Ministério Público abre investigação sobre a Marcha para Jesus no Rio de Janeiro e pastor Silas Malafaia diz ser “perseguição religiosa”

66

O Ministério Público do Rio de Janeiro abriu um inquérito para apurar o repasse de R$ 1,6 milhão da prefeitura da cidade para a organização da Marcha para Jesus em 2013 e o pastor Silas Malafaia classificou a iniciativa como “perseguição religiosa”.

A promotora Glaucia Santana, da 5ª Promotoria de Tutela Coletiva, denunciou o prefeito Eduardo Paes (PMDB) por improbidade administrativa pela doação da verba, e Malafaia criticou a ação, questionando se processos semelhantes seriam feitos em outros eventos de cunho religioso.

“A Marcha está no calendário oficial da cidade e não é evento da igreja evangélica. Quero saber se o Ministério Público também abre procedimento para Jornada Mundial da Juventude [organizado pela Igreja Católica] e para festas inter-religiosas. Isso é perseguição contra os evangélicos”, disparou o pastor. “Se ela (a promotora Glaucia, responsável pelo caso) não estiver investigando os outros eventos também, eu entro com uma ação no Conselho Superior do MP contra ela”, acrescentou.

Silas Malafaia é presidente do Conselho dos Ministros do Estado do Rio de Janeiro (COMERJ), entidade responsável pela organização da Marcha para Jesus na capital fluminense. Caso Paes seja considerado culpado, deverá ressarcir os cofres públicos no total do valor repassado à organização da Marcha.


A promotora defendeu sua iniciativa usando como argumento a premissa de laicidade: “O Estado é laico, e a Prefeitura não pode dar dinheiro para evento religioso. Se condenado, o prefeito também pode perder poder político”, afirmou Glaucia Santana.

O evento também está na mira do Tribunal de Contas do Município, que investiga o aporte de verbas da prefeitura à Marcha para Jesus. No processo, além do contrato de 2013, é investigado também o repasse de verbas feito no ano anterior com a mesma finalidade, num total de R$ 2,4 milhões, de acordo com informações do jornal O Dia.

Somando as três últimas edições da Marcha para Jesus, a prefeitura carioca já repassou mais de R$ 6,4 milhões ao COMERJ. O último repasse, de R$ 2,4 milhões, foi feito para o evento deste ano.


66 COMENTÁRIOS

        • Acontece Stardust que não é o mundo financiando as coisas do mundo,pois nós cristãos pagamos impostos ,então nosso dinheiro tb financia as coisas do mundo,está tudo errado,não sou a favor da Marcha pra Jesus,mas tem quem seja,antes marcha pra Jesus que festas carnais e se e se somos obrigados a “financiar” festas carnais,entao que tudo seja financiado

        • Não sou obrigado à financiar com algo que não concordo, que é a Parada Gay, a Prefeitura além da verba distribui camisinhas e óleo(!!). Aí eu te pergunto além de bancar a Parada Gay, nós temos que bancar a camisinha e óleo para a penetração anal???Ministério Público irá investigar isso?

          • Piter concordo,só uma coisa a gente não quer financiar mas obrigado somos,pq o dinheiro dos impostos que pagamos vai tb pra isso

          • Bem Taline, as eleições estão chegando, quem está perseguindo o Pr. Malafaia é o PT, isto está na cara,para você ter uma idéia de como esse PT é uma desgraça, em São Paulo nas Escolas Municipais tiraram o Dia dos Pais e Dia das Mães por causa dos ativistas gays, te digo isso, porque a minha filhinha de 05 anos estuda numa Escola Municipal, perguntei o porque disse tudo na Diretoria e não quiseram me responder.Reduziram a verba para a Educação e dobraram a verba para a Parada Gay, este ano a Prefeitura repassou R$ 1.600.000,00 para esta baixaria além de distribuição de camisinhas e óleo.

          • Piter concordo,só uma coisa a gente não quer financiar mas obrigado somos,pq o dinheiro dos impostos que pagamos vai tb pra isso

        • Gerou mais de R$ 3,2 milhões???Aonde, quando, índices do PT???Foi um fracasso, um prejuízo em 2013, o Governador da Bahia , que é do PT, pagou o cachê da Sapatona Mercury para dublar na Parada Gay!!Em 2014 , o prejuízo foi ainda maior, foi tanto, que no dia seguinte, nenhum meio de comunicação emitiu uma nota sequer sobre o assunto!!Nossa, que sucesso, só na tua cabeça e na do PT!!!

          • Quem prolifera casos de AIDS são evanjegues como voce, que se juntam com Marco Infelicianus pra fazer pressão e chantagem com o governo pra tirar campanha de prevensão da AIDS da TV.

            Tudo em nome de Deus, é lógico

  1. Não sou contra os eventos.
    Mas não sou a favor de usarem dinheiro público para tais atividades.
    O dinheiro deveria ser investido nas áreas da saúde, educação e segurança.

  2. vao investigar algo que e pro bem da sociedade,mais a copa que desviaram milhoes,as festas gays, que investiram milhos, o boi que dis ser uma festa folcloricas e a corrupicao no brasil ninguem investiga. vao cumprir alei primeiro pra poder voces cobrarem.

  3. Malafaia ta certo,alguem ta por trás ou usando o MP para denegrir os evangélicos,será que são promotores globais?promotores catolicos?promotores do pt?ou os três juntos?

      • esse demente é obcecado pelos gays tbm
        nem sei como não falou que era armação dos gays . . . kkkk
        acho que esqueceu

        bom, mas em outro tópico ele teve coragem de falar que não chove em são paulo por conta da parada gay
        kkkkkkkkkkkkk
        dá pra acreditar num idiota desses ?????

          • Piter seu bocó.
            Os soldados do Hamas. Girade, etc. na maioria hetéros matam, decapitam crianças e mulheres.
            Os heteros, nas favelas do rio traficam, matam e roubam.
            os políticos, roubam e de certa forma também matam.
            Os pastores e padres roubam dos pobres.
            Pais de família matam filhos, batem nas esposas.
            Gente como você fala asneira.
            E ai, e ai, a culpa de castigos divinos é dos gays, que só querem se casar ser respeitados???
            Criatura imbecil você Piter, e uma turma de alienados fundamentalistas, fariseus que andam com bíblias embaixo do brasço mas um dia serão chamados de bodes, por Cristo.

          • O neologismo “gaylândia”, criado por você, é uma palavra paroxítona terminada por ditongo oral crescente, portanto, exige acento.

            .

    • Quem prolifera casos de AIDS são evanjegues como voce, que se juntam com Marco Infelicianus pra fazer pressão e chantagem com o governo pra tirar campanha da AIDS da TV.

      Tudo em nome de Deus, é lógico .

        • jose car alho

          Fanatismo religioso pode ser causa de transtornos mentais

          Filha de missionários da Assembleia de Deus, especialista ajuda há mais de 20 anos homens e mulheres a se recuperarem das doenças psicológicas não só causadas por crenças religiosas, mas também aquelas que acabam sendo realçadas pelo fundamentalismo religioso

          “Depois de 27 anos tentando viver uma vida perfeita, eu achei que tinha falhado… Eu tinha vergonha de mim durante todo o dia. Minha mente lutava contra ela mesma, sem alívio. Eu sempre acreditei em tudo que me foi ensinado, mas ainda assim pensava que não tinha a aprovação de Deus. Eu pensava que ia morrer no Armagedom. Durante anos, eu me machucava literalmente, cortava e queimava meus braços, para me punir antes que Deus o fizesse. Levei anos para me sentir curada.”

          Esse relato é de um paciente de Marlene Winell (na foto abaixo), americana de San Francisco que se especializou em desenvolvimento humano e estudo da família. Ela é autora do Leaving the Fold: A Guide for Former Fundamentalists and Others Leaving their Religion — livro que, como diz seu título, é um guia sobre como se livrar das consequências de religião fundamentalista.

          Winell cunhou o termo “Síndrome do Trauma Religioso”, STR (na sigla em português), para classificar os sintomas de pacientes que sofrem de transtornos mentais em decorrência da lavagem cerebral de religiões fundamentalistas.

          Filha de missionários da Assembleia de Deus, Winel ajuda há mais de 20 anos homens e mulheres a se recuperarem das doenças psicológicas não só causadas por crenças religiosas, mas também aquelas que acabam sendo realçadas ou despertadas pelo fundamentalismo cristão.

          Em entrevista à psicóloga Valerie Tarico, Winel disse que os sintomas do STR inclui, além da ansiedade, depressão, dificuldades cognitivas e degradação do relacionamento social. “Os ensinamentos e práticas religiosas, por vezes, causam danos graves na saúde mental.”

          “No cristianismo fundamentalista, o indivíduo é considerado depravado e tem necessidade de salvação”, afirmou. “A mensagem central é ‘você é mau e merece morrer, porque o salário do pecado é a morte. […] Já tive pacientes que, quando eram crianças, se sentiam perturbados diante da imagem sanguinolenta de Jesus pagando pelos pecados deles.”

          Síndrome do Trauma Religioso se manifesta em pessoas de todas as idades, mas principalmente naquelas cuja personalidade esteja em formação, as crianças.

          “As pessoas doutrinadas pelo cristianismo fundamentalista desde criança podem ser aterrorizadas por memórias de imagens do inferno e do apocalipse”, disse. “Algumas sobreviventes desse período, as quais eu prefiro chamar de ‘recuperadas’, têm flashbacks, ataques de pânicos, ou pesadelos na vida adulta, mesmo quando se libertaram das pregações teológicas.”

          Um paciente relatou seus tormentos dessa fase de sua vida: “Eu acreditava que ia para o inferno por acreditar que estava fazendo algo de muito errado. Estava completamente fora de controle. Às vezes, eu acordava no meio da noite e começava a gritar, agitando os braços, tentando me livrar do que sentia. O medo e a ansiedade tomaram conta da minha vida.”

          Winell afirmou que a recuperação de quem nasceu em uma família de fanáticos religiosos é mais difícil em relação àquele que adotou uma crença fundamentalista na vida adulta, porque não dispõe de parâmetro de comparação.

          Ela disse que se livrar de uma religião é muito difícil em muitos casos porque isso significa pôr em risco um sistema de apoio composto por parentes e amigos, principalmente em relação às pessoas que nasceram em uma família de crentes fanáticos.

          Uma paciente relatou o seu caso: “Eu perdi todos os meus amigos. Eu perdi meus laços estreitos com a família. Agora estou perdendo meu país. Eu perdi muito por causa desta religião maligna, e estou indignada e triste. . . Eu tentei duramente fazer novos amigos, mas falhei miseravelmente. Eu sou muito solitária.”

          Outro paciente contou: “Minha vida estava fortemente arraigada e ancorada na religião, influenciando toda a minha visão do mundo. Meus primeiros passos fora do fundamentalismo foram assustadores, e eu tive pensamentos frequentes de suicídio. Agora isso está no passado, mas eu ainda não encontrei o meu lugar no universo”.

          Winell disse que resolveu dar o nome de “Síndrome de Trauma Religioso” ao conjunto de sintomas e características da lavagem cerebral religiosa porque assim fica mais fácil estudar e diagnosticar as pessoas que sofrem desses males.

          Ela argumentou que a nomenclatura “STR” fornece um nome e uma descrição para as pessoas afetadas pela religião, de modo que elas se sintam parte de um grupo e possam assim compartilhar suas experiências, reduzindo sua percepção de solidão e de culpa.

          Por isso, Winell discorda de que a criação de termos como “recuperação de religião” e “Síndrome de Trauma Religiosa” sejam uma tentativa de ateus de patologizar as crenças religiosas. Até porque, disse, “a religião autoritária já é patológica”.

        • jose car alho

          No dia 17 de maio de 1990, ou seja, há exatos 24 anos, A MESMA Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou o homossexualidade da lista internacional de doenças.

    • Luciano, andei teclando com alguns , o que você acha de nos organizarmos e darmos um basta nestes otários que vem aqui todos os dias nos ofender? Poderíamos fazer ações combinadas, quando alguém esculhambar conosco a gente cai de sola!!

  4. O ENGRAÇADO É QUE O SENHOR SILAS MALA CHEIA SABE MUITO BEM QUE JESUS NÃO PRECISA DA AJUDA DE NINGUEM MUITO MENOS DE DOAÇÃO EM DINHEIRO PARA QUE O REINO DELE SEJA ANUNCIADO… VAI VÊ QUE FOI TUDO PROS BOLSOS DESSE MERCENÁRIO. LADRÃO, RAÇA DE VIBORAS, ENRIQUECE A CUSTA DO EVANGELHO E DO NOME DE JESUS.

    • O mais engraçado é que a Parada Gay, o Ministério Público não foi atrás não é mesmo??O engraçado é que a Justiça deveria ser isenta ,não é mesmo??O mais engraçado é que além da Polícia Federal, como disse o Tuma no Roda Viva, trabalhar não para o país, mas para o Governo Federal (Dilma/PT), temos o Procurador Geral trabalhando pro PT pedindo a prisão do Genoíno para o regime domiciliar e agora o Ministério Público também trabalhando para o PT!É muito engraçado, não é mesmo??

  5. O ministério publico esta certíssimo é dever do MP fiscalizar e também saber pra onde foi essa grana, já que nós como cristão não fazemos a nossa parte, E os pastores da nova era vivem roubando os cofres públicos juntos com os políticos, não é a toa que vivem e comungam com a politica imunda que tanto o senhor jesus mandou nos afastar, dizendo “o mundo vos odeia”, “o meu (reino) governo não é daqui (da terra)”, “não vos embaraceis com as coisas desse mundo”…. Ao contrario dos conselhos de Jesus, os mercenários “pastores” vivem comendo na mesa de faraó, para esses o que importa é $$$$ (grana) não importa de onde esteja vindo, se do bando do diabo ou de satanás.

  6. Sou a favor de investigar o financiamento de TODO tipo de verba repassada para “instituições” defenderem seu ponto de vista em relação à qualquer mensagem que queiram passar. Se enquadram nessa situação:

    1 – Marcha para Jesus
    2 – Parada Gay
    3 – Jornada Mundial da Juventude
    4 – Eventos que propaguem religiões afro.
    5 – Igreja Universal do Reino de Deus
    6 – Igreja Mundial.
    7 – etc…etc…..etc…..etc.

    Um critica em relação aos organizadores dos eventos evangélicos, e sendo eu um evangélico posso falar. A Igreja está no mundo para contribuir com o mundo e não para usurpar como o mundo. Se não dá para pagar os cachês altíssimos das estrelas gospel nas marchas, façam com bandas locais que o objetivo profético será alcançado da mesma forma.

    Se a promotora investigar TODOS os eventos que recebam verbas púbicas, eu acredito nela. Mais se ficar só na marcha, vai estar mostrando que é uma pessoa que não acredita no estado laico e que trata os assuntos de suas atribuições profissionais de maneira bastante parcial.

  7. A verdade é que o pano de fundo de toda essa emblemática é somente político, as opiniões do Silas são políticas, as ações do ministério público são políticas, a marcha é política, uma vez que ocorre no “esvaziado” centro do Rio; logo não vejo como perseguição religiosa, essa sim está acontecendo no Iraque, onde os cristãos estão sendo mortos.

    “Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”.

  8. Piter seu bocó.
    Os soldados do Hamas. Girade, etc. na maioria hetéros matam, decapitam crianças e mulheres.
    Os heteros, nas favelas do rio traficam, matam e roubam.
    os políticos, roubam e d certa forma também matam.
    Os pastores e padres roubam dos pobres.
    Pais de família matam filhos, batem nas esposas.
    Gente como você fala asneira.
    E ai, e ai, a culpa de castigos divinos é dos gays, que só querem se casar ser respeitados???
    Criatura imbecil você Piter, e uma turma de alienados fundamentalistas, fariseus que andam com bíblias embaixo do brasço mas um dia serão chamados de bodes, por Cristo.

  9. NÚMERO MAÇÔNICO: 911. SILAS MALAFAIA vende bíblia por R$ 911,00. Coincidência?
    O número de Emergência nos Estados Unidos: 911. Ataque Torres Gêmeas: 9/11



    Assine o Canal
  10. Vão investigar as passeatas gays. Isso ninguém faz nê?? vai ser homofobia.
    Verdadeiro atentado ao pudor, e ainda fazem isso com verbas públicas.
    Mas vamos que vamos, na força da nossa fé, pois ainda somos o sal que torna essa terra sustável, o dia em que a igreja for arrebatada daqui, já era.

    • Se investigarem dirão que é homofobia, como quando a Revista Veja publicou os números verdadeiros de participantes da Parada Gay, que eram bem menos do que se dizia, aí os ativistas gays acusaram a revista Veja de ser homofóbica!!

  11. Obras faraônicas acima do preço de mercado na administração pública chama-se “superfaturamento”!

    Vender bíblia acima do preço de mercado chama-se “estelionato”!

  12. Show! acho que o Ministério Público tem que investigar todas as movimentos que receberam dinheiro público, inclusive o movimento gay também!
    Né Ministério Público? Por que se investigar uns, mas não outros, tá caracterizada perseguição, sim

    • Concordo, se é para investigar, que se investigue todo mundo!! Agora convenhamos a Marcha pra Jesus, as pessoas se vestem, a Parada Gay, um bando de homem sem roupa e dançando em cima de trio elétrico!!

    • O mundo vira uma discussão só, mas todos esquecem que viemos “TODOS” do mesmo Deus e devemos sempre procurar ajudar uns aos outros indiferente de quem seja, classe ou raça muitos que se diz ser evangélicos representantes de Deus, usam palavras que indignam o nome de Deus e muitos falam por Deus até mesmo como se fosse ele. aonde vamos parar com tudo isso e com tanta discordância.

DEIXE UMA RESPOSTA