Mesmo com veto, pastor Jefferson Barros ignora Jean Wyllys e registra candidatura a deputado federal pelo PSOL

13

O pastor Jefferson Barros resolveu desafiar o veto do Diretório Estadual do PSOL ao seu nome para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados e registrou sua candidatura no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro.

Anteriormente ao veto forma do Diretório Estadual do PSOL, Jefferson Barros já havia conseguido o aval da direção nacional do partido para registrar sua candidatura. Mesmo com a não inclusão de seu nome na lista que o PSOL fluminense enviou ao TRE na última semana, Barros conseguiu registrar sua candidatura usando uma cópia da ata da convenção nacional do partido, e agora, aguarda o deferimento de seu registro pela Justiça Eleitoral.

Pastor da Assembleia de Deus do Ministério Parque Anchieta, Jefferson Barros evitou dar declarações polêmicas sobre o imbróglio e negou ter ligações com o pastor Silas Malafaia. Esse foi o principal argumento usado pelo Diretório do PSOL para tentar barrar a candidatura de Barros, alegando que ele seria um infiltrado dos “fundamentalistas homofóbicos” e teria como propósito sabotar a agenda do partido.

“É um direito da regional do Rio contestar minha candidatura, eu era desconhecido do partido, não me deram oportunidade de me fazer conhecido, não só na minha atuação como pastor, mas como sindicalista. Quero evitar briga interna. Graças a Deus tive êxito na convenção nacional e registrei minha candidatura. Nunca fiz qualquer declaração homofóbica e não tenho nada a ver com o pastor Silas Malafaia. Eu o vi uma única vez, em 2009, em São Paulo, em um encontro da Convenção Geral das Assembleias de Deus, da qual ele nem mais faz parte”, afirmou Barros, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.


Durante as discussões sobre a candidatura ou não de Barros, o deputado federal e ativista gay Jean Wyllys ameaçou retirar seu nome da disputa para a reeleição caso o PSOL aprovasse o nome do pastor.


13 COMENTÁRIOS

  1. Quanta falta de vergonha nessa cara de pau esses pastores de hoje. Insiste tanto para entrar num partido que não o querem. O que tem por trás disso??? Por quê não entrou por outro partido que o desejava??? Bem que deveria estar tratando das coisas de Deus e dos fiéis, ao invés de ficar se preocupando com essa sujeira de política brasileira. Está perdendo e sendo humilhado pelo Jean Wyllys e pelo PSOL. Cria um pouco de vergonha nessa cara Seu Jefferson.

    • Só gostaria de saber o que um cristão vai fazer no partido do diabo (como qualificam os ativistas evangélicos)? Seria tentativa de exorcismo? duvido.

      .

      • No Brasil não se vota em pessoas e sim em partidos ??! Mas se ele quis entrar no psol (e tem todo direito a isto) para tentar mudar conceitos daquele partido, eu o considero um valente, pois sei que há falsos cristãos q vão querer difamar sua vida e seu caráter por isso,como visto aqui nos comentários. Quem sabe as intenções do coração dele é somente Deus, e se a intenção for lutar pela Palavra de Deus ali, q Deus o abençoe.

        • Bobinho. Eu sei quais são as reais intenções de todos os que pleiteiam cargos políticos. Duvido que se um deputado ganhasse um salário mínimo a disputa seria tão ferrenha como é.

          .

    • Toda autoridade é constituída por Deus. agora muitos criticam pastores na política e toda nação necessita da política agora quem vc. prefere no poder. Uma pessoa sem nenhum compromisso com a palavra ou uma pessoa temente a Deus?? Acorda povo brasileiro!!!

      • Basta rever a última gestão dos deputados. Jean foi várias considerado uns dos melhores e mais atuantes deputado. Enquanto os evangélicos os mais corruptos e que menos estiveram presentes. Basta ver os processos. A verdade seja dita. Acorda povo brasileiro!!!

      • Falso pastor edson,vocês se corrompendo na podridão da pol´pitica terão o mesmo destino dos xiitas e dos talibãs,tem futuro não.Os olhos altivos de vocês pelo poder
        é a praga de satanás e vocês estão fazendo do jeito que ele quer.Lúcife e seus
        asseclas entraram em decadência por causa de poder.Em resumo:Paulo de Tarso é
        o modelo de Pastor de DEUS,o resto são heresias,doutrina do falso profeta
        balaão.Os crentes na política estão machando para própria destruição total e
        completa.Basta ver a bancada evangélicas que só não é perseguida e destruída por está infiltrada em vários partidos políticos.

  2. EXCELENTE comentário IZALTINO, é isto que está começando a acontecer no BRASIL e, consequentemente, enchendo de ódio os filhos de satanás, pois estão vendo os filhos de DEUS prosperando e a IGREJA crescendo!!!

    • Bom para a sociedade é o Jean que nesse tempo no poder não buscou outra coisa a não ser seus próprios interesses ou seja desconstruir a ética e a moral familiar. Crucifiquem Jesus solte barrabás….

      • Pastor edson,pare de ser fariseu podre e hipócrita.Você sabe muito bem, que a Bíblia
        condena a mulher no mercado de trabalho.Mas como virou lei,tudo bem, as mulheres
        trabalham,mas colhem o fruto do pecado da desobediência a DEUS: Os frutos são
        as separações e adestruição da família.Nada a ver com gays.Doença de homofobia.
        Os gays também, colhem o que plantam.E não cabe a pastores sem moral jugá-los.
        Quem jujga é DEUS.E pelo que vejo,parece que DEUS está destruindo os religiosos do mundo da política.È só ler a Bìblia para saber o que DEUS sempre fez com os reis corruptos.E fará com a bancada de crentes assim que ela crescer mais.

  3. No fim das contas o que está em jogo são os interesses próprios desses indivíduos. Não é à toa que brigam entre sí, acham uma desculpa qualquer para barrar outros ou promovem uma facção dentro dos seus próprios partidos por via de garantir seu lugar cativo. Para se ter uma ideia nítida, esses deputados ganham salários que são uma afronta ao trabalhador simples e comum, até suas meias sãos compradas com uma verba exclusiva para seus guarda roupas (auxilio paletó, se não me falha a memória), as viagens com transporte, hospedagem e alimentação pagas em exercício do cargo são usadas para regalias como suítes cinco estrelas, comidas carissimas e passeios em lugares não programados no percurso planejado, pois trata-se de abuso do uso das verbas publicas e desvio de função. Suas residencias em Brasilia são mantidas com verbas publicas desde o fosforo que se usa na cozinha até os salários das domesticas e do jardineiro. Isso sem falar nas verbas de gabinete, onde cada deputado pode contratar quem ele quiser para fazer o que bem entender (geralmente são chamados de secretários ou assessores e podem chegar a vinte e cinco indivíduos) . Essa verba gira em torno de R$, 100.000/ mês. Cada deputado no Brasil reponde pela renda per capta de sessenta e dois brasileiros, trinta e duas pessoas nascidas nos EUA ou doze franceses. Resumindo: R$, 200.000,00/ mês. E tem gente por aí que acha que o Bolsa Familia é a coisa mais injusta do mundo. Enquanto o pano de fundo é posto como uma causa, por exemplo, defesa dos direitos das minorias ou defesa dos padrões morais da sociedade, o histórico desses senhores nãos os favorece, O Sr. JW, por exemplo, falta a votações importantes para o estado que representa e anda inventa e desculpa “foi uma votação surpresa” Acontece que os trabalhos na Câmara acontecem de segunda a Sexta, têm dia e horário marcados e todos sabem o que vai ser feito no decorrer do dia, mas o costume do cachimbo deixa a boca torta. O que acontece de mais grave é que esses pilantras chegam em Brasilia na Terça à tarde e na quinta feira pela manhã ja foram embora para suas casas em outros estados. O Sr. JW é tido como um dos menos articuladores e ativos pelo Rio de Janeiro, na verdade ele é tido como “o melhor deputado federal do Brasil” por instituições lideradas por LGBT, que estão preucupadas em promove- los pois, pelo que consta, o Deputado Romário, ex jogador de futebol, é quem melhor vem representando o estado do Rio de Janeiro com apresentação de projetos, articulação politica e 100% de presença nas sessões deliberativas. Uma dessas faltas do Sr. JW foi prejudicial ao Rio de Janeiro pois a votação do dia era considerada a votação do seculo para o estado onde seriam aprovados 100 bilhões de reais até 2030. ele e outros não comparecerem e o estado viu ir pelo ralo essa verba a titulo de royalts. A desculpa foi, segundo o G1 (Portal de Noticias da Globo do dia 24 de fevereiro de 2011) , que “a votação foi de surpresa”. Ele estava em um evento que julgou mais importante no dia, uma reunião da OAB para discutir, talvez, a causa gay.
    Taí o que eles querem. Tudo tem a ver com seu próprio ego, em causa própria, nada mais além disso!
    Qualquer dúvida, pesquisem em fontes confiáveis e verão os fatos. Uma sugestão é o site Transparência Brasil, o Jusbrasil e outros sites de mobilização nacional pela moralização na politica.

  4. Davi,foi Rei, José Governador do Egito, Daniel cuidou das coisas do Rei, Portanto nosso voto tem que ser em homens que conhece a palavra e teme ao Senhor. Bendita a nação cujo o Senhor é Rei.

    Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança. Salmos 33:12

    • Esses heróis da guerra citados por você não tem nada mais a ver com a era cristã,mas foram e são povo de DEUS,sim.Eles são da lei e nós,cristãos da graça.Pela Lei n inguém foi salvo e justificado.Mas o que importa é a bancada evangélica hoje,inoperantee que não servepara nada.Quase todos estão envolvidos com a justiça por corrupção ediversos
      crimes.Todos pediram votos dos incautos dizendo que eram ungidos e homens de DEUS.
      São os piores dos piores.XÔ,corrompidos de satanás,piores que gays sem caráter.Falsos
      crentes corruptos e i morais.

  5. Esse falso pastor Jefferson Barros vai ser pisado,humilhado,rejeitado e só adquirir mágoas,dor e
    sofrimento no meio dos gays.O lugar dele é no PSC ~partido social Cristão -de Feliciano e sua
    tropa de choque fanática e de falsos moralistas.Vai prá lá,para o meio dessa corja.O PSOL não
    te quer.No PSOL você será cauda e não cabeça.XÔ,praga mandada.

  6. Gente, sinceramente eu fico com vergonha quando leio determinados comentários dos “irmãozinhos da igreja”. O socialismo não é ruim por si só, pelo contrário, já ouvi falar que Jesus era socialista, a igreja do primeiro século era socialista! Eles vendiam as propriedades que tinham pra repartir entre os que necessitavam :) O problema é o uso que fazem do Socialismo. É como aquela velha história do copo, que não é ruim, é só um copo. Se for pra beber uma água e matar a sede, é bom, se for pra beber veneno, é ruim. Pensem nisso.

    Outra coisa interessante é ver como pessoas tão “instruídas” tem a capacidade de colocar todos no mesmo saco, generalizando todos os candidatos evangélicos como ruins e homofóbicos. Crente de verdade não pode ser homofóbico, já que aprende a amar a cada dia com Aquele que é Amor, Jesus Cristo. Amar não é concordar com tudo o que a pessoa diz, mas é respeitar.

    Eu não conheço esse candidato, mas estou disposta a conhecer suas propostas.

    A Paz a todos!

DEIXE UMA RESPOSTA