Capa

Pastor produtor dos filmes Desafiando Gigantes e À Prova de Fogo critica a Teologia da Prosperidade

Comentários (53)
  1. joab disse:

    ESSE PASTOR É UM HOMEM DE DEUS Q DEUS O ABENÇOE A ELE E A TODOS OS CRISTÃOS DO GLOBO TERRA POIS O NOSSO PAI VEM AI

    HALELUIA ” MARANATA ” VEM “SENHOR JESUS CRISTO ”

    meu msn é “joab_28soares@hotmail.com “

  2. Carlos Roberto disse:

    A falácia da prosperidade
    QUANDO A BÍBLIA FALA

    “Porque o filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido”
    Lucas 19:10

    Existem alguns aspectos da vida e do ministério de Jesus que parecem não interessar aos defensores da “TEOLOGIA DA PROSPERIDADE”, pois estes depõem literalmente contra tais práticas e crenças. Ao ler a narrativa do encontro de Jesus com Zaqueu, fica evidente que há contradições nos argumentos de quem prega este conceito como sendo algo Bíblico. Zaqueu era um homem “RICO” de berço, mesmo não conhecendo e não temendo a Deus, e assim como ele, existem milhões pelo mundo que ostentam suas posses sem qualquer vínculo religioso seja lá com que igreja ou denominação for. Portanto, aqui já há algo que depõe contra os TEÓLOGOS DA PROSPERIDADE. E como tem magnata nadando na prosperidade sem se lembrar de que Deus existe!

    Zaqueu, ao perceber do alto daquela figueira, que Jesus havia notado a sua presença e sendo chamado, desceu foi até a sua casa e lá tomou uma decisão no mínimo inusitada, decisão que bate de frente com os que pregam a posse de bens materiais como graça divina, ele disse: “Senhor, eis que dou aos pobres metade dos meus bens, e, se em alguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quadruplicadamente” – Lucas 19:8. A atitude de Zaqueu é de causar constrangimento a quem vive na ilusão da prosperidade, uma vez que ele abriu mão de bens para seguir a Cristo. Outra coisa, ele precisou descer… Tem muita gente procurando Jesus em cima de m orgulho, de vaidades sem se darem conta de que é necessário descer! Ora, se o Evangelho é sinal de PROSPERIDADE, neste caso as coisas não batem, até porque Jesus arremata dizendo: “Porque o filho do homem veio BUSCAR e SALVAR o que se havia perdido” – Lucas 19:10. Este texto derruba qualquer argumento dos TEÓLOGOS DA PROSPERIDADE, pois ele deixa claro que Jesus veio para tratar dos problemas da “ALMA” e não do “BOLSO” do cidadão, buscando e salvando sem prometer riquezas materiais como recompensa. O fato curioso é que estes textos não são lembrados nos sermões dos donos das EMPREJAS, muito menos o de Jesus tratando com o Mancebo de Qualidade quando diz: “Se queres ser perfeito, vai, vende tudo que tens, e dá aos pobres, e terás um tesouro nos Céus. E vem, e segue-me” – Mateus 19:21. Para seguir a Cristo, ele precisava se livrar de seus bens, o que é algo no mínimo estranho para os conceitos de PROSPERIDADE modernos. É inquietante notar que Jesus jamais falou sobre prosperidade material, até porque Ele multiplicava PÃES e PEIXES, mas jamais multiplicou BENS MATERIAIS! Para aquele cidadão que a Bíblia afirma ter qualidades, o dinheiro e as suas riquezas falaram mais alto e ele foi embora triste, porque possuía muitos bens.

    A Bíblia é imperativa ao afirmar que Jesus é “O CAMINHO”, “A VERDADE” e “A VIDA”, ele não é um Banco, um Agente Financeiro ou uma Bolsa de Valores, muito menos uma Casa da Moeda. Ao recomendar que devemos buscar PRIMEIRO o Reino de Deus e a sua Justiça, ela não abre brechas para a exploração de mecanismos que permitam negociar com a fé na troca pela prosperidade material. A Bíblia trata das riquezas CELESTIAIS e não das MATERIAIS. Trata também dos problemas pertinentes à alma e não aos do bolso. Ela afirma que Jesus veio romper com o modelo capitalista da época onde a riqueza era sinal de poder e de exploração do homem pelo homem.

    Veja o que diz Paulo: “MANDA AOS RICOS DESTE MUNDO QUE NÃO SEJAM ALTIVOS, NEM PONHAM A ESPERANÇA NA INCERTEZA DAS RIQUEZAS, MAS EM DEUS, QUE ABUNDANTEMENTE NOS DÁ TODAS AS COISAS PARA DELAS GOZARMOS. QUE FAÇAM O BEM, ENRIQUEÇAM EM BOAS OBRAS, REPARTAM DE BOA MENTE, E SEJAM COMUNICÁVEIS. QUE ENTESOUREM PARA SI MESMOS UM BOM FUNDAMENTO PARA O FUTURO, PARA QUE POSSAM ALCANÇAR A VIDA ETERNA” – I Timóteo 6:17 a 19. Este é um tratado nas questões que envolvem a vida material que jamais pode ser desprezado por qualquer pessoa, mas que, no entanto foi literalmente retirado da Bíblia dos Agentes da Prosperidade das igrejas modernas, isto para não lhes causar nenhum problema.

    Outro texto surrupiado das páginas da “BÍBLIA DA PROSPERIDADE” é: “E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, SEGUNDO A SUA VONTADE, ele nos dá” – I João 5:14. Não creio que alguém sábio precise de argumentos mais sólidos dos que acima estão citados para ver que há algo PODRE dentro destas igrejas de fachada, que fizeram da promessa de PROSPERIDADE uma bandeira para as suas pretensões materiais.

    A V E R D A D E é que estas EMPREJAS atendem sim, aos interesses primeiro de seus donos, depois aos anseios do bolso, e dos olhos de seus seguidores. Em momento algum estas indústrias religiosas estão preocupadas com a essência do ser humano, a sua ALMA, antes querem sim, ampliar os seus IMPÉRIOS e os seus PALÁCIOS e para isto pouco importa se o povo está ou não sendo enganado e lesado. Céu? Prá que? Para os donos das EMPREJAS ele é aqui e por isto eles vivem com o objetivo de ampliarem as suas mansões com o que de melhor há no mercado da construção e da decoração. Fato é que Bispos, Apóstolos, Profetas e Pastores hastearam a bandeira da imoralidade religiosa, onde o E N G A N O e a MÁ FÉ são marcas registradas e inseparáveis. Dá enjôo ver a Igreja Universal do Bispo Maiscedo, a Igreja Internacional da Graça do R.R. Soares, a Igreja Mundial do Poder do Valdemiro Santiago e outras centenas que seguem a mesma linha, disputando a unhas e dentes a confiança do cidadão em seus métodos satânicos de pregar o que defendem como evangelho. Como cristão, sinto-me ENVERGONHADO com este escracho religioso patrocinado por estes camaradas sem que alguém tome providências para frear esta onda perversa que macula a imagem do verdadeiro Evangelho de JESUS CRISTO.

    “Seja os vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes, porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei”
    Hebreus 13:15

    “As adversidades não tornam os homens nem melhores nem piores. Apenas revelam-nos como são”

    Carlos Roberto Martins de Souza

  3. Luis Claudio disse:

    O que as pessoas entendem por prosperidade? Segundo o dicionário é ser venturoso, feliz. Prosperidade é Dom de Deus, diz a Bíblia, então o que há de errado em pregar prosperidade? Jesus era um pregador de prosperidade. Ele ensinava prosperidade, Prosperidade é Dom de Deus ou a Bíblia está mentindo? Criticar e pregar o que? Que o Cristão tem que ser miserável, pobre é isso? Não entendo realmente. Não defendo Teologia da Prosperidade nem os Críticos de tal teologia. Mas creio no que diz a Palavra e a Palavra não prega contra a Prosperidade. Então não sou contra a Prosperidade, pois repito: prosperidade é Dom de Deus. Creio que Jesus quer crescimento, em Gênesis diz ao ser humano crescei e multiplicai-vos, como sem prosperar? A Bíblia fala de prosperidade desde Gênesis. As conquistas de terras no passado representava prosperidade ao povo. Nas conquistas os vencedores ficavam com os despojos, a não ser que houvesse alguma interferência de Deus repreendendo. Heróis bíblicos prosperaram e foram bençãos, a questão é não estar com o coração no dinheiro. E isso tanto deve ser explicado nas Igrejas tais da teologia da prosperidade quanto das tradicionais, a final o ser humano é o mesmo aqui e acolá, cabe ao Pastor doutrinar suas ovelhas, pois a cobiça não está escrito que é dessa ou daquela igreja e sim do Ser humano em geral independente de dominação ou credo. Ou não? Quando se diz no texto que o pastor do filme diz que não se pode pregar prosperidade numa casa na lama. O que se pregar então para aquele que está faminto e desprotegido, sem nada? Na lama? Se não quais Boas Novas para levantar uma alma abatida do que a Boa Palavra de Deus. As Boas Novas. E muitas vezes só se pode chegar até estes lugares pela PROSPERIDADE da igreja mãe que teve condições de criar uma Igreja ali próxima para alimentá-los ou uma equipe de missionários capacitados, sustentados por uma igreja que prosperou, com famílias que prosperaram. E poderem dar ali o apoio e ensino até eles poderem caminhar com seus próprios pés.
    Não entendo… Criticar… O evangelho precisa é de apoio…

  4. Missionária Delair disse:

    Concordo plenamente com o irmão Luis Cláudio.

    Jacó prosperou, Abraão prosperou, Davi, Salomão, ….

    O amor ao dinheiro sim, é idolatria a ao deus do dinheiro (Mamom). Isso é que é abominação aos olhos de Deus.

    A Paz!!!

  5. andre disse:

    perae,estamos no tempo da graça, nao estamos no tempo do ”olho por olho dente por dente”nao digo que nós nao podemos ter uma vida confortavel mas que nao devemos orar por essas coisas,oras,se deus quizer nos abençoar,amém,mas ninguem deve declarar/determinar nada a deus,muito menos benção material,temos que nos preocupar com outras coisas,estar contente com o que temos,por ventura levaremos nós alguma coisa para o céu?
    31. Portanto, não fiqueis preocupados, dizendo: Que vamos comer? Que vamos beber? Que vamos vestir?
    32. Os pagãos é que procuram essas coisas. O vosso Pai, que está no Céu, sabe que precisais de tudo isso.
    33. Pelo contrário, em primeiro lugar buscai o Reino de Deus e a sua justiça, e Deus vos dará, em acréscimo, todas essas coisas.

  6. Luis Claudio disse:

    Creio que a questão financeira é importante para Deus pois através dela podemos fazer a obra, pois vivemos neste mundo. A questão é como gerenciamos o dinheiro. Como disse a Missionária acima. Em Lucas 16.2 Ele dá conta da nossa mordomia:”E ele, chamando-o, disse-lhe: Que é isto que ouço de ti? Dá contas da tua mordomia, porque já não poderás ser mais meu mordomo.” Ao amigo de cima que comentou eu me refiro a Hb 6.12 onde Jesus dá valor e legalidade às promessa de Abraão, dizendo “Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas.13 Porque, quando Deus fez a promessa a Abraão, como não tinha outro maior por quem jurasse, jurou por si mesmo, 14 Dizendo: Certamente, abençoando te abençoarei, e multiplicando te multiplicarei.”
    Creio que não apagamos o A.T. mas entendemos o A.T. através do Novo.
    Em 2 co 8, fala sobre o que eu disse em outro texto sobre a PROSPERIDADE a favor da obra de Deus, leia o capítulo todo e mais especificamente os versículos 14,15 que diz: “14 Mas para igualdade; neste tempo presente, a vossa abundância supra a falta dos outros, para que também a sua abundância supra a vossa falta, e haja igualdade; 15 Como está escrito: O que muito colheu não teve de mais; e o que pouco, não teve de menos.” E em 3 Jo 1.2 diz “Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma.”
    Bem essa é minha visão e respeito as outras, um abraço e Paz. Fica com Deus.

  7. Rubens Santos disse:

    Prezado Luiz Claudio.

    Deus te abençoe grandemente. Passo muito tempo sem entender por que cristãos estão tão preocupados em criticar cristãos. Muitas vezes quando as pessoas tomam um partido parece que até mesmo esquecem do que a bíblia dia a respeito do assunto para se aplicar em pontops de vista. É lamentável que as pessoas muitas vezes tem medo de contribuir e por esta razão se esquecem que tem pessoas que possuem um dom para contribuir com liberalidade. É obvio que pessoas que tem desejo de oferecer sempre terão para oferecer. Isto produz gozo e alegraia quando alguem oferece a Deus o fruto de seu trabalho. Só um adorador sabe o que é adorar. Só um intercessor sabe o que é interceder. Só um pastor sabe o que é sofrer por um rebanho. Só um evangelista sabe o que é expor a vida em prol de muitos. Aquele que contribui com prazer com o fruto de seu trabalho e conquista, só ele é que sabe a alegria de contribuir. Neste caso só um crítico é que sabe o que ´é criticar. Por isto não entendo qual é a alegria do crítico. Achei bastante oportuna sua opinião sobre a base bíblica de ensinar pessoar a deixar o marasmo e buscar sonhar sonhos com Deus.

  8. monika disse:

    O que eu sei é que se eu devolver o dízimo e a oferta eu tenho prosperidade sim, vivo meu mês plenamente. E se eu não devolver o dízimo e nem a oferta (ou um dos dois) falta muita grana no bolso. E um propósito com Deus (financeiro) também me faz prosperar sim. Experiência própria. Ponto Final!

  9. Missionária Delair disse:

    Concordo com você também Mônika. Vivo a mesma experiência sendo dizimista e ofertante. Quando meu pagamento chega, ainda tenho do anterior. Não me falta nada, vivo bem com o que tenho e Deus me prospera no meu trabalho. Nosso Deus é realmente fiel com os fiéis à Sua Palavra.

    São experiências onde vemos que Deus não mente. Ele realmente prospera aquele que procura cumprir a Sua Palavra.

    Quanto mais nos envolvemos com a Obra de Deus mais Ele nos prospera espiritualmente também: em sabedoria, unção, em dons, etc.

    Nosso Deus é bom demais!

    A Paz!!!

  10. Rute disse:

    “Reavivamento não se trata de uma grande multidão, mas trata-se de pessoas quebrantadas que querem ficar bem com Deus”
    Eu digo o mesmo que ouvi um Pastor pregar… Porque vcs não vão pregar prosperidade na África? Onde tem milhares de pessoas morrendo de fome? Que presperidade para elas seria apenas um prato de comida. Que Deus é esse que dá para alguns 6 carros importados em quanto outros morrem de fome? Que Deus é esse que dá para ums Cavalos de raça em quantos outros comem coco de vaca? É claro que Deus pode fazer seus filhos prosperarem, não dúvido disto! Mas para que? para evergonharem o nome de Deus como tem acontecido? Porque Deus tem que dar tão pouco para usn e tanto para outro? Por acaso Deus faz diferença dos seus filhos? Se realmente fosse na prática como na teoria, eu poderia até concordar com o nosso irmão Luís Cláudio, mas não é assim. O que eu realmente vejo é Pastores enriquecerem muito rápido.Deus disse que o dinheiro seria para o sustento de igreja, das viúvas e orfãos, não para Pastores se Esbanjarem comprando carro importados e vivendo vida de Reis em quanto alguem de sua própria igreja está morrendo de fome e lel com certeza nem sabe disso. O que aconteceu com os filhos de Eli? Esqueceram? Por Comerem das coisas santificadas, morreram e ainda por cima a glória de Deus foi levada!É isso que está acontecendo nos dias de hoje. Por causa de Pastores que não estão cuidando direito do dinheiro que entra nas igrejas; por pessoas que aman o evangelho assim como eu e vc… A Glória de Deus está indo embora e por não ver os milagres acontecerem; Eles usam da mentira para convencer pessoas cheias de fé… E não falo do que não sei e nem do que não vivi! Porque eu mesma testifiquei pastores que mentiram ens seus testemunhos, para consiguir ser conhecidos e receber convites de igrejas. Para que? Para vender seus cds con testemunhos mentirosos. Vi Pastores pregarem contra adultério e estarem em adultério a mais de 3 anos… Eu amo a Deus!! E permanecei amando na Saúde ou na doença,na riqueza ou na pobreza. Mas será que muitos continuaram??? Se de repente assim como Jó perderem tudo????

  11. IURY RANGEL disse:

    Olá amados, a Paz do Senhor!

    Gostaria aqui de expressar a minha forma de entender este assunto tão polêmico no meio evangélico.

    Eu não creio na Teologia da Prosperidade tal como é ensinada em muitas denominações evangélicas. Porém, creio sim que a prosperidade deve ser buscada pelos cristãos. O grande problema é compreender o sentido da palavra “prosperidade”… No Salmo 35.27 está escrito que “Deus ama a prosperidade de seu servo”. Isto significa claramente que o Senhor tem o interesse de fazer seu povo prosperar. Mas o que é prosperidade? No Salmo que acabei de citar, a palavra “prosperidade” é usada para traduzir o termo hebraico “shalom”, que significa paz, felicidade, harmonia. Isso significa que Deus está interessado em fazer com que seu povo viva feliz, seguro e com suas necessidades supridas, e não que Ele tenha o interesse de fazer com que todos os seus servos sejam multimilionários, como pensam alguns. Assim, prosperidade não é necessariamente sinônimo de riqueza!

    Lembremos, por exemplo, o que a Bíblia declara a respeito de José no Egito: “E o SENHOR estava com José, e foi varão próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio. (…) E o carcereiro-mor não teve cuidado de nenhuma coisa que estava na mão dele, porquanto o Senhor estava com ele; e tudo o que ele fazia o Senhor PROSPERAVA” (Gn 39.2,23). Estes versículos descrevem o estado de José como escravo e como presidiário. Como pode um presidiário, vivendo em um calabouço, ser próspero? Ou um escravo vivendo longe de sua família prosperar? Este texto só é compreensível se atentarmos para o fato de que prosperidade não é sinônimo de riqueza. Evidentemente, José não era rico enquanto estava na prisão, porém continuava sendo um homem de Deus cheio de paz e alegria e, por isso, pode-se dizer que o Senhor prosperava tudo que ele fazia…

    A promessa do Evangelho de Jesus Cristo para a Igreja é a provisão e não a riqueza! (Fp 4.19)! Jesus mesmo disse que não deveríamos ajuntar tesouros nesta terra (Mt 6.19). O apóstolo Paulo também corroborou esta verdade afirmando que o cristão não deveria desejar ser rico (1Tm 6.9). Isso quer dizer que é pecado ser rico??? Claro que não! A riqueza é um dom de Deus (Ec 5.19), o que significa que Deus a dá para quem Ele quiser, para assim cumprir os seus propósitos. Devemos então descansar nesta orientação divina e não buscarmos a riqueza. E caso Deus, por Sua soberania e graça, nos conceda este dom, que O glorifiquemos ajudando a quem precisa e financiando a obra de Deus.

  12. MARCELO disse:

    Concordo … a palavra nos garante que SE BUSCARMOS 1º O REINO DE DEUS E A SUA JUSTIÇA, as demais coisas nos seria acrescentada.

    Acredito que existe a necessidade de ensinar o povo a ofertar, porém, sem maiores apelos, pois um povo bem ensinado, não necessita de lembretes.

    A prioridade é o reino dos céus.

  13. MARCELO disse:

    Acredito que o reino dos céus é movido por semente … o que não podemos fazer, é usar muitas vezes 30 a 40 minutos de um culto para fazer apelos financeiros… fica uma coisa forçada e escandaliza os cristãos.

  14. Celso disse:

    Temos que buscar a Deus pelo que ELE é, não pelo que ELE pode nos dar.

  15. Luis Claudio disse:

    Ok Iury sua visão está de acordo, as pessoas confundem prosperidade com riqueza. O que quis dizer é que as pessoas não desenvolvem esse Dom e se entregam a uma vida sem nenhuma condição se baseando nos maus exemplos. Não se basear em homens, mas no que diz a palavra, olhe para Deus, pois Deus não é falho, esse é o nosso erro, nos baseamos no que homem faz e não no que Deus diz. No caso de José sim, ele prosperou até se tornar rico. Mas prosperidade é não ter falta de nada, podendo ser rico mas pobre é ter falta e não creio que seja vontade de Deus. Acho que são circunstâncias que podem passar na vida ou não, mas que podem ser mudadas com o Poder de Deus para se ter uma vida digna. Ao que acontece Iury que muitos estão desanimados, tristes também pelos que criticando a Teologia da Prosperidade assim nem prosperidade mais querem e ficam vivendo uma vida dissoluta e acham que é vontade de Deus também. Têm medo de serem prósperas. Muitas das vezes são pessoas que precisam despertar o dom de Deus nelas. Obrigado.

  16. Hamilton disse:

    Uma revolta revolucionária contra essa teologia da prosperidade só trará glória a Deus e sucesso a verdadeira igreja de cristo ,pois as pessoas despertarão para o verdadeiro evangelho do amor e da graça !!!! Mesmo que cabeças rolem…Alias sempre que reformas foram feitas ,cabeças rolaram ! Cabeças dos falsos profetas e prostitutos!!!

  17. Brunno disse:

    O fato não é pregar a prosperidade, é colocar isto como o centro, sendo que o centro de tudo é a salvação, intimidade com DEUS!!!
    glória a Deus pela vida deste Pr. que prega a palavra.
    O NOSSO COMPROMISSO É COM A PALAVRA DE DEUS!!!

  18. IURY RANGEL disse:

    Olá, mano Luiz Cláudio! Graça e paz para você!

    Obrigado por ler meu comentário. Entendi sua visão a respeito do assunto e concordo! O que vemos no meio evangélico hoje são dois extremos prejudiciais a saúde espiritual do povo de Deus. Por um lado, há aqueles pregadores que incentivam o povo a ir para a igreja em busca de riquezas, numa procura desenfreada por bens materiais. Acho isso errado, tendo em vista a recomendação clara de nosso Salvador de que devemos “buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua justiça, e todas essas coisas nos serão acrescentadas” (Mt 6.33). O que falta a essas pessoas é crer na provisão divina! Paulo disse que nosso Deus supriria cada uma de nossas necessidades (Fp 4.19). Isso significa que Deus se compromete a não deixar nada faltar aos seus servos, sobretudo aos que dizimam e ofertam na obra de Deus.

    Por outro lado, há aqueles cristãos que nem suportam ouvir a palavra “prosperidade” na igreja, como se este assunto não fosse abordado pela Bíblia e de interesse da igreja. Como disse, prosperidade é o objetivo de Deus para o seu povo (Sl 35.27), o que significa que Ele deseja que seu povo tenha paz, felicidade e não sinta falta de nada, tanto no âmbito espiritual, como no material.

    Mas o que falta hoje, amado Luiz Cláudio, é uma virtude que poucos cristãos cultivam: a virtude chamada CONTENTAMENTO. Paulo escreveu: “Mas é grande ganho a piedade com CONTENTAMENTO. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes” (1Tm 6.6-8). Eu costumo dizer que estar contente é diferente de estar alegre… Alegria é o sentimento que inunda o nosso coração quando conquistamos algo que nos dá prazer. Mas estar contente é estar plenamente satisfeito com aquilo que já possuímos, ainda que não tenhamos conquistado tudo aquilo que desejamos! Mesmo o pobre pode ser próspero e contente, pois quando somos fortalecidos por Deus não sentimos falta de nada! Foi isso o que disse o apóstolo Paulo: “Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido e sei também ter abundância; em toda a maneira e em todas as coisas, estou instruído, tanto a ter fartura como a ter fome, tanto a ter abundância como a padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece”. (Fp 4.12,13). Por outro lado, existem muitos ricos que não são prósperos! Estão tão dominados pela cobiça e pela avareza que nem seu próprio dinheiro o satisfaz! Estão sempre querendo mais para preencher o vazio de suas almas. Porém tal vazio só pode ser preenchido por Deus!!!

    Precisamos buscar um equilíbrio. O Evangelho é simples, alguns pregadores modernos é que tentam complicá-lo (2Co 11.3,4). Não nos preocupemos com riquezas, apenas sirvamos ao Senhor com sinceridade e Ele suprirá todas as nossas necessidades!!!

  19. Dirceu Silvio Szczepanik disse:

    Olha; a hora !!!
    Salmos
    82:1 – DEUS está na congregação dos poderosos; julga no meio dos deuses.
    82:2 – Até quando julgareis injustamente, e aceitareis as pessoas dos ímpios? (Selá.)
    82:3 – Fazei justiça ao pobre e ao órfão; justificai o aflito e o necessitado.
    82:4 – Livrai o pobre e o necessitado; tirai-os das mãos dos ímpios.
    82:5 – Eles não conhecem, nem entendem; andam em trevas; todos os fundamentos da terra vacilam.
    82:6 – Eu disse: Vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo.
    82:7 – Todavia morrereis como homens, e caireis como qualquer dos príncipes.
    82:8) – Levanta-te, ó Deus, julga a terra, pois tu possuis todas as nações.

  20. Raul disse:

    O irmão Luiz Claudio tem razão. Muito boa opinião. E faço meu comentário também. Dizendo que todo “grande” homem ou mulher de Deus é bem sucedido, pode ver nos relatos bíblicos. E ser bem sucedido em todas as área não só material, mas em todas as áreas(espiritual, profissional, emocional e sentimental) de nossas vidas sendo a priori a espiritual. O outro irmão Yuri, também concordo, não podemos viver de extremos pois parecem que tem uns que pensam que ser crente é só pra sofrer. E Jesus dizendo que o fardo dele é leve. No mundo tereis aflições, é para todos tanto crentes como descrentes, o exemplo do Sol e da Chuva que Jesus deu diz isso. Mas temos uma fé que vence o mundo, A fé em Jesus como Senhor. O povo de Deus perece por causa da falta de conhecimento. Os que sabem um pouco mais por favor ensinem os incautos, mas sabendo que nos que ensinamos seremos julgados com maior rigor.

    A Paz no meio dos irmãos primeiramente.

    “O Senhor é galardoador daqueles que o buscam”. Hb 11:6 AMÉM.

  21. matildes disse:

    Concordo com vc irmã RUTE,’´porque é que não vão então pregar prosperidade aos que estão na Africa morrendo de fome?”Só visam os paises que estão economicamente bem ou + ou menos bem para sugar o que resta do povo,hipocrisia,só hipocrisia!

  22. matildes disse:

    E outra quer ser próspero?Eu tenho a receita,vá trabalhar,divida os seus bens com os que precisam e serás próspero!

  23. Luis disse:

    CRENTE PRECISA SE LOCALIZAR NO MUNDO, TA MEIO PERDIDO !

    É IRMAOZINHO DE CÁ, PAZ DE LÁ, UMA DISPUTINHA DE CÁ PELO CARGUINHO, UMA FOFOQUINHA AQUI E OUTRA E NO INTIMO SÓ DEUS SABE COMO É ! UM MUNDINHO PEQUENO , MEDÍOCRE E FECHADO (( OU NÃO É ASSIM ???? ))

    TODOS NÓS SABEMOS QUE DE DEUS É TUDO ! ELE ENRIQUECE A QUEM ELE QUER E COM FINS ESPECÍFICOS. PROSPERIDADE É OUTRA COISA ( OU NÃO ?? )

    VAMOS NEGAR QUE JESUS DISSE QUE SERÍAMOS PERSEGUIDOS E TERÍAMOS AFLIÇÕES ???? ( VIDA BOA ((REGALIAS)) É SINAL DE PERSEGUIÇÕES ? RSSSS )

    O PROBLEMA É EXIGIR DE DEUS AS COISAS MEDIANTE “PAGAMENTO” DE DÍZIMOS E OFERTAS !!!! (( OU NÃO É ASSIM ???? ))

    QUEM SOMOS NÓS PEQUENOS MORTAIS PRA EXIGIR ALGUMA COISA DE DEUS ?

    O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM O CRISTIANISMO ESTÁ EXPLÍCITO, SÓ NAO VÊ QUEM NÃO QUER !

    GRAÇAS À DEUS MUITOS JA ACORDARAM E OUTROS MILHOES ESTÃO ACORDANDO !

    QUE ISSO CONTINUE, QUE MUITOS ACORDEM !!!!

    PARABENS A TODOS QUE FISERAM ESTE FILME, JA ASSISTI OS DOIS FILMES E GOSTEI MUITO !

  24. de bem com a vida disse:

    A paz do Senhor povo de Deus

    Sabemos que se buscarmos a Deus Ele tem tudo para nos dar, o que precisamos entender é que hoje muitos pregadores colocam a prosperidade em primeiro lugar, dizendo que se estivermos na presença de Deus, Ele é obrigado a fazer tudo por nós, Deus não é obrigado a nada e antes de sermos prosperos o Senhor quer que primeiramente nosso coração esteja voltado a Ele, que o adoremos em Espirito e em verdade, que haja em nós humildade para reconhecermos que somos pecadores e dependemos do Senhor.
    Precisamos de homens de Deus como João Batista que sempre pregou o evangelho do arrependimento para salvação.É importante o homem ter uma vida financeira bem sucedida, pois tras muito beneficios para ele e sua família, mas mais importante que isso é ter uma vida com Deus, uma vida no altar do Senhor, pois a Palavra de Deus não mente, quando noz diz: Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas.

    Muitas vezes é necessário pararmos e analisarmos a nossa vida diante de Deus.

    Qual é a nossa prioridade? O que realmente a palvra de Deus nos ensina?

    Enriquecer ou morar no céu?

  25. Luis disse:

    Vida financeira bem sucedida é simplesmente confiarmos que o Senhor pode a cada dia nos dar a porção necessária para nós e os outros. É administrar bem tudo aquilo que ele nos dá. É descansar no Senhor. É ter sonhos que glorifiquem à Deus e confiar que ele vai suprir nossas necessidades !

  26. Madson Ferreira disse:

    Tentei ler tudo, gostaria que os senhores diivulgasse nomes de pessoas, pastores q criaram ou defendem a tal “teologia da prosperidade”. No ministério o qual participo é muito falado em prosperidade, não em teologia da mesma e meus pastores explicam muito bem sobre isso. Pq prosperidade é uma qualidade de status, de como se encontra com relação à prosperidade na vida, ou seja, não está ligada diretamente a valores, dinheiro, riquezas, etc.
    Pois conheço pessoas riquíssimas, q possuem muitos bem porém não são prósperos. Pois um “magnata” possui mulher, filhos já o próspero possui família.O rico muitas das vezes não põe a cabeça no travesseiro sem tomar medicamentos ou algo do gênero. Ou seja, o rico só pensa na sua riquiza, vive pra isso, por isso a bíblia condena o rico e não a riqueza, pois conheço pessoas prósperas que possuem bens muito mais dq um “rico” em minha cidade.
    espero ter exposto meu pensamento e discordo de muitos q falam da “teologia da prosperidade” mesmo pq axo q possa axistir sim igrejas vendendo milagres, flores, óleo em troca de melhoras na vida financeira. Não é disso q estou falando e sim com tantas exposições da mídia, cantores, ministérios, etc falando do mesmo assunto, fica um “nó” na cabeça do povo, acho que deveriam dar a “cara a tapa” e mostrar realmente quem e como funciona a tal teologia e quem as pratica. Pois creio que o povo, devido a falta de conhecimento e orientação, precisa ser melhor esclarecido sobre o assunto e assim não deixar esse clima no ar de que fulano é contra ou…sei lá!

    Obrigado a tods.

    madson3d@gmail.com

    Mandem-me comentários.

    Paz a tds!

  27. Anderson disse:

    Não sou contra que cada um lute pela sua riqueza, mas essa história de FOGUEIRA SANTA, VALE DO SAL, 318 PASTORES e demais mentiras, são meiso de manipulação para obter dinheiro. A tal da teologia da prosperidade só ajuda gente como EDIR MARCEDO. O PASTOR DA ORAÇÃO DA PROPINA, ENTRE OUTROS CHARLATÕES!!!

  28. Evangelista Junior disse:

    “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências. 2Tm. 4:3.

    AVIVAMENTO. O QUE É ISSO?

    Já faz alguns anos que ouço falar em um processo que – segundo os crentes neopentecostais – vem ocorrendo no meio evangélico, chamado AVIVAMENTO. Por diversas vezes me pego tentando entender que avivamento é esse em nosso meio, onde as pessoas se distanciaram do Evangelho e se tornaram egocentricas, a ponto de ser tão materialistas e individualistas.

    O interessante é que esse avivamento se baseia unicamente em “TER”, mas nunca em “SER”. O NOVO NASCIMENTO é objetivo de poucos. Também, pra quer nascer de novo? Só para entrar no Reino de Deus? É muito mais fácil viver o AQUI E AGORA. Façamos o nosso CÉU AQUI NA TERRA mesmo. É cada um por si e Deus por todos.

    Onde está o AVIVAMENTO do amor mútuo, onde os irmãos abriam mão dos seus bens em benefício dos outros? Loucura? Sonho? Hipocrisia? Não amados. Se abrirmos as nossas Biblias em Atos 4:32-37., veremos o segnificado do Evangelho, pois todo o ele está baseado no amor. Vejamos:

    32 E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns.
    33 E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.
    34 Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.
    35 E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.
    36 Então José, cognominado pelos apóstolos, Barnabé (que, traduzido, é Filho da consolação), levita, natural de Chipre,
    37 Possuindo uma herdade, vendeu-a, e trouxe o preço, e o depositou aos pés dos apóstolos.

    Isso é avivamento amados.
    Essa barulheira e desenfreada batalha entre denominações que vemos por aí, não passa de soberba da carne e vaidade.

    AVIVAMENTO É UM ATO PRODUZIDO PELO ESPÍRITO SANTO, com o intuito de fazer os crentes acordarem para as Palavras ensinadas pelo Senhor Jesus. É fazer com que os crentes busquem a presença de Deus acima de tudo. Que adorem a Deus pelo que Ele é, não pelo que ele pode fazer.

    Portanto amados, nós que temos o compromisso de pregar o Evangelho, devemos permancer fiéis aos ensinamentos do Nosso Senhor. Devemos pregar exclusivamente aquilo que o povo PRECISA OUVIR, NÃO OQUE ELES QUEREM OUVIR, pois o céu o limite para aqueles que amam a Deus e cumprem a sua Palavra.

    E Moisés disse ao SENHOR: Eis que tu me dizes: Faze subir a este povo, porém não me fazes saber a quem hás de enviar comigo; e tu disseste: Conheço-te por teu nome, também achaste graça aos meus olhos. Agora, pois, se tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber o teu caminho, e conhecer-te-ei, para que ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é o teu povo. Disse Deus: Irá a minha presença contigo para te fazer descansar.
    Então Moisés disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui. Como, pois, se saberá agora que tenho achado graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Acaso não é por andares tu conosco, de modo a sermos separados, eu e o teu povo, de todos os povos que há sobre a face da terra? Então disse o SENHOR a Moisés: Farei também isto, que tens dito; porquanto achaste graça aos meus olhos, e te conheço por nome. Então Moisés disse: Rogo-te que me mostres a tua glória. Ex. 33:12-18.

    No amor de Cristo Jesus,
    Evangelista Junior

  29. claudecir disse:

    acredito na prosperidade q vm d alto, ou seja um dom de DEUS,
    viver correndo atras de riquezas terrenas, é olhar para baixo ou seja
    para o inferno.
    JESUS CRISTO disse; nao acumuleis tesouros nesta terra,
    por q o vosso tesouro esta no céu.
    sigo a JESUS CRISTO , por q aumeijo um CÉU de gloria,
    viver a eternidade com DEUS .

  30. Mateus Flores disse:

    Concerteza Abraão, Jaco, Davi, Salomão, Jo entre muitos povos da biblia enricaram, mais ler direito a biblia e provura pra ver se alguns deles oravam a Deus ” Ho Pai, eu to pobre misaravel, me enrica”. Nem um eles procuravam ser fiel cada vez mais, estar cada vez mais perto de Deus, confiar em Deus. nem um deles procurou a prosperidade. Jesus nunca ensinou Ore pedindo carro, casa, dinheiro, saude, Jesus orou ” …Vem a nos o vosso Reino, e seja feita a tua vontade ” Jesus disse Buscai primeiro o Reino de Deus e sua justiça e as demais (carro, comida, dinheiro, saude e etc.) coisas vos serão acrescentadas”. Jesus tbm disse ” Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?”.

    Pois é gente não se preocupe com as coias desse mundo não, quando vcs orarem pessa a Deus pra vim o Reino dele sobre essa terra, pra que ele transforme o coração dos lederes mundias e que venha o manifestar dele.

    E PARA QUEM TA FALANDO AI GRANDES HOMENS E MULHERES DE DEUS. NÃO ESISTEM GRANDES HOMENS E MULHERES, MAIS PEQUENOS, POBRES, E NESCECITADOS HOMENS E MULHERES DE DEUS “PARA QUE ELE CRESÇA E EU DIMINUA JOÃO 3:30”

  31. MARANATA disse:

    Quando cumprirmos Mateus 6:33, de fato, a gente acaba com muita discussão tola em nosso meio.

  32. alex disse:

    CONCORDO EM GENERO,NUMERO E GRAU COM ESSE PASTOR

  33. henrjk disse:

    A “Teologia da Prosperidade” é uma “infernização na vida do crente.
    Sua preocupação diária é a de ser próspero.
    A prosperidade na bíblia tem um sentido amplo e não um sentido restrito como afirmam os pregadores dessa satânica “demoniologia”.
    Pagar/devolver dízimos e dar ofertas não garantem benção alguma e quem acredita nisso, está crendo em um engodo.
    Para ter boas colheitas e serem prósperos, os povos pagãos tributavam até seus próprios filhos para seus deuses.
    Os crentes dessa teologia dão dízimos e ofertas acreditando que seus tributos seriam agradáveis a Deus a ponto de lhes dar favores.
    Um crente próspero será feliz em todos os campos de sua vida, até mesmo situações contrárias.

  34. paulo disse:

    parabens a esse pastor ele tem ue fala a verdade mesmo esse andre ainda nao se converteu

    paullopg@hotmail.com

  35. Jossimar Farias Ferreira disse:

    Teologia da prosperidade é um método para alcançar os chamados “pobres”. Eles utilizam a idéia: quer agradar pobre? Fala o que eles querem ouvir!
    É igreja planetária, mas são esses pobres que enriquecem vocês pastores no final do mês a comprar emissoras, empresas e esquecer que existe um mundo que clama por salvação!

  36. Carlos Roberto disse:

    ONDE FICA A CASA DO TESOURO?

    Desde criança, freqüentando assiduamente a igreja, sempre ouvi de centenas de pregadores que o DÍZIMO deveria ser entregue na comunidade onde eu congregava, o compromisso fazia parte, inclusive, da PROFISSÃO DE FÉ dos que se apresentavam como candidatos a membros daquela denominação. Os Pastores diziam abertamente que a “CASA DO TESOURO” era a igreja, portanto deveríamos entregar o dízimo lá. O texto era e sempre foi “Trazei todos os dízimos à CASA DO TESOURO, para que haja mantimento na minha casa…” – Malaquias 3:10, e ninguém ousou jamais questionar se era certo ou errado. Hoje, depois de um exame apurado das Escrituras, o que devo fazer? Para onde devo enviar o DÍZIMO do Senhor? Sou cristão sincero e quero fazer a vontade de Deus, mas as pressões são muitas, ouço absurdos vindos de todas as partes… Com regularidade tenho encontrado pessoas com a mesma dúvida, onde devo entregar o DÍZIMO? O problema central é que toda a discussão sobre quem é o legítimo receptor do DÍZIMO acaba esbarrando na questão “ONDE FICA A CASA DO TESOURO”?

    A grande causa das dúvidas sobre onde está a “CASA DO TESOURO” é a falta de base Bíblica dos crentes sobre o assunto DÍZIMO. Se você pedir a um evangélico que lhe diga um versículo da Bíblia que mencione o DÍZIMO, muito provavelmente ele se lembrará de apenas um, somente Malaquias 3:10. O nosso povo não conhece a história do DÍZIMO na Bíblia e como a sua aplicação foi alterada ao longo da evolução do cristianismo. As distorções e as interpretações passam longe do que a Bíblia ensina.

    Quando Abraão entregou o DÍZIMO a Melquisedeque, onde ficava a CASA DO TESOURO? Havia um templo naquela época? A que igreja pertencia Abraão? Quem o instruiu? “E de tudo lhe deu Abrão o dízimo” – Gênesis 14:20. Havia comissão de finanças? Havia um tesoureiro?

    A grande falha na compreensão do assunto do DÍZIMO é imaginar que o ele sempre esteve relacionado a um espaço físico denominado “CASA DO TESOURO”, hoje igreja. A CASA DO TESOURO era um depósito de mantimento – celeiros – que foi construído no templo de Zorobabel. No tabernáculo do deserto não havia “CASA DO TESOURO”. Neemias também chamou a “CASA DO TESOURO” de “CÂMARAS DO TESOURO” – Neemias 12:44. O Profeta Malaquias viveu após o retorno do exílio babilônico e quando se referiu à “CASA DO TESOURO” estava falando sobre estas “CÂMARAS DO TESOURO” que não existiam na época de Abraão e também não existem em nossa época.

    Embora o elemento “CASA DO TESOURO” ou “CÂMARAS DO TESOURO” não seja um ingrediente obrigatório em todas as fases da história do DÍZIMO, ao analisarmos esta história percebemos que o SACERDÓCIO é um ingrediente sempre presente ao falarmos sobre “DÍZIMO”. Isto significa que sempre que o DÍZIMO é mencionado na Bíblia, isto ocorre em conexão com o SACERDÓCIO, mas nem sempre em conexão com um espaço físico equivalente à “CASA DO TESOURO”.

    A grande questão para os cristãos hoje não deveria ser onde fica a CASA DO TESOURO, mas sim quem são os “VERDADEIROS SACERDOTES” do Senhor? No que consiste este sacerdócio hoje? Qual a relação entre este “MINISTÉRIO SACERDOTAL” e o “DÍZIMO”?

    Uma leitura é obrigatória para os que se interessam por estas questões relacionadas ao DÍZIMO É HEBREUS 7. Você conhece algum outro trecho Bíblico sobre o DÍZIMO, escrito por um Apóstolo? Hebreus é o único texto sobre o tema aplicável na dispensação cristã. Mas, e Mateus 23:23? O contexto ainda está vinculado com a dispensação mosaica uma vez que Cristo ainda não havia morrido.

    Hebreus 7 apresenta o sacerdócio de Melquisedeque como sendo o sacerdócio vigente para os cristãos. No sacerdócio de Melquisedeque a CASA DO TESOURO não é algo material, geograficamente situado e limitado num espaço físico. Na ordem de Melquisedeque tanto o sacerdócio quanto o templo são representados pelos crentes. Os crentes são os sacerdotes e o templo. “Pois nós somos santuário de Deus vivo” – II Coríntios 6:16. “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real” – I Pedro 2:9.

    Observe que outra característica do sacerdócio de Melquisedeque é a consolidação da autoridade sacerdotal e do poder real. Melquisedeque, além de sacerdote, era rei de Salém. Semelhantemente Jesus, é rei e sumo-sacerdote. Nós também fazemos parte deste sacerdócio e reinaremos com Cristo os mil anos: “Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição; Sobre estes não tem poder a segunda morte; Mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele durante os mil anos” – Apocalipse 20:6.

    De acordo com o escritor aos Hebreus a lei do DÍZIMO mudou juntamente com a mudança da ordem sacerdotal: “E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar os DÍZIMOS do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que estes também tenham saído dos lombos de Abraão… Pois, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei” – Hebreus 7:5 e 12.

    Qual foi a última vez que você ouviu um sermão sobre o DÍZIMO onde o pregador mencionou o capítulo 7 de Hebreus? Dá para imaginar porque nossos Pastores preferem usar Malaquias 3:10 e ignorar Hebreus 7? No sacerdócio de Melquisedeque não existe “CASA DO TESOURO”, mesmo assim a lei do DÍZIMO vigora nesta ordem sacerdotal. O DÍZIMO hoje deve ser usado para o exercício do “SACERDÓCIO REAL” mencionado em I Pedro 2:9. Este sacerdócio, exercido por todos os crentes, consiste no anúncio “das grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” – I Pedro 2:9.

    As pessoas que anunciam o Evangelho são dignas de receber os benefícios do DÍZIMO. Isto inclui Pastores, Obreiros remunerados ou leigos, enfim, o DÍZIMO é um direito do sacerdócio real exercido por todos os crentes. Lamentavelmente, o que temos hoje são verdadeiras “CASAS DO TESOURO”, palácios de dar inveja a muitos reis do passado, casas que na sua maioria absoluta são dominadas pelos magnatas da fé que se definem como representantes de Deus na terra, homens movidos a todo o tipo de mordomias e de facilidades ministeriais. De “casa do tesouro” a “casa do terror”, onde a intimidação é declarada em nome de Malaquias 3:10: “…Maior abastança”. Dá-lhe prosperidade!!!

    A responsabilidade da má utilização do DÍZIMO é dos sacerdotes, ou seja, de todos nós. Cada um de nós deverá prestar contas a Deus sobre como cada centavo do nosso DÍZIMO foi aplicado. Você é um sacerdote da ordem de Melquisedeque e tem uma responsabilidade intransferível sobre como seu DÍZIMO é aplicado. Os que estiverem verdadeiramente comprometidos com o ministério de salvação de almas farão questão de que o DÍZIMO seja aplicado na pregação do Evangelho. Por outro lado, os que não estão totalmente comprometidos com a obra ficam indiferentes quanto a esta questão e esperam um dia jogar a responsabilidade de sua infidelidade sobre a igreja ou sobre a denominação.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  37. henrjk disse:

    Carlos Roberto
    No texto que você citou:”… Zaqueu era um homem “RICO” de berço, mesmo não conhecendo e não temendo a Deus…”

    Eu acredito que Zaqueu sempre foi um homem temente a Deus porque ele era judeu e teve sua doutrinação conforme a tradição e certamente ele contribuia conforme a Lei Mosaica.
    Ele era afastado convívio dos outros judeus pelo seu cargo, os romanos eram odiados pelo povo judeu e qualquer um que prestasse serviços a esses invasores eram colocados à margem da sociedade judaica-religiosa.
    Zaqueu era um “faltoso” para com o seu povo e para com a sua religião por, talvez, ser chefe de coletores de impostos para Roma.

    “Lucas 19.8 Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais.”

    A generosidade acima, supõe que ele conhecia a Lei.
    Isto é só uma sugestão, que talvez você possa pesquisar.
    Como estou um pouco sem tempo agora, verei assim que folgar.

  38. levi varela disse:

    CARLOS ROBERTO,

    A passagem de Zaqueu você não entendeu direito.

    Já em outra oportunidade, ou melhor, em outro tema, eu dei como exemplo o proprio Zaqueu, além de outros, justo para contestar o que julgo equívoco de interprtação da vontade divina.

    Zaqueu não disse que daria tudo o que tinha, sim a metade.

    Aí você arguiria, mas se ele desse tudo ficaria sem condições de devolver o que roubou.

    O próprio zaqueu não confessou ter roubado, meu caro.

    Veja que o texto diz SE robei, devolvo em quatro.

    Mal que existe é nós não termos sabedoria. Rico ou pobre, tanto um quanto o outro cometem o pecado da avareza.

    Muitos pobres sequer conseguem ter uma alimentação adequada, mas tem carro de luxo, ou seja, o mostrar-se.

    Quando em inventário o patrimônio deixado por pais, até um casebre é motivo de brigas, discórdias, mortes.

    Meu Caro, o problema é a prioridade das coisas. Muitas pessoas não se chegam ao evangelho por vergonha da famíla, para essas pessoas, e que Cristo orientou que abandonásse pais, irmãos, por seu amor.

    O jovem rico que Cristo falor sobre o camelo era um mentiroso, vez ter dito a Cristo que cumpria a todos os mandamentos. Cristo para não ficar com conversa estúpida com mentiroso, orientou que vendesse o que tinha. Além de mentiroso, também amava, era apegado, era idólatra do dinheiro.

    Cristo ensinou que fossemos algo sem parecer, que tivéssemos sem também parecer.

    Tanto que falou que que não é fiel no pouco, não será no muito. Ou seja, se fosse como você quer dar a entender, juntamente com o catolicismo, não teria feito referência ao muito.

    Até mesmo para que não tem nada, Cristo disse se preciso fossse arrancase pé, mão, ou seja, foi radical, desde que tenha a salvação, portanto diz a qualquer um que busca riqueza, se não vai saber se portar quando rico, que não a busque.

    Nunca foi contra a ponto de pregar no sentido das pessoas não buscarem seus sonhos, alerta quanto a prioridade que deve ser as coisas do céu.

    Essa história de que Cristo era pobre soa falso da forma como é dito, afinal ele é dono do ouro, da prata e de tudo, apenas optou por vir pobre para dar lição aos judeus que tinham mania de dizer que pessoas desprovidas de recursos se dava por alguma falha dela para com Deus.

    A biblia é para ser lida, mastigada, engolida, tudo com sabedoria divina, com reflexão cristã.

    Não acredito em Cristo hipócrita, meu caro.

  39. discipulohc3ver18 disse:

    de volta ao verdadeiro evangelho ,porque os defensores dessa fraca e mentirosa teologia da prosperidade sempre tem que citar os patriarcas ,porque não cita os apostolos ,a acho que eles não eram ricos quero dizer no dinheiro mas na graça sim,cade o viver pela fé Jesus enviou seus discipulos e disse não leve nada ,depois que eles voltaram da missão o Senhor disse vos faltou alguma coisa eles disseram não,sera que os ricos vai entrar no céu,mt cap 19 ver 16 ao 30,será que Jesus mandou os seus discipulos ajuntarem tesouro na terra,mt cap 6 ver 19 ao 21,a igreja de esmirna era pobre mas Jesus declarou que ela era rica ,ap 2 ver 8 ao 11, aos criticos de plantão era rica na graça e pobre no dinheiro,ao passo que a igreja de laodiceia era rica cheio de ostentação materiais, e diza estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma e Jesus disse voces são pobres miseraveis e nu,ap 3 ver 14 ao 22,porque esse camaradas não vai pregar lá na china ,ira,india,açucarabia saudita,coreia do norte ,lá eles se converte de verdadade , lá ou serve a Deus ou mamon (riquezas),lá não tem crente de açucar,

  40. discipulohc3ver18 disse:

    esse argumentos fracos e interpretações segundo o que me cabe não dá a biblia e a biblia e não deve ser interpretada por aquilo que eu acho,texto fora de contexto não passa de pretesto isso sim,hoje em dia não se pode falar a verdade que está julgando a biblia diz julgai tudo e retende o bem uma vez estava passando por uma situação dificil e fui para igreja ouvir uma palavra para me consolar elá estava um pregador da prosperidade,sai pior do que entrei ,preferia ter ficado em casa ,imagine se não tivesse firme em Cristo era mas um perdido no mundo,há mas se tiver alguém para me explicar o que quer dizer essas palavras tão vez eu me converta a teo/da prosperidade como eu sei que não tem como , fico com o verdadeiro evangelho, 2 co cap 11 vers 7 ao 15,fp cap 3 ver 17 ao 21,1 tm cap 6 ver 17 ao 19,2 tm cap 3 ver 1 ao 9,2 tm cap 4 ver 1 ao 5,tg cap 5 ver 1 ao 6,2 pe cap 2 ver 1 ao 22,

    tiago cap 2 ver 5 ouvi meus amados irmãos .Não escolheu Deus os que para o mundo são pobres,para serem ricos em fé e herdeiros do reino que ele prometeu aos que o amam.
    o que é para judeus é para judeus o que e para cristãos e para cristão , porque os apostolos não pregavam essa porcaria já que isso é Deus porque os pais da igreja os grandes avivalistas não preagavam isso porque eles conhecia a palavras e tinha a graças de Deus para entender as escrituras.

    sem contar que todas a igrejas que se meteram nessa confusão toda hora se mete em escandalo desonrando e escandalizando a obra do Deus vivo. teo da pros/ diz crente não pode ter enfermidade não pode ser pobre ,tudo balela ,me diz o que o aposto paulo disse na carta aos galatas,(e vos sabeis que vos preguei o evangelho a primeira vez por causa de uma enfermidade fisica gl cap 4 ver 13), iai não tem ninguém pra dizer o que é isso um homem que Deus usava pra curar pessoas até pelos seus lenços ficou enfermo,vou para por aqui mas antes de escreverem distorções da biblia leia essas palavras na biblia pega ela na estante e tira o pó dela e vai ler e orar pra ter dircenimento. lc 12 ver 13 ao 34. a biblia como ela é e não como muitos querem que seja.

  41. JDrummer disse:

    Resposta ao Luis Claudio.

    Luis,

    Claro que Jesus quer que o homem seja próspero em todos os sentidos. Mas leia Mateus 6:33 – “Mas buscai PRIMEIRO o SE REINO e a SUA JUSTIÇA, e todas estas as demais coisas vos serão acrescentadas”.

    O acontece com os que pregam a teologia da prosperidade, é que: “Você nasceu para cabeça e não calda”, usam mto essa frase rídicula, mas Jesus disse que ELE veio para servir! O que me diz disto? Outra coisas também que essa teologia rídicula fala é que se vc está com sua saúde ruim e suas finanças não vão bem, vc não está em comunhão com Deus, está em pecado. As pessoas hje não busca, a Deus pelo que ELE é, mas pelo que ele dá, mas gente, de Deus não se zomba nem podemos enganar ELE.

    Mais uma vez leiamos Mateus 6:33 – “Mas buscai PRIMEIRO o SE REINO e a SUA JUSTIÇA, e todas estas as demais coisas vos serão acrescentadas”.

  42. Breno disse:

    Se não fosse pela Teoria da Prosperidade ninguém seria Cristão, afinal de contas ninguém quer viver pobre sem desejar a riqueza por pensar que ela é um pecado….

  43. WYCK disse:

    PIREI!!!,pô, que confusão,que falta de organização de interpretação, cada um diz uma coisa,prá agradar o próprio ego, é muita teória pro meu gosto.Se a biblía é a palavra de Deus, como vocês protestantes falam, o ponto crucial é saber qual a essência da palavra de Deus.Ele quer o pior ou o melhor prá você, eu digo o que ele quer.Equilíbrio. Porque existe diferenças? ai já é outra história.

  44. JDrummer disse:

    Caro Breno, que me desculpa, mas você tem que ler mais a Bíblia!
    Como eu disse anteriormente, é claro que Deus quer que o homem seja abençoado em todas as áreas de sua vida, mas você leu os evangelhos? O que Jesus veio ensinar? O AMOR! E outra, Jesus em várias passagens nos alerta sobre o perigo de se buscar as riquezas, onde a traça e a ferrugem consome. Leia sobre o que ELE disse ao Jovem rico! E outra, Deus abençoa alguém, para que esse alguém abençoe os outros! Leia Tiago 4:3.
    O problema é que as igrejas estão lotadas, principalmente as neopentocostais, de pessoas interessadas apenas no que Deus pode dar, mas são pessoas sem Jesus na verdade, que não se arrependeram de deus pecados, alimentados por um evangelho material e fraco, mamão com açucar, não estão ali para buscar mudança de suas vidas, para deixarem suas vidas de pecados, não estão bucando em 1º lugar a Deus.
    Claro que se você for uma pessoa de oração e meditação na Palavra, que busca a Deus em primeiro lugar e obedecê-LO por amor e não por interesse, Deus com certeza irá abençoar conforme a SUA vontade, e não ficar determinando nada para Deus, como mtos fazem.

    Mateus 6:33 – “Mas buscai PRIMEIRO o SE REINO e a SUA JUSTIÇA, e as demais coisas vos serão acrescentadas”.

  45. Anderson disse:

    Como disse em outro tópico:

    – Pq os Pregadores de Prosperidades não vão pregar na Africa ??? e em paises pobres ?????

    Pq lá não encontrar pessoas para falar:

    – Deus que ver vc rico e não pobre …

    – SER PROSPERO NÃO E TER TUDO E SENTIR FALTA DE NADA –

    ;D

  46. késia disse:

    Ia colocar exatamente o versículo que JDrummer colocou acima…
    Buscar o Reino em primeiro lugar, e tudo vai ser acrescentado!
    Quando colocamos o Senhor Jesus em primeiro lugar em nossas vidas (realmente como SENHOR), TUDO vem como consequência!

  47. MISSIONARIA disse:

    A PALAVRA DE DIZ NO SALMOS 23 O SEMHOR E O MEU PASTOR E NADA MIM FALTARA.

  48. MISSIONARIA disse:

    JESUS CRISTO NA CRUS DO CALVARIO ELE DECRETOU A NOSSAS VITORIAS FINASEIRA .

  49. Clark disse:

    Sinceramente, acredito que Deus prospera seus servos fieis nos dízimos (10%) e nas ofertas (qualquer valor voluntário). e acredito que, conforme fala em malaquias podemos provar se Deus não derramar bençãos sob medida. “Dar-vos e será vos dado.. boa medida recalcada sacudida e transbordante” é isso que diz a palavra não é?

    Mas lógico acredito que é no tempo de Deus e da maneira que ele quer não da nossa maneira.

    O que eu não concordo (posso estar equivocado também) é a forma como a prosperidade é pregada em algumas situações presenciadas. Fala-se da prosperidade como se fosse a unica coisa que precisasse ser pregada. Esquecendo muitas vezes de dizer que JEsus Cristo nos ama e tem preparado uma morada eterna para nós.
    ´
    É isso o que eu penso.

  50. joão disse:

    larguem de serem encutidos crentaiada

  51. joão disse:

    uai e eu concordo com o pregador homossexualismo é pecado mesmo mandem me prender tambem

  52. Elbert disse:

    GENESIS 3
    E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida.
    18 Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo.
    19 No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás.

    Eclesiastes
    6 ¶ Há um mal que tenho visto debaixo do sol, e é mui freqüente entre os homens:
    2 Um homem a quem Deus deu riquezas, bens e honra, e nada lhe falta de tudo quanto a sua alma deseja, e Deus não lhe dá poder para daí comer, antes o estranho lho come; também isto é vaidade e má enfermidade.
    3 Se o homem gerar cem filhos, e viver muitos anos, e os dias dos seus anos forem muitos, e se a sua alma não se fartar do bem, e além disso não tiver sepultura, digo que um aborto é melhor do que ele.
    4 Porquanto debalde veio, e em trevas se vai, e de trevas se cobre o seu nome.
    5 E ainda que nunca viu o sol, nem conheceu nada, mais descanso tem este do que aquele.
    6 E, ainda que vivesse duas vezes mil anos e não gozasse o bem, não vão todos para um mesmo lugar?
    7 ¶ Todo o trabalho do homem é para a sua boca, e contudo nunca se satisfaz o seu espírito.
    8 Porque, que mais tem o sábio do que o tolo? E que mais tem o pobre que sabe andar perante os vivos?
    9 Melhor é a vista dos olhos do que o vaguear da cobiça; também isto é vaidade e aflição de espírito.
    10 Seja qualquer o que for, já o seu nome foi nomeado, e sabe-se que é homem, e que não pode contender com o que é mais forte do que ele.
    11 ¶ Na verdade que há muitas coisas que multiplicam a vaidade; que mais tem o homem de melhor?
    12 Pois, quem sabe o que é bom nesta vida para o homem, por todos os dias da sua vida de vaidade, os quais gasta como sombra? Quem declarará ao homem o que será depois dele debaixo do sol?

    ´´È só sei que nada nesta vida tem mias valor que, de ganhar uma alma para DEUS.
    JESUS meus olhos e meu coração é teu, a minha riqueza esta lá no céu . podem ficar com todo ouro desta terra carros casas tudo que vcs queira ganhar facil com suas ideias de prosperidade aqui na terra, Jesus esta abrindo o céu, DEUS abeçoe vcs amem.

  53. STEFAN CANDIDO disse:

    Bem vamos la, peguemos o significado de prosperidade: No sentido bíblico, é a medida das bênçãos de Deus, segundo Sua vontade. Não se trata apenas de “ser rico” ou ter “ótima saúde”, mas possuir: sabedoria, dons, bom (boa) esposo (a), filhos obedientes e fiéis a Deus, honras, paz, segurança, etc. No dicionário : Prosperidade (do latim prosperitate) refere-se à qualidade ou estado de próspero, que, por sua vez, significa ditoso, feliz, venturoso, bem-sucedido, afortunado . Vemos claramente que prosperidade NÃO É SER RICO, pois podemos ver em vários exemplos no mundo que riqueza não traz felicidade mas prosperidade e ser feliz em todas as áreas da vida e não ter o coração no dinheiro, mas vamos usar a inteligência o dinheiro e necessário e um ótimo ser e um péssimo senhor, então Carlos Roberto se você e outro acha que o Senhor Jesus que que seu filho passem necessidade, e peguem suas coisas vendam e dêem aos pobres vai em frente pega vende e da para os pobres, primeiro que você estaria colocando a salvação deles em risco por como você disse não se pode ter nada, vai la e passa fome, como eu já disse ser rico não quer dizer que se tem Deus, mas que tem Deus pode muito bem ser rico, não rico somente em dinheiro ma em tudo, você quer ajudar os pobres pega tudo que tu tem vende e da no altar da tua igreja pois ela sim através do Senhor Jesus pode ajudar os pobres dando alimento espiritual e através disse eles conseguirão bens materiais, pois Deus não que ninguém na miséria, se você acha o contrario então vende tudo que tu tem e vai morar na rua, mas Deus só não quer que você considere mais ao dinheiro do que a ele.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.