tido uma família antes de Maria, o que talvez, pudesse dar irmãos a xessus”

            O texto de “HE III 1,2” já havia citado anteriormente, mas ali não diz que Tiago O Justo, era fruto de outro casamento de José, tampouco deixa claro se era filho de Maria. O que deixa claro ali que segundo a tradição católica primitiva (não a de hoje), este Tiago “irmão de Jesus” não é filho de “Clopas” nem de “Alfeu” mas de José o suposto pai de Cristo. Obviamente Eusébio não o trata como “primo” de Cristo como costuma-se interpretar HOJE, ou será que essa Maria mãe do Tiago menor tinha relacionamento com José, Clopas e Alfeu… rsrsrs

            E claro, isso não prova que José era casado antes, ou era marido da Maria de Alfeu ou Clopas (mãe do Tiago Menor), ou quem sabe tenham se separado… apenas prova que Tiago O Justo era filho de José e não de Alfeu ou Clopas… rsrsrs

            nosferatu: “é evidente que Tiago era filho de José e não de Maria, do contrário, o escritor teria ressaltado esse “pequeno detalhe” como a própria biblia o faz”

            Interessante, agora Tiago O Justo é filho de José e “conjecturando” não é filho de Maria (Eusébio não fala isto). A sim… agorinha era filho de Alfeu e da Maria de Clopas (ou seria Alfeu). Afinal já que é tão “evidente” assim, quem é o pai de Tiago ? José, Clopas ou Alfeu ? rsrsrs

            Sobre referências histórias sobre Maria como pecadora há inúmeras também se quiser posso citá-las, inclusive a bíblia… por exemplo ela oferecendo sacrifícios pelo pecado DELA. Também chamando de Deus como seu SALVADOR, aliás quem precisa ser salvo o pecador ou o salvo ?

          • Caso queiras conferir neste site católico (newadvent.org/fathers/0524.htm) Hipólito também cita Tiago, o irmão do Senhor como bispo de Jerusalém. Este sendo um dos 70 discípulos, ALÉM dos 12 apóstolos, isto é dos dois outros Tiagos.

            Doroteu de Tiro, ainda no século III d.C, e a Crônica Pascoal, já no século VII, também colocam o terceiro Tiago, o irmão de Jesus, como sendo o primeiro na lista dos setenta discípulos:

            1. Tiago, irmão de Jesus, chamado de Tiago, o Justo, autor da Epístola de Tiago e o primeiro bispo de Jerusalém.
            2. Marcos, o Evangelista, autor do Evangelho de Marcos e primeiro bispo de Alexandria.
            3. Lucas, o Evangelista, autor do Evangelho de Lucas.
            4. Cleofas.
            5. Simeão, filho de Cleofas, segundo bispo de Jerusalém.
            6. Barnabé, companheiro de Paulo de Tarso.
            …….

            A tradição ortodoxa oriental, que remete aos primeiros séculos da Igreja, chama este grupo dos setenta pelo nome de “Setenta Apóstolos”, ao invés de “Setenta Discípulos”.

            É simples, pelo fato de Paulo chamá-lo de “apóstolo” não o coloca entre os 12, Barnabé que está entre os 70 também é chamado de “apóstolo”.

            “é evidente”, hehehe

          • kkkk

            sabe o que é mais bonito em tudo isso?

            ver o “egegeta” protestante se fazer de desentendido ao descobrir que quase toda literatura histórica favorece a seita romana e se fazer de desentendido como vc fez agora não é Jeann.

            ter que conjecturar novamente toda uma explicação que já tinha dado com eloquencia kkk

            veja só, vamos tentar novamente desenhando para vc:

            Paulo quando diz que não viu a nenhum dos apóstolos, a não ser Tiago irmão do senhor, não estava se referindo a ninguém além dos APÓSTOLOS que foram os seguidores de Cristo… aos 12 sim…

            ou vc é capaz de me provar o contrário?

            é, porque, se formos levar em consideração o que vc diz sobre Tiago ser irmão de xessus e não ser um dos 12, mas ser um “enviado” como apóstolo, teremos que rasgar do teu livro de fábulas a parte que diz que os irmãos de xessus não criam nele kkkkk, afinal, seu livrinho se contradiz desta forma, pois os irmãos de xessus não criam nele mas segundo vc, esse ai era “apóstolo” segundo Paulo kkkkkkk

            ora Jeann, vc é muito fraquinho, essa “egegege” que vc traz aqui já a tempos é derrubada em cursos de história SÉRIOS que se aprofundam na história das religiões.

            Eusébio, como te disse, cria, conforme depreende-se da leitura COMPLETA de sua obra e do estudo dela.

            vc pode esperniar Jeann, mas não vai mudar a história.

            Paulo indica Tiago como irmão de xessus, e a leitura de todo o texto nos leva a ver que esse tiago é contado entre os 12, que era o Tiago primo de xessus, Tiago o menor.

            se vc puder me provar na biblia que não era, então eu devo aceitar, até porque, para mim não fará diferença alguma.

            Mas veja jean, é na biblia, se vc for me trazer a H.E. ou outro documento histórico para provar isso ai, vamos ter que discutir também as demais afirmações desses documentos, ou será que vc só considera verdadeiro o que te apoia?

          • Olha que interessante Jeann.

            eu sou ateu, e te mostrei no seu livrinho de fábulas que vc só vomitou bobagens

            te provei no seu livrinho de fábulas escritos pelos romanos que Tiago irmão de xessus era o Tiago Menor.

            vc esperniou e vomitou bobagens a respeito, tendo que apelar para documentos históricos ex-biblia para se explicar kkk

            Bem, façamos assim, como te pedi, prove-me que estou errado, usando a biblia.

            prove-me que Tiago, irmão de xessus, que não cria nele, era chamado de apóstolo kkkkkkkkkk

            ou, em usando documentos históricos, que também não provam isso, somente conjecturando esdrúxulamente os textos históricos é que se pode falar a respeito disso, vamos então discutir a validade desses documentos para a “verdade”, afinal, como te mostrei e vc, como tdo bom protestante, esperniou para não aceitar, Eusébio cria que Tiago era irmão de xessus por parte de José, e não cita Maria como mãe desse Tiago, não seguindo o exemplo da biblia, que cita as mães de muitos personagens “importantes” na biblia.

            afinal, esses documentos históricos nos trazem informações como o primado de Pedro por 25 anos em Roma, ou sua crucificação de cabeça para baixo (conforme consta em origenes e preservado por Eusébio), como a “veneração” aos restos mortais dos “mártires” cristãos também na obra de Eusébio… pensei em não te alertar dessa ultimaparte, mas, como percebo que vc é um “egegeta” de internet, vou indicar para vc poder ler e talvez parar de vomitar bobagens… a veneração aos restos mortais dos santos também consta na H.E, livro IV, mas não vou indicar o cap. para que vc possa ler o livro todo.

            o desafio está ai Jeann, mostre-me que vc e um exegeta de vedade e não um egegeta internáutico.

            hehehehehehehehehehehehehe kkkkkkkkkkkkkkk

          • Puxa, esqueci novamente:

            Jeann, no que se refere a “consultar os mortos”, foi só uma resposta a uma afirmação mentirosa sua kkk

            vc disse que não há na biblia consulta aos mortos…

            eu te mostrei que há sim.

            agora, se o cara consultou um morto E FOI RESPONDIDO POR ELE, foi castigado depois, ai já é questão de fé de vcs se ele fez errado ou não, Mas o que vale é que a consulta aos mortos é possivel BIBLICAMENTE falando, o que valida muito da doutrina espírita.

            vc tentou dissuadir o assunto para a ação de desobediencia de Saul, mas o foco dessa parte do assunto era sobre a consulta aos mortos e não a ordem de não fazer isso.

            seu deus proibiu a consulta aos mortos, provavelmente porque muito da biblia é mentira e assim, consultando os mortos, se descobre a verdade kkkk sei lá.. algo assim, afinal, com todo poder dele, era só não deixar o morto voltar.

            mas veja, seu deus bondoso matou o cara que desobedeceu ele kkkkk

            mas olha só, vemos ai que a consulta aos mortos está na biblia.

            agora notei que vc pediu um Cristão fazendo orações a um morto.

            bem, de fato, não há nenhum orando para um morto, somente vmos Paulo orando POR um morto, como vc bem observou anteriormente, o que valida algumas doutrinas católicas

            mas temos o próprio xessus em uma conferência com Moisés, que já deveria estar morto a tempos kkkkk e Elias, que subiu aos céus antes de xessus, mas mesmo assim seu livrinho de fábulas disse que xessus foi o unico kkkkkkk

            mas “brincadeiras” a parte Jeann, essa parte da consulta aos mortos foi só para te mostrar que ela, biblicamente falando, é possivel e ESTÁ NA BIBLIA, diferentemente do que vc havia dito.

            e aproveitando, ela mostra também que, dependendo da interpretação dada a leitura, ela valida doutrinas diversas como a Espírita e a católica e até a protestante.

            nenhuma delas errada do ponto de vista do interpretador, mas errada do ponto de vista do opositor.

            do meu ponto de vista, todos tem razão, afinal, “São Lutero” disse que a interpretação é livre kkkkkkkkkkkkkk

            ahhh, em falando em Lutero… ele, segundo os protestante, foi levantado por deus para trazer a verdade do evangelho.

            e como te mostrei, entre as verdades que ele trouxe, está os erros de deus, a promiscuidade de xessus, a virgindade de Maria, a condenação dos livros de Tiago e do apocalipse o assassinato dos judeus etc. etc. etc.

            tudo bem que vc não siga Lutero, mas sua seita nasceu das doutrinas desse levantado de deus, a não ser que vc seja valdense!!!

          • Não tenho a fonte, mas trata-se de uma interpretação conhecida e bem fundamentada. Chamo a sua atenção, porém, para os seguintes versículos bíblicos e seu significado:

            “E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.” (Lc 1:26-28)

            Aqui podemos ver que Maria era virgem quando o anjo a saudou, inclusive chamando-a de “bendita entre as mulheres”, uma frase que os evangélicos não gostam de profereir.

            “E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum? E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.” (Lc. 1:34 e 25)

            Mais uma fez confirma a virgindade de Maria e diz que a “virtude do Altíssimo a cobriu”. Ora, é justamente essa virtude excepcional que deu forças a Maria para preservar sua virgindade, conforme a própria tradição o confirma.

            “E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá, E entrou em casa de Zacarias, e saudou a Isabel.” (Lc. 1:39)

            Maria visita Isabel.

            “E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo.” (Lc. 1:40)

            Maria de tal forma estava coberta com a virtude do Senhor, que só de ouvir a voz dela, o pequeno João Batista salta no ventre de Isabel que se enche do Espírito Santo. (Lc. 1:41)

            “E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.” (Lc. 1:42)

            Isabel repete a declaração do anjo e chama de bendita a Maria e de bendito a Jesus, provando não estar em presença comum.

            “E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre.” (Lc. 1:43)

            A visita de Maria é tida como de grande e transcendental importância por Isabel e seu pequeno João Batista ainda no ventre de sua mãe. Como chamar Maria de comum?

            Esses textos mostram claramente que Maria, depois de coberta com as virtudes do Altíssimo, não foi mais uma mulher comum, mas a virgem bem-aventurada por todas as gerações.

          • Maria concebeu pelo Espírito Santo, mas isto não quer dizer que permaneceu virgem APÓS o parto ou que seja sem pecado. A questão é que isto não tem a menor importância, pois sexo no casamento não é pecado.

            “E, estendendo a sua mão para os seus discípulos, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos;
            Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe” Mateus 12:49-50

            Palavras de Jesus, qualquer que faz a vontade do Pai, Ele os considera como seus irmãos e mãe.

            Maria cita Deus como seu Salvador (Lucas 1:47), a pergunta que faço.. pra que ela precisa de “salvação” se ela seria (supostamente) sem pecado ?

            Inclusive em Lucas 2:24 ela faz propiciação pelo pecado conforme a lei (Lv 2:6-8).

            “E para darem a oferta, segundo o que está dito na Lei do Senhor, um par de rolas, ou dois pombinhos” Lucas 2:24

            “E, quando forem cumpridos os dias da sua purificação, seja por filho ou por filha, trará um cordeiro de um ano para holocausto, e um pombinho ou uma rola para oferta pelo pecado, à porta da tenda da revelação, ao sacerdote, o qual o oferecerá perante o Senhor, e fará, expiação por ela; então ela será limpa do fluxo do seu sangue. Esta é a lei da que der à luz menino ou menina. Mas, se as suas posses não bastarem para um cordeiro, então tomará duas rolas, ou dois pombinhos: um para o holocausto e OUTRO PARA A OFERTA PELO PECADO; assim o sacerdote fará expiação por ela, e ela será limpa” (Levítico 2:6-8)

            Se Maria fosse imaculada, o único sacrifício necessário seria o de um pombinho para o holocausto, mas nunca do outro, que era pelos pecados.

          • “Assim como nosso Senhor não encontrou a ninguém isento do pecado, assim veio para o resgate de todos” (Leão I, Bispo de Roma, +461, Sermão 24, “In Nativitati Domini”)

            “Apenas o Senhor Jesus Cristo, entre os filhos dos homens, nasceu imaculado, porque apenas Ele foi concebido sem a associação e a concupiscência da carne” (Leão I, Sermão 25)

            “Nada do que estes nossos primeiros pais produziram por sua semente foi isento do contágio deste mal, que ele contraíram pela prevaricação” (Gelásio I, Bispo de Roma, Epistola Ad Episcopos Per Lucaniam Brities Et Siciliam Constitutos)

            “Apenas ele [Cristo] nasceu santo, para que Ele pudesse superar a condição da natureza corrupta, não sendo concebido segundo a maneira dos homens” (Gregório I, Homília “In Nativitati”)

        • Sandro,

          Ter irmãos e fazer sexo é coisa do diabo.

          Demonizam o que é santo achando que estão a fazer grande coisa, é de dar pena.

          Sexo é sagrado, meu caro, pois é por ele que Deus nasce todos os dias,

          Irmãos são o sangue do nosso sangue.

          Vocês católicos, daqui a pouco vão espancar a sombra, eta povinho cheio de melindres, de arrodeios, de besteirol.

          Sua mãe, a minha e dos demais internautas são impuras por terem praticado sexo.

          Cuidado, meu caro, ísso é um traço muito forte de uma sociopatia, e das graves. Achar que sexo é sujo, só falta dizer. Dentro em breve vai discriminar e depois matar as mulheres. Cure-se, meu caro.

          • Levi, respeite a mãe de Jesus, meu irmão. Você sabia que há igrejas protestantes que creem na virgindade de Maria? A minha ex-igreja, por exemplo, sempre ensinou a virgindade de Maria mesmo após o nascimento de Jesus. Acredite: você não ganha nada tentando provar que Maria fez sexo algum dia. Entre os santos é muito comum a prática do celibato, sendo que Maria foi uma mulher pura e santa, razão pela qual através dela Jesus veio ao mundo.

          • Sandro, sandro,,,

            Essa história de alguém melhor que eu em face de suposta abstinência sexual, com todo o respeito, vai de encontro aos ensinamentos bíblicos e dos grandes personagens que ela, biblia, carregaç

            Onde está escrito que a vontade de Deus consiste no não fazer sexo?

            A vontade de Deus é que nós nos amemos e nos toleremos, podendo se computado como amor ou parte dele, o sexo, meu caro.

            O sexo, de acordo com a bíblia é tão precioso, que não se permite o desfrute dele antes do casamento, e uma vez casado, só com o cônjuge, pois algo de melhor, melhor não apenas pelo prazer, mas por proporcionar filhos, é o êxtase da união entre duas pessoas. Sexo é a firmação do ser humano não apenas em sua constituição material, mas espiritual.

            Quem se abstém ou não pratica sexo, de cara, já se pode dizer que é doente, hipócrita, esnobe, e aí a mãe de Cristo ser uma pessoa dessas, como seja desrespeitosa consigo e com o seu marido, é brincadeira tua. E não conheço nenhum segumiento cristão que acate essa abstinência, pois se assim for, não existiu o casamento entre maria e josé, uma farsa por não se concretizar num dos itens. o coito, a coabitação como homem e mulher. O casal não era doutro mundo, sim Cristo, se bem que vindo como homem, ou seja,, com vontades tembém.

          • “Quem se abstém ou não pratica sexo, de cara, já se pode dizer que é doente, hipócrita, esnobe…”

            putz, xessus e Paulo eram doentes, hipócritas e esnobes…

  3. Sinceramente, gostaria de saber quem era, porque estava com Jesus, o que fazia e por que estava coberto apenas com um lençol o jovem a respeito de quem Marcos diz que saiu correndo nu quando os soldados chegaram para prender o Mestre:

    “Um jovem, vestindo apenas um lençol de linho, estava seguindo Jesus. Quando tentaram prendê-lo, ele fugiu nu, deixando o lençol para trás.”(Mc. 14:51-52)

    O texto abaixo consta de um evangelho apócrifo chamado “Evangelho Secreto de Marcos”, o qual foi escrito naqueles tempos, tanto que Clemente leu o mesmo:

    “E eles [Jesus e os Apóstolos] vieram até Betânia, e uma certa mulher, cujo irmão havia morrido, estava lá. E vindo ela, prostou-se diante de Jesus e lhe disse, “Filho de Davi, tende misericórdia de mim.” Mas os discípulos a repreendiam. E Jesus, ficando zangado com isto, foi junto com ela até o jardim onde o túmulo estava, e imediatamente um grande grito foi ouvido do túmulo. E aproximando-se, Jesus rolou da frente a pedra da porta do túmulo. E imediatamente, indo até onde estava o jovem, estendeu a sua mão e o levantou, tomando-o pela sua mão. Mas o jovem, olhando para ele, o amou e começou a implorar-lhe para que ele pudesse permanecer com o Senhor. E saindo do túmulo vieram eles até a casa do jovem, pois era rico. E após seis dias Jesus lhe disse o que deveria ser feito e no fim da tarde o jovem veio até Ele, vestindo uma roupa de linho [branca] sobre seu [corpo] nu. E ele [o jovem] permaneceu com ele [Jesus] durante aquela noite, pois Jesus lhe ensinou os mistérios do reino de Deus.”

    • Se você explorar o texto, perceberá que o jovem estava apenas vestido de linho, que seria como um pijama já que era noite e hora de dormir.
      Ao tentar prendê-lo, puxaram a sua roupa deixando-o nu.
      As vestimentas daquela época não são iguais às de hoje, mesmo lá.

  4. Creio que Jesus Cristo não se casou, mas fez voto de brahmacharya. Estou pensando de, no futuro, quem sabe fazer esse voto também, pois, segundo tenho estudado, trata-se de algo muito importante, segundo as Escrituras Védicas, para o desenvolvimento físico e espiritual, ou seja, redundaria em imensos benefícios tanto para o corpo como para a alma.

    • Jesus Cristo não foi enquanto homem humano um Espirita, espiritismo e expressamente proibido pela Santa e Gloriosa Palavra De Deus, dai da bem para se entender o porque que foste expulso de uma congregação Crente, isto e se realmente estiveste frequentando uma, pois pelas coisas que escreve, da muito e muito bem para saber á que fé tu professas espiritismo e lógico, o que não e de forma alguma de se admirar, pois todos os pais de santos de centro de macunbas são borboletas saltitantes, no vale do amanhecer dos mediuns aparas quase que em suas totalidades são tambem borboletas saltitantes, a putaria la e grossa, de modo que estas no caminho caminho que cabe a todos os gays da terra, RESPEITE O REI ETERNO JESUS CRISTO O SENHOR DA GLORIA, o qual um dia iras enfrentar, no dia do seu julgamento, o comportar do ser humano na terra tera consequencias eternas sejam eles bons ou maus, fica veiaco, quem avisa sabe e sabe muito bem o que te espera,

  5. Na verdade, quando José, o pai de Jesus, faleceu num acidente, Jesus se casou com sua mãe, Maria. Seus irmãos, que naquela época eram meninos, se tornaram seus filhos. Jesus se tornou o pai de seus irmãos. O que eu disse, somente sábios entenderão, e ler o livro de Urântia sobre a história de Jesus. Porém, Jesus não teve esposa nem filhos biológicos.

  6. O site gospelmais devia ter um pouco mais de responsabilidade, um site que fala de fdevia ter mais cuidado com a fé! essa matéria que foi colocada é muito curta e não dá nem espaço maiores para a críticas feitas a esses arqueólogos, pessoal vamos argumentar com coisas sinceras e honestas vejam o que esse site do G! fala sobre isso: “Mas análises mais detalhadas comprovaram que o pedaço crucial da inscrição (“irmão de Jesus”) foi adicionado por um falsificador do século 21.” http://g1.globo.com/Noticias/0,,MUL730764-9982,00-PESQUISA+SOBRE+JESUS+HISTORICO+RETRATA+CRISTO+MAIS+HUMANO+MAS+NAO+AMEACA+FE.html Veja que essas teorias são furadas para dizer o mínimo, teria outras coisas a dizer mas por enquanto é isso, é claro que ele não teve esposa se tivessse não haveria motivos para não dizer nos evangelhos e talvez para dizer o fato é que essas pesquisas são inconsistentes e não representam o pensamento critico geral dos estudiosos! O site gospelmais devia colocar as criticas feitas a essa pesquisa!

    • Estamos nos últimos tpos, e por isso coisas como essas ñ m surpreendem, JESUS tem a sua historia prescrita na biblia, desde a sua vinda que seria através de uma virgem, onde nasceria e o k faria e em nenhum momento foi mencionado q ele formaria uma família totalmente…. Observe k JESUS ja tem uma historia bem diferente por ter apenas mãe carnal (Maria) e o so foi gerado, sem pecado algum. Nem no heredograma ou genealogia familiar se encaixa. Por isso ñ acredito nessa possibilidade.

  7. Pois é, concentimento da justiça de Israel…depois ficam chorando o holocausto…que também concordo que foi uma grande tragédia…e que o diabo usou Hitler que com certeza tá queimando no inferno e esses judeus e outros que irão também que escarnecem o nome acima de todo nome JESUS !

    • Eusébio de Cesaréia, tido pela ICAR como um de seus principais historiadores menciona em sua História Eclesiástica Judas sendo irmão de Jesus SEGUNDO A CARNE, o qual foi levado a presença do césar Domiciano por pertencer a família de Cristo.

      Livro III, XIX [De como Domiciano ordena a morte aos descendentes de Davi]
      1. O próprio Domiciano deu ordem de executar os membros da família de Davi, e uma antiga tradição diz que alguns hereges acusaram os descendentes de Judas – que era irmão do Salvador SEGUNDO A CARNE —, com o pretexto de que eram da família de Davi e parentes do próprio Cristo[213]. Isto é o que declara Hegesipo quando diz textualmente:

      Livro III, XX [Dos parentes de nosso Salvador]
      1. “Da família do Senhor viviam ainda os netos[214] de Judas, seu irmão SEGUNDO A CARNE[215], aos quais delataram por serem da família de Davi. O evocatus[216] conduziu-os à presença do césar Domiciano, porque este, assim como Herodes, temia a vinda de Cristo.

  8. Esse site so publica coisas q negridem jesus e a fe crista . Os usuarios sao ainda pior…absurdo ! Depois apontam o dedo para condenar o proximo. Nao passam de hipocritas

  9. “Possibilidade”, e não a certeza. Estudiosos devem ser imparciais e avaliar todas as possibilidades, e não só aquelas compatíveis à suas crenças.

  10. Onde está na Bíblia que Maria morreu virgem? O que José tinha a ver com isso, tinha que fazer voto de castidade também? E onde está escrito que ela subiu aos ceús???

    • Juliano…

      A matéria está falando de filhos genéticos de Xessus e não de Maria.

      segundo a matéria, xessus teria tido uma esposa e teve filhos com ela…

    • JULIANO
      Toda vez que eu abordo o assunto da “virgindade de Maria”, o Sandro se exalta.
      Nada poderia “profanar” os canais por onde passou o “Filho de Deus”.
      Confunde virgindade com santidade.
      Uma mulher engravidando sem homem?
      Impossível, pois as leis da natureza não tem exceções.
      São eternas, perfeitas e imutáveis como Aquele que as fez.
      Cromossomos X + Y = XY = homem.
      Cromossomos X + X = XX = mulher.
      “Virgem Maria” é um mito criado pela Igreja Romana medieval.
      E que foi levada viva ao céu, sem morrer.
      Outro mito de mesma origem, tb contrário às leis da natureza.
      E o que mais me espanta vem agora:
      Um homem penetrando uma mulher (Maria), é heresia.
      Um homem penetrando um homem, é “maravilhoso”.
      homem + mulher = criança
      homem + homem = ???
      Quero ver explicarem isso…
      E eles ficam comemorando porque lá nos EUA foi legalizado o casamento homossexual.
      As leis dos homens podem legalizar tudo.
      No começo do século XX a Suprema Corte declarou legal até mesmo a segregação racial nas escolas.
      Por que não aprovaria um homem casando com outro?
      Qualquer dia vão querer que o padre faça casamento de dois homens.
      Sendo um deles com vestido de noiva…
      Só se o Vaticano aprovar, coisa que só vai acontecer no Dia de São Nunca.
      Eu se fosse padre e fosse obrigado a celebrar casamento de dois homens, largaria a batina antes disso.
      Ora, por que existem então os dois gêneros?
      Por que existem o macho e a fêmea?
      Na natureza não há sexo de macho com macho.
      Só na espécie humana mesmo…
      Prova de que o ser humano é o pior dos animais, os quais não matam sem necessidade, não roubam, não enganam, não se relacionam com outro “igual” (do grego HOMÓS).
      Tenho uma filha que é um verdadeiro tesouro.
      Porque é uma mulher pura, real, verdadeira e completa.
      Não uma imitação como vemos por aí.
      A propósito, quem sabe o significado da palavra inglesa TRAVESTY?
      Uma dica: NÃO é travesti.
      Significa “fraude”, “farsa”, “enganação”, “imitação”…
      Foi usada num texto sobre a invasão do Iraque pelos norte-americanos.
      Como o discurso de George W. C. Bush sobre armas químicas provou-se uma mentira, foi classificado pela imprensa como uma farsa para justificar o ataque.
      A frase era “HIS SPEECH WAS A TRAVESTY”.
      E em português “O DISCURSO DELE (BUSH) FOI UMA FARSA”.
      A palavra “travesti” é “transvestite”.
      O rei dos falsos cognatos.
      Falando em filha, vai que o namorado dela queira ir ver a Parada Gay em São Paulo.
      Só ver, nem é para participar.
      Se fizer isso, é bom que procure um hotel e fique por lá, porque na minha casa o infeliz não entra mais.
      Só por ir ver, nem precisa tomar parte naquilo.
      E não adianta mentir, porque eu olho no Facebook e onde precisar…
      Recebi um dia um email contendo fotos de uma “mulher” nua.
      Que estranho, várias fotos e nenhum nu frontal.
      Na última foto, vê-se que não era mulher coisa nenhuma.
      E com pesados retoques do Photoshop.
      Ver aquilo foi como ver uma pessoa com duas cabeças.
      Horrível de contemplar, aquela mulher incompleta.
      Nem se tivesse todo o dinheiro do mundo, nenhum homem vira mulher.
      Pode ficar parecido ou quase idêntico a uma, mas fica no “quase”.
      E o que é pior, deixa de ser homem e não consegue ser mulher.
      Se é com isso que as pessoas ficam satisfeitas, tenho pena delas.
      Credo!
      Vade retro!
      Ah, antes que comecem o “mimimi”, tenho liberdade de expressão e de opinião.
      Não quero saber como A ou B faz sexo.
      Não ligo a mínima para como A ou B utilizam a bunda ou onde põem a boca.
      Mas…
      Quem não gosta de que haja liberdade, mude-se para Cuba, Irã, Coréia do Norte, China…
      Ou para os EUA, agora que tem o casamento de dois “iguais”.
      Já vão tarde…

  11. SANDRO
    “Você não é espírita, prova-o sua linguagem repleta de pedantismo, arrogância e até mesmo de orgulho, vaidade e afetação. Sua frase: “espera uns 500 anos e quem sabe você chega ao meu nível.” É mais do que suficiente para demonstrar o farsante que você é quando se faz passar por espírita.”
    ——————————————————————————————————————————————————–
    Por que não seria espírita?
    Acha que são todos iguais?
    Não preciso me fazer passar por nada…
    O próprio Jesus foi chamado de farsante.
    Eu não apoio o homossexualismo e sou espírita, então você me ataca, diz nomes feios.
    Se aparecer um ateu satanista e ele for gay, aí você o recebe de braços abertos como irmão?
    É justamente pela condição de espírita que eu renego todos os dogmas da ICAR.
    Pai, Filho, Espírito Santo.
    (Não há filho, nem espírito santo, apenas o Pai)
    Virgem Maria.
    (ridículo mito criado pela Igreja na Idade Média)
    Celibato de padres.
    (totalmente desnecessário, dizem que é para o padre se dedicar totalmente ao sacerdócio, mas o verdadeiro motivo é outro, é a obsessão com a virgindade, confundida com santidade).
    Veja este exemplo de representante de Cristo no mundo: o papa Alexandre VI.
    Dificilmente alguém que se dizia sucessor de Pedro teria tantas “qualidades”.
    Ladrão, corrupto, hipócrita, homicida, traidor do celibato (inclusive com homens), blasfemo, simoníaco, pedófilo…
    Conta-se que foi amante da própria filha.
    Agora veja este: Paulo II, que reinou de: 1464 a 1471.
    Homossexual assumido e escancarado, colecionava homens “lindos e desejáveis”. (deja vu?)
    Morreu de infarto enquanto era sodomizado por um deles.
    Agora voltemos ao caso de virgindade de Maria.

    Aquela história de “profanar os canais por onde passou o filho de deus” foi pra lá de forçada.
    Sempre a confusão entre virgindade e santidade.
    Acaso você profanou os canais de sua mãe?
    E uma criança ser concebida sem homem?
    Como não acharam uma explicação, foi criado o dogma da virgindade perpétua de Maria.
    Saiba que as leis da natureza não tem exceções.
    E onde na Bíblia fala que ela subiu viva aos céus, sem morrer?
    Repetindo: as leis da natureza não tem exceções.
    macho + fêmea = crianças
    macho + macho = ?
    E será assim sempre: XX e XY
    E ainda fala em respeitar a mãe do Filho de Deus?
    Como se a união entre pênis e vagina fosse pecado e não algo cujo autor é Deus.
    Falando nisso, não existe Filho de Deus.
    Sendo Deus o único criador e Pai, segue-se que todos somos filhos de Deus.
    Só mesmo no espiritismo é possível compreender: Jesus não é Deus, mas um espírito no grau supremo de evolução.
    Outro mito da Idade Média, época em que as pessoas nem ler a Bíblia podiam, pois era em latim, língua que só o clero conhecia e o padre rezava a missa de costas para o público.
    Quando Lutero traduziu a Bíblia para o alemão, foi como um terremoto.
    Parecia que tomava vida o mito de Prometeu, o que deu o fogo aos homens!
    Qualquer um podia então ler as Escrituras e sair das trevas da ignorância onde estavam pelas artes do clero medieval, o qual tomou posse do Livro, retirando e acrescentando versos como bem queriam.
    Inclusive retiraram versos que apoiavam a reencarnação e a sobrevivência da alma.
    E quem abria a boca para contestar, já sabe…
    Galileu Galilei – disse que a Terra gira em torno do Sol.
    Giordano Bruno – falava sobre a imortalidade da alma
    Miguel Servet – negou a divindade de Jesus
    todos os judeus – negaram a Jesus como salvador
    Henrique VIII – rebelou-se contra a autoridade do papa.
    Copérnico – precavido, mandou publicar sua obra só depois de estivesse morto
    **********************************************************************************************************************************

    No máximo você é um desses bruxos New Age, Espírita, porém, não o é. e digo isso porque conheço o Espiritismo e até hoje só uma vez vi um espirita comentar aqui, e as palavras dele eram plenas de amor e humildade, virtudes que você não demonstra possuir.
    —————————————————————————————————————————————-
    Cara, vc anda lendo muito os livros do Harry Potter.
    Bruxo?
    Se eu fosse um bruxo, o ajudaria, te transformando em mulher.
    Diz que não quer, mas e se fosse possível?
    Lembra da fábula da raposa e as uvas?
    Lembra da série do Harry, onde tinha a Poção Polimórfica, aquela da transformação em outra pessoa?
    Você tomaria, se pudesse?
    “MENTIRA DETECTED”…rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrssrs
    Falando sério: todo espírita sabe que as milhares de vidas que já vivemos, o fizemos como homem ou como mulher.
    E eu tenho um dom estranho: ver coisas de vidas passadas, minhas e de outros.
    A sua vida, inclusive, mas sobre isso não posso falar aqui no site, só a você posso revelar.
    São ordens dos amigos da espiritualidade, pois nem sempre é belo o passado oculto pelo esquecimento.
    Algumas coisas que vejo são boas, outras não, são acontecimentos terríveis.
    O meu passado é sombrio, infelizmente…
    **********************************************************************************************************************************

    A propósito, não escreva texto tão longos, pois a sabedoria esta na síntese, não na prolixidade. Abraços e tudo de bom.
    —————————————————————————————————————————————-
    A palavra “está” tem acento.
    Eu tento ser conciso, acho que todo homem prolixo deve ir pro lixo.
    HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA
    É que as idéias vem em tão grande quantidade que eu antes que perceba, o texto já tem centenas de linhas.
    O que, abraços e tudo de bom?
    Por essa eu não esperava…sério.

  12. Sandro, sandro,,,

    Essa história de alguém melhor que eu em face de suposta abstinência sexual, com todo o respeito, vai de encontro aos ensinamentos bíblicos e dos grandes personagens que ela, biblia, carrega.

    Onde está escrito que a vontade de Deus consiste no não fazer sexo?

    A vontade de Deus é que nós nos amemos e nos toleremos, podendo ser computado como amor ou parte dele, o sexo, meu caro.

    O sexo, de acordo com a bíblia é tão precioso, que não se permite o desfrute dele antes do casamento, e uma vez casado, só com o cônjuge, pois algo de melhor, melhor não apenas pelo prazer, mas por proporcionar filhos, é o êxtase da união entre duas pessoas. Sexo é a firmação do ser humano não apenas em sua constituição material, mas espiritual.

    Quem se abstém ou não pratica sexo, de cara, já se pode dizer que é doente, hipócrita, esnobe, e aí a mãe de Cristo ser uma pessoa dessas, como seja desrespeitosa consigo e com o seu marido, é brincadeira tua.

    E não conheço nenhum seguimento cristão que acate essa abstinência, pois se assim for, não existiu, foi inválido o casamento entre maria e josé, uma farsa por não se concretizar num dos itens. o coito, a coabitação como homem e mulher.

    O casal não era doutro mundo, sim Cristo, se bem que vindo como homem, ou seja,, com vontades tembém.

DEIXE UMA RESPOSTA