“Confissões de um ex-neopentecostal”: Pastor publica vídeo ironizando práticas e costumes do neopentecostalismo

78

O pastor Jackson Jacques, da igreja Vintage 180, publicou em seu canal no Youtube um vídeo intitulado “Confissões de um ex-neopentecostal”, no qual relatou uma série de práticas que ele adotava em sua fé e vida cristã cotidiana, mas que hoje ele acredita não serem verdadeiras representações do evangelho.

Ele começa o vídeo afirmando que muitas pessoas levantam bandeiras do calvinismo, luteranismo e outras “bandeiras reformadas”, mas que essas pessoas têm um “passado podre” e não admitem as barbaridades que já fizeram no passado. Por isso, ele afirma que faria um vídeo de confissões confessando as barbaridades que já fez em usa vida, e “as coisas mais loucas” que já fez.

Jacques afirma ainda que pretende escrever um livro, no qual vai contar todas as “confissões de um ex-neopentecostal”.

– Eu já consumi Gideões Missionários da Última Hora – afirma, iniciando suas “confissões”, dizendo ainda ter sido essa sua “entrada para o mundo das drogas”.


Em seguida, o pastor conta que gritava “receba” ao pregar na hora da oração, e que achava que quando orava e gritava dessa forma “saia um raio de sua mão, como um poder” semelhante ao de personagens de vídeo game.

Durante todo o vídeo, ele segue comentando suas antigas práticas e liturgias religiosas, sempre imitando e ironizando músicas gospel e trejeitos que ele exemplifica como sendo de um “neopenteca”, como ele mesmo denomina.

Veja algumas das confissões listadas por Jackson Jacques:

• Orava no monte porque “achava que a coisa lá em cima era bem mais forte”;
• Falava em línguas no microfone, pois achava isso “muito espiritual”;
• Já leu “Bom dia Espírito Santo”;
• Foi em um evento do Benny Hinn e usava uma camiseta dele, prática pela qual ele afirma que era retardado;
• Escreveu na sola do sapato que o diabo estava vencido porque o Benny Hinn mandou escrever para que, quando ele “pisasse na cabeça do diabo” o diabo pudesse ler a frase;
• Já fez atos proféticos;
• Já fez ofertas achando que ia ganhar algo em troca em “barganhas com Deus”;
• Já deu oferta primícias, e ressalta que isso é muito neopentecostal e “coisa do diabo”.

Além disso, ele conta que já fez “cosplay” de Marco Feliciano, usando roupas parecidas com a do pastor, e afirma que esse foi o seu “fundo do poço no mundo das drogas neopentecostais”, além de ter participado de treinamentos do Diante do Trono para ser um “ministro de louvor das nações”, onde viu um “ambiente meio Xuxa e Lua de Cristal”.

Entre outras “confissões”, ele finaliza afirmando que a mudança em sua vida veio quando viu no Youtube uma pregação do pastor Paul Washer, que o fez ver que o que vivia não era o evangelho verdadeiro e que ele estava envolvido em coisas que, lá no fundo, ele sabia que não eram de Deus.

Assista ao vídeo na íntegra:

Assine o Canal

Por Dan Martins, para o Gospel+


78 COMENTÁRIOS

    • O EX A questão e a seguinte.
      JESUS DISSE: QUEM NÃO NASCER DE NOVO NÃO PODE VER O REINO DE DEUS,
      QUEM NÃO NASCER DA ÁGUA E DO ESPIRITO NÃO PODE ENTRAR NO REINO DE DEUS…

      Não basta saber a bíblia frequentar uma igreja, não basta ter teologia, não basta ter uma experiencia, ou ser curado ou prosperar.

      Para se entrar no reino de DEUS tem que nascer de novo…

      AI ESSES CARAS NÃO NASCEM DE NOVO, MAS APRENDEM A BÍBLIA E UM PUNHADO DE COISAS , E DEPOIS SAEM COLOCANDO A CULPA NISSO OU NAQUILO….

      esse ai é mais um que esta atras de fama.
      COMO AQUELE QUE QUERIA SEGUIR JESUS INTERESSADO NA SUA FAMA E JESUS DISSE A ELE: AS raposas tem seus covis( ele disse isso se referindo a Herodes)
      Os pássaros tem seus ninhos(ele disse isso se referindo aos estrangeiros que residiam em israel) MAS O FILHO DO HOMEM NÃO TEM ONDE RECLINAR A CABEÇA…

      Esse coisinha ai so quer um pouco de atenção..
      como o stardustjussara que vive atras de atenção….
      conhece textos isolados da biblia, MAS NÃO NASCEU DE DEUS…

    • O EX A questão e a seguinte.
      JESUS DISSE: QUEM NÃO NASCER DE NOVO NÃO PODE VER O REINO DE DEUS,
      QUEM NÃO NASCER DA ÁGUA E DO ESPIRITO NÃO PODE ENTRAR NO REINO DE DEUS…

      Não basta saber a bíblia frequentar uma igreja, não basta ter teologia, não basta ter uma experiencia, ou ser curado ou prosperar…

      Para se entrar no reino de DEUS tem que nascer de novo…

      AI ESSES CARAS NÃO NASCEM DE NOVO, MAS APRENDEM A BÍBLIA E UM PUNHADO DE COISAS , E DEPOIS SAEM COLOCANDO A CULPA NISSO OU NAQUILO….

      esse ai é mais um que esta atras de fama.
      COMO AQUELE QUE QUERIA SEGUIR JESUS INTERESSADO NA SUA FAMA E JESUS DISSE A ELE: AS raposas tem seus covis( ele disse isso se referindo a Herodes)
      Os pássaros tem seus ninhos(ele disse isso se referindo aos estrangeiros que residiam em israel) MAS O FILHO DO HOMEM NÃO TEM ONDE RECLINAR A CABEÇA…

      Esse coisinha ai so quer um pouco de atenção..
      como o stardustjussara que vive atras de atenção….
      conhece textos isolados da biblia, MAS NÃO NASCEU DE DEUS…

  1. o meio evangélico e suas vertentes ( tradicional, pentecostal e neopentecostal ) realmente tem umas coisas que nada tem a ver com a simplicidade do evangelho…

    subir no monte, gritar “recebaaaaaaa” , falar em linguas bem alto e ninguém pra interpretar, “profecias” estranhas, campanhas financeiras, gideões missionários, fogueira santa, pagamento de dízimo, homem não pode usar bermuda, mulher não pode usar calça…

    São costumes impostos como doutrinas que nada tem a ver com o evangelho… e o povo, analfabeto bíblico, faz essas coisas impostas pelas denominações e se acham muito espirituais mas…

    Colossenses 2:20 Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como:

    Colossenses 2:21 Não toques, não proves, não manuseies?

    Colossenses 2:22 As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;

    Colossenses 2:23 As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.

    mais direto, impossível!

  2. Tanto no tradicionalismo cristão como no pentecostalismo, sem dúvida, há erros e acertos! Entretanto, Jackson Jacques nunca foi um ‘convertido’ no evangelho de Cristo Jesus!
    Podemos afirmar categoricamente que apenas se ‘convenceu’ em sua conversão!
    Após num belo e espiritual sermão, durante o apelo, o pecador poderá ir a frente do altar, crer, aceitar, arrepender, confessar… De nada adiantou se após, não houver o processo da regeneração!

    Confira em: Parábola do semeador, Mateus 13:

    3 Jesus falou muitas coisas por parábolas, dizendo: “O semeador saiu a semear.
    4 Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram.
    5 Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra, e logo brotou, porque a terra não era profunda.
    6 Mas, quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz.
    7 Outra parte caiu no meio dos espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas.
    8 Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um.
    9 Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça!”
    10 Os discípulos aproximaram-se dele e perguntaram: “Por que falas ao povo por parábolas?”
    11 Ele respondeu: “A vocês foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos céus, mas a eles não.
    12 A quem tem será dado, e este terá em grande quantidade. De quem não tem, até o que tem lhe será tirado.
    13 Por essa razão eu lhes falo por parábolas:
    ” ‘Porque vendo, eles não veem e, ouvindo, não ouvem nem entendem’.
    14 Neles se cumpre a profecia de Isaías:
    ” ‘Ainda que estejam sempre ouvindo, vocês nunca entenderão; ainda que estejam sempre vendo, jamais perceberão.
    15 Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos, e fecharam os seus olhos. Se assim não fosse, poderiam ver com os olhos,
    ouvir com os ouvidos, entender com o coração e converter-se, e eu os curaria’.
    18 “Portanto, ouçam o que significa a parábola do semeador:
    19 Quando alguém ouve a mensagem do Reino e não a entende, o Maligno vem e arranca o que foi semeado em seu coração. Esse é o caso da semente que caiu à beira do caminho.
    20 Quanto à semente que caiu em terreno pedregoso, esse é o caso daquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria.
    21 Todavia, visto que não tem raiz em si mesmo, permanece pouco tempo. Quando surge alguma tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo a abandona.
    22 Quanto à semente que caiu no meio dos espinhos, esse é o caso daquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera.
    23 E quanto à semente que caiu em boa terra, esse é o caso daquele que ouve a palavra e a entende, e dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um”.

    – Está explicado!!!

  3. O cara é paraguaio.

    Primeiro, que os evangélicos não dão ênfase nem a Lutero e nem a qualquer outro líder da reforma protestante.

    Segundo, que quem é ou foi evangélico não se preocupa com o passado dos evangélicos, pois estaria contra um princípio cristão, que é Deus perdoar a todo e qualquer pecado.

    Esse carinha, com o superhomem nas costas dele, quer que os imbecis acreditem nele, quer fazer chacota com os evangélicos, a quem ele está servindo?

    Não sei porquê, mas se essa figura não for o stardurt, é um irmão dele, pois as mesmas coisas ele fala, os mesmos exageros, a imagem do que ele escreve.

  4. LAODICEIA – cidade que o povo julga

    Quando Jesus ditou a carta que João deveria enviar a igreja de laodicéia, ele disse: Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, eu entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo. (Ap: 3-20). Esse alerta de JESUS a essa igreja e mais forte que imaginamos, pois nessa época no médio oriente não se tinha o habito de bater a porta de uma pessoa, a não ser em extrema necessidade. Pois quando uma pessoa chegava à casa de outra, ela anunciava que estava ali em alta voz, e só assim a pessoa La dentro vinha, atende-lo ou não. Quando a pessoa chegava ao ponto de bater, na porta do outro era porque, algo muito grave tinha acontecido ou porque o perigo estava chegando e a situação era de emergência. É Jesus disse aquela igreja que ele estava batendo a porta, nisso dava para aquele povo entender que a situação deles era mui grave, e Jesus precisava entrar ali para salva-los. E a igreja nos dias de hoje tem vivido situação semelhante, a de laodiceia. ESSA cidade laodiceia antes se chamava Dióspolis que significa cidade de DEUS, e um homem chamado Antioco ll theos, após a ter conquistado mudou o seu nome para laodiceia, em homenagem a sua esposa que se chamava Laodice. Então a cidade que outrora se chamava Dióspolis cidade de DEUS, agora passou a se chamar laodiceia que significa julgamento do povo ou o povo que julga. Infelizmente, a igreja hoje parece estar vivendo a mesma situação, pois a igreja que antes fazia de tudo para atender a voz de DEUS, e aceitava ser julgada por DEUS, hoje já preferem ouvir o julgamento do povo, pois procuram fazer de tudo para agradar mais o povo do que a DEUS, tanto que hoje já ouvimos a expressão; tem igreja para todo gosto! Igreja que quem julga o que é certo ou errado é o povo e não o Espírito Santo. Mas essa igreja laodiceia onde quem julga é o povo, JESUS esta do lado de fora dela, Mas pela misericórdia de DEUS, ele esta batendo a porta querendo entrar, mostrando que a situação é urgente, e que ele quer mais do que tudo salva-la. De repente isso também esta acontecendo com você em particular, pois você que outrora era governado por DEUS, vem deixando o orgulho, lhe governar, o seu eu , a sua carne, e a sua vontade própria e que tem decidido, o que e melhor para você. Mas saiba que JESUS, mais que uma mãe desesperada para entrar em uma casa incendiada pelo fogo, para salvar seu bebe, Ele JESUS esta a porta batendo querendo entrar para lhe salvar, e cear contigo e lhe dar vida nova.

  5. ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL contra Israel, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

  6. Ate o nome da tal igreja já e um tanto quanto esquisito não sei o que 180 nunca ouve falar, se fosse pelo menos vintage 777, não vou julgar porque não conheço esta igreja nunca ouve falar não sei qual e a sua doutrina o que ensina e dai por diante, modos que prefiro não opinar,

  7. Quase tudo que ele falou eu já presenciei, mas duas coisas me chamaram a atenção:
    – Ele contando sobre o obreiro, ou pastor, dizendo na pregação que leu os livros do “profeta” Paulo Coelho, rs…
    – O obreiro numa reunião repassando as mensagens que o tio falecido mandou ele falar para a igreja.
    Bem, ele está fazendo um relato do que ele viu, fez e repercutiu nessas igrejas neo pentecostais.
    O pessoal aqui está ignorando o que ele conta e está focando no seu jeito (ele é jovem e fala para jovens), para fazer suas críticas. A mim não interessa como ele está passando essas mensagens, mas o fato de que elas acontecem e eu já as presenciei.
    Ou será porque eu estou aqui há tanto tempo colocando meus comentários a respeito de diversos assuntos, muitos dos quais tem a ver com o que esse pastor está falando?
    É bom, antes de mais nada, fazer uma reflexão sobre o tema. E lembrar que ele não está chamando ninguém para a sua igreja. É a minha opinião, tá certo?

    • Tem ovelhas e tem cabras ! eu acho que a Mary é cabra ! caramba a opinião desta sra não tem visão de reino , o negocio dela é condenar , pelas palavras dela nos deixa entender que pessoas pentecostais e neo pentecostais não são verdadeiros na fé , que servem a outro deus . presta atenção moça , vc e todos de igrejas tradicionais que ridicularizam , zombam de outras denominações podem ter uma surpresa no dia do Sr ! discernimento é um dom , peça a DEUS este dom , só então vc saberá se é verdadeiro ou engano o que pregam dentro das igrejas pentecostais. A letra mata o Espírito vivifica.

    • Souza,
      Já ouvi falar em ovelhas e bodes, ainda bem que vc me colocou entre as cabras que são mais mansinhas e parecidinhas com as ovelhas, rsrs…
      Agora, meu caro, falando sério, VC NÃO ENTENDEU O MEU COMENTÁRIO!
      Eu me referi as pessoas que criticaram esse pastor que fez o vídeo e não se ativeram ao conteúdo de sua mensagem. Simples assim.
      E outra. Eu coloquei duas observações SOBRE O QUE ELE CONTOU que são uma DISCREPÂNCIA da fé bíblica evangélica.
      A primeira observação que fiz foi sobre uma igreja que ele congregou, cujo pregador falou que o teólogo Paulo Coelho disse que no céu eles iriam ter sexo com anjos cabalísticos. Ora, quem não sabe que Paulo Coelho, além de escritor, tb é conhecido como bruxo e NUNCA foi teólogo CRISTÃO?
      E a outra, foi do presbítero que recebeu uma mensagem do avô, já falecido, e TRANSMITIU numa reunião de obreiros e pastores e todos acataram sem falar nada! Isso é espiritismo, como não discordar?
      Olha, sinto muito, mas todas essas coisas não fazem parte do EVANGELHO de JESUS!
      E tem mais, quem está pondo a boca no trombone é ele, não eu!
      Estou apenas comentando a matéria, não estou debochando , nem fazendo ironias sobre essas igrejas! Acho que vc, Souza, ao invés de me criticar, tb deveria fazer o seu comentário sobre o vídeo do pastor.

        • Eu me ferrei? Nada disso! Não sou hipócrita!
          Prefiro ser honesta com meus princípios e dizer o que eu sinto a fazer média com alguns aqui, meu caro. Aliás, se fosse para agradar as pessoas com amenidades eu ia as redes sociais, não vinha aqui expor as minhas ideias.
          E, olha, mesmo falando o que penso com clareza, já conquistei alguns admiradores aqui. Sou feliz, por isso, rsrs…

  8. stardust seu video esta la no vimeo.

    O YOUTUBE NÃO ACEITA MAS O VIMEO ACEITA..
    vc tem que tomar mais cuidado. pois quando vc aponta o dedo para um existe 3 apontando para vc….

  9. Benny Hinn é uma das maiores afrontas à humanidade. Ficou rico e é um satanista bem conhecido por suas estúpidas asneiras. Seu fiel seguidor (mesmo sabendo das falcatruas e das ações do governo norte americano contra este animal retardado) é o Silas Malafaia. As demais coisas e idiotices que o vídeo apresenta podem ser encontradas em qualquer igrejinha gospel fundamentalista em qualquer muquifo do Brasil.

  10. quando se fala mal da igreja e do dizimo é uma forma do avarento não abrir a mão !! e desculpa para não entrega-lo !!! 30 anos na igreja nunca ouvi no pulpilto alguém falando de barganha com Deus sobre entrega do dizimo e ser recompensado !! ao contratario damos porque já somos abençoados !! conta de luz, aluguel, limpeza, copo d’agua, descartaveis , material de ensino ! não chegam de grça nas igrejas tudo isso são pagos !! agora o cidadão está revoltado e fica falando um montão de asneira no video !!

    • alessandro

      para as despesas regulares da congregação é que existem as ofertas. Dízimo foi apenas para os judeus e era destinado aos levitas, pois estes não tinham herança entre os judeus. Sobre o video falar besteira, poderia vc mostrar aonde e quais são os erros, e principalmente… mostrar esses erros em confronto com a bíblia?

      Aí fica mais difícil, né colega?

      Falar que quem fala contra a heresia de dízimos diz besteira é fácil, difícil é vc provar o que diz na bíblia.

      • Quero ver provar que Deus não abençoa os seus filhos através dessa pratica !! vejo as mesmas criticas e geralmente por parte dos materialistas e avarentos ! amam mais o dinheiro do que a Deus !! sou pobre meu louvor a Deus não está condicionado a materia desse mundo ! mas te garanto que Deus tem me abençoado muito ! não somente a mim a outros que conheço pessoalmente !! e muitos que o dizimo representa o dobro do salário de muitos que aqui estão !! experência com Deus não se discuti !! é pratica !! viva o momento ! O dizimo veio primeiro do que os levitas e a lei ! Qual a sua igreja por curiosidade ??

      • Aos miséraveis os quais querem justificar a não entrega do dizimo falando que é da época da lei ! nem sabem que o dizimo veio antes da lei e dos levitas !! Quero vver provar que Deus não abençoa !! Deus tem me abençoado muito ! e sei de pessoas onde os seus dizimos supera até mesmo o salários de muitos aqui !!

  11. Stardust,

    Pretende você usa uma lógica falsa contra a manutenção financeira das igrejas evangélicas, achando eu estranho o fato de você não ser tão incisivo contra a igreja católica, que além de estimular o dízimo e ofertas, cobra taxas que as evangélicas nunca o fizeram.

    Ora, se assim ele faz, das duas uma, ou está a serviço do catolicismo, que é o que muito parece, ou seria ele de algum grupo que pretende desprestigiar os grupos evangélicos, não que esses ouçam os seus apelos calcados em injúrias, mas caluniar dando a entender que os evangélicos são bobos e explorados, tudosob a égide de que está preocupado com eles. Antes ele se dirigia apenas aos do universal, agora é contra todos.

    É uma frente com ação bem clara.

    • levi varela

      novamente o assunto é as loucuras do meio evangélico e vc vem reclamar que eu não falo da católica. Eu já lhe disse, mas como sua capacidade de raciocínio se mostra limitada, falarei novamente:

      Eu prefiro falar do que eu conheço e do que eu vivi… já fui evangélico e já fui da iurd, portanto falo desse meio pois o conheço por frequentar. Falo com propriedade das loucuras que vi e as confronto com a bíblia.

      sobre a católica, eu nunca frequentei, não posso falar muito, é somente o que eu ouvi dizer deles, da mesma forma que as testemunhas de jeová e os mórmons… prefiro falar do meio aonde eu frequentei e conheço.

      Se vc tem algo contra a católica, então pq vc mesmo não fala? Certamente vc quer usar meus comentários para se fazer ouvido, visto vc saber que meus comentários tem repercussão neste site, e os seus não.

      E a surra de bíblia que o daniel, o católico deu em vc ecoa até hj… a resposta que vc prometeu a ele, nunca veio… realmente levi varela, sua derrota foi estrondosa! Vc ficou sem palavras…

      Falo uma coisa pra vc levi… se o daniel católico tivesse escrito aquele texto para mim, tenha certeza que no mesmo dia, ele teria a resposta a altura… e biblicamente fundamentada… mas de vc, não podemos esperar nada além do já conhecido:

      levi varela fugindo em 3…2…1…

      • Stardut,

        Faça as vezes, meu caro, do Daniel e use os mesmos argumentos, pois um a um eu os rebati, você sabe, mas prefere ser caluniador, então chegue aos céus com bela postura.

        Você dava a entender que houvera sido pastor ou coisa que o valha na Universal, todavia disse que havia passado dois anos lá.

        Quando disse que esse internauta poderia ser você, é que as conversas são as mesmas, ou seja, fácil de se entregar nas pequenas coisas.

        Repercussão do que você fala? Claro, você impede a maioria dos meus comentários, pois um dos proprietários do site.

        Ainda nesse assunto. Se há repercussão, eu gostaria de saber em qual nível, pois essas discussões sobre pagar ou não pagar o dízimo sempre imperou no seio evangélico, já você é que vem com essa de obrigação, daqui a pouco vai trazer notícia dos evangélicos presos por não pagar o dízimo.

        Você não conhece as coisas católicas? Em que mundo você vive? O papa, lider da tua igreja, fala todo dia e você não tem conhecimento? As criancinhas cujos processos a igreja fez acordo na justiça?

        • levi varela

          aonde que vc respondeu ao daniel? põe aí então a sua resposta, pois 2 semanas depois eu fui verificar e nada de resposta sua lá… a pagina tinha até ido pra 2, ficou pra trás… põe aí então a sua resposta!

          aonde eu disse que fiquei 2 anos na iurd? vc só sabe mentir? deixa de ser leviano, o levi!

          sobre a católica da qual vc tanto fala, reafirmo novamente… nunca fui católico então me abstenho de falar sobre o catolicismo. Da mesma forma que não falo sobre as testemunhas de jeová e os mormons.

          quer falar da católica? então fale vc mesmo!

          Será que alguém vai levar a sério o que vc fala?

          • O Senhor Jesus era conhecido em Sua época como amigo e companheiro de ladrões. Hospedou-Se na casa de Zaqueu, o publicano cobrador de impostos; não condenou e perdoou Madalena, a prostituta; atendia ao chamado dos marginalizados daquele período – coxos, cegos, mendigos, leprosos, enfim. Pessoas discriminadas pela sociedade e que não eram aceitas pela religião.

            Hoje nada mudou em relação a isso. E em muitos lugares, inclusive religiões e até igrejas, “pessoas desse tipo” também são ignoradas. E as alegações, geralmente, são de que elas “dão muito trabalho”, “atrapalham a reunião”, “tomam tempo”.

            Mas, não foi justamente para essas pessoas que Jesus veio e deu o exemplo que, como cristãos, devemos seguir?

            “Achando-Se Jesus à mesa na casa de Levi, estavam juntamente com Ele e com Seus discípulos muitos publicanos e pecadores; porque estes eram em grande número e também O seguiam. Os escribas dos fariseus, vendo-O comer em companhia dos pecadores e publicanos, perguntavam aos discípulos dEle: Por que come [e bebe] Ele com os publicanos e pecadores? Tendo Jesus ouvido isto, respondeu-lhes: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar justos, e sim pecadores”. Marcos 2.15-17

            Lembro-me de que cresci ouvindo que na Universal “só havia ladrões e prostitutas”, que o bispo Macedo era o chefe deles, e que por isso era uma igreja de pessoas ignorantes – vulgo “Zé povinho”.

            Que bom! Sinal de que ela faz exatamente o que o Senhor Jesus fez e continuaria fazendo se estivesse em nosso meio, humanamente falando, já que, em espírito, Ele usa Seus servos para tal missão.

            Não é à toa que a Universal está presente em tantos lugares considerados vis. Presídios, esquinas, instituições de recuperação de menores, ruas… Procurando ser amiga (porque levar palavras de incentivo e falar a verdade é a melhor prova de amizade que podemos dar a alguém) com detentos, prostitutas, menores infratores, mendigos e tantos outros grupos de pessoas que vivem à margem da sociedade e são desprezados por ela: vítimas de violência doméstica, adolescentes grávidas e desamparadas, viciados…

            A “amiga de ladrões”, há 36 anos, vem gerando conscientização de que fazer a Obra de Deus é muito mais difícil do que se imagina para quem deseja fazer o que lhe agrada, mas é simples e gratificante para quem vê no outro o reflexo de si mesmo.

      • Será, meu caro, que não respondi?

        levi varela disse: 21 de abril de 2013 ás 3:49 pm
        Daniel,

        Vamos ensiná-lo.

        Toda e qualquer pessoa é capaz de interpretar a Bíblia corretamente ? A própria Bíblia proíbe a interpretação privada. Foi o que disse Pedro.

        Levi responde:
        Se Pedro disse isso, ele denegou a Cristo, pois criticou os judeus por não lerem as santas escrituras, ou seja, ficar somente na conversa de quem não entra e nem deixa os outros entrarem. Cristo interpretou a lei judaica quando não apedrejou e nem julgou a mulher adúltera, portanto diferente do que fazia a igreja de Maria, sua mãe, e de José, seu padastro.

        Devemos escolher apenas o que desejamos seguir na Bíblia e rejeitar o que não gostamos, ou, devemos aceitar a Bíblia por inteira ?

        Levi responde
        Cristo quando instado a seguir a bíblia da igreja dos pais dele, simplesmente não seguiu da forma inteira, pois não aconselhou o apedrejar de adúlteros, o olho por olho, idolatria ao dia do sábado, não matou o filho pródigo desobediente que contou em sua parábola, não deixou de falar estando sozinho com as mulheres que cortaram seu caminho, se disse filho de Deus, não matou catimbozeiro, espírita e nem sodomita.

        Mas digamos que todos pudessem fazê-lo. Façamos como os protestantes e evangélicos e ignoremos a proibição bíblica para a livre interpretação Digamos que a tese protestante esteja correta. Todo e qualquer homem com a “assistência” do Espírito Santo pode ler e interpretar a Bíblia.

        Levi responde
        Pode todo e qualquer homem interpretar a bíblia, pois ela não é um livro de sete cabeças, sim pessoas ou instituições que quando querem exercer hegemonia sobre o próximo ou sobre uma população, distorcem o escrito. Deus não é doido para que o ser racional que Ele criou não saiba entender suas palavras. Muitos se enganam achando que na primeira leitura se não entendeu, é por ser confusa.

        Assim, perguntamos:

        Se todos podem interpretar por que apenas os católicos estão excluídos ?

        Levi responde

        Sua igreja é que deve responder por não estimular a leitura. Outra coisa, a igreja católica em si comete muito desatino na interpretação, então seria bom ela não mais ser intérprete, pois os senhores sabem lê e escrever, não sendo cegos para carecer a vida toda de um guia, de uma moleta.

        Quem está certo ? Os pregadores da prosperidade que são “assistidos” pelo Espírito Santo ou os seus opositores que também são “assistidos” pelo Espírito Santo ?

        Levi responde

        Quem está certo é quem ensina tudo que há na bíblia, inclusive a tese de que o homem quando se achega a Deus, Deus dá a ele prosperidade em tudo, até mesmo financeira, basta vê o exemplo de Abraão, Jacó, José, Davi Salomão, todavia ensina ainda que isso não deve ser objeto de comparação da minha aproximação com Deus, pois não é um item, a riqueza que é explícita, que demonstra estar eu em plena adesão com Deus.

        Nesse contexto, tua igreja, que é próspera financeiramente, no mundo todo, portanto se fosse uma empresa seria a mais rica do mundo, bem assim possuindo no Brasil, na América Latina e nos países europeus em que é maioria ricos, pobres são os protestantes da América, então você é que deve esclarecer melhor esse ponto.

        Quem está certo ? O pregador do Aborto, o “abençoado” e idolatrado Macedo que, se diz inspirado pelo Espírito Santo ou todos aqueles que lhe condenam e que também se dizem inspirados pelo Espírito Santo ?

        Levi responde
        Quanto ao aborto, quem deve iniciar explicando é tua igreja pois até 1870 permitia o aborto praticado até a 12ª semana. Explique primeiro o que tua igreja fez, aí pode você criticar Macedo e os países protestantes, católicos e de outros credos que já aprovaram o aborto.

        Quem está certo ? O pregador do aborto que, devidamente “assistido” pelo Espírito Santo chamou de endemoniados os cantores evangélicos ou estariam certos os cantores chamados por tal pregador de endemoniados que, também “assistidos” pelo Espírito Santo disseram que tal pregador está desesperado com a fuga de fiéis de sua denominação ?

        Levi Responde

        Quem está certo é tua igreja que devidamente assistida pelo espírito santo diz que quem não estiver nela, ou seja, no barco da salvação, não se salvará. Que diz que quem tem o poder de juízo das letras da bíblia é somente ela. É tua igreja que fez à força a conversão de judeus em cristãos novos na Espanha e em Portugal, quando Cristo nunca exigiu conversão, sim palavras doces, palavras de amor, não espada, truculência, perseguição.

        Quem está certo ? Calvino que dizendo-se inspirado pelo Espírito Santo chamou de ignorantes e loucos que abusam das escrituras todos aqueles que atribuíram irmãos carnais a Jesus, ou, estariam certos os atuais seguidores de Calvino que, contrariando o mestre, mas dizendo-se “inspirados” pelo Espírito Santo consideram que Maria e José tiveram outros filhots carnais ?

        Levi responde
        Quem deve responder se Cristo tinha ou não irmãos carnais é tua igreja que, criada por constantino, preferiu denegar os parentes de Cristo, os citados no novo testamento, somente para evitar que depois judeus viessem se apossar, por consanguinidade do trono do império romano. Já que foram vocês que escolheram os livros do novo testamento, então porque não disseram o nome dos pais de Thiago, Judas… que moravam com José e Maria. Ora, ora, desde quando tantos primos moram com um tio só?

        Quem está certo ? Marinho Lutero que “assistido” pelo Espírito Santo batizava crianças, ou, os evangélicos modernos que, dizendo-se inspirados pelo Espírito Santo, alegam que não se deve batizar crianças ?

        Levi responde

        Lutero não se afastou em definitivo do que aprendeu no catolicismo, como o batizar de crianças. Certamente, somente depois é que caiu a ficha que Cristo foi batizado aos trinta, o que ocorreu quando criança, foi a apresentação no templo.

        Quem está certo ? Marinho Lutero que, dizendo-se inspirado pelo Espírito Santo exclamou:
        “Meu DEUS o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma igreja”

        Levi responde.

        Cristo quando criou a igreja dele e não deu nome já sabia que haveria ramificações como em qualquer outra entidade religiosas, tanto que no judaísmo já existiam várias, no muçulmano, também; no catolicismo, ortodoxa, a grega, a igreja católica brasileira, o shalon, a canção nova, estas duas mais pra evangélicas que católicas, então é você que deve perguntar dentro da tua igreja, inclusive os subgrupos, como franciscanos, beneditinos, jesuitas, dominicanos, e tem mais uns brigando com os outros de forma explícita sem muita sorte em esconder, tipo o título de papa negro dado ao dos jesuitas, ou seja, rígido a ponto de todos as outras temerem essa facção. Sabe distinguir sunita de xiita?

        Ou certos estariam os evangélicos que dizem que todos podem interpretar a Bíblia corretamente (menos os católicos, é claro…) ?

        Não católicos diversos já interpretaram a bíblia, todavia foram convidados a se calar, veja o exemplo aqui no Brasil de Leonardo Boff, de Galileu, de.., milhares, a diferença é que no seio protestante não se enclausura ninguém por livre pensar. Aliás, ia esquecendo o mais famoso dos católicos que divergiu na interpretação: UM MONGE CATÓLICO NASCIDO NA IDADE MEDIEVAL, NATURAL DA ALEMANHA, MARTINHO LUTERO, ESSE, MEU CARO, DIVERGIU E MUITO, ERA CATÓLICO, OU VOCÊ VAI RELEGAR OS SEUS POR PENSAR DIFERENTE E DEPOIS SER EXCLUÍDO?

        E se todos são inspirados pelo Espírito Santo, por que apenas os católicos não podem “interpretar” a Bíblia ? Onde está a proibição bíblica para a interpretação católica e onde está permissão bíblica para que toda e qualquer seita protestante possa interpretar a Bíblia a seu bel prazer ?

        Levi responde
        Ninguém que lê a bíblia faz interpretação a mil maneiras, a maioria esmagadora converge para um mesmo ponto, sendo que o sobra em dúvidas não se constitui matéria de fé, muitas vezes por ignorãncia da história ou então de discussões teólogas.

        Já os católicos não podem interpretar em face de que sequer até recente a lia, então como interpretar se não é estimulado a lê? Mais a mais, você deve perguntar a tua igreja o motivo dela não permitir, mas tenho como certo é que vão vê a divergência, daí mudar de igreja, pois ela não muda mesmo, migrar é o que resta como muitos ao lê foram para as evangélicas.

        Uma grande denominação brasileira propagou por anos que João Paulo II era a besta do apocalipse. Como se sabe, o pontífice morreu e nunca foi a besta do apocalipse. Tal denominação que está entre as maiores do país, dizia-se inspirada pelo Espírito Santo e repleta de “profetas”.

        Levi responde
        Leia apocalipse, 11,12,13,14, 15.. que verá uma instituição que deveria guardar o divino, ser exemplo de santidade, mas por se achar a que nunca ficaria viúva cometer pecados que se amontoaram até aos céus, tanto que o próprio João foi chamado a atenção, por que te espantas? afinal ele anteviu o castigo, como hoje tua igreja está a sofrer em face do absolutismo dela, do não pedir perdão, da soberbar, tudo isso juntado às profecias de malaquias e nostradamus, dizendo-se até que João Paulo II sabia, por exemplo, das coisas absurdas praticadas pelos padres, mas se calou, refiro-me aos que praticaram pedofilia. Evangélicos sabem dos seus, mas entregam as autoridades, a católica mal transfere, mal apura, pecado cometido contra a joia de Deus, as criancinhas órfãs ou não.

        Pergunta-se: Quem está errado ? A denominação que nunca esteve inspirada pelo Espírito Santo, portanto, a tese do livre exame é falha, ou, o próprio Espírito Santo enganou-se e passou aos ditos “profetas” informação errada ?

        Levi responde
        Quem está engando é você que não leu os capítulos citados, ou se leu se faz de desentendido.

        Ou ainda, o crente que sabe deste descalabro e reconhece a falsa profecia, hipocritamente, finge que tudo está bem e que tais “profetas” e tal denominação ainda merecem crédito ?

        Levi Reponde.
        Você que continua lá, pois a bíblia recomenda: Sai dela povo meu, senão vão ser responsabilizados pelos pecados dela, da grande cidade, a que tem suas extensões sobre os mares, países..leia, verá que fala até da fumaça, a tal votação dos papas.

        Eu gostaria de respostas objetivas e certeiras. E bíblicas. Nada de rodeios ou citaç
        ões de versículos fora do contexto.

        Levi responde
        Pode indagar quantas vezes quiser, nunca fui de arrodeio, trago depois se você não lê, versículo por versículo desses seis sete capitulos, explicando um a um.

        Sem aquela costumeira embromação de pastor. Sem aquela rotineira mania de fazer duas perguntas ao invés de responder a pergunta que é feita pelo católico ao protestante.

        Levi varela
        Nunca deixei ninguém sem resposta, católico ou protestante.

        Sem aqueles jargões conhecidos do tipo: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.” A palavra de DEUS é coisa séria.

        Se é sério como você diz, haverá de concordar comigo, item por item, mas também não venha com divagações.

        Todo protestante diz que não há um só homem infalível em matéria de fé e doutrina. Está correto isto ?

        Levi responde
        Essa história de infalibilidade do cargo, quem gosta disso é o catolicismo, em especial após 1870, no concílio que os bispos foram tomados de surpresa e votaram em algo que nem sabiam o que estava voltando, uma pegadinha dessas da vida que basta uma pequena dispersão, aí.

        Se não há um só homem infalível em matéria de fé e doutrina, por que pretende o protestante pregar para os demais se quem lhe escuta deve acreditar antes que não há um só homem confiável em matéria de fé e doutrina ?

        Levi responde
        É que o que se costuma pregar em todas as igrejas, inclusive a tua, não são coisas derivadas do meu, do teu ou do nosso intelecto, sim de uma verdade trazida por Cristo, o amor, o respeitar, o acatar, o tolerar, a empatia, coisas que nós geralmente somos falhos, portanto é Cristo o exemplo, não eu e nem um outro ser humano, pois falhos somos, pois costumamos distorcer as coisas em prol de uma tese que levamos avante, daí necessitar conferir as palavras proferidas nas igrejas com o que Cristo deixou.

        Ou será que cada protestante se considera infalível para si mesmo e condena a infalibilidade apenas nos demais ?

        Respondido acima.

        Se por um lado a Bíblia é a palavra infalível de DEUS, as interpretações privadas, conforme tese protestante, são passíveis de falhas.Ou não ? Toda e qualquer interpretação protestante está certa ?

        Levi Responde
        Veja que quem menos os protestantes discordam em termos de ensinamento bíblicocristão é com os católicos, tamanha as mudanças proporcionadas pelo catolicismo, coisa que não se repete com os demais ramos do protestantismo, havendo diferenças superficiais.

        Mas se todos são inspirados pelo Espírito Santo na leitura da Bíblia, por que alguém precisa de pastor ? Basta ler a Bíblia com a assistência do Espírito Santo e o próprio leitor e “interprete” chegará às mesmas conclusões.

        Levi responde
        Você precisou, mas hoje não, de professores. Sabe interpretar o que lê. Pastores são pessoas que ensinam aos novos na fé, são os que costuram os trabalhos sociais, são os que ouvem e aconselham os tristes, os fracos na fé, tanto que logo os evangélicos passam a pregar também, ou seja, a ensinar, o se preocupar com o que não tem aquele entendimento adquirido por ele, aquele patamar.

        Se todos usam a mesma Bíblia e todos são inspirados pelo mesmo Espírito Santo, por que se dividem a cada dia mais em igrejas divergentes entre si ?

        Levi Responde
        Deus quando enviou Cristo já existia uma igreja, mas esta estava muito arraigada dentro de si própria, não queria mudar, achava que deveria ficar no ensinamento de Moisés do olho por olho como se ainda vivesse o estado de exceção dos quarenta anos do deserto, tanto que ainda hoje não comem porco, tanto que não queria que Deus se estendesse a todos a ponto de Cristo ter provocado a mulher estrangeira para dar uma lição aos judeus que Deus era pra todos, refiro-me à mulher que falou que os cachorros comem da mesa dos donos, tendo Ele enaltecido a fé dela dizendo que inexistia igual na judeia, alias´o mesmo fez também com o centurião. Assim, tem certas igrejas que acham que já possuem ovelhas o bastante e se acomoda, esquecendo que a seara é grande, lembre-se da parábola que fala que pagará o mesmo salário aos trabalhaldores da última hora dia, a salvação, como os primeiros, ou seja, os judeus.

        Por que alguém precisa de igreja evangélica estando salvo e sendo assistido pelo Espírito Santo em sua leitura privada ?

        Levi responde,
        Por amor aos outros, daí se vai a igreja pra pregar para os outros que não sabem ainda da forma como eu e você

        Imagine alguém que já está “salvo” e tem a assistência direta do Espírito Santo. Frequentar uma igreja e ouvir pregações de homens que não são infalíveis, teoricamente, pode comprometer a salvação do eleito.

        Muitas vezes se ouve tolices nas igrejas, mas na sua maioria visa levar o homem de volta pra Deus, portanto não são palavras com pequenas distorções que desencaminharão, fato como se dá em sala de aula que você tem aula de professores que aqui e acolá erram.

        E se salvação obtida não pode ser perdida, então aí mesmo que Bíblia, igreja, pastor e dízimos não servem para nada. Afinal de contas, salvação garantida é salvação que não pode ser perdida faça o que fizer o crente.

        Levi responde
        Preocupação com o outro, isso é o que faz diferenciar o ser humano com Deus com o sem Deus, fazendo igual a Cristo que deu sua vida pra nos trazer o ensinamento último de Deus, o totalmente correto.

        E se ao contrário, salvação pode ser perdida, por certo a igreja protestante ou evangélica é o local mais perigoso onde o crente salvo e inspirado terá que conviver com pessoas que cometem falhas.

        Levi responde
        Nenhum ser humano estando dentro de um igreja pode ter a sensação de perigo, pois todas as igrejas pregam numa mesma linha praticamente, a do respeito ao próximo, seja a judaica, a muçulmana, a católica, a protestante…, sendo o lugar onde menos falhas o ser humano comete, pois são escolas de comportamento e de convivência pacifica com o próximo.

        Me expliquem, por favor, à luz da Bíblia, já que o protestante grita em alto e bom som: “Só a Bíblia”.

        Levi responde
        Tudo que diverge dos ensinamentos da bíblia deve ser abstraído, mas se fora há coisas que sigam na mesma linha, então nada impede de se aceitar. O problema é que o catolicismo fala de oração para mortos, quando se sabe que depois que a alma parte não mais se pode fazer nada, muito menos isso é ensinado na bíblia, e aí vai as muitas outras coisas que não encontram fundamento, amparo, nas passagens bíblicas.

  12. Na verdade eu sou a favor de dizimar. Minha igreja eh batista reformada e adotamos o dizimo. Mas eu ja ouvi SIM e muito aquela estoria de barganha com Deus. Alias, sao poucas as igrejas que nao pregam isso. A maioria das igrejas dizem que o dizimo eh para que o devorador nao consuma o seu dinheiro e blablabla, e se voce dizimar Deus vai te abencoar. As igrejas falam isso SIM, e eh isso que o Jackson esta criticando. Como eu disse, eu sou a favor do dizimo, acho que a igreja tem muitas despesas e nos desfrutamos de muitas estruturas da igreja, do tempo do pastor, da musica e nada mais justo do que contribuir com 10% do seu salario. Mas eu nao acho que isso vai repreender demonio nenhum, ou que vai ‘abencoar’ minha renda. Minha renda ja eh abencoada sem o dizimo. Mas o dizimo eh uma maneira de demonstrar a Deus a minha gratidao e tambem de contribuir com a obra de Deus.

    • Eu só não consigo alcançar o propósito vazio desta mensagem, pois
      Contenda entre “irmãos de fé” não são exemplo, não servem de testemunho,
      Não edificam, queridos vamos buscar a Deus e não vaidade humanas.
      Com relação ao dizimo, bem ler a bíblia vai com certeza te ajudar a esclarecer.
      O fato é EU CREIO OU NÃO NA PALAVRA.

  13. O Senhor Jesus era conhecido em Sua época como amigo e companheiro de ladrões. Hospedou-Se na casa de Zaqueu, o publicano cobrador de impostos; não condenou e perdoou Madalena, a prostituta; atendia ao chamado dos marginalizados daquele período – coxos, cegos, mendigos, leprosos, enfim. Pessoas discriminadas pela sociedade e que não eram aceitas pela religião.

    Hoje nada mudou em relação a isso. E em muitos lugares, inclusive religiões e até igrejas, “pessoas desse tipo” também são ignoradas. E as alegações, geralmente, são de que elas “dão muito trabalho”, “atrapalham a reunião”, “tomam tempo”.

    Mas, não foi justamente para essas pessoas que Jesus veio e deu o exemplo que, como cristãos, devemos seguir?

    “Achando-Se Jesus à mesa na casa de Levi, estavam juntamente com Ele e com Seus discípulos muitos publicanos e pecadores; porque estes eram em grande número e também O seguiam. Os escribas dos fariseus, vendo-O comer em companhia dos pecadores e publicanos, perguntavam aos discípulos dEle: Por que come [e bebe] Ele com os publicanos e pecadores? Tendo Jesus ouvido isto, respondeu-lhes: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar justos, e sim pecadores”. Marcos 2.15-17

    Lembro-me de que cresci ouvindo que na Universal “só havia ladrões e prostitutas”, que o bispo Macedo era o chefe deles, e que por isso era uma igreja de pessoas ignorantes – vulgo “Zé povinho”.

    Que bom! Sinal de que ela faz exatamente o que o Senhor Jesus fez e continuaria fazendo se estivesse em nosso meio, humanamente falando, já que, em espírito, Ele usa Seus servos para tal missão.

    Não é à toa que a Universal está presente em tantos lugares considerados vis. Presídios, esquinas, instituições de recuperação de menores, ruas… Procurando ser amiga (porque levar palavras de incentivo e falar a verdade é a melhor prova de amizade que podemos dar a alguém) com detentos, prostitutas, menores infratores, mendigos e tantos outros grupos de pessoas que vivem à margem da sociedade e são desprezados por ela: vítimas de violência doméstica, adolescentes grávidas e desamparadas, viciados…

    A “amiga de ladrões”, há 36 anos, vem gerando conscientização de que fazer a Obra de Deus é muito mais difícil do que se imagina para quem deseja fazer o que lhe agrada, mas é simples e gratificante para quem vê no outro o reflexo de si mesmo.

    • Bacana Vai Arrebentar, somos mais que vencedores Por Aquele que nos Amou e se Deu Por Nos a saber Jesus Cristo Filho do DEUS VIVO, estes falsos crentes tem sempre palavras na ponta da língua língua essa que e fogo difamatório discriminativo cheios de arrogâncias e de falas enganosas cheias de falácias e engodo, suas línguas cosam dentro de suas bocas para levantar polemicas sempre sempre difamatória subvertidos por não igrejas mas sim seitas com único proposito difamar deturpar o verdadeiro Evangelho do Senhor Jesus, pois e claro em suas falas que os mesmo somente falam em pontos negativo nunca apontando as verdades positivas que milhares dos membros de nossas igrejas atestam todos os dias, mais uma vez parabéns pelo seu correto falar

      • TOUR NA TRAK.

        A obra de DEUS e isso..

        E curai os enfermos que nela houver, e dizei-lhes: É chegado a vós o reino de Deus.
        Mas em qualquer cidade, em que entrardes e vos não receberem, saindo por suas ruas, dizei:
        Até o pó, que da vossa cidade se nos pegou, sacudimos sobre vós. Sabei, contudo, isto, que já o reino de Deus é chegado a vós.

  14. Lendo os comentários pude observar o seguinte:
    * Pessoas que são neopentecostais geralmente não conseguem sustentar seus argumentos. Mutas vezes não conseguem nem argumentar. Apenas copiam e colam textos da internet.
    * Qual o problema de ver o dizimo como algo apenas para abençoar do próximo? Porque essa necessidade de que “eu tenho que fazer algo para ser abençoado”? Se Deus ama a quem quer e aborrece a quem quer; Se ninguém o conselheiro de Deus; e se com Ele não se barganha, pra que essa necessidade de acreditar piamente que a minha benção (ou maldição) está associada ao que eu doou na igreja?

    Eu sou um cristão da linha reformada. Mas eu acredito que o “dizimo” deve ser entregue sim, não para repreender o devorador, ou para receber 7 vezes mais, mas porque eu não posso ver o meu irmão sofrendo, com fome ou sem ter o que vestir e ficar parado.

    Se você precisa MESMO fazer algo a mais para se sentir abençoado, que o sacrifício de Cristo na cruz já não supriu, você ainda não entendeu o evangelho… Infelizmente.

    Att,

  15. EU VOU CANTAR UMA MUSICA AQUI DE MINHA PROPRIA ALTORIA, VAMOS A ELA, SEI QUE ALGUNS NAO VAI GOSTAR MAS NAO ESTOU NEM AI PARA A OPINIAO DELES ENTAO VAMOS A ELA E ASIM– eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista oh trem bao e dizimar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista oh trem bao e dizimar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista por isso Deus sempre tem e vai sempre me abençoar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista, e não estou nem ai pra quem falar, eu sou dizimista eusou dizimista eu sou dizimista, oh trem bao e dizimar, e quem fala que dizimar não e bom e porque e muquirana e não gosta de dizimar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista oh trem bao e dizimar falou um forte abraço a todos os fieis dizimistas deste site e vamo qui vamo eta nois nois e nois e jacaré e um bicho

  16. No vídeo desse perturbado, não me parece que ele fala das igrejas neo pentecostal e sim mais das igrejas pentecostais.Conheço muito bem as duas e pelos uso e costumes que é relatado no vídeo inteiro ele fala mais da denominação pentecostal.

    • Mas se vc concorda que o que ele expôs é real, porque o chama de perturbado?
      Pra vc quem fala a verdade é perturbado?
      Entre no site de “Voltemos ao evangelho” e assista o vídeo com a mensagem de Paul Washer aos cristãos do Brasil. Só a palavra, nada de misticismo!

      • Pelo comportamento que ele agi no vídeo, irmã Mary.
        Parece uma pessoa perturbada, alucinada pior que um ateu.

        Do Jeito que ele ta seguindo esse caminho, vai acabe se declarando ateu convicto. Pq se vc reparar todas nas historia dos cristianismo, todas as igrejas de alguma forna cria se certas doutrinas de homens e foge dos ensinamentos bíblicos para de alguma forma, tais lideres corruptos tenha poder de manipular os fieis.

        Tenho algumas divergências contra a denominações neo pentecostais e tb as pentecostais,mas nem por isso agiria com tamanha zombaria que esse rapaz age no video que ele fez.E não é só 1 é vários videos.

        Pra mim, comentar aqui já basta. hehehe

        • A sim ia me esquecendo.

          Pelo titulo do post diz um ex neopentecostal ironizando práticas e costumes do neo pentecostalismo.

          Se analisar todo o conteúdo do video É 90% pentecostal. hehehe

          • edson souza

            eu também achei o rapaz do video meio exagerado, cheio de gestos, mas lembre-se que cada um de nós tem uma alma, e é onde reside nosso jeito de ser…

            Alguns falam a verdade do evangelho de forma mais teatral, gesticulando, falando alto, etc… outros já são mais comedidos, mais formais, é dificil a gente julgar pelo jeito que ele se apresenta…

            Pode ser até que esse método mais solto dele, seja até uma forma de conseguir chamar mais a atenção, vai saber… agora que ele se apresenta como neo, mas diz coisas mais do lado pentecostal, isso é vdd…

            Mas se a gente parar pra pensar, tem muita coisa que se ensina no meio evangélico, que se formos refletir, não tem muito a ver com o evangelho… esse negócio de subir no monte, gritar recebaaaaaaaaaaaaaa, falar em linguas bem alto… campanhas financeiras… nada disso tem respaldo bíblico.

            Eu vejo o evangelho como uma coisa tão simples, mas nessas denominações tradi-neo-pente-costais aí ele é tão complicado… Deus é um Pai tão distante…

            O problema é que tem gente que quando descobre que o evangelho nada tem a ver com essas bizarrices das denominações a pessoa surta… pode ser o caso do rapaz do video.

  17. INFELIZMENTE VIMOS PESSOAS QUE NAO ENTENDEU O VERDADEIRO PROPOSITO DA MORTE DE JESUS. VEMOS UM HOMEM COM UM EGO MUITO GRANDE ONDE O MESMO QUERIA USAR DEUS PARA SUAS PROPRIAS VONTADES… ONDE O MESMO RELATA QUE ACHAVA QUE SAIA PODER DA SUA MAO…… OLHA DEUS É QUE NOS USA COMO QUER E NAO NÓS USAREMOS COMO QUEREMOS… É TRISTE E LAMENTAVEL VE PESSOAS QUE NAO FORAM TOCADAS POR DEUS CRITICANDO INDIGNADO POR TER SAIDO CONCERTEZA CHATEANDO COM ALGUEM LÁ DENTRO, AI VEM GRITANDO E DESCONTANDO EM QUE PASSA NA SUA FRENTE…. O QUE EU POSSO TE DIZER AMIGO NAO TOQUE NA IGREJA DE DEUS, TOQUE EM TUDO QUE VC QUIZER TOCAR, MAS NUNCA NA IGREJA DE DEUS, POIS FOI POR ELA QUE DEUS ENTREGOU O SEU FILHO JESUS PARA QUE MORESSE… DEÍ VC TIRA DO QUE O PAI (DEUS) É CAPAZ DE FAZER PARA PROTEJER A SUA IGREJA……. É MELHOR VC CALAR. POIS NO MUITO FALAZ A LOUCURA….. O QUE POSSO FAZER É ORAR PARA DEUS TE PERDOAR, POIS A LOUCURA TOMOU CONTA DO SEU CORAÇÃO… E ESSE ORGÃO TAO PEQUENO QUE É LINGUA ESTÁ DESTRUINDO A SUA VIDA….

      • Jussara stardust.
        Aí ta falando de Jesus,não de você mulher ta louca eeeee.
        Ta doida eeeee????kkkk
        Vai passear no barquinho do Clamando para tirar este stress.kkkkk

        • edy

          toda escritura tem somente uma interpretação, porém várias aplicações na nossa vida cotidiana. Achei que ensinavam isso no iburd…

          ah, é.. iburd não estuda a bíblia, e sim somente as técnicas de arrecadação de dinheiro dos fiéis iludidos , conforme o método ” ou dá ou desce!!! “.

          • edy

            faz uma pesquisa neste site… quem de nós dois tem a fama de mentiroso?

            lembre-se… vc dizia que não era da iurd, mas se descuidou e confessou…

          • edy

            que mascara? se quer falar comigo, pq não aqui?

            e outra. se o assunto for voltar pra iurd nem perca tempo… tenho conhecidos ainda lá, que querem que eu volte, mas pra que vou querer voltar praquele egito?

            só conheci o reino de Deus, fora da iurd. A bíblia me ajudou a ver a verdade, senão estaria perdido lá até hj…

            edy, eu sei que tem gente de Deus na iurd, mas a liderança não visa almas… vc sabe disso!

          • Jussara
            O único que tem o poder de te convencer a voltar para a IURD é o Espírito Santo,se for da vontade dEle você voltar você volta.
            E não adianta resistir.
            Então o assunto não é este abraço.

  18. ATENÇÃO. STARDUST RESOLVEU INVESTIR NUMA NOVA FORMA DE SE EXPRESSAR… A POESIA… PENA QUE NÃO SOARÁ TÃO BELA NOS OUVIDOS DOS FARISEUS DIZIMISTAS E SEUS PASTORES QUE VIVEM DE ENSINAR ESSA HERESIA:

    Eu creio em Jesus
    Que segundo a bíblia encerrou a lei na cruz
    Por isso não serei salvo por dizimar
    Pois a palavra diz que só basta crer e me batizar.

    Quem lê a bíblia já está por dentro
    Que não é mandamento separar dez por cento
    Pra dar na mão de um homem intitulado pastor
    Que não se interessa pelo amor e sim apenas no valor

    Quem diz pra todo mundo que dizimista fiel
    E pensa que por causa disto vai entrar no céu
    É melhor estudar a palavra e tomar cuidado
    Fariseu dizimista de lucas 18:12 sequer foi justificado!

    A obra de Deus é mantida pelas ofertas
    Que são suficientes para manter as portas abertas
    Pra que dizimar, pra dizer que somos crentes?
    Pastor fica milionário e os membros cada vez mais carentes!

    Essa gente ainda erra:
    Dízimo sempre foi o fruto da terra
    Ou seja, frutas, verduras e também animais
    Mas agora querem tomar dízimo em reais!

    Dízimo era mandamento apenas durante a lei
    Estudei a bíblia por isso é que eu sei
    E Se quiser que sobre esse assunto eu fique calado
    Então mostre um cristão na bíblia que tenha dizimado

    Creio no sacrifício de Cristo, por isso não guardo dias
    Nem me impressiono com 3:10 de malaquias
    Pois bem sei quem é o devorador
    São os que tomam dízimos em nome do Senhor.

    FIM

    .

    • KKKK

      OLHA AI O EX ELA JA FEZ ATÉ UM VERSINHO PARA CANTAR PARA O DIABO.

      quem diria o diabo vai dar a ela um lugar no louvor dele la no lago de fogo.
      ela ja esta até treinando…

      • Arrebentar foi derrotado
        Humilhado e enganado
        Nunca defende a verdade
        Pois não tem a própria liberdade…

        Para poder pensar, refletir
        O que sabe é só latir
        Pode crer, preocupado iurdiano
        Suas mentiras não estão adiantando

        E o povo tá acordando
        Eo engano abandonando
        Porque o povo nunca esquece
        Edir macedo e o seu “ou dá ou desce”

        O povo percebe que não adianta
        Vender tudo e dar na fogueira santa
        Tá deixando a universal
        E indo para a igreja do rival

        Porque na iurd não há amor
        O que interessa é o valor
        Pastor que mais arrecada dinheiro na universal
        Ganha até viagem internacional!

        Membro, tecladista e obreiro
        Percebem que na iurd só se fala em dinheiro
        Leêm a bíblia e meditam melhor
        Se a iurd é de Deus porque tem baixaria na record?

        FIM

          • Agora veja que contraste, a sua arte, e a arte desses (…) “abençoados” e “inteligentes” iurdianos:

            TOUR NATRAK disse: 2 de setembro de 2013 ás 12:00 pm:

            “EU VOU CANTAR UMA MUSICA AQUI DE MINHA PROPRIA ALTORIA, VAMOS A ELA, SEI QUE ALGUNS NAO VAI GOSTAR MAS NAO ESTOU NEM AI PARA A OPINIAO DELES ENTAO VAMOS A ELA E ASIM– eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista oh trem bao e dizimar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista oh trem bao e dizimar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista por isso Deus sempre tem e vai sempre me abençoar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista, e não estou nem ai pra quem falar, eu sou dizimista eusou dizimista eu sou dizimista, oh trem bao e dizimar, e quem fala que dizimar não e bom e porque e muquirana e não gosta de dizimar, eu sou dizimista eu sou dizimista eu sou dizimista oh trem bao e dizimar falou um forte abraço a todos os fieis dizimistas deste site e vamo qui vamo eta nois nois e nois e jacaré e um bicho”

          • Não ex., eu não vou desperdiçar arte com vocês. A única arte que vocês sabem apreciar é o futebol de domingo com bastante linguiça gordurosa, vinagrete, farofa e refrigerante.

  19. E muito fácil entender este rapaz. Ele e frustrado no seu ministério e na sua comunhão com Deus. Em breve o juízo de Deus vai bater a sua porta. Ele não tem temor de Deus de falar tanta blasfêmia.

DEIXE UMA RESPOSTA