Resposta ao extremismo: missionários divulgam o Evangelho a muçulmanos pelas redes sociais

2

A Missão Portas Abertas vem usando a tecnologia das redes sociais como ferramenta de divulgação da mensagem do Evangelho a muçulmanos de países árabes.

A estratégia é apresentar a mensagem bíblica de forma prática e indireta, com conteúdos que abordam questões ligadas aos valores familiares e educação dos filhos, sempre coerentes com a vontade de Deus.

Um especialista da Portas Abertas revelou que em uma das páginas da Missão, dedicada ao povo iraquiano, alguns comentários dão a dimensão do resultado do trabalho: “Gosto de visitar essa página porque tudo o que postam faz diferença em minha vida, além de ajudar muito em meu crescimento espiritual”, escreveu uma internauta muçulmana que costuma acessar o site.

O especialista acrescentou que além de retornar às páginas, essas pessoas também compartilham detalhes de suas vidas: “A visitante passou a compartilhar mensagens e histórias, interagindo com a equipe e passou também a estimular discussões sobre diversos temas com seus amigos. E em meio às dificuldades que o povo iraquiano vem enfrentando, ela está fazendo uma grande diferença, levando ânimo e esperança através da palavra de Deus”.


Ainda segundo o especialista, muitos dos frequentadores do site mantido pela Missão Portas Abertas expressam, nos comentários, solidão e desespero com os rumos que o extremismo islâmico está tomando. As mensagens, em geral, são comoventes, garante o especialista.

“A página estimula as pessoas à leitura bíblica, oferece um amor ‘virtual’, mas eficaz, que dá segurança às pessoas mesmo diante da realidade cruel em que se encontram. Jesus está sempre online e a conexão com ele nunca falha”, finalizou.

A Missão Portas Abertas pede orações em favor da equipe de missionários que mantém a página no ar, para que a iniciativa se mantenha inovadora e vanguardista, a fim de seguir alcançando vidas no Iraque e em outros países de maioria muçulmana.


2 COMENTÁRIOS

  1. Então a religião que oficialmente promoveu as cruzadas, as inquisições e as caça as bruxas tá com alzheimer? Porque ir pregar que a religião B ou C é O MAL por causa de alguns extremistas violentos e dizer quão melhor é a sua religiao é só atestado de falta de noção histórica

  2. Será que esses missionários estão falando também de Moisés, aquele que fazia como os fundamentalistas do ISIS, ou seja, mandava executar ou escravizar infiéis?

    Cristãos que se horrorizam com a violência dos radicais islâmicos – e estão certos em fazê-lo – quedam-se, todavia, admirados e a cheios de amor pelo beligerante Moisés, aquele mesmo que Moisés disse estas palavras que, na boca dos membros do ISIS, seriam recebidas com grande indignação e repúdio por esses membros cristãos adoradores de Moisés que disse isto:

    “E disse-lhes: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta, e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu vizinho. E os filhos de Levi fizeram conforme à palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns três mil homens.” (Ex. 32:27 e 28)

    • Rs…
      Meu amado Sandro não tente manipular as pessoas com textos sem contexto!
      Se vc conhece esse versículo tão bem como tenta demontrar deve saber que só morreram os que traíram a Deus adorando ao bezerro de ouro feito por Arão depois da demora de Moisés ao descer do monte.
      No antigo testamento Deus era amor mas tbm fogo consumidor, e ka pra nós eu entendo a Deus, depois de tudo que o povo viu e viveu com Deus ainda assim seguiu a Arão em seus atos insanos de traição a Deus.
      Por isso recebemos o nosso maior presente a vinda de Jesus, ele veio para trazer o amor, tudo se fez novo!
      Não pagamos mais os nossos pecados com o julgamento de Deus, ele permetiu a seu filho Jesus mudar isso.
      Mais isso é assunto para outro momento, agora o que posso lhe dizer é que vivemos em outro tempo, caso contrário com esse comentário vc nem estaria mais vivo se assim Deus quisesse!
      Fica com Jesus Cristo, meu amado saiba que ele pode mudar essa sua forma de pensar, faça prova dele, se não acredita?
      Rs…… lança um desafio, ou melhor peça a ele que te prove sua existência.
      Essa noite estarei em oração por sua vida, se prepara para conhecer Jesus Cristo, e entender melhor a Deus.

      • E só para deixar esclarecido, não adoramos a Moisés, apenas o respeitamos por não ter traido a Deus como muitos fizeram naquele época.
        Nós não seguimos a Moisés, aquele que lê e entendi a palavra de Deus não adora ninguém, só segue a um único que é merecedor de toda adoração, Jesus Cristo!
        Esse que nós amou primeiro e veio para nos livrar de todo pecado, e tbm do julgamento do Pai, ele agora intercede por nós, as coisas mudaram, estamos vivendo um mundo depois da vinda do nosso salvador.
        E ainda mudará muito mais…

    • A primeira coisa a se lembrar é que naquele tempo funcionava a Lei de Talião: “olho por olho e dente por dente!” (“aqui se faz, aqui se paga!”).
      Mas por que aquele povo morreu? Moisés estava lá no monte fazia 40 dias, de jejum, esperando Deus escrever os Mandamentos (a Lei), para que o povo pudesse seguir, e o povo lá, papeando, sem nada pra fazer, como diz o ditado: “cabeça vazia é oficina do diabo”, não quiseram esperar pela Lei de Deus, e resolveram fazer um “deus” para adorarem! (o Bezerro de Ouro). Já tinham vivido 300 anos como escravos no Egito, nas garras do faraó, e o povo não podia esperar 40 dias para receberem a Lei de Deus?!
      Então, Moisés desceu o monte com as tábuas de pedra (Os Mandamentos), e quando viu o povo adorando o bezerro de ouro quebrou as tábuas de raiva! E lembre-se que um dos mandamentos era: “não matarás!”. Mas quando Moisés quebrou as tábuas, automaticamente os mandamentos não existiam mais! Então, de imediato, Deus mandou matar quem estava adorando o bezerro de ouro (3 mil homens). Depois, Moisés subiu o monte novamente, começou outro jejum de 40 dias, e desceu do monte com os mandamentos!
      O povo agrediu a Deus com esses atos de idolatria (adorar ao bezerro de outro), e por isso pagaram com a própria vida.

    • Antes de tudo ,ao lê a bíblia deve ler o contexto . Aquele período ou dispensação é caracterizado pelo lema “olho por olho e dente por dente”. Deus não é o culpado . Deus apenas os entregou aos seus próprios atos pois usavam mal seu livrearbítrio. Então , por conta de uma Lei Universal chamada “Lei da Semeadura” todos sofrem as consequências dos seus atos quer seja de uma maneira ou doutra. Deus sempre procurou maneiras de salvar aos homens ao longo de toda história , não é por menos que enviou a Jesus para trazer uma nova mentalidade para os homens .

      Portanto, Deus enviou o seu Filho ao mundo não para condenar o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por meio dele. João 3.17

      Quando os que estavam com ele viram o que ia acontecer, disseram: Senhor, devemos atacar com as espadas?
      Então um deles feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita.Mas Jesus disse: Basta, deixai-os. E, tocando-lhe a orelha, o curou.
      Ou pensas que eu não poderia rogar a meu Pai, e ele me enviaria agora mesmo mais de doze legiões de anjos? Mateus 26.51-53

DEIXE UMA RESPOSTA