Pastor protesta no Irã pedindo libertação de pastores detidos e termina preso

6

O pastor Eddie Romero foi preso no Irã enquanto protestava pedindo a libertação de outros pastores e um defensor dos direitos humanos que estão presos no país.

Romero foi detido pelos guardas da prisão de Evin, na capital Teerã, na última segunda-feira, 21 de outubro, após gritar palavras de ordem no idioma farsi.

“Deixe meu povo ir”, disse o pastor norte-americano antes de ser levado à prisão e interrogado pelas autoridades locais. A cena foi transmitida pela internet através do celular do próprio pastor, e foi interrompida assim que os guardas o levaram.

“Ele se entregou voluntariamente e foi levado para dentro dos portões da prisão por um guarda e ficou em uma espécie de sala de espera. Ele foi questionado sobre sua nacionalidade por alguém que falava inglês, e pediu que soltassem os presos cristãos mais sete vezes”, revelou Sara, filha do pastor, de acordo com o NY Daily News.


Segundo informações da agência de notícias Associated Press, Romero entrou em contato com seus familiares na embaixada da Suíça para conseguir a liberação da prisão por protestar no país teocrático muçulmano.

A porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Marie Harf disse em Washington que o governo norte-americano já havia tomado providências para conseguir a liberação do pastor: “Estamos cientes dos relatos de que um cidadão dos EUA foi detido no Irã e, devido à consideração de privacidade, não tenho mais comentários ou detalhes neste momento”, afirmou Marie.

O pastor Romero é fundador do ministério Exodus8one, que se descreve como uma entidade que tem como missão envolver diretamente os governos “beligerantes” e as sociedades em discussões sobre as injustiças para com os cristãos e outras minorias religiosas.

Num vídeo publicado dias antes de sua prisão, o pastor demonstrou que já esperava ser detido enquanto protestava. Em 2008, ele foi preso na China durante os Jogos Olímpicos de Pequim por exigir a libertação de cinco ativistas chineses.

Entre os detentos que motivaram o protesto do pastor no Irã estão o pastor Saeed Abedini, além de Farshid Fathi, Mostafa Bordbar Alireza Seyyedian.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


6 COMENTÁRIOS

  1. A coisa por lá está muito difícil parece que voltamos aos anos 50 60 70 80 onde missionários eram mortos como animais, não pensei que tão cedo iriamos ver está perseguição

    • E meu amigo, e vai ficar muito pior, o cerco ira fechar gradativamente e te garanto que da parte dos crentes também ira haver revide, por que somos crentes mas não somos cachorros que são muitas vezes maltratados, no passdo por muito menos Deus matava aos milhares, além de que o direito de defesa tanto e pelos homens como tabem por Deus, eu digo por mim se eu tiver no momento como me defender com certeza eu irei me defender, vou zelar pela minha vida e pela dos meus, não vou deixar um filho de satanás me matar para seu bel prazer, quem tem todo o direito de me matar e meu Deus que tem todo o domínio sobre minha vida ele sim pode me matar a hora que ele quiser e querer, agora eu deixar um filho do diabo fazer isso mas não faz mesmo eu mando ele pra o inferno num piscar dolhos, so se eu não tiver como me defender, isto e com certeza absoluta

  2. Esse é o tal do Irã, muito amiguinho dos socialistalhas dos petralhas brasileiros, na onde o comunismo e o islamismo comandam é inexistente a liberdade de expressão, a liberdade religiosa, sempre tem governos autoritarios infernais, o comunismo e islamismo são praticamente a mesma coisa, no comunismo o “deus” deles é Marx e o “cristo” é Gramsci.

  3. Pastor pra mim e’ isso, e’ quem se sacrifica pelo evangelho. Nao esses bunda moles que ficam em casa na frente do computador escrevendo besteiras, vomitando arrogancia e batendo no peito de pombo se achando especiais.

  4. Pastor pra mim e’ isso, e’ quem se sacrifica pelo evangelho. Nao esses que ficam em casa com o traseiro sentado na frente do computador escrevendo besteiras, vomitando arrogancia e batendo no peito de pombo se achando especiais.

  5. E para este lugar bacana que vivo escrevendo aqui que deveria exportar estes ateus gays ai do andar de cima eles e que precisam ser mandado para la em estado de urgência urgentíssima, vao seus ateus gayzaiados vao pra la somem deste site aqui não e lugar para vocês

  6. Caramba. Juro que tento buscar a Deus, mas me desculpem: este cara é um tremendo idiota. Vai protestar num pais tão radical e ignorante? Tem que ser ignorante também?

DEIXE UMA RESPOSTA