Jean Wyllys diz que perseguição religiosa a cristãos é “fantasia imaginária”

1

O deputado federal e ativista gay Jean Wyllys (PSOL-RJ) comentou a aprovação, na Câmara Municipal de São Paulo, do projeto de lei que cria o Dia do Combate à Cristofobia na cidade, e afirmou que não existem casos de perseguição a cristãos que justifiquem a data.

Em um artigo publicado em seu site, Wyllys acusou os vereadores paulistanos de aprovarem a data para atacarem a militância LGBT: “A Câmara de Vereadores de São Paulo aprovou mais uma data comemorativa sem relevância, desta vez para atacar a livre expressão de LGBT’s: o dia de combate à ‘cristofobia’. Essa legislação faz parte de um discurso desonesto, defendido há tempos por fundamentalistas ultraconservadores, segundo o qual a defesa de direitos e liberdades civis para LGBT’s configura uma forma de discriminação contra os praticantes do cristianismo”, afirmou o deputado.

Para Jean Wyllys, uma data que alerte sobre a perseguição religiosa contra cristãos é um gesto de “desonestidade intelectual” por supostamente querer atribuir à comunidade LGBT uma aversão aos cristãos: “A acusação (sic) de ‘cristofobia’ (uma fobia que não existe) é absurda e aviltante. É evidente que gays, lésbicas, bissexuais, travestis e as pessoas trans não têm ‘fobia’ de Cristo ou do cristianismo. Há, inclusive, muitos que praticam o cristianismo em diferentes igrejas, da mesma forma que há os que praticam outras religiões e também os ateus. Insinuar que a crítica dirigida aos discursos de ódio e preconceito contra os LGBT é uma crítica à religião é mais um ato de má-fé e desonestidade intelectual”, disse o ex-BBB.

Em um gesto hostil, Wyllys classificou de “fantasia imaginária” a perseguição religiosa a cristãos, que ele recusa a reconhecer, e afirmou que a lei, no fundo, é uma perseguição dos cristãos aos judeus: “A lei aprovada pela Câmara Municipal mira na comunidade LGBT, mas pode em pouco tempo ter como alvo também a comunidade judaica, já que os judeus não acreditam que Jesus seja o Cristo nem o Messias; logo, essa tal ‘cristofobia’ não passa do velho antissemitismo disfarçado. Se há hoje, no Brasil, religiosos perseguidos e discriminados, estes são os das religiões de matriz africana (Candomblé, Umbanda e Batuque)”, acusou.


Perseguição religiosa

Frequentemente chegam notícias de diversos cantos do mundo em que cristãos sofrem por sua fé em Jesus. Não são poucos os casos de pessoas que perdem a vida por entregarem sua fé ao Filho de Deus.

Quando Wyllys se recusa a reconhecer que existe perseguição contra cristãos, ele ignora o fato de que, diariamente, dez cristãos perdem a vida em todo o mundo por acreditarem no sacrifício da cruz.

O ativista gay, reduzido à busca por privilégios para a comunidade LGBT e à defesa de projetos de lei que obrigariam o governo a custear cirurgias de mudanças de sexo para crianças sem necessidade da aprovação dos pais, desconhece o triste caso da cristã iraquiana que foi feita de escrava sexual por militantes do Estado Islâmico, com quem era obrigada a “casar” e se “divorciar” nove vezes por noite, em um legalismo usado pelos terroristas para driblar a lei sharia, que rege a lei da própria religião que seguem.

Ao dizer que não existe cristofobia, o deputado rejeita o fato de a Nigéria, atualmente, enfrentar uma guerra civil iniciada por extremistas muçulmanos do Boko Haram, que prega a aniquilação da fé cristã no país africano. Uma das mortes causadas por esse pensamento intolerante foi registrada recentemente, quando um cristão foi morto por linchamento sob a acusação de supostamente ter blasfemado contra Maomé.

A criança que foi queimada viva, e nos últimos suspiros clamou a Deus para que perdoasse seus algozes também é uma “fantasia” para Jean Wyllys. Isso, para listar apenas alguns dos casos que, com dor, frequentemente são registrados neste portal.


1 COMENTÁRIO

  1. Esse sujeito é um brincalhão, devia ser comediante, ” à defesa de projetos de lei que obrigariam o governo a custear cirurgias de mudanças de sexo para crianças sem necessidade da aprovação dos pais ” ” Wyllys classificou de “fantasia imaginária” a perseguição religiosa a cristãos ” ” É evidente que gays, lésbicas, bissexuais, travestis e as pessoas trans não têm ‘fobia’ de Cristo ou do cristianismo “….

    Agora alguém me fala oq uma desgraça dessa ta fazendo na câmara dos deputados, pelo Amor de Deus?!! Só vejo criando caso, ele fala tanto de homofobia, mas já nem sei quanto tempo faz que não vejo notícias de casos discriminacão contra ngm da infame ” comunidade LGBT “, muito pelo contrário, to cansado de ver gays espalhados por todos os lugares, filmes, seriados, novelas, desenhos, peças de teatro e tantos outros meios de entretenimento.

    Vocês gays acham que nos evangélicos estamos ligando pra vocês?? Nosso papel é dizer que o homossexualismo é pecado, e que vai levar vocês direto pro inferno, assim como todos os outros pecados!
    Se vocês não acreditam nisso, não estão nem ai, ta tudo bem, nos não vamos morrer porque vocês não acreditam, nos não vamos “matar” vocês por não acreditarem nisso!

    E outra, vc Jean num sei oq, lave essa sua boca imunda (q vc deve usar para coisas nada saudáveis) com sabão para falar do cristianismo e de JESUS CRISTO! Só o fato do nome do nosso SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ta sendo falado por essa sua boca podre, já é um caso de Cristofobia!!

    Como é que um débil mental desses fala que os cristãos não sofrem perseguição?? Vc ta morando em marte, só pode… E não adianta falar só tem perseguição fora do Brasil, é só procurar que vc acha inúmeros casos no Brasil também, mas aparece na “grande midia”? Não, e sabe porque não? Porque as pessoas não estão nem ai! Todos os dias cristãos são mortos das formas mais brutais possíveis, só por acreditarem em JESUS, mas isso aprece na mídia? É óbvio que não!

    E outra, não venha comparar religiões de culto aos demônios (Candomblé, Umbanda e Batuque) com o Cristianismo, o Cristianismo verdadeiro e puro é único, é santo, é diferente de tudo que essa sau mente suja já imaginou! Vc não entende o Cristianismo porque não quer entender, porque você tem por pai o Diabo, se o Deus que tudo criou abrisse seus olhos para a verdade, eu te digo com toda certeza do mundo, vc parava na hora de dar o rabicó por ai e se consertava na hora, na hora mesmo !! Porque isso é bíblico, vocês só tem esse dezejo imundo dentro de você, por causa do pecado e da depravação do mundo, mas se vcs procurassem conhecer o libertador do pecado, vocês seriam libertos dessa desgraça…

    Deixem os cristãos em paz, suas cobras! Vocês não são “especiais” para nós! Todos os pecados são pecados, a única diferença é que vocês cometem um pecado sujo, imundo e nojento, que a bíblia descreve como abominação…

    Mas se vocês não creem na salvação da alma, se vocês não creem que um dia Jesus vai vim para levar um povo santo para morar com ele num lugar onde não averá pecado…

    Tudo bem, continuem não crendo como diz la em Apocalipse 22;11 “Quem é injusto, faça injustiça ainda: e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, santifique-se ainda.
    12; Eis que cedo venho e está comigo a minha recompensa, para retribuir a cada um segundo a sua obra.
    13; Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro, princípio e o fim.
    14; Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestes {no sangue do Cordeiro} para que tenham direito à arvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.
    15; Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira. ” Maranata, Ora vem Senhor Jesus !!!

  2. Quer dizer que, se o Jean Willis diz: “É evidente que gays, lésbicas, bissexuais, travestis e as pessoas trans não têm “fobia” de Cristo ou do cristianismo. Há, inclusive, muitos que praticam o cristianismo em diferentes igrejas, da mesma forma que há os que praticam outras religiões e também os ateus”.
    Neste caso, o “argumento” dele é válido.

    Mas, quando um cristão diz: “É evidente que nós não temos ‘fobia’ de gay. Há inclusive gays no meu trabalho, na escola, na vizinhança, e nem por isso falto o respeito à sua escolha de vida.” Desta forma, não vale? Argumento gayzista tem balança seletiva: só o que convém é válido.

    O que não se admite é que : ser cristão e gay ao mesmo tempo, é incoerente o com a fé professada.

    Por exemplo : um livro de matemática afirma : “2+2=4”, e eu resolvo escrever que “2+2=5”, e a partir de agora, todos que acreditavam que “2+2=4” devem aceitar independente de ser contraditório, porque se não aceitar é “cincofóbico”!
    Tenha Santa paciência!

  3. pode ter certeza que a perseguição é bem mais real que o bbb Jean!! o cristianismo hoje é a religião mais perseguida do mundo claro que me refiro ao mundo real não ao mundo imaginario do Jean wyllis onde igrejas estimulam assassinatos de homossexuais ´´homofobicos´´ derrubam aviões e o che guevara da camisa dele foi um bom sujeito.

  4. A culpa é do Cunha!!!

    Se ele não tivesse roubado, faria o processo do impeachment ser mais ligeiro… a Dilmanta ia ser presa…. Jean ia sair do país , conforme prometido (não que palavra de gay sirva pra alguma coisa…) e estaria naquela boate na fatídica noite….

    perdemos uma bela oportunidade…..

    tudo culpa do Cunha!!!

  5. Quase 100 mil cristãos morrem todos os anos por razões relacionadas a sua fé, denunciou o observador permanente da Santa Sé nas Nações Unidas, indicou nesta terça-feira (28/5) a Rádio Vaticano. “Investigações confiáveis” chegaram à “conclusão chocante” de que “mais de 100 mil pessoas são mortas por ano, por motivos que têm alguma relação com sua fé”, denunciou Monsenhor Silvano Maria Tomasi, durante a 23ª sessão do diálogo interativo entre o Conselho dos Direitos Humanos e o alto comissário.

  6. Por esse pensamento dissimulado que os bandidos deste país estão agindo, como seja, se finge que não vê os problemas dos outros, então pra que vê a morte sinistra dos que eles matam após roubar?

    Em verdade, estamos a construir desse modo, ama sociedade de pessoas hipócritas, egocêntricas, dissimuladas.

    Como é que esse senhor é um parlamentar? Pessoa que para fazer valer os seus sofrimentos denega o dos outros?

    É como Cristo falou, encontrará na terra o amor?

DEIXE UMA RESPOSTA