Negociata estaria impedindo político da Igreja Mundial de assumir mandato, diz jornalista

8

Um imbróglio político está impedindo que o único representante da Igreja Mundial do Poder de Deus na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) assuma seu mandato.

Milton Rangel (PSD), empresário e primeiro suplente do partido, ocuparia a vaga de André Corrêa, que seria nomeado secretário de Ambiente do governo estadual e se licenciaria do cargo para o qual foi eleito.

No entanto, de acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, a pendenga que está impedindo o andamento dos procedimentos é a tentativa de Corrêa de manter seus assessores empregados no gabinete da ALERJ.

“Estava tudo combinado para o empresário Milton Rangel, que ocupa a primeira suplência, entrar na vaga do deputado André Correa, que seria nomeado secretário de Ambiente de Luiz Fernando Pezão. O problema é que Correa quer nomear boa parte do gabinete de Rangel, que não aceita a imposição de jeito nenhum. O impasse não tem dia nem hora para terminar”, publicou Jardim em sua coluna no site da revista Veja.


O apóstolo Valdemiro Santiago foi um dos poucos que declarou apoio a Luiz Fernando Pezão (PMDB), vencedor na última campanha eleitoral. A maioria dos líderes evangélicos se dividiu entre os candidatos Anthony Garotinho (PR), membro da Igreja Presbiteriana, e Marcelo Crivella (PRB), bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus e sobrinho de Edir Macedo.

No segundo turno,  Valdemiro deu a entender que uma vitória do bispo da Igreja Universal criaria dificuldades para que sua denominação atuasse no Rio de Janeiro: “Estou aqui para uma causa nobre: quero pedir pra você votar 15 nessas eleições. Votar Pezão, pra que eu tenha liberdade de pregar o Evangelho nesse estado, porque estão querendo me privar disso. Conto com você”, disse o líder da Igreja Mundial.

8 COMENTÁRIOS

  1. E o pior é que nesse caso o valdemiro tinha razão. Se o crivella, sobrinho de macedo ganhasse a eleição para governador do rj, a mundial e outras concorrentes teriam serias dificuldades no estado. Graças a Deus o Senhor deu esse livramento. Já não chega o pt em ambito nacional?

  2. Se escolhemos a Democracia vamos respeita-la e nomear aquele representante que ganhou o direito seja de qual partido ou represente qualquer ala da sociedade, ou não temos ainda uma democracia no BRasil.

  3. Se como deputado já saindo quer impor essas coisas. Imaginem os senhores quando assumir a Secretaria do Meio Ambiente, que carnaval. Até pássaros terá que voar conforme a vontade do mandão e exigente. ISSO É PALHAÇADA, mas é verdade.

DEIXE UMA RESPOSTA