Home » Internacional, Mundo Cristão

Pastor orienta cristãos a escolherem Deus acima do “perigoso” dinheiro: “Ele pode matar”

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Pastor orienta cristãos a escolherem Deus acima do “perigoso” dinheiro: “Ele pode matar”

A maioria dos cristãos evangélicos vê a idolatria apenas como a devoção a imagens, mas se esquece que outras coisas podem terminar sendo objeto de adoração e assim, tornando-se a causa de um pecado.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O pastor John Piper publicou um novo vídeo em seu site chamando a atenção para a idolatria ao dinheiro, e destacou que os cristãos não podem servir a Deus e ao dinheiro ao mesmo tempo.

Reiterando a mensagem de Jesus, Piper afirmou que os cristãos devem ser desapegados de suas riquezas, ajudando os que precisam.

Temas relacionados ao dinheiro, como a teologia da prosperidade, são recorrentes do ministério do pastor, que é reitor da faculdade e seminário teológico Bethlehem.

Para Piper, “o dinheiro é perigoso”, e pode dizer muito sobre nosso caráter: “Se você o tem e apenas depende dele, isso irá matá-lo. Se você não tem e isso o embriagar, ele irá matá-lo. O dinheiro pode nos matar, porque revela nossos corações”, afirma o pastor no vídeo, que faz parte de uma série chamada “O Que Jesus Exige do Mundo” e vem sendo publicada no portal do ministério Desiring God.

Citando Lucas 12:21, que descreve os apegados ao dinheiro como tolos “que guardam tesouros para si mesmos e não são ricos para com Deus”, Piper contextualiza seu argumento sobre o desapego ao dinheiro ordenado pela Bíblia: “Eu acho que isso significa ter Deus como sua riqueza. Se você está procurando como ser rico, o foco é em Deus. Ele é a sua grande recompensa. Ele é a sua riqueza”, diz o pastor, acrescentando: “Ou você está fazendo de Deus o seu tesouro em tudo, ou você está fazendo de tudo para ganhar dinheiro”.

Recentemente, em outro vídeo, Piper afirmou que um cristão deve ter Deus como seu “tesouro supremo”, e não apenas como seu redentor.

Mais Lidas da Internet

Recomendado para Você - Gospel+

Comentários via Facebook

4 comentaram, comente você também!

  1. Este é o argumento de pessoas como o Edir Macedo, que querem continuar juntando dinheiro mas precisam arrumar uma desculpa pra não contrariar totalmente a Bíblia. Só que, se vc está em uma igreja que prega a teologia da prosperidade vc já ama o dinheiro e tudo o que ele compra. Quem pensa assim já ama o dinheiro mesmo quando fala que ama a Deus acima dele e precisa ficar em um processo de desculpas que abone o comportamento e não o faça se sentir culpado. Quem acredita em comentários como o seu já está amando, e muito, o dinheiro.

  2. BESTA ELE E QUEM ACREDITA NELE, O QUE FAZ MAL E O AMOR AO DINHEIRO, NAO O OBJETO RIQUEZA!

    • Este é o argumento de pessoas como o Edir Macedo, que querem continuar juntando dinheiro mas precisam arrumar uma desculpa pra não contrariar totalmente a Bíblia. Só que, se vc está em uma igreja que prega a teologia da prosperidade vc já ama o dinheiro e tudo o que ele compra. Quem pensa assim já ama o dinheiro mesmo quando fala que ama a Deus acima dele e precisa ficar em um processo de desculpas que abone o comportamento e não o faça se sentir culpado. Quem acredita em comentários como o seu já está amando, e muito, o dinheiro.

  3. princesa de Arendelle disse:

    O dinheiro é perigoso?
    Tudo bem, eu gosto de viver perigosamente.
    Mandem para mim todo o perigoso dinheiro, assim ficarão seguros.
    Podem reparar, sempre que alguém condena o dinheiro, é o dinheiro DOS OUTROS…
    E outra: perigoso não é o dinheiro, é a pessoa quando o utiliza mal.

  4. Pastor de bodes! Ensinando meia verdade aos seus clientes.

  5. infelizmente deve-se ensinar esta prática todos os dias

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 555,529 comentários no Notícias Gospel.