Pastor evangélico é violentamente agredido por ateu militante após pregação

22

O reverendo Norman Hayes, de 57 anos, da igreja The Bridge Community em North Hampton (EUA), foi violentamente agredido por um ateu militante após um sermão em sua igreja no último domingo. O agressor, identificado como James Maxie, 28 anos, é acusado de agressão em segundo grau e contravenção, por ter resistido à prisão.

De acordo com o pastor, após o culto Maxie e sua namorada, que frequenta a igreja, se aproximaram dele. Segundo Hayes, a agressão começou após ele perguntar a ela se Maxie estava abusando dela o que, segundo o pastor, o fez ficar furioso e começar desferir golpes em seu rosto.

Maxie passou dois anos na prisão depois de ser condenado por agressão criminosa. Ele também é um criminoso sexual condenado, acusado de conduta sexual ilícita com uma menor em Clark County, e foi condenado a cinco anos de liberdade condicional, começando em outubro de 2008, de acordo com o Departamento de Reabilitação e Correção Ohio.

Norman Hayes conta que foi então derrubado por seu agressor, que só parou de bater nele quando ele começou a implorar para que ele parasse. Ele afirma ainda ter pensado que Maxie iria matá-lo.


O casal então deixou a igreja à pé, e o agressor correu para um milharal nas proximidades depois de ser flagrado por dois policiais que estavam respondendo à ocorrência pela agressão. Depois de detido, ele foi levado para a cadeia do condado de Clark.

O chefe de polícia Jarrod Campbell disse em seus 11 anos no departamento, raramente se deparou com “um incidente tão brutal”.

Um ateu militante, de acordo com sua página no Facebook, Maxie disse à polícia que estava “tentando recuperar a fé em Deus”, e foi ouvir sermão Hayes. Ele disse que “fez perguntas sobre ciência e fé”, e afirmou que suas declarações teriam ofendido Hayes, que então teria dito que sua namorada estava “indo para o inferno” por namorá-lo.

– Foi então que cometi o maior erro de todos – resumiu Maxie, que está detido e tem a fiança estipulada em 51 mil dólares.

O ataque deixou o pastor com diversos ferimentos incluindo duas fraturas no nariz. Após o incidente Hayes pediu uma ordem de proteção contra Maxie, que foi concedida pela juíza Denise Moody. Segundo o site WhioTV.com, o pastor afirma que Maxie precisa estar em um lugar onde “ele não vai machucar ninguém”, e que espera que ele encontre perdão e “uma nova esperança e algumas respostas para sua vida”;

Por Dan Martins, para o Gospel+


22 COMENTÁRIOS

  1. Um Trem desse eu ate aliso os canos da minha trinta e seis, chaga brilham doidos pra cuspir fogo, ainda mais que carrego meus cartuchos com esfera de pe de vela de bicicleta ainda costumo misturar uns 10 por cento de pólvora branca pra o trem sair mais lizo, e qui costumo derrubar catitu no ispraiado a trinta metros não perco um, imagina a três metros do ateu como este não sobra nem a alma do infeliz e pa bufe já ta nos braços do capirotao vei eu em se um sujeito desce aparecer na minha igreja com estas besteira vai topar um osso duro de roer para defender A Jesus Cristo e seus preceitos eu não penso duas vezes e tenho dito

    • Pitágoras,

      Ora, logo você falar em cadeia?

      Não era esperada esse tipo de reação quando se fala e se prega que as religiões fizeram a guerra, daí incitar contra os que possuem sua fé?

      Meu caro, veja que aí é só o começo. Quem planta ausência de verdade, verdades controversas, meias verdades, produz ira, amplia a já existente, daí desgovernados passam a agir sob emoção em cima de premissas falsas, todavia repetidas, o que gera conclusões erradas.

      Aqui neste site, tentando dar respostas que visem dar o direito de duas teses sobre o mesmo tema do ateísmo, sucessivamente meus comentários são censurados, pois impedem de publicar.

      Então, meu caro, a Deus você prestará contas, embora seja seu o direito de não acreditar nele, tão e quanto os que usaram as religiões para se servirem delas, para matarem.

      Durma com a consciência tão pesada quanto os supostos religiosos que assim também fizeram.

      Meu caro, de um palito de fósforo riscado, qualquer um pode fazer uma guerra usando a palavra, não sendo saudável a ninguém deixar de atentar pra o poder do convencimento aliado ao da eloquência.

    • Elder
      se tivesse sido ao contrario, o ateu tentado bater no pastor e o pastor descer a mão nele, com certeza os ateus de plantão estariam gritando por justiça e achando o ateu um coitadinho, mas como foi ao contrario ainda tiram sarro, este site, está a beira da ruina, vejo aqui muitos cristãos que seus posts não entram ou ficam em moderação, mas os dos ateus passa e com tremenda facilidade, será que é um site gospel mesmo?

      • eu sinceramente tenho minhas duvidas porque direto os meus falatórios não entra, mas deveras os dos ateus e gays e direto o do anta mandala por exemplo e o primeiro e vários outros então fica no ar esta pergunta este site seria mesmo Evangelico, se for porque dao tanta ousadia para os que nos defama eu em sei não

        • Tem gentinha aqui que se julga melhor que ateus,gays,isso é ser cristao,se achar melhor e suas coisas melhores que a dos outros,santa hipocrisia,acham que carregar biblia debaixo do suvaco é garantia de salvaçao,sinonimo de bondade

          • oi c ta bao, eu tomem to bao assim agente vai tentando e lutando para vencer todas as situações, pois o inimigo esta sempre ao derredor rosnando como leao, no nome de JESUS esta todo o Poder toda a Majestade e neste nome vamos Vencendo em todas as situações, Amem e Aleluias também

          • Você tem toda razão STOUDANDOT! Você está inteira e completamente certo em tudo!!
            Digo isso pois guardo comigo um conselho de minha sábia avó(que Deus a tenha): “Aquele que se dispõe a discutir com um idiota, maior idiota se torna!”

          • Amigos, um senhor lá em cima afirma que todos os religiosos são desequilibrados, mas na matéria quem agrediu era ateu. Desequilíbrio é uma condição mental e não prática de fé.

  2. No Brasil este cidadão provavelmente pagaria uma cesta básica e seria solto para continuar agredindo, estuprando e quem sabe matando. Amo meu país, mas isso aqui está uma vergonha.

  3. Realmente nada justifica a violência!
    Mas pela reportagem acima faltou sabedoria e prudência a esse pastor! Se o cara se diz ateu e já demonstrou anteriormente ser uma pessoa violenta, tinha que saber conversar com ele e a namorada! E outra coisa: se a namorada estava acompanhando o rapaz a um culto religioso e não solicitou uma conversa ou um aconselhamento pessoal com o pastor, este não tinha nada que se entrometer no relacionamento dos dois…
    Outra coisa: o rapaz, mesmo se dizendo ateu, foi até a Igreja participar do culto! Isso mostra que sse rapaz estava procurando uma solução para seus problemas…
    Me parece que o problema maior ai foi a intolerância e a falta de sabedoria do pastor!

    • Meu, o cara foi agredido violentamente, ficou com vários hematomas e você ainda diz que ele foi intolerante!!!
      O que você queria? que ele ficasse de joelhos dizendo: “Sr ateu, pode me matar de pancadas!” Não sei se existe um limite padrão para idiotice mas acho que se existe, você já ultrapassou algumas léguas desse limite!!!!

  4. Hehe ,que conselho bom sua vó ti deu,por isso a nao ser nesse site que nao é cristao eté entro,e as pessoas que nao sao cristaos,mas sim hipocritas fanaticosbdeixo meu recado mas nao discuto,e por isso corro de evangelico e por isso digo voce tem toda razao,muito sabia sua vó,

  5. Com certeza o Pastor falou algo que não devia, e o rapaz mostrou que realmente é um problema sério.
    E os anti-cristãos que entram aqui para comentar tolices, só provam que a perseguição aos cristãos hoje em dia é um fato gritante.

DEIXE UMA RESPOSTA