“Quer prosperidade? Então deve pedir um câncer a Deus”, diz estudioso evangélico

39

Russell Shedd é um dos maiores “pensadores” da igreja na atualidade. Nasceu na Bolívia, foi criado nos Estados Unidos e tem passagem por diversos outros países como Alemanha, Inglaterra, Portugal, Escócia etc, onde estudou, ministrou palestras ou desenvolveu algum trabalho na obra de Deus. Formou-se em teologia no ano de 1949 pelo Wheaton College, fez mestrado em estudos do novo testamento no Faith Seminary, em Philadephia e aos 25 anos adquiriu o título de Ph.D em Novo Testamento pela Universidade de Edimburgo na Escócia. Casou-se em 1957, e teve 5 filhos. Lecionou na Faculdade Teológica Batista de São Paulo. Fundou a Editora Vida Nova há mais de 40 anos e atualmente é consultor da Shedd Publicações. Dr. Russel Shedd é também missionário da Missão Batista Conservadora no Sul do Brasil desde 1962. Tem colocado seu pensamento a disposição do público através da boa literatura que não pode faltar na biblioteca de um bom leitor. Entre suas obras publicadas estão A Justiça Social e a Interpretação da Bíblia, Disciplina na Igreja, A Escatologia do Novo Testamento, A Solidariedade da Raça, Justificação, A Oração e o Preparo de líderes cristãos, Fundamentos Bíblicos da Evangelização, Teologia do Desperdício e Criação e Graça: reflexão sobre as revelações de Deus. Além disso, Russel Shedd se notabilizou mormente pelos comentários da Bíblia que leva seu nome na capa: Shedd.

RGG – Uma pergunta trivial, mas que o público quer saber: Qual a sensação de ter uma bíblia com o seu nome?

SHEDD – Bastante constrangimento e até vergonha, porque eu não autorizei que utilizassem o [meu] nome. Quando eu sai da [editora] Vida Nova, passei para um senhor, [chamado] Dr. Alan, que não está mais no país. Ele logo começou a reformular a Bíblia Vida Nova e a transformá-la na Bíblia Shedd. Ele me falou antes de colocar o nome que iria colocar o [meu] nome, e eu disse: Não, você não pode fazer isso! Não autorizei. Mas, quando saiu já estava o nome lá, e não somente em letras pequeninhas, lá embaixo, mas, em letras enormes (risos). É um constrangimento constante, meu irmão.

RGG – Que razão o senhor atribui a esta diminuição do número de cristãos pela qual países como Inglaterra, França, Alemanha, enfim… este achatamento que toda a Europa está passando, atualmente? Países que chegaram ter 40% de sua população evangélica, sobretudo depois da reforma, sob a influência dos calvinistas, e hoje tem 0,5%, 1%, 2% no máximo?


SHEDD – Certo. A razão disso é a maneira como os pastores foram preparados nas universidades. Homens, lecionando matérias do seminário na universidade… Por exemplo, em toda a Europa os pastores são preparados em universidades e os seus professores são incrédulos. Então, um jovem que quer servir a Deus, logo perde sua fé, e logo está pregando uma palavra, sem Deus, sem fé, sem bíblia, porque não crê.

RGG – O senhor fala em uma de suas entrevistas que na Alemanha, por exemplo, igrejas estão adotando uma cláusula exigindo que o pastor seja crente?

SHEDD – Exatamente. Na igreja do meu genro e filha […] Eles trabalham com duas igrejas lá em [Ruíte] perto de “Sttutgart” e… quando ele fazia parte do conselho da igreja, colocaram esta cláusula exigindo que o pastor, desta igreja, fosse crente.

RGG – O senhor acha que o cristianismo está condenado a países economicamente necessitados, fazendo prevalecer aquela máxima: “O número de igrejas evangélicas é diretamente proporcional a quantidade de problemas de uma nação”?

SHEDD – Em parte, isso é verdade. Jesus já mostrou que a pobreza, a necessidade, é uma pressão muito forte a busca de Deus. Na medida em que alguém como aquele holandês, em Amsterdã, 2000, falou: Por que eu preciso de Deus? Eu tenho tudo que eu quero na vida. […] com a falta de crer que existe uma vida posterior a esta, que haja um juízo da parte de Deus, tais pessoas olham para esta vida, como uma única. Uma vez que a gente tem tudo que quer nesta vida, por que é que se vai precisar fazer esforço para conhecer a Deus ou fazer a vontade dEle?

RGG – Teologia da prosperidade. Hoje pela manhã, o senhor falou que se um crente quer prosperidade, então deve pedir um câncer a Deus. Em outras palavras o senhor quis dizer “morte com salvação é a verdadeira prosperidade. Foi isso mesmo ou não entendi bem?

SHEDD – Não, foi isso mesmo! (risos). Quero dizer a prosperidade que a bíblia garante para os crentes é na vida vindoura, é nos galardões que à receberemos. Paulo diz em II Coríntios 4, que a “Glória futura está diretamente ligada ao sofrimento nesta vida”. Se a gente quer glória na vida vindoura, [devemos] esperar sofrimento nesta vida, especialmente, o sofrimento da perseguição. [II Coríntios 4:16]. Deixe me ler este versículo porque eu creio que os leitores vão querer saber o que a bíblia diz, exatamente, sobre prosperidade. “Por isso, não desanimamos, embora, exteriormente estejamos a desgastarmos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia. Pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos (e Paulo sofreu muito, nós não chamaríamos de leves) estão produzindo para nós uma “glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê, é eterno”..

RGG – Até onde esta teologia da prosperidade terrena é saudável? Explicando melhor, todos nós queremos alguma coisa. Um carro novo, uma casa maior, um emprego melhor… mas afinal de contas, pedir estas coisas para Deus, é saudável?

SHEDD – Seria saudável apenas se pudessemos glorificar a Deus mais. A ordem bíblica é que a glória de Deus está vinculada a tudo que nós fazemos, ou deveria estar. Então, quer bebamos, quer comamos ou façamos outra coisa qualquer, façamos para a Glória de Deus. Qualquer benefício ou vantagem que Deus nos dá nesta vida seria justamente para nós glorificarmos a Deus, mais. Só que muitas vezes nós fazemos o contrário.

RGG – Não é para usufruirmos destes benefícios, então?

SHEDD – É para nós glorificarmos à Deus, naturalmente, abençoando outras pessoas. Porque se é para fazermos boas obras, se é para abençoarmos pessoas, se é para sustentarmos missionários, é preciso alguém ou alguma coisa para fazer isso. Portanto o que nos beneficia e nos abençoa seria re-utilizado para glória do Senhor.

RGG – Qual a sua opinião sobre a literatura brasileira cristã? Há material de boa qualidade ou ainda estamos muito distantes de países como Estados Unidos e outros países de primeiro mundo, neste aspecto?

SHEDD – Talvez o problema maior que nós temos aqui, é que as pessoas que escrevem, raras vezes, tem lido muita coisa. Quero dizer, não tem muita consciência da história da igreja. Eles não tem lido outros autores, como os puritanos, não tem muito conhecimento de Jonathan Edwards, não tem conhecimento de homens como Spurgeon. Estes livros estão chegando agora [em português]. O resultado é que quando eles escrevem, a impressão que a gente tem, é de algo um pouco raso, isto é, não muito profundo. Raras vezes, eles tem conhecimento das línguas originais para fazer uma exegêse adequada. Isto não é em todos os casos, mas apenas em alguns, é claro.

RGG – Quais os grandes pensadores da literatura e da igreja brasileira nos nossos dias. O senhor poderia citar algum pelo qual o senhor tem admiração?

SHEDD – Claro, seria fácil. Simão Luiz Sayão, Carlos Osvaldo Pinto da Palavra Vida, Augustus Nicodemus, Antonio Carlos lá da igreja da Barra. Ele é um estudioso e pensador. A escola dos pastores, em Niterói… e, outros irmãos desta estirpe. Graças a Deus, que… Deus tem os seus líderes aqui… e pensadores… Fiquei muito contente em ler a biografia de Tonica Vandermeer, missionário entre os Angolanos, durante tantos anos… Sofreu muito, mas foi muito usado. Talvez o herói que mais se destaque aqui é Ronaldo Lidório, um verdadeiro pensador, estudioso, e um homem muito sacrificado para glória de Deus.

RGG – O senhor aconselharia alguma universidade no exterior especialmente para os alunos que estudam teologia e gostariam de aprofundar seus estudos, futuramente? Ou o senhor acha que existem universidades boas no Brasil para mestrado e doutorado?

SHEDD – Tem algumas escolas boas aqui. Eu recomendaria, por exemplo, a Mackenzie. Dá pra fazer doutorado lá. Deixe me ver outra escola aqui que talvez a gente poderia recomendar… Para mim é muito mais fácil lembrar de escolas americanas, onde Jesus Cristo e a bíblia são honrados e [os professores] pessoas de bastante conhecimento. Então, depende se a pessoa tem possibilidade de fazer um curso lá. Ahmn… No Trinity Divinity School, no Gordon-Conwell Theological Seminary, Denver Seminary, no Beeson Divinity School. São várias escolas de alto nível. Tem escolas na Inglaterra, também, que estão vinculadas as universidades de Cambridge e Oxford. Há excelentes cursos lá que a gente pode fazer de doutorado…

RGG – Existe uma pesquisa, inclusive citada neste seminário, que os programas televisivos da Igreja da Graça e Reino de Deus, amplamente divulgados em todo o Brasil tem provocado um efeito migratório de pessoas já membradas em outras igrejas. Isto é, grande parte das pessoas que lá estão já eram evangélicas. A mídia poderia ser melhor utilizada, ou este poder de crescimento é inerente a potência do veículo? A mídia pode ser utilizada para colocar em prática o “Ide e pregai o evangelho a toda a criatura” Ou este “IDE” é presencial e não virtual?

SHEDD – Não há duvida que a mídia é muito útil para chamar a atenção das pessoas de sua necessidade em Cristo. Mas como a mídia está interessada em IBOPE, é quase impossível que ela se vincule e dê mais atenção a mudar pessoas perdidas e trazê-las para Cristo. Agora tem uma exceção nestes programas. É o do Fausto Rocha. O canal dele tem uma forte ênfase na evangelização. Mas, o que foi falado representa a grande maioria. Record, RR Soares gastam muito tempo na televisão, e não falam, pelo menos não abertamente, que eles estão tentando evangelizar e levar pessoas à Cristo.

RGG – Gostaria de obter a sua opinião sobre a Igreja Lakewood Community, localizada em Houston Texas/USA. Sabemos que é uma igreja de proporções gigantescas, que tem se destacado pela sua proeminência e por levar o evangelho só nos Estados Unidos para mais de 225 milhões de pessoas. Além disso, os cultos são transmitidos para mais de 150 países, por emissoras e redes de televisão. O pastor-chefe da igreja, Sr. Joel Osteen, reconhecido mundialmente pela sua simpatia e eloqüência no palco, tem um livro intitulado “Sua melhor vida agora” que o possibilitou circular no topo da lista do mais famoso jornal americano The New York Times. Simplesmente o #1 Dos Estados Unidos, por meses consecutivos. Enfim… Muito tem se falado. Críticas, Elogios… Agora, gostaria de obter a visão de um especialista.

SHEDD – Eu não o conheço, pessoalmente. Tenho visto na televisão, lá. Não sei muito bem todas as ênfases que ele tem. É um fenômeno, realmente, fora do comum! Está tomando um espaço muito impressionante. Eu não chegaria à dizer que é uma coisa negativa até agora. Gostaria de esperar para ver o efeito positivo que isso vai ter na América, porque é um país que ainda tem muita coisa negativa, em relação ao liberalismo… igrejas estão vazias, especialmente no nordeste do Estados Unidos. A América é bem dividida em áreas que nós chamamos de “Bible Belt” (Cintura de Bíblia). e… tem outras áreas que são bem distintas.

RGG – Nos anos 60 as denominações se dividiram, sobretudo, por causa do pentecostalismo. Desenvolveram posições opostas, e hoje, muitas procuram obter a união através do que chamamos de Ecumenismo? Qual a sua opinião sobre o Ecumenismo?

SHEDD – Depende inteiramente de “que tipo de ecumenismo”?

RGG – Principalmente o ecumenismo entre as religiões pentecostais e neo-pentecostais, é claro. Não este ecumenismo entre islamismo, budismo, enfim…

SHEDD – Eu estaria com uma atitude muito negativa para qualquer ecumenismo que junta crente com não crente. Dentro do próprio cristianismo, pessoas que realmente se vinculam ao Senhor Jesus como seu único e suficiente salvador, que colocam a bíblia como a palavra de Deus, inspirada por Deus, qualquer união que possa existir entre eles, normalmente, seria positiva. Claro, tem certas práticas que a gente não favorece. Portanto temos ver que união teria beneficio, e qual seria negativa. É complicado generalizar, neste ponto.

RGG – Todos os crentes devem admitir que ler a bíblia é extremamente importante. Mas, em um país como o Brasil em que o índice de analfabetismo funcional é de 74% da população, isto é, apenas 26% do povo brasileiro possui pleno domínio da leitura e interpretação de textos, como fica o entendimento da bíblia? Não seria um ler por ler?

SHEDD – Certamente. Mas Deus é maravilhoso… Porque através de seu espírito Ele ilumina as vidas. Tem pessoas que tem aprendido a ler só olhando para o texto bíblico. Eu conheci pelo menos um irmão que pediu a Deus, especialmente, capacidade para ler, e começou a ler a bíblia e não podia ler outra coisa, só a bíblia!

RGG – Eu sei que o senhor não é favorável a esta visão do “intitular-se apóstolo”. Eu gostaria de obter a sua opinião sobre isso. Biblicamente falando, existe algum erro em utilizar esta titulação?

SHEDD – Bem, a bíblia nos fala de dois tipos de apóstolos. O problema é o significado desta palavra. [Apóstolo] significa o que tem plena autoridade da pessoa que lhe enviou. Apóstolo é enviado. Portanto quando Paulo diz: “Eu sou apóstolo de Jesus Cristo”, ele esta dizendo, que tem autoridade para falar em nome de Cristo. Então, qualquer pessoa, hoje, que se intitula apóstolo esta se colocando na posição do Papa. Está falando no lugar de Cristo. Já que esta não é a idéia que alguns destes apóstolos tem, talvez não tenham estudado o significado da palavra; talvez eles estão pensando que são apóstolos do tipo de (EPAFRODITO). [ Filipenses 2:25 ] Esta palavra fala do apostolo da igreja de Filipos. Então tem esse dois tipos. Talvez esses são apenas apóstolos de igrejas, tem a autoridade da igreja, ou autorização para falar em nome da igreja deles, não de toda a igreja de Cristo, obviamente, mas só deles.

RGG – Política e religião. O senhor é contra ou a favor de políticos crentes no poder? O senhor acha que políticos cristãos podem mudar a nossa nação ou não se atreveria a ser tão positivista, assim?

SHEDD – Depende do político obviamente (risos). Alguns políticos tem sido uma benção. Fausto Rocha é um deles e tem outros; agora o grande problema é a tentação que a política cria. [É necessário] fazer vínculos com pessoas não crentes, isso normalmente significa rebaixar seu compromisso com a palavra, seu compromisso com a verdade, e assim por diante. Tem que incluir-se na mentira, que muitas vezes a política usa só pra ganhar.

RGG – E pra gente acabar esta entrevista um recado para o nosso povo Brasileiro, em especial para o Estado do Rio Grande do Sul.

SHEDD – A minha palavra é: O Brasil é um país que a gente ama muito. Estamos aqui há quarenta e tantos anos, e tem sido pra mim uma verdadeira indicação do Senhor. Eu vim de Portugal e pretendi nos primeiros anos, voltar para Portugal, mas eu tenho dado muitas Graças a Deus, pelo privilegio de ter duas filhas que nasceram aqui, de continuar vivendo aqui, quero morrer aqui, e não tenho outro plano. E que Deus abençoe este país porque tem muita coisa favorável aqui. Quando a gente fala, assim, com criticas, nós deixamos de falar das coisas que são muito positivas, em comparação com outros países, inclusive do primeiro mundo. Agora para o Rio Grande do Sul, nossa palavra é uma esperança de que este estado possa ser abençoado, com homens de Deus, que vão pregar e evangelizar de tal modo que não vai demorar para que este estado possa ter muitas igrejas novas e crescentes. Deixara de ser um estado com alto índice de bruxaria, macumbaria, para ser um estado que tem DEUS como seu verdadeiro centro.

Fonte: Oziel Alves / Gospel+

39 COMENTÁRIOS

  1. Eu estava lendo o livro As Eras mais primitivas da Terra, e algo me chamou muita atenção: O autor fez menção que na época de Noé, o diabo trabalhou da mesma forma que tem trabalhado hoje: tem tirado a nossa visão do reino do Senhor, e nos voltado para as coisas aqui da Terra.Ou seja, têm nos feito esquecer que a vinda do Senhor Jesus está mais proxima do que nunca, nos fazendo apegar a este mundo corrupto, com a incrível sensação de que isto aqui é melhor que o Reino Celestial.O diabo quer nos destraí com esta terra de ilusão, pois, muito de nós, temos esquecido o que as escritura nos diz que este mundo jaz do maligno.Temos perdido, com isso, o desejo e anseio pela volta de Cristo nos apegando cada dia mais com este vida carnal tenebrosa. Pois assim como foi nos dias de Noé será a vinda de Nosso SENHOR e SALVADOR JESUS CRISTO.É tempo de acorda Igreja.Porque uma hora dessas iremos despertar e darmos conta de que sumiram alguns crentes salvos em Cristo e que nós ficamos para trás.Deus nos abencoe muito.

  2. Agora, o engraçado nisto tudo é que os mesmos países de primeiro mundo, que possuem uma “tradição teológica firme”, como seminários de alto nível, escritores qualificados e pesquisadores, são os campeões, por assim dizer, das práticas , da expansão, das exportações do que dizem eles ser “teologia do positivismo”, da libertação, etc… Então me pergunto:Por que ? Se os mesmos têm tanto gabarito, não impedem o avanço das teologias que dizem ser contrário aos princípios Bíblicos? Ou é covardia, ou preferem ficar esquentando banco de seminário, em discursões que não levam a nada.Maranata vem Senhor JESUS!

  3. Concordo em parte com sua visão.

    Não concordo em censurar os tele-evangelistas. Afinal levam a mesagem da Biblia, inclusive o missionario RR Soares lê partes todo o dia.

    Isto sim é levar a Cristo, e não apenas programas explorandoa tragédia das pessoas.

    Na TV, concordo com aqueles que colocam o envangelho e a palavra em primeiro lugar em seus programas.

  4. Gostei da visão desse varão!Que Deus o abençoe!!!

    A visão desse varão é boa porque ele se importa sobretudo com a Palavra de Deus! O título dessa matéria é deveria ser outro!

    Quanto aos canais evangélicos:
    Acho que as tvs evangélicas deveriam sim fazer um programa sobre a História da Igreja.

    Por exemplo, o Brasil é de maioria católica por pura influência dos Portugueses que descobriram esse país.

    Nos EUA a história dá conta de ser a maioria evangélica. Claro que tem acontecimentos que marcaram esse país que valeria à pena nós, como telespectadores, sabermos.

    O Protestantismo de Lutero…etc.

    Acho que ia ser muito bom para o povo brasileiro entender o que esteve e está por trás de tudo isso desde as relações da Coroa Portuguesa com a Igreja até os dias de hoje; nos reflexos que vemos atualmente como por exemplo, o tradicionalismo religioso, o sincretismo religioso, etc. Vai aí essa dica…quem sabe alguém lê e nós ganhamos um programa sobre esse tema?

    A PAZ!!!

  5. Cheguei a uma conclusão sobre você, senhor SHEDD
    Pastor, na condição de humilde mortal, mas usando o discernimento que lhe fora dado pelo Criador dos Céus e da Terra, percebo que o Senhor tem sido TENTADO, talvez sem perceber, a se enquadrar no texto descrito em 2 Pedro 2: 20-22 (que cita Prov. 26:11): “Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador, Jesus Cristo, foram outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro. Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da JUSTIÇA, do que, conhecendo-o, DESVIAREM-SE do mandamento que lhes fora dado. Desse modo, sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: ´o cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama`. pisou no coxo que comeu? !!!

  6. Maria,

    Lilith é um nome de uma potestade demoniaca, não foi a primeira mulher de adão. Está teoria é apenas uma lenda, e cristães de verdade não se guiam por lendas.

    Pseudopastor Tolentino,

    Você foi grosseiro e agressivo com Russell Shedd, este homem demostrou ser um cristão equilibrado e de raro discerimento e inteligência, assim como eu.

    No entanto, se aparece algum servo de satanás travestido de cristão, ´como o edair mai$cedo vocês são capazes de vender a alma ao diabo por amor a ele.

  7. Com certeza concordo com o irmão acima,lilith foi uma lenda que inclusive tentaram enfiar no meio do evangelho,como se fosse uma mulher de adão nunca foi pra frente hehehe!tudo que procura esta na biblia,a biblia fala de adão e eva,achei muito interessante a forma como este estudioso da palavra de Deus faz a colocação sobre o evangelho,estudar e muito bom inda mais a palavra de Deus,mais as vezes,sem querer generalizar e julgar,claro muitas pessoas estudam se tornam verdadeiros mestres da teologia,mais não vivem o que conhecem e são mortos espiritualmente falando,a biblia diz que a letra mata,mais e o espirito vivifica,acredito eu,que esse versiculo quer nos dizer que quem so estuda letra e nao busca espiritualmente se torna morto!jesus abençõe a todos!

  8. Concordo com ÚLTIMO CRISTÃO, pois foi confusa a colocação de Tolentino. Se ele prefere debandar para os pregadores da prosperidade, problema dele. O que não deveria fazer é aplicar uma passagem bíblica que não tem nada a ver com o Pr. Sheed. É assim que ele prega em sua congregação? Reveja seus métodos, pastor…

  9. Só uma pergunta: Russell Shedd, aceita a reforma protestante, ou é como alguns …? Muita oração, muito amor,(…) e a Igreja reformada está sempre reformando…Pregar o evangelho também é…Deus abençoe a cadaum de nós, pois somos muito carentes.

  10. É.
    Fico pensando como será no dia em que o Brasil se tornar uma nação de grandes especialistas bíblicos como na Europa e Estados Unidos.
    Tenho de medo de que se desvie como eles.
    O Senhor tenha misericórdia de nós.

  11. querida irma Leide…ISAIAS cap34 verso 14 DIZ APALAVRA DE DEUS [E os caes bravos se encontrarao com os gatos bravos;e o satiro clamara ao seu companheiro; e os animais noturnos ali pousarao e acharao lugar de repouso para si.{ali ,se aninhara a melroa ,e pora os seus ovos ,e tirara os seus filhotes,os recolhera debaixo da sua sombra:….AGORA IRMA LEIDE TRADUCAO DA BIBLIA a uns 20 anos atras.{ALI viverao o gato selvagem e a hiena,o cabrito montes chamara os seus companheiros;ai LILITH vai descansar e encontrar um lugar de repouso.Ali se aninhara a cobra,que pora,chocara os seus ovos e recolhera a sua ninhada a sua sombra. ali se reunirao as aves de rapina,cada qual com a sua companheira . duas traducoes de biblia pentacostal uma a 20 anos e uma de agora.PORQUE TIRARAM O NOME DE LILITH DA BIBLIA ISSO PERGUNTO A TODOS OS ESTUDIOSOS E CRENTES QUE LEEM A BIBILIA E NAO SABEM INTREPRETAR.LEIDE LILITH AQUI e o animal noturno…….peca ao seu pastor que explique ou esconda a verdade……ou pesquise quem foi a primeira mulher de Adao

  12. E daí que aparece um nome aleatório em Isaias numa versão antiga? Se vc agora me mostrar uma passagem da bíblia que diga que Lilith foi mulher de adão, aí eu vou qustionar com vc. Caso essa seja sua unica referencia, esquece pq nao quer dizer absoultamente nada sem contexto e sem base para uma afirmação como essa.

  13. Meu Deus!!!
    De onde essa Missionária tirou essa ‘perola’de que adáo teve uma primeira mulher chamada LILI/???
    Onde vamos parar??
    Missionaria, com toda franqueza…querida.
    Se arrependa dessa sua pseuda sabedoria enquanto é tempo, pois imagino que alem desta Lili tem mais perolas suas .
    Nunca vi tamanha besteira….ops. desculpe. Ja vi sim
    Trocar o anjo – Qu Deus so fala com apostolos – que apostolos podem mentir, roubar, fazer coisas erradas que mesmoa assim Dus esta com eles. é …ja vi besteiras parecidas sim.

    Quanto ao Pr Shede sei la o que…..que desagradavel..
    Pedir um cancer a Deus ….essa doutrina ja foi instalada pelo diabo, náo precisa ele ensinar de novo nao.
    Tipo, cada um tem um carma, tem que levar a cruz…afff
    Meu Deus ,,,,somos maioria evangelicos logo logo…será???
    que tipo de evangélicos ???

    Misericordia.

  14. Nao sou PASTOR ,Senhor questionador ,nem estudioso mas que lilith e o nome de demonio que em varias passagens como por exemplo nos salmos fala a palavra de Deus, e DEmonio como existe muitos por ai…….senhor questionador

  15. Ja tentaram queridos irmao estudarem sobre quem foi Martinho Lutero? pesquisem e vao saber coisas impresionantes a respeito deste Homem que ……..nem quero comentar

  16. Ah! gente, vocês não sabem que infelizmente a BÍBLIA, muitas vezes, se torna a mãe das maiores heresias? Isto ,porque muitos se utilizam de textos isolados, sem levar em conta o contexto em que está inserido.Não foi desta mesma forma que surgiu uma seita por aì falando que o nome de Jesus não era este , e sim, yeshua e portanto, não deveriamos falar Jesus, pois este seria um nome pagão, originado dos gregos? Eles respaldavam seus argumentos no livro de Jeremias.E não foram poucos que entraram nesta.

  17. Só complemtando: Yeshua é o nome de Jesus no hebraico e derivado do nome Josué.Por isto é que esta seita alega que , de forma alguma devamos falar Jesus, pois este nome foi conrrompido pelos gentios.Fiquem na paz! E Deus nos abençoe muito!

  18. muitos estudiosos se engrandecem com sua sabedoria que esquecem de meditar um pouco pelomenos na palavra de DEUS e falam até o que não sabe e até confundem alguns por isso muitos descrentes hoje, melhor é que nos pedimos orientação do proprio senhor DEUS, que ouvir bobagem de alguns.

  19. MERCENARIA GOSPEL
    COMO SER UM PICARETA
    UM PASTOR SEGUNDO O MERCADO DA FÉ

    “E, vendo Jesus as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm Pastor” – Mateus 9:36.

    “A SEARA EXIGE OBREIROS EMPREENDEDORES, CRIATIVOS, CAPAZES DE TRABALHAREM EM GRUPO E DE LIDERAREM COM VISÃO GLOBAL. DESMERECE A OBRA DE DEUS AQUELE QUE SE NEGA A ENTREGAR O DÍZIMO. DEUS NÃO É MENDIGO E NÃO PRECISA DE RESTO. A IGREJA É UMA EMPRESA, E UMA EMPRESA DIFÍCIL DE SER CONDUZIDA PORQUE O SEU ESTOQUE SÃO ALMAS. O SER HUMANO É INTERESSEIRO E QUER QUE A IGREJA MANIFESTE A PRESENÇA DE UM DEUS VIVO COM RETORNO IMEDIATO. O POVO NÃO PODE OUVIR OS OBREIROS FALAREM SOBRE AS DOENÇAS DELES. COMO CRERÃO SE O PRÓPRIO MENSAGEIRO NÃO RECEBE A BENÇÃO NA PRÁTICA?” – Extraído do material de um curso para formação de PILANTRAS e MERCENÁRIOS para o “mundão gospel”.

    A indústria do “PASTOREIO” ultrapassou os limites da tolerância e do respeito, ela se estabeleceu nestes últimos anos sobre o fundamento da imoralidade e da exploração de pessoas desprovidas de consistência e conhecimento Bíblico. De “Homem de Deus” à “Homem de deuses”, do dinheiro, da soberba, da prepotência, da riqueza, da mentira, do orgulho, etc. É incontável a quantidade de indivíduos com testemunhos mirabolantes que se encontra no nosso meio graças à ingenuidade e ignorância do que se chama hoje de “povo de Deus”. Estamos sempre prontos a acolher pseudopastores que, em troca de fama e dinheiro fáceis, exploram a fé de pessoas incautas.

    As EMPREJAS S/A estão espalhadas por ai, e se você observar, hoje em dia qualquer “SEBOSO” vira “PASTOR” da noite para o dia, e geralmente não é nem Pastor de igreja, é “CONFERENCISTA”, Pastor que não cuida de rebanho, mas de si próprio. A palavra Pastor nunca esteve tão descaracterizada e desacreditada como está hoje. Nunca uma palavra serviu tanto para esconder a pilantragem e os negócios duvidosos. Muitos carregam consigo títulos como “o senhor do milagres” ou um “poderoso homem de Deus”.

    Para ser PILANTRA ostentando o título de PASTOR do dia para a noite basta inventar um testemunho sensacionalista que crie uma espécie de “ETIQUETA” para o cara, como “o homem de Deus do galinheiro” ou “o profeta que era pistoleiro” ou “o ex-padre drag-queen” e por aí vai, o ex-gay, o ex-garoto de programa, o “ex-ex…”. Outra providência básica é criar bordões e frases de efeito lançadas como metralhadoras na platéia babona para não ser esquecido e distorcer o significado dos textos Bíblicos decorados para acalentar o ego da multidão dizendo o que ela quer ouvir, o sujeito precisa se especializar em chavões. Decore todos, um a um! Não pode também se esquecer de conseguir o apoio de Pastores tão mercenários quanto ele ou tão estúpidos quanto o rebanho. Ele não pode usar cajado ou vara, tem que ser a BORDUNA e o CHICOTE… Além disto, ele precisa de um programa de rádio ou TV que fatalmente a mídia dá uma turbinada no negócio. Para MERCENÁRIOS principiantes, recomenda-se o “YOUTUBE”, um BLOG grátis e o ORKUT para divulgação, além de cartazes coloridos com abundância de erros de português, para que o público alvo possa entendê-lo sem subestimá-lo. Ele também não pode esquecer-se de um título de DOUTOR ou de APÓSTOLO, serve também o de BISPO, pode ser comprado, afinal, gente burra tem histerismos múltiplos com títulos de importância, ainda que falsos, e mesmo que o portador não tenha competência linguística e bagagem de conhecimento que corresponda… Pelo amor de Deus, não se esqueça do “ANEL DE OURO” bem grande no dedo, isto é imprescindível!!! Outra coisa, aprenda a “PROFETIZAR” e a “FALAR EM LÍNGUAS”, treine a “EXPULSÃO DO DEMÔNIO” com intensidade, senão… Especialize-se em “VERBORRÉIA”, também conhecida como Diarréia Verbal, que trata-se de uma das maiores epidemias da atualidade e consiste no ato de expelir excessivamente altas quantidades de porcarias pela boca.
    Não tem limites a criatividade para histórias de vidas pregressas toscas. Não adianta achar que já viu tudo porque Pastor ruim é igual a telefone móvel, quando você pensa que viu de tudo, aparecem mais modernos para que você possa ser assaltado. Ou seja, a impiedade e ambição são mais frenéticas que a tecnologia. A “BANDA-lheira” passa e a multidão vai atrás…
    O povo anda tão confuso, há tanta religiosidade, pouco de discernimento, pouco de Deus, pouco de Jesus Cristo. Aqueles que deveriam indicar o caminho, que deveriam apontar a verdadeira direção, estão tão confusos, tão envolvidos com os negócios desta vida que se esqueceram do rebanho. Ou melhor, nem querem saber deste negócio de ovelhas, afinal o negócio deles é outro… É NEGÓCIO mesmo, na concepção da palavra.
    “Vendo Jesus as multidões, teve grande compaixão delas. Porque estavam aflitas, exaustas como ovelhas que não tem Pastor” – Mateus 9:36. A palavra desgarrada, significa espoliadas, molestadas. Embora fossem necessários Pastores, a maior necessidade eram as necessidades de serem guiados espiritualmente. Jesus via o povo sem os autênticos guias espirituais. Era um povo aflito, necessitando de verdadeiros líderes, orientados por Deus. Um Pastor reconhecendo a necessidade urgente do povo de seu tempo.
    No Evangelho de João, Jesus nos apresenta o Mercenário: ”Eu sou o bom Pastor, o bom Pastor, dá sua vida pelas ovelhas. Mas o Mercenário, que NÃO É PASTOR, de quem não são as ovelhas, vê vir o LOBO, e deixa as ovelhas e foge, e o lobo as arrebata e dispersa” – João 10:11 e 12. Com estas palavras, Jesus foi muito duro, com qualquer um que por acaso, TENTA-SE OCUPAR O SEU LUGAR DE PASTOR. E com estas palavras quebrou a autoridade do MERCENÁRIO que não pode de maneira nenhuma, dominar, escravizar, criar leis ou extorquir as ovelhas do Senhor Jesus. Ele baniu a pilantragem, mas lamentavelmente os pilantras voltaram e com força total.

    Muitos colocam fardos enormes, para as ovelhas de Jesus carregarem, mas eles mesmos não as carregam, sequer querem saber se a ovelha tem ou não capacidade para suportar tanto peso, mas na autoridade que recebi da Palavra de Deus eu os calassifico-os como MERCENÁRIOS de PILANTRAS, aquele que trabalha, apenas pelo dinheiro. Porém, o Pastor verdadeiramente vocacionado, visita suas ovelhas quer estejam num condomínio de luxo ou em uma humilde moradia na favela. Ele procura variar a pastagem e procura dar alimentação saudável ao Rebanho do Senhor. O Mercenário fica em seu gabinete e sempre oferece a mesma água e o pasto de sempre. “O Bom Pastor dá a vida pelas suas ovelhas…”

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

  20. ANSIANDO PELO CÉU

    “Uma forma de arte que floresceu nos séculos XVI e XVII consistia de pinturas de objetos comuns de beleza- um vaso de flores, um bandolim, um aparador com frutas. Inserido em algum lugar das pinturas encontrava-se dois lembretes com a natureza passageira da existência humana: uma caveira e uma ampulheta. Essa pinturas chamavam-se arte vanitas.Esta palavra “vanitas” vem da passagem de Eclesiastes: “Vaidade de vaidade, tudo é vaidade…Gerações vêm e gerações vão” ( Eclesiastes 1:2-4). Ora, os símbolos da caveira e da ampulheta não foram colocados com a intenção de trazer um tom sombrio; era apenas um lembrete de cada bem e cada realização que temos é temporal, e, portanto, não é digno da devoção do nosso coração. Eles tinham a função de nos preparar para o momento em que nós encontraremos com, Deus quando o valor e significado de nossas vidas serão pesados, e nossas recompensas eternas nos serão dadas.” (extraído de A palavra para hoje- dezembro, janeiro, fevereiro 2009-2010,UCB Brasil)

    QUERIDOS E AMADOS IRMÃOS: COMO TEMOS NOS PREPARADO PARA ENCONTRAMOS O REI DA GLÓRIA? SUA VINDA ESTÁ MAIS PRÓXIMA DO QUE NUNCA E NOSSA VIDA AQUI É MUITO CURTA PARA NOS ATERMOS E APEGARMOS A ESTE MUNDO. INFELIZMENTE, O DIABO TEM TENTADO NOS DESTRAIR COM MUITAS COISAS. TEMOS PERDIDO A CHAMA DO PRIMEIRO AMOR. E SÃO POUCOS OS QUE ESTAMOS, DE FATO, ANSIADO PELA SUA VINDA. MARANATA VEM SENHOR JESUS!

    Deus nos abençoe!

  21. PERIGO Á VISTA. . . Nas igrejas

    O espetáculo evangélico sofisticou-se de tal maneira que passou a ofuscar ou até mesmo escamotear a mensagem da cruz. Decência e ordem não fazem mais parte do escopo do culto que se presta na grande maioria das igrejas denominadas evangélicas hoje fazendo com que a recomendação de Paulo aos Romanos de não nos conformarmos com este mundo tenha outra redação, a de “conformidade total” com aquilo que é regido pelo diabo nas banalidades deste mundo – Romanos 12:1 e 2. O culto a Deus deixou a reverência e a ordem de lado adotando táticas diabólicas no intuito de fazer do show um atrativo para mexer com a religiosidade e com a emotividade dos que freqüentam tais rituais. Gritaria, transes, barulhos, gemidos estranhos, ritmos musicais dos mais absurdos importados do inferno, etc. Vê-se na maioria dos casos que as pessoas estão possessas, entram em transes e são dominadas por qualquer outro espírito menos pelo Espírito Santo de Deus. Tudo isto para justificar uma adoração e uma comunhão doente e vazia com o Criador. Vale lembrar que o evangelho não dá espetáculo e sim testemunho do poder de Deus. Em alguns casos a falta de respeito impera literalmente.

    No vocabulário da dramaturgia, há uma expressão utilizada para identificar certos momentos de uma peça teatral, um filme ou um programa de televisão nos quais os atores deliberadamente mostram ao público o que os holofotes e as câmeras normalmente não revelam: a fruta de cera sobre a mesa da cozinha do personagem, os segredos do tiro de festim, as armações de madeira do lado de trás das fachadas etc. Chama-se a isto “desmontar cenário”. Apesar de originário do teatro, este recurso foi usado inúmeras vezes pelo cinema e pela televisão. Desde os tempos da TV Tupi, o humorista Renato Aragão tira perucas de figurantes e revela coleções de livros que se resumem a lombadas coladas em armações de madeira, encaixadas em estantes cenográficas. Este, digamos, desnudamento chega às últimas conseqüências em programas como Pânico na TV, da Rede TV, no qual uma dupla de entrevistadores escracha os artistas e desdenha o glamour.

    Desmontar cenário representa, ao mesmo tempo, um desafio e um perigo à arte. No primeiro caso, porque joga sobre o ator ou diretor a responsabilidade de ensinar as mágicas sem tirar delas o encanto – pelo contrário, aumentando ainda mais o fascínio do truque e reforçando-o na mente do público. Porém, há também o perigo de destruir os laços de cumplicidade que se estabelecem entre as partes, uma espécie de acordo tácito, no qual a platéia se dispõe a desconsiderar seu conhecimento prévio de que tudo é um truque, desde que os artistas cumpram a contento sua tarefa de “fingir completamente” e convencer a audiência de que tudo ali é um apêndice da realidade.

    Quando se considera os movimentos mais recentes da cultura evangélica, este conflito parece se repetir. Os artifícios cenográficos proliferaram, e o espetáculo sofisticou-se de tal maneira que passou a ofuscar, embotar ou mesmo escamotear o objetivo fundamental do culto que é pregar a mensagem da cruz. Em algumas igrejas, “espaços” ou equivalentes, a liturgia foi substituída por um roteiro complexo, às vezes ridículo, eventualmente até com participação de contra-regra, técnico de efeitos especiais e toda uma parafernália de equipamentos que acabam ofuscando a mensagem principal que é fazer Cristo conhecido. O mundo cria, vem o crente burro e copia na íntegra, sem qualquer pudor, trazendo para dentro dos arraiais evangélicos a podridão do pecado. Grupos de teatro, grupos de dança, grupos e mais grupos e a mensagem principal vai sendo ofuscada na diabólica justificativa de tornar o culto mais agradável e atrativo para o público sem se dar conta que de forma sutil Satanás vai ocupando espaços preciosos na celebração do culto racional e verdadeiro a Deus.

    É claro que os recursos técnicos de hoje podem ser bons e úteis, e não há razão para se defender um anacronismo conservador totalitário e sem sentido. Não sou contra, mas tenho as minhas preocupações. É preciso um cuidado especial com uma das principais marcas das manifestações culturais (e expressão de fé também é manifestação cultural) dos primeiros crentes: a espontaneidade. Em contraste com o espetáculo que forneciam os representantes da religião, com caras, bocas, figurino e script de aparência de humildade, o então novo grupo chamado “cristão” vivia da autenticidade de uma crença simples, manifestada de uma forma igualmente simples, e nem por isso menos relevante. Foi assim que, de um movimento cultural histórico, formaram o seu, próprio e autêntico.

    E isto porque Jesus desmontou cenários. Ele precisava mostrar a superficialidade de uma fé cenográfica, feita para entreter uma platéia que estava mais interessada em uma religião de fundos falsos do que numa relação real com Deus. A espontaneidade da expressão de fé estava de volta em Cristo. Porém, perdeu-se novamente na liturgia calculista da instituição religiosa e seus bispos, cardeais e afins. A cultura cristã passou a ser determinada pela suntuosidade dos templos e pela riqueza das vestes sacerdotais. Joãozinho Trinta poderia muito bem ter sido um nome de papa. E o acordo voltou a vigorar: embarque na fantasia, pois ela é bem mais luxuosa que a realidade, e os donos do show prometem um espetáculo inesquecível. Familiar, não?

    Venham porque o fogo vai queimar; venham porque os milagres vão acontecer; venha que sua vida vai mudar, venha, venha… O evangelho da propaganda enganosa onde o que se oferece são coisas mirabolantes e oportunistas na vontade exacerbada de agarrar qualquer um que esteja menos avisado destas trapaças religiosas.

    Por conta disso, o senso crítico de I Tessalonicenses 5:21 foi simplesmente ignorado, e o mesmo risco se corre agora, em tempos de raio laser e vídeo-walls. O texto diz “…Abstende-vos de TODA a aparência do mal ”. Paulo deixa claro que devemos nos afastar não do mal, mas de qualquer coisa que tenha a aparência de coisas que possam transparecer as obras malignas. A pirotecnia, a princípio usada legitimamente como forma de tornar a transmissão do Evangelho mais contemporânea, está produzindo o efeito contrário, e disfarça, com luzes estroboscópicas e fumaça, a teologia rasa de uma cultura evangélica cada vez mais pasteurizada e refém de modismos construindo assim um cristianismo de formas, vazio e sem conteúdo. Uma religião de tentativas de legitimação de vaidades pessoais, convenientemente chamadas “revelação” ou “mover” do Espírito (?).

    Em nome do evangelho se comete os maiores absurdos nos arraiais cristãos(?) hoje e muita gente tem embarcado nesta forma duvidosa de se prestar culto deixando serem enganadas por uma exteriorização de sentimentos pessoais que nada tem em comum com o autêntico cristianismo neotestamentário. Culto não é barulho, é sim uma relação de profunda intimidade com Deus expressando de forma reverente aquilo que sentimos e que temos de oferecer a Deus.

    Antes que os altares virem (todos, porque muitos já viraram) palcos de uma grande peça teatral chamada “culto”, ainda dá tempo de “desmontar o cenário” e resgatar a riqueza cultural de uma Igreja Evangélica que ainda tem muito a descobrir sobre sua identidade e sobre a obra redentora do evangelho num país vocacionado para ser espontâneo. Cuidado, o culto acrobático é muito perigoso, pois na maioria dos casos expõe o ator ao ridículo.

    Fico pensando se um morto for, pela misericórdia de Deus, ressuscitado dentro de uma de nossas igrejas. A confusão será tamanha que com certeza terão que providenciar mais urnas mortuárias, pois, por causa da fé exercida de forma simplória hoje, não permitiria que alguém acreditasse em tal proeza do poder soberano de Deus. O show tem agradado mais aos olhos do que a alma e ao coração e isto tem comprometido a qualidade do evangelho que se prega nas igrejas colocando sob suspeita a credibilidade daquilo que confessamos ser as boas novas de salvação.

    Pense nisto!

    Carlos Roberto Martins de Souza
    Crms2casa@hotmail.com

  22. O tio ironiza a prosperidade que vem de Deus, se vangloria sobre os pastores pouco estudados (mas que estão revolucionando a Igreja brasileira, enquanto os Phd’s já quase destruíram a Igreja da Europa e estão “estudando” como fazer o mesmo nos USA).

    Uma perguntinha? ELE, POR ACASO, É POBRIZINHO?
    O que me deixa tiririca com os doutores da “teologia da miséria”, é que eles não dão “exemplo de miséria”, pregam miséria para os outros, mas para eles glamour e caviar…

    Para deixar ainda mais flagrante a sua hipocrisia, sugere para os jovens brasileiros irem estudar nos USA ou Inglaterra…
    (rsrs)
    -Ô TIO, NA TERRA DO TIO SAN E DA RAINHA QUEM MANDA É O DÓLAR/LIBRA!!
    -Posso pedir prosperidade a Deus para eu poder ir para Oxford ou se eu não faço parte desta elite devo pedir um câncer para ir direto para “Oxford celestial”?

  23. UNIVERSAL – IURD
    MANUAL PRÁTCO MÌSTICO

    Atenção, se você quer ser um especialista nos RUITUAIS MACABROS da IURD vai ai um manual simples e de fácil compreensão. Coisa para iniciante, mas que pode fazê-lo um excelente Obreiro, um ótimo Bispo ou que sabe até um substituto do Macedão. Vamos lá, leia com atenção e faça bom proveito. Foi difícil, mas consegui e estou dando de presente para quem se habilitar a ser mais um golpista.

    A forma mais popular para se livrar de um encosto é levá-lo a uma Sessão de Descarrego, lá cortar a língua do infeliz e cozinhar no feijão, e depois disponibilize para os amigos comuns. Mas não se esqueça de que o BISPÃO tem que abençoar o negócio, senão não funciona… Também é preciso fazer banho com de 3 galhos de arruda 3 de guiné palma benta alecrim, 3 galhinhos de cambará e 3 espadas de São Jorge. Junte a tudo isto 1 kg de sal grosso. Tenha um bom banho!!! Ah! Se quiser pode tomar um copo desta mistura, dá um nó no encosto e ele acaba sendo expelido…

    Mas há ainda, no manual da IURD alternativas interessantes. Veja:

    MÃOS

    A prática mística da imposição das mãos é bem conhecida da humanidade. Diferentes culturas fizeram e fazem uso desse poder e em todas o principio é o mesmo, mas os nomes da técnica variam. Na IURD chama-se “SURRAR O DEMO”.

    Com o surgimento do cristianismo, a imposição das mãos, que já era bem conhecida no Oriente, finalmente popularizou-se no Ocidente e hoje podemos observar essa poderosa prática mística sendo realizada nas religiões mais tradicionais de nosso país.

    No catolicismo é bastante difundida a imposição das mãos, principalmente entre os carismáticos. No candomblé e religiões afro, é evidente a importância dessa técnica. As doutrinas evangélicas também fazem uso constante da imposição das mãos em seus cultos, em diversos rituais e com os mais variados objetivos, inclusive enganar os bobos.

    Bispos, Pastores, Apóstolos, Missionários, Benzedeiras, budistas, hinduístas, bruxos e espiritualistas de todas as linhas reconhecem e agradecem ao Criador pela eficiência da técnica da imposição das mãos e inclusive a Ciência admite e defende esse poder.

    Essa prática é usada mais comumente para sanar problemas de saúde e problemas físicos, mas nada impede que seja usada com o mesmo sucesso para curas de toda ordem, física, mental, emocional ou espiritual, para limpeza da aura e até para energizar coisas e pessoas. Então, mãos à obra! Lembre-se, esta é a lição numero um. Mas não se esqueça de depois de tudo, levar a mão no bolso do sujeito e tirar o que puder… Qualquer coisa, recorra a Santo Expedito, causa perdida é a especialidade dele.

    PARA LIMPEZA ENERGÉTICA

    Esta simpatia serve para purificar o campo vibratório de uma pessoa. Limpa todas as larvas espirituais que só fazem prejudicar, atrasam a vida das pessoas, fecham os caminhos e muitas vezes provocam até graves doenças. Esta simpatia só pode ser realizada por uma SENSITIVA da IURD, outra não serve…

    A pessoa beneficiada pela imposição das mãos ou a pessoa que vai receber a limpeza, pode estar sentada, em pé ou deitada. Lembre-se, com os olhos vendados… O importante é que esteja descontraída, de olhos fechados e completamente aberta para a purificação.

    A pessoa que fará a imposição das mãos deve ficar em pé, ao lado da que será beneficiada. Deve colocar suas mãos abertas sobre a cabeça da pessoa, sem tocá-la, com as palmas voltadas para baixo. Mentalizar que elas estão emitindo uma luz de cor lilás, que penetra no corpo e no espírito da pessoa que está sendo assistida. Durante o ritual, conte umas lorotas para engabelar o paciente.

    Depois de um minuto de imposição das mãos, do modo como foi indicado, retire as mãos de sobre a pessoa e abaixe-as, balance-as bem para liberar a energia negativa que tirou da pessoa.

    Quando terminar, rezar junto com a pessoa um Pai Nosso e três Ave Maria, dedicadas ao santo protetor, EDIR MACEDO. Acender uma vela lilás na cabeceira de sua cama. Não esqueça de cobrar a vela…

    PARA INVEJA OU QUEBRANTO

    Mau-olhado é coisa ruim, que pega e gruda nas pessoas e não sai mais, se não for mandado embora com firmeza. Muitas vezes pode até causar dores pelo corpo e sintomas que vão evoluindo, piorando, até chegar a um ponto insuportável. Nem é preciso estar muito atento para perceber quando isso acontece.

    Esta simpatia é um meio muito eficiente de anular os efeitos da inveja e do quebranto e pode ser feita para beneficiar homens e mulheres de toda idade, inclusive crianças e bebês.

    Quem vai realizar o trabalho deve, antes de impor as mãos sobre a pessoa, amassar na mão direita e na esquerda uma folhinha de arruda em cada, e levar duas ferraduras nos pés.

    Feito isso, ficar em pé ao lado da pessoa atacada pela inveja e impor as mãos sobre a cabeça dela. Tocar no alto da cabeça dela, permanecendo por trinta segundos.

    Depois ir descendo as mãos, uma de cada lado do corpo e ao mesmo tempo, até os pés. Após fazer isto, chacoalhe as mãos abaixadas para eliminar a energia negativa que está tirando do corpo da pessoa. Repetir estes movimentos com intenção de livrar a pessoa da pesada carga de inveja que está nela. Se não se livrar, pode colocar nas costas do BISPÃO, ele já está de ferradura…

    Rezar juntos um Pai Nosso para finalizar.

    PARA TIRAR ENCOSTO

    Diz-se que uma pessoa está com encosto quando algum espírito que não é de luz a acompanha e prejudica. Esse espírito quer mesmo é entrar no corpo da pessoa e governá-la. Macedão que o diga…

    Para afastá-lo é preciso fazer a coisa com jeito e obedecendo algumas regras. Para começar, é preciso que se acenda uma vela branca no local em que realizará a simpatia, a fim de contribuir para que este espírito invasor encontre seu caminho e seja doutrinado pelas esferas de luz.

    Coloque a pessoa que está com o encosto sentada num banco ou cadeira e posicione-se em pé ao lado dela. Lembre-se só vale encostado do INPS… Coloque sua mão esquerda na nuca da pessoa e a mão direita sobre a cabeça dela. Nessa posição, mentalize que uma luz lilás entra no corpo da pessoa através de suas mãos, expulsando assim o encosto. Lembre-se, enquanto a luz entra no corpo, a mão deve entrar no bolso…

    Ainda na mesma posição, reze um Pai Nosso e uma Ave Maria, depois esfregue suas mãos uma na outra até produzir um calor e imponha novamente conforme explicado anteriormente, por aproximadamente trinta segundos. Venda para a pessoa um galho de arruda que deverá ficar atrás da orelha.

    Lave suas mãos com água salgada, que deverá ser jogada ao sol depois.

    PARA AUTO-ENERGIZAÇÃO

    Você também pode usar as mãos energéticas em seu próprio corpo, para recuperar a energia perdida depois de um dia cansativo ou de um evento fatigante. Isso vai lhe proporcionar alívio e bem estar, além de devolver a paz e lhe dar um bom sono. Está só vale para que for BISPO e exercer fielmente a sua profissão.

    Essa sensação final é muito importante, pois se uma pessoa está bem, ela está satisfeita e em paz com o universo e espalhando energias positivas e produtivas, mesmo que materialmente ainda muito lhe falte.

    Atente e aprenda: a melhor coisa que existe é estar bem, apesar de todos os males. Apesar de todos as mágoas, tente ir além de suas próprias maldades.

    Deite-se de barriga para cima, feche os olhos e coloque as duas mãos sobre seu próprio peito. Imagine que elas brilham numa luz azul-celeste e irradiam a energia da paz e da tranqüilidade para seu coração, que a cada batida a espalha para o seu corpo todo.

    Relaxe e entregue-se completamente a este bem estar. Procure não pensar em nada, somente na luz azul cobrindo todo seu corpo e harmonizando-o por inteiro. Alias, pense no dinheiro… Muito dinheiro…

    Quando estiver praticando esta simpatia, respire somente pelas narinas. Pelas narinas… Acenda uma vela azul atrás de sua cabeça e, antes de iniciar e após terminar, reze um Pai Nosso e três Ave Maria.

    PARA ENERGIZAR A ÁGUA

    Sempre que você for tomar um copo de água, pode antes energizá-la através da imposição das mãos, de forma que o precioso líquido, quando ingerido, traga saúde e sorte. Num ato de profunda generosidade, também pode energizar a água que outra pessoa for beber.

    Providencie um copo com água pura e coloque-o sobre uma mesa que esteja limpa. Imponha as mãos sobre o copo e mentalize que uma luz dourada sai de suas mãos e penetra na água.

    Os melhores horários para beber esta água são ao acordar, antes de dormir e antes das refeições, mas pode fazer a simpatia no momento que desejar, principalmente diante da Televisão ou do rádio, quando o BISPO mandar.

    PARA CURA DE ANIMAIS

    A técnica da imposição das mãos também se aplica com perfeição ao tratamento de animais e é uma forma suave de demonstrar seu carinho e sua atenção para com eles.

    Antes de mais nada, acenda uma vela branca, ofertando-a a São Edir Macedo, pedindo sua intercessão. Em seguida, colocar o animal deitado e providenciar para que fique quieto enquanto realiza a simpatia. Se for necessário, uma outra pessoa pode segurar o animal, enquanto você realiza a prática.

    Imponha as mãos sobre o animal, mas sem tocá-lo. Mantenha uma certa distância. Com as mãos impostas em forma de concha e com as palmas voltadas para baixo, de olhos fechados, mentalize que uma luz verde brilhante se desloca de suas mãos e vai para o corpo do animal. Sinta a certeza de que essa luz irá contribuir para a cura do mal que o aflige.

    Ao terminar, sacuda as mãos abaixadas para livrar-se da energia negativa que tirou do bicho e leve a vela acesa para perto de uma janela. Repita a aplicação das mãos quantas vezes forem necessárias, no máximo três vezes ao dia, até que o animal sare.

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

  24. A IURD tem o hábito de adotar rituias estranhos como forma de incrementar seus cultos na expulsão de demônios.

    Em pouco tempo poderá adotar a prática de enfiar agulhas nos possessos objetivando “espetar e expulsar” o demônio de dentro das pessoas.

    Esse procedimento foi amplamente divulgado pela mídia quando uma criança de 2 anos foi encontrada com mais de 30 agulhas enfiadas pelo corpo.

    Tudo isso foi praticado por uma “mãe de santo” em rituais satânicos num centro de macumba.

    Na África, igrejas ditas cistãs e semelhantes a IRUD já praticam algo parecido.

  25. inicialmente fiquei curioso quando le a frase se queremos ser prospero devemos pedir a Deus um cancer e fui ler toda entrevista do autor da frase e realmente foi isto mesmo que ele quis dizer depois le alguns comentarios de elogios confeço que meu conhecimento na palavra de deus e pouca mais o suficiente para discernir entre o certo e errado entre o logico e o improvavio de uma coisa tenho certesa que existe muitas teorias conceitos e ponto de vista entre tudo isso fico com a santa palavra de deus que nao confude ninguem nao deicha duvida e esta asima de tudo e de todos derrubando teologia humana de homens e mulheres conciderados mestres e doutores e de ate espectadores o apostolo paulo dis se vier um anjo do ceu e anuciar um outro evangelho alen desse que seja amaudiçoado como poço pedir uma enfermidade mortal a deus e ser propero se ja temos tao grande desafio que e buscar uma vida de santidade que nao e facio nos dias de hoje que deus tenha misericordia min de todos nos para que possamos buscar o senhor atrves da luz da palavra lembrando quem eramos o quem o senhor nos fez e o que podemos fazer para o senhor

  26. Cheguei a ficar tonta quando li os desabafos do CARLOS ROBERTO, em parte concordo que está desse jeito mesmo.

    O que mais me preocupa, não é o que vemos, pois as pessoas são levadas por opção ou interesses particulares, afinal o misitícimos é tão antigo quanto a criação do mundo! O que esquecemos é o que as Sagradas Escrituras diz: ” O MEU POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO.” Quem dera se todos os cristão buscassem conhecer a Deus como o entrevistado acima, Dr. SHEDD! Os cristãos deveriam ser os maiores intelectuais do mundo, pois como a palavra nos ensina ” Temos a mente de Cristo!” O problema é a preguiça de buscar conhecimento, ele demanda tempo, disciplina, busca, curiosidade.Se prefere acreditar sem pesquisar,é mais fácil não ser bereiano, se alguma coisa não der certo, podemos usar a tática de Adão que culpou Eva e está culpou a cobra, mas os três receberam os devidos julgamentos do Criador. Tudo tem consequências, e tudo tem sua recompensa, e tudo terá seu peso na avaliação de Deus. Nada passa despercebido ao Eterno. Oro muito para que o Senhor continue com sua misericórdia estendida e que levante muitos, muitos obreiros com o coração convertido e na obra para ir ao campo resgatar os perdidos, mas também oro dizendo MARANATA!Sei que ele não virá enquanto não for a hora, mas este mundo já está incomodando de tanta violência, descaso, falta de interesse para com Deus e de tanta desvalorização do ser humano! Acho até que estes sintomas ( sinais), promovem a vindo do Senhor Jesus.

  27. O que será que você pensa de Jesus Cristo cuspindo no chão, misturando com terra e passando nos olhos do cego! Na verdade, não sou a favor destas práticas, mas convenhamos que as coisas tem que ser feita com ordem e decência como manda as escrituras, mas a forma como o sr. fala, dá para entender que é perseguição a citada igreja! Este sentimento foi o mesmo dos fariseus e saduceus quando Jesus iniciou seu ministério, abalou mesmo as estruturas dos digníssimos mestres da época! As vezes é necessário que tais coisas surjam para que os sinceros de Deus apareçam e os façam pensar, o que estou fazendo para que as PEDRAS não clamem em meu lugar? você é um crítico denominacional ou um informal especulador?

  28. Queridos, mesmo com tantos titulos galgados pelo Dr.Shedd,como foi infeliz com este comentário de pedir um cançer associando sofrimento na terra com peso de Glória Celestial, A Bíblia nos afirma que nos comeremos do fruto da nossa boca (Pv), jamais aconselho alguém proferir pedidos de Maldição seja para si ou para outrem. Jesus veio para nos dar Vida e vida em Abundância, mesno nestes ultimos dias da Igreja, desfrutamos das riquezas de Deus.
    Me Desculpe aqueles não tem fé o bastante para pedir sáude ( 3Jo 2), eu compartilho do discipulo João neste conteúdo. Saibam que não é toda pessoa que possui midia, posição, titulos ou renome que se deve seguir como modelo de pensamento sem ter senso critico do seu conteudo. É Uma VERGONHA um homem conhecer a LETRA e não conhecer o Deus da Bíblia.

  29. achei um absurdo o que esse pastor
    disse se a pessoa quiser ser prospera tem que pedir um cancer
    sera que ele fez voto de pobreza sera que ele anda de carro
    velho?pra mim ele é um ipócrita acho que ele tem que pidir
    perdao a deus pela besteira que falou

    • Isa vc não conhece por isso não fale, já convivi com a família dele, e foram exemplo para mim,. Com certeza vc ainda não conheceu um Pastor como Dr.. Russel Shedd

    • E você tem que ler todo o contexto da entrevista Isa, e acho até que ler a biblia da forma correta… seu comentrio diz muito a respeito de você.
      Cristo não promete nada além de uma cruz para morrer e salvação. Esse falso evangelho de prosperidade terrena é uma maudição e tem levado muitas pessoas a errar.

  30. “AQUELE QUE SERVE A DEUS POR DINHEIRO SERVIRÁ AO DIABO POR SALÁRIO MELHOR” – Roger L’ Estrange

    Pela maioria dos comentários acima, já deu pra ver que nem todos se deram ao trabalho de ler o texto todo, mas já vão julgando pelo título da matéria sem se dar ao trabalho de ler todo o texto, é dessa forma que vocês estudam as escrituras também? Textos sem contextos? Ao meu ver, o titulo da matéria foi maldosa também, talvez pra chamar mais a atenção, tá parecendo jornal sensacionalista. Entendi perfeitamente o que ele quis dizer, em nenhum momento ele negou que o cristão não poder ser prospero, mas condenou esse mercantilismo da fé ridículo que vivemos hoje, deplorável. Na verdade, ele afirmou que a verdadeira prosperidade é a salvação, é estar com Deus na eternidade, ele está mentindo? Posso até admitir que a opção do câncer foi mal colocado, talvez tenha sido infeliz nessa colocação, mas isso não o invalida como homem de Deus e o que ele já fez pelo evangelho. Talvez, pior do que o comentário dele, seja os comentários de pessoas que se dizem cristãs lhe chamando de “desgraçado” entre outras coisas apenas por conta de uma colocação mal interpretada do pastor, se esquecendo dos outros comentários interessantes para nossa edificação e até preocupação – que é o caso das igrejas no Brasil, EUA e Europa. Obs: Não o conheço pessoalmente, não sou de sua igreja (Batista), apenas discordo de pessoas que estão julgando sem ler o contexto todo da matéria.

  31. Entrevista maravilhosa! Só não entendeu quem não leu toda a entrevista… Se não leu, não opine… Acredito que o titulo é só para chamar a atenção.
    Vamos ler a Bíblia pessoal, ao invés de criticar um homem de Deus.

    Portanto, quer comais quer bebais ou façais qualquer outra coisa,
    fazei tudo para a glória de Deus.

    1 Coríntios 10:31

DEIXE UMA RESPOSTA