Rachel Sheherazade anuncia divórcio após 12 anos de casamento: “Estamos em paz”

23

A jornalista Rachel Sheherazade anunciou, na última sexta-feira, 24 de junho, que seu casamento com Rodrigo Porto havia chegado ao fim.

Sheherazade, que apresenta o SBT Brasil, passou 12 anos casada com Porto, e a união gerou dois filhos. O anúncio foi feito através do perfil da jornalista no Instagram, em um curto texto, onde ela explicou a seus seguidores que aquele dia era o início de uma nova fase em sua vida.

“Eu e Rodrigo seguimos, agora, nossos caminhos. Estamos em paz, confiantes em Deus e certos de que tudo ocorrerá da melhor forma possível para o bem de nossas crianças. Vida que segue!”, disse, em trecho do texto, pontuando que ambos consideram os filhos “o mais sagrado e importante na vida”.

Rachel revelou ainda que a decisão vinha sendo tomada há algum tempo, mas que o agora ex-casal escolheu dialogar antes: “Para os mais próximos de nós, isso não é nenhuma novidade, pois, há mais de um ano, estamos vivendo esse processo de separação. O que realmente importa é que ele é o pai dos meus filhos e sempre terá meu respeito e minha consideração. Eu e Rodrigo seguimos, agora, nossos caminhos. Estamos em paz, confiantes em Deus e certos de que tudo ocorrerá da melhor forma possível para o bem de nossas crianças. Vida que segue!”, afirmou.


A revelação feita por Sheherazade coincide com declarações feitas por ela anteriormente sobre sua saída da rádio Jovem Pan, onde apresentava o Jornal da Manhã e vinha conquistando grande audiência por sua franqueza e contundência nas críticas aos políticos. Em outubro do ano passado, a jornalista pediu demissão da emissora para se dedicar à sua família, uma vez que o tempo dedicado ao trabalho vinha sendo muito alto.

“Agradeço a preocupação, o apoio e o carinho de todos vocês. Continuam agora, meu casamento com o Brasil e meu compromisso em fazer deste país um lugar mais digno e justo”, concluiu.


23 COMENTÁRIOS

  1. Cadê a família tradicional brasileira? O casamento na religião de vocês não era sagrado? Não era para ser para sempre? Não entendi porquê ela vai se separar então. Vai liberar o maridão gato para o mercado. Pelo menos alguma coisa boa ela estará fazendo. Pena que agora vai criar os filhos como mãe divorciada. Tá mais do que claro que ela jamais irá para o céu. Quebrou uma regra mais elementar para a salvação.

  2. Ela pode se separar se o motivo estiver dentro dos preceitos bíblicos. Além de que é casamento entre um homem e uma mulher. Gay não pode se separar porque não existe casamento, existe ajuntamento de pares totalmente desaprovado por DEUS.

  3. Divórcio: o casamento é a união entre duas pessoas, uma aliança entre duas pessoas, um pacto entre duas pessoas. Já na época de jesus já tinha debates sobre o divórcio, o divórcio está previsto na bíblia, pois em Mateus 19:1 a seguir fala sobre o assunto, RACHEL SHEHERAZADE, seja tanto você, como o Rodrigo, prometemos ir até o fim, se não deu, quem somos nós para julgar alguém! DEUS abençoe a você, o Rodrigo, e os seus filhos, felicidades a todos. Osmiro ferreira.

  4. PUTZ GOSTAVA DAS OPINIÕES QUE ELA DEIXAVA SEMPRE COM VEEMÊNCIA MAS AGORA ME CAIU OS BUTIAS DO BOLSO 16 “Eu odeio o divórcio”, diz o Senhor, o Deus de Israel, e “o homem que se cobre de violência como se cobre de roupas”, diz o Senhor dos Exércitos. Por isso tenham bom senso; não sejam infiéis.

    • Ela é uma “mulher de Deus, portanto, deve ser noticiada sua vida de pecado. Por outro lado, não entendo por que o site divulga tantas notícias sobre gays, se a maioria nem é evangélica.

  5. Não entendo duas coisas.
    Por que as pessoas tem que dar explicações da sua vida privada???
    Por que os outros tem que dar a sua opinião de alguém na sua vida privada???
    Uns usam até Deus e a Bíblia para intrometer. Sendo que na própria Bíblia cita divórcio, como Abraão e suas inúmeras mulheres, além de Sansão ser visitado por anjo e avisado dos seus inimigos na noite que dormiu com uma prostituta.
    MORAL DA HISTÓRIA! Cada um cuida da sua vida e deixa os outros serem felizes, se não puder ajudá-los.
    Alguém vai contestar que a interpretação da Bíblia é outra. Então cada um interpreta como quer e como pode.
    Pecado é funicar a vida dos outros e usar a maldita língua para envenenar, a mesma que leva a maioria para o castigo.

    • Ninguém é obrigado tornar público sua vida pessoal, a partir da exposição pública está sim sujeita a comentários a favor ou contra, talvez seja uma foma de desabafo ou dividir o peso com a opinião publica.Quanto aos relato bíblicos Jesus deixou claro que o divórcio foi permitido por causa da dureza de coração, MT. 19:7-9 A carta era um atestado de que a mulher estava livre de certo homem que mesmo depois de abandonar sua mulher ainda exercia domínio sobre ela, em posse da carta, estava livre para casar com outro homem, DT. 24:2. Justiça para as mulheres daqueles tempos.

    • DA MESMA FORMA QUE VC. ESTÁ FAZENDO AGORA, OU SEJA TE COLOCA COMO JULGADOR DE NOSSAS OPINIÕES, MAS NÃO CALASTE TUA BOCA ANTES ESTÁS JULGANDO TAMBÉM, DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS

      • Vocês adoram cuidar da vida dos gays e do que fazem. Aí quando uma bastiã da moral dá uma mancada dessas, vocês buscam um jeito de defendê-la. Cambada de hipócritas corporativistas!

    • Perfeita sua colocação Clovis. Lembrando que Paulo disse que até pela língua podemos assassinar alguém, ou quem sabe incendiar uma floresta, de tão poderosa ela é.

    • Também não entendo por que os evangélicos tem que dar pitaco nos pecados dos outros, principalmente nos “pecados” dos gays, se vocês próprios vivem em pecado. Um peso e duas medidas? Nada justifica o divórcio, principalmente quando há filhos envolvidos que precisam da união dos pais para terem uma formação psicológica plenamente equilibrada. Não são vocês que pregam que toda criança precisa de um pai e de uma mãe? Eu também defendo a família tradicional, composta de pai, mãe e filhos JUNTOS, não divorciados. Chupa essa manga.

  6. PARA ESTA MULHER QUE É PALADINA DA MORAL E DOS BONS COSTUMES, E ADORA JOGAR VERSÍCULOS BÍBLICOS NA CARA DOS OUTROS: ”O QUE DEUS UNIU, O HOMEM NÃO SEPARE “

    • Não existe esse negócio de divórcio com respaldo bíblico. Divórcio destroi famílias. Desde quando isso pode ter respaldo bíblico. Família acima de tudo. Não é isso que vocês prezam tanto?

      • CLAUDIO; SE A MULHER OU O HOMEM QUEBRAR A ALIANÇA DO CASAMENTO COM ADULTERIO, EXISTE BASE BIBLICA PARA O DIVORCIO EM MATHEUS 19:9 ; SE VOCE TEM OUTRA INTERPRETAÇÃO, LAMENTO.

        • E o que os filhos tem a ver com a sem-vergonhice dos pais? São eles que sofrem diretamente as consequências do divórcio, seja com respaldo bíblico ou não. Todo filho de pais divorciados que eu conheço é problemático. É nisso que os divorciados e apoiadores deveriam pensar antes de brincarem de casar e separar. O qye mais me deixa indignado é que esses mesmos canalhas são contra o casamento gay, porque “não tem respaldo bíblico”. Desde quando destruição de famílias tem esse respaldo?

  7. eu só digo os que estao de pé cuidam para que nao caia tbm o amor é a base do relacionamento ou seja do casamento e se deixou morrer é porque nao cuidou e comparado pior do que o infiel

  8. O SENHOR JESUS DECLAROU QUE NAO TEMOS CONDIÇÃO DE AMAR DOIS SENHORES OU O DINHEIRO OU A FAMILIA ISSO JA VINHA ACONTECENDO POR UMA VEZ ELA DECLAROU QUE O TRABALHO ESTAVA TOMANDO O LUGAR DA FAMILIA ENTAO ELA USOU O DIREITO DE ESCOLHA QUE TODOS NOS TEMOS DADO PELO NOSSO SENHOR.ELA OPITOU PELA FAMA NE …….MUITOS ESTAO CASADO COM O TRABALHO E ACABA PAGANDO CARO NA VELICE DEPRESSAO E SOLIDAO TOMAM CONTA E ISSO CABE A DEUS JULGAR MAIS A BIBLIA ADVERTE NE…

  9. A Bíblia consente no divórcio somente em três situações. Morte, adultério , ou quando alguém nasce de novo e é repudiado por sua fé. Nesses três casos a pessoa envolvida na separação está livre para se casar novamente.
    Somente isso. Nada mais.

    • quem dera fosse assim…a minha biblia diz que esta livre pra se separar nestes casos que vc citou…mais não pra casar novamente…o proprio jesus disse que quem repudiar sua esposa e casar com outra comete adultério e quem ccasar com a repudiada tbm comete adultério…enfim não há argumentos para se casar de novo excerto por ignorancia da palavra…mais pra quem conhece a palavra de Deus eu digo por amor perdoe seu conjuge ou permaneça sozinho.

    • Antes de se divorciarem, independente de qualquer situação, com ou sem respaldo bíblico, as pessoas deveriam pensar antes nas consequências que recaem sobre os filhos. Não sei se você já notou, mas todo filho de pais divorciados é problemático. É nisso que os “homens e mulheres” de deus deveriam pensar.

  10. Ela apenas informou a separação, ela não disse o porque, logo, não tem como ninguém opinar sobre isso. Pois ela saiu da jovem pan para dedicar mais tempo a família, mas pelo jeito não adiantou. Uma separação deve ser evitado, mas isso não diminui a pessoa em nada. Coisas do casal só tem como serem vistas corretamente por quem realmente conhecem os fatos

  11. Mais uma falsa moralista desmascarada. Essa imbecil se manifesta abertamente contra o casamento gay, mas não consegue manter o seu próprio casamento “abençoado pela igreja”. Os evangélicos acusam os gays de destruir famílias, mas não existe destruição familiar pior do que o divórcio. Quando não há filhos, tudo bem, mas quando há a tragédia psicológica se abate diretamente sobre eles. Canalhas evangélicos!

    • nesse ponto concordo com você: não há maior destruição familiar do que o divórcio.
      não mais discordo pois toda generalização é burra e preconceituosa.
      sou evangelico e muito bem casado há 36 anos e meus filhos também estão seguindo o mesmo caminho.

  12. ah,, deixa a mulher viver a vida dela seus falsos moralistas…. Ficam pagando de certinhos aqui e tudo com fogo na tanga…!!! Vão cuidar das suas vidas …

  13. Cadê a família tradicional brasileira? O casamento na religião de vocês não era sagrado? Não era para ser para sempre? Não entendi porquê ela vai se separar então. Vai liberar o maridão gato para o mercado. Pelo menos alguma coisa boa ela estará fazendo. Pena que agora vai criar os filhos como mãe divorciada. Tá mais do que claro que ela jamais irá para o céu. Quebrou uma regra mais elementar para a salvação.

  14. Ela pode se separar se o motivo estiver dentro dos preceitos bíblicos. Além de que é casamento entre um homem e uma mulher. Gay não pode se separar porque não existe casamento, existe ajuntamento de pares totalmente desaprovado por DEUS.

    • Nada justifica o divórcio se houver filhos que dependam de um pai e uma mãe JUNTOS.Não são vocês próprios que prezam tanto pela tal “família tradicional”? Família tradicional é composta de um PAI, uma MÃE e FILHOS juntos. Eu disse JUNTOS, entendeu?

  15. Será que o divórcio abrange a tão falada família tradicional, largamente alardeada por todos os evangélicos. Marco Feliciano declarou que os gays destroem famílias, pois eu afirmo sem medo de errar que o divórcio, sim, destroi famílias.

  16. Ela diz que está em paz? Será que os filhos estão em paz? Se o casal não tiver filhos, tudo bem, mas a pressão sobre uma mulher como essa é maior porque mete o bedelho no casamento dos outros, só porque está fora dos preceitos bíblicos. Nada justifica a dissolução de um "casamento abençoado por Deus".

  17. Ricardo Chaves Claro que existe base bíblica para o divórcio, se bem que sempre é recomendada a reconciliação, sendo o divórcio uma concessão à dureza de nossos corações! Nas cartas paulinas e nos Evangelhos vemos que a traição consumada é um motivo para divórcio, como a viuvez também permite o recasamento.

  18. Divórcio: o casamento é a união entre duas pessoas, uma aliança entre duas pessoas, um pacto entre duas pessoas. Já na época de jesus já tinha debates sobre o divórcio, o divórcio está previsto na bíblia, pois em Mateus 19:1 a seguir fala sobre o assunto, RACHEL SHEHERAZADE, seja tanto você, como o Rodrigo, prometemos ir até o fim, se não deu, quem somos nós para julgar alguém! DEUS abençoe a você, o Rodrigo, e os seus filhos, felicidades a todos. Osmiro ferreira.

DEIXE UMA RESPOSTA