Novo texto do PL 122 exclui a palavra “homofobia” e prevê respeito a cultos; Jean Wyllys critica “lobby fundamentalista cristão”

25

O novo texto substitutivo do PL 122 apresentado nesta quarta-feira, 11 de dezembro, pelo senador Paulo Paim (PT-RS) exclui a palavra “homofobia” de seu conteúdo, e inclui outros dispositivos que resguardam a liberdade de crença e expressão.

De acordo com informações do site do Senado, foram incluídos dispositivos no projeto de lei que protegem a liberdade de expressão em templos e eventos religiosos, exigem respeito a templos e eventos religiosos no caso de manifestações afetivas e a inserção de todos os tipos de preconceito como alvo das penas da lei, assim como a exclusão do artigo 3º, que previa a tipificação de injúria a alguns dos casos.

Anteriormente, o PL 122 tratava apenas do preconceito contra homossexuais, e não previa a liberdade de expressão para que as pregações contra a homossexualidade não fossem classificadas como criminosas. Agora o objetivo do projeto é o combate ao ódio, informa o Senado.

Agora, os senadores integrantes da Comissão de Direitos Humanos irão analisar a proposta de Paulo Paim e deverão votar o PL 122 na próxima semana.


Lobby LGBT

O sociólogo Thiago Cortês, colunista deste portal, publicou artigo em que alerta para possíveis armadilhas do novo texto do PL 122: “Os militantes não esconderam a alegria diante do apoio que receberam do Partido dos Trabalhadores (PT), particularmente do autor do substitutivo, senador Paulo Paim, que diz ter ouvido a todos, mas que trabalhou desde o começo em sintonia com a militância”, afirmou.

Presente à reunião, Cortês diz que “os grupos ligados aos interesses LGTB tomaram o local da reunião em gritaria contra os valores tradicionais, hostilizando os defensores da família”, e acrescenta: “É um engano imaginar que eles estejam realmente interessados em defender a vida e o bem estar dos homossexuais, que eles dizem representar. O PLC 122 (incluindo original e substitutivo) não se propõe a proteger homossexuais de atos de violência. Até mesmo porque isso a legislação já garante. O que ele faz é avançar sobre a moralidade e a cultura para, com a desculpa de combater a homofobia, cooptar as instituições em favor do lobby LGBT”, opina.

Cortês conclui seu artigo dizendo que “a finalidade primária do PLC 122 é a de garantir punição legal, processos judiciais e perseguição estatal a todos aqueles que manifestarem ideias contrárias à visão unidimensional que a militância gay tenta impor à sociedade, além de incorporar ao ordenamento jurídico brasileiro a ideologia de gênero”. Leia a íntegra do artigo aqui.

Jean Wyllys protesta

Usando seu perfil no Twitter, o ativista gay e deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) atacou o senador Walter Pinheiro (PT-BA), acusando-o de atrapalhar o andamento do PL 122 por ser um “fundamentalista cristão”.

“Acabo de saber, de fonte confiável e honesta, que o grande empecilho à tramitação do PLC 122 é o senador Walter Pinheiro (PT-BA). Pinheiro está obstruindo, nos bastidores, não só o PLC 122, mas também as metas do PNE que reconhecem diversidade de gênero e orientação. Pinheiro é fundamentalista cristão e tem servido de porta-voz das pressões das lideranças cristãs fundamentalistas sobre o governo. Walter Pinheiro tem isolado a senadora Ana Rita (PT-ES), que é a favor do PLC 122, e tentado cooptar Paulo Paim (PT-RS, que vem cedendo”, escreveu o parlamentar.

Indignado, Wyllys criticou a suposta atuação do senador petista contra o PLC 103/2012, que refere-se ao Plano Nacional de Educação (PNE) e possui dispositivos que tratam da orientação sexual e gênero. Caso seu texto seja aprovado como está proposto, a legislação abriria uma brecha para que educadores de todo o país estimulem as crianças ao conhecimento sexual ainda na infância.

“Aliás, autoridades do governo Dilma estão reunidos agora no Palácio do Planalto para discutir as mudanças no PNE propostas pelas igrejas. Os ‘lobistas’ das igrejas invadiram o Senado hoje de manhã e superlotaram as caixas dos senadores com emails contra as metas do PNE”, reclamou Wyllys.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

25 COMENTÁRIOS

  1. Esse tal de JEAN WILLYS É UM NAZI-FACISTINHA DE MEIA TIGELA, ODEIA RELIGIOSOS DE TODOS OS TIPOS, PRINCIPALMENTE CRISTÃOS, a Gaystapo quer uma revolução cultural no Brasil igual a que ouve na Alemanha nacional-socialistalha, so eles que prestam, so os comunistalhas terroristalhas gays que são bons, mais ninguem presta, os religiosos são ruins e devem serem mortos nos campos de concentração ou nos Gulags sovieticos.

    TODOS OS COMUNISTAS SÃO TERRORISTAS TOTALITARIOS E ADORAM SANGUE !!!

    Acorda pra vida “moça”, tira esse odio, rancor a amargura do seu coração, isso faz mal para sua propria saude.

    • Esse tal de EVANGÉLICOS SÃO NAZI-FACISTAS DE MEIA TIGELA, ODEIAM HOMOSEXUAIS E TODAS AS MINORIAS RELIGIOSAS E RACIAIS, MAS PRINCIPALMENTE HOMOSEXUAIS, SÃO INTOLERANTES POR NATUREZA. Os Evanjegues querem uma revolução cultural no Brasil com suas bancadas religiosas, seus programas de tv sensacionalistas, seus Felicianos e Malafaias que gritam para impor sua palavra, querem proibir o carnaval, as manifestações de religiões afro e espirita, querem proibir história da áfrica nas escolas, querem proibir mulheres de ir a praia igual ao Regime Nazista que queria impor sua ideologia a toda a sociedade. Para os evangélicos, eles são os superiores, só eles prestam basta ver a maneira como chutam uma santa católica em plena TV ao vivo, invadem terreiros de Umbanda, zoam de Chico Xavier e do Espiritismo, perseguem homosexuais, os direitos das mulheres e pessoas que vão contra sua ideologia evangelicofacista. Não há um caso de homosexual ou movimento homosexual que matasse um religioso por ser religioso.. mas o contrário… e não precisamos olhar para o oriente médio, (islâmicos) basta ver os evangelico-fascistas na África que defendem não só a criminalização da homossexualidade mas a morte de homossexuais..
      TODOS OS EVANGÉLICOS SÃO TOTALITÁRIOS E ADORAM O ÓDIO E A INTOLERÂNCIA!
      Acorde para a vida Nabuco, tire esse ódio, rancor e amargura de seu coração, isso faz mal para sua própria saúde. Os homossexuais só querem ter o direito de viver sua vida em liberdade e sem a perseguição de evangélico-fascistas como vc !

      “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.”
      DECLARAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS

        • Ele deve se converter a Igreja Caixa Registradora que saqueia o bolso dos tolos em troca da “teologia do domínio” promotora do pavor coletivo? Loucura se converter a uma pocilga desse tipo!

      • é por pessoas como você que projetos assim não podem ser aprovados, imbecis iguais ao pilantra safado do deputado ai querem impor uma mudança radical a força na sociedade, quem pensam que são? os donos do país?

      • ANTÔNIO CARLOS, TODOS NASCEM LIVRES, TODAVIA, COMO NOS AFIRMA KANT, TEM-SE EM SOCIEDADE UMA LIMITAÇÃO RECÍPROCA. VOCÊ É TÃO BITOLADO QUE NÃO OBSERVA AS PERSEGUIÇÕES PROVINDAS DOS ATIVISTAS GAYS. OBSERVE AS MANIFESTAÇÕES CONTRA PASTORES, AGORA PERGUNTO, TODOS NASCEM LIVRES, LIVRES INCLUSIVE PARA CRITICAR CONDUTA. NÃO LIMITE DIREITOS PARA PRIVILEGIAR GRUPOS, POIS CONFORME O ARTIGO 5, “TODOS SÃO IGUAIS”. ADEMAIS, VOCÊ FALA DOS EVANGÉLICOS NA ÁFRICA? DEIXE DE AGIR COMO SORRELFO, ESCÓRIA! VEJO AFRICANOS QUE VEM PARA O BRASIL ESTUDAR EM INSTITUIÇÕES FEDERAIS QUE SÃO EVANGÉLICOS, POR QUE? PORQUE MISSIONÁRIOS FORAM ENVIADOS E O AMOR DE CRISTO CHEGOU AQUELE CONTINENTE, ONDE, EMBORA FALTE ALIMENTO ORGÂNICO, SOBRA ALIMENTO ESPIRITUAL. VOCÊ FALA DOS EVANGÉLICOS QUE ENXUGAM AS LÁGRIMAS DAS MÃES COM FILHOS DROGADOS E QUE TIRAM O MAIOR NÚMERO DE DROGADOS DESSE MAL VETUSTO. HIPÓCRITA, TIRA PRIMEIRO A TRAVE DO TEU OLHO… VENHA PARA JESUS QUE ELE QUER TE SARAR COM O SEU SANGUE.

    • Leitor de Julio Severo é desse tipo. No fundo, o que pulhas como o Nabu-cão desejam é uma variável cristã da Sharia para normatizar a vida de todo mundo! Gaystapo e Feminazi são excrescências de religiosos entorpecidos pela típica mentalidade obsidional! Quanto mais obsidional a mentalidade, mais ricos e influentes são os pastores vendedores de medo.

  2. O camarada só sabe falar de fundamentalismo, pq não muda o discurso?

    Todos nós evangélicos devemos tanto ser fundamentalistas como intolerantes, uma vez que devemos estar fundamentados na Palavra e ser intolerantes ao pecado.

  3. O Tal do Antonio Carlos é o típico esquerdista acusador, ou seja, ele imputa uma série de acusações acima sendo que ele é tudo aquilo que escreveu, afinal Stalin dizia: “acuse seus adversários daquilo que você é”. Então fica caracterizado o esquerdismo deste semi-analfabeto acima, não estou aqui para discursar para um inepto esquerdista, apenas, porém, opinar sobre esta questão desta lei ridícula. A bancada dos fundamentalistas que é assim que os ativistas gays(que são financiados pela elite globalista) nos nomeiam, já caíram em um erro. Qual? Não tem que aceitar nem a discussão desta porcaria de lei, pois a partir do momento que você aceita por exemplo esse tal substitutivo, você já caiu no erro da esquerda. É isso que esta acontecendo, não se deve nunca discursar isso, é rejeitar a lei por inteiro e nada de discutir o moderado, rejeitar a lei in limine, jogar essa porcaria no lixo que é de onde ela veio. Mas, como os evangélicos e católicos aceitaram discutir a lei já caíram na rede do PT e dos esquerdistas.

  4. A grande maldade desta plc 122 é dar somente a liberdade de expressão ( no caso pregar contra a prática homossexual ) somente dentro das igrejas e nos eventos religiosos. Com isso, vc será obrigado a dizer que é natural, sadia, que é boa a prática homossexual, e se na escola seu filho aprender que ele deve ter “experiências para descobrir o que melhor pra ele” , … Vc não poderá dizer nada contrário, ou será criminalizado com penas de até 5 anos. Não poderemos pregar nas ruas, nos programas de televisão , omitir nossas opiniões quando confrontados com um homossexual,…. Um verdadeiro absurdo!! Na verdade esta plc 122 é uma grande arapuca que terá consequências gravíssimas ser for aprovada.

  5. Caríssimos irmãos em Cristo, essa é uma batalha com várias frentes e que ultrpassa nossas fronteiras. A união dos cristãos é fundamental para banirmos o mal que tenta dominar nossas famílias e principalmente nossos jovens, a evangelização é fundamental mas não é o suficiente perante o poder constittuido.

    Nossos irmãos no Uruguay já estão mobilizados para o próximo pleito, lá a besta revelou a sua face mais violenta no aborto, na legalização da prostituição e na liberação das drogas.

    Cristãos, uni-vos !

    +++

    Governo socialista do Uruguay prossegue sua missão de “desconstrução” dos valores da nação, agora foi a ‘legalização’ da maconha.

    Com o apoio do presidente do Uruguai, José Mujica(foto) -que também promoveu a lei que permite o aborto e o mal chamado “matrimônio” gay- o Senado desse país votou a favor da legalização da maconha, determinando que sua venda fique, a partir de agora, em mãos do Estado. A medida disparou imediatos protestos tanto a nível nacional como internacional, que alertam sobre o fracasso de outras nações que têm normas similares.

    A expectativa do governo uruguaio com esta lei é que sendo o Estado responsável pelo comércio desta droga, se reduza o narcotráfico.

    Entretanto, em declarações ao jornal uruguaio El País, o senador do Partido Nacional, opositor ao regime de Mujica, Carlos Moreira, advertiu que se o que o mandatário quer ao promover esta lei é terminar com o narcotráfico “não vai conseguir e, além disso, vai gerar uma confusão enorme, porque será impossível controlar o limite para o autocultivo pessoal”.

    “A maconha vai estar ao alcance de todos e dessa forma vai aumentar notavelmente o consumo, assim aconteceu na maioria dos países que legalizaram”, indicou.

    Moreira também criticou a falta de coordenação com outros países da região que sofrem o flagelo do narcotráfico, como é o caso do Brasil e México.

    “Não consultamos os nossos vizinhos e Brasil está tomando medidas totalmente diferentes, quer penalizar até o consumo”, disse.

    Por sua parte, o senador Alfredo Solari advertiu que a legalização da maconha suporá um aumento no consumo devido ao aumento da disponibilidade.

    “Se a estratégia do Governo é vender uma droga de melhor qualidade e de igual preço, como disseram, certamente não vai diminuir a demanda. Pelo contrário, aumentará como aconteceu em todos os países onde se legalizou”, disse.

    Solari indicou também que, apesar de que a lei proíba a venda de maconha a estrangeiros, “isto vai ser como nos free shop: um visitante vai encontrar algum uruguaio que empreste a carteira de identidade para comprar um baseado na farmácia”.

    Pouco antes da votação que definiu a legalização da maconha, reconhecendo que a grande maioria dos uruguaios se opõe a esta medida, José Mujica lhes pediu uma “oportunidade” para o que qualificou como “experimento”.

    Segundo Mujica, a oposição da maioria dos cidadãos não “pode paralisar o ensaio de novos caminhos para um problema que nos tem agarrados”.

    A lei do aborto, outro experimento de Mujica, cobrou, conforme estima a organização abortista Mulher e Saúde do Uruguai, cinco mil vidas de nascituros no seu primeiro ano de execução, sem conseguir acabar com os abortos clandestinos.

    O senador Jorge Larrañaga criticou que “é lamentável utilizar o país e seus jovens para um experimento deste tipo”.

    A lei impulsionada por Mujica, assinalou, “parte de premissas falsas, objetivos errados, eticamente questionáveis e propõe soluções a nosso julgamento, erradas”.

    “O governo abre uma porta ao vazio. Desconhece os verdadeiros interesses dos uruguaios. A agenda dos problemas nacionais passa por outro lado”.

    O senador Larrañaga assegurou que “assumo o meu compromisso e o do Partido Nacional de derrogar esta lei”.

    Em declarações recolhidas pela agência EFE, o secretário geral do Sindicato Único de Polícia do Uruguai (SUPU), Luis Clavijo, advertiu sua preocupação pelo tema, pois “o governo diz que é para combater o narcotráfico e ajudar a diminuir as consequências, mas acho que este não será o resultado”.

    “O narcotráfico, como o terrorismo, combate-se infiltrando gente em suas redes e colocando gente na rua para combatê-lo lá onde esteja”, assinalou.

    Esta lei terá como efeito que jovens que “nem sequer tinham se aproximado” da maconha, façam-no agora, ao fazer-se legal.

    Por sua parte, a psicóloga Nancy Alonso, da Fundação Mananciais, o principal centro de reabilitação de drogados do Uruguai, indicou que “nós partimos da base de que é necessário consumir zero drogas e zero álcool. Desde esse lugar, a legalização não mitigará o consumo, mas fará justamente o contrário”.

    “As pessoas terão mais acesso e algo que antes era proibido e mal, agora se verá com normalidade”, criticou.

    A legalização da maconha, advertiu, dificultará ainda mais o trabalho de recuperação dos viciados.

    “A maconha é mais cancerígena que o tabaco e é muito aditiva. E foi a porta de entrada a outras drogas para muitos dos nossos pacientes. Fazê-la legal passa a ideia de que não é tão má e que não faz mal”, assinalou.

    Fonte: ACI

    • Cortês conclui seu artigo dizendo que “a finalidade primária do kit gay PLC 122 é a de _garantir punição legal, processos judiciais e perseguição estatal a todos aqueles que manifestarem ideias contrárias_ à visão unidimensional que a militância fundamentalista gay tenta impor à sociedade, além de incorporar ao ordenamento jurídico brasileiro a ideologia de gênero”. Leia a íntegra do artigo aqui.

  6. ESSE CARA É CHATO IGUAL A DOR DE BARRIGA.
    ELE. FALA DE RESPEITO ENTRE AS DIFERENÇAS, PURA DEMAGOGIA, PORQUE PARA ELE RESPEITO SÓ MERECE OS QUE PENSAM IGUAL. DEVEMOS NOS RESPEITAR COMO SERES HUMANOS SIM, INDEPENDENTE DE QUALQUER COISA, MAIS PARA ISSO EU NÃO PRECISO PENSAR IGUAL, TER OPINIÃO IGUAL.

    COMO SERIA UMA SOCIEDADE, ONDE TODO MUNDO PENSA IGUAL, TEM OPINIÃO IGUAL ? DO JEITO QUE A COISA VAI, NÃO DEMORAREMOS A SABER, PORQUE O JUGO HOMOSSEXUAL NÃO VAI DEMORAR A SER INSTALADO.

    PENSAR DIFERENTE, SERÁ MOTIVOS DE EXTINÇÃO

    A COISA TA FICANDO FEIA.

  7. É ENGRAÇADO AS PESSOAS SE PREOCUPAREM COM OS “TOLOS” QUE ENTREGAM OS DÍZIMOS. O CARA TA ENTREGANDO O DINHEIRO DELE, QUEM TRABALHOU FOI ELE, SE ESTA SENDO FEITO DE IDIOTA, ISSO É ELE E É PROBLEMA DELE. ASSIM COMO VC GASTA COM O SEU CIGARRO, SUA CERVEJA, E ISTO É SOMENTE DA SUA CONTA, A ENTREGA DO DIZIMO TAMBÉM É DA CONTA APENAS DO “TOLO”

    ESSE DEPUTADO É CHATO IGUAL A DOR DE BARRIGA, PARA ELE SÓ MERECER RESPEITO OS QUE PENSAM COMO ELE.

  8. Temos que cortar o mal pela raiz, e a raiz do mal se chama PT, PSol, PMDB e demais partidos de esquerda que apóiam essa ideologia anti-cristã. No Brasil existem 50 milhões de evangélicos, mais de 90 milhões de católicos, totalizando mais de 140 milhões de cristãos, que apesar de possuirem diferenças teológicas, compartilham dos mesmos valores, os valores do cristianismo. O que devemos fazer é alertar a todos os cristãos do Brasil para, em 2014, não votar nesses partidos, nem para eleições majoritárias (governador), nem para eleições legislativas (deputados e senadores). Somos maioria, vamos retirar essa corja do poder, resgatar os valores familiares, cristãos, e sepultar, de uma vez por todas, todo esse lixo moral

  9. Os homossexuais chamam os cristaos de fundamentalist as como e moda taxar cristaos home em dis por causa de Jean Willys,nos so defendemos a familia,.Mas nao se preocupem porque os mulculmanos SEATO se espalhando por ai,o proprio Pt tem simpatia por Paises fundamentalist as,entamoeba voces avo saber realmente o que e ser fundamentalista porque eles nao support am manifesttacao de nene uma è specie men os ai da gay,entao serao realmente mortos,bombardeados,assim como eles fazer com todos os que os aceitam,ou abracam,olha o que aconteceu no dia 11 de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA