Pastor Saeed Abedini pede oração pela restauração de seu casamento: “Precisamos disto”

3

O pastor Saeed Abedini, que passou quase quatro anos preso no Irã, pediu orações aos irmãos na fé pela restauração de seu casamento.

Ele e a esposa, Naghmeh, enfrentavam sérios problemas conjugais antes de sua prisão, e durante todo o tempo em que ele foi mantido em cárcere, ela batalhou por sua libertação, inclusive tendo uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Agora, livre, Abedini precisa se reconciliar com Naghmeh, que carrega consigo feridas emocionais dos desentendimentos com o marido.

“Eu sou grato pelos conselheiros matrimoniais que têm me ajudado, mas o relacionamento entre minha esposa e eu não é bom neste momento. Por isso, precisamos de suas orações para que ela se junte conosco neste processo de aconselhamento”, escreveu o pastor em sua página no Facebook.

Abedini usou a rede social pela primeira vez desde que foi solto, em janeiro deste ano. Ele já havia comentado os problemas matrimoniais em outras ocasiões, como entrevistas, já que Naghmeh entrou com um pedido de divórcio dias após sua chegada ao território dos Estados Unidos.

“Em situações muito difíceis, você tem que estabelecer limites enquanto trabalha em direção à cura”, disse ela na ocasião, justificando a ação, mas sem fechar as portas para uma possível reconciliação.

Oração

Abedini tem usado a oração como sua única arma para contornar obstáculos desde que foi preso, em setembro de 2012. Em uma entrevista à Fox News, afirmou que passava a maior parte de seu tempo buscando a Deus.

“A cada dia, por horas e horas, às vezes mais de 20 horas, só orava. A melhor coisa que eu podia fazer ali era orar”, contou.

3 COMENTÁRIOS

  1. —o—o—>>>
    ——-o——-o——-o——->>>
    ☛♪ ♬ ♪ <3 >> Meu DEUS, aTi Te peço, em nome de JESUS, SENHOR, tenha misericórdia e atende, por favor o desejo dele, concede a restauração de toda a sua familia . . . . Por favor, Senhor.
    ☛♪ ♬ ♪ <3 >>

  2. A VERDADE DO SALVADOR YAHÔSHUAH “é assim Sem ofender”
    1° – Jo. 8.44 Vós tendes por pai (?) a satan (o diabo) e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na “verdade”, porque não há “verdade” nele; “quando ele profere mentira”, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai (?) da mentira.
    2° – Jo. 8.45 Mas porque vos digo a “verdade”, não me credes.
    3° – Ef. 4.25 Pelo que “deixai a mentira” e falai a “verdade” cada um com o seu próximo; “porque somos membros uns dos outros”.
    4° – Ef. 4.27 Não deis lugar a satan (o diabo).
    5° – Rm. 10.13 Porque “todo aquele que invocar” o “Nome” de “YAHÔSHUAH” será salvo.
    6° – At. 4.12 E em “nenhum outro” há salvação, porque também debaixo do céu “nenhum outro “ “Nome há”, dado “entre os homens”, pelo qual devamos ser salvos.
    7° – Jo. 3.18 “Quem crê nele” não “é condenado”; mas quem não crê “já está condenado”, porquanto não crê no “Nome” do unigênito Filho de YÁH. ALELU-YÁH.
    8° – Mt.1.21 E “ela dará à luz um filho”, e lhe “porás o “Nome” de YAHÔSHUAH, porque “Ele” salvará “o seu povo” dos seus pecados.
    9° – At.3.6 E disse Qefas: Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. “Em Nome” de YAHÔSHUAH o Mashyáh, “levanta-te e anda”. 10° – At.26.15 E disse eu: Quem és? E “Ele” respondeu: “Eu sou YAHÔSHUAH”, a quem “tu persegues”.

DEIXE UMA RESPOSTA