Quem morre sem ouvir o Evangelho não está condenado automaticamente, explica pastor

2

A “grande comissão” é um termo usado pelos cristãos ao longo dos séculos para se referir ao “Ide” ordenado por Jesus após sua ressurreição e resume a missão de seus seguidores: espalhar o Evangelho. Nesse contexto, o pastor John Piper afirmou recentemente que quem morre sem ouvir a mensagem do Cristo não está automaticamente condenado.

A declaração de Piper – um veterano teólogo e pastor batista – foi dada em resposta a um leitor de apenas 12 anos de idade do site de seu ministério, Desiring God. “As pessoas que vivem em lugares remotos e morrem sem nunca terem ouvido falar sobre Jesus Cristo estão destinadas ao inferno?”, perguntou o menino.

John Piper salientou que nenhuma pessoa está condenada de forma automática se não ouviu falar de Jesus Cristo, e consequentemente, não creu n’Ele. Porém, a mesma lógica se aplica ao oposto: elas também não estão automaticamente salvas.

A explicação do pastor veio baseada na passagem de Romanos 1:18-23: “Todas as pessoas ‘conhecem Deus’, mesmo que elas nunca tenham ouvido falar da Bíblia. A maneira como eles conhecem a Deus é pela forma como Deus fez o mundo e suas próprias consciências”, esclareceu.


“Mesmo que eles conheçam a Deus, ninguém que conhece a Deus em qualquer lugar do mundo honra a Deus como Deus, nem lhe dá graças. Em vez disso, eles ‘suprimem a verdade’. Ou seja, eles resistem à verdade no fundo de seus corações e as trocam por outras coisas que eles preferem ter”, acrescentou o pastor.

A construção de raciocínio continua com o pastor apontando a origem da culpa que recai sobre a humanidade: “Eles são ‘indesculpáveis’. Ou seja, eles são culpados e merecem ser punidos. Então, eu não acho que a Bíblia ensina que as pessoas podem ser salvas sem ouvir o Evangelho. Olhe para o que Paulo diz em Romanos 10:13-17. Você precisa ouvir o Evangelho para ser salvo”, acrescentou.

As Escriturasm são claras ao afirmar que “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”, segundo o pastor, o que abre uma série de questionamentos lógicos: como invocar a Deus sem conhecê-lo?; Como crer sem ouvir falar?; Como ouvir sem que alguém pregue?; Como pregar, sem que seja enviado?

“O mundo realmente precisa de mais pessoas para contar sobre Jesus e a boa notícia de que ele morreu pelos pecadores, para que todo aquele que crê seja salvo”, resumiu o pastor, deixando claro que a definição sobre a salvação dos que não ouviram a pregação do Evangelho será resolvida a partir de parâmetros estabelecidos pelo próprio Deus.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA