Pastor é preso por falsificar dinheiro no Vale do Paraíba

2

TAUBATÉ – O pastor evangélico Benedito Machado Filho, de 62 anos, foi preso em flagrante acusado de falsificar dinheiro e documentos em São José dos Campos, no Vale do Paraíba. A prisão foi feita, nesta terça-feira, 12, por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São José dos Campos, que já estava atrás do acusado há um ano.

Foram meses de investigações e denuncias de documentos e dinheiro falso que era repassado ao comércio da cidade. O pastor morava em uma pensão e foi preso próximo à delegacia com duas folhas de cheque falsificadas. Levado para a delegacia, acabou contando que mantinha uma pequena “fábrica” onde fazia notas de R$10 com marca d´água e em diferentes séries de numeração, além de Carteiras de Habilitação, Carteira de Identidade, documentos de carros, entre outros.

Os policiais foram até a pensão onde ele morava e encontraram folhas que imitavam papel moeda, impressoras e uma grande quantidade de documentos. Também havia talões de cheques e cerca de 200 notas em dinheiro falso. Em depoimento à policia, o acusado contou que repassava o dinheiro para terceiros, que colocavam no comércio de São José dos Campos. A polícia acredita que ele atuava na cidade há mais de um ano. O pastor contou também que já foi pastor nos Estados Unidos. O nome da igreja ao qual ele pertence foi mantido em sigilo pela polícia.

Machado Filho foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de são Jose dos Campos.


Fonte: Estadão

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA