Universal proíbe pastores de terem mais do que um filho, afirma jornalista

217

A política da Igreja Universal de forçar seus pastores a não terem mais que dois filhos voltou a chamar atenção, pois segundo informações do jornalista Lauro Jardim, a direção da IURD estaria reforçando a orientação.

Segundo Jardim, a igreja do bispo Macedo está aplicando mais rigor e sendo mais objetiva na forma de informar aos funcionários que eles devem ter apenas um filho, pois essa seria a quantidade ideal. A tolerância seria limitada: apenas dois filhos.

Existem casos de ex-pastores da Universal que foram forçados a se submeter a cirurgia de vasectomia e que processaram a igreja após saírem da denominação. Em nota emitida à época que o caso veio à tona, a Universal desmentiu as acusações. “(A IURD) respeita o direito de escolha de todos os seus pastores e não interfere em seus desejos, tanto que, à época dessas acusações, muitos pastores tiveram filhos e outros planejam ter”.

Fonte: Gospel+


217 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA