Lideranças evangélicas criticam marchas pela família e para Jesus devido a “hipocrisia” e falta de “amor”; Confira

23

As mobilizações de setores evangélicos em marchas intituladas “pela família” ou “para Jesus” não são movimentos com apoio unânime no meio cristão, e causam polêmica por supostas motivações pessoais.

Recentemente, o reverendo presbiteriano Ageu Cirilo criticou a Marcha para Jesus em São Paulo, dizendo que o principal organizador, Estevam Hernandes, se “autodenomina apóstolo”, e que o evento não promove evangelismo, e sim, show. “A marcha tem caráter isolacionista, próprio de gueto, e não o que Cristo nos ensinou, a saber, envolvimento amplo na sociedade, como sal e luz (Mt 5.13-16), com irrepreensível testemunho cristão”, escreveu no jornal Brasil Presbiteriano.

Já o reverendo Hermes C. Fernandes voltou suas baterias à Marcha pela Família e Liberdade de Expressão, promovida em Brasília pelo pastor Silas Malafaia, no último dia 05 de junho.

De acordo com Fernandes, há “hipocrisia” no meio evangélico, o que desqualificaria tais mobilizações. Em seu texto, um diálogo ficcional de Jesus e seus discípulos sugere que os temas usados para promover tais eventos se pautam em interesses pessoais. Confira:


Chegou, finalmente, o dia em que Jesus colocaria suas manguinhas de fora. Os discípulos já divulgaram por toda a Judeia que aquele dia seria um divisor de águas. O lugar marcado para o encontro seria em frente ao templo. De lá eles sairiam numa marcha pela família, pela liberdade expressão e pela vida até o pátio do palácio de Herodes.

Placas foram confeccionadas com dizeres do tipo “Abaixo as prostitutas!”, “Eunucos vão torrar no mármore do inferno!”, “Publicanos são uns traidores!”, “Os bacanais romanos tem que acabar!”.

Pedro, um dos militantes mais engajados, dirige-se a Jesus, dizendo: – Hoje eles verão com quem estão lidando, mestre. Chega de subserviência.

João corrobora: – Nossa manifestação será a maior desde da entrada triunfal de César em Roma.

Tiago apimenta: – Não podemos perder para as procissões saturnais!

Jesus parece assentir com o entusiasmo de seus discípulos.

– Que tal se a gente aproveitar para fazer algumas reivindicações? – sugere Mateus.

– Precisamos de um quartel general aqui em Jerusalém! – declara Filipe.

– Vamos tomar o templo! Aqueles sacerdotes velhotes já estão ultrapassados – diz Judas.

– Calma, rapazes. Isso é só o começo. O próximo passo será tomar o poder – diz Jesus. – Afinal de contas, o Pai me enviou para ser cabeça, não cauda. Nasci para ser servido!

– A propósito, Senhor, quando faremos uma marcha contra o divórcio? Já que defendemos a família, o Senhor não acha que o divórcio é tão nocivo quanto a prostituição e o homossexualismo?

– Sem dúvida! Será nossa próxima agenda.

– Só tem um probleminha, Senhor. Alguns dos seus mais achegados discípulos são divorciados.

– Então, vamos colocar um pano quente nisso.

– E que tal uma marcha contra os filhos rebeldes? Nunca mais vimos um sendo executado à pedrada na porta da cidade como ordena a Lei. A coisa está ficando muito relaxada, Senhor. Temos que tomar providência e exigir que a Lei seja aplicada.

– Não esqueçam da marcha contra o adultério e contra o troca-troca de esposas que tem acontecido com tanta frequência entre os sacerdotes.

– Epa! Mas assim a gente acaba dando um tiro no pé! Tem tantos adúlteros entre nós, quanto entre os sacerdotes do templo.

– É… É melhor a gente focar os eunucos e as prostitutas. Elas são as bolas da vez. Pelo menos, enquanto nenhum dos discípulos resolve sair do armário ou nenhuma das ex-prostitutas resolve ter uma recaída.

– Já que o assunto é família, por que não promovemos manifestações contra a pedofilia? As crianças são as maiores vítimas, e não são delas o reino de Deus?

– Mas assim, a gente vai colocar azeitona na empada dos outros. Já tem quem defenda as crianças. Foco, gente!

– E que tal uma marcha contra a corrupção, a injustiça e a miséria? – sugere um discípulo anônimo.

– Abafa! – dizem todos em uníssono.

– É melhor a gente dar marcha-ré!

Já a blogueira Vera Siqueira, esposa do pastor Paulo Siqueira (líder do Movimento pela Ética Evangélica Brasileira) questiona se a postura atual dessas igrejas segue estritamente as recomendações bíblicas.

“Cada vez com maior intensidade vemos as igrejas evangélicas se mostrando ao mundo que diz querer resgatar, através principalmente das marchas, mas também pela atuação de lideranças gospel que se utilizam dos meios de mídia para reforçar sua imagem junto à população (gospel ou não). Mas é assim que Deus deseja que Sua Igreja se mostre ao mundo?”, questiona.

Citando a passagem bíblica do evangelho de Mateus 5: 13-16, Vera diz que os eventos mostram “olhares de ódio, repulsa, desagrado, insatisfação, e às vezes até atitudes violentas” por parte dos participantes que se deparam com protestos, como os promovidos pelo MEEB.

“Jesus nos colocou dois mandamentos: amar a Deus sobre todas as coisas, e amar ao próximo como a nós mesmos. Nos dois mandamentos a ordem é: amar. Nas Marchas para Jesus, na ‘manifestação política-pacífica’ que o Malafaia articulou hoje [05 de junho] em Brasília, qual a expressão do amor cristão?”, questiona.

Confira a íntegra do artigo “Marchas para Jesus, manifestações políticas-pacíficas… Estamos sendo sal e luz?”, de Vera Siqueira:

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” – Mateus 5:13-16

No dia 25 de maio último estivemos na Marcha para Jesus no Rio de Janeiro. No feriado católico de Corpus Christ estivemos em Guaxupé (MG), na Marcha para Jesus daquela cidade. Dia 1o. de junho houve a Marcha para Jesus em Fortaleza e em Manaus. Hoje houve, em Brasília, a “Manifestação pacífica em favor da liberdade religiosa, liberdade de expressão e pela família tradicional”. E nas próximas semanas haverá mais e mais Marchas para Jesus em diversas cidades do país.

Cada vez com maior intensidade vemos as igrejas evangélicas se mostrando ao mundo que diz querer resgatar, através principalmente das marchas, mas também pela atuação de lideranças gospel que se utilizam dos meios de mídia para reforçar sua imagem junto à população (gospel ou não).

Mas é assim que Deus deseja que Sua Igreja se mostre ao mundo?

“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.”

Visitamos Marchas para Jesus desde 2009, e de lá para cá nada mudou (exceto pela inclusão de um ritmo novo para o deleite dos fiéis e suas “danças proféticas”: o funk gospel). Não importa a cidade, não importa o Estado da nação, não importa se há uma multidão incontável como em São Paulo anos atrás (pois no ano passado a Marcha teve um público bem diminuído), ou se poucas pessoas como em Guaxupé (MG) ou em Santo André (SP). A realidade é sempre a mesma:

– trios-elétricos ou coisas parecidas repletas das autoridades eclesiásticas gospel da cidade e os políticos em evidência da região;

– músicas bem dançantes, para animar a multidão, e palavras de ordem, de vitória;

– orações “fortes”, com quebras de maldição sobre a cidade, declarações de que a cidade é do Senhor Jesus, blábláblá, porém os anos passam e não há mudanças para melhor (obedecendo assim, ao que está profetizado na Bíblia, de que as coisas só tendem a piorar até a volta de Cristo, e contrariando os profetas do rei, que profetizam aquilo que todos querem ouvir: prosperidade, vitória, vida boa, etc);

– discursos das autoridades eclesiásticas e, claro, dos políticos convidados (as eleições estão sempre chegando, e a propósito no ano que vem elas estão aí de novo, e é preciso preparar o rebanho gospel para “bem votar” nos candidatos que prometem ajudar as igrejas evangélicas);

Mas o mais triste vem agora:

– olhares de ódio, repulsa, desagrado, insatisfação, e às vezes até atitudes violentas (agressões verbais e físicas) ao se vislumbrar faixas com textos como Amós 5.23, 2 Pedro 2.3, 1 Timóteo 6.10, textos estes retirados da mesma Bíblia que dizem obedecer, por ser a Palavra de Deus.

Se a multidão e as lideranças que as incitam não reconhecem como sendo bíblicos alguns versículos (será por nunca fazerem parte de suas pregações?), como podem dizer que conhecem a vontade de Deus e Sua Palavra?

Como cumprir a vontade de Deus sem conhecê-la? É possível ser cristão sem seguir a Cristo?

Jesus nos colocou dois mandamentos: amar a Deus sobre todas as coisas, e amar ao próximo como a nós mesmos. Nos dois mandamentos a ordem é: amar.

Nas Marchas para Jesus, na “manifestação política-pacífica” que o Malafaia articulou hoje em Brasília, QUAL A EXPRESSÃO DO AMOR CRISTÃO?

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7

Do alto dos trios-elétricos ou palcos montados vemos líderes gospel cheios de soberba, buscando seus próprios interesses. Não vemos atos contra a injustiça, em favor dos humildes, em favor dos fracos, em favor dos marginalizados. Não vemos a multidão se juntando para visitar os doentes, dar comida aos famintos, vestir os nus. Não vemos expressões de amor, não vemos boas obras que possam surpreender os descrentes e fazê-los glorificar a Deus.

O que vemos é uma multidão que pula e gira e dança e canta e rebola e estremece pois acha que tudo isso é do agrado do Senhor, mas o que estão agradando mesmo são a carne e a alma.

Realmente fica claro que não conhecem a Bíblia. Não a conhecendo, têm todo o motivo para se escandalizar quando são confrontados com versículos que pregam o contrário daquilo que têm prazer em acreditar.

Mas afinal, qual a visão que o mundo tem da igreja após uma Marcha para Jesus ou uma “manifestação política-pacífica”? É a visão de pessoas repletas do amor de Deus? E por aí vai…

Mas será que o mundo teria a visão que tem das igrejas ditas evangélicas, se elas agissem diferente? Se, ao invés de Marchas, se mobilizassem para ajudar ao próximo? Se, ao invés de gritos de vitória pessoal, a multidão expressasse atos de amor?

O sal só melhora a comida porque sem ele a comida não tem sabor. A luz só resplandece nas trevas porque são diferentes.

Qual a diferença entre uma Marcha para Jesus e um bloco de carnaval (exceto pela quantidade de roupas e pela letra das músicas)?

Como podemos ser sal e luz, se temos o mesmo gosto e a mesma falta de luminosidade do mundo que nos cerca?

“Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus. Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros. Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas. Meus irmãos, não vos maravilheis, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte. Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele. Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos. Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. E nisto conhecemos que somos da verdade, e diante dele asseguraremos nossos corações; sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas. Amados, se o nosso coração não nos condena, temos confiança para com Deus; e qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista. E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento. E aquele que guarda os seus mandamentos nele está, e ele nele. E nisto conhecemos que ele está em nós, pelo Espírito que nos tem dado.” – 1 João 3:10-24

Pensemos nisso. Os verdadeiros cristãos são reconhecidos pelo amor que têm uns pelos outros.

Voltemos ao Evangelho puro e simples,

O $how tem que parar!

Em tempo: o vídeo da Marcha para Jesus no Rio de Janeiro.

Assine o Canal

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

23 COMENTÁRIOS

  1. Jesus deve estar precisando muito que pessoas se manifestem em seu favor e em favor das famílias. Estas manifestações tem o mesmo perfil das realizadas por Mussoline e Hitler. Malafaia corresponde á idêntica imagem altiva e megalomaníaca de Benito (Mussolini). Fazer o quê se os evangélicos são descendentes ou ligados a Lutero ou Calvino. Um se tornou pai do antissemitismo e nazismo (Lutero) e Calvino além de defender o Arianismo mandou queimar Miguel Servet (médico e amigo) apenas por discordar do Deus Triuno. Basta pesquisar suas horrendas biografias, que da mesma forma que a bíblia, são vendidos como heróis e venerados. Quanto lixo!

  2. Engraçado que 2(duas) adolescente (minha irmã e cunhada) voltando desta marcha um assaltante foi assaltar elas, e tomou tudo. Uma delas tomando coragem e cheia do Espirito Santo perguntou se ela poderia falar de Jesus pra ele. Ele começou a se tremer e elas aproveitaram a ocasião e oraram por ele e ainda aceitou a Jesus e devolveu tudo e ainda pediu perdão!!

    E ainda dizem que Deus não estar nesta maracha?
    Tem gente pra tudo neste mundo, e estas pessoas que falam aposto que nem tem coragem de pregar o evangelho fora das igrejas!!

    • Deus e seu reino não estava nem está na marcha, mas com pessoas, dentro delas(Lucas 17:20-21; Gálatas 4:6) e Seus Anjos protegendo ao redor(Salmo 34:8). Pare de santificar coisas e eventos. Aquele que é de Deus é protegido por Ele, e se não fosse da vontade de Deus que tudo corresse dessa forma glórias a Deus também! Acorda Kelly, abra os olhos pra ver além de eventos, coisas e pessoas.

  3. Os que criticam, são os memsmos que andam de mãos dadas com a midia secularista e hipócrita!
    queria ver se eles teriam coragem de realizar um ato mais expressivo!
    ao invés de criticarem deveriam entender que falar do amor de Deus, defender a familia e denunciar o pecado são tarefas que nós cristãos não devemos menosprezar!! nunca.

  4. pior que o gueto é a inveja daqueles que estão la , vai garregar dinheiro dentro da bíblia hernandes e a presbiteriana apóia os gays, que querem falar do SENHOR JESUS OU PARTICIPAR DE MARCHAS,

    • Clamando,

      Nunca usei esse espaço para contrariar algum cristão, mesmo vendo algumas palavras nitidamente equivocadas, mas quando você fala “Igreja Presbiteriana apoia os gays”, você usa de má fé, pois sabe que essa instituição no Brasil não apoia movimento gay. Esclareça que a Igreja presbiteriana a qual se refere é a dos Estados Unidos e mesmo assim ela está dividida por causa dessa questão, ou seja, um grupo de dentro da igreja americana apoia e outro não, talvez daqui a alguns dias você possa falar isso, mas vamos ver quem sai de dentro da igreja, se os que apoiam ou os que não apoiam o movimento gay. Lembrando que as decisões dos lideres da igreja americana não representa os rumos que a igreja brasileira deva tomar.
      Da mesma forma que estou defendendo a exatidão das informações em relação a essa instituição, defendo a exatidão em relação a IURD, a AD, a IMPD, a DEA. a Batista, a Quadrangular, Adventista, etc.
      Me desculpe , mas não vamos fazer uso de meias verdades!

      • fábio costa

        esse clamando na vdd se diz ser pastor presidente, e distorcer a biblia e falar meias verdades ( e mentiras inteiras ) é com ele mesmo.

        Ele disse que jacó deu dízimo ao anjo… eu o intimei a provar onde tem isso na biblia e ele foge do assunto.

        Esse clamando é um falso profeta.

  5. O povo não se informa e não sabe o quanto o seu próprio governo está investindo contra as famílias, querendo publicar documentos ensinando práticas homossexuais como normais, baladas, sexo liberado, bebidas e tudo mais. Vai estudar e pesquisar mais povo de Deus. As escolas públicas e privadas são os principais alvos, pois formando uma juventude pensando que o certo é o que não agrada a Deus, como será a nova geração? Tudo liberado?

    Deixa de ser tolo, povo de Deus. Você só conhece a Bíblia porque Deus usou um homem pra fazer uma reforma, usando a imprensa pra divulgar suas teses.

    Manifestação tem que existir mesmo, senão o governo e os atores do inimigo que querem influencia-los, vão sufocar os cristãos do Brasil. Hoje vocês reclamam da manifestação Cristã, mas amanhã ou vão reclamar de não poder cultuar a Deus ou vou se vender mesmo.

    Com essa manifestação é a sua família a beneficiada, pois se tudo for liberado, o povo se perderá com certeza, e a porta pra isso é o próprio governo aprovando um monte de lixo para prazer próprio. Pesquise um pouco mais, ou você acha que a manifestação é porque ele está com vontade própria de fazer?

    Se você acha que é normal sua filha de 15 anos iniciar sua relação sexual com o namorado, então continue apoiando o lixo de governo que você vota, caso contrário, apoie a manifestação apoiando a família. Não procure errinhos idiotas para querer denegrir a imagem de alguém que está lutando pelos seus direitos. O que você está fazendo na sua vida de útil pra sociedade? Vai lá senhor perfeitão. Vocês também merecem uma pedrada seus hipócritas, pois só querem meter malha no pastor A e B, mas não se examina, e não veem que são cheios de erros e defeitos, seus perfeccionistas.

    Aprenda uma coisa na sua vida como alma vivente, você precisa de limites, senão você se perde, os limites estão escritos na palavra, você não pode ter liberdade de fazer o que quer, porque vai fazer besteira, Cristo é o seu limite. Se você fizer o que está dentro do limite (Cristo), então você está bem, fugir pra fora do limite, ja era. Os anjos tem seus limites, o diabo o dele, e você o seu. Paulo se considerava escravo de Cristo, pois para ele quanto mais preso e perto de Cristo, melhor era, do que qualquer outra coisa e ainda disse mais, tudo o que ele sabia (Paulo era um homem culto, discípulo de Gamaliel) ele mesmo considerava como esterno, para conhecer/ganhar a Cristo.

    Apoiado Silas! É isso ai mesmo, assino embaixo. Se agente romper os limites de Deus pra fazer nossas vontades, ja era a igreja, a família e tudo mais, decadência geral.

  6. Mais uma vez vemos comentários de alguém que se diz lideres criticando o trabalho dos verdadeiras lideres.. Vera Siqueira, Jesus disse que deveríamos pregar o evangelho a toda criatura, é através de marcha tv e em todo lugar onde as pessoas podem ver. como crerão se não ha quem pregue.a lâmpada coloca no lugar onde consegue lumiar para ser vista e dissipar as treva. não em lugar fechado. vi uma pessoa dizendo que o transporte de Jesus era jumento, e que os pregadores de hoje usa carro até avião, com a evolução do mundo temos que acompanhar para levar a Palavra de Deus até os confins da terra.aqueles que não tem coragem de fazer a obra de Deus que não venha ser opositor ou pedra de tropeço.vamos unir para fazer a obra de Deus. criticar os homens de Deus é fácil difícil é ser eles.Deus Abençoe.

  7. Meu Deus, isso é puro carnaval evangélico e manipulação das massas. Vejam só como ficaram as ruas, imundas. Se sujam porque não limpam? É ou não como no carnaval? Isso é cristianismo? Ponham a mão na consciência e vejam como Jesus e os cristãos primitivos eram diferentes! Isto é uma vergonha!

  8. Ageu Cirilo, Estevam Hernandes, Vera Siqueira e “Pastor” Paulo Siqueira, hipocrisia? Falta de amor? Vocês são uns covardes mesmo! VOCÊS É QUE SÃO HIPÓCRITAS! E AINDA SE DIZEM CRISTÃOS!!!! Quanta falácia!

    Aaaaaaaaaaa vai ver se eu to na esquina!

  9. ESSES LIDERES QUE SÓ SABEM CRITICAR QUEM SE POSICIONA CONTRA O MAL, DEVEM ESTAR COM O RABO PRESO COM ALGUMA SAFADEZA, POR QUE NÃO É POSSIVEL QUE NOSSO PAÍS INICIE UMA DITADURA GAY, E NINGUEM, ABSOLUTAMENTE NINGUEM QUE SE DIZ POVO DE DEUS, SE MANIFESTE. SE NÃO FOSSE O SILAS QUEM FALARIA PELA IGREJA? ESSES LIDERES FROUXOS COMO ESSES AÍ QUE CRITICAM SÓ SABEM FALAR DE AMORZINHO, BONDADE, MISERICORDIA, E SE ESQUECEM QUE DEUS DESTRUIU UMA CIDADE DEVIDO A SUA DEPRAVAÇÃO HOMOSSEXUAL. SE ESQUECEM QUE A BIBLIA NOS ORDENA A ODIAR O PECADO E AS COISAS DO MUNDO, DETESTAI O MAL DIZ A BIBLIA. CANSA ESSA COVARDIA DE ALGUNS LIDERES NO BRASIL. SE MARCAREM MIL MARCHAS PELA FAMILIA PODE SABER QUE LA ESTAREI EU, DIZENDO QUE DEUS CONDENA O PECADO E QUER SALVAR O PERDIDO PECADOR.

  10. Há um fundo de verdade nessas críticas. Muitos lideres que promovem certos eventos querem holofotes, admiração, popularidade e evidência na mídia. Já vi um evento promovido pelo líder da renascer quando fez uma cirurgia. Não estava programado que ele aparecesse no evento (aparentemente), mas quando falavam na sua recuperação aparece o homem como se fosse aquela entrada em ring de boxe (a multidão extasiada chegava a gritar estericamente por que “chegou o líder maior”) e ele aumentava a febre do ambiente demorando- se aqui e ali até chegar lá no palco (púlpito é outra história).
    Isso é só um exemplo, mas há o outro lado que envolve interesses coletivos ou de uma maioria de pessoas que desejam preservar valores familiares, valores éticos, valores institucionais legais e de senso comum.

    Não podemos achar que temos que controlar a tudo e a todos de acordo com nossas convicções, longe disso e nunca isso, mas não podemos deixar que nossos valores sejam ultrajados em nome de um pequeno grupo que tem o apoio da mídia e das instâncias maiores, sei lá se por questões econômicas ou falta de moral mesmo, já que esse país cheira a esse tipo de coisa!

  11. Fábio Costa!
    Na verdade, há um grande fundo de verdade…
    Todavia quem não está contra vós, está a favor de vós.
    Sempre haverá os mais espertos que, em nome da fé, terão a chance de se “expandir” mais pessoalmente do que a sua própria fé. Já Jesus tinha dito, através de seus porta-vozes, a carne é fraca… Tenhais perseverança, para não perderdes a fé. É o que deve nos unir. O resto será resto sempre. Não percamos os espaços da liberdade por picuinhas.
    Pensemos!!! O destruidor da fé (das liberdades de proclamá-la) está mais vigilante que todos nós juntos! não devemos nos triturar entre nós próprios. Senão, poderá ser tarde!!!

  12. verdade sejam ditas, porém muitos lideres evangélicos, gostam de usar o termo AMOR como desculpa para NÃO SE INDISPOREM, morrem de medo de entrar na ARENA , preferem contemporizar com a sociedade ilimitada que vivemos, a dar a CARA a TAPA . DEUS É IMUTÁVEL.

  13. Fui a marcha para Jesus esse ano (aqui no RJ) foi uma bênção. Uma multidão de pessoas louvando e se alegrando, quem foi gostou, pois além de louvores, teve palavra, e sentimos a presença de Deus. Foi maravilhoso! Foi a primeira vez que participei e pretendo participar sempre. Sai de lá outra, cada palavra que ouvi foi um ensinamento. Além das belas canções! Se existem pessoas que vão para esses eventos para se promoverem, só lamento por elas, pois a honra e a glória devem ser apenas para Deus e este não divide sua glória com ninguém…

  14. É tempo de os cristãos se unirem. Os planos nefastos dos governantes apoiados pela ONU no sentido de destruir os valores cristãos estão prosperando assustadoramente. Devemos unir forças agora, antes que seja tarde. Ou a exemplo da retirada da inscrição “Deus seja louvado” do real, virão outras privações e por fim a proibição completa de manifestações religiosas. CRISTÃOS DO BRASIL UNI-VOS.

  15. eu vejo “A MARCHA´´como louvor e adoração a DEUS e não ligação com “mussolini ,hitlerou parodiasinha a respeito de HEROIS DA BILBLIA; Vejo alguns comentarios como sendo para envenenar o meio cristão e desacreditar lideres …“MT:12;34-35 Raça de viboras,como podeis vos dizer coisas boas,sendo maus?Pois do que há em abundãncia no coração isso fala a boca.O homem bom tira boas coisas do seu bom tesouro,eo homem mau do mau tesosuro tira coisas más.

DEIXE UMA RESPOSTA