Marco Feliciano pode ser denunciado ao Conselho de Ética por acusações de favorecimento a empresas e pastores da Assembleia de Deus Catedral do Avivamento

7

Marco Feliciano enfrenta agora, além dos protestos sociais, representações de outros partidos que querem investigar o uso de sua verba de gabinete a partir da acusação feita pelos jornais Folha de S. Paulo e Correio Braziliense, de que o pastor estaria favorecendo suas empresas e as atividades de sua igreja, a Assembleia de Deus Catedral do Avivamento.

O PPS, oposicionista ao governo Dilma Rousseff, divulgou nota afirmando que pretende levar Marco Feliciano ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, para que o pastor se explique, segundo informações da revista Veja.

“Passou do limite do admissível”, afirmou o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), ao comentar a denúncia de que cinco pastores que trabalhariam apenas na igreja, sem dar expediente na capital federal, estariam recebendo salários como assessores parlamentares.

O jornalista Ricardo Noblat afirmou que suspeitando de sabotagem, o pastor Marco Feliciano decidiu demitir todos os 17 funcionários da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM). Entre estes, 12 são concursados e outros 5 ocupavam cargos de confiança.


Outra definição de Feliciano na CDHM também causou polêmica nesta quinta-feira, 28 de março, quando o pastor decidiu passar a relatoria do projeto de lei que propõe a regulamentação da prostituição como profissão para o deputado federal Pastor Eurico (PSB-PE).  O projeto é de autoria do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), o principal adversário político de Feliciano.

De acordo com O Globo, na reunião mais recente da CDHM, Feliciano afirmou que “talvez tenha sido a boa mão de Deus que nos colocou aqui, para mostrarmos as boas coisas”, ao comentar o caso das vítimas de contaminação por chumbo, da cidade de Santo Amaro da Purificação, na Bahia.

O pastor ouviu o relato de Adilson Pereira Moura, presidente da associação que reúne as vítimas da contaminação, e afirmou estar emocionado: “Segurei minhas lágrimas, senhor Adilson. O senhor representa pessoas que nessa comissão não tiveram vez e voz”, disse, alfinetando a antiga presidência da CDHM, que era exercida pelo Partido dos Trabalhadores e no último mandato, foi ocupada pelo deputado Domingos Dutra (PT-MA).

Em meio à tantas polêmicas, a revista Istoé publicou reportagem em tom agressivo, acusando o pastor Marco Feliciano de “explorar economicamente a fé alheia” e professar “o racismo, a homofobia e o machismo”.

A matéria da Istoé diz ainda que “Feliciano tenta impor o atraso a uma sociedade em inequívoca evolução” e que “para piorar, o pastor-deputado, sem o menor constrangimento, em nome de ideias ultrapassadas com claro viés autoritário e de conotação desagregadora, profana a memória dos líderes religiosos que ele mesmo escolheu como patronos”, acusa, referindo-se às origens do pentecostalismo.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


7 COMENTÁRIOS

  1. PSC – A denominação “Social Cristão” vem da crença dos partidários de que o cristianismo, mais do que uma religião, é um estado de espírito que não segrega e não exclui, além de servir de base para que as pessoas tomem decisões de forma racional.

    Cristão, sim! Cri$tão, não!

  2. Os radicais umbandistas heterofóbicos caluniadores hediondos baderneiros não gostam de democracia pluralista. Há q se destacar que isso não é característica predominante nem da umbanda nem de gays, ou os dois juntos. Tenho dois primos gays e vários amigos negros muito queridos. Os seus níveis de esclarecimento não os deixam induzirem-se por estes palhaços fanáticos.

    A democracia bela e pluralista precisa de todas a vozes. A intolerância está em querer calar a voz de um parlamentar representante do povo.

    Os radicais ganhariam mais em ajudar o Feliciano em ajuda humanitária na África, salvar brasileiros na Bolívia e na Indonésia do que centrar essuntos políticos em suas proprias bundas,

    Abraço

  3. O IMPORTANTE DISTO TUDO , É QUE DEVEMOS ABRIR OS OLHOS COM RELAÇÃO EM QUEM VOTAMOS, FOI COLOCADO LA UM CARA QUE JUROU EM PULPITO, LUGAR SAGRADO, QUE NUNCA SERIA POLIOTICO, POIS NÃO IRIA SE MIXTURAR AS TREVAS, ELE MENTIU POIS ESTA LA, DISSE QUE IRIA MORALIZAR A CASA, ELE MENTIU, NÃO APROVOU NADA, ELE DISSE QUE IRIA LUTAR PELA FAMILIA PELOS BONS COSTUMES E A IGREJA, ELE MENTIU, DEIXOU PASSAR BATIDO A INCLUSÃO DE GAYS NA MESMA LEI DO RACISMO, QUE HOJE ELE É ACUSADO, DEIXOU PASSAR A LEI DA UNIÃO ESTAVEL GAY COM DIREITO A ADOÇÃO E PREVIDENCIA, DEIXOU PASSAR A LEI DO ASSASSINATO ASSISTIDO, ( EUTANASIA) DEIXOU PASSAR A LEI DE ASSASSINATO DE INDEFESOS ( ANENCEFALOS) SE PRESTOU DE CORTINA DE FUMAÇA, PARA ENTRADA DE JOSÉ E JOÃO NA CAMARA FEDERAL NA COMISSÃO MAIS IMPORTANTE, CHAMOU OS CRENTES DE CACHORROS, FEZ HOMENAGEM A SATANICA XUXA, NA CAMARA FEDERAL, E AGORA ESTA SENDO DENUNCIADO A O MINISTÉRIO PUBLICO POR DESVIO DE DINHEIRO, ORA, QUE O MUNDO SE LEVANTA CONTRA OS SERVOS DO SENHOR NÓS SABEMOS, MAS COM TANTAS PROVAS, SÓ RESTA UM DITADO SECULAR, O PUIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER, OU SEJA DEFENDER O ERRO, É FAZER PARTE DELE, NÃO ACUSAR OU ACUSAR, É UM DILEMA BÍBLICO, AGORA SER CONIVENTE ACEITANDO O ERRO QUE ESTA AOS OLHOS, É PEDIR PARA IR AOS INFERNOS

  4. Disso tudo o que foi dito nos comentários uns sábios outro ridículos eu achei o do BENEDITO GIACOMO LIMA, o mais profundo que nos leva a uma sólida reflexão. Abraço Bené!!! rs rs rs.

  5. E vai continuar, só não está agradando a quem tem interesses excusos na comissão, evangélico “povinho burro”, acorda tem gente que se acha, vive discriminando os evangélicos, nunca tivemos nem vez e nem voz nesse país, mas isso está mudando e cada vez vai mudar mais. Feliciano é um dos muitos que virão, aguardem e verão… Ha e tem mais uma,
    quem não gosta de crente fique tranquilo, lá no inferno não terá com que se preocupar…

  6. Meu Deus como bom saber que ainda tem homens de Deus como o Pr Marcos que incomoda o mundo tudo que estão denunciado já foi explicado é noticia velha bola pra frende pastor

DEIXE UMA RESPOSTA