Confira a repercussão da escolha de Marco Feliciano para a presidência da Comissão de Direitos Humanos; “Ele é inimigo público de minorias”, diz Jean Wyllys

35

A repercussão da definição do Partido Social Cristão (PSC) em torno do nome do deputado federal Marco Feliciano para a presidência da Comissão de Direito Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados foi intensa na mídia e redes sociais.

O assunto foi destacado em todos os telejornais das emissoras de TV aberta e nos principais sites e jornais do país, e contou inclusive com um artigo do próprio Marco Feliciano publicado no site da Folha de S. Paulo.

Nesse artigo, o pastor fala sobre as polêmicas declarações que o levaram a ser taxado como racista e homofóbico, e atribuiu à militância LGBTT a responsabilidade pela forma como suas palavras foram interpretadas.

“A fúria deles é por saber que questiono suas pretensões. Defendo a Constituição e ela precisaria ser alterada para aprovar suas lutas. Não se pode tratar naquela comissão apenas desses assuntos. É preciso isonomia. Outros grupos precisam de igual atenção”, escreveu o pastor.


Na entrevista coletiva concedida à imprensa imediatamente após a definição de seu nome, Feliciano rebateu as críticas implícitas dos jornalistas pelo fato de ser pastor evangélico afirmando que um dos maiores defensores dos direitos civis também era pastor, assim como ele: “Disseram ser da Idade da Pedra ou dos tempos de caça às bruxas a escolha de um pastor para presidir a Comissão de Direitos Humanos. Lembro que o maior defensor dos direitos humanos de todos os tempos foi um pastor: Martin Luther King. Não me comparo a ele, mas era também um cristão”, enfatizou.

Um dos maiores críticos da indicação de Feliciano ao cargo, o jornalista e apresentador Marcelo Tas voltou a chamar Feliciano de racista e homofóbico através do Twitter, e recebeu do pastor uma reação pacífica: “Marcelo Tas, Deus abençoe a sua vida também, e também o seu trabalho hoje e sempre”. A reação de Tas foi menos agressiva do que suas críticas iniciais: “Obrigado, pastor. Respeito sua opinião e os que o elegeram. Só penso que o Sr. não é a figura adequada para presidir a CDHM”.

twitter marcelo tas

Até o cantor David Quinlan se manifestou a respeito do assunto, dizendo que havia ouvido uma reportagem sobre o deputado em uma emissora de rádio e estava “surpreso” e “decepcionado” pela forma como Feliciano estava sendo tratado: “Não sabia que ela era tão tendenciosa assim. A luta é grande, mas saiba que tem um povo q acredita nos planos de Deus para o Brasil”, escreveu Quinlan.

A psicóloga Marisa Lobo também se manifestou dizendo que a seu modo de ver, era “hilário uma comissão dizer que luta contra discriminação e estar discriminando um deputado por ele ser evangélico. É pura perseguição”.

Entretanto, outras críticas foram feitas contra o pastor e sua indicação ao cargo. O jornalista e doutor em Ciência Política Leonardo Sakamoto publicou em seu blog no Uol uma crítica não apenas a Marco Feliciano, mas a todos os que se opõem às pretensões do movimento homossexual: “Por trás da imunidade parlamentar, escondem-se entrincheirados covardes defensores da discriminação, do preconceito e da intolerância. Deputados e senadores que bradam indignados mediante a tentativa de aprovação da lei que criminaliza a homofobia. Supostos representantes dos interesses do Sobrenatural na Terra que afirmam lutar pelo direito de expressarem suas crenças”, disse.

O deputado federal Jean Wyllys publicou num artigo reproduzido pela Folha de S. Paulo, uma nova crítica a Marco Feliciano e comentou a indicação do PSC: “Esse fato não é escandaloso –e eu não me oponho a ele– pelo simples fato de ele ser pastor. Se o deputado Marco Feliciano fosse um pastor identificado com a garantia dos direitos humanos e da dignidade das minorias estigmatizadas, não haveria problema algum e eu não faria qualquer oposição”.

Wyllys emendou dizendo que sua oposição se deve ao fato de Feliciano ser contrário às causas que ele defende: “Acontece que o deputado Marco Feliciano é um inimigo público e declarado de minorias estigmatizadas e tem um discurso público que estimula a violação da dignidade humana desses grupos”.

Marco Feliciano, em seu artigo na Folha, diz que a Comissão de Direitos Humanos não deve apenas atender às queixas da militância gay, mas também a outros setores da sociedade.

“Existem assuntos que caíram no esquecimento. Os brasileiros que estão aprisionados de maneira sub-humana em diversos países como imigrantes ilegais. A demarcação das terras dos quilombolas. O tráficos de mulheres e de órgãos. O atendimento das famílias dos autistas. Os portadores de necessidades especiais. Não basta aprovar leis, é preciso saber se estão sendo respeitadas. Por que a CDHM não questiona o Executivo sobre manter relações comerciais com um país que condena à morte pessoas por sua opção religiosa ou sexual, como o Irã? Essa comissão é muito mais importante do que discussões rasas. Peço a Deus sabedoria para levar adiante tão honrosa missão”, finalizou.

Leia abaixo, a íntegra do artigo “Ditadura gay e direitos humanos”, do pastor Marco Feliciano:

Dias atrás, o deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP) foi sugerido para o Ministério da Ciência e Tecnologia. Houve protestos de alguns da comunidade científica pelo simples fato de ele ser católico praticante e seu nome foi vetado. Agora é a vez de um pastor evangélico ser questionado para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. Perseguição religiosa?

A presidência da CDHM, pela proporcionalidade entre legendas, ficou com o meu partido, o PSC. A indicação do meu nome gerou um furacão de manifestações dissimuladas pela internet por parte de militantes da comunidade GLBTT (gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais). Algumas me acusaram de ser racista e homofóbico.

Tudo teve início quando postei na internet que os africanos são descendentes de um “ancestral amaldiçoado por Noé”. Referia-me a uma citação bíblica, segundo a qual o filho de Noé, após ser amaldiçoado pelo pai, foi mandado para a África. A maldição foi quebrada com o advento de Jesus, que derramou seu sangue para nos salvar. Não usei a palavra negro, pois me referia a um povo definido por uma região e não pela cor de sua pele.

Sou pastor e prego para pessoas de todas as etnias. Nunca, nem antes nem depois desse episódio, fui considerado racista, inclusive porque corre em minhas veias sangue negro também. Amo o continente africano. Sou querido pelo povo de Angola, onde fiz trabalhos.

Sobre homossexuais, minha posição é mais tolerante do que se pode imaginar. Como cristão, aprendi no Evangelho que somos todos criaturas de Deus. Nunca me dirigi a nenhum grupo de pessoas com desrespeito. Apenas ensino o que aprendi na Bíblia, que não aprova a relação sexual nem o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Fora isso, a salvação está ao alcance de todos. Essa é a minha fé –só prego o amor e o perdão.

No entanto, esses militantes GLBTT rotulam como homofóbica qualquer pessoa que discordar de suas posições. Acusam de incitação à violência, o que qualquer pessoa isenta sabe que não é verdade. Mas, jogada ao vento, essa mentira causa estragos à imagem do acusado perante a opinião publica. Vivemos uma ditadura gay.

No ano passado, tentei participar de um seminário organizado pela CDHM e presidido pelo deputado Jean Wyllys. Apavorei-me com o tema: diversidade sexual na primeira infância. Fui recebido com palavrões pelos militantes GLBTT. Foi me dado um minuto para falar, mas não consegui. A militância não permitiu.

Foi desesperador ouvir dos que ali estavam que se um menino na creche, na hora do banho, quiser tocar o órgão genital de outro menino não poderia ser impedido. Afinal, segundo eles, criança não nasce homem nem mulher e sim gênero e se descobre com o tempo. Se forem impedidos na primeira infância, sabe-se lá o que pode acontecer…

A fúria deles é por saber que questiono suas pretensões. Defendo a Constituição e ela precisaria ser alterada para aprovar suas lutas.

Não se pode tratar naquela comissão apenas desses assuntos. É preciso isonomia. Outros grupos precisam de igual atenção.

Existem assuntos que caíram no esquecimento. Os brasileiros que estão aprisionados de maneira sub-humana em diversos países como imigrantes ilegais. A demarcação das terras dos quilombolas. O tráficos de mulheres e de órgãos. O atendimento das famílias dos autistas. Os portadores de necessidades especiais. Não basta aprovar leis, é preciso saber se estão sendo respeitadas.

Por que a CDHM não questiona o Executivo sobre manter relações comerciais com um país que condena à morte pessoas por sua opção religiosa ou sexual, como o Irã?

Essa comissão é muito mais importante do que discussões rasas. Peço a Deus sabedoria para levar adiante tão honrosa missão.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


35 COMENTÁRIOS

  1. Pela primeira vez vou concordar com essa biba chamada jean. minoria é o que os gays são e sempre serão. não passam de pessoas doentes mentalmente e sexualmente que precisam ou de madicos ou de pancadas pra serrem curadas. volto a repetir não sou evangelico nem catolico , sou higienico.

  2. Amados…,
    Mais uma polemica se levanta no meio evangélico e sempre a mesma razão o mesmo motivo coisas que não edificam o povo de Deus, tenho combatido esta historia de homens que tenham o verdadeiro chamado de Deus para o ministério se envolverem com politica, não tem como o santo se misturar com o profano esta mistura só que tem a capacidade de fazer com perfeição e a “SEITA DO VATICANO” homens amantes de si próprio, os evangélicos virou uma vitrine para atirarem pedras pelo “BAITOLAS” DEVIDO ESTES HOMENS TOMANDO A LIBERDADE E DIZENDO QUE REPRESENTAM OS EVANGÉLICOS ISTO E UMA MENTIRA PORQUE QUEM REPRESENTA OS EVANGÉLICOS E “JESUS CRISTO” nos não Prescizamos de homens pra nos defender e nem representar-mos, esta historia de “baitolagem” já existe deste o principio, a bíblia e muito clara quanto a isto.
    Gêneses 1: 27 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
    Em gêneses cap. 1 – encontramos a narração da criação realizada por Deus do céu, da terra e de tudo p que neles se encontram. A Biblia deixa claro que Deus não criou trés nem quatro sexos, mas somente dois o macho e a fêmea.
    Gêneses 1.28 Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra.
    Ora, se Deus disse: “multiplicai-vos e enchei a terra – de que maneira, dois homens ou duas mulheres poderiam multiplicar a raça humana e encher a terra?
    Gênese 2:18 Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea.
    Até nisto o Senhor teve cuidado que lhe seja idônea,
    Gêneses 2:24 Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne.
    quando Deus fez referencia ao casamento, ele não disse que o varão deicharia pai e mãe para unir-se a outro varão.
    A pratica do HOMOXESSUALISMO e citada na bíblia, no antigo testamento, quando os homens de Sodoma quiseram manter relaçãoes sexual com os anjos em casa de lo.
    Veja. Gen. 19:1, gen. 19: 4-11
    Em Juízes 19:20-24 também fala do HOMOXESSUALISMO, Também no reinado de ROBOÃO REIDE JUDA ERAM CONHECIDOS COMO “RAPAZES ESCANDALOSOS”, era abominação da terra e de todas as nações,
    E asa rei de juda, tira estes rapazes daquela terra as autoridades da época não se contaminava com isto, hoje as autoridades estão atoladas até o pescoso nesta abominação.
    IReis 14:24 – I Reis 15: 12 veja que Josafá desterrou da terra o resto dos rapazes escandalosos, Veja IReis 22: 46-47 e fica ai a midia e pessoas dando atenção a esta abominação Levítico 18:22 Não te deitarás com varão, como se fosse mulher; é abominação.

    23 Nem te deitarás com animal algum, contaminando-te com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; é confusão.

    24 Não vos contamineis com nenhuma dessas coisas, porque com todas elas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós;
    Lev.20:12, Lev. 18:25
    o apostolo paulo também esculacha com esta abominação Romanos 1.24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;

    25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.

    26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;

    27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
    ICorintios 6: 9 Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,

    10 nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
    Romanos 1.22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,

    23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.

    24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;

    25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.

    26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;

    27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
    28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
    Amados quando os valores são invertidos uma anarquia aparece, o cristãos inteligente fica fora desta safadeza, vai evangelizar ganhar almas para o rei…
    Abominação: Ato que causa revolta – aquilo que deveria ser rejeitado por ser impuro, reprovável, nojento e maldito…Esta questão dos rapazes escândalos como a bíblia nos diz sempre foram uma minoria e sempre sera..
    Digo mais uma Vês que o homem que tem o chamado de Deus para anunciar o evangelho não deve esta envolvido neste meio, porque senão se torna um deles. dizer que jesus ir ate os pecadores e uma coisa agora se misturar com ele e bem diferente…
    Que eu quero dizer uma homem como o Pr. em questão com o potencial que tem era pra esta ganhando muitas almas pra jesus que a verdadeira razão do evangelho, fica brigando atras de poder…e que nossa briga não e contra a carne e sim contra as potestades espirituais do ar…
    os amados me entendem…não não temos tempo a perder com os rapazes escandalosos…temos algo maior pra fazer pra jesus…va aumentar seu galardão Pr. no céu…
    .fiquem com Deus…

  3. Que a paz de Cristo que exede todo o entendimento esteja com voce pastor,,, alias! que esteja com todos que compoem o quadro politico do nosso pais, oro para que Deus derrame da sua graça e sabedoria porque os tempos sao dificeis, a palavra de Deus diz que o mundo jaz no maligno, mas aqueles que esperam no Senhor renovarao suas forças e subirao como aguia. pastor Marco feliciano nao desanime porque Deus e contigo e se Deus e contigo quem podera causar-lhe algum? mal sera perseguiçao, espada, ou ate mesmo a morte pois por causa da sua determinaçao em Cristo es odiado mas aquele que nao poupou o seu proprio filho antes o entregou por todos nos como nos nao dara tambem com ele todas as coisas? e se Deus e contigo quem sera contra ti? Deus o abençoe.

  4. Uma das maiores aberrações que ouvi na minha vida, partiu destes ativistas gays: querem induzir crianças à homossexualidade!

    Ainda bem que homens como o pr. Marco Feliciano estão presentes no cenário político nacional.

  5. Em um país como o Brasil, com tantos problemas sociais (relacionados á saúde , educação, habitação, geração de emprego e renda, só para citar alguns exemplos), não dá prá entender porque se debate tanto e se cria tanta polêmica em torno de assuntos que não produzem nada de relevência e deveriam ser de foro íntimo, pessoal e não de competência do Estado. Assim como a religião não pode interferir em questões estatais, o debate acerca da vida sexual das pessoas também não deveria ocupar os espaços públicos onde devem ser debatidas questões que realmente conduzam ao desenvolvimento social e econõmico da nação.

  6. Sou evangélico mas não concordo com o Pr Marcos Feliciano assumir esta função. Muitos evangélicos, felizmente não todos, motivados por pastores irresponsáveis, formadores de opinião, fizeram desta complexa questão homossexual um motivo pessoal. A irresponsabilidade destes crápulas comprometeram todos nós perante a opinião pública. Não vale defender M. Feliciano só porque ele é pastor…o fato é que ele foi muito infeliz em seus comentários esdrúxulos. Até a OAB já está intervindo para ele não assumir a comissão. Certos crentes deveriam refletir melhor antes de apoiarem estes canalhas; Como crentes e como igreja temos um nome a zelar e não podemos ficar reféns do fundamentalismo religioso.

    • como é que vc diz que é evangelico e diz ser contra seu proprio irmão em vez de pelo menos ora por ele que esta lutando contra o pecado quem tem que pregar a palavra de Deus são os filhos de Deus. para ganhar as almas perdidas sem conhecimento de Deus.
      a palavra de Deus diz que nós somos cabeça e não cauda quem tem que esta em lugar de posição são os filhos da promessa a Biblía diz quando o justo governa o povo se alegra portanto vamos ora para que ele exsersa este cargo com sabedoria e seja um bom presidente tudo é possivel ao que cré.

  7. concordo com você Vanderly, aquela bicha e viado chamado Jeans Willys, é filho do diabo.. ele jean willys está com servido do diabo, por isso que ele persegue e tenta confundir outros……

  8. basta a cada dia o seu mal,onde já se viu, homem casar com homem , e mulher casar com mulher? no principio Deus disse: deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá á sua mulher e serão ambos uma só carne.qualquer violação desta ordem de Deus incorrerá em severa punição, concordo com Marco Feliciano .

  9. na palavra de Deus diz :Eclesiastes cap 1 vers 10 e 11: Há alguma coisa de que possa se dizer : Vê isto é novo? Não! Já foi nos séculos que foram antes de nós. Esses homossexuais tem a mania de dizer que a Bíblia é ultrapassada assim como aqueles que procuram viver conforme o que está Escrito na palavra, e que ser homossexual é ser atual, moderno , porém tudo isso já aconteceu no passado em Sodoma e Gomorra por exemplo, então que dizer que não tem nada de moderno e atual nesse “novo movimento” nova família” e assim como todos daquela época tiveram um trágico fim essas pessoas tb da “atualidade como se dizem terão” pois de Deus não se zomba muitos quando não saem desta vida de devassidão acabam morrendo de Aids, assassinados em boates.

  10. Esse vídeo a mídia não mostra. Infelizmente, os perseguidos somos nós, mas ninguém enxerga isso



    Assine o Canal
  11. Vamos dobrar a oração pela vida do Pr. MARCO FELICIANO a luta vai ser Grande,vão tentar de tudo para lhe tirar da Presidência dos direitos humanos,mas fiel é aquele que te chamou ,faça a Diferença.

  12. Esse tipo de atitude dos nossos governantes me faz ter vergonha do paíz que amo. É por causa de políticos como esse indivíduo que o país não caminha como deveria. E para os que criticam, eu gostaria de saber se esse mal caráter fez alguma ação benéfica para sus eleitores ou até msmo pela sua “igreja”, ja que ele usa um cabresto e da mesma forma, quer fazer o mesmo com a população brasileira. Isso é uma vergonha. Onde está soberania da nossa presidente, que nao enxerga o péssimo caráter daqueles a quem comanda?

  13. Já podem mudar o nome da Comissão para “de Imposições da Igreja Evangélica”. E que negros, gays e minorias sofram o preço da escolha de alguém como esse bandido preconceituoso para um cargo que deveria defender os direitos que QUALQUER cidadão tem, independente de sua opção sexual, cor, crença ou qualquer diferença irrelevante. O mais importante é CARÁTER. Coisa que o pastor Feliciano NÃO tem.

  14. Uma vergoha para o país, não sei como vocês sao capazes de defender um racista homofóbico, aposto que qualquer país com um nível de instrução adequado barraria um sujeito como esse e o colocaria na prisão. Racismo é crime inafiançável no Brasil, então que seja seguida a Lei

  15. O Brasil está caminhando para uma teocracia evangélica onde os não evangélicos serão perseguidos e até mortos. Veja o que houve com a Espanha na Inquisição, e com o nazismo e o facismo!

  16. os gays estão doidos, eles não sabem receber um não, perdem logo a linha,chamam os evangélicos de homofóbicos e discriminadores, agora vejam quantas besteiras estão falando do pastor Marcos, antes dele começar no cargo.Evangélico também é minoria e precisa de representante,mas não quer leis especificas só para si.

  17. Assim, como Jesus falava do Reino, o que o Pr Marco Feliciano, também fala deste mesmo reino, e não do que ele acha, e sim no que a Bíblia consta.
    O Pr. está correto em suas atitudes e parabéns para ele, e felicidades em sua nova jornada.

DEIXE UMA RESPOSTA