Pastor Saeed Abedini tem cirurgia negada e é mantido acorrentado em prisão no Irã

5

A situação do pastor americano Saeed Abedini, preso no Irã desde setembro de 2012, se tornou ainda mais complicada na última semana, quando teve negada pelas autoridades iranianas uma cirurgia considerada urgente e delicada. Removido do hospital onde estava recebendo tratamento, o pastor foi levado de volta à prisão, onde permanece acorrentado.

Abedini havia sido transferido para o hospital há mais de uma semana. Ele estava recebendo tratamento médico e passaria por uma cirurgia para acabar com a dor crônica, que sofre devido aos espancamentos em que foi submetido na prisão. Porém os médicos se recusaram a tratá-lo, e pediram para que ele fosse levado de volta à prisão.

– Guardas iranianos atacaram violentamente o Pastor Saeed e um parente idoso que tinha sido autorizado a visita-lo no hospital. Pastor Saeed foi preso e algemado. Seu parente idoso foi maltratado e expulso do hospital – relatou o Centro Americano de Direito e Justiça (ACLJ), que representa a mulher de Abedini e seus dois filhos, nos EUA.

Guardas afirmam que devido a uma ordem judicial o religioso não poderá receber visitas e que também deve permanecer algemado o tempo todo. O pastor foi preso acusado de colocar em risco a segurança nacional, e foi condenado a oito anos de prisão.


O ACLJ afirma que fato ocorrido com o pastor é suspeito, ressaltando que ele recebeu uma visita no hospital quando a Alta Representante da União Europeia, Catherine Ashton, chegou ao Irã. Porém, assim que Ashton partiu do país islâmico, Abedini foi enviado de volta para a prisão sem receber o tratamento que ele precisava.

– Essa virada perturbadora de eventos reitera a necessidade de manter a pressão sobre o Irã. Assim que cedermos à pressão, a situação ficará pior. O Irã não deve ser autorizado a continuar a abusar e maltratar o Pastor Saeed fora dos holofotes públicos. O governo iraniano injustamente o aprisiona e nega-lhe cuidados médicos necessários, porque ele é um cristão. Cada dia longe da família e longe da atenção dos médicos é outro abuso dos direitos humano – afirma a organização.

O ACLJ destacou ainda que seus representantes irão se reunir com líderes mundiais na sede das Nações Unidas em Genebra para buscar a liberação do pregador.

Por Dan Martins, para o Gospel+

5 COMENTÁRIOS

  1. imaginem este homem contra toda truculencia iraniana, mesmo sabendo dos riscos, mesmo colocando sua vida em risco, em momento algum negou sua fé, ou deixou de fazer missões, a sua chamada é tão forte que deixou pai mãe irmão mulher filhos casa , tudo por amor a DEUS e a missões, enquanto isto aqui no brasil de b menor stardust ativista ateu continua sua guerrinha particular contra igrejas pastores e missões.
    wuem le uma noticia desta e depois ve as postagens de stardust, cada vez se convence mais é satanas falando pelas suas mãos

  2. Os fundamentalistas islâmicos fazem isto com os crentes em JESUS CRISTO porque seguem
    e interpretam as escrituras deles de acordo com os interesses deles,o que convém a eles.Eles
    não condenam a corrupção dos que governam na teocracia.Os grupos fundamentalistas daqui
    do Brasil são da mesma laia. É que por aqui eles não manam e não apitam em nada.

  3. Ue ! não foi Deus que livrou pedro da cadeia? Deus não e mais o mesmo? porque ele não cura este pobre homem? Agora clamam pela Ciência para depois dar os creditos todinho a Deus . sei não estou começando a acreditar que a biblia e mais um conto da carochinha ela e uma piada nada que esta la se cumpre .

  4. “Estas são as palavras daquele que é o Primeiro e o Último, que morreu e tornou a viver.
    Não tenha medo do que você está prestes a sofrer. O Diabo lançará alguns de vocês na prisão para prová-los, e vocês sofrerão perseguição durante dez dias. Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida.
    Apocalipse 2:10

    Maranata!!!

  5. “Estas são as palavras daquele que é o Primeiro e o Último, que morreu e tornou a viver.
    Não tenha medo do que você está prestes a sofrer. O Diabo lançará alguns de vocês na prisão para prová-los, e vocês sofrerão perseguição durante dez dias. Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida.
    Apocalipse 2:10
    Maranata!!!

DEIXE UMA RESPOSTA